O processo educativo
e o uso das novas
Tecnologias da
Informação e Comunicação
Profª. Tereza Kelly Gomes Carneiro
Jan/2015
Objetivos específicos
Estudo da importância das tecnologias da informação e comunicação (TIC) na
educação: potencialidades...
Plano de vôo (conteúdo da aula)
1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
2. Características que mar...
O que pretendemos
(habilidades a serem desenvolvidas)
Que possamos ao final utilizarmos a TIC
como recurso que contribui p...
Conforme a Lei 9394/96 Lei de Diretrizes e Bases artigo 1°
A educação abrange processos formativos que se desenvolvem na
v...
O paradigma atual é que a educação
deve voltar-se à formação do
indivíduo para que tenha uma vida
realizada e plena. Além ...
 Como você acordou? Utilizou um despertador? Um celular?
 Como preparou seu café? Usou uma cafeteira? Micro-ondas?
 Leu...
O conceito de tecnologia, em seu sentido mais amplo, se aplica a tudo aquilo
que, não existindo na natureza, o ser humano ...
Modifica e é modificada pela sociedade
Imprevisível
Características marcantes da Tecnologia
1. Conceitos: Educação e Tecno...
A sigla TIC (Tecnologias de Informação
e Comunicação), especificamente,
envolve a aquisição, o armazenamento, o
processame...
Características
que marcam a
TIC
Rapidez
Recepção
Individualizada
Interatividade e
Participação
Hipertextualidade
Realidad...
As informações chegam até nós como não imaginávamos há 10 anos.
Rapidez – é condicionante aos processos atuais
2. Caracter...
Recepção individualizada - Os alunos tem necessidades individuais
O trabalho dos professores não deve ser numa única direç...
O estudante tem o poder de construir a história, escolher os caminhos...
Interatividade e participação
2. Características ...
Hipertextualidade - A tecnologia pode ser mais interessante
As escolas não devem excluir textos lineares e tradicionais, m...
Realidade virtual - “mesmo em japonês, tudo faz sentido”
O prazer na aprendizagem pode ser obtido com modernas tecnologias...
Digitalização/ideologia - As crianças já nascem
com domínio sobre as tecnologias
Apesar desse domínio é responsabilidade d...
2. Características que marcam a TIC
Novos usos, diferentes necessidades
Interatividade: potencial de interação
Participaçã...
E o professor nesse contexto?
3. Atividade docente em tempos de TIC
3. Atividade docente em tempos de TIC
Importante: garantir os créditos dos vídeos utilizados
O professor deve potencializar a comunicação e a aprendizagem
utilizando interfaces da Internet.
Interface é um termo que ...
3. Atividade docente em tempos de TIC
Ambiente Virtual de
Aprendizagem e-mail
Facebook
Blog
Twitter
Jogos
Animações
Simula...
Cabe ao professor estimular o estudante a contribuir com novas
informações, a criar e oferecer percursos
Saímos da mídia c...
O professor deve conhecer as características dos hipertextos que
impactam a leitura e a construção do raciocínio no ambien...
O professor deve compreender a mudança no processo de comunicação
Na cibercultura, ocorre a transição da lógica da distrib...
3. Atividade docente em tempos de TIC
3. Atividade docente em tempos de TIC
Necessidades dos
atuais educadores
em função da TIC
Ter domínio do
conteúdo de sua
á...
3. Atividade docente em tempos de TIC
Preparação
Planejamento
Tempo
Teste antes de usar
Benefícios
Limites
Avalie
Como uti...
A exigência de aprender continuamente ao longo da vida constitui na
sociedade atual um desafio para todas as pessoas e uma...
“... é necessário que o professor aprenda não apenas
a operacionalizar os recursos tecnológicos
disponíveis nas escolas, m...
3. Atividade docente em tempos de TIC
Por isso, pode auxiliar tanto a modalidade a distância como a presencial.
Objeto de ...
3. Atividade docente em tempos de TIC
3.1 Uso de objetos de objetos de aprendizagem off
line e on line
objetos de aprendiz...
3.1 Uso de objetos de objetos de aprendizagem off line e on line
Off line (sem conexão)
São objetos de aprendizagem que
nã...
