SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
AVC – Acidente Vascular Cerebral
Feito por:
Susana Cardoso nº 16
EFA NS TAS2 ESG
 Um AVC é o que acontece quando o
fornecimento de sangue para uma parte
do cérebro é impedido. O sangue leva
nutrientes essenciais e oxigénio para o
cérebro. Sem o fornecimento de sangue,
as células cerebrais podem ficar
danificadas impossibilitando-as de cumprir
a sua função.
 O cérebro controla tudo que o corpo faz,
por isso, uma lesão no cérebro afetará as
funções corporais. Por exemplo, se um AVC
danificar a parte do cérebro que controla
o movimento dos membros, ficaremos com
essa função afetada.
 O AVC pode causar a morte do tecido
cerebral e a isto se designa de enfarte
cerebral. Um enfarte é uma área de tecido
morto que poderá ser pequena ou afetar
uma parte maior do cérebro.
 Tipos de AVC :
 1. O tipo de AVC mais comum é o
Isquémico, o qual acontece quando um
coágulo bloqueia a artéria que leva o
sangue para o cérebro. Pode ser
provocado por:
 Uma trombose cerebral, quando um
coágulo de sangue se forma numa artéria
principal em direção ao cérebro.
 Um bloqueio nos pequenos vasos
sanguíneos da parte mais profunda do
cérebro.
 Uma embolia cerebral, quando o bloqueio
causado pelo coágulo, bolha de ar
glóbulo de gordura (embolismo) se forma
num vaso sanguíneo em alguma parte do
corpo e é levado na corrente sanguínea
para o cérebro.
 O segundo tipo de AVC (hemorrágico) é
um derrame, quando um vaso sanguíneo
rebenta, causando um derrame
(hemorragia) no cérebro. A isto se designa
de AVC Hemorrágico.
 Pode ser provocado por:
 Uma hemorragia intra-cerebral, quando
um vaso sanguíneo rebenta dentro do
cérebro.
 Uma hemorragia subaracnoídea, quando
um vaso sanguíneo na superfície do
cérebro sangra para a área entre o
cérebro e o crânio (espaço subaracnoide).
 Os primeiros sinais que aparecem quando
se sofre um AVC são muito repentinos. Os
sintomas incluem:
 ◦Dormência, fraqueza ou paralisia de um
lado do corpo (pode ser um braço, perna
ou parte inferior da pálpebra descaídos, ou
a boca torta e salivante).
 Fala arrastada ou dificuldade em
encontrar palavras ou discurso
compreensível.
 Visão subitamente enublada ou perda de
visão.
 Confusão ou instabilidade.
 Forte dor de cabeça.
 Reconhecer se uma pessoa teve um AVC ou a
sofrer de um ataque isquémico transitório:
 Fraqueza Facial: a pessoa pode sorrir? Tem a
sua boca ou um olho caído?
 Fraqueza no braço: a pessoa consegue
levantar os braços?
 Problemas de expressão: a pessoa consegue
falar com clareza e entender o que lhe dizem?
 Se reconhecer algum destes sinais, ligue o
112 imediatamente.
 Se todos estes sinais desapareceram depois
de apenas alguns minutos ou algumas
horas, é porque um Ataque Isquémico
Transitório (AIT) pode ter ocorrido. O AIT,
também conhecido como um mini-AVC,
deve ser tratado como uma emergência,
porque é necessário uma avaliação
médica urgente.
 Um ataque isquémico transitório (AIT) é
frequentemente designado por Mini-AVC e
acontece quando o fornecimento de
sangue para o cérebro é interrompido por
um curto período de tempo. O AIT deve ser
tratado como uma emergência. Deve-se
procurar atendimento médico de urgência
para avaliação.
 Os sintomas são muito semelhantes a um
acidente vascular cerebral (tais como a
fraqueza de um lado do corpo,
perturbações visuais e fala arrastada),
contudo são temporários - duram alguns
minutos ou horas, e depois desaparecem
completamente dentro de 24 horas.
 Num AIT, a parte afetada do cérebro fica
sem oxigénio apenas alguns minutos. O AIT
é um sinal de que uma parte do cérebro
