SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
IGREJA BATISTA REFRIGÉRIO
MONTES CLAROS-MG
ANO 2013/2014
O livro de Atos foi escrito para fornecer uma história da igreja primitiva. A ênfase
do livro é a importância do dia de Pentecostes e o ser capacitado pelo Espírito para
sermos testemunhas eficazes de Jesus Cristo. Atos registra os apóstolos sendo
testemunhas de Cristo em Jerusalém, Judeia, Samaria e o mundo ao redor. O livro
esclarece mais sobre o dom do Espírito Santo, o qual capacita, orienta, ensina e
serve como nosso Consolador. Ao ler o livro de Atos, somos iluminados e
encorajados pelos muitos milagres que estavam sendo realizados naquela época
pelos discípulos Pedro, João e Paulo. O livro de Atos enfatiza a importância da
obediência à Palavra de Deus e a transformação que ocorre como resultado do
conhecimento de Cristo. Há também muitas referências daqueles que rejeitaram a
verdade que os discípulos pregavam sobre o Senhor Jesus Cristo. Poder, ganância
e muitos outros vícios do diabo são evidenciados no livro de Atos.
O livro de Atos não identifica o seu autor especificamente. De acordo
com Lucas 1:1-4 e Atos 1:1-3, é evidente que o mesmo autor escreveu
ambos Lucas e Atos. A tradição desde os primeiros dias da igreja tem
sido que Lucas, um companheiro do apóstolo Paulo, escreveu tanto
Lucas como Atos (Colossenses 4:14; 2 Timóteo 4:11).
Mesmo que sobre o local em que o livro foi escrito não haja dados
concretos à disposição, podemos fazer algumas considerações sobre a
época.
Chama a nossa atenção que Atos não fala sobre três eventos que
tinham importância especial para o cristianismo primitivo: a morte do
mártir Tiago, irmão do Senhor (62 d.C), a perseguição sob Nero (64 d.C)
e a destruição de Jerusalém (70 d.C). Isso nos leva à conclusão de que o
livro foi escrito antes desse acontecimentos. Além disso ainda temos os
seguintes fatores: o autor mostra interesse especial pela apresentação do
cristianismo primitivo, cuja teologia ele descreve; Jesus é apresentado
como o Messias, o servo de Deus, o Filho do homem; o domingo ainda é
chamado de primeiro dia da semana; entre a igreja primitiva e o estado
romano ainda não há conflitos significativos; não há referência à
coletânea das cartas de Paulo — aparentemente ainda não existia. Tudo
isso leva à conclusão de que o livro foi escrito antes de 64 d.C.
 A história do desenvolvimento da igreja primitiva desde a ascensão de
Cristo até o encarceramento de Paulo em Roma, e o começo de seu
ministério ali. Muitos eruditos da bíblia vêem neste livro o começo formal da
era do Espírito Santo. Ao partir, Cristo fez o anúncio de uma grande
campanha de missões por todo o mundo através da mediação humana sob o
poder do Espírito, “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de
vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em
toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.” (atos 1:8)
Acontecimentos preparatórios
 A comissão divina 1:4-8
A ascensão do Senhor 1:10-11
A descida do Espírito 2:1-4
O equipamento dos obreiros 2:4;4:31
Os ministérios
 Pedro no Pentecostes 2:14-40
O segundo sermão de Pedro 3:12-26
Pedro no Sinédrio 4:5-12
Estevão 7:1-60
Felipe e Pedro 8:5-25
Felipe 8:26-40
Atos a cerca da igreja
Seu crescimento
Sua plenitude do Espírito Santo 4:31
Sua unidade e benevolência 4:32-37
Seu poder espiritual 5:12-16
A eleição dos diáconos 6:1-6
Algumas perseguições sofridas pela igreja
 4:1-3
17:22
5:17-18,40
6:8-15
Ministério de Felipe, em companhia de Pedro e Jõao 8:5-25
A conversão de Paulo 9:1-30
O derramamento do Espírito Santo em Cesaréia e a defesa do
ministério de Pedro ali 10:44 ; 11:18
 A igreja de Antioquia se torna missionária: Primeira viagem missionária
de Paulo (12:25 até 16:5)
A evangelização da Grécia e Macedônia: segunda viagem missionária
de Paulo (16:6 até 18:23)
A evangelização de Éfeso: terceira viagem missionária (18:24 até
21:17)
A viagem de Paulo a Roma (21:18 até 28:31)
O livro de Atos serve como uma transição da Antiga Aliança da
lei para a Nova Aliança da graça e fé. Essa transição é
observada em vários eventos importantes em Atos. Primeiro,
houve uma mudança no ministério do Espírito Santo, cuja
função principal no Antigo Testamento era a "unção" externa do
povo de Deus, entre eles Moisés (Números 11:17), Otniel
(Juízes 3:8-10), Gideão (Juízes 6:34) e Saul (1 Samuel 10:6-10).