Que tal se em nossa próxima aula vocês
trouxessem exemplos de Objetos de
Aprendizagem colhidos nesses sites,
relacionados ...
4. Os estudantes e a TIC
4.1 Nativos digitais
• Lidam facilmente com a tecnologia
• Faz múltiplas coisas ao mesmo tempo
• ...
• Utilizar os recursos do computador e Internet como forma de
aprofundar seus conhecimentos
• Aproveitar as possibilidades...
Aspectos
 Cognitivo: o aluno precisa conhecer, entender e analisar o uso que faz
das tecnologias;
 Aplicado: o estudante...
Sintetizando...
Não é só uma questão de apresentar roteiros e instruções...
Sintetizando...
...nem tão pouco achar que a TIC vai ser a fonte de salvação da
educação
Sintetizando...
O professor e a TIC...
• Criar ambientes de aprendizagem com a presença das TICs
• Proporciona uma partici...
Quais os ganhos dos alunos ao utilizar o
computador e as TICs?
Que aspectos podem ser desenvolvidos em
seus alunos ao util...
Como o professor pode desenvolver uma
prática pedagógica integradora que contemple
os conteúdos curriculares, as competênc...
Quem sou como usuário da TIC e como pretendo ser
como professor?
Explicite sua resposta produzindo um pequeno texto,
consi...
Para refletir...
Temas correlatos a serem pesquisados
Uso das TIC e as novas denominações
Educação distribuída
Educação em rede
Educação on...
Referências
ALMEIDA, Maria Elizabeth. Educação a distância na Internet: abordagens e
contribuições dos ambientes digitais ...
ESTUDO COMPLEMENTAR
FRÓES BURNHAM T. Tecnologia da Informação e educação a distância: tecendo redes,
interagindo com e-mai...
Vídeos sugeridos
Celular - www.youtube.com/watch?v=VES8ORDPHDI
Conhecimento - www.youtube.com/watch?v=AXzfjQeEjYg
Tecnolog...
ATIVIDADE PROPOSTA
Realizar visita investigativa em uma escola do município, para identificar
quais as tecnologias que est...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O processo educativo e o uso das novas tecnologias da informação e comunicação - tereza kelly gomes carneiro 28012015

594 visualizações

Publicada em

Aula sobre uso de TIC na educação

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
594
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O processo educativo e o uso das novas tecnologias da informação e comunicação - tereza kelly gomes carneiro 28012015

  1. 1. O processo educativo e o uso das novas Tecnologias da Informação e Comunicação Profª. Tereza Kelly Gomes Carneiro Jan/2015
  2. 2. Objetivos específicos Estudo da importância das tecnologias da informação e comunicação (TIC) na educação: potencialidades pedagógicas e desafios de sua aplicação nos espaços de aprendizagem presencial e a distância Objetivo Geral 1. Refletir o conceito de educação e tecnologia 2. Caracterização das novas tecnologias e seus impactos no processo de ensino 3. Discutir sobre a atividade docente em meio à TIC 4. Refletir sobre as mudanças advindas das novas tecnologias na relação professor-aluno 5. Discutir sobre objetos de aprendizagem off line e on line. 6. Apresentar fontes de pesquisa de Objeto de Aprendizagem disponíveis atualmente
  3. 3. Plano de vôo (conteúdo da aula) 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação 2. Características que marcam a TIC 3. Atividade docente em tempos de TIC 3.1 Uso de objetos de objetos de aprendizagem off line e on line 4. Os estudantes e a TIC 4.1 Nativos digitais 4.2 Habilidades e aspectos que podem ser estimuladas nos estudantes através da TIC
  4. 4. O que pretendemos (habilidades a serem desenvolvidas) Que possamos ao final utilizarmos a TIC como recurso que contribui para práticas pedagógicas inovadoras.