não está a receber sangue suficiente e que
há um risco de um acidente vascular
cerebral mais grave no futuro.
 Se o risco é elevado, deverá ser
acompanhado por um especialista dentro das
24 horas do início dos sintomas e, se possível,
também deverá fazer uma ressonância
magnética ao cérebro nessas 24 horas.
 Se o risco é baixo, deverá ser acompanhado
por um especialista dentro de uma semana e
deverá fazer uma ressonância magnética
ainda nessa semana.
 Se o especialista acreditar que o ataque
isquémico transitório ou mini AVC poderá
ser provocado pelo bloqueio de uma
artéria na parte da frente do pescoço,
deverá fazer um scan das artérias carótidas
no prazo de uma semana desde o início
dos sintomas.
 Um AVC pode acontecer sem causa
aparente, para pessoas de qualquer idade
- mas há fatores que reconhecidamente
aumentam a probabilidade de isso
acontecer. Alguns desses fatores são coisas
que não podem ser alteradas. Outros riscos
podem ser reduzidos por mudanças no
estilo de vida ou por medicação.
 Os efeitos de um AVC dependerão de:
 • Da parte do cérebro que foi danificada;
 • Da gravidade da lesão;
 • Da sua saúde geral quando o AVC
acontece.
 Fatores de Risco do Acidente Vascular
Cerebral:
 Os fatores de risco aumentam a
probabilidade de ocorrência de um
acidente vascular cerebral, no entanto,
muitos deles podem ser minimizados com
tratamento médico ou mudança nos estilos
de vida.
 Fatores de Risco:
 Tabagismo
 AVC anterior
 Ataque isquémico transitório anterior
 Doença da artéria carótida significativa
 Hipertensão arterial
 Enfarte do miocárdio
 Angina de peito
 Anomalias em ECG
 Diabetes mellitus
 Hiperlipemia
 Trombofilia
 Consumo excessivo de álcool…
 Existem ainda alguns problemas ou
incapacidades que os sobreviventes de
AVC terão que enfrentar nas primeiras
semanas após sofrerem de um AVC.
 Passarei a dar alguns exemplos dado que
são muitos e assim finalizo o meu trabalho.
 São os seguintes:
 Fraqueza ou paralisia
 Fraqueza, imperícia ou paralisia (hemiplagia) são um dos sintomas mais
comuns e reconhecíveis de um AVC. Geralmente acontece num lado do
corpo. A fraqueza ou paralisia de um braço ou perna é muitas vezes
agravada pela rigidez (espasticidade) dos músculos e articulações.
 Equilíbrio
 A perda de equilíbrio pode ser causada por danos na parte do cérebro que
controla o equilíbrio. Ou pode acontecer devido à paralisia consequente
da fraqueza muscular.
 Engolir
 Cerca de 50% das pessoas têm dificuldades de deglutição após o AVC
(disfagia). Isto pode ser perigoso se os alimentos 'forem pelo sentido
errado' e descerem pela traqueia. Algumas pessoas poderão necessitar de
espessantes para auxiliar a sua alimentação durante algum tempo.
 Sono e Cansaço:
 A maioria das pessoas sofrem de um cansaço extremo (fadiga) nas
primeiras semanas após o AVC. Muitas também têm dificuldades
de sono, o que as faz sentirem ainda mais cansadas.
 Discurso e linguagem:
 Muitas pessoas sofrem de problemas de discurso e compreensão,
e de leitura e escrita. Esta dificuldade com a linguagem designa-se
de disfasia (também conhecida por afasia).
 A pessoa tem dificuldades em perceber o que lhe está a ser dito,
ela pode até perceber mas não consegue encontrar as palavras
certas para expressar o que quer dizer, neste caso sofre de
disfasia de expressão.
 A disfasia é mais comum nas pessoas que sofreram um AVC
no lado esquerdo do cérebro
 Vídeos para mostrar sobre o que e o avc
(resumo da matéria):
https://www.youtube.com/watch?v=Q4L_
QPDzl4Q
 Exemplo de um Avc:
https://www.youtube.com/watch?v=moO
w206jif0