Após a ressurreição de Jesus, o Espírito veio morar nos
corações dos crentes (Romanos 8:9-11, 1 Coríntios 3:16),
orientando e capacitando-os de dentro. A habitação do Espírito
é o dom de Deus para aqueles que se aproximam dEle com fé.
A conversão de Paulo foi um exemplo dramático da transição da
Antiga Aliança para a Nova. Paulo admitiu que, antes de conhecer o
Salvador ressuscitado, ele era o mais zeloso dos israelitas, sendo
irrepreensível "quanto à justiça que há na lei" (Filipenses 3:6),
chegando ao ponto de perseguir aqueles que ensinavam a salvação
pela graça através da fé em Cristo. Entretanto, depois de sua
conversão, ele percebeu que todos os seus esforços legalistas eram
inúteis, passando a considerá-los "refugo, para ganhar a Cristo e
ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei,
senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de
Deus, baseada na fé" (Filipenses 3:8b-9). Agora nós também
vivemos pela fé, não pelas obras da lei, para que não haja
exaltação (Efésios 2:8-9).
Atos 1:8: "mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo,
e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a
Judéia e Samaria e até aos confins da terra."
 Atos 2:4 "Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar
em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem."
Atos 4:12: "E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu
não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual
importa que sejamos salvos."
Atos 4:19-20: “Mas Pedro e João lhes responderam: Julgai se é justo
diante de Deus ouvir-vos antes a vós outros do que a Deus; pois nós
não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos."
Atos 9:3-6: "Seguindo ele estrada fora, ao aproximar-se de Damasco,
subitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor, e, caindo por terra,
ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele
perguntou: Quem és tu, Senhor? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem
tu persegues; mas levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te
convém fazer."
Atos 16:31: “Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e
tua casa."
O livro de Atos apresenta a história da igreja cristã e a propagação do
evangelho de Jesus Cristo, bem como a crescente oposição a ele. Embora
muitos servos fiéis tenham sido usados para pregar e ensinar o evangelho de
Jesus Cristo, Saulo, cujo nome foi mudado para Paulo, era o mais influente.
Antes de se converter, Paulo tinha grande prazer em perseguir e matar
cristãos. A dramática conversão de Paulo na estrada de Damasco (Atos 9:1-
31) é um dos destaques do livro de Atos. Após sua conversão, ele foi para o
extremo oposto de amar a Deus e pregar a Sua Palavra com poder, fervor e o
Espírito do Deus vivo e verdadeiro. Os discípulos foram capacitados pelo
Espírito Santo para serem Suas testemunhas em Jerusalém (capítulos 1-8:3),
Judéia, Samaria (capítulos 8:4-12:25) e até os confins da terra (capítulos
13:1-28). Incluídos na última seção estão três viagens missionárias de Paulo
(13:1-21:16), seus sofrimentos em Jerusalém e Cesareia (21:17-26:32) e sua
última viagem a Roma (27:1-18:31).
Deus pode fazer coisas incríveis através de pessoas comuns quando
Ele os capacita através de seu Espírito. Deus essencialmente pegou
um grupo de pescadores e os usou para transformar o mundo de
cabeça para baixo (Atos 17:6). Deus tomou um assassino odiador de
cristãos e o transformou no maior evangelista cristão, o autor de quase
metade dos livros do Novo Testamento. Deus usou perseguição para
causar a rápida expansão de uma "nova fé" na história do mundo.
Deus pode e faz o mesmo através de nós -- mudando nossos
corações, fortalecendo-nos pelo Espírito Santo e dando-nos uma
paixão de espalhar as boas novas de salvação através de Cristo. Se
tentarmos fazer essas coisas no nosso próprio poder, vamos fracassar.
Tal como os discípulos em Atos 1:8, temos que aguardar pelo poder do
Espírito para então, em Seu poder, cumprir a Grande Comissão
(Mateus 28:19-20).
Aula 10 - Atos dos Apóstolos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sinais da Segunda Vinda de Jesus
Sinais da Segunda Vinda de JesusSinais da Segunda Vinda de Jesus
Sinais da Segunda Vinda de JesusMárcio Melânia
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.RODRIGO FERREIRA
 
