SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Escola Santa Maria
Bullying
5º ano B
Bullying é uma palavra de origem
inglesa que designa atos de agressão e
intimidação contra um indivíduo que não
é aceito por um grupo.
O bullying é caracterizado como um
ato intencional, repetitivo de violência
física ou psicológica, praticado em grupo
ou individualmente contra uma ou mais
pessoas, sem motivo aparente.
Tem o objetivo de intimidá-las ou
agredi-las, provocando dor e angústia à
vítima em uma relação de desigualdade
de poder entre as partes envolvidas.
O bullying pode acontecer no
condomínio, na vizinhança, em grupos
ou agremiações esportivas etc, mas o
local onde mais acontece esse tipo de
crime é na escola.
Os agressores geralmente são pessoas
que exercem um poder de influência e
impõe superioridade dentro do grupo ao
qual pertence. Comumente os
“escolhidos” como vítima do bullying,
são pessoas que não se enquadram nos
padrões sociais tidos como normais, por
questões físicas, psicológicas ou
comportamentais. É um tipo de pessoa
que apresenta uma imagem de
fragilidade como a timidez, baixa
autoestima, tem poucos amigos, são
mais solitárias, falam pouco e se
apresentam vulnerável socialmente.
O bullying é uma “brincadeira” na
qual apenas uma das partes se
diverte, enquanto a outra sofre.
As consequências do bullying podem
ser devastadoras e irreversíveis para a
vítima. Os primeiros sintomas são o
isolamento social da vítima, que não se
vê como alguém que pertence àquele
grupo. A partir daí, pode haver uma
queda no rendimento escolar, queda na
autoestima, quadros de depressão,
transtorno de ansiedade, síndrome do
pânico e outros distúrbios psíquicos.
Quando não tratados, esses quadros
podem levar o jovem a tentar o suicídio.
O aluno que sofre bullying, quando não
pede ajuda, enfrenta como
consequências o medo e a vergonha.
A Lei nº 13.185, em vigor desde 2016,
classifica o bullying como intimidação
sistemática, quando há violência física
ou psicológica em atos de humilhação ou
discriminação. A classificação também
inclui ataques físicos, insultos, ameaças,
comentários e apelidos pejorativos, entre
outros. A lei obrigada escolas, clubes,
agremiações a adotarem medidas de
combate e prevenção ao bullying
O Estatuto da Criança e do
Adolescente (ECA) assegura a toda
criança e adolescente no Brasil o direito
à liberdade, ao respeito e à dignidade.
Portanto, para que essa norma se
cumpra, é preciso que o bullying seja
devidamente enfrentado.
As marcas que o bullying deixa são
para a vida toda. Qualquer forma de
evitar, nem que seja uma ou duas pessoas
de serem machucadas, a cada dia, pode
fazer com que muita dor e sofrimento
sejam evitados
Espalhe gentileza!
Faça a diferença no combate
ao bullying.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Mini livro sanfona - Diga não ao bullying

Bullying não é brincadeira
 Bullying não é brincadeira Bullying não é brincadeira
Bullying não é brincadeiraMary Alvarenga
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullyingFabio Cruz
 
Artigo Bullying e seus efeitos na parendizagem
Artigo  Bullying e seus efeitos na parendizagemArtigo  Bullying e seus efeitos na parendizagem
Artigo Bullying e seus efeitos na parendizagemguest44dfeb3
 
Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança ! Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança ! Fidel Casttro
 
Bullyind e desrespeito: como acabar com essa cultura na escola
Bullyind  e desrespeito: como acabar com essa cultura na escolaBullyind  e desrespeito: como acabar com essa cultura na escola
Bullyind e desrespeito: como acabar com essa cultura na escolaCristiana de Oliveira
 
Violência em Meio Escolar
Violência em Meio EscolarViolência em Meio Escolar
Violência em Meio EscolarMsaude
 
Bullying
BullyingBullying
Bullyingicpm
 
Violência nl
Violência nlViolência nl
Violência nlpief2
 
Violência em Meio Escolar
Violência em Meio EscolarViolência em Meio Escolar
Violência em Meio EscolarMsaude
 
Bullying de olho nas consequências
Bullying   de olho nas consequênciasBullying   de olho nas consequências
Bullying de olho nas consequênciasEsequias Caetano
 
Bulliyng marta e alice
Bulliyng marta e aliceBulliyng marta e alice
Bulliyng marta e alicemartaealice
 
UFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações VulneráveisUFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações VulneráveisNome Sobrenome
 

Semelhante a Mini livro sanfona - Diga não ao bullying (20)

Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying não é brincadeira
 Bullying não é brincadeira Bullying não é brincadeira
Bullying não é brincadeira
 
Luciana ativ5
Luciana ativ5Luciana ativ5
Luciana ativ5
 
Bullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutraBullying Carmela dutra
Bullying Carmela dutra
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
 
Artigo Bullying e seus efeitos na parendizagem
Artigo  Bullying e seus efeitos na parendizagemArtigo  Bullying e seus efeitos na parendizagem
Artigo Bullying e seus efeitos na parendizagem
 
Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança ! Bullying não é brincadeira de criança !
Bullying não é brincadeira de criança !
 
