Os Lusiadas Versus Mensagem

12.665 visualizações

Publicada em

12.º ano

Publicada em: Educação, Turismo
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.665
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os Lusiadas Versus Mensagem

  1. 1. Os Lusíadas versus Mensagem
  2. 2. <ul><li>Os Lusíadas Mensagem </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Poema épico poema épico-lírico </li></ul><ul><li>   </li></ul>partem de um núcleo histórico (heróis e acon­tecimentos da História de Portugal) apresenta uma dimensão subjectiva, introspectiva, de contemplação interior , característica própria do Lirismo
  3. 3. Mensagem - estrutura <ul><li> </li></ul><ul><li>3 Partes </li></ul><ul><li>3 momentos do Império Português </li></ul>1.ª Parte Nascimento «Brasão» 2.ª Parte Realização «Mar Português» 3.ª Parte Morte «O Encoberto» Renascimento Novo império futuro e espiritual
  4. 4. 1.ª Parte «Brasão» <ul><li>Fundação da nacionalidade, desfile de heróis lendários e históricos, de Ulisses a D. Sebastião </li></ul>
  5. 5. 2.ª Parte «Mar Português» <ul><li>Poemas inspirados na ânsia do Desconhecido e no esforço heróico da luta com o mar. </li></ul><ul><li>Apogeu da acção portuguesa dos Descobrimentos. </li></ul>
  6. 6. 3.ª Parte «O Encoberto» <ul><li>Morte das energias de Portugal simbolizada no &quot;nevoeiro&quot;; </li></ul><ul><li>Afirmação do sebastianismo representado na figura do &quot;Encoberto&quot;; </li></ul><ul><li>Apelo e ânsia messiânica da construção do Quinto Império. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>História de Portugal (Analepse), narrada por Gama ao Rei de Melinde </li></ul><ul><li>«Brsão» </li></ul>Os Lusíadas Mensagem <ul><li>Viagem desde o Restelo até Calecut </li></ul><ul><li>Considerações do Poeta, em especial as finais (canto X) </li></ul><ul><li>«Mar Português» </li></ul><ul><li>«O Encoberto» </li></ul>
  8. 8. Sandra Leonor Ferreira, 2010 http://arvorelp.blogspot.com/

×