SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
S O N O &
VISÃO ESPIRITUALISTA
EECL Educandário Espírita Caminhos de Luz! Tânia Paupitz /2023
Allan Kardec  “É um quadro semelhante a morte e que serve como
preparação para ela; o sono é a retirada do espírito, o abandono provisório
das partes exteriores e mais grosseiras do corpo que, neste momento, tem
vida vegetativa. O homem fica num estado de insensibilidade, mas suas
funções estão preservadas.
Isto é necessário para que o corpo se recupere das atividades que o submete
o Espírito”.
É o desprendimento do Espírito encarnado, possibilitando-lhe
afastar-se momentaneamente do corpo físico.
“À semelhança da morte, em que o Espírito se liberta com
facilidade do corpo mediante conquistas anteriores de desapego
e renúncia, reflexões e desinteresse das paixões mais vigorosas,
no sono há uma ocorrência equivalente, pois que o ser espiritual
possui maior ou menor movimentação conforme as suas fixações
e conquistas.”
L.E.- 414 – “É tão habitual o fato de irdes
encontrar-vos, durante o sono, com amigos
e parentes, com os que conheceis e que
vos podem ser úteis, que quase todas as
noites fazeis estas visitas.”
L.E.- 402 – “ O sono é a porta que Deus lhes
abriu para que possam ir ter com seus
amigos do céu.
DIFERENÇA ESTADO DE SONO X MORTE
No sono há o desprendimento
parcial, ou seja, o ESPÍRITO se
desprende do Corpo Físico,
permanecendo ligado por um
CORDÃO FLUÍDICO , conhecido como
“ cordão de prata, fio de prata, fio
fluídico, cordão astral, cordão
fluídico”.
O cordão de prata é o que possibilita
a vida do ser humano na Terra,
mantendo o CF em pleno
funcionamento.
Sem o períspirito, ou corpo fluídico
ou Etéreo, a VIAGEM ASTRAL não
seria possível – o fio de prata é quem
prende o ESPIRITO ao CF.
PRECE
MEDITAÇÃO
PENSAMENTOS
RELAXAMENTO
EVANGELHO
EVITE  PREOCUPAÇÕES / Comida e Bebida em excesso / Leitura ou filmes pesados/
Barulhos / Luminosidade / Café / TV ligada / Exercícios Físicos a noite / discussões/
Bebida alcóolica.
A MEDITAÇÃO ajuda a nos sentirmos mais
relaxados e, isso reflete nossa atividade cerebral.
BENEFICIOS
A meditação tem como objetivo a integração
entre o corpo e a mente e, seus efeitos atingem o
nosso Corpo Físico e emocional, auxiliando na
regulação da pressão arterial, frequência cardíaca,
aliviando dores de modo geral.
Em relação ao SONO, meditar ajuda quem sofre de
Insônia e, com relação a SAUDE MENTAL, se
mostrou eficaz nos casos de depressão,
ansiedade e estresse.
ESCRITOR RUSSO “LEON TOLSTOY”- Após seu desencarne psicografou mensagem
através da mediunidade de Ivone do Amaral Pereira.
Em uma de suas obras psicografadas, ele narra que, quando ainda vivendo na Terra, tivera
um amigo de nome Boris. Eram muito afeiçoados e apreciavam ficar horas discutindo
questões de filosofia. Boris, contudo, morreu jovem, na flor dos vinte anos.
Tolstoy sentiu muito a morte do amigo ...
ENCONTROS, TRABALHOS, APRENDIZADOS, AMPARO ..
São as atividades de muitas pessoas que pensam dormir, mas continuam totalmente
ativas no mundo espiritual ainda que, a maioria não consiga recordar dos sonhos, quanto
mais lembrar de experiências vividas no mundo astral.
LE-471 - ‘Quando experimentamos uma
sensação de angústia, de ansiedade
indefinível, ou de íntima satisfação, sem que
lhe conheçamos a causa, devemos atribuí-la
unicamente a uma disposição física?”
“É quase sempre efeito das comunicações
em que inconscientemente entrais com os
Espíritos, ou da que com elas tivestes
durante o sono.”
O Espírito “Miramez”, complementa esta
questão nos dizendo: “
Quando, de repente, sentimos uma
satisfação por viver, quando assoma em nós
um prazer por tudo, que não sabemos de
onde parte, isso é uma inspiração dos
benfeitores espirituais, a nos induzir para a
vida, nos ajudando, desta forma, a vencer os
percalços dos caminhos.
Questão 471 - Sono & Sonhos
1ª - SONOLÊNCIA - ondas ALFA - transição entre vigília e o
sono – Pessoa acordada e relaxada com olhos fechados .
2ª - SONO LEVE – Ondas TETA – Pessoa sonolenta ou
adormecida - metabolismo esta mais lento. As batidas do
coração e a temperatura corpo diminuem.
3ª - ÍNICIO DO SONO PROFUNDO – As ondas cerebrais
diminuem de ritmo, dando inicio ao sono profundo.
4º - SONO PROFUNDO – Ondas DELTA – a musculatura
relaxa, coração fica mais lento - ondas grandes e lentas.
5ª - SONO REM – Nesta fase, a atividade onírica é intensa,
sendo sobretudo SONHOS envolvendo situações emocionais
muito fortes.
“RAPID EYE MOVEMENT”
SONO REM - (movimento rápido dos olhos) é a fase
do sono mais PROFUNDO, na qual ocorrem OS
SONHOS mais vívidos.
Durante esta fase, os OLHOS MOVEM-SE
rapidamente e a maioria dos músculos do corpo
encontram-se paralisados para evitar que
realizemos com nosso corpo aquilo que sonhamos
Tão logo adormecemos, o
nosso corpo astral afasta-
se do Corpo Físico, indo
percorrer as regiões de sua
preferência, conforme seu
grau evolutivo.
É neste estágio que
o ESPÍRITO começa
a desligar- se do
Corpo Físico,
elaborando os seus
SONHOS.
Outