Tabernaculo

5.330 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.330
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
276
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabernaculo

  1. 1. O TabernáculoWelington Corporation e estudos de Robert Murray McCheyne.
  2. 2. TipologiaOs materiais foram exatamente especificados por Deus.Qualquer desvio traria morte certaOs Materiais usadosOs Materias Santosós temos que nos lembrar que os Israelitas saíram doEgito como o povo de Deus. Eles eram os descendentesde Abraão, o primeiro hebreu. É importante lembrar-nosdo juramento que Deus fez quando Ele fez a aliança dacircuncisão com Abraão:Gen 15:13-14 "Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tuadescendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida porquatrocentos anos,mas também eu julgarei a nação, à qual ela tem de servir, e depoissairá com grande riqueza.E eles realmente saíram com grandes possessões, como diz:Êxodo 3:20-22 " Porque eu estenderei a minha mão, e ferirei ao Egito com todas asminhas maravilhas que farei no meio dele; depois vos deixará ir. E eu darei graça a estepovo aos olhos dos egípcios; e acontecerá que, quando sairdes, não saireis vazios,porque cada mulher pedirá à sua vizinha e à sua hóspeda jóias de prata, e jóias de ouro,e vestes, as quais poreis sobre vossos filhos e sobre vossas filhas; e despojareis osegípcios."Êxodo 12:35-36 " Fizeram, pois, os filhos de Israel conforme à palavra de Moisés, epediram aos egípcios jóias de prata, e jóias de ouro, e roupas. E o SENHOR deu ao povograça aos olhos dos egípcios, e estes lhe davam o que pediam; e despojaram aosegípcios."
  3. 3. Quando os Israelitas vieram ao Monte Sinai, o Senhor os instruiusobre o que eles deveriam trazer como oferta alçada (dar espontâneae voluntariamente) de maneira que eles pudessem construir otabernáculo. Note o que Deus falou a respeito do lugar da Suahabitação - o Tabernáculo: (versos mais importantes)Êxodo 25:1-9 " ENTÃO falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel, queme tragam uma oferta alçada; de todo o homem cujo coração se mover voluntariamente,dele tomareis a minha oferta alçada. E esta é a oferta alçada que recebereis deles: ouro,e prata, e cobre, e azul, e púrpura, e escarlata (carmesim), e linho fino, e pêlos de cabras,e peles de carneiros tintas de vermelho, e peles de texugos, e madeira de acácia, azeitepara a luz, especiarias para o óleo da unção, e especiarias para o incenso, pedras deônix, e pedras de engaste para o éfode e para o peitoral. E me farão um santuário, ehabitarei no meio deles. Conforme a tudo o que eu te mostrar para modelo dotabernáculo, e para modelo de todos os seus pertences, assim mesmo o fareis."Estes materiais são relacionados exatamente como Deus haviaespecificado (nada mais e nada menos) porque cada um deles tinhasignificado simbólico específico, relativo ao verdadeiro Tabernáculocelestial e a Jesus Cristo. Em nada poderia haver o acaso ou aimaginação humana, porque se o Senhor vai morar e lançar a suatenda entre nós, como homem, então o homem vai aproximar-se domodo dEle, e não há exceção. Os detalhes de sua construção seriamum padrão temporal, daquilo Deus faria um dia permanentemente pormeio de Jesus Cristo. O Tabernáculo se tornaria um modelo visível decomo nós vemos a Deus por meio de Jesus. Olhemos os materiais aserem usados na construção do Tabernáculo e lembremo-nos queagora temos que examinar o simbolismo com um fundo hebraico. OAntigo Testamento está repleto de linguagem simbólica, que pode serinterpretada na luz do contexto da Bíblia hebraica:Materiais (ordenados por Deus)Ouro (Divindade)De acordo com Ex 38 eles deram 1269 Kg de ouro. O Ouro Puro aolongo das escrituras fala da divindade, que não pode ser imitada pelohomem. Ouro é feito por Deus e vem de Deus. Ouro fala da deidadede Jesus Cristo. Simboliza a glória divina do Senhor Jesus como o"Filho de Deus" e "Deus, o Filho". De acordo com Ex 38 eles deram1269 Kg de ouro.Jesus na sua carne em nada era diferente de Jeová. Ele é "MalachYaweh," Jeová, o Rei. Isaías viu o Senhor poderoso e exaltado nas
  4. 4. alturas, como Rei, em toda a Sua glória. João no Novo Testamentofala-nos que era Jesus quem ele viu:João 12:41 "Isaías disse isto quando viu a sua glória e falou dele."Prata (Redenção)De Prata vieram 4350 Kg. Ao longo das Escrituras, a pratafiguradamente fala de redenção. Sempre era usada como preço deredenção:Êxodo 30:16 " E tomarás o dinheiro das expiações dos filhos de Israel, e o darás aoserviço da tenda da congregação; e será para memória aos filhos de Israel diante doSENHOR, para fazer expiação por vossas almas. "O tabernáculo estava apoiado em bases de prata. José e Jesus foramvendidos em preço de prata. Judas foi pago com moedas de pratacomo dizem as Escrituras. Prata é preço de redenção. Prata é símboloda redenção realizada por Jesus Cristo. Isto prefigura a preciosidadede Cristo como o resgate para os pecadores. Também note que nãohá prata alguma mencionada no céu. As pessoas já terão sidoredimidas.Marcos 10:45 Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas paraservir e dar a sua vida em resgate de muitos. "Bronze (Juízo)Um total de 3035 kg de bronze foi empregado para uso em lugaresonde se necessitava de força excepcional, e a resistência ao caloreram importantes. O Bronze tem um ponto de fusão a 1,985ºC. Eraimportante no altar onde o intenso calor estava presente. O bronze éuma liga de cobre e zinco. Não é metal, pois é uma liga de cobre ezinco.Bronze representa juízo. Quando Moisés fez a serpente de bronze,falou do poder da serpente, que é julgada através de se elevar o Filhode Deus:Num 21:9 " E Moisés fez uma serpente de metal, e pô-la sobre uma haste; e sucedia que,
  5. 5. picando alguma serpente a alguém, quando esse olhava para a serpente de metal, vivia."O Bronze representa juízo. Simboliza o caráter divino de Cristo quelevou nEle o fogo da ira de Deus, em santidade e justiça, se tornandooferta pelo pecado.2 Cor 5:21 "Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nelefôssemos feitos justiça de Deus."Mateus 27:46 " E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamásabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? "Azul (Céu)Tecido de linho bordado com linhas de cor azul, purpúra, e escarlate.O hebreu usava mariscos para extrair o azul. Uma tintura brilhante foiexcretada deste molusco. Esta cor luminosa sempre é mencionadaprimeiro. O homem precisou de algo que sugestionasse a idéia de céucomo um lugar no qual Deus se revela mais completamente do que naterra. Então a cor azul representa o céu, a cor do céu. O azul semprefoi mencionado ao longo do tabernáculo para lembrar o homem deque o seu destino é céu, e por causa de nosso Redentor, nós somosdestinados a estar na Presença de Deus. O azul fala daquele que vemdo alto ("do alto" é uma expressão judaica para o céu). Lembra-sequando a mulher tocou a orla azul das vestes de Jesus? Nós vemosos versos de amor em azul, na vida de nosso Senhor Jesus Cristo quenão só era divino em sua origem, mas em seus modos e natureza.Jo 3:31 "Aquele que vem de cima é sobre todos; aquele que vem da terra é da terra e falada terra. Aquele que vem do céu é sobre todos."Púrpura (Realeza)Os hebreus obtinham esta cor ao misturar o azul e a escarlata juntos.Esta intensa cor vermelho-purpúrea era uma cor de realeza (Real).Juízes 8:26 E foi o peso dos pendentes de ouro, que pediu, mil e setecentos siclos deouro, afora os ornamentos, e as cadeias, e as vestes de púrpura que traziam os reis dosmidianitas, e afora as coleiras que os camelos traziam ao pescoço.A cor púrpura simboliza a Jesus como Rei dos reis e Senhor dossenhores, mas há outra importante verdade. A mistura de azul eescarlata. Azul fala do que vem do alto, e escarlata, como nósveremos, representa sangue e morte, sacrifício. Púrpura é uma
  6. 6. combinação de ambos, que falam de Cristo como Deus e Homem, oHomem que veio de céu para morrer. De algum modo misterioso Elelevou consigo a semelhança de carne pecadora.Isaías 33:17 Os teus olhos verão o rei na sua formosura, e verão a terra que está longe.Fio de escarlata (Sacrifício)A escarlata era extraída de um inseto Oriental (verme) que infestacertas árvores. Eram juntadas, esmagadas, secadas, e transformadasem um pó que produzia uma matiz carmesim brilhante. Escarlata falade sacrifício e simboliza a Cristo em seus sofrimentos. O Salmo 22, decrucificação traz citações de Jesus, como dizendo - "eu sou umverme". Deus, de alguma maneira deu a Ele mesmo, um corpo decarne e sangue, e então morreu, e dá a Sua vida como um resgate pornós todos, sendo esmagado nos moinhos da justiça de DeusEfésios 5:2 " E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a simesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. "Hebreus 9:26 " De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde afundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou,para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo. "Linho Fino (Pureza)O linho era muito interessante. Feito de um linho egípcio, foi tecidofinamente, branco resplandescente, e levou um nome especial,"byssus ". Este material era usado para artigos de vestuário para arealeza e pessoas de posição, e foi achado nas tumbas dos Faraós.Foi encontrado em uma tumba, linho com 152 linhas por polegada naurdidura e 72 linhas por polegada no tecido. Linho branco sempre fala
  7. 7. de pureza e retidão:Apocalipse 15:6 "E os sete anjos que tinham as sete pragas saíram do templo, vestidosde linho puro e resplandecente, e cingidos com cintos de ouro pelos peitos."Apocalipse 3:5 "O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhumariscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai ediante dos seus anjos."Apocalipse19:14 " E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos delinho fino, branco e puro. "Os tecido de linho fino branco fala de retidão e simboliza Jesus, oFilho de Homem, imaculado, puro, e sem pecado.I João 3:3-5 " E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, comotambém ele é puro. Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque opecado é iniqüidade. E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados;e nele não há pecado."Pêlos de Cabras (Oferta pela maldição do pecado)As cabras eram comuns naqueles dias, e eles usavam o leite, a carne,a pele era usada para muitas coisas como garrafas de água, etc., e opêlo delas que era muito longo, escuro e liso, era trançado e tecido empano. Davi tinha cabelos como pêlos negros de cabra.A cabra era um animal sacrificial. A coberta de pêlos de cabra era aprimeiro cortina sobre o tabernáculo. Esta cor desbotada nos fala deJesus na sua humildade e pobreza. Peles de cabra eram usados pelospobres, e ao longo da Bíblia representa pobreza extrema.Hebreus 11:37 Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada;andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratadosLucas 9:58 E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas oFilho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
  8. 8. E o pêlo fala de Cristo como separado, da mesma maneira que o pêloteve de ser separado da cabra, assim Cristo teve que sacrificar a Simesmo, tirando das suas vestes para prover vestes para outros.Outro ponto interessante sobre a cabra, é que ela era usada no Dia daExpiação. Depois que o sumo sacerdote levasse o sangue aspergidono Santo dos santos, ele entraria no átrio do tabernáculo e poria asmãos dele na cabeça do bode expiatório e confessaria em cima deleos pecados do povo. O bode era conduzido então, por um homem jápreparado, ao deserto, e lá era deixado livre, significando que lá foramlevados os pecados de Israel, que Deus havia perdoado. Isto nos fazlembrar de Jesus, humilde e pobre, se tornando por nós maldição, e,que podemos ter os nossos pecados lançados fora, na terra doesquecimento.2 Coríntios 5:21 Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nelefôssemos feitos justiça de Deus.Peles de Carneiro tingidas de vermelho (Sacrifício Substitutivo)Estas estavam costuradas juntamente com tiras de couro para formara camada protetora seguinte da cobertura do tabernáculo. Umcarneiro é uma ovelha masculina crescida, e o líder do rebanho. Umpastor pode ter um ou dois carneiros em um rebanho de ovelhas paraque haja uniformidade. O carneiro sempre está para os olhos do judeucomo um animal substituto, fiel até a morte. Por isto, é claro porqueDeus proveu um carneiro como um substituto para Isaque, naquele diaquando a fé de Abraão foi manifesta.Gênesis 22:12-13 Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe façasnada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu únicofilho. Então levantou Abraão os seus olhos e olhou; e eis um carneiro detrás dele,travado pelos seus chifres, num mato; e foi Abraão, e tomou o carneiro, e ofereceu-o emholocausto, em lugar de seu filho.As peles de carneiro foram tingidas de vermelho para representar osacrifício de um substituto. Assim Jesus como o cabeça do gênerohumano, o último Adão, sacrificou a Sua própria vida, como umsubstituto, para todos os que nEle creêm.
  9. 9. Hebreus 2:9 Vemos, porém, coroado de glória e de honra aquele Jesus que fora feito umpouco menor do que os anjos, por causa da paixão da morte, para que, pela graça deDeus, provasse a morte por todos.Hebreus 2:17 Por isso convinha que em tudo fosse semelhante aos irmãos, para sermisericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, para expiar os pecados dopovo.João 1:29 No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeirode Deus, que tira o pecado do mundo.Peles de texugo (aparência exterior sem atrativo)Peles de texugo eram a coberta final, a cobertura exterior que todosviam. Elas eram resistentes e duráveis e muito simples em suaaparência. Mas como isto fala de Cristo? Fala de Cristo como homem.Não havia nenhuma beleza externa no tabernáculo, e assim era Cristoquando Ele veio para a terra, quando Ele montou o Seu tabernáculoentre os homens. Como o profeta predisse:Isaías 53:1-2 QUEM deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço doSENHOR? Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca;não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele,para que o desejássemos.O que Jesus foi para aos judeus? Nada mais que alguém que passou,uma pele de texugo dura. O que é Jesus para o mundo hoje? Nadamais que alguém que passou, uma pele de texugo dura. Mas paranós, que abriram seus corações a Ele, Ele é muito, muito mais. Ele é oÚnico digno de louvor, Ele é a " Rosa de Sarom ", o " Lírio dos Vales",e o " mais Formoso entre os 10.000 " para nossas almas. Se qualquerum desejar olhar além da carne exterior que o cobre, verá atransfiguração da glória de Cristo. Alguma coisa boa pode vir deNazaré "? e Jesus diz, " Vem e vê ".João 1:10-14 Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu.Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam,deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quaisnão nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas deDeus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória dounigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.
  10. 10. Madeira de Acácia (a humanidade Incorruptível) também chamada deMadeira de CetimA árvore de Shittah cresce nos desertos do Sinai, e nosdesertos ao redor do Mar Morto. A madeira é dura, muitopesada, indestrutível por insetos, e é fina, de belo grão . Énotavelmente exuberante em lugares secos e às vezesatinge uma altura de vinte pés. Tem amáveis floresamarelas e resistentes a insetos, sendo que, a madeirada Acácia era usada para fazer caixões para múmias.A madeira de Acácia fala sem dúvida, da humanidade incorruptível deCristo, porque nos é dito que a humanidade dele nunca viu acorrupção.Salmo 16:10 Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santoveja corrupção.Ele era o verdadeiramente humano, "Cristo Jesus, homem ". A Bíblia ochama de , "o filho de Maria", e o "filho do homem ". Um corpo foipreparado para Ele:Hebreus 10:5 "Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, Mascorpo me preparaste;"E aquele corpo, Ele ainda possui, em uma forma glorificada. "Estemesmo Jesus" volta agora dos céus para nós, e também nosglorificará:1 João 3:2 "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o quehavemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes aele; porque assim como é o veremos."Romanos 8:18-21 "Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempopresente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Porque aardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. Porque acriação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou,na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção,para a liberdade da glória dos filhos de Deus."Óleo (A Unção do Espírito)
  11. 11. O óleo era obtido ao esmagar os frutos da oliveira na terra. Óleo,como nós sabemos, era o líquido usado quando eram ungidos oprofeta, o sacerdote, e o rei nos dias do Antigo Testamento. E empassagens como estas:1 João 2:20 "E vós tendes a unção do Santo, e sabeis tudo."1 Samuel 16:13 "Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seusirmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi; entãoSamuel se levantou, e voltou a Ramá."Isaías 32:15 " Até que se derrame sobre nós o espírito lá do alto; então o deserto setornará em campo fértil, e o campo fértil será reputado por um bosque. "Nós temos base bíblica para ver o óleo como um tipo do EspíritoSanto. Na Bíblia a árvore de Oliveira é simbolo de muitas coisas:a) BelezaOséias 14:6 " Estender-se-ão os seus galhos, e a sua glória será como a da oliveira, esua fragrância como a do Líbano. "b) FertilidadeSalmo 52:8 " Mas eu sou como a oliveira verde na casa de Deus; confio na misericórdiade Deus para sempre, eternamente."c) RiquezaJuízes 9:9 " Porém a oliveira lhes disse: Deixaria eu a minha gordura, que Deus e oshomens em mim prezam, e iria pairar sobre as árvores?"O Espírito Santo, então, como o óleo de oliva, é o que possui tudoaquilo o homem precisa para a vida e a piedade. Riqueza, fertilidade,e beleza são todos Seus, em uma medida abundante. Jesus foi ungidopor Deus como profeta, sacerdote, e rei. Tudo o que Cristo fez estavacheio de riqueza, fertilidade, e beleza porque Ele é o templo doEspírito Santo e cheio de toda a plenitude:João 3:34 " Porque aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus; pois não lhe dáDeus o Espírito por medida."
  12. 12. É interessante que as azeitonas não eram batidas ou apertadas, masesmagadas. Assim Jesus foi esmagado no Jardim de Getsêmani(Heb. Prensa de Óleo) e então, pela mesma ira de Deus em uma cruzromana, como as Escrituras dizem:Isaías 53:10 " Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a suaalma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias;e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão. "O óleo da unção era restringido apenas para uso no tabernáculo,qualquer um que violasse a ordem seria morto. O óleo de oliva deviaser puro e nada mais que puro, porque representa o Espírito Santo deCristo. A palavra o "Cristo" é a fórmula grega para o hebraico"Mashiach" (Messias) os quais significam " o Ungido", literalmente "oque é coberto com óleo". O óleo também foi usado para ungir o SantoTabernáculo e a sua mobília, e iluminar o candeeiro de ouro.Especiarias para o óleo e incenso (Doce e suave fragrância paraDeus)Havia três especiarias para serem adicionadas ao puro incenso e aoóleo:Ex 30:34 Disse mais o SENHOR a Moisés: Toma especiarias aromáticas, estoraque, eonicha, e gálbano; estas especiarias aromáticas e o incenso puro, em igual proporção;a) EstoraqueUm pó das gotas de uma resina endurecida e fragrante encontrada nacortiça do arbusto de Mirra. A palavra significa " uma gota ".b) OnichaUm pó da cobertura córnea da concha de um molusco idêntico a ummarisco encontrado no Mar Vermelho. Quando queimado, este pólibera um aroma penetrante. A palavra hebraica para - conchaaromática". O Mar Vermelho é um bolsão de água morna isolada doOceano Índico e é conhecido por suas subespécies peculiares demolucos.c) GálbanoUma resina pungente, castanha que aparece na parte mais baixa do
  13. 13. talo de uma planta de Ferula. Esta erva encontrada no MarMediterrâneo com talos espessos, flores amarelas, e verde comofolhas de samambaia. Tem um cheiro almiscarado, pungente e évalioso porque preserva o odor de um perfume misturado, e permite asua distribuição por um período longo de tempo.Nestas especiarias ou perfumes nós vemos a Jesus como o docearoma, que traz alegria para o coração do Pai. Quando misturado como óleo de oliva, nós vemos o iluminante e doce trabalho do Espírito deCristo, e quando misturado com o puro incenso nós vemos a doçurada oração como um "doce aroma aspirado pelas narinas de Deus."Estes perfumes apropriadamente apontam à Cristo.Jo 8:29 " E aquele que me enviou está comigo. O Pai não me tem deixado só, porque eufaço sempre o que lhe agrada."Ef 5:2 "E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo pornós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave."2 Cor 2:15-16 " Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam enos que se perdem. Para estes certamente cheiro de morte para morte; mas para aquelescheiro de vida para vida. E para estas coisas quem é idôneo?"Boas Razões Para Estudar o Tabernáculo"O Tabernáculo"Lembra-se que os hebreus foram sujeitos à escravidãoegípcia durante 430 anos? Em Êxodo Capítulo 3, Deusouve o clamor do seu povo e chama um homem chamadoMoisés. Deus fala com Moisés na sarça ardente, e diz apara que ele vá até Faraó, Rei do Egito e simplesmentelhe falar, "deixe o meu povo ir ".
  14. 14. Êxodo 3:12 " E disse: Certamente eu serei contigo; e isto te será por sinal de que eu teenviei: Quando houveres tirado este povo do Egito, servireis a Deus neste monte."Note que Ele diz que será um sinal que eles servirão Deus no MonteSinai. Assim Moisés vai como o Senhor o instruiu, e depois de umasérie de 10 pragas, os filhos de Israel foram lançados do Egito. Elesforam conduzidos de dia no deserto por uma coluna de nuvem e a ànoite pela coluna de fogo. Quando eles vieram para o Mar Vermelho, oSenhor dividiu as águas, e eles as atravessaram, e quando o exércitoegípcio tentou atravessá-las, as águas desceram neles e eles todos seafogaram. O Senhor os proveu e sustentou-os e então eles vieram aoMonte Sinai, exatamente como Deus disse a Moisés, e algo acontece.No capítulo 19 de Êxodo é que nós vemos a história. Todos os 2 ou 3milhões de hebreus estavam acampados ao pé de Monte Sinai, eDeus revela a sua glória, e diz que Ele quer que eles se santifiquemdurante três dias, para então virem e se colocarem diante dEle. Assimeles fizeram, e Deus mostra a Sua força e Seu poder.Êxodo 19:16 E aconteceu que, ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões erelâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte, demaneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial.Eles tremeram da presença dEle, dizendo: "Não fale Deus a nós paraque não morramos," e eles não quiseram ir novamente diante dEle eassim eles elegeram Moisés para ser o porta-voz permanente deles,embora o Senhor quisesse que eles fossem um "reino de sacerdotes"(Ex. 19:6).É assim, quando o Senhor lhes ordena que construam a estruturachamada "o tabernáculo".Exod 25:1-9 Então o SENHOR falou a Moisés dizendo: "Fale aos filhos de Israel, que metragam uma oferta alçada: de todo o homem cujo coração se mover voluntariamente,dele tomarei a minha oferta alçada... E me farão um santuário, e habitarei no meio deles.Conforme tudo o que eu te mostrar para modelo do tabernáculo, e para modelo de todosos seus vasos, assim mesmo o fareis.
