O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Panorama do antigo testamento aula1

  • Entre para ver os comentários

Panorama do antigo testamento aula1

  1. 1. Panorama do Antigo Testamento
  2. 2. Disciplina: Panorama do Antigo Testamento Carga Horária: 14 h/a Duração: 2 meses Professor (a): Pr. Tércio Ribeiro de Souza Sem: Jonathan Ernesto da Silva    Programa de Disciplina   Ementa: Estudo panorâmico do antigo Testamento, o aluno conhecerá o conteúdo desses textos, das suas personagens principais e dos contextos religioso, histórico e social.
  3. 3. Conteúdo Programático   1. Informações Gerais 2. Introdução: visão geral do Programa 3. O Pentateuco 3.1 Autoria 3.2 Hipótese Documentária (primitiva) 3.3 Hipótese Suplementar 3.4 Hipótese Fragmentada 3.5 Hipótese Documentária (última) 4. Análise dos Contextos Históricos, Políticos e Sociais. 4.1 Pentateuco 4.2 Livros Históricos 4.3 Livros Poéticos 4.4 Livros Proféticos 5. Avaliação A critério do professor. Sugestão: resenha, resumo, pesquisas.
  4. 4. Bibliografia:   ALTER, Robert& KERMODE, Frank. Guia Literário da Bíblia. São Paulo:  Unesp, 726p. DILLARD, Raymond B. & LONGMAN III, Tremper. Introdução ao Antigo Testamento. São Paulo: Vida Nova. GOTTWALD, N. K.: Introdução sócio-literária à Bíblia hebraica. São  Paulo: Paulinas, 1988. HILL, Andrew E. e WALTON, J.H. Panorama do Antigo Testamento.  Belo Horizonte: Vida, 2000. LASOR, William Sanford. Introdução ao Antigo Testamento. São Paulo:  Vida Nova, 1998. PINTO, Carlos Osvaldo Cardoso. Foco e Desenvolvimento no Antigo Testamento. São Paulo: Hagnos, 2006. ZENGER, Erich. Introdução ao Antigo Testamento. São Paulo: Loyola,  2003.
  5. 5. Estudando o Antigo Testamento temos uma visão panorâmica daquilo que é o mundo de Abraão, Isaque, Jacó, Moisés e isso de um modo muito simples. O Antigo Testamento como o Novo Testamento tem suas dificuldades e facilidades. Devemos estudar no Antigo Testamento sua posição geográfica, seus contextos históricos, políticos, religiosos, porque será muito importante para nós entendermos a vontade de Deus naquela época.
  6. 6. Existem algumas coisas que devemos entender para conhecermos melhor o AT: Isto inclui a história da época e as conclusões e condições sociais e religiosas prevalecentes devemos conhecer a vida particular do autor e se possível, os seus antecedentes.
  7. 7. -A língua original que o autor se expressou, entender os princípios da língua original(hebraico)se preparando com boas obras.devemos também entender que existem passagens em aramaico.
  8. 8. O contexto da passagem bíblica. Os escritores não escreveram cada passagem no vácuo, mas seguiram uma razão passando de um verso ao outro. Cada passagem deve ser estudada a luz do seu contexto e daquilo que o livro mesmo oferece e cada livro deve ser examinado com todos os demais em sua relação com a revelação progressiva do velho testamento.
  9. 9. A natureza da literatura. O tipo de literatura em estudo é de maior importância para a boa compreensão de uma passagem do Velho Testamento.
  10. 10. Divisão do Velho Testamento. Na nossa Bíblia existe uma divisão muito interessante: Os Judeus têm uma maneira de ver a divisão das escrituras que não é comum para nós vejam: PROFETAS-(1) Chamados de primeiros profetas (Josué, Juízes, Samuel, Reis) PROFETAS-(2) Chamados de segundos profetas (Jeremias, Ezequiel, Isaias, os doze menores.
  11. 11. ESCRITOS-(1) Livros poéticos (Salmos, Provérbios, Jó) ESCRITOS-(2) Cinco Rolos (Cânticos, Rute, Lamentações, Eclesiastes, Ester) LIVROS HISTÓRICOS- Daniel, Esdras, Neemias, Crônicas.
  12. 12. O Antigo Testamento é de origem Divina e por isso devemos entendê-lo de uma forma especial por isso vejamos: (2 Timóteo 3.16; 2 Pedro 1.21) O Antigo Testamento contém 39 livros que nós consideramos importante e foi escrito por aproximadamente 30 autores. Segundo os teólogos que estudam o Antigo Testamento existem provas da inspiração do Antigo Testamento vejamos algumas:
  13. 13. 1 - Profecias – o Antigo Testamento é um livro de profecias ele fala do retorno dos judeus a terra da promessa (Jr 31.17; Ez 11.17; 36.24; 37.21) Juízo sobre as nações (Ez 26.2-5;28.22,23), O juízo dos reis (Is 44.28;45.1) Alexandre o Grande (Dn 8.21,22), E principalmente acerca de Jesus. 2 - Selo da autoridade (Assim diz o Senhor Êxodo 5.1; Isaias7.7).
  14. 14. GÊNESIS (NO PRINCIPIO OU ORIGEM) Cenário Histórico - Escrito em 1443 A.C foi provavelmente redigido durante a primeira parte da peregrinação pelo deserto, enquanto Moisés procurava instruir Israel sobre as verdades divinas fundamentadas e o programa da aliança de Deus para com a nação. Extensão histórica - 2.369 anos segundo o texto massorético.
  15. 15. Extensão geográfica - Desde o vale da mesopotâmia, até o vale do rio Nilo. Cenário Religioso - retrata os inevitáveis resultados do pecado no mundo, subjugando e corrompendo tudo o que toca . DIVISÃO DO LIVRO 1-2 Relatam a criação 1-11 Apresentam o mundo e seu criador. 12-50 A fé e seus heróis.
  16. 16. Êxodo (são estes, pois, os nomes, saída) 1 - Cenário Histórico – 1440 A.C escrito durante a primeira parte da peregrinação com o povo judeu pelo deserto de Cades–Barnéia. (data do êxodo 1445). Faraós da época de Moisés: AMÓSES I (1580-1558) TUTMÉS I (1539-1514) este ordenou a matança das crianças na época de MOISÉS. TUTMÉS II foi o faraó que Moisés fugiu. AMENÓFIS II segundo estudiosos foi este o faraó que Moisés foi o grande homem usado por Deus.
  17. 17. 2 - Cenário Religioso - naquela época no Egito se adoravam muitos deuses e a adoração era muito cultual. Segundo certo estudioso chamado Stanley Ellisen a adoração era nacional e local. Existiam também os fetiches relacionados a natureza. (RÁ-AMON-RÁ deus do sol; OSIRIS Nilo; HORUS-sol; PTÁ artistas) estes são apenas alguns exemplos dos muitos deuses que ali no Egito havia na época de Israel no Egito. Ao analisarmos as pragas no Egito aprendemos que o castigo de Deus não foi apenas em faraó mas também Deus quis mostrar seu poder sobre os falsos deuses do Egito.
  18. 18. Divisão do livro: (1-18) Mostra a chamada do homem de Deus e a saída do Egito. (19-40) Mostra a mensagem (lei) de Deus.
  19. 19. LEVITICO (o Senhor chamou)(ou levitico como classiflicou a septuaginta)era um manual de liturgia para o sacerdote. 1 - Cenário Histórico - 1440 foi escrito depois da saída do Egito , durante os anos da peregrinação e relativa folga em Cades-Barnéia. Segundo Stanley E. Foi em um período de aproximadamente 30 dias Moisés deve ter dado essa legislação logo após a saída do Egito e o levantamento do tabernáculo em 1 de abril de 1444 a.c, ou seja segundo Ellisen deu- se nos 30 dias do mês de abibe (abril).
  20. 20. 2 - Cenário Religioso - 2,5 milhões de israelitas saíram do Egito para as montanhas desertas do Sinai. E ali receberam verdades religiosas. Essas verdades são o livro de Levitico. Divisão do livro de Levitico. (1-7) Sacrificios (8-10) Sacerdotes (11-27) Regulamentos
  21. 21. Números (Falou o Senhor, no deserto, e números por causa das contagens registradas nos capítulos (2-3; 26) 1 - Cenário Histórico – (1405 a.c) 2 - Cenário Religioso - este livro trata de duas gerações de Israel: A primeira que saiu do Egito, e a segunda que estava para entrar na terra prometida ou seja Canaã.
  22. 22. DIVISÃO DO LIVRO (1-8) Deus ensinando o seu povo (9-10) Deus guiando seu povo (11-20) Deus corrigindo seu povo (21-36) Deus ajudando o seu povo
  23. 23. DEUTERONÔMIO (Estas são as palavras) (segunda lei ou repetição da lei) 1 - Cenário Histórico - 1405 a.c segundo Stanley E. Foi em aproximadamente um mês. 2 - Cenário Religioso - era diferente do Israel que saiu do Egito mas ainda tinha problemas com a idolatria, problemas familiares, sociais e ainda não estavam vivendo uma vida de santidade.
  24. 24. DIVISÃO DO LIVRO: (1-4 )Atos de Deus (5-30) Leis de Deus (31-34) Os servos de Deus

×