O que é Pesquisa? Profas. Dras. Sonia Ignácio e Lucila Pesce PUCSP
Conceito de Pesquisa <ul><li>SENTIDO AMPLO </li></ul><ul><li>ato pelo qual procuramos obter conhecimento sobre alguma cois...
O conhecimento decorrente da Pesquisa Científica tem características específicas: <ul><li>Conhecimento além do entendiment...
Para o Pesquisador: <ul><li>Não há certeza absoluta, dogmas, verdades reveladas; </li></ul><ul><li>Não há conhecimento abs...
Quem pesquisa procura: <ul><li>DESCREVER </li></ul><ul><li>COMPREENDER  </li></ul><ul><li>EXPLICAR </li></ul><ul><li>Para ...
Em suma (1): <ul><li>O Conhecimento obtido através de Pesquisa é um conhecimento vinculado a  </li></ul><ul><li>critérios ...
Em suma (2): <ul><li>Pode-se chegar ao conhecimento científico a partir de uma grande </li></ul><ul><li>VARIEDADE DE PROCE...
Referências Bibliográficas <ul><li>ANDRÉ, Marli. Pesquisa em educação: buscando rigor e qualidade. </li></ul><ul><li>Cader...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O que é pesquisa?

8.810 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.810
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.578
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que é pesquisa?

  1. 1. O que é Pesquisa? Profas. Dras. Sonia Ignácio e Lucila Pesce PUCSP
  2. 2. Conceito de Pesquisa <ul><li>SENTIDO AMPLO </li></ul><ul><li>ato pelo qual procuramos obter conhecimento sobre alguma coisa; </li></ul><ul><li>SENTIDO ESTRITO </li></ul><ul><li>processo que visa à criação de um corpo de conhecimentos - sistematizados e referenciados - sobre um certo assunto. </li></ul>
  3. 3. O conhecimento decorrente da Pesquisa Científica tem características específicas: <ul><li>Conhecimento além do entendimento imediato (superando o senso comum) </li></ul><ul><li>Conhecimento que ultrapassa os fatos, desvenda processos, busca explicar consistentemente fenômenos a partir de algum referencial (teórico-epistemológico) </li></ul><ul><li>Conhecimento sistematizado a partir de determinados critérios, que definem a escolha de procedimentos para construir uma compreensão aproximada dos homens, da natureza, das relações humanas, etc. </li></ul>
  4. 4. Para o Pesquisador: <ul><li>Não há certeza absoluta, dogmas, verdades reveladas; </li></ul><ul><li>Não há conhecimento absoluto ou definitivo; </li></ul><ul><li>Os conhecimentos são sempre relativamente sintetizados sob certas condições ou circunstâncias, dependendo: </li></ul><ul><li>do momento histórico </li></ul><ul><li>das teorias </li></ul><ul><li>dos métodos </li></ul><ul><li>das técnicas </li></ul><ul><li>das temáticas que o Pesquisador escolhe para trabalhar, ou de que dispõe </li></ul>
  5. 5. Quem pesquisa procura: <ul><li>DESCREVER </li></ul><ul><li>COMPREENDER </li></ul><ul><li>EXPLICAR </li></ul><ul><li>Para solucionar </li></ul><ul><li>PROBLEMAS, </li></ul><ul><li>segundo certos </li></ul><ul><li>CRITÉRIOS </li></ul><ul><li>e fundamentado </li></ul><ul><li>TEORICAMENTE </li></ul>alguma coisa
  6. 6. Em suma (1): <ul><li>O Conhecimento obtido através de Pesquisa é um conhecimento vinculado a </li></ul><ul><li>critérios de escolha de procedimentos e de interpretação dos dados; </li></ul><ul><li>Tais critérios têm a ver com a teoria que referencia nossa pesquisa, e não são únicos ou universais; </li></ul><ul><li>Não há “receita pronta”: cada pesquisador, a partir de seu problema, deve estabelecer seu </li></ul><ul><li>referencial de segurança (teórico-prático). </li></ul>
  7. 7. Em suma (2): <ul><li>Pode-se chegar ao conhecimento científico a partir de uma grande </li></ul><ul><li>VARIEDADE DE PROCEDIMENTOS; </li></ul><ul><li>Nesse processo, a </li></ul><ul><li>CRIATIVIDADE DO PESQUISADOR </li></ul><ul><li>é de fundamental importância; </li></ul><ul><li>Mas, sempre, a </li></ul><ul><li>PESQUISA CIENTÍFICA </li></ul><ul><li>deve se pautar pela busca de: </li></ul><ul><li>RIGOR </li></ul><ul><li>SISTEMATIZAÇÃO </li></ul><ul><li>PLAUSIBILIDADE </li></ul><ul><li>CONSISTÊNCIA </li></ul><ul><li>PROFUNDIDADE </li></ul>
  8. 8. Referências Bibliográficas <ul><li>ANDRÉ, Marli. Pesquisa em educação: buscando rigor e qualidade. </li></ul><ul><li>Cadernos de Pesquisa. São Paulo: Cortez/Fundação Carlos Chagas, n. 113, p. 51-64, julho, 2001. </li></ul><ul><li>DEMO, Pedro. Pesquisa: princípio científico e educativo. São Paulo: Cortez, 2001. </li></ul><ul><li>GATTI, Bernadete A. A construção da pesquisa em educação no Brasil. Brasília: Plano, 2002. </li></ul><ul><li>LUNA, Sérgio V. de. Planejamento de pesquisa: uma introdução. </li></ul><ul><li>São Paulo: Educ. 1996. </li></ul>

×