  5. 5. Conforme a Lei 9394/96 Lei de Diretrizes e Bases artigo 1° A educação abrange processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais. A Educação é dinâmica, viva, é um processo contínuo que ocorre em diversos contextos sociais, possibilitando a construção de novos conhecimentos, o crescimento pessoal e o melhor relacionamento do indivíduo na família, escola, comunidade, sociedade. O que é Educação? 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
  6. 6. O paradigma atual é que a educação deve voltar-se à formação do indivíduo para que tenha uma vida realizada e plena. Além disso, deve formar o cidadão para que participe responsavelmente na sociedade e formar o profissional, para que possa contribuir para a melhoria da sociedade. E esta está totalmente informatizada 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
  7. 7.  Como você acordou? Utilizou um despertador? Um celular?  Como preparou seu café? Usou uma cafeteira? Micro-ondas?  Leu seu jornal?  Ouviu as notícias no rádio ou assistiu às notícias na TV?  Como foi para a escola? Observou a sinalização no caminho?  Usou o celular para falar com alguém e vir a aula? Para Refletir TECNOLOGIA 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
  8. 8. O conceito de tecnologia, em seu sentido mais amplo, se aplica a tudo aquilo que, não existindo na natureza, o ser humano inventa para expandir os seus poderes, tornar o seu trabalho mais fácil e fazer a sua vida mais agradável. Tecnologia não é apenas instrumento, ferramenta ou equipamento tangível: arado, óculos, computador. Exemplo: Dentro da linguagem, a fala e a escrita são tecnologia Tecnologia é também coisa intangível, como procedimentos, métodos, técnicas, algoritmos e notações. A lógica e a linguagem são tecnologia. O que é tecnologia? 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
  9. 9. Modifica e é modificada pela sociedade Imprevisível Características marcantes da Tecnologia 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
  10. 10. A sigla TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação), especificamente, envolve a aquisição, o armazenamento, o processamento e a distribuição da informação por meios eletrônicos e digitais, como rádio, televisão, telefone e computadores, entre outros. Ela resultou da fusão das tecnologias de informação, antes referenciadas como informática, e das tecnologias de comunicação, relativas às telecomunicações e à mídia eletrônica. 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
  11. 11. Características que marcam a TIC Rapidez Recepção Individualizada Interatividade e Participação Hipertextualidade Realidade Virtual Digitalização/ Ideologia 2. Características que marcam a TIC
  12. 12. As informações chegam até nós como não imaginávamos há 10 anos. Rapidez – é condicionante aos processos atuais 2. Características que marcam a TIC
  13. 13. Recepção individualizada - Os alunos tem necessidades individuais O trabalho dos professores não deve ser numa única direção 1. Conceitos: Educação e Tecnologia da Informação e Comunicação
  14. 14. O estudante tem o poder de construir a história, escolher os caminhos... Interatividade e participação 2. Características que marcam a TIC
  15. 15. Hipertextualidade - A tecnologia pode ser mais interessante As escolas não devem excluir textos lineares e tradicionais, mas deve ter uma agregação de jogos e de outras linguagens tecnológicas. 2. Características que marcam a TIC
  16. 16. Realidade virtual - “mesmo em japonês, tudo faz sentido” O prazer na aprendizagem pode ser obtido com modernas tecnologias, como o videogame e a Internet 2. Características que marcam a TIC
  17. 17. Digitalização/ideologia - As crianças já nascem com domínio sobre as tecnologias Apesar desse domínio é responsabilidade da escola auxiliar no entendimento e reflexão sobre o que está presente nas imagens e mensagens das tecnologias 2. Características que marcam a TIC
  18. 18. 2. Características que marcam a TIC Novos usos, diferentes necessidades Interatividade: potencial de interação Participação de qualquer lugar, a qualquer tempo Expansão das atividades cognitivas: tecnologias da inteligência na web Mediação tecnológica das narrativas individuais na web
  19. 19. E o professor nesse contexto? 3. Atividade docente em tempos de TIC
  20. 20. 3. Atividade docente em tempos de TIC Importante: garantir os créditos dos vídeos utilizados
  21. 21. O professor deve potencializar a comunicação e a aprendizagem utilizando interfaces da Internet. Interface é um termo que na informática e na cibercultura ganha o sentido de dispositivo para encontro de duas ou mais faces em atitude comunicacional, dialógica ou polifônica. 3. Atividade docente em tempos de TIC A Internet comporta diversas interfaces. Cada interface reúne um conjunto de elementos de hardware e software destinados a possibilitar aos internautas trocas, intervenções, agregações, associações e significações como autoria e co-autoria.
  22. 22. 3. Atividade docente em tempos de TIC Ambiente Virtual de Aprendizagem e-mail Facebook Blog Twitter Jogos Animações Simulações
  23. 23. Cabe ao professor estimular o estudante a contribuir com novas informações, a criar e oferecer percursos Saímos da mídia clássica para a mídia on line, logo podemos e devemos ser utilizá-las para estimular novas construções 3. Atividade docente em tempos de TIC O professor deve ser coautor no e do processo de comunicação e aprendizagem
  24. 24. O professor deve conhecer as características dos hipertextos que impactam a leitura e a construção do raciocínio no ambiente on line No ambiente on line, os sites hipertextuais supõem conexões com outros sites ou documentos conexões com o mesmo documento agregar multiplicidade de pontos de vistas ambiente simples e de fácil acesso e transparência nas informações integração de vários recursos 3. Atividade docente em tempos de TIC
  25. 25. O professor deve compreender a mudança no processo de comunicação Na cibercultura, ocorre a transição da lógica da distribuição (transmissão) para a lógica da comunicação (interatividade). Isso significa modificação radical no esquema clássico da informação baseado na ligação unilateral emissor – mensagem – receptor. 3. Atividade docente em tempos de TIC Sem afetividade, não há audiovisual
  26. 26. 3. Atividade docente em tempos de TIC
  27. 27. 3. Atividade docente em tempos de TIC Necessidades dos atuais educadores em função da TIC Ter domínio do conteúdo de sua área Entender os processos de aprendizagem dos alunos Saber ensinar, criando situações que favoreçam ao aluno encontrar sentido para aquilo que está aprendendo Conhecer e saber usar as tecnologias disponíveis no sistema escolar Entender as implicações do uso das tecnologias e mídias nos processos de ensino e aprendizagem
  28. 28. 3. Atividade docente em tempos de TIC Preparação Planejamento Tempo Teste antes de usar Benefícios Limites Avalie Como utilizar a tecnologia a seu favor?
  29. 29. A exigência de aprender continuamente ao longo da vida constitui na sociedade atual um desafio para todas as pessoas e uma necessidade premente colocada aos educadores. 3. Atividade docente em tempos de TIC Não se trata apenas de ter acesso a informações, mas sim de saber buscá-las em diferentes fontes e, sobretudo, transformar as informações em conhecimentos para resolver problemas da vida e do trabalho.
  30. 30. “... é necessário que o professor aprenda não apenas a operacionalizar os recursos tecnológicos disponíveis nas escolas, mas também a conhecer as potencialidades pedagógicas envolvidas nas diferentes tecnologias e os modos de integrá-las ao desenvolvimento do currículo”. (TORNAGHI, PRADO, ALMEIDA, 2009, p. 51) 3. Atividade docente em tempos de TIC
  31. 31. 3. Atividade docente em tempos de TIC Por isso, pode auxiliar tanto a modalidade a distância como a presencial. Objeto de Aprendizagem São recursos que tem por objetivo mediar e qualificar o processo de ensino-aprendizagem, e podem ser apresentados e utilizados em diversos formatos e linguagens. A reusabilidade é sua principal característica, e diz respeito à capacidade de reutilização desses materiais, em diferentes contextos de aprendizagem, nas mais diversas áreas do conhecimento.
  32. 32. 3. Atividade docente em tempos de TIC 3.1 Uso de objetos de objetos de aprendizagem off line e on line objetos de aprendizagem off line on line
  33. 33. 3.1 Uso de objetos de objetos de aprendizagem off line e on line Off line (sem conexão) São objetos de aprendizagem que não necessitam de acesso à internet para serem utilizados Alguns exemplos onde podemos acessá-los gratuitamente TV Escola - http://tvescola.mec.gov.br/ Domínio Público - www.dominiopublico.gov.br Portal do Professor - http://portaldoprofessor.mec.gov.br MERLOT - www.merlot.org Casa das Ciências - www.casadasciencias.org PROATIVA - www.proativa.vdl.ufc.br GeoGebra - www.geogebra.org On line (com conexão) São objetos de aprendizagem que necessitam de acesso à internet para serem utilizados
  34. 34. Que tal se em nossa próxima aula vocês trouxessem exemplos de Objetos de Aprendizagem colhidos nesses sites, relacionados à diferentes disciplinas: tais como matemática, física, geografia? 3.1 Uso de objetos de objetos de aprendizagem off line e on line
  35. 35. 4. Os estudantes e a TIC 4.1 Nativos digitais • Lidam facilmente com a tecnologia • Faz múltiplas coisas ao mesmo tempo • Possuem iniciativas • Gostam de novidades e assumem riscos por isto • Aprendem fazendo • Aprendem rapidamente o uso das tecnologias • Se propõem a aprender apenas o suficiente (“Just Enough”) • Pouca tolerância com coisas chatas ou que não lhe interessam
  36. 36. • Utilizar os recursos do computador e Internet como forma de aprofundar seus conhecimentos • Aproveitar as possibilidades de comunicação, proporcionadas pelo computador para expressar ideias, sentimentos e experiências • Colaborar com outros estudantes por meio de chats, fóruns, e-mails, blogs, entre outros; • Saber selecionar informações; • Ser crítico e saber analisar os conteúdos que estão à disposição na rede, avaliando sua qualidade 4.2 Habilidades e aspectos que podem ser estimuladas nos estudantes através da TIC 4.2 Habilidades e aspectos que podem ser estimuladas nos estudantes através da TIC
  37. 37. Aspectos  Cognitivo: o aluno precisa conhecer, entender e analisar o uso que faz das tecnologias;  Aplicado: o estudante utiliza a tecnologia para expressar ideias próprias e alcançar os objetivos propostos;  Social: é importante que os educandos compreendam os impactos sociais causados pelos meios tecnológicos, sendo esta uma ferramenta para a promoção social e desenvolvimento da comunidade.  Atitudinal: é fundamental que os usuários das TICs se sintam competentes manipuladores das tecnologias, pois isso facilita sua aproximação, bem como o proveito que tiram desses recursos 4.2 Habilidades e aspectos que podem ser estimuladas nos estudantes através da TIC
  38. 38. Sintetizando... Não é só uma questão de apresentar roteiros e instruções...
  39. 39. Sintetizando... ...nem tão pouco achar que a TIC vai ser a fonte de salvação da educação
  40. 40. Sintetizando... O professor e a TIC... • Criar ambientes de aprendizagem com a presença das TICs • Proporciona uma participação ativa do aluno • Torna a aprendizagem mais significativa • Leva o aluno a uma investigação e problematização, tornando-o capaz de desenvolver projetos e solucionar problemas • Associar as TICs aos métodos ativos de aprendizagem • Desenvolver habilidade técnica relacionada ao domínio da tecnologia • Assumir uma atitude de reflexão frequente e sistemática sobre sua prática
  41. 41. Quais os ganhos dos alunos ao utilizar o computador e as TICs? Que aspectos podem ser desenvolvidos em seus alunos ao utilizá-los? Para refletir...
  42. 42. Como o professor pode desenvolver uma prática pedagógica integradora que contemple os conteúdos curriculares, as competências, as habilidades e as diferentes tecnologias, disponíveis na escola, em ações nas quais as tecnologias possam contribuir efetivamente? Para refletir...
  43. 43. Quem sou como usuário da TIC e como pretendo ser como professor? Explicite sua resposta produzindo um pequeno texto, considerando as questões apresentadas abaixo. - Pretendo despertar a curiosidade dos alunos? - Desenvolverei uma prática interativa com os alunos? - Ouvirei suas idéias? - Aprenderei com os alunos? - Aprenderei com meus colegas? - Farei mudanças na minha forma de ensinar se necessário? Por quê? Para refletir...
  44. 44. Para refletir...
  45. 45. Temas correlatos a serem pesquisados Uso das TIC e as novas denominações Educação distribuída Educação em rede Educação on line ou e-LEARNING Comunidades virtuais de aprendizagem
  46. 46. Referências ALMEIDA, Maria Elizabeth. Educação a distância na Internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e pesquisa, v. 29, n. 2, São Paulo, jul./dez. 2003. Disponível em: <http:// www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517- 97022003000200010&lng=pt&nrm=iso. Acesso: 1 mai. 2009. BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996. LEMOS, André. Cibercultura, tecnologia e vida social na cultura contemporânea. PORTO ALEGRE: Sulina, 2013. 6ª Ed. SILVA, Marco. Sala de aula interativa. Rio de Janeiro: Quartet, 2003
  47. 47. ESTUDO COMPLEMENTAR FRÓES BURNHAM T. Tecnologia da Informação e educação a distância: tecendo redes, interagindo com e-mails e ampliando espaços. In: Teresinha Fróes Burnham; Maria Lídia Pereira Mattos. (Org.). Tecnologias da Informação a distância. 1ed. Salvador: EDUFBA, 2004, p. 05-19. DOWBOR, L. 2001 Artigo: Tecnologias do conhecimento: os desafios da educação (2001). Disponível em: <http://dowbor.org/tecnconhec.asp> Acesso em: 007/2013 OLIVEIRA, Ramon de. Informática Educativa: dos planos e discurso à sala de aula. 7 ed. São Paulo: Papirus, 2002. PERRENOUD, Philippe. Dez Novas Competências para Ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000. PRETTO, Nelson de L. Uma Escola Sem/Com Futuro. São Paulo: Papirus, 1996. PRIMO, Alex. Interação mediada por computador: comunicação, cibercultura, cognição. 3ª Edição, Porto Alegre: Sulina, 2011. 239p. TORNAGHI, A. Tecnologia faz Escola, Escola faz Tecnologia. 2007. 166 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Sistemas de Computação) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007. disponível em http://cmapspublic2.ihmc.us/rid=1GZN452D4-19MRQSW- 16PJ/Escola_Faz_Tecnologia_Tecnologia_faz_Escola.pdf Acesso: 27 jan. 2014 QUEVEDO Angelita Gouveia. Atividade, contradições e ciclo expansivo de aprendizagem no engajamento de alunos em um curso online. 2005. 248 f. Tese (Doutorado em Linguística aplicada e estudos de linguagem), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005. TORNAGHI, A. Tecnologia faz Escola, Escola faz Tecnologia. 2007. 166 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Sistemas de Computação) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007. disponível em http://cmapspublic2.ihmc.us/rid=1GZN452D4-19MRQSW- 16PJ/Escola_Faz_Tecnologia_Tecnologia_faz_Escola.pdf
  48. 48. Vídeos sugeridos Celular - www.youtube.com/watch?v=VES8ORDPHDI Conhecimento - www.youtube.com/watch?v=AXzfjQeEjYg Tecnologia ou metodologia - www.youtube.com/watch?v=IJY-NIhdw_4 Ladislau Dowbor - Educação e tecnologia - Maio 2004 – www.youtube.com/watch?v=szNSCklQnWY&hl=pt&gl=BR Lousa eletronica - www.youtube.com/watch?v=IhfIHC8tc9E&feature=youtu.be Tecnologia e Metodologia - www.youtube.com/watch?v=IJY- NIhdw_4&feature=youtu.be O futuro segundo a Microsoft - www.youtube.com/watch?v=peSYlJlg14E As novas tecnologias em sala de aula - www.youtube.com/watch?v=2s861rPUAEY Fantástico - Escolas públicas apostam na tecnologia dentro das salas de aula - www.youtube.com/watch?v=U56apjVYR9w D-30 - O uso da tecnologia na escola - www.youtube.com/watch?v=nIxPP-253mU
  49. 49. ATIVIDADE PROPOSTA Realizar visita investigativa em uma escola do município, para identificar quais as tecnologias que estão sendo utilizadas pelos professores e como eles as utilizam, categorizar essas tecnologias, e também saber qual tipo de formação os professores tiveram para utilizar tais tecnologias. Deverá ser realizado um relatório da visita para subsidiar um debate acerca dos cenários de uso das TIC nas escolas de Camaçari, numa próxima aula

×