Jorn pedag sem_medo_da_tecnologia

204 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
204
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 04/04/13 04:22 © 2007 Microsoft Corporation. All rights reserved. Microsoft, Windows, Windows Vista and other product names are or may be registered trademarks and/or trademarks in the U.S. and/or other countries. The information herein is for informational purposes only and represents the current view of Microsoft Corporation as of the date of this presentation. Because Microsoft must respond to changing market conditions, it should not be interpreted to be a commitment on the part of Microsoft, and Microsoft cannot guarantee the accuracy of any information provided after the date of this presentation. MICROSOFT MAKES NO WARRANTIES, EXPRESS, IMPLIED OR STATUTORY, AS TO THE INFORMATION IN THIS PRESENTATION.
  • Jorn pedag sem_medo_da_tecnologia

    1. 1. O USO DOS RECURSOSTECNOLÓGICOS E MIDIÁTICOS NO COTIDIANO DA ESCOLA
    2. 2. A Função da escola e o papel do professor A verdadeira função do aparato educacional não deve ser a de ensinar, mas sim a de criar condições de aprendizagem. Para Moran (2000), “As tecnologias decomunicação não substituem o professor, mas modificam algumas de suas funções. A tarefa de passar informações pode ser deixada aos bancos de dados, livros, programas em CD. O professor se transforma agora emestimulador da curiosidade do aluno por querer conhecer, por pesquisar, por buscar a informação mais relevante.”
    3. 3. Procure pensar em quantos hábitos você mudou ao longo dos últimos anos? Telefone TV RoupaRádio Computador Retroprojetor/Proinfo Livro/Ebook Integrado
    4. 4. Quando foi a última vez que mandou uma carta? Caderno/WordCarta- e-mail Lápis/teclado
    5. 5. Com que frequência tira a enciclopédia da prateleira para fazer uma pesquisa?
    6. 6. E é ou não é um alívio poder trocar a fila do banco por transações via internet?
    7. 7. Para redigir um texto, as idéias seorganizam melhor numa folha de papel ou no teclado?
    8. 8. ATÉ QUE PONTO ELA É REALMENTE NECESSÁRIA EM SEU DIA A DIA E NA ESCOLA?
    9. 9. O acesso à informação atualizada e,principalmente, para promover a criação de comunidades colaborativas de aprendizagem que privilegiam a construção do conhecimento, a comunicação, a formação continuada e a gestão articulada entre as áreasadministrativa, pedagógica e informacional da Escola.
    10. 10. PARA QUE SERVE A TECNOLOGIA?
    11. 11. Quando se fala em tecnologia na educação, logo pensamos em computadores, internet... Mas isso não étudo. Tecnologia é, efetivamente, mais doque isso. Ela está presente, por exemplo,em cada lápis que usamos, no quadro de giz, nos livros, nas cadeiras em que nossentamos. Lembre-se da revolução social que representou a imprensa. Podemos imaginar uma escola, hoje, sem livros, sem material impresso?
    12. 12. Nós educadores precisamos rever nossos conceitos e adotara tecnologia como uma aliada e não encará-la como umempecilho. Nossos alunos estão cada vez mais atualizadosquanto a isso e não podemos ficar para trás.
    13. 13. COMO POSSO TIRAR PROVEITO DELA ? Sem critério e objetivospedagógicos claros, a TIC vira embromação.Portanto, evite...
    14. 14. - Usar como tapa-buraco quando falta professor ou acontecealgum contratempo.- Passar vídeo que não tenha relação com o conteúdo: as criançaspercebem que essa é uma forma de camuflar a falta deplanejamento.- Usar o recurso em todas as aulas e esquecer outras dinâmicas: oexagero diminui a eficiência e empobrece as atividades.- Criticar sistematicamente possíveis defeitos de informação ouestéticos: se eles existirem, desafie a turma a encontrá-los e aquestioná-los. (Exemplo Internet)- Assistir à televisão com os alunos sem discussão: qualquerassunto que venha da televisão deve ser integrado com o tema daaula.
    15. 15. Como as tecnologias têm sidousadas na educação? Que tipos de mudanças estão realmenteocorrendo? A mudança tem sido tecnológica ou pedagógica?
