Acidente vascular cerebral
INTRODUÇÃO • O acidente vascular cerebral (AVC) é uma doença caracterizada por um déficit neurológico (diminuição da funçã...
INTRODUÇÃO• O AVC está entre as condições médicas maisfrequentes, apresentando, nos EUA, uma incidência de500.000 casos/an...
Causas• Entre os fatores de risco, o principal deles é aidade, havendo clara relação do envelhecimento com o riscode AVC, ...
Causas• Entre os fatores de risco modificáveis, a hipertensão arterialé o principal deles, acarretando um aumento superior...
SINTOMAS• Pacientes    com AVC isquêmico geralmente referemdiminuição ou perda da força muscular e/ou davisão, dificuldade...
DIAGNÓSTICO O diagnóstico do AVC fundamenta-se em quadro clínico eexame neurológico, complementados por exame de imagem....
TRATAMENTO• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento paracada ...
TRATAMENTO Na fase aguda, o tratamento deve ser feito ainda na salade emergência do hospital e visa a manutenção dos sina...
PREVENÇÃO Controlar a pressão arterial, o colesterol, o nível de açúcarno sangue, manter o peso ideal, não fumar e pratic...
Procure sempre o seu médico.           Fontes:           http://www.abcdasaude.com.br.           Mayo Clinic. http:// www....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação acidente vascular cerebral

26.178 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
1 comentário
20 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
26.178
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
884
Comentários
1
Gostaram
20
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação acidente vascular cerebral

  1. 1. Acidente vascular cerebral
  2. 2. INTRODUÇÃO • O acidente vascular cerebral (AVC) é uma doença caracterizada por um déficit neurológico (diminuição da função) decorrente de uma interrupção da circulação cerebral ou de hemorragia. 15% decorrentes de hemorragia Cerca de 85% dos 15% cerebralAVCs são de origem isquêmica 85%
  3. 3. INTRODUÇÃO• O AVC está entre as condições médicas maisfrequentes, apresentando, nos EUA, uma incidência de500.000 casos/ano, sendo uma patologia neurológicaameaçadora, responsável por 20% das mortescardiovasculares, e ocupando o terceiro lugar entre as mortesem países desenvolvidos, depois de doenças cardíacas ecâncer.
  4. 4. Causas• Entre os fatores de risco, o principal deles é aidade, havendo clara relação do envelhecimento com o riscode AVC, que começa a se elevar por volta dos 60 anos edobra a cada década.• Outros fatores são: Hereditariedade Sexo Raça• O sexo masculino e a raça negra apresentam maiorincidência de AVC isquêmico.
  5. 5. Causas• Entre os fatores de risco modificáveis, a hipertensão arterialé o principal deles, acarretando um aumento superior a trêsvezes na incidência de AVC.• Outras doenças que aumentam o risco de o pacientedesenvolver AVC incluem: Diabetes Obesidade Dislipidemia Tabagismo Sedentarismo• A ruptura de um aneurisma cerebral pode ser a causa de umAVC hemorrágico. Na maioria das vezes, o paciente não sabeque tem esta malformação vascular.
  6. 6. SINTOMAS• Pacientes com AVC isquêmico geralmente referemdiminuição ou perda da força muscular e/ou davisão, dificuldade na fala, formigamento em um dos ladosdo corpo, alterações de memória e tontura. Este quadro émais frequente em indivíduos mais velhos.• Já no AVC hemorrágico, que é mais comum em pessoasmais jovens, além desses mesmos sintomas, também sãohabituais as queixas de dor de cabeça, náuseas, vômitos eaté convulsões, podendo evoluir rapidamente para coma eóbito.
  7. 7. DIAGNÓSTICO O diagnóstico do AVC fundamenta-se em quadro clínico eexame neurológico, complementados por exame de imagem. O estudo mais comumente utilizado na fase aguda é atomografia computadorizada de crânio, que permite definir otipo do AVC e a parte do cérebro acometida. A ressonância nuclear magnéticatambém é muito útil para odiagnóstico do AVC.
  8. 8. TRATAMENTO• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento paracada caso.• Somente o especialista poderá orientar o paciente emrelação aos procedimentos adequados e ao uso deremédios.
  9. 9. TRATAMENTO Na fase aguda, o tratamento deve ser feito ainda na salade emergência do hospital e visa a manutenção dos sinaisvitais e estabilização do paciente. O tratamento específico com trombolíticos (em casos deAVC isquêmico) e/ou a cirurgia devem ser iniciados oquanto antes para diminuírem o risco de sequela.
  10. 10. PREVENÇÃO Controlar a pressão arterial, o colesterol, o nível de açúcarno sangue, manter o peso ideal, não fumar e praticaratividade física regular são as principais medidas para seprevenir um AVC isquêmico. O AVC hemorrágico em decorrência de ruptura deaneurisma cerebral não tem como ser prevenido.
  11. 11. Procure sempre o seu médico. Fontes: http://www.abcdasaude.com.br. Mayo Clinic. http:// www.mayoclinic.com. Manual Merck. Biblioteca Médica Online. Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ) Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

×