  15. 15. Veja como se parecia:O Antigo Tabernáculo de IsraelO Tabernáculo era uma tenda portátil com uma armação de madeira,para dar estabilidade. O santuário inteiro consistia em três partes:1. um átrio exterior incluído por cortinas apoiadas em pilares. Eraoblongo na sua forma, e a entrada estava no lado oriental.2. o altar de sacrifício (altar de bronze) estava dentro do átrio, emfrente da entrada.3. o próprio Tabernáculo, localizado à parte ocidental do átrio. OTabernáculo foi dividido por um véu ou cortina pendente em duascâmaras. A primeira câmara foi chamada o Lugar Santo, continha aMesa, o Candelabro, e o Altar de Incenso. Só os sacerdotes erampermitidos nesta parte. A segunda câmara foi chamada de Santo dosSantos, continha a Arca da Aliança. O Sumo Sacerdote entrava noSanto dos Santos uma só vez no ano, o Santo dos Santos apenasuma vez ao ano, no Dia da Expiação.Os objetos mais interiores para o Santo dos santos foram construídosde metais preciosos e tecidos. Os objetos exteriores foram feitos debronze e outros tecidos. O Tabernáculo foi coberto por uma tenda, erevestido de tecidos adicionais.
  16. 16. A área de Tabernáculo era de 50 metros de comprimento e 25 metrosde largura. Havia uma cortina de 2,5 metros, feita de linho fino branco,que foi firmado em 60 suportes de apoio de bronze, que cercavam, ecom uma entrada pelo portão oriental. Dentro do átrio exterior estavamdois artigos de mobília, o altar de bronze, onde tdo os sacrifícios eramfeitos, e a pia de bronze onde os sacerdotes lavaram as suas mãos eos pés.O Tabernáculo construído estava ao fim do átrio ocidental e era umaestrutura de madeira revestida de ouro, de 15 x 5 metros, divididos emduas partes por uma cortina pesada chamada o "Véu". A entrada erauma cortina colorida suportada por 5 pilares. A maior área construídado tabernáculo (10 x 5 m) , foi chamado "o Santo Lugar" e ali foicolocado três artigos de mobília dourada. O candeeiro de ouro queiluminava os pães da preposição à esquerda, a mesa de dos pães dapreposição que representava o povo de Deus à direita, e o altardourado de incens na parte de trás, o que fala de fazer oraçõescontinuamente. A menor parte construída, (5x 5) do tabernáculo foichamada de "Santo dos Santos " e continha apenas a arca da aliança(a arca que continha as duas tábuas da Lei) e sua tampa, opropiciatório onde o sangue era aspergido uma vez por ano pelo sumosacerdote no Dia da Expiação.Tudo no tabernáculo era portátil de modo que, se a nuvem de glória(Heb. Shchinah) se movia, eles se moviam também a arca, destemodo:Nm 10:33-36 Assim partiram do monte do SENHOR caminho de três dias; e a arca daaliança do SENHOR caminhou diante deles caminho de três dias, para lhes buscar lugarde descanso. E a nuvem do SENHOR ia sobre eles de dia, quando partiam do arraial.Acontecia que, partindo a arca, Moisés dizia: Levanta-te, SENHOR, e dissipados sejamos teus inimigos, e fujam diante de ti os odiadores. E, pousando ela, dizia: Volta, óSENHOR, para os muitos milhares de Israel.Eles precisavam aprender que era Yahweh quem estava acampadoentre eles. Como os Israelitas marcharam no deserto, os Levitas (tribosacerdotal) desmontavam o Tabernáculo, e, a arca era levada pelossacerdotes, em duas varas, então eles iam com a nuvem de glória
  17. 17. sobre eles. Haviam três famílias procedentes da tribo de Levi queeram responsáveis para o transporte dos artigos do tabernáculo. Opovo de Deus tinha que perceber que eles eram peregrinos aqui equando Deus ordenasse que se movessem, eles precisaram estarprontos. Há algumas coisas muito importantes para se notar quanto àcondição do homem ao estudar o tabernáculo.Depois do colapso da fé deles, Deus criou algo que atrairianotavelmente os seus cinco sentidos, assim eles se lembrariam deque eram o povo de Deus. Ao longo do Antigo Testamento, Deus teveque estimular os sentidos, porque depois de Adão, e até o tempo deJesus, o homem estava espiritualmente morto. Deus é Espírito, e todoo homem conhecia os cinco sentidos (com os quais ele poderia ver,tocar, provar, ouvir, e cheirar). O Senhor começaria aqui notabernáculo a entesourar o povo de Israel com cerimônias e rituais deforma que eles se lembrariam dEle. Deus começaria a vincular umsentido ao povo por Ele governado, com algo espiritual, de forma queeles teria fé simplesmente pelo que eles viam. Se você pensa nopacto da circuncisão, cada vez que um homem ia para o banheiro, elese lembraria do pacto. E o que foi o pacto? Aquele que um dia viria, oMessias, da nação que Deus iniciou, pelo primeiro hebreu, Abraão. OMessias seria o salvador de todo o mundo.Ele começou lhes dando uma estrutura física chamada o tabernáculo,com toda sua mobília, e sacerdócio, e ofertas. Então Ele lhes dariasacrifícios diários (memoriais) e orações, sábados semanais,banquetes e festas, alimentos limpos e imundos, e muitas outrascerimônias e leis escolhidas, que seriam todas lembranças físicas queculminavam para o Homem que viria, que seria o Messias. Deus lhesdeu tantas cerimônias, que quando Ele veio, eles não sentiriam suafalta. E o que aconteceu? Quando Ele veio eles sentiram falta dEle.Eles eram tão envolvidos em suas tradições e rituais que, quandoJesus veio, Ele que era a realização de todas as cerimônias, elesestavam completamente em trevas e não O reconheceram, eacabaram forçando o governador romano a crucificá-lO. Mas Deus,em Sua maravilhosa onisciência, soube disto e planejou tudo desde oprincípio. Por isso, Ele instituiu o sangue como o meio de redenção.Assim o tabernáculo era o princípio das lembranças visíveis de umDeus que é Espírito, e de Seu plano. Tudo no tabernáculo era um tipode Jesus. Por isso é que Deus era tão específico sobre o que eles iamconstruir com isto. Eles não puderam usar uma mínimo de imaginação
  18. 18. humana "para que não morram". Ouro, prata, bronze, o linho brancofino, as quatro cores, o óleo da unção, o incenso, tudo apontavaÀquele que, "se tornou carne e habitou (literalmente tabernaculou)entre nós ". Jesus disse, "eu não vim destruir a Lei e os profetas masos cumprir." Não é nenhuma maravilha que quando Jesus foitrespassado Ele bradou, "está consumado". E o véu do templo foirasgado pelo meio. O que foi consumado? O cerimonial do AntigoTestamento inteiro, moral, e o direito civil, foi pregado àquela cruz forade Jerusalém. Ele veio ser a incorporação e realização da própria Lei.Note o que Jesus disse aos dois homens na estrada para Emaúsdepois de Sua morte:Lucas 24:25-27 E ele lhes disse: Ó néscios, e tardos de coração para crer tudo o que osprofetas disseram! Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas eentrasse na sua glória? E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.Também quando Jesus apareceu vivo aos discípulos dele depois damorte dele:Lucas 24:44 E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco:Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, enos profetas e nos Salmos.Se lembre do que a Palavra diz, "toda a Escritura é divinamente inspirada(inspiração de Deus) por Deus... "Quando nós olharmos a Bíblia, lembre-mo-nos de que écompletamente inspirada por Deus. Quando nós olhamos cadaPalavra, temos que nos lembrar que, toda Palavra é divinamenteinspirada. Isso era a visão de Cristo, quanto às Escrituras, que era avisão dos apóstolos e que deve ser a nossa visão. Esta é a mesmaPalavra de Deus. Não apenas contém a Palavra de Deus, ou apenasuma experiência religiosa, ela é a Palavra de Deus.É então algo maravilhoso que cada e todo detalhe da Palavra sobre otabernáculo tem significado espiritual? Quando olhamos à estrutura dotabernáculo, e suas partes da redenção, sem igual, vemos na mobília
  19. 19. grande simbolismo e tipologia encontrados nelas. Lembre-se, que tudoestava apontando o dedo para o Messias. O tabernáculo, como umtipo, especificamente e em detalhes foi projetado por Deus, apontandoao caráter e aspectos do ministério de Cristo. Quando Jesus estavaacusando as autoridades judaicas Ele disse, "Vocês transformaram daCasa de Meu Pai em um covil de ladrões," e dizendo, " Meu Pai " elessouberam que Ele estava reivindicando autoridade Messiânica acimado templo, e assim eles disseram, que sinal tu nos mostra para quefaça essas coisas?" Veja o que Ele disse:João 2:19-21 "Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias olevantarei. Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo,e tu o levantarás em três dias? Mas ele falava do templo do seu corpo."Eles estavam olhando a estrutura física (Heb. Mikdash) do templo masEle disse, "Destruam este templo" Ele usou a palavra hebraica"Mishkan" que era a palavra usada no Antigo Testamento para referira Presença que iluminou o Santo dos Santos, por ocasião do YomKippur, no tabernáculo ou templo. Jesus disse que eu sou o templo(Mishkan) de Deus. Quando a glória (Heb. Shchinah) viria abaixocomo um tornado ou como um funil por cima do Santo dos Santos, aPresença se manifestaria no propiciatório entre os querubins depoisdo sangue ter sido aspergido, que era o mishkan. Aquela Presença foio que o Jesus disse que, habitava dentro dEle. E de fato o Paulodisse sobre a igreja, não "Não sabeis que sois templo (Mishkan) deDeus?" Nós, como o Corpo de Cristo, temos a mesma Presença, quehabita em nós. Deus não mora agora em edifícios, mas dentro do Seupovo . Romanos 10 diz que: "Se confessares com a tua boca queJesus Cristo é Yaweh (Senhor) e crê em seu coração que Deus Oressuscitou dentre os mortos, serás salvo." Isto é fácil. A partir desseponto você se torna o Mishkan de Deus. Quando Deus disse-lhes"Deixe me fazer um santuário que eu possa habitar entre eles,"Ele disse literalmente "dentro" deles. O plano de Deus sempre foihabitar dentro dos que Lhe pertencem (Jer. 31:31-33) e pôr o EspíritodEle dentro de nós. Quando você aceita Jesus, você se torna oMishkan de Deus.Para você que começa este estudo rico e maravilhoso do tabernáculo,lembre-se que tudo aponta à Jesus Cristo. Tudo é uma figura dEle. Se
  20. 20. você pode, inicie agora este tremendo estudo, que somará umelemento de nova força, e alegria em sua devoção para com oSenhor.João 1:12-14 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhosde Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem davontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne, ehabitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio degraça e de verdade.O Tabernáculo do Antigo Israel
  21. 21. O Acampamento dos Filhos de IsraelOs Filhos de Israel em MarchaO Tabernáculo era uma tenda portátil com uma armação de madeira para darestabilidade. O santuário inteiro consistia em três partes: (1) um átrio externo cercadopor cortinas apoiadas em colunas. Era oblongo em sua forma, e a sua entrada estava aolado oriental. (2) o altar de holocausto (altar de bronze) estava dentro do átrio, em frenteà entrada. (3) o próprio Tabernáculo foi localizado à parte ocidental do átrio. OTabernáculo foi dividido por um véu ou cortina pendente em duas câmaras. A primeiracâmara chamada de Lugar Santo, contendo a Mesa, o Candelabro, e o Altar de Incenso.Só os sacerdotes eram permitidos nesta seção. A segunda câmara chamada o Santo dosSantos, contendo a Arca da Aliança. O Sumo Sacerdote adentrava somente uma vez aoano no Santo dos Santos, no Dia da Expiação. Os objetos reservados para o Santo dosSantos foram construídos de metais preciosos e tecidos. Os destinados às áreas maisexternas foram feitos de bronze e tecidos e materiais comuns. O Tabernáculo foi cobertopor uma tenda e coberturas de tecido.O Átrio Exterior
  22. 22. santuário do tabernáculo estava ao lado ocidental, sendo ametade de um pátio retangular, cujas dimensões eram 100x 50 cúbitos (50 x 25 metros). O tabernáculo estavasituado de Leste para Oeste, tendo a entrada ao Leste. Anuvem da Glória de Deus desceu no tabernáculo:Exod 40:38 Porquanto a nuvem do SENHOR estava de dia sobre o tabernáculo, e o fogoestava de noite sobre ele, perante os olhos de toda a casa de Israel, em todas as suasjornadas.Qualquer israelita poderia entrar nos átrios, mas só a tribo sacerdotalpoderia ir, no Tabernáculo, e apenas o Sumo Sacerdote poderia iralém, no Santo dos Santos, uma vez por ano no dia do Yom Kippur, ODia da Expiação.A Aproximação de DeusAs palavras de Deus para Moisés eram muito claras acerca damaneira como eles deveriam se aproximar de Deus. Eles nuncatinham se aproximado Deus enquanto eram escravos no Egito, mas sesentaram à mesa com Ele por ocasião da libertação, comeram aPáscoa apressadamente em suas casas, pois eles estavam deixandoa terra de escravidão e estavam preparando-se para a jornada à terraprometida. Mas enquanto isso, Deus tinha se revelado em Suasantidade no Monte Sinai e, eles completamente horrorizados, foramconscientizados de que nenhum homem poderia se aproximar deDeus, a não ser seu líder Moisés. Mas Deus quis que eles fossem umreino sacerdotal, e aproximar-se-iam dEle, e teriam uma relaçãocontínua da mesma maneira que o marido e a mulher.Então Deus lhes revelou um padrão de adoração que era consistentecom a Sua santidade, tornando possível para o homem pecador entrarem Sua presença . Este padrão de adoração estava no tabernáculointeiro, e Deus começou a lhes revelar que tudo aquilo estavaenvolvido no sangue de um sacrifício expiatório, com o qual elesestavam identificados, mas não completamente.