    16. 16. MUDANÇA TECNOLOGICAComputador Lousa Digital Projetor Proinfo IntegradoData Show Um computador por aluno Tablet
    17. 17. MUDANÇA PEDAGÓGICAA melhor forma de ensinar é aquela que propicia aoaluno o desenvolvimento da capacidade de ler e deinterpretar o mundo e que o leve, efetivamente, aaprender de forma significativa e com sentido. Deve,portanto, potencializar o desenvolvimento do aluno afim de que ele consiga lidar com as características ecom as demandas da sociedade atual, que enfatiza,por exemplo, ser importante que o aluno tenhaautonomia para buscar, constantemente, novasaprendizagens. Uma situação de aprendizagem quepode potencializar um aprendizado que seja maissignificativo para o aluno é o trabalho por meio deprojetos.
    18. 18. As tecnologias por si só não poderão atingiros objetivos da educação, por isso temos queconsiderar a Tecnologia na Educação e para aEducação , ou seja, a Tecnologia Educacional.
    19. 19. Fernando Costa (2004) categoriza os diferentes tipos do uso datecnologia na educação:aprender a partir da tecnologia;aprender acerca da tecnologia;aprender através da tecnologia;aprender com a tecnologia.
    20. 20. Aprender a partir da tecnologia - tecnologiascomo ferramentas.Aprender acerca da tecnologia – conhecer astecnologias para utilizar em seu planejamento.Aprender através da tecnologia - permitearticular conhecimento, criatividade, crenças evalores no processo de ensino e aprendizagem.Aprender com a tecnologia – como, por exemplo,a organização dos seres humanos em redes pormeio das tecnologias.
    21. 21. (DELORS, 2001)Com base nos quatro pilares da educação, compreendemos queprofundas mudanças precisam ocorrer no sistema de ensino secular.Pode levar algum tempo para aceitarmos que só se aprende participando,vivenciando, tomando atitudes diante dos fatos, escolhendoprocedimentos para atingir determinados objetivos. Não se ensina sópelas respostas dadas, mas principalmente pelas experiênciasproporcionadas, pelos problemas criados, pela ação desencadeada.
    22. 22. O uso da tecnologia enriquece ambientes deaprendizagem onde o aluno interage com os objetos e constrói seus conhecimentos. Para Gasparetti (2001), “o estudante do futuro será cada vez mais interativo e participará da construção do próprio saber utilizando as tecnologias”.
    23. 23. Não é a tecnologia em si quepromove a mudança, mas o uso que se faz dela. E na escola?
    24. 24. E mesmo assim...
    25. 25. O uso da tecnologia ainda é novidade na educação
    26. 26. Portanto...• Não usar as TIC apenas pela novidade tecnológica, mas peloseu potencial pedagógico.• Conhecer bem as potencialidades e limitações das diferentesTIC, em termos técnicos e pedagógicos.• Selecionar as TIC mais adequadas ao contexto educacional(proposta pedagógica, objetivos do curso, recursos humanos emateriais disponíveis, etc.).• Usar as TIC selecionadas de acordo com o contexto e com omodelo educacional que se deseja adotar.
    27. 27. Para incorporar os diversos recursos tecnológicos à prática educativa não basta a presença do equipamento ou da máquina, é necessário que sediscuta qual é o papel de cada recurso tecnológico no processo de ensino e de aprendizagem (POPP, 2001).
    28. 28. Com o advento da tecnologia muita novidade e medo cercou (e ainda cerca) o ambiente educacional. Quebra de paradigmas. Tempoatual: tempo de rede. (Troca de conhecimento)Usar tecnologias na educação requer um olharmais abrangente que envolve novas formas de ensinar e de aprender.
    29. 29. Portanto...Na sociedade da informação todos estamosreaprendendo a conhecer, a comunicar-nos,a ensinar e a aprender; a integrar o humanoe o tecnológico; a integrar o individual, ogrupal e o social (MORAN, 2001).
    30. 30. Como fazer a diferença?• Pensando nisso, a Secretaria de Estado de Educação proporcionou este momento de estudo com objetivo de subsidiar as práticas pedagógicas utilizando os recursos tecnológicos existentes na escola.

    ×