Lição 13 - A segunda vinda de Cristo
Lição 13 - A segunda vinda de CristoLição 13 - A segunda vinda de Cristo
Lição 13 - A segunda vinda de CristoSergio Silva
 
Lição 10 - O Sistema de Sacrifícios
Lição 10 - O Sistema de SacrifíciosLição 10 - O Sistema de Sacrifícios
Lição 10 - O Sistema de SacrifíciosÉder Tomé
 
38 1 e 2 timoteo=
38   1 e 2 timoteo=38   1 e 2 timoteo=
38 1 e 2 timoteo=PIB Penha
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosRespirando Deus
 
5 aula profetas menores, Zacarias e Malaquias
5 aula profetas menores, Zacarias e Malaquias5 aula profetas menores, Zacarias e Malaquias
5 aula profetas menores, Zacarias e MalaquiasRODRIGO FERREIRA
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoÉder Tomé
 
Lição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiaçãoLição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiaçãoÉder Tomé
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaMárcio Martins
 
14 periodo da igreja primitiva
14  periodo da igreja primitiva14  periodo da igreja primitiva
14 periodo da igreja primitivaPIB Penha
 

Mais procurados (20)

A Epistola aos Romanos
A Epistola aos RomanosA Epistola aos Romanos
A Epistola aos Romanos
 
Sinais da Segunda Vinda de Jesus
Sinais da Segunda Vinda de JesusSinais da Segunda Vinda de Jesus
Sinais da Segunda Vinda de Jesus
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
 
Lição 13 - A segunda vinda de Cristo
Lição 13 - A segunda vinda de CristoLição 13 - A segunda vinda de Cristo
Lição 13 - A segunda vinda de Cristo
 
Lição 10 - O Sistema de Sacrifícios
Lição 10 - O Sistema de SacrifíciosLição 10 - O Sistema de Sacrifícios
Lição 10 - O Sistema de Sacrifícios
 
38 1 e 2 timoteo=
38   1 e 2 timoteo=38   1 e 2 timoteo=
38 1 e 2 timoteo=
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - Efésios
 
Seitas e Heresias
Seitas e HeresiasSeitas e Heresias
Seitas e Heresias
 
5 aula profetas menores, Zacarias e Malaquias
5 aula profetas menores, Zacarias e Malaquias5 aula profetas menores, Zacarias e Malaquias
5 aula profetas menores, Zacarias e Malaquias
 
Introdução ao Novo testamento
Introdução ao Novo testamentoIntrodução ao Novo testamento
Introdução ao Novo testamento
 
O que e Igreja
O que e IgrejaO que e Igreja
O que e Igreja
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
 
39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias39. O Profeta Miquéias
39. O Profeta Miquéias
 
Lição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiaçãoLição 2 - O sacrifício da expiação
Lição 2 - O sacrifício da expiação
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
Evangelismo estudo pratico
Evangelismo   estudo pratico Evangelismo   estudo pratico
Evangelismo estudo pratico
 
14 periodo da igreja primitiva
14  periodo da igreja primitiva14  periodo da igreja primitiva
14 periodo da igreja primitiva
 
Carta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
Carta à Igreja de Laodiceia no ApocalipseCarta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
Carta à Igreja de Laodiceia no Apocalipse
 

Destaque

A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZASandra Dias
 
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Lição 6   Doutrina das últimas coisasLição 6   Doutrina das últimas coisas
Lição 6 Doutrina das últimas coisasWander Sousa
 
"O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações""O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações"JUERP
 
INTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISE
INTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISEINTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISE
INTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISESandra Dias
 
Aula 6 - Lucas
Aula 6 - LucasAula 6 - Lucas
Aula 6 - Lucasibrdoamor
 
Lição 5: A conspiração dos inimigos contra Neemias
Lição 5:A conspiração dos inimigos contra NeemiasLição 5:A conspiração dos inimigos contra Neemias
Lição 5: A conspiração dos inimigos contra NeemiasAmor pela EBD
 
Lição 4: Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4: Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4: Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4: Como enfrentar a oposição à obra de DeusAmor pela EBD
 
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6:Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6:Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamentoAmor pela EBD
 
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”JUERP
 
Os Benefícios da Vida Cristã
Os Benefícios da Vida CristãOs Benefícios da Vida Cristã
Os Benefícios da Vida CristãJUERP
 
Lição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua faceLição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua faceAmor pela EBD
 
CASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊ
CASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊCASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊ
CASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊSandra Dias
 
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”JUERP
 
Sindrome de timóteo
Sindrome de timóteoSindrome de timóteo
Sindrome de timóteoUEPB
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodoibrdoamor
 
Lição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de criseLição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de criseAmor pela EBD
 

Destaque (20)

baptist john
baptist johnbaptist john
baptist john
 
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZAA IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
A IGREJA DE CRISTO E SUA NATUREZA
 
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
Lição 6   Doutrina das últimas coisasLição 6   Doutrina das últimas coisas
Lição 6 Doutrina das últimas coisas
 
"O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações""O Senhor ouviu as orações"
"O Senhor ouviu as orações"
 
Meu Verso
Meu VersoMeu Verso
Meu Verso
 
INTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISE
INTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISEINTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISE
INTEGRIDADE E CORAGEM EM TEMPOS DE CRISE
 
Aula 6 - Lucas
Aula 6 - LucasAula 6 - Lucas
Aula 6 - Lucas
 
Lição 5: A conspiração dos inimigos contra Neemias
Lição 5:A conspiração dos inimigos contra NeemiasLição 5:A conspiração dos inimigos contra Neemias
Lição 5: A conspiração dos inimigos contra Neemias
 
1 - EXPOSIÇÃO DE ROMANOS - INTRODUÇÃO
1 - EXPOSIÇÃO DE ROMANOS - INTRODUÇÃO1 - EXPOSIÇÃO DE ROMANOS - INTRODUÇÃO
1 - EXPOSIÇÃO DE ROMANOS - INTRODUÇÃO
 
Lição 4: Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4: Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4: Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4: Como enfrentar a oposição à obra de Deus
 
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6:Neemias lidera um genuíno avivamentoLição 6:Neemias lidera um genuíno avivamento
Lição 6: Neemias lidera um genuíno avivamento
 
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
“Atende a oração de teu servo, ó Senhor”
 
Os Benefícios da Vida Cristã
Os Benefícios da Vida CristãOs Benefícios da Vida Cristã
Os Benefícios da Vida Cristã
 
Lição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua faceLição 1: Quando a crise mostra a sua face
Lição 1: Quando a crise mostra a sua face
 
CASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊ
CASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊCASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊ
CASA DIVIDIDA, CONCERTE O QUE ESTÁ QUEBRADO EM VOCÊ
 
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
“Os homens começaram a invocar o nome de Deus”
 