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Doenças Neurológicas
Doenças NeurológicasDoenças Neurológicas
Doenças Neurológicas
 
Avc
AvcAvc
Avc
 
Infarto agudo do miocárdio (IAM)
Infarto agudo do miocárdio   (IAM)Infarto agudo do miocárdio   (IAM)
Infarto agudo do miocárdio (IAM)
 
Crise convulsiva e quedas
Crise convulsiva e quedasCrise convulsiva e quedas
Crise convulsiva e quedas
 
Slides trauma raquimedular
Slides trauma raquimedularSlides trauma raquimedular
Slides trauma raquimedular
 
Epilepsia
EpilepsiaEpilepsia
Epilepsia
 
Infarto agudo do miocárdio
Infarto agudo do miocárdioInfarto agudo do miocárdio
Infarto agudo do miocárdio
 
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRISINFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
INFARTO AGUDO MIOCÁRDIO E ANGINA PECTÓRIS
 
Epilepsia
EpilepsiaEpilepsia
Epilepsia
 
Aneurisma
AneurismaAneurisma
Aneurisma
 
Demências
DemênciasDemências
Demências
 
Doença de Alzheimer: diagnóstico e tratamento
Doença de Alzheimer: diagnóstico e tratamentoDoença de Alzheimer: diagnóstico e tratamento
Doença de Alzheimer: diagnóstico e tratamento
 
TCE
TCETCE
TCE
 
Doenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares Doenças Cardiovasculares
Doenças Cardiovasculares
 
Trauma Raquimedular
Trauma RaquimedularTrauma Raquimedular
Trauma Raquimedular
 
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaTranstornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
 
Acidente vascular encefálico
Acidente vascular encefálicoAcidente vascular encefálico
Acidente vascular encefálico
 
Doenças neurodegenerativas
Doenças neurodegenerativasDoenças neurodegenerativas
Doenças neurodegenerativas
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Doenças do sistema nervoso
Doenças do sistema nervosoDoenças do sistema nervoso
Doenças do sistema nervoso
 

Destaque

Unidade 14 primeiros socorros powerpoint
Unidade 14 primeiros socorros powerpointUnidade 14 primeiros socorros powerpoint
Unidade 14 primeiros socorros powerpointSusana Cardoso
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...I.Braz Slideshares
 
Primeiros socorros 2015
Primeiros socorros  2015Primeiros socorros  2015
Primeiros socorros 2015aluisiobraga
 

Destaque (6)

Candidíase
CandidíaseCandidíase
Candidíase
 
Avc 1203949547301852-4
Avc 1203949547301852-4Avc 1203949547301852-4
Avc 1203949547301852-4
 
U.27 - Bloco Operatório
U.27 -  Bloco OperatórioU.27 -  Bloco Operatório
U.27 - Bloco Operatório
 
Unidade 14 primeiros socorros powerpoint
Unidade 14 primeiros socorros powerpointUnidade 14 primeiros socorros powerpoint
Unidade 14 primeiros socorros powerpoint
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
 
Primeiros socorros 2015
Primeiros socorros  2015Primeiros socorros  2015
Primeiros socorros 2015
 

Semelhante a Avc – acidente vascular cerebral

Semelhante a Avc – acidente vascular cerebral (20)

Prevenção do AVC
Prevenção do AVC   Prevenção do AVC
Prevenção do AVC
 
Avc principais causas, sintomas e tratamentos
Avc   principais causas, sintomas e tratamentosAvc   principais causas, sintomas e tratamentos
Avc principais causas, sintomas e tratamentos
 
AVC.pptx
AVC.pptxAVC.pptx
AVC.pptx
 
Alterações do funcionamento do sistema nervoso
Alterações do funcionamento do sistema nervosoAlterações do funcionamento do sistema nervoso
Alterações do funcionamento do sistema nervoso
 
AVC
AVCAVC
AVC
 
AGRAVOS NEUROLÓGICOS1 (1).pptx
AGRAVOS NEUROLÓGICOS1 (1).pptxAGRAVOS NEUROLÓGICOS1 (1).pptx
AGRAVOS NEUROLÓGICOS1 (1).pptx
 
Acidente vascular ENCEFALICO.pptx
Acidente vascular ENCEFALICO.pptxAcidente vascular ENCEFALICO.pptx
Acidente vascular ENCEFALICO.pptx
 
Avc
AvcAvc
Avc
 
Avc
AvcAvc
Avc
 
Aterosclerose
AteroscleroseAterosclerose
Aterosclerose
 
Aula Sistema Nervoso.pptx
Aula Sistema Nervoso.pptxAula Sistema Nervoso.pptx
Aula Sistema Nervoso.pptx
 
Projeto famec criativa
Projeto famec criativaProjeto famec criativa
Projeto famec criativa
 
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL PAPEL DA ENFERMAGEM
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL PAPEL DA ENFERMAGEMACIDENTE VASCULAR CEREBRAL PAPEL DA ENFERMAGEM
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL PAPEL DA ENFERMAGEM
 
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avcAnatomia vascularização arterial encefálica e avc
Anatomia vascularização arterial encefálica e avc
 
C2 avc
C2 avcC2 avc
C2 avc
 
AVC_O Acidente Vascular Cerebral_Derrame Cerebral
AVC_O Acidente Vascular Cerebral_Derrame CerebralAVC_O Acidente Vascular Cerebral_Derrame Cerebral
AVC_O Acidente Vascular Cerebral_Derrame Cerebral
 
Trauma vertebromedular.pdf
Trauma vertebromedular.pdfTrauma vertebromedular.pdf
Trauma vertebromedular.pdf
 
Acidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebralAcidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebral
 
CONVULSAO.ppt
CONVULSAO.pptCONVULSAO.ppt
CONVULSAO.ppt
 
Traumatismo cranioencefálico
Traumatismo cranioencefálicoTraumatismo cranioencefálico
Traumatismo cranioencefálico
 

Mais de Susana Cardoso

Contraceção e métodos contracetivos
Contraceção e métodos contracetivosContraceção e métodos contracetivos
Contraceção e métodos contracetivosSusana Cardoso
 
"As confissoes de Caim"
 "As confissoes de Caim"  "As confissoes de Caim"
"As confissoes de Caim" Susana Cardoso
 
Trabalho em equipas multidisciplinares de saúde
Trabalho em equipas multidisciplinares de saúdeTrabalho em equipas multidisciplinares de saúde
Trabalho em equipas multidisciplinares de saúdeSusana Cardoso
 
Moral etica e bioetica
Moral etica e bioeticaMoral etica e bioetica
Moral etica e bioeticaSusana Cardoso
 
Elementos da comunicacão
Elementos da comunicacãoElementos da comunicacão
Elementos da comunicacãoSusana Cardoso
 
Guião filme mar adentro
Guião filme mar adentroGuião filme mar adentro
Guião filme mar adentroSusana Cardoso
 
Guião filme mar adentro2.doc
Guião filme mar adentro2.docGuião filme mar adentro2.doc
Guião filme mar adentro2.docSusana Cardoso
 
Love of my life ( poema )
Love of my life ( poema )Love of my life ( poema )
Love of my life ( poema )Susana Cardoso
 
Reflexão sobre o filme "rede social"
Reflexão sobre o filme "rede social"Reflexão sobre o filme "rede social"
Reflexão sobre o filme "rede social"Susana Cardoso
 
Era uma vez 25 de abril!
Era uma vez 25 de abril!Era uma vez 25 de abril!
Era uma vez 25 de abril!Susana Cardoso
 
campanha , descontos num supermercado
campanha , descontos num supermercadocampanha , descontos num supermercado
campanha , descontos num supermercadoSusana Cardoso
 
Historia dos portáteis
Historia dos portáteisHistoria dos portáteis
Historia dos portáteisSusana Cardoso
 

Mais de Susana Cardoso (18)

Contraceção e métodos contracetivos
Contraceção e métodos contracetivosContraceção e métodos contracetivos
Contraceção e métodos contracetivos
 
"As confissoes de Caim"
 "As confissoes de Caim"  "As confissoes de Caim"
"As confissoes de Caim"
 
O computador
O computadorO computador
O computador
 
Trabalho em equipas multidisciplinares de saúde
Trabalho em equipas multidisciplinares de saúdeTrabalho em equipas multidisciplinares de saúde
Trabalho em equipas multidisciplinares de saúde
 
Moral etica e bioetica
Moral etica e bioeticaMoral etica e bioetica
Moral etica e bioetica
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
Pena de Morte
Pena de MortePena de Morte
Pena de Morte
 
Elementos da comunicacão
Elementos da comunicacãoElementos da comunicacão
Elementos da comunicacão
 
"Na presença da lua"
"Na presença da lua""Na presença da lua"
"Na presença da lua"
 
Guião filme mar adentro
Guião filme mar adentroGuião filme mar adentro
Guião filme mar adentro
 
Guião filme mar adentro2.doc
Guião filme mar adentro2.docGuião filme mar adentro2.doc
Guião filme mar adentro2.doc
 
Love of my life ( poema )
Love of my life ( poema )Love of my life ( poema )
Love of my life ( poema )
 
