Powerpoint.final oficina 1

1.225 visualizações

Publicada em

apresentação 1ª Oficina TIC - CEP PARIS

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.225
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
189
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Powerpoint.final oficina 1

  1. 1. As TIC no ensino eaprendizagem do Português2012/2013Madalena Resina Augusto | Coordenação de Ensino de: CEPE - FRANÇA|madalenaaugusto@gmail.com
  2. 2. O que é a tecnologia? DefiniçãoO termo tecnologia, de origemgrega, é formado por tekne(“arte, técnica ou ofício”) e por logos(“conjunto de saberes”). É utilizadopara definir os conhecimentos quepermitem fabricar objetos e modificaro meio ambiente, com vista asatisfazer as necessidades humanas.Definição Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora “a tecnologia é oconjunto dos instrumentos, métodos e técnicas que permitem oaproveitamento prático do conhecimento científico.”
  3. 3. Como é que a tecnologia mudou as nossas vidas?
  4. 4. Como mudou a nossa forma de comunicar?
  5. 5. Passagem da web 1.0 para a web 2.0
  6. 6. Com a web 2.0 o utilizador dainternet já não se limita a consultare pesquisar informação.Deixa de ser um mero consumidor epassa ele próprio a produzirconteúdos(blogues, vídeos, sites, redessociais, etc..)
  7. 7. Mesmo os que querem resistir àtecnologia, vão ter de se adaptarpara conseguirem sobreviver nummundo cada vez mais tecnológicoe mais digital.
  8. 8. Nativos digitais VERSUS Imigrantes digitais Indivíduos que nasceram imersos na tecnologia Versus Seres humanos que não nasceram numa sociedade tecnológica mas que tiveram de se adaptar à tecnologia para sobreviver, incorporando-a nos seus hábitos quotidianos.
  9. 9. “(…) the single biggest problem facing education today is thatour Digital Immigrant instructors, who speak an outdatedlanguage (that of the pre-digital age), are struggling to teach apopulation that speaks an entirely new language.”Marc Prensky, 2001, p2
  10. 10. Porque é que muitos imigrantes digitais oferecem resistência à tecnologia?
  11. 11. Porque é tão difícil abraçarmos a tecnologia? Implica tempo, disponibilidade e dedicação Implica formação Implica um esforço É preciso combater o medo de depender da tecnologia
  12. 12. A tecnologia não vai desaparecer.Por isso, o melhor é adaptarmo-nos aela e explorar o potencial que tempara nos oferecer.
  13. 13. A tecnologia oferece flexibilidadee proporciona uma liberdade deescolha que não existia nopassado
  14. 14. Na Educação as TIC
  15. 15. Na Educação as TIC Promovem aprendizagens inovadoras Contribuem para o desenvolvimento de competências nos alunos e nos professores em diferentes domínios A variedade e riqueza de recursos envolvem o aluno Tornam a aprendizagem mais divertida e atrativa para os “nativos digitais” Promovem a aprendizagem colaborativa Estimulam novas formas de comunicar
  16. 16. Mudança e Inovação em Educação
  17. 17. Não há mudança sem inovação
  18. 18. O aluno de hoje não tem operfil do aluno que existia há10 anos
  19. 19. O processo de integração da tecnologia pressupõe uma mudança nas práticas convencionais/tradicionais dos professores
  20. 20. É fundamental: Compreender o “verdadeiro” potencial pedagógico das tecnologias hoje disponíveis Compreender que há um longo caminho a fazer para poder tirar partido efetivo do potencial das tecnologias digitais Perceber qual é o potencial das tecnologias digitais disponíveis
  21. 21. “Um computador ligado à internet em cada sala de aula é melhor doque nada mas não é mais do que um mísero e pequeno passo emdireção à verdadeira mudança.”Papert, 1997, p216
  22. 22. COMO APRENDER COM TECNOLOGIAS?
  23. 23. "... consequently, nothing is changed, nothing is renovated; computers arebeing introduced into classrooms and everyone waits for the technologicalmiracle to happen."Salomon, 2002
  24. 24. O computador, por si só, nãomelhora a qualidade ou orendimento do ensino.É preciso que o professor e oaluno se envolvam e explorem aspotencialidades da tecnologia.
  25. 25. O que faz a diferença não é existirem computadores dentro da sala de aula mas é o modo como se introduz a tecnologia
  26. 26. “Whats wrong with education cannot be fixed with technology…”Steve Jobs, 2004, revista Wired
  27. 27. Nem todas as escolas estão preparadas para lidar com esta nova realidademas ao nível micro cada professor na sua ação diária pode marcar a diferença
  28. 28. Desafios:- Predisposição para mudar as suas práticas de ensino: não basta aprender a utilizar as ferramentas, é preciso que o professor assuma um papel mais construtivista- Colocar as ferramentas na mão do aluno estimulando-o a produzir, a criar e a pensar- Como pegar nos conteúdos curriculares e adaptá-los com a ajuda das TIC àsnecessidades dos alunos?
  29. 29. Neste processo de mudança existem:- os que aderem à mudança- os que resistem à inovação- e os “assim assim”
  30. 30. Processo de apropriação das TIC• Primeira fase – quando professor toma o primeiro contacto com a tecnologia e aprende a trabalhar com a inovação• Segunda fase – utiliza a tecnologia e começa a fazer algumas inovações nas suas práticas. Existe alguma fragilidade. A frustração pode fazê-lo desistir.• Terceira fase - o professor começa a utilizar as TIC de uma forma mais regular. Nesta fase de apropriação as TIC são integradas nas práticas e deixam de ser usadas apenas na sala de aula.
  31. 31. Para que ocorra uma mudança profunda é preciso mudar a cultura da salade aula e a cultura da escola. A escola são as pessoas e as interações entreelas.
  32. 32. Somos muito impacientes relativamente à mudança e trata-se de um processo demorado
  33. 33. PLE (Personal Learning Environment) ou Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)
  34. 34. Os PLEs são uma nova abordagem da aprendizagem:- baseiam-se na ideia de que a aprendizagem pode ter lugar em diferentes contextos e situações.- é um conjunto de diferentes aplicações Web e de recursos obtidos em diversos contextos.- é uma montagem pessoal que apoia a aprendizagem recorrendo às potencialidades das tecnologias.
  35. 35. Os PLEs devem ser vistos como ferramentas facilitadoras da colaboraçãoe cooperação entre pares.- Estes ambientes permitem que o indivíduo construa a suaaprendizagem, tendo em conta as suas necessidades e desafios. Alémdisso, possibilitam que a mesma ocorra em espaços diferentes, emsituações diferentes e em tempos diferentes de cada indivíduo(Attwell, 2007). - O espaço é pensado para o indivíduo poder produzir e receberinformações e fomentar a partilha entre todos.
  36. 36. Os blogues são excelentes PersonalLearning Environments
  37. 37. Apostando numa cultura decriatividade e inovação podemosenriquecer a aprendizagem e envolveros alunos na construção do seuconhecimento.A tecnologia é o presente e o futuro enão devemos ter medo de a conhecere explorar!
  38. 38. Obrigado!

×