19 - CPC 24 - Eventos Subsequentes

2.737 visualizações

Publicada em

Conheça a origem do cpc 24, seu objetivo, definição de eventos subsequentes, tipos de eventos e outras informações.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.737
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

19 - CPC 24 - Eventos Subsequentes

  1. 1. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.Moore Stephens Prisma PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRONUNCIAMENTOS TÉCNICOSCPC 24Eventos Subsequentes11 de outubro de 2012
  2. 2. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24EVENTOS SUBSEQUENTES
  3. 3. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESSUMÁRIO:• ORIGEM DO CPC 24• OBJETIVO DO CPC 24• DEFINIÇÃO DE EVENTOS SUBSEQUENTES• TIPOS DE EVENTOS• TRATAMENTO CONTÁBIL AOS TIPOS DE EVENTOS• EXEMPLOS DE EVENTOS QUE ORIGINAM AJUSTES• EXEMPLOS DE EVENTOS QUE NÃO ORIGINAM AJUSTES• CONTINUIDADE
  4. 4. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESSUMÁRIO:•DIVULGAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS• ATUALIZAÇÃO DA DIVULGAÇÃO SOBRECONDIÇÕES EXISTENTES AO FINAL DOPERÍODO A QUE SE REFEREM AS DEMONSTRAÇÕESCONTÁBEIS
  5. 5. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESAPROVADO PELO (A) :• Deliberação CVM nº 593/09;• NBC TG 24 - Resolução nº 1.184/09;• CMN - Resolução n° 3.973/11 ;
  6. 6. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESAPROVADO PELO (A) :• Despacho nº 4.722/09;• Instrução Normatiiva nº 290/09; e• Circular nº 430/12.
  7. 7. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESORIGEM DO CPC 24:IAS – International Accounting StandardIAS 10 (Norma Internacional)NBC T - Normas Brasileiras de ContabilidadeNBC T 19.12
  8. 8. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESOBJETIVO DO CPC 24:a) Estabelecer quando a empresa deve ajustar as demonstraçõescontábeis ao período a que se referem;b) determinar quais informações devem ser divulgadas sobre adata da emissão das demonstrações contábeis e sobre oseventos ao período contábil a que se referem essasdemonstrações.
  9. 9. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESSão eventos, favoráveis ou desfavoráveis,ocorridos entre a data final do período aque se referem às demonstraçõescontábeis e a data de autorização deemissão das mesmas.DEFINIÇÃO DE EVENTOS SUBSEQUENTES:
  10. 10. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESTIPOS DE EVENTOS:a) Os que já existiam na data final do período a que se referemàs demonstrações contábeis;b) Os que surgiram após o período a que se referem àsdemonstrações contábeis; ec) Dividendos (particularidade).
  11. 11. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.TRATAMENTO CONTÁBIL AOS TIPOS DE EVENTOS:CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESRetroagir e ajustar os valores reconhecidos em suasdemonstrações contábeis para que reflitam tais eventos. Se aempresa, após o período a que se referem às demonstraçõescontábeis, receber informações sobre condições que já existiamaté aquela data, deve atualizar as divulgações.Os que já existiam na data final do período a que se referem asdemonstrações contábeis:
  12. 12. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.TRATAMENTO CONTÁBIL AOS TIPOS DE EVENTOS:CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESNão geram ajustes. A empresa deverá divulgar para cada categoriade eventos, as seguintes informações:I) Natureza do eventoII) Estimativa do efeito financeiro ou declaração de que talestimativa não pode ser feita.Os que surgiram após o período a que se referem asdemonstrações contábeis:
  13. 13. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESDividendos:• Se forem declarados após o período contábil: não devem serreconhecidos como passivo ao final do período.• Se forem declarados após o período contábil, mas antes dadata de autorização de emissão das demonstrações contábeis:não devem ser reconhecidos como passivo ao final do períodoe devem ser divulgados em nota explicativa.TRATAMENTO CONTÁBIL AOS TIPOS DE EVENTOS:
  14. 14. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.EXEMPLOS DE EVENTOS QUE ORIGINAM AJUSTES:a) Decisão ou pagamento em processo judicial após o final doperíodo contábil a que se referem às demonstrações contábeis,confirmando que a empresa já tinha obrigação presente ao finaldaquele período contábil. Deve ser feito um ajuste da provisãorelacionada ao processo.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTES
  15. 15. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.EXEMPLOS DE EVENTOS QUE ORIGINAM AJUSTES:b) Falência de um cliente: ocorrida após o período contábil a quese referem às demonstrações contábeis, o que confirma que jáhavia um prejuízo na conta a receber ao final daquele período,fazendo com que a empresa ajuste o valor de sua conta a receber.Vale ressaltar que deve-se levar em consideração um contas areceber de valor expressivo, muito embora isso não signifique quevalores pequenos, em sua somatória não possam tornar-seexpressivos.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTES
  16. 16. EXEMPLOS DE EVENTOS QUE NÃO ORIGINAM AJUSTES:CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESValor de mercado de investimentos – referente final do períodocontábil até a data de emissão das demonstrações contábeis.Não tem reflexo no final do período contábil a que se referem asdemonstrações contábeis; porém refletem nas circunstâncias quesurgiram no exercício seguinte. Se for significativo => notaexplicativaPRECISE. PROVEN. PERFORMANCENÃO HÁ AJUSTE E NEM ATUALIZAÇÃO DOSINVESTIMENTOS NA DATA DO BALANÇOQueda
  17. 17. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESa)Incêndio ocorrido no estoque da empresa auditada, após operíodo base de exame. Nesse caso, deve-se informar em notaexplicativa, porém não se faz ajuste nas demonstrações contábeis,pois não se tem como mensurar.b) Anúncio de plano para descontinuar uma operação.EXEMPLOS DE EVENTOS QUE NÃO ORIGINAM AJUSTES:
  18. 18. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESA entidade auditada não deve elaborar as suas demonstraçõescontábeis baseada na determinação de sua administração, de queapós o período contábil a que se referem as demonstraçõescontábeis, haja o pressuposto de sua liquidação ou inoperação.Exemplo: incêndio no estoque da empresa, que comprometa suaprodução e consequentemente sua continuidade.Dependendo do resultado operacional e da situação financeira daentidade, após o período a que se referem as demonstraçõescontábeis, poder haver necessidade de considerar ainda acontinuidade da empresa.CONTINUIDADE:
  19. 19. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESCaso contrário, o efeito é grande e requer modificações noscritérios contábeis adotados, ao invés de apenas ajuste dos valoresreconhecidos pelos critérios originais.O CPC 26 – Apresentação das Demonstrações Contábeis especificapara esse caso, as seguintes divulgações exigidas, como segue:CONTINUIDADE:
  20. 20. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTES(a) as demonstrações contábeis não forem elaboradas com base nopressuposto de continuidade; ou(b) a administração estiver ciente de que a empresa pode estarincapacitada de continuar em operação. Os eventos e as condiçõesque requerem divulgação podem surgir após o período contábil aque se referem as demonstrações contábeis.CONTINUIDADE:
  21. 21. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESDIVULGAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS:a) Divulgar a data de autorização para emissão e quem autorizou.Se os sócios ou outros tiverem poder de alterar asdemonstrações contábeis após a emissão, deve-se divulgaresse fato.b) Usuários devem saber quando foi autorizada a emissão dasdemonstrações contábeis, já que elas não refletem eventosposteriores a essa data.
  22. 22. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESa) se a entidade, após o período a que se referem asdemonstrações contábeis, receber informações sobrecondições que existiam até aquela data, deve atualizar adivulgação que se relaciona a essas condições, à luz das novasinformações.ATUALIZAÇÃO DA DIVULGAÇÃO SOBRE CONDIÇÕES EXISTENTESAO FINAL DO PERÍODO A QUE SE REFEREM AS DEMONSTRAÇÕESCONTÁBEIS:
  23. 23. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTESb) Há casos em que entidade precisa atualizar a divulgação de suasdemonstrações contábeis de modo que reflitam as informaçõesrecebidas após o período contábil a que se referem asdemonstrações contábeis, mesmo quando as informações nãoafetam os valores reconhecidos nessas demonstrações.ATUALIZAÇÃO DA DIVULGAÇÃO SOBRE CONDIÇÕES EXISTENTESAO FINAL DO PERÍODO A QUE SE REFEREM AS DEMONSTRAÇÕESCONTÁBEIS:
  24. 24. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.DUVIDAS SOBRE O TEMA:CPC 24 – EVENTOS SUBSEQUENTES
  25. 25. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.A Moore Stephens é uma das maiores redes de auditoria, consultoria e outsourcingcontábil do mundo. A empresa é formada por aproximadamente 630 escritórios e estápresente em mais de 100 países. Está entre as 12 maiores posições no ranking mundial,com faturamento anual de mais de US$ 2 bilhões.A Moore Stephens Auditores e Consultores presta serviços em auditoria, consultoriatributária e empresarial, tecnologia de informação, outsourcing de serviços contábeis,tributários e administrativos, e corporate finance. Há ainda determinadas divisões, comestruturas próprias, criadas para atendimento de interesses específicos, como a Divisãode Auditoria Interna e a Divisão de Small Business, entre outras.Fale com a Moore Stephens: mscorp@msbrasil.com.brSiga-nos na internet e nas redes sociais:Homepage: www.msbrasil.com.brFacebook: http://www.facebook.com/moorestephensbrTwitter: http://twitter.com/#!/moorestephensbrLinkedin:http://www.linkedin.com/companies/moore-stephens-brasilBlog: http://msbrasil.com.br/blog/SlideShare: http://www.slideshare.net/moorestephensbYoutube: http://www.youtube.com/moorestephensbrSOBRE AMOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

×