Bullyind e desrespeito: como acabar com essa cultura na escola
Bullyind  e desrespeito: como acabar com essa cultura na escolaBullyind  e desrespeito: como acabar com essa cultura na escola
Bullyind e desrespeito: como acabar com essa cultura na escola
 
Artigo bullying
Artigo bullying Artigo bullying
Artigo bullying
 
Violência em Meio Escolar
Violência em Meio EscolarViolência em Meio Escolar
Violência em Meio Escolar
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Violência nl
Violência nlViolência nl
Violência nl
 
Violência em Meio Escolar
Violência em Meio EscolarViolência em Meio Escolar
Violência em Meio Escolar
 
Bullying de olho nas consequências
Bullying   de olho nas consequênciasBullying   de olho nas consequências
Bullying de olho nas consequências
 
Bulliyng marta e alice
Bulliyng marta e aliceBulliyng marta e alice
Bulliyng marta e alice
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Apresentacao bulling
Apresentacao bullingApresentacao bulling
Apresentacao bulling
 
UFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações VulneráveisUFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações Vulneráveis
UFCD - 6580 - Cuidados Saúde em Populações Vulneráveis
 

Mais de Mary Alvarenga

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.
Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.Mary Alvarenga
 
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números Mary Alvarenga
 
Música Meu Abrigo - Texto e atividade
Música   Meu   Abrigo  -   Texto e atividadeMúsica   Meu   Abrigo  -   Texto e atividade
Música Meu Abrigo - Texto e atividadeMary Alvarenga
 
Bullying - Atividade com caça- palavras
Bullying   - Atividade com  caça- palavrasBullying   - Atividade com  caça- palavras
Bullying - Atividade com caça- palavrasMary Alvarenga
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinhaCiclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinhaMary Alvarenga
 
Mat - Casos prováveis de dengue (2023 - 2024)
Mat - Casos  prováveis de dengue (2023 - 2024)Mat - Casos  prováveis de dengue (2023 - 2024)
Mat - Casos prováveis de dengue (2023 - 2024)Mary Alvarenga
 
Cruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegypti
Cruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegyptiCruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegypti
Cruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegyptiMary Alvarenga
 

Mais de Mary Alvarenga (20)

Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.
Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.Atividade -  Letra da música Esperando na Janela.
Atividade - Letra da música Esperando na Janela.
 
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números CRUZADINHA   -   Leitura e escrita dos números
CRUZADINHA - Leitura e escrita dos números
 
Música Meu Abrigo - Texto e atividade
Música   Meu   Abrigo  -   Texto e atividadeMúsica   Meu   Abrigo  -   Texto e atividade
Música Meu Abrigo - Texto e atividade
 
Bullying, sai pra lá
Bullying,  sai pra láBullying,  sai pra lá
Bullying, sai pra lá
 
Bullying - Atividade com caça- palavras
Bullying   - Atividade com  caça- palavrasBullying   - Atividade com  caça- palavras
Bullying - Atividade com caça- palavras
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinhaCiclo de vida do mosquito Aedes aegypti  e cruzadinha
Ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e cruzadinha
 
Mat - Casos prováveis de dengue (2023 - 2024)
Mat - Casos  prováveis de dengue (2023 - 2024)Mat - Casos  prováveis de dengue (2023 - 2024)
Mat - Casos prováveis de dengue (2023 - 2024)
 
Cruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegypti
Cruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegyptiCruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegypti
Cruzadinha da dengue - Mosquito Aedes aegypti
 

Último

MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 

Último (20)

MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 

Mini livro sanfona - Diga não ao bullying

  • 1. Escola Santa Maria Bullying 5º ano B Bullying é uma palavra de origem inglesa que designa atos de agressão e intimidação contra um indivíduo que não é aceito por um grupo. O bullying é caracterizado como um ato intencional, repetitivo de violência física ou psicológica, praticado em grupo ou individualmente contra uma ou mais pessoas, sem motivo aparente. Tem o objetivo de intimidá-las ou agredi-las, provocando dor e angústia à vítima em uma relação de desigualdade de poder entre as partes envolvidas. O bullying pode acontecer no condomínio, na vizinhança, em grupos ou agremiações esportivas etc, mas o local onde mais acontece esse tipo de crime é na escola. Os agressores geralmente são pessoas que exercem um poder de influência e impõe superioridade dentro do grupo ao qual pertence. Comumente os “escolhidos” como vítima do bullying, são pessoas que não se enquadram nos padrões sociais tidos como normais, por questões físicas, psicológicas ou comportamentais. É um tipo de pessoa que apresenta uma imagem de fragilidade como a timidez, baixa autoestima, tem poucos amigos, são mais solitárias, falam pouco e se apresentam vulnerável socialmente. O bullying é uma “brincadeira” na qual apenas uma das partes se diverte, enquanto a outra sofre.
  • 2. As consequências do bullying podem ser devastadoras e irreversíveis para a vítima. Os primeiros sintomas são o isolamento social da vítima, que não se vê como alguém que pertence àquele grupo. A partir daí, pode haver uma queda no rendimento escolar, queda na autoestima, quadros de depressão, transtorno de ansiedade, síndrome do pânico e outros distúrbios psíquicos. Quando não tratados, esses quadros podem levar o jovem a tentar o suicídio. O aluno que sofre bullying, quando não pede ajuda, enfrenta como consequências o medo e a vergonha. A Lei nº 13.185, em vigor desde 2016, classifica o bullying como intimidação sistemática, quando há violência física ou psicológica em atos de humilhação ou discriminação. A classificação também inclui ataques físicos, insultos, ameaças, comentários e apelidos pejorativos, entre outros. A lei obrigada escolas, clubes, agremiações a adotarem medidas de combate e prevenção ao bullying O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) assegura a toda criança e adolescente no Brasil o direito à liberdade, ao respeito e à dignidade. Portanto, para que essa norma se cumpra, é preciso que o bullying seja devidamente enfrentado. As marcas que o bullying deixa são para a vida toda. Qualquer forma de evitar, nem que seja uma ou duas pessoas de serem machucadas, a cada dia, pode fazer com que muita dor e sofrimento sejam evitados Espalhe gentileza! Faça a diferença no combate ao bullying.