26. EXPOSIÇÃO DE ROMANOS - C 8.2-17
26. EXPOSIÇÃO DE ROMANOS -  C  8.2-1726. EXPOSIÇÃO DE ROMANOS -  C  8.2-17
26. EXPOSIÇÃO DE ROMANOS - C 8.2-17
 
Sindrome de timóteo
Sindrome de timóteoSindrome de timóteo
Sindrome de timóteo
 
Aula 3 - Êxodo
Aula 3 - ÊxodoAula 3 - Êxodo
Aula 3 - Êxodo
 
Lição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de criseLição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de crise
 

Semelhante a Aula 10 - Atos dos Apóstolos

ATOS DOS APSTOLOS ATUALIZADO Reparado.pdf
ATOS DOS APSTOLOS  ATUALIZADO Reparado.pdfATOS DOS APSTOLOS  ATUALIZADO Reparado.pdf
ATOS DOS APSTOLOS ATUALIZADO Reparado.pdfEduardadaRochaCunhaM
 
2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptxPIB Penha - SP
 
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaErberson Pinheiro
 
A igreja que deus move
A igreja que deus moveA igreja que deus move
A igreja que deus moveAdauto Santos
 
Lição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptx
Lição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptxLição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptx
Lição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptxCelso Napoleon
 
Conhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolos
Conhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolosConhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolos
Conhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolosPastor Paulo Francisco
 
TRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.ppt
TRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.pptTRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.ppt
TRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.pptFabioVerdiana
 
Eclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEraldo Luciano
 
atos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdfatos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdfTiago Silva
 
Lição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
Lição 06 - O Ministerio dos ApóstolosLição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
Lição 06 - O Ministerio dos ApóstolosIsmael Isidio
 
Lição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos ApóstolosLição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos ApóstolosIsmael Isidio
 
Síntese do novo testamento aula 08 atual
Síntese do novo testamento aula 08 atualSíntese do novo testamento aula 08 atual
Síntese do novo testamento aula 08 atualMarco Antonio Moreira
 

Semelhante a Aula 10 - Atos dos Apóstolos (20)

ATOS DOS APSTOLOS ATUALIZADO Reparado.pdf
ATOS DOS APSTOLOS  ATUALIZADO Reparado.pdfATOS DOS APSTOLOS  ATUALIZADO Reparado.pdf
ATOS DOS APSTOLOS ATUALIZADO Reparado.pdf
 
2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx
 
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitivaLição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
Lição 9 - O legado missionário da igreja primitiva
 
A igreja que deus move
A igreja que deus moveA igreja que deus move
A igreja que deus move
 
Lição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptx
Lição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptxLição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptx
Lição 5 – Uma Perspectiva Pentecostal de Missões.pptx
 
Lição 3.pptx
Lição 3.pptxLição 3.pptx
Lição 3.pptx
 
Conhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolos
Conhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolosConhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolos
Conhecendo a igreja primitiva através de atos dos apóstolos
 
Basicão em pdf
Basicão em pdfBasicão em pdf
Basicão em pdf
 
O Credo Apostólico
O Credo ApostólicoO Credo Apostólico
O Credo Apostólico
 
Panorama do NT - Atos
Panorama do NT - AtosPanorama do NT - Atos
Panorama do NT - Atos
 
TRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.ppt
TRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.pptTRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.ppt
TRABALHO 1º.viagens-missionaria Paulo.ppt
 
História da igreja
História da igrejaHistória da igreja
História da igreja
 
Eclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina LeãoEclesiologia Ana Cristina Leão
Eclesiologia Ana Cristina Leão
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
 
Estudo Sobre Atos
Estudo Sobre AtosEstudo Sobre Atos
Estudo Sobre Atos
 
atos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdfatos-170402225925.pdf
atos-170402225925.pdf
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
Lição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
Lição 06 - O Ministerio dos ApóstolosLição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
Lição 06 - O Ministerio dos Apóstolos
 
Lição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos ApóstolosLição 06 - O ministério dos Apóstolos
Lição 06 - O ministério dos Apóstolos
 
Síntese do novo testamento aula 08 atual
Síntese do novo testamento aula 08 atualSíntese do novo testamento aula 08 atual
Síntese do novo testamento aula 08 atual
 

Mais de ibrdoamor

Aula 16 - Gálatas
Aula 16 - GálatasAula 16 - Gálatas
Aula 16 - Gálatasibrdoamor
 
Aula 15 - Rute
Aula 15 - RuteAula 15 - Rute
Aula 15 - Ruteibrdoamor
 
Aula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I CoríntiosAula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I Coríntiosibrdoamor
 
Aula 13 - Juízes
Aula 13 - JuízesAula 13 - Juízes
Aula 13 - Juízesibrdoamor
 
Aula 12 - Romanos
Aula 12 - RomanosAula 12 - Romanos
Aula 12 - Romanosibrdoamor
 
Aula 11 - Josué
Aula 11 - JosuéAula 11 - Josué
Aula 11 - Josuéibrdoamor
 
Aula 8 - João
Aula 8 - JoãoAula 8 - João
Aula 8 - Joãoibrdoamor
 
Aula 7 - Números
Aula 7 - NúmerosAula 7 - Números
Aula 7 - Númerosibrdoamor
 
Aula 5 - Levítico
Aula 5 - LevíticoAula 5 - Levítico
Aula 5 - Levíticoibrdoamor
 
Aula 4 - Marcos
Aula 4 - MarcosAula 4 - Marcos
Aula 4 - Marcosibrdoamor
 
Aula 2 - Mateus
Aula 2 - MateusAula 2 - Mateus
Aula 2 - Mateusibrdoamor
 
Aula 1 - Gênesis
Aula 1 - GênesisAula 1 - Gênesis
Aula 1 - Gênesisibrdoamor
 

Mais de ibrdoamor (12)

Aula 16 - Gálatas
Aula 16 - GálatasAula 16 - Gálatas
Aula 16 - Gálatas
 
Aula 15 - Rute
Aula 15 - RuteAula 15 - Rute
Aula 15 - Rute
 
Aula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I CoríntiosAula 14 - I Coríntios
Aula 14 - I Coríntios
 
Aula 13 - Juízes
Aula 13 - JuízesAula 13 - Juízes
Aula 13 - Juízes
 
Aula 12 - Romanos
Aula 12 - RomanosAula 12 - Romanos
Aula 12 - Romanos
 
Aula 11 - Josué
Aula 11 - JosuéAula 11 - Josué
Aula 11 - Josué
 
Aula 8 - João
Aula 8 - JoãoAula 8 - João
Aula 8 - João
 
Aula 7 - Números
Aula 7 - NúmerosAula 7 - Números
Aula 7 - Números
 
Aula 5 - Levítico
Aula 5 - LevíticoAula 5 - Levítico
Aula 5 - Levítico
 
Aula 4 - Marcos
Aula 4 - MarcosAula 4 - Marcos
Aula 4 - Marcos
 
Aula 2 - Mateus
Aula 2 - MateusAula 2 - Mateus
Aula 2 - Mateus
 
Aula 1 - Gênesis
Aula 1 - GênesisAula 1 - Gênesis
Aula 1 - Gênesis
 

Último

EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfFrancisco Baptista
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2emprego2
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxCelso Napoleon
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...edsonjsmarques
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.pptNuno724230
 

Último (10)

EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 

Aula 10 - Atos dos Apóstolos

  • 1. IGREJA BATISTA REFRIGÉRIO MONTES CLAROS-MG ANO 2013/2014
  • 2.
  • 3. O livro de Atos foi escrito para fornecer uma história da igreja primitiva. A ênfase do livro é a importância do dia de Pentecostes e o ser capacitado pelo Espírito para sermos testemunhas eficazes de Jesus Cristo. Atos registra os apóstolos sendo testemunhas de Cristo em Jerusalém, Judeia, Samaria e o mundo ao redor. O livro esclarece mais sobre o dom do Espírito Santo, o qual capacita, orienta, ensina e serve como nosso Consolador. Ao ler o livro de Atos, somos iluminados e encorajados pelos muitos milagres que estavam sendo realizados naquela época pelos discípulos Pedro, João e Paulo. O livro de Atos enfatiza a importância da obediência à Palavra de Deus e a transformação que ocorre como resultado do conhecimento de Cristo. Há também muitas referências daqueles que rejeitaram a verdade que os discípulos pregavam sobre o Senhor Jesus Cristo. Poder, ganância e muitos outros vícios do diabo são evidenciados no livro de Atos.
  • 4. O livro de Atos não identifica o seu autor especificamente. De acordo com Lucas 1:1-4 e Atos 1:1-3, é evidente que o mesmo autor escreveu ambos Lucas e Atos. A tradição desde os primeiros dias da igreja tem sido que Lucas, um companheiro do apóstolo Paulo, escreveu tanto Lucas como Atos (Colossenses 4:14; 2 Timóteo 4:11).
  • 5. Mesmo que sobre o local em que o livro foi escrito não haja dados concretos à disposição, podemos fazer algumas considerações sobre a época. Chama a nossa atenção que Atos não fala sobre três eventos que tinham importância especial para o cristianismo primitivo: a morte do mártir Tiago, irmão do Senhor (62 d.C), a perseguição sob Nero (64 d.C) e a destruição de Jerusalém (70 d.C). Isso nos leva à conclusão de que o livro foi escrito antes desse acontecimentos. Além disso ainda temos os seguintes fatores: o autor mostra interesse especial pela apresentação do cristianismo primitivo, cuja teologia ele descreve; Jesus é apresentado como o Messias, o servo de Deus, o Filho do homem; o domingo ainda é chamado de primeiro dia da semana; entre a igreja primitiva e o estado romano ainda não há conflitos significativos; não há referência à coletânea das cartas de Paulo — aparentemente ainda não existia. Tudo isso leva à conclusão de que o livro foi escrito antes de 64 d.C.
  • 6.  A história do desenvolvimento da igreja primitiva desde a ascensão de Cristo até o encarceramento de Paulo em Roma, e o começo de seu ministério ali. Muitos eruditos da bíblia vêem neste livro o começo formal da era do Espírito Santo. Ao partir, Cristo fez o anúncio de uma grande campanha de missões por todo o mundo através da mediação humana sob o poder do Espírito, “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.” (atos 1:8)
  • 7. Acontecimentos preparatórios  A comissão divina 1:4-8 A ascensão do Senhor 1:10-11 A descida do Espírito 2:1-4 O equipamento dos obreiros 2:4;4:31 Os ministérios  Pedro no Pentecostes 2:14-40 O segundo sermão de Pedro 3:12-26 Pedro no Sinédrio 4:5-12 Estevão 7:1-60 Felipe e Pedro 8:5-25 Felipe 8:26-40 Atos a cerca da igreja Seu crescimento Sua plenitude do Espírito Santo 4:31 Sua unidade e benevolência 4:32-37 Seu poder espiritual 5:12-16 A eleição dos diáconos 6:1-6 Algumas perseguições sofridas pela igreja  4:1-3 17:22 5:17-18,40 6:8-15
  • 8. Ministério de Felipe, em companhia de Pedro e Jõao 8:5-25 A conversão de Paulo 9:1-30 O derramamento do Espírito Santo em Cesaréia e a defesa do ministério de Pedro ali 10:44 ; 11:18  A igreja de Antioquia se torna missionária: Primeira viagem missionária de Paulo (12:25 até 16:5) A evangelização da Grécia e Macedônia: segunda viagem missionária de Paulo (16:6 até 18:23) A evangelização de Éfeso: terceira viagem missionária (18:24 até 21:17) A viagem de Paulo a Roma (21:18 até 28:31)
  • 9. O livro de Atos serve como uma transição da Antiga Aliança da lei para a Nova Aliança da graça e fé. Essa transição é observada em vários eventos importantes em Atos. Primeiro, houve uma mudança no ministério do Espírito Santo, cuja função principal no Antigo Testamento era a "unção" externa do povo de Deus, entre eles Moisés (Números 11:17), Otniel (Juízes 3:8-10), Gideão (Juízes 6:34) e Saul (1 Samuel 10:6-10). Após a ressurreição de Jesus, o Espírito veio morar nos corações dos crentes (Romanos 8:9-11, 1 Coríntios 3:16), orientando e capacitando-os de dentro. A habitação do Espírito é o dom de Deus para aqueles que se aproximam dEle com fé.
  • 10. A conversão de Paulo foi um exemplo dramático da transição da Antiga Aliança para a Nova. Paulo admitiu que, antes de conhecer o Salvador ressuscitado, ele era o mais zeloso dos israelitas, sendo irrepreensível "quanto à justiça que há na lei" (Filipenses 3:6), chegando ao ponto de perseguir aqueles que ensinavam a salvação pela graça através da fé em Cristo. Entretanto, depois de sua conversão, ele percebeu que todos os seus esforços legalistas eram inúteis, passando a considerá-los "refugo, para ganhar a Cristo e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé" (Filipenses 3:8b-9). Agora nós também vivemos pela fé, não pelas obras da lei, para que não haja exaltação (Efésios 2:8-9).
  • 11. Atos 1:8: "mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra."  Atos 2:4 "Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem." Atos 4:12: "E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos." Atos 4:19-20: “Mas Pedro e João lhes responderam: Julgai se é justo diante de Deus ouvir-vos antes a vós outros do que a Deus; pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos." Atos 9:3-6: "Seguindo ele estrada fora, ao aproximar-se de Damasco, subitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor, e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; mas levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer." Atos 16:31: “Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa."
  • 12. O livro de Atos apresenta a história da igreja cristã e a propagação do evangelho de Jesus Cristo, bem como a crescente oposição a ele. Embora muitos servos fiéis tenham sido usados para pregar e ensinar o evangelho de Jesus Cristo, Saulo, cujo nome foi mudado para Paulo, era o mais influente. Antes de se converter, Paulo tinha grande prazer em perseguir e matar cristãos. A dramática conversão de Paulo na estrada de Damasco (Atos 9:1- 31) é um dos destaques do livro de Atos. Após sua conversão, ele foi para o extremo oposto de amar a Deus e pregar a Sua Palavra com poder, fervor e o Espírito do Deus vivo e verdadeiro. Os discípulos foram capacitados pelo Espírito Santo para serem Suas testemunhas em Jerusalém (capítulos 1-8:3), Judéia, Samaria (capítulos 8:4-12:25) e até os confins da terra (capítulos 13:1-28). Incluídos na última seção estão três viagens missionárias de Paulo (13:1-21:16), seus sofrimentos em Jerusalém e Cesareia (21:17-26:32) e sua última viagem a Roma (27:1-18:31).
  • 13. Deus pode fazer coisas incríveis através de pessoas comuns quando Ele os capacita através de seu Espírito. Deus essencialmente pegou um grupo de pescadores e os usou para transformar o mundo de cabeça para baixo (Atos 17:6). Deus tomou um assassino odiador de cristãos e o transformou no maior evangelista cristão, o autor de quase metade dos livros do Novo Testamento. Deus usou perseguição para causar a rápida expansão de uma "nova fé" na história do mundo. Deus pode e faz o mesmo através de nós -- mudando nossos corações, fortalecendo-nos pelo Espírito Santo e dando-nos uma paixão de espalhar as boas novas de salvação através de Cristo. Se tentarmos fazer essas coisas no nosso próprio poder, vamos fracassar. Tal como os discípulos em Atos 1:8, temos que aguardar pelo poder do Espírito para então, em Seu poder, cumprir a Grande Comissão (Mateus 28:19-20).