Docente: Ivan Do NascimentoDiscentes: Luzienne Cristine Alves Nascimento MoraesEnfermagemVASCULARIZAÇÃO ARTERIALDO ENCEFAL...
O encéfalo é vascularizado através de dois sistemas: vértebro-basilar(artérias vertebrais) e carotídeo (artérias carótidas...
O encéfalo é irrigado pelas artérias carótidasinternas e vertebrais. Na base do crânio estas artériasformam o polígono de ...
Estas são artériasespecializadas pelairrigação doencéfalo. Na basedo crânio estasartérias formam umpolígonoanastomótico, o...
Ramos corticais daartéria cerebelar anteriorRamos corticaisda artéria cerebelar posteriorArtériacerebelar média
Segundo a Organização Mundialde Saúde o AVC pode ser definidocomo “um sinal clínico dedesenvolvimento rápido de umaperturb...
Os indivíduos com mais chance de ter um AVC estão: idosos, obesos,sedentários, alcoólatras, fumantes, diabéticos, cardíaco...
Isquêmico: entupimento dos vasos que levam sangue ao cérebroHemorrágico: rompimento do vaso provocando sangramento nocéreb...
Trombo: placa aterosclerótica emuma artéria cerebral. Mais comumÊmbolo: coágulo móvel de origemcardíaca (FA) ou de uma art...
Primário: ausência dealteração estrutural cerebralSecundário: hemorragiaassociada a lesão congênitaou adquirida.Os dois pr...
O indivíduo acometido pode sofrer diversas complicações, comoalterações comportamentais e cognitivas, dificuldades na fala...
1 - PATÊNCIA DE VAS• suplementação de O2• intubação orotraqueal• prótese ventilatória• avaliação do padrão respiratório2 -...
• Avaliar nível de consciência• Evitar aumento da PIC: manter cabeceira à 30 e 45 ,evitar a flexão do quadril, atentar p/ ...
A presença do Fisioterapeutajunto ao paciente vítima deAVC é fundamental, por maisque o paciente ainda estejainternado em ...
“Quando o cérebro humanose distende para abrigaruma ideia nova, nunca maisvolta à dimensão anterior.”―Oliver Wendell Holmes.
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Anatomia vascularização arterial encefálica e avc

13.924 visualizações

Publicada em

Anatomia Vascularização Arterial Encefálica e AVC

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.924
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
370
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anatomia vascularização arterial encefálica e avc