  23. 23. Começou com a consciência de pecado na vida de cada indivíduo.Assim quando um Israelita reconhecia que ele havia pecado, e queisto o separou de Deus, se ele quisesse ser perdoado, iria buscar oseu lugar junto a Deus no tabernáculo.Quando ele (o pecador) se aproximava, achava uma parede de linhobranco formando uma barreira contra ele. Tendo ao redor 300 cúbitos(150 metros) exceto em uma extensão de 20 cúbitos (10 metros) ondeera diferente. Era conhecida como A Porta de Entrada. Não eraformada de linho branco mas era multi-colorido em tecido branco,azul, purpúra e carmesim. Era distinto, e destacado o modo pelo qualo pecador poderia ter acesso para o átrio da casa de Deus. (Veja APorta de Entrada).Sl 84:2 A minha alma está desejosa, e desfalece pelos átrios do SENHOR; o meu coraçãoe a minha carne clamam pelo Deus vivo.Sl 84:10 Porque vale mais um dia nos teus átrios do que mil. Preferiria estar à porta dacasa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios.
  24. 24. O Santo Lugargora, nós faremos nossa entrada no Santo Lugar, eexaminaremos a porta, a armação, as cobertas, e osartigos internos. Quando o sacerdote entrava no LugarSanto, ele estava entrando na estrutura do tabernáculo.A tenda do tabernáculo era a característica principal do complexo. Erauma estrutura retangular que mede 30 cúbitos (15 metros) deextensão e 10 cúbitos (5 metros) de altura e largura.A EstruturaO Santo Lugar era onde os sacerdotes partiam o pão da Preposição.Era um quarto de 20 cúbitos de extensão, por 10 cúbitos de largura e10 cúbitos de altura (10 x 5 x 5 metros). Seus lados eram formadospor armações verticais douradas. A bela cortina de linho com seumolde (bordado) de querubim, poderia ser vista pela armação nafrente e no teto. Havia quatro colunas douradas à entrada e na partede trás do quarto, e atrás do véu santo estava a arca da aliança.Dentro do quarto cada detalhe de mobília santa era dourado. Ocastiçal dourado na esquerda, a mesa de pães à direita, e o altardourado de incenso na parte de trás, antes do véu. (Veja A Porta)
  25. 25. A Expiação pelo SangueOs SacerdotesAs 5 Ofertas LevíticasOs Sacrifíciosste sistema de sacrifícios foi ordenado por Deus e foicolocado no centro e no coração da vida da naçãojudaica. O que quer que os judeus pensassem, naquelaocasião, por causa do sacrifício contínuo de animais, e ofogo ardendo continuamente no altar do holocausto, nãohá nenhuma dúvida de que era Deus quem estavaimpregnando nos corações de cada homem, umaconsciência do pecado de cada um.Uma lição de objeto que faria marcas na pele de cada um, um quadrode longa data do sacrifício vindouro do Messias. Os sacrifíciosapontaram a Ele e foram cumpridos nEle.Há muitas instruções para o sacrifício ao longo do Pentateuco, masem Levítico são dedicados os capítulos 1-7 completamente às 5ofertas de levíticas que eram os principais sacrifícios usados nosrituais. Eles descrevem 5 tipos de sacrifícios: O holocausto, a Ofertade Manjares, a Oferta Pacífica, a Oferta pelo Pecado, e a Oferta pelaCulpa. Cada um dos sacrifícios foi cumprido exclusivamente em JesusCristo.O HolocaustoO holocausto era um sacrifício que estava completamente queimado.Nada dele era comido, e então o fogo consumia o sacrifício inteiro. Éimportante notar que o fogo jamais se apagava:Lev 6:13 O "fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará."O adorador israelita trazia um animal masculino (um touro, cordeiro,cabra, pombo, ou rola, que dependem da riqueza do adorador) para aporta do tabernáculo.
  26. 26. Lev 1:3 Se a sua oferta for holocausto de gado, oferecerá macho sem defeito; à porta datenda da congregação a oferecerá, de sua própria vontade, perante o SENHOR.O animal devia ser sem defeito. O adorador então colocava as mãosdele na cabeça do animal, e em consciência que este animal inocenteestava sendo reputado por pecador, ele buscaria o Senhor paraperdão, e então mataria o animal imediatamente.Lev 1:4-9 E porá a sua mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favordele, para a sua expiação. Depois degolará o bezerro perante o SENHOR; e os filhos deArão, os sacerdotes, oferecerão o sangue, e espargirão o sangue em redor sobre o altarque está diante da porta da tenda da congregação. Então esfolará o holocausto, e opartirá nos seus pedaços. E os filhos de Arão, o sacerdote, porão fogo sobre o altar,pondo em ordem a lenha sobre o fogo. Também os filhos de Arão, os sacerdotes, porãoem ordem os pedaços, a cabeça e o redenho sobre a lenha que está no fogo em cima doaltar; Porém a sua fressura e as suas pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudoisso queimará sobre o altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR.Os sacerdotes eram responsáveis por lavar as várias partes do animalantes de colocar sobre o altar:Lev 1:6-9 "Então esfolará o holocausto, e o partirá nos seus pedaços. E os filhos deArão, o sacerdote, porão fogo sobre o altar, pondo em ordem a lenha sobre o fogo.Também os filhos de Arão, os sacerdotes, porão em ordem os pedaços, a cabeça e oredenho sobre a lenha que está no fogo em cima do altar; Porém a sua fressura e assuas pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo isso queimará sobre o altar;holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR."Depois, na história de Israel haviam ofertas queimadas feitas duasvezes por dia, uma pela manhã e uma ao entardecer (quandoaparecia a primeira estrela:Num 28:3-4 "E dir-lhes-ás: Esta é a oferta queimada que oferecereis ao SENHOR: doiscordeiros de um ano, sem defeito, cada dia, em contínuo holocausto; Um cordeirosacrificarás pela manhã, e o outro cordeiro sacrificarás à tarde; "A oferta queimada era realizada para reconciliação dos pecados dopovo contra o Senhor, que os separavam de Deus, e era uma ofertade dedicação contínua de suas vidas ao Senhor.
  27. 27. A Oferta de ManjaresOs Israelitas ofereciam manjares (cereais) ou legumes além dosanimais. LevÍtico capítulo 2 menciona 4 tipos de ofertas de cereal, edá instruções de preparo para cada uma. O pecador poderia oferecermassa de farinha de trigo assada em um forno, cozida em uma forma,frita em uma panela, ou amassada para fazer pão (como na oferta dasprimeiras frutas). Todas as ofertas de manjares eram feitas com óleo esal e nenhum mel e fermento seria usado (óleo e sal preservaram,enquanto o mel e fermento deteriorariam). O adorador também trariauma porção de incenso (puro incenso).As ofertas de manjares eram trazidos a um dos sacerdotes quelevaram isto ao altar e lançaram uma "porção memorial" ao fogo efazia o mesmo com o incenso. O sacerdote comia o restante, a menosque ele mesmo estivesse trazendo a comida como oferta, e elequeimaria ela por inteiro.O propósito da oferta de manjares era um oferecimento de presentes,e fala de uma vida que é dedicada a dar, e à generosidade.As Ofertas PacíficasA oferta pacífica era uma comida que foi dada pelo Senhor, aossacerdotes, e às vezes ao cidadão comum. O adorador trazia bois ouvacas, ovelhas, ou uma cabra. O ritual foi comparado com o dasofertas queimadas, até ao ponto de queimar, onde o sangue deanimais era vertido ao redor das extremidades do altar. Foramqueimadas a gordura e as entranhas, e o restante era comido pelossacerdotes, e, (se fosse uma oferta expontânea) pelos adoradores.Este sacrifício de louvor e ação de graças era quase sempre, um atovoluntário.
  28. 28. As ofertas pacíficas, incluíram bolos sem levedura. Os sacerdotescomiam tudo, menos a porção comemorativa dos bolos, e certaspartes do animal, no mesmo dia que o sacrifício foi feito, e quando oadorador os levava juntos, como oferta voluntária, o adorador poderiacomer durante 2 dias do animal inteiro, menos o peito e a coxa direitaque era comida pelos sacerdotes.Jacó e Labão deram suas ofertas pacíficas quando eles fizeram o seupacto (Gen 31:43 ss). era exigido fazer estas ofertas quando sefizesse um voto de consagração à Deus, e Lhe agradecendo comlouvores enquanto, espontaneamente, se traziam as ofertasvoluntárias.A Oferta pelo PecadoAs Ofertas pelo pecado expiavam, (liquidavam a dívida por completo)das fraquezas e fracassos não intencionais dos adoradores efracassos diante do Senhor.Lev 4:1-4 FALOU mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel, dizendo:Quando uma alma pecar, por ignorância, contra alguns dos mandamentos do SENHOR,acerca do que não se deve fazer, e proceder contra algum deles; Se o sacerdote ungidopecar para escândalo do povo, oferecerá ao SENHOR, pelo seu pecado, que cometeu,um novilho sem defeito, por expiação do pecado. E trará o novilho à porta da tenda dacongregação, perante o SENHOR, e porá a sua mão sobre a cabeça do novilho, edegolará o novilho perante o SENHOR.Cada classe do pessoas tinha várias ordenanças para executar:Os pecados do sumo sacerdote requeriam o oferecimento de umtouro, e o sangue não era vertido no altar mas aspergido do dedo dosumo sacerdote 7 vezes no altar. Então a gordura era queimada, e orestante era queimado (nunca comido) fora do arraial "em um lugarlimpo" onde o sacrifício era feito e as cinzas se despejavam.Lev 4:12 "Enfim, o novilho todo levará fora do arraial a um lugar limpo, onde se lança acinza, e o queimará com fogo sobre a lenha; onde se lança a cinza se queimará."
  29. 29. Os pecados dos líderes requeriam o oferecimento de um bode. Osangue era aspergido somente uma vez, e o restante era vertido aoredor do altar como com o oferecimento queimado.Os pecados do povo requeriam animais fêmeas, cabras, cordeiros,rolas, ou pombos e no caso de ser muito pobre, um oferecimento degrãos era aceitável só como um oferecimento de manjares.Os pecados não intencionais eram difíceis identificar e poderiamacontecer a qualquer hora, e então os sacerdotes trabalhavam deperto como mediadores com Deus e o povo, e instruíam as pessoassobre como eles buscariam ao Senhor. No caso de qualquer pecadocuja oferta não foi trazida diante do Senhor, havia ofertas para anação e para o sumo sacerdote que os cobriam de um modo coletivo.No Dia da Expiação (Yom Kippur) o sumo sacerdote aspergia sangueno propiciatório para os seus próprios pecados e pelos pecados danação.As Ofertas pela CulpaA Oferta pela culpa era bem parecida com a oferta pelo pecado, mas adiferença principal era que a oferta pela culpa era uma oferta emdinheiro para pecados de ignorância relacionados à fraude. Porexemplo, se alguém enganasse sem querer a outro por dinheiro oupropriedade, o sacrifício dele devia era ser igual à quantia levada,mais um quinto para o sacerdote e para o ofendido. Então elereembolsou a quantia levada mais 40%.Lev 6:5-7 " Ou tudo aquilo sobre que jurou falsamente; e o restituirá no seu todo, e aindasobre isso acrescentará o quinto; àquele de quem é o dará no dia de sua expiação. E asua expiação trará ao SENHOR: um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tuaestimação, para expiação da culpa trará ao sacerdote; E o sacerdote fará expiação porela diante do SENHOR, e será perdoada de qualquer das coisas que fez, tornando-seculpada. "
  30. 30. A Tradição Judaica - O Tratamento dos AnimaisEmbora o Senhor prescrevesse a matança de animais para sacrifício e para comida, otratamento dos animais é de importância extrema no Judaísmo. O Talmude descrevecom cuidado as minúcias e o detalhe de como um animal seria sacrificado para comida,e os regulamentos são principalmente determinados por causa do desejo deproporcionar como possível uma morte indolor . O matador não podia ser um surdo-mudo, ou um menor de idade, e ele devia ser de mente sã (Chul. 1. 1). A faca deve serperfeitamente lisa sem o mais leve entalhe, e "a faca deve ser testada sobre seus trêslados na carne do dedo e na unha " (ibid. 17b).Há cinco causas de desqualificação (ibid. 9a). [1] Demora (Heb. shehiyah), deve haver umcontínuo movimento para frente e para trás da faca sem qualquer interrupção. [2]pressão (Heb. derasah), o corte deve ser feito com suavidade, sem o exercício dequalquer força. [3] inserir (Heb. chaladah), a faca não deve ser inserida na carne, maspuxada transversalmente pela garganta. [4] penetrar (Heb. hagramah), o corte não deveser feito, exceto por uma seção prescrita do pescoço. [5] rasgar (Heb. ikkur), o cortedeve ser feito sem deslocar a traquéia ou garganta. Qualquer uma destas ações faria oanimal impróprio para consumo, porque teria infligido dor no animal.O Judaísmo ensina formalmente o cuidado dos animais, e um amor e respeita para comeles. Eles deviam ser alimentados corretamente (pág. Jeb. 14d), e "um homem não devecomer a comida dele antes de dar comida ao seu gado" (Ber. 40a). Isto foi retirado dasEscrituras:Deut 11:15 " E darei erva no teu campo aos teus animais, e comerás, e fartar-te-ás."O Judaísmo ensina o homem a ser grato pelos animais, porque eles são como modelospara os homens imitar. "Se o Torah não sido dado a nós para nossa direção, nós nãopoderíamos aprender a modéstia do gato, a honestidade da formiga, a castidade dapomba, e os modos do galo" (Erub. 100b). O Senhor ensinou a Moisés ter cautela com asovelhas antes de ele se ocupar em conduzir os membros do seu povo (Exod. R 11.2)
  31. 31. Um Tipo de CristoToda oferta é um quadro claro de Cristo. Cada uma das 5 ofertas deLevítico apontavam à Cristo, e Ele era cada uma delas.A Expiação pelo Sanguesta é talvez a verdade mais difícil do ser humano aceitar,a de que a vida de uma vítima inocente seria sacrificadaem nome do culpado. Para entender isto completamentenós precisamos voltar para o jardim do Éden no Livro deGênesis.1. Adão Entrega a Coroa Para o DiaboO Senhor criou o homem à Sua imagem. Não porque Deus se pareceum homem ou com uma mulher. De acordo com Lucas 24:39, Deusnão tem um corpo mas Ele é um Espírito eterno. (Jo 4:24). Adão e Evaforam criados como seres de natureza espiritual, imortais, eternos.Naquele estado, era impossível para eles deixarem de existir. Adãoteve domínio absoluto e autoridade com só uma restrição, não comerda árvore do conhecimento do bem e do mal. Tudo o que voou,nadou, e rastejou estava debaixo do domínio de Adão. Quando aserpente entrou no jardim, também estava debaixo dos pés daautoridade de Adão . Adão permitiu esta serpente (Heb. Nachash, "oenvenenador" ) dialogar com a mulher (sua esposa) que é proibidonas Escrituras. Nem sequer Cristo falou com o diabo, pois isso osujeitaria à vontade ao diabo.Naquele estado perfeito de controle e domínio, Adão permitiu que asua esposa dialogasse com esta criatura que estava debaixo de suaautoridade, a qual chamou a Deus de mentiroso, e em nenhummomento, em quaisquer dessas fases do pecado, Adão notou que osseus olhos e os de sua esposa estavam sendo abertos. É importante anota de que ele não estava neutro, escolhendo a fruta, mas estava"com ela" quando ela foi enganada:
  32. 32. Gen 3:6 "E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos,e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também aseu marido, e ele comeu com ela."Paulo, o apóstolo, deixou também muito claro que Adão não foienganado:1 Tim 2:14 "E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu emtransgressão."Adão soube exatamente o que ela estava fazendo, e como elaescolheu pecar, Adão que estava com ela também escolheu pecar emorrer por causa do amor dele para com sua mulher (um tipo deCristo). Mas fazendo isto, ele deu literalmente ao diabo a coroa depoder espiritual e de domínio que ele possuiu anteriormente, e colocouisto na cabeça do Nachash. À partir daquele instante, a morte esatanás passaram a dominar legalmente. Neste ponto, em 2 Cor 4:4,Satanás é denominado como o "deus deste mundo". A palavramundo no grego é interessante, significa "cosmos" que literalmentesignifica "o sistema mundial". Alguém pode perguntar, "Onde, naEscritura diz que Adão deu a coroa de autoridade ao diabo? " Aresposta está na tentação de Jesus em Lucas 4:Lucas 4:5-8 "E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempotodos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a suaglória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu meadorares, tudo será teu. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te para trás de mim,Satanás; porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás."2. O Plano de DeusAssim o mundo inteiro ficou desesperadamente mergulhado emescuridão e morte. Embora Adão e Eva só houvessem morridofisicamente muitos anos depois, foi a morte espiritual que veioprimeiro, como Deus os tinha advertido, "no dia em que dela comeres,certamente morrerás.". Morte significa separação de Deus. Eles nãoconheciam a morte, mas eles souberam que Deus havia dito "Não" equando eles desobedeceram a Deus, a morte passou a reinar emseus espíritos e corpos. Seus espíritos eram a parte eterna, e a parte
  33. 33. deles que tomou conhecimento de Deus, estavam agora cheios deescuridão e de morte reinando neles, contudo em Gênesis 3, onde aqueda aconteceu, no verso 15 Deus dá a primeira luz de profeciamessiânica onde ele prediz "Aquele que virá" (Heb. Haba):Gen 3:15 "E porei inimizade (guerra) entre ti (satanás) e a mulher (o Israel), e entre a tuasemente (Gênero humano) e a sua semente (Messias); esta te ferirá a cabeça, e tu lheferirás o calcanhar."Este verso é muito importante para se lembrar, porque é a primeiramenção da linha de escarlata da redenção de Deus, e de como aspromessas são reveladas ao longo da história de Israel (O AntigoTestamento) e termina na cruz do Calvário, quando o sangue doCordeiro de Deus é derramado. Assim Gênesis 3:15 é o ponto departida, quando Deus lança de Sua primeira promessa dAquele queum dia virá, o Messias, que transformará tudo. Em todas as épocas,as pessoas estavam a esperar por Ele.Assim, Adão e Eva ao desobedecer, mergulharam todo o gênerohumano em escuridão, e trazendo neles a natureza caída, e tudoaquilo que a árvore personificava, que era a natureza rebelde deSatanás. Daquele ponto em diante é o epitáfio da humanidade:Isa 53:6 Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava peloseu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.Rom 3:23 Tudo pecaram destituídos estão da glória de Deus.O gênero humano inteiro é categorizado como esses, que buscam oseu próprio caminho. Em Romanos 8:2 Paulo fala sobre "a leiespiritual de pecado e morte". Assim quando Adão e Eva pecaram,naquele momento eles estavam nus, perdidos, em total escuridão emortos espiritualmente, eles estão limitados, e em um novo reino,escravos dos seus desejos e com a natureza rebelde de Satanás ahabitar neles. Mas neste momento algo acontece.
  34. 34. 3. O SangueNeste momento Deus lhes dá vestes, através do sangue de um animalinocente:Gen 3:21-24 "E fez o SENHOR Deus a Adão e à sua mulher túnicas de peles, e os vestiu.Então disse o SENHOR Deus: Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e omal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma eviva eternamente, o SENHOR Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar aterra de que fora tomado. E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente dojardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminhoda árvore da vida."Note que Ele os vestiu com túnicas de "pele", e que houve umsacrifício para vestir a ambos. A palavra vestidos fala de expiação pelosangue. Eles nunca tinham visto qualquer coisa morrer, e eles viramDeus, o doador da vida, sacrificando uma vida, porque quando Deusos vestiu, Ele tinha sacrificado um animal inocente para fazer isto, eeles souberam que a partir daí, eles só poderiam se aproximar deDeus somente através do sangue de um substituto, porque estesubstituto era um tipo do Cordeiro de Deus que estava por vir. Desteponto em diante, qualquer pessoa só pode se aproximar de Deus pelosangue. Este seria o meio de redenção. Sem o sangue não havianenhum outro meio possível para o homem ser salvo. Não importaquão bom ele seja.Lev 17:11 "Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre oaltar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiaçãopela alma."Sangue (Heb. dam) é vida, e a vida é o sangue. Quando o sangue éderramado, uma vida é derramada. O sangue se torna o veículo deredenção ao longo da Bíblia inteira. Se você não puder entender osangue, você não pode entender a Jesus. Jesus não veio curar odoente, Ele fez isto com sua vida. Ele veio e determinou a si mesmo, irpara Jerusalém, e morrer. Jesus disse, "Para esta causa eu vim."
  35. 35. João 10:18 "Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para adar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai."Jesus veio por uma razão, derramar o sangue dele. Lembre-se, Jesusveio restaurar o que Adão e Eva haviam perdido.1 Cor 15:21-22 "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreiçãodos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assimtambém todos serão vivificados em Cristo."Quando João Batista viu Jesus, ele disse, "Eis o Cordeiro de Deus quetira o pecado do mundo ". Por que João chamou Jesus de O Cordeirode Deus? Porque o cordeiro era o animal cujo sangue foi derramadoem lugar do pecador. Todo ser humano era culpado de pecar e osalário do pecado é a morte, e plano de Deus era que o sacrifício deum inocente sem pecado cobriria a culpa de muitos pecadores.Deus é santo. O Céu é santo. Tudo o que está perfeito e justo napresença de Deus. Adão e Eva deveriam ter sido destruídos pelo anjodo juízo de Deus, "O Querubim," contudo as suas espadas foramsuspensas porque Deus, em Seu amor lhes permitiu contemplar osangue precioso. Veja a espada de juízo descendo sobre Adão e Eva,e no último momento, Deus revela que, em sua onisciência, já haviapreparado um substituto de forma que a espada pararia o seu curso ecairia sobre ele. Cai sobre aquele substituto toda a justiça, e Adão eEva poderiam ir livres. Pense nisto como uma dívida, e que era tempoda dívida ser paga, e no último minuto alguém paga isto por completo.Mas há algo mais que Deus quer que o homem saiba sobre o sangue.4. O Sangue - Um Significado mais ProfundoQuando nós olhamos Gênesis 9, precisamos nos lembrar de que Deusinstituiu um plano, chamou o plano de redenção pelo sangue, e nós
  36. 36. vamos começar a ver sangue por todo o Antigo Testamento. Desde oprincípio, haviam aqueles que não concordaram e chamaram isto de"a religião do matadouro" , mas Deus ainda está advertindo do mesmomodo que ele advertiu Caim. Assim, vemos o sangue ao longo doAntigo Testamento em todos os lugares. Em certos momentos durantea celebração da Páscoa haviam mais de 250.000 cordeirossacrificados por todos os lados, com sangue, por todo o Templo, efluiu tanto sangue como o riacho Cedron, que foi chamado de uma"visão horrorizante." Vendo o cordeiro que em casa, se tornou umanimal de estimação por quatro dias, e depois, assistir a isto: golpes egritos, e então ele é sido sacrificado na presença da família, e para ascrianças era uma lição, um legado que as marcaria para sempre.Pode nos fazer encolher, ver uma garganta de animais ser cortada,mas é a nossa garganta que merecia ser cortada. Aquele animalestava nos representando. Deus nos amou, e por sua graça, proveupara nós um meio pelo qual a sua justiça seria completamentesatisfeita, e não seria executada em nós. Deus tinha permitido que amedida da sua justiça se completasse nisto, não um pouco, mascompletamente. O substituto "suportaria" o juízo que pertenceu aopecador, e "identificaria com a sua condição ", porque, literalmente "sefez pecado " Deus só pretendia que os pecados do povo estivessemnele, mas aquele animal aos olhos de Deus se tornou a mesmanatureza pecadora odiada, e o juízo cheio de Deus caiu sobre ele.Lembra-se do que a Escritura diz de Jesus?2 Cor 5:21 " Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nelefôssemos feitos justiça de Deus."Jesus não suportou somente um pouco dos nossos pecados, mas, Elese tornou a mesma coisa pútrida, odiada que havia dentro de Adão, eque o separou de Deus. Quando Cristo se tornou pecado e seidentificou completa e totalmente com a condição de homem caído,Ele não suportou somente os nossos pecados, mas, Ele suportou todaa natureza do pecado, e Ele a suportou para se identificarcompletamente com a nossa condição. E quando Cristo se identificoucom a nossa condição, Ele se tornou o "objeto da Ira ". Todo o juízode Deus foi posto nEle, e por isso não é nenhuma maravilha queJesus bradou em alta voz , " Eli, Eli, sabactâni" o que significa "Meu
  37. 37. Deus, Meu Deus, por que me desamparaste?" porque Ele literalmentese tornou pecado para o mundo. Todo pecado, passado, presente, efuturo, todo pecado que foi ou que será, estava naquele instante sobreEle.1 Cor 15:21-22 "Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreiçãodos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assimtambém todos serão vivificados em Cristo."Assim, ao longo do Antigo Testamento, quando eles sacrificavam umcordeiro, quando a penalidade recaía completamente no substitutoinocente, e o homem, que era o verdadeiro culpado, já não eranenhum pouco culpado, porque o preço do pecado foi pago. Elepoderia proclamar que ele estava perdoado, e que a dívida foiliquidada, até que pecasse novamente, e então ele viria novamente acada vez, e uma vez por ano no Yom Kippur, onde todos os pecadosda nação eram expiados. Claro que isto era ano a ano, todos os anos,até que veio o Cordeiro de Deus, Jesus Cristo, e levou o pecado parasempre.5. Restrições do SangueComo nós vemos em Gênesis 9, notamos que depois do dilúvio Deuspermitiu que o homem comesse carne animal. Noé e sua família (8pessoas) sobreviveram ao dilúvio. Noé fez um sacrifício, e então Deusdisse:Gen 8:20-9:3 "E edificou Noé um altar ao SENHOR; e tomou de todo o animal limpo e detoda a ave limpa, e ofereceu holocausto sobre o altar. E o SENHOR sentiu o suavecheiro, e o SENHOR disse em seu coração: Não tornarei mais a amaldiçoar a terra porcausa do homem; porque a imaginação do coração do homem é má desde a suameninice, nem tornarei mais a ferir todo o vivente, como fiz. Enquanto a terra durar,sementeira e sega, e frio e calor, e verão e inverno, e dia e noite, não cessarão.E abençoou Deus a Noé e a seus filhos, e disse-lhes: Frutificai e multiplicai-vos e encheia terra. E o temor de vós e o pavor de vós virão sobre todo o animal da terra, e sobretoda a ave dos céus; tudo o que se move sobre a terra, e todos os peixes do mar, nasvossas mãos são entregues. Tudo quanto se move, que é vivente, será para vossomantimento; tudo vos tenho dado como a erva verde."Note que Deus permitiu que o homem comesse carne animal. Atéentão eles eram vegetarianos. Mas, note que Deus começa a darinstruções restritivas, com relação ao sangue:
  38. 38. Gen 9:4 " A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis."Gen 9:6 " Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue seráderramado; porque Deus fez o homem conforme a sua imagem."Desde então, o sangue não poderia ser comido, e nem poderia serderramado. Também em Levítico:Lev 17:10 " E qualquer homem da casa de Israel, ou dos estrangeiros que peregrinamentre eles, que comer algum sangue, contra aquela alma porei a minha face, e aextirparei do seu povo."Lev 7:26-27 " E nenhum sangue comereis em qualquer das vossas habitações, quer deaves quer de gado. Toda a pessoa que comer algum sangue, aquela pessoa seráextirpada do seu povo."Por que Deus deu ordens tão restritas sobre não comer ou nãoderramar sangue? Porque o sangue era o instrumento de redenção.Era santo, rigidamente separado. Deus teve que dizer literalmente queEle mataria qualquer um que comesse sangue. Ele santificou osangue, e fez com que o sangue fosse assim limitado, para que emtodo o mundo ele fosse tratado com reverência. Até mesmo durante operíodo menstrual da mulher, ela era considerada imunda, e não podiaser tocada nem sequer pelo seu marido, antes da sua purificação. Atémesmo após dar à luz, havia restrições por causa de contato com osangue.Assim por que Deus pôs tal proibição no sangue? Por que Ele pôs talrestrição, em toda possibilidade de contato com ele? Porque o sangueera o meio de redenção. O sangue não podia ser manuseado emqualquer outro contexto, a não ser o do sacrifício. Deus estabeleceu osangue separadamente como uma coisa santa.6. A Fé e o Sangue
  39. 39. Não bastava só trazer uma vítima substituta. Era necessário derramaro seu sangue de modo correto e colocar corretamente a sua gordurano altar. Lembra-se de Abel e Caim? Caim ficou transtornado porqueele pensou ser uma pessoa melhor que seu irmão, e ainda mais,porque Deus aceitou o sacrifício de Abel. Caim era uma pessoamelhor que Abel em todos os sentidos, afinal de contas, ele apareceupara trazer uma oferta primeiro. Ele mostrou o primeiro ato dedevoção religiosa. Mas Abel que clama à Deus acerca da indignidade,aproximou-se dele com o sangue de um substituto. Qual seriajustificado? Qual Deus aceitaria? Caim trouxe o fruto do solo. Caimtrouxe o melhor das suas boas obras e foi rejeitado por Deus. Não hánenhuma boa obra em um homem apartado de Jesus Cristo. Abelsoube que ele era indigno, e por isso que, pela fé ele trouxe umsubstituto. Note o que diz em Hebreus 11:Heb 11:4 " Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançoutestemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depoisde morto, ainda fala."Não era porque ele trouxe do modo ritualmente correto, fazendo acoisa certa, mas foi a atitude dele. Note que diz, "Pela fé Abelofereceu a Deus um sacrifício mais excelente, " ele soube que elemerecia morrer e que o Senhor na Sua misericórdia, proveu umsubstituto para ele. Era a condição do coração. Não era o atocerimonial do Antigo Testamento que justificava e trazia perdão, mas aaceitação do ritual adicionada à fé.Somente o Ritual, com a atitude errada nunca foi aceito. Lembra-sequando Jesus condenou as cerimônias e tradições dos fariseus?Imagine que o Messias a tanto esperado, tinha finalmente chegado àIsrael e os líderes do Judaísmo estavam tão endurecidos e cegadosem seus costumes, que eles perderam tudo completamente. Jesusdisse a eles, "Não me verás novamente até venha a dizer, Bendito éAquele que vem em nome do Senhor ".
  40. 40. É duro para a pessoa religiosa, que dedica-se severamente aos seusrituais e obras de caridade, aceitar o fato de que Deus aceita o maismiserável pecador, que, porém, vem com um coração justo, umcoração de fé. O amor de Deus cobre uma multidão de pecados.Ao longo de toda a história, e igualmente hoje, é a atitude de fé que oSenhor deseja. É um coração que verdadeiramente acredita naspromessas de Deus, não importando o quão ruim ele tenha sido. Nãoimporta qual a profundidade do pecado no qual ele tenha caído.Quando um Israelita trazia um cordeiro, Deus não queria apenas acerimônia. Ele não queria um ritual formal. Ele queria um coraçãoconfiante nas promessas mantidas por Deus. É por isso que o louvorera sempre uma parte do sacrifício. Você não pôde louvar a Deusverdadeiramente, de coração, a menos que você soubesse que foiperdoado.Se você fosse bater o ombro de um dos Israelitas ao altar e lheperguntar, "Por que você está aqui?" Se ele era um homem de fé elediria: "porque eu sou um pecador e mereço morrer, mas o Senhor meuDeus, Bendito seja, me deu um meio, chamado de Sua Lei, e deacordo com a lei cerimonial, este animal, quando eu coloco minhamão em sua cabeça, torna-se eu, e eu me torno tão inocente como eleé, e a sua inocência torna-se minha, o meu julgamento torna-se dele,e quando eu o mato, eu percebo que era eu quem deveria ser morto,mas por causa daquilo que Deus disse, eu sou perdoado".Sempre haviam essas pessoas que, há pouco passaram por estessinais, e nunca compreenderam a misericórdia de Deus. Eles levavamo animal como perfeitamente justos, punham as suas mãos comojustos, cortavam sua garganta como justos, punham seus pedaços noaltar como justos, e olhavam para o sujeito ao lado vendo suas falhas,porém o coração estava errado, e ele então, era rejeitado por Deus. Oolho desnudo mostra apenas duas pessoas idênticas, porque nósolhamos o exterior, porém, Deus vê o interior.Jesus falou acerca desses dois homens. Um construiu a sua casa em
  41. 41. uma fundação de pedra e o outro construiu a sua em uma fundaçãode areia. Ambas as casas eram iguais, contudo elas foram construídasem duas fundações diferentes. Mas você não percebe, até que vem ojuízo.A Fé age simplesmente pelas promessas de Deus. "Eu acredito noque Tu disse e eu recebo Teu perdão.Heb 11:1 "ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova dascoisas que se não vêem."O Santo dos SantosVamos agora para o Santo dos Santos, um pequeno cômodo de 10cúbitos x 10 cúbitos (5 x 5m) separado do Santo Lugar pelo véu. Alihavia uma peça da mobília remissória, a Arca da Aliança, com seupropiciatório. Ali não havia nenhuma luz natural como a do sol, enenhuma luz artificial, mas a própria Glória de Deus a "Shekinah "iluminava o Lugar Santíssimo.Não havia ali nenhum assento para o homem, aqui, Jeová sentou-sesó, no trono de glória e justiça. Como o Sumo Sacerdote entrava umavez ao ano, ele entrava com cabeça curvada, pés descalços, e sinos.Nenhuma voz humana era ouvida, só a voz de Deus.
