Palestra Sobre Sono E Sonho

8.548 visualizações

Publicada em

Conceição de Jacareí - RJ
www.gespiritacristao.com

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.548
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
458
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Sobre Sono E Sonho

  1. 1. Sono e Sonho Livro dos Espíritos Cap.VIII parte 2 ª
  2. 2. <ul><li>Por que precisamos dormir? </li></ul><ul><li>É verdade que ”morreríamos” se não fôssemos capazes de sonhar? </li></ul><ul><li>Os sonhos são tão necessários ao equilíbrio biológico e mental como o sono, o oxigênio, e uma alimentação sadia? </li></ul><ul><li>Por que uns lembram dos sonhos e outros não? </li></ul><ul><li>Desdobramento e sonho são a mesma coisa? </li></ul><ul><li>OBS:Recentes pesquisas comprovaram que um adulto de 60 anos teria passado, no mínimo, 5 anos de sua vida sonhando. </li></ul><ul><li>OBS: Estudos científicos revelam que temos um mínimo de 3 sonhos por noite, mas pode chegar até 9. </li></ul>
  3. 3. O que acontece, exatamente, quando dormimos todas as noites? <ul><li>Nosso corpo físico repousa(fica inativo), mas nossa alma permanece consciente e livre para agir por meio do perispírito (sempre fica ativa) (LE); </li></ul><ul><li>Há aqueles que exploram o mundo espiritual entrando em contato com entidades afins tanto na ação construtiva do bem, quanto na ação deletéria do mal .(Mecanismos da Mediunidade). </li></ul>
  4. 5. Por que a alma, durante o sonho, se liberta parcialmente do corpo? <ul><li>Porque neste período há uma diminuição das percepções externas e aumento das percepções internas; quando os olhos e ouvidos estão fechados, outros meios mais poderosos despertam nas profundezas do ser; (O problema do ser, do destino e da dor -Leon Dennis) </li></ul><ul><li>OBS: André Luiz(Mecanismo da Mediunidade) diz que quanto mais inferiorizado o homem, mais dificuldade terá na emancipação espiritual durante o sono físico; </li></ul><ul><li>OBS: Os Espíritos não dão soluções, eles apontam caminhos, apresentam vivências, nos orientam, mas não resolvem nada por nós. </li></ul>
  5. 7. Martins Peralva (Estudando a Mediunidade) propõe a classificação dos sonhos em: <ul><li>Sonhos Comuns  seriam lembranças dos quadros que permanecem impressos em nossas próprias mentes. São imagens, às vezes, confusas e caóticas relacionadas com o nosso cotidiano; </li></ul><ul><li>Sonhos Proféticos  são os que revelam acontecimentos futuros; vários exemplos na Bíblia--Faraó e José </li></ul><ul><li>Sonhos Reflexivos  são aqueles em que o desprendimento ou emancipação da alma permite um mergulho mais profundo em nossos registros perispirituais, recuperando imagens, cenas de vidas passadas; estas imagens são mais nítidas e coerentes como cenas de filme e poderão ser induzidos por E.desencarnados superiores ou inferiores; ex.filme vida além da vida </li></ul><ul><li>Sonhos Espíritas  são lembranças de nossa vivência real no mundo dos Espíritos. São recordações de encontros, estudos que participamos, conversas, tarefas que desenvolvemos,... podem ocorrer também, perseguições e acontecimentos desagradáveis, sempre em função de nossa sintonia espiritual. </li></ul>
  6. 9. Por que orar antes de dormir? <ul><li>Se o indivíduo faz preces, busca o equilíbrio emocional, vivencia o amor, o perdão, o altruísmo, ligando-se a valores positivos e sintonias superiores, pode então ser útil durante a noite para estudar, trabalhar, servir aos outros e crescer espiritualmente; </li></ul><ul><li>Orando e buscando a proteção dos nossos amigos espirituais não cairemos em ciladas de fascinadores que têm como objetivo subtrair a energia do espírito encarnado desdobrado do corpo. </li></ul>
  7. 11. Tecnicamente falando, o que acontece com a separação do corpo e da alma? <ul><li>Há um afrouxamento dos laços de ligação existentes entre o corpo e o perispírito. </li></ul><ul><li>Esses laços são compostos de fios tenuíssimos, comparável, de certo modo, a onda do radar que pode vencer imensuráveis distâncias, voltando inalterável ao centro emissor. Ex. celular (Mec. Da Mediunidade) </li></ul>
  8. 13. Qual a diferença entre sono e desdobramento? <ul><li>No sono cessam as atividades motoras e sensoriais; o cérebro físico se desliga totalmente das ações da alma; </li></ul><ul><li>Perdemos a consciência e há mistura de símbolos, lembranças do cotidiano e preocupações da alma; </li></ul><ul><li>Pode acontecer de esquecer tudo quando a alma não tiver pleno desenvolvimento de suas faculdades, porém a alma mais evoluída pode penetrar nos pensamentos e nos sentimentos de outros Espíritos. </li></ul><ul><li>Ex.revelação do pastor Naldo com primo Antonio; ele disse que sonhou, mas foi um desdobramento. </li></ul>
  9. 15. E o que acontece no desdobramento? <ul><li>No desdobramento saímos do corpo conscientemente e tudo permanece na lembrança antes, durante e depois; </li></ul><ul><li>Há uma memória contínua deste fenômeno; </li></ul><ul><li>Ex. Yvone A. Pereira conheceu diversos lugares da Europa através de viagem astral. </li></ul><ul><li>Quem desenvolver o desdobramento como Yvone jamais vai sofrer com o apagão aéreo e nem se estressar nos aeroportos </li></ul>
  10. 17. Pode a atividade do Espírito, durante o repouso, ou o sono corporal, fatigar o corpo? <ul><li>Pode, pois que o Espírito se acha preso ao corpo qual balão cativo ao poste. Assim como as sacudiduras do balão abalam o poste, a atividade do Espírito reage sobre o corpo e pode fatigá-lo.(LE) </li></ul>
  11. 19. Por que o provérbio diz que a noite é boa conselheira? <ul><li>Porque pode haver vestígios em nossa consciência( que segundo Léon Dennis, fica em nossa alma )das impressões que nosso Espírito teve durante a emancipação da alma, sob a forma de intuições, de pressentimentos, e influem, mais do que se poderia supor, na direção da nossa vida, inspirando os nossos atos e resoluções. </li></ul>
  12. 21. Por que nos livros como “Nosso Lar” e “Violetas na Janela”, os desencarnados descansam e dormem se apenas o corpo físico necessita do repouso? <ul><li>O sono é uma necessidade fisiológica decorrente do desgaste físico proporcionado pela vida cotidiana. Os E. que desencarnaram e não se apropriaram bem da sua condição permanecem com os condicionamentos decorrentes das necessidades fisiológicas; </li></ul><ul><li>Então sentem cansaço, necessidade de repouso e até de uma alimentação mais sólida, como nos relata André Luiz, no livro Nosso Lar; </li></ul><ul><li>A.L. relatava que ele respirava prece impregnada no ambiente e que era uma forma de alimento para os Espíritos daquele nível. </li></ul>
  13. 22.   Que a Paz Celestial envolva a todos  

×