Aula 3 - Êxodo

2.760 visualizações

Publicada em

Aula 3 - Êxodo

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 3 - Êxodo

  1. 1.  AUTOR  DATA E LOCAL  TEMA PRINCIPAL  SIGNIFICADO
  2. 2.  PALAVRA-CHAVE:  VERSÍCULO-CHAVE  PROPÓSITO  FATOS IMPORTANTES
  3. 3. Significado: Êxodo vem do grego, significando “sair”, e foi assim chamado porque registra a saída de Israel do Egito Autor: Moisés
  4. 4. Data e Local: Escrito como parte da lei durante os 11 meses no Monte Sinai – por volta de 1688 a.C. Tema principal: A história de Israel desde a morte de José até a construção do Tabernáculo.
  5. 5. Palavra-chave: Libertação - Partida Versículo-chave: “Vem agora, eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo , os filhos de Israel, do Egito” – 3.10
  6. 6. Propósito O livro de Êxodo é a história de dois parceiros em aliança – Deus e Israel. Êxodo define o caráter do Deus fiel, poderoso, salvador e santo que estabelece uma aliança com Israel. Êxodo também revela o caráter de Deus por meio de seus atos. Também define o caráter do povo de Deus.
  7. 7. Olha ainda para o futuro, para a terra da promessa, pois a terra era indispensável para Israel ser uma nação plena. O ápice teológico de Êxodo aparece em 19.4-6, que esboça a verdadeira natureza de Israel e seu lugar no plano de Deus. Para Israel, ser reino de sacerdotes implicava que o povo de Deus atuaria como mediador e intercessor, pois esse é o âmago da função sacerdotal. O chamado de Israel para a aliança era fundamentado, não em seu mérito, mas na livre escolha de Deus: “vos levei sobre asas de águia e vos cheguei a mim” (Êx 19.4).
  8. 8. Fatos importantes: Moisés teve Educação Egípcia Treinamento no Deserto - Maior Líder Judeu Alguns personagens Familiares os irmãos Miriã/ Arão/ Esposa – Zípora e os filhos – Gérson e Eliézer – Anrão (pai), Joquebede (mãe) – Jetro sogro
  9. 9. As pragas – Êxodo 7.14 a 11.10 A instituição da Páscoa – Êxodo 12.1-28 A partida do Egito – êxodo 11.51 no momento preciso, Deus tirou o Seu povo do Egito por meio de Moisés, homem que Ele mesmo
  10. 10. preparara no deserto nos 40 anos que antecedem o Êxodo. Dos seus 120 anos, Moisés passou 40 na corte de Faraó, recebendo instrução superior (Atos 7.22), 40 no deserto, sendo preparado por Deus, e 40 conduzindo o povo de Israel à Terra Prometida.
  11. 11. Israelno Deserto: Relato: Êxodo 13; 17 a Números 22.1 Duração: De 1491 a 1451 a.C. Local: Deserto da Arábia até Sitim, nas planícies de Moabe (Josué 2.1) • Fundação da nação de Israel (Êxodo 13.8-17)
  12. 12. • A promulgação da Lei (Êxodo 20) • a construção do Tabernáculo (Êxodo 25.1 a 31.11) • Israel peregrinou quarenta anos no deserto, para que, neste tempo, morressem os murmuradores que tentaram ao Senhor (Nu 13.14; 26.63-65).
  13. 13. Deus declarou que todos os judeus de 20 anos para cima morreriam no deserto; não entrariam na Terra da Promessa (Números 32.8-15). Trinta e oito anos estiveram dando voltas. Três meses após a saída do Egito e por onze meses, os israelitas estiveram
  14. 14. Sinai (Êxodo 19.1). Trinta e oito anos depois, Israel chega ao mesmo lugar, sem ter encontrado a Terra Santa. O período termina com a morte de Moisés e com Israel acampado nas campinas de Moabe, a leste do Jordão, ao norte do mar Morto (Números 33.49). E só vai conquistar Canaã com Josué depois.
  15. 15. As dez pragas visavam diretamente aos deuses do Egito e tiveram o objetivo de provar a superioridade do Deus de Israel sobre os do Egito. Foi repetido várias vezes, que por esses milagres, tanto Israel como os egípcio viriam a "saber que o SENHOR é Deus", 6:7; 7:5, 17; 8:22; 10:2; 14:4, 18; como mais tarde o maná e as codornizes tiveram este mesmo desígnio, 16:6,12.
  16. 16. As águas do Nilo transformadas em sangue – cap. 7 As Pragas das Rãs, Piolhos e Moscas Cap. 8 Morrinha no Gado, Úlceras, Granizo - Cap 9. As Pragas dos Gafanhotos e das Trevas – Cap 10. A Morte dos Primogênitos do Egito - Caps. 11, 12.
  17. 17. A travessia do Mar Vermelho Cap.14 Maná e Codornizes cap.16 Água da Rocha Cap 17 Os dez mandamentos Cap. 20 Instruções sobre o Tabernáculo Cap. 25 a 31 O Bezerro de Ouro cap. 32, 33. O Tabernáculo é Construído Cap. 35 a 40 Foto
  18. 18. Os Dez Mandamentos Não terás outros deuses diante de mim. Não adorarás imagem alguma de escultura. Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão. Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Honra a teu pai e a tua mãe. Não matarás. Não adulterarás. Não furtarás. Não dirás falso testemunho contra o teu próximo. Não cobiçarás coisa alguma do teu próximo.
  19. 19. O valor ético Deus salvou seu antigo povo de Israel e fez aliança com ele, exigindo dele um estilo de vida coerente com esse chamado santo. Os Dez Mandamentos são uma expressão do próprio caráter de um Deus santo, fiel, glorioso e salvador. Mesmo os “estatutos” e “julgamentos” voltados especificamente para o Israel do Antigo Testamento exemplificam padrões de santidade e integridade, sendo partes indispensáveis do que Deus espera de seu povo de todas as épocas.

×