  42. 42. Querubins (plural de querubim) são seres angelicais do reino celestial.Eles são sempre associados com a santidade de Deus. Quando Adão pecou, Deuscolocou querubins na entrada do Jardim do Éden para guardar o caminho para a Árvoreda Vida. Eles representam o justo governo de Deus, e são executores da justiça de Deuse dos seus santos julgamentos. Os Querubins são revelados por Ezequiel no capítulo1:5-10 como quatro seres viventes, cada um tendo 4 diferentes faces, a face de umhomem, leão , boi, e águia.O QuerubimQuerubins (plural de querubim) são seres angelicais espirituais doreino celestial.Eles são sempre associados com a santidade de Deus. Quando Adãopecou, Deus colocou querubins na entrada do Jardim do Éden paraguardar o caminho para a Árvore da Vida.- Eles representam o governo justo de Deus, e são os executores dajustiça de Deus.Gen 3:22-24 .."Então disse o SENHOR Deus: ..Eis que o homem é como um de nós,sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvoreda vida, e coma e viva eternamente; o SENHOR Deus, pois, o lançou fora do jardim doÉden, para lavrar a terra de que fora tomado. E havendo lançado fora o homem, pôsquerubins ao oriente do jardim .do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor,para guardar o caminho da árvore da vida."A sua representação no tecido, ao redor e acima do Santo dos Santos,salienta a justiça de Deus, e aqueles que O servem em perfeitasantidade.
  43. 43. - Ezequiel dá uma descrição dos querubins em sua visão:Ez 1:4-14 " Olhei, e eis que um vento tempestuoso vinha do norte, uma grande nuvem,com um fogo revolvendo-se nela, e um resplendor ao redor, e no meio dela havia umacoisa, como de cor de âmbar, que saía do meio do fogo. E do meio dela saía asemelhança de quatro seres viventes. E esta era a sua aparência: tinham a semelhançade homem. E cada um tinha quatro rostos, como também cada um deles quatro asas. Eos seus pés eram pés direitos; e as plantas dos seus pés como a planta do pé de umabezerra, e luziam como a cor de bronze polido. E tinham mãos de homem debaixo dassuas asas, aos quatro lados; e assim todos quatro tinham seus rostos e suas asas.Uniam-se as suas asas uma à outra; não se viravam quando andavam, e cada qualandava continuamente em frente. E a semelhança dos seus rostos era como o rosto dehomem; e do lado direito todos os quatro tinham rosto de leão, e do lado esquerdo todosos quatro tinham rosto de boi; e também tinham rosto de águia todos os quatro. Assimeram os seus rostos. As suas asas estavam estendidas por cima; cada qual tinha duasasas juntas uma a outra, e duas cobriam os corpos deles. E cada qual andava paraadiante de si; para onde o espírito havia de ir, iam; não se viravam quando andavam. E,quanto à semelhança dos seres viventes, o seu aspecto era como ardentes brasas defogo, com uma aparência de lâmpadas; o fogo subia e descia por entre os seresviventes, e o fogo resplandecia, e do fogo saíam relâmpagos; E os seres viventescorriam, e voltavam, à semelhança de um clarão de relâmpago."Ez 10:1 " DEPOIS olhei, e eis que no firmamento, que estava por cima da cabeça dosquerubins, apareceu sobre eles uma como pedra de safira, semelhante a forma de umtrono."- João em Apocalipse também relata uma visão dos querubins:Ap 4:6-8 " E havia diante do trono como que um mar de vidro, semelhante ao cristal. Eno meio do trono, e ao redor do trono, quatro animais cheios de olhos, por diante e pordetrás. E o primeiro animal era semelhante a um leão, e o segundo animal semelhante aum bezerro, e tinha o terceiro animal o rosto como de homem, e o quarto animal erasemelhante a uma águia voando. E os quatro animais tinham, cada um de per si, seisasas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dianem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era,e que é, e que há de vir. "Os dois querubinsEx 25:18-20 " Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duasextremidades do propiciatório. Farás um querubim na extremidade de uma parte, e ooutro querubim na extremidade da outra parte; de uma só peça com o propiciatório,fareis os querubins nas duas extremidades dele. Os querubins estenderão as suas asaspor cima, cobrindo com elas o propiciatório; as faces deles uma defronte da outra; asfaces dos querubins estarão voltadas para o propiciatório."
  44. 44. - Eles representam o juízo de Deus.- A sua posição indica o juízo de Deus sobre Israel estava desviadopor causa do sangue aspergido no propiciatório.- Os querubins são revelados por Ezequiel no capítulo 1:5-10 como 4seres viventes, cada um tendo 4 diferentes faces, a face de umhomem, leão, boi, e águia.Homem- Esta face fala da mente, razão, afeições,e todas as coisasque envolvem a natureza humana.Leão- O leão sempre foi reconhecido como forte, feroz, e majestoso.Ele é o rei dos animais.Pv 30:30 "O leão, o mais forte entre os animais, que não foge de nada;"Pv 20:2 " Como o rugido do leão é o terror do rei; o que o provoca à ira peca contra a suaprópria alma."Boi- O boi é reconhecido como um animal que trabalha pacientementepara seu dono. Ele é forte, podendo carregar um urso, e conhece oseu dono.Pv 14:4 " Não havendo bois o estábulo fica limpo, mas pela força do boi há abundânciade colheita."Sl 144:14 " Para que os nossos bois sejam fortes para o trabalho; para que não haja nemassaltos, nem saídas, nem gritos nas nossas ruas."Is 1:3 " O boi conhece o seu possuidor, e o jumento a manjedoura do seu dono; masIsrael não tem conhecimento, o meu povo não entende. "Águia - Como um anjo, este pássaro voa acima das tempestades,enquanto abaixo delas existem tristezas, perigos, e angústias. Umpássaro ligeiro e poderoso, elegante, incansável.Pv 30:18-19 "Estas três coisas me maravilham; e quatro há que não conheço: O caminhoda águia no ar; o caminho da cobra na penha; o caminho do navio no meio do mar; e ocaminho do homem com uma virgem."Is 40:31 "Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas comoáguias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão."Sl 103:5 " Que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como ada águia."Ex 19:4 " Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, evos trouxe a mim;"
  45. 45. Ez 17:3 " E disse: Assim diz o Senhor DEUS: Uma grande águia, de grandes asas, deplumagem comprida, e cheia de penas de várias cores, veio ao Líbano e levou o maisalto ramo de um cedro."Os 8:1 " PÕE a trombeta à tua boca. Ele virá como a águia contra a casa do SENHOR,porque transgrediram a minha aliança, e se rebelaram contra a minha lei."O Acampamento de IsraelMoisés haviam aproximadamente 600.000 homens etambém mulheres e crianças que deixaram o Egito noêxodo. Eles saíram do Egito em grau e registraram comoforam as suas jornadas no deserto e o acampamento dasdoze tribos ao redor do Tabernáculo, em locaisespecificados pelo Senhor.<Ex 12:37-38 "Assim partiram os filhos de Israel de Ramessés para Sucote, cerca deseiscentos mil a pé, somente de homens, sem contar os meninos. E subiu também comeles muita mistura de gente, e ovelhas, e bois, uma grande quantidade de gado."As Doze TribosCada uma das doze tribos teve uma área específica do acampamentopara habitar. Quando os seus antepassados tinham partido ao sulrumo ao Egito aproximadamente 400 anos antes, eles tinhamconstituído uma família de doze tribos, cada uma encabeçada por umdos filhos de Jacó, que foi chamado por Deus de Israel. Enquantoeram escravos no Egito, eles preservaram as suas divisões familiares,e durante os anos as famílias dos doze filhos transformaram-se emfamílias tribais ou tribos. Um bom exemplo está em Josué:Js 7:14 " Amanhã, pois, vos chegareis, segundo as vossas tribos; e será que a tribo queo SENHOR tomar se chegará, segundo as famílias; e a família que o SENHOR tomar sechegará por casas; e a casa que o SENHOR tomar se chegará homem por homem."As suas PosiçõesAs doze tribos, em grupos de três, eram divinamente colocadas a umacerta distância ao redor do tabernáculo. Quatro das tribos - Judá,Rúben, Efraim e Dã - foram reconhecidas como líderes tribais. Cada
  46. 46. uma teve seu próprio estandarte ou bandeira que os identificava comocabeça das tribos, enquanto as outras tribos tiveram suas insígnias,uma bandeira menor.É importante notar que o Jacó (o patriarca das 12 tribos) tinhaprofetizado que a posição sênior em sua família pertenceria à tribo deJudá:Gen 49:10 "O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até quevenha Siló; e a ele se congregarão os povos."Judá ocupou a maior área que estava na face oriental da entrada dotabernáculo, atrás das tendas de Arão. À sua direita, estava a tribo deIssacar e ao outro lado Zebulom. O próprio tabernáculo sempre foiencontrado no centro do acampamento, com as tendas das váriastribos dispostas à uma certa distância. Judá (com Issacar e Zebulom)numerou 186.400 homens. Rúben (com Simeão e Gade) estava aosul com 151.450 homens. À Oeste estava Efraim (com Manassés eBenjamim) numerando 108.100 homens. Ao norte estava Dã (comAser e Naftali) numerando 157.600 homens. Isto trouxe uma somatotal de 603.550 homens acima de vinte anos. Não incluindo a tribo deLevi.Num 2:2 "Os filhos de Israel armarão as suas tendas, cada um debaixo da sua bandeira,segundo as insígnias da casa de seus pais; ao redor, defronte da tenda da congregação,armarão as suas tendas."Cada tribo teve uma bandeira específica:A Tradição JudaicaA Tradição Judaica acredita que as bandeiras das tribos eram como se segue:Judá- Leste (Leão de ouro com fundo escarlate).Efraim - Oeste (Boi negro em fundo dourado).Rúben- Sul (Homem em dourado).Dã- Norte (Águia dourada em fundo azul).
  47. 47. A Tribo de Levi (A Tribo Consagrada)Embora existam as doze tribos de Israel, nós notamos que existemtreze nomes quando identificamos as suas posições no acampamento.Isso é por causa do privilégio especial dado à tribo de Levi quandoeles apoiaram Moisés e se colocaram ao seu lado e "ao lado doSenhor", quando Israel se rebelou. Daquele momento em diante elesforam ordenados separados para o serviço do Senhor e estabelecidoscomo a tribo sacerdotal.Isto teria deixado apenas onze tribos, mas a grande tribo de José queconsistia em seus filhos Efraim e Manassés, foi dividida em duas.Cada um foi considerado como uma tribo individual. A tribo de Levinão só fôra leal, ao envolver-se em um ato de dedicação, mastambém em um de substituição. Naquela noite de terror no Egito,quando foram mortos os primogênitos de todas as famílias egípcias,os primogênitos dos filhos de Israel foram preservados porque umcordeiro morreu em substituição para com eles. Assim que istoaconteceu, Deus chamou Moisés para consagrar todos osprimogênitos, e os que nasceriam no futuro, para o serviço dEle. Elestinham sido salvos da morte enquanto aqueles ao redor deles haviammorrido. Dali em diante, eles seriam separados para o serviço deDeus.Mas quando os Levites foram escolhidos como a tribo consagrada,eles tomaram o lugar de cada primogênito das famílias de Israel, emum ato de substituição.Moisés e o seu irmão Arão dele pertenciam à tribo de Levi, o terceirofilho de Jacó. Levi teve três filhos; Gerson, Coate, e Merari. Moisés eseu irmão vieram da família de Coate. Tendo escolhido Moisés paraser o líderdo Seu povo, Deus deu uma maior honra à família de Coate,escolhendo Arão para ser o primeiro dos seus sacerdotes, e emseguida somente os descendentes de Arão poderiam servir comosacerdotes e representar o povo de Deus.
  48. 48. O restante dos homens de Levi, conhecidos como Levitas, foramencarregados com o cuidado do santuário. Esta era uma tarefa santaque ninguém mais em Israel pôde participar. Apenas os Levitaspoderiam levar o tabernáculo e a sua mobília quando o acampamentoestava em marcha. Quando eles repousavam, somente elestrabalhavam para montar o santuário, e ajudar os sacerdotes (os filhosde Arão) em seu trabalho.O Acampamento dos LevitasAcampados logo após o tabernáculo estavam as tendas dos Levitas.O Levitas executavam os deveres sacerdotais e então erammediadores entre Deus e o povo. A tribo de Levi foi dividida em quatrofamílias. As suas tendas ficavam entre o tabernáculo e o povo, umafamília em cada lado. Os Coatitas no lado sul com 8.600 homens. OsGersonitas ao ocidente com 7.500 homens. O Meraritas ao lado nortecom 6.200 homens. Ao lado oriental estavam as tendas de Moisés,Arão o sumo sacerdote, e os sacerdotes, filhos de Arão.Deus estava acampado no centroUm Tipo de Cristo e do seu povoDeus acampa com o seu povo. O plano de Deus sempre foi de morarem nós e ser o nosso Deus. Ele nos conduz, ele nos quer e Ele fala anós com a voz suave de um marido que está desesperadamenteapaixonado pela sua noiva. As bandeiras de cada tribo apontavampara a real bandeira de Deus, Jesus Cristo. As quatro faces e asquatro cores falam dEle. Ele é o nosso estandarte. O Senhor échamado Jeová Nissi (O Senhor é a nossa bandeira). Como o Levitasse levantavam entre o homem e Deus, assim Jesus Cristo se levantaentre o homem e um Deus santo e irado, para ser um Mediador, etrocar a vingança pela clemência. O cristão nunca verá a ira da partede Deus. Ele é nosso Pai, nosso Marido e nosso Amigo.
  49. 49. João 17:22-23 " E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nóssomos um.Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundoconheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado amim."João 6:28-29 "Disseram-lhe, pois: Que faremos para executarmos as obras de Deus?Jesus respondeu, e disse-lhes: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que eleenviou. "Heb 7:22-25 " De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador. E, na verdade, aqueles foramfeitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos depermanecer, mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendosempre para interceder por eles."OCIDENTEMANASSÉS EFRAIM BENJAMIMGERSONITASSULGADERÚBENCOATITASSIMEÃO..........................NAFTALIDÃMERARITASASER.........................NORTE
  50. 50. MOISÉS...ARÃO...SACERDOTESISSACAR JUDÁ ZEBULOMORIENTEAserA Tribo de AserCenso. Na época da migração para o Egito, enquanto José ainda estavaregendo o Egito, sua família prosperou, e no Êxodo a tribo da Aser sãocontados 41.500 homens adultos (Nm 1:41). No segundo censo o número é de53.400 (Nm 26:47)Posição. Aser estava no lado norte do tabernáculo, com Dã e Naftali.Estandarte. O estandarte da tribo era branco e vermelho e a insígnia era a daáguia, o grande inimigo das serpentes.Viajando. "Todos os que foram contados no exército de Dã (Naftali e Aser)foram cento e cinqüenta e sete mil e seiscentos; estes marcharão em últimolugar (quarto), segundo as suas bandeiras." (Nm 2:31).Representantes. O príncipe da tribo que é Pagiel o filho de Ocrã (Nm 2:27).Notas interessantes. Os Aseritas nunca tiveram sucesso em expulsar oshabitantes dos lugares altos , os fenícios - como Tiro, Sidom, e Aco (Jz 1:31-32), que estavam em seu território.A Divisão de Terra. O território de Aser estendia-se ao limite do norte daPalestina; seu limite meridional era a tribo de Manassés e as montanhas deMonte Carmelo. Aser foi limitado ao oeste pelo Mar Mediterrâneo e ao lestepela tribo de Naftali.
  51. 51. O Homem Aserashair; "felicidade ". O oitavo filho de Jacó e segundo de Zilpa, a serva de Lia.Gen 30:12-13 "Depois deu Zilpa, serva de Lia, um segundo filho a Jacó. Então disse Lia:Para minha ventura; porque as filhas me terão por bem-aventurada; e chamou-lhe Aser."O irmão legítimo de Aser era Gade (Gn 35:26). Nada mais é mencionado.RúbenA Tribo de RúbenCenso. De acordo com a lista genealógica (Cap. 46) na época da migraçãopara o Egito, enquanto José ainda estava regendo o Egito, Rúben teve quatrofilhos: Enoque, Palu, Hezrom, e Carmi (46:9), e deles se formaram todas asfamílias da tribo. O censo do Monte Sinai registrado em Números 1:20-21; 2:11mostra que o número da tribo de Rúben no Êxodo era de 46.500 homensacima de vinte anos de idade e aptos para o serviço militar. A tribo de Rúbenera a sétima em população. No último censo, feito trinta e oito anos depois,pouco antes da entrada em Canaã, seu número tinha diminuído para 43.730, oque colocou-a no nono lugar, em Números 26:7.Posição. A posição de Rúben estava no lado sul do tabernáculo. O"acampamento" que estava sob o domínio do seu nome, foi formado pelastribos de Rúben, Simeão, e Gade. O número total de guerreiros desta divisão(3 tribos) era de 151.450 homens.Estandarte. O Pseudo Targum de Jônatas diz que o estandarte era um cervo,com a legenda "Ouve, ó Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor".Viajando. "Todos os que foram contados no exército de Rúben (Simeão eGade) foram cento e cinqüenta e um mil e quatrocentos e cinqüenta, segundoos seus esquadrões; e estes marcharão em segundo lugar. (Números 2:16).Representantes. O príncipe da tribo de Rúben era Elizur filho de Sedeur (Num7:30). O rubenita entre os espias era Samua, filho de Zacur (Números 13:4).
  52. 52. Notas interessantes. É possível que na conspiração contra Moisés,organizada por Datã e Abirão, que eram rubenitas, e também Coré que era umlevita (Num 16), era uma tentativa por parte da tribo de Rúben de reivindicar oseu direito de representar a primogenitura. É interessante que os filhos de Corénão pereceram (Num 26:11). Depois, membros da tribo de Rúben recusaram aauxiliar Débora e Baraque para combater o cananeu Sísera (Juízes. 5:16),embora aparentemente a tribo ajudou as outras tribos na sua guerra contraBenjamim (Juízes 20:11). Durante o reinado de Saul, Rúben uniu-se a Gade eManassés para combater os hagarenos (1 Cr. 5:18-22). Quando o reino dividiu-se sob o reinado de Roboão, Rúben se juntou ao Reino do Norte, sob odomínio de Jeroboão. Ezequiel se lembrou de Rúben na sua descrição deIsrael (Ez. 48:6). A tribo também é representada nos 144.000 selados - 12.000de cada uma das doze tribos de Israel (Ap 7:5).A Divisão da Terra.Os Rubenitas pediram antecipadamente a sua herança ao oriente do RioJordão,onde a terra era própria para gado (Nm 32:1-33) estendendo-se no sulao rio Arnon, no leste para o deserto da Arábia; no oeste estava o Mar Morto eo Jordão, e ao lado norte estava provavelmente marcado por uma linha quecorre para o leste do Jordão. Eles ajudaram as outras tribos a reivindicar a suaterra, porém, Josué recomendou o esforços deles (Js. 22:9-10). A tribo tambémconstruiu um altar - junto com a tribo de Gade e a meia tribo de Manassés - noVale do Jordão, como uma testemunha para a unidade deles com as tribos aoocidente do Jordão (Js. 22:11-34).Rúben - o homemHeb. Rúben; "veja um filho"). Rúben era o filho primogênito de Jacó e Lia (Gn.29:32).Gn 29:32 " E concebeu Lia, e deu à luz um filho, e chamou-o Rúben; pois disse: Porque oSENHOR atendeu à minha aflição, por isso agora me amará o meu marido."Muito pouco é mencionado sobre a vida de Rúben. Um incidente queaconteceu quando Jacó morou em Migdal-Eder foi uma ofensa tal, que Jacóaté falou sobre isso com avesão, mesmo no leito, perto do fim de sua vida.Gn 35:22 "E aconteceu que, habitando Israel naquela terra, foi Rúben e deitou-se comBila, concubina de seu pai; e Israel o soube."Rúben é costumeiramente lembrado como aquele que defendeu a José,quando os seus ciumentos irmãos quiseram matá-lo em Dotã. Rúben, como ofilho primogênito, proferiu o seu conselho, e a vida de José foi poupada.Gn 37:20-22 Vinde, pois, agora, e matemo-lo, e lancemo-lo numa destas covas, ediremos: Uma fera o comeu; e veremos que será dos seus sonhos. E ouvindo-o Rúben,livrou-o das suas mãos, e disse: Não lhe tiremos a vida. Também lhes disse Rúben: Nãoderrameis sangue; lançai-o nesta cova, que está no deserto, e não lanceis mãos nele;isto disse para livrá-lo das mãos deles e para torná-lo a seu pai."
  53. 53. Em vez de o matar, eles o lançaram em uma cova. Na ausência de Rúben,José foi vendido aos ismaelitas. Quando Rúben retornou com a intenção desalvar o seu irmão, ele soube que José havia sido levado.Depois que José cresceu e estava regendo o Egito, pela providência de Deushouve uma escassez terrível, e veio Rúben e seus irmãos ao Egito à procurade comida. Quando eles se encontraram com José, Rúben aceitou o Soberanodo Egito que tratou-os severamente a ele e seus irmãos, como um julgamentopor causa do pecado deles:Gn 42:21-22 " Então disseram uns aos outros: Na verdade, somos culpados acerca denosso irmão, pois vimos a angústia da sua alma, quando nos rogava; nós porém nãoouvimos, por isso vem sobre nós esta angústia. E Rúben respondeu-lhes, dizendo: Nãovo-lo dizia eu: Não pequeis contra o menino; mas não ouvistes; e vedes aqui, o seusangue também é requerido".Rúben também entregou a Jacó a mensagem de José, que exigia queBenjamim viesse para o Egito, e ofereceu os seus próprios dois filhos comopenhor para o retorno seguro de Benjamim. Na mudança de Jacó ao Egito, em1876 A.C., Rúben tinha quatro filhos- Enoque, Palu, Hezrom, e Carmi (46:9).SimeãoA Tribo de SimeãoCenso. Na época da migração para o Egito, enquanto José ainda estavaregendo o Egito, Simeão teve seis filhos. No Êxodo a tribo contou 59.300guerreiros (Nm. 1:23), a terceira pela ordem. Quando o segundo censo foirealizado, os números tinham diminuído a 22.200, e Simeão foi contada como amenor entre as tribos (Nm 26:14). Alguns relacionam isto com o pecado deZinri (Num 25:14).Posição. Os simeonitas acampavam ao lado sul dos rubenitas (Nm 2:12;10:19) ao lado sul do acampamento.Estandarte. O "acampamento" estava sob o nome de Rúben , foi formadopelas tribos de Rúben, Simeão, e Gade. O número total de homens de guerranesta divisão (3 tribos) era de 151.450.

×