  1. 1. Docente: Ivan Do NascimentoDiscentes: Luzienne Cristine Alves Nascimento MoraesEnfermagemVASCULARIZAÇÃO ARTERIALDO ENCEFALOEAVC – ACIDENTE VASCULARCEREBRAL
  2. 2. O encéfalo é vascularizado através de dois sistemas: vértebro-basilar(artérias vertebrais) e carotídeo (artérias carótidas internas).Artéria CarótidaInternaArtéria Vertebral
  3. 3. O encéfalo é irrigado pelas artérias carótidasinternas e vertebrais. Na base do crânio estas artériasformam o polígono de Willis, de onde saem asprincipais artérias para a vascularização cerebral.
  4. 4. Estas são artériasespecializadas pelairrigação doencéfalo. Na basedo crânio estasartérias formam umpolígonoanastomótico, oPolígono de Willis,de onde saem asprincipais artériasparavascularizaçãocerebral.Polígono de Willis
  5. 5. Ramos corticais daartéria cerebelar anteriorRamos corticaisda artéria cerebelar posteriorArtériacerebelar média
  6. 6. Segundo a Organização Mundialde Saúde o AVC pode ser definidocomo “um sinal clínico dedesenvolvimento rápido de umaperturbação focal da função cerebralde possível origem vascular e commais de 24 horas.”Sendo assim compreendidocomo uma dificuldade em maior oumenor grau de fornecimento desangue em uma determinada área docérebro, ocasionando sofrimento oumorte desta área, consequentementeacarretando perda ou diminuição dasfunções.
  7. 7. Os indivíduos com mais chance de ter um AVC estão: idosos, obesos,sedentários, alcoólatras, fumantes, diabéticos, cardíacos, hipertensose pessoas que já tiveram AVC ou “ameaça de derrame” prévio.Lobo frontal está maisligado às decisões emovimentos, o parietal comos movimentos e asensibilidade do pescoçopara baixo e com parte dafala e o occipital com avisão. O cerebelo estáligado com o equilíbrio e otronco cerebral com arespiração e os movimentose sensibilidade do pescoçopara cima.
  8. 8. Isquêmico: entupimento dos vasos que levam sangue ao cérebroHemorrágico: rompimento do vaso provocando sangramento nocérebro.
  9. 9. Trombo: placa aterosclerótica emuma artéria cerebral. Mais comumÊmbolo: coágulo móvel de origemcardíaca (FA) ou de uma artériacarótida.Conforme a região cerebralatingida, bem como de acordocom a extensão das lesões, oAVC pode oscilar entre doisopostos. Os de menorintensidade praticamente nãodeixam sequelas.Maior gravidade é devido aárea afetada, sabemos quecérebro coordena determinadafunção do organismo, ossintomas provocados pelo AVCsão muito variáveis.
  10. 10. Primário: ausência dealteração estrutural cerebralSecundário: hemorragiaassociada a lesão congênitaou adquirida.Os dois principais sub tiposde AVC hemorrágicos são asHemorragias Intracerebrais eas HemorragiasSubaracnóides.
  11. 11. O indivíduo acometido pode sofrer diversas complicações, comoalterações comportamentais e cognitivas, dificuldades na fala,dificuldade para se alimentar, constipação intestinal, epilepsiavascular,depressão e outras implicações decorrentes daimobilidade e pelo acometimento muscular.
  12. 12. 1 - PATÊNCIA DE VAS• suplementação de O2• intubação orotraqueal• prótese ventilatória• avaliação do padrão respiratório2 - MONITORIZAÇÃO: PA, FC, FR, TAX3 - EXAME NEUROLÓGICO AVALIAÇÃO DINÂMICA• NÍVEL DE CONSCIÊNCIA: estímulos auditivos e sensoriais• INTEGRIDADE DO TRONCO CEREBRAL: por meio de avaliaçãoda pupila – reflexo fotomotor, corneopalpebral, oculocefálico eoculovestibular.• AVALIAÇÃO MOTORA: movimentação dos 4 membros, forçamuscular, reação a dor.• RIGIDEZ DE NUCA• ESCALA DE GLASGOW *• REFLEXO CUTANEOPLANTAR
  13. 13. • Avaliar nível de consciência• Evitar aumento da PIC: manter cabeceira à 30 e 45 ,evitar a flexão do quadril, atentar p/ distensãoabdominal, evitar tração/rotação do pescoço, evitaraspirar prolongadamente, evitar espasmos de tosse,não infundir hemoderivados rápido. Não comprimirjugulares, Evitar manobra de Valssalva,Analgesia eNormotermia• Avaliar padrão respiratório, curva térmica, balançohídrico• Atentar p/ crises convulsivas• Fazer mudança de decúbito• Fazer higiene oral
  14. 14. A presença do Fisioterapeutajunto ao paciente vítima deAVC é fundamental, por maisque o paciente ainda estejainternado em UTI (unidade deterapia intensiva), desde queo mesmo já estejaestabilizado. A fisioterapiadestina-se a minimizar assequelas decorrentes do AVCe recuperar o máximopossível das funçõesperdidas, estimulando assim,a neuroplasticidade. Aneuroplasticidade é essencialpara a reabilitação depaciente portadores de AVC.
  15. 15. “Quando o cérebro humanose distende para abrigaruma ideia nova, nunca maisvolta à dimensão anterior.”―Oliver Wendell Holmes.

×