Reflexão sobre o filme "rede social"
Reflexão sobre o filme "rede social"Reflexão sobre o filme "rede social"
Reflexão sobre o filme "rede social"
 
Era uma vez 25 de abril!
Era uma vez 25 de abril!Era uma vez 25 de abril!
Era uma vez 25 de abril!
 
campanha , descontos num supermercado
campanha , descontos num supermercadocampanha , descontos num supermercado
campanha , descontos num supermercado
 
Descontos
DescontosDescontos
Descontos
 
Historia dos portáteis
Historia dos portáteisHistoria dos portáteis
Historia dos portáteis
 

Avc – acidente vascular cerebral

  • 1. AVC – Acidente Vascular Cerebral Feito por: Susana Cardoso nº 16 EFA NS TAS2 ESG
  • 2.  Um AVC é o que acontece quando o fornecimento de sangue para uma parte do cérebro é impedido. O sangue leva nutrientes essenciais e oxigénio para o cérebro. Sem o fornecimento de sangue, as células cerebrais podem ficar danificadas impossibilitando-as de cumprir a sua função.
  • 3.  O cérebro controla tudo que o corpo faz, por isso, uma lesão no cérebro afetará as funções corporais. Por exemplo, se um AVC danificar a parte do cérebro que controla o movimento dos membros, ficaremos com essa função afetada.
  • 4.  O AVC pode causar a morte do tecido cerebral e a isto se designa de enfarte cerebral. Um enfarte é uma área de tecido morto que poderá ser pequena ou afetar uma parte maior do cérebro.
  • 5.
  • 6.
  • 7.  Tipos de AVC :  1. O tipo de AVC mais comum é o Isquémico, o qual acontece quando um coágulo bloqueia a artéria que leva o sangue para o cérebro. Pode ser provocado por:
  • 8.  Uma trombose cerebral, quando um coágulo de sangue se forma numa artéria principal em direção ao cérebro.  Um bloqueio nos pequenos vasos sanguíneos da parte mais profunda do cérebro.
  • 9.
  • 10.  Uma embolia cerebral, quando o bloqueio causado pelo coágulo, bolha de ar glóbulo de gordura (embolismo) se forma num vaso sanguíneo em alguma parte do corpo e é levado na corrente sanguínea para o cérebro.
  • 11.
  • 12.  O segundo tipo de AVC (hemorrágico) é um derrame, quando um vaso sanguíneo rebenta, causando um derrame (hemorragia) no cérebro. A isto se designa de AVC Hemorrágico.  Pode ser provocado por:  Uma hemorragia intra-cerebral, quando um vaso sanguíneo rebenta dentro do cérebro.
  • 13.  Uma hemorragia subaracnoídea, quando um vaso sanguíneo na superfície do cérebro sangra para a área entre o cérebro e o crânio (espaço subaracnoide).
  • 14.
  • 15.
  • 16.  Os primeiros sinais que aparecem quando se sofre um AVC são muito repentinos. Os sintomas incluem:  ◦Dormência, fraqueza ou paralisia de um lado do corpo (pode ser um braço, perna ou parte inferior da pálpebra descaídos, ou a boca torta e salivante).
  • 17.  Fala arrastada ou dificuldade em encontrar palavras ou discurso compreensível.  Visão subitamente enublada ou perda de visão.  Confusão ou instabilidade.  Forte dor de cabeça.
  • 18.  Reconhecer se uma pessoa teve um AVC ou a sofrer de um ataque isquémico transitório:  Fraqueza Facial: a pessoa pode sorrir? Tem a sua boca ou um olho caído?  Fraqueza no braço: a pessoa consegue levantar os braços?  Problemas de expressão: a pessoa consegue falar com clareza e entender o que lhe dizem?
  • 19.
  • 20.  Se reconhecer algum destes sinais, ligue o 112 imediatamente.  Se todos estes sinais desapareceram depois de apenas alguns minutos ou algumas horas, é porque um Ataque Isquémico Transitório (AIT) pode ter ocorrido. O AIT, também conhecido como um mini-AVC, deve ser tratado como uma emergência, porque é necessário uma avaliação médica urgente.
  • 21.  Um ataque isquémico transitório (AIT) é frequentemente designado por Mini-AVC e acontece quando o fornecimento de sangue para o cérebro é interrompido por um curto período de tempo. O AIT deve ser tratado como uma emergência. Deve-se procurar atendimento médico de urgência para avaliação.
  • 22.  Os sintomas são muito semelhantes a um acidente vascular cerebral (tais como a fraqueza de um lado do corpo, perturbações visuais e fala arrastada), contudo são temporários - duram alguns minutos ou horas, e depois desaparecem completamente dentro de 24 horas.
  • 23.  Num AIT, a parte afetada do cérebro fica sem oxigénio apenas alguns minutos. O AIT é um sinal de que uma parte do cérebro não está a receber sangue suficiente e que há um risco de um acidente vascular cerebral mais grave no futuro.
  • 24.  Se o risco é elevado, deverá ser acompanhado por um especialista dentro das 24 horas do início dos sintomas e, se possível, também deverá fazer uma ressonância magnética ao cérebro nessas 24 horas.  Se o risco é baixo, deverá ser acompanhado por um especialista dentro de uma semana e deverá fazer uma ressonância magnética ainda nessa semana.
  • 25.  Se o especialista acreditar que o ataque isquémico transitório ou mini AVC poderá ser provocado pelo bloqueio de uma artéria na parte da frente do pescoço, deverá fazer um scan das artérias carótidas no prazo de uma semana desde o início dos sintomas.
  • 26.  Um AVC pode acontecer sem causa aparente, para pessoas de qualquer idade - mas há fatores que reconhecidamente aumentam a probabilidade de isso acontecer. Alguns desses fatores são coisas que não podem ser alteradas. Outros riscos podem ser reduzidos por mudanças no estilo de vida ou por medicação.
  • 27.  Os efeitos de um AVC dependerão de:  • Da parte do cérebro que foi danificada;  • Da gravidade da lesão;  • Da sua saúde geral quando o AVC acontece.
  • 28.  Fatores de Risco do Acidente Vascular Cerebral:  Os fatores de risco aumentam a probabilidade de ocorrência de um acidente vascular cerebral, no entanto, muitos deles podem ser minimizados com tratamento médico ou mudança nos estilos de vida.
  • 29.  Fatores de Risco:  Tabagismo  AVC anterior  Ataque isquémico transitório anterior  Doença da artéria carótida significativa  Hipertensão arterial  Enfarte do miocárdio  Angina de peito  Anomalias em ECG  Diabetes mellitus  Hiperlipemia  Trombofilia  Consumo excessivo de álcool…
  • 30.  Existem ainda alguns problemas ou incapacidades que os sobreviventes de AVC terão que enfrentar nas primeiras semanas após sofrerem de um AVC.  Passarei a dar alguns exemplos dado que são muitos e assim finalizo o meu trabalho.  São os seguintes:
  • 31.  Fraqueza ou paralisia  Fraqueza, imperícia ou paralisia (hemiplagia) são um dos sintomas mais comuns e reconhecíveis de um AVC. Geralmente acontece num lado do corpo. A fraqueza ou paralisia de um braço ou perna é muitas vezes agravada pela rigidez (espasticidade) dos músculos e articulações.  Equilíbrio  A perda de equilíbrio pode ser causada por danos na parte do cérebro que controla o equilíbrio. Ou pode acontecer devido à paralisia consequente da fraqueza muscular.  Engolir  Cerca de 50% das pessoas têm dificuldades de deglutição após o AVC (disfagia). Isto pode ser perigoso se os alimentos 'forem pelo sentido errado' e descerem pela traqueia. Algumas pessoas poderão necessitar de espessantes para auxiliar a sua alimentação durante algum tempo.
  • 32.  Sono e Cansaço:  A maioria das pessoas sofrem de um cansaço extremo (fadiga) nas primeiras semanas após o AVC. Muitas também têm dificuldades de sono, o que as faz sentirem ainda mais cansadas.  Discurso e linguagem:  Muitas pessoas sofrem de problemas de discurso e compreensão, e de leitura e escrita. Esta dificuldade com a linguagem designa-se de disfasia (também conhecida por afasia).  A pessoa tem dificuldades em perceber o que lhe está a ser dito, ela pode até perceber mas não consegue encontrar as palavras certas para expressar o que quer dizer, neste caso sofre de disfasia de expressão.  A disfasia é mais comum nas pessoas que sofreram um AVC no lado esquerdo do cérebro
  • 33.  Vídeos para mostrar sobre o que e o avc (resumo da matéria): https://www.youtube.com/watch?v=Q4L_ QPDzl4Q  Exemplo de um Avc: https://www.youtube.com/watch?v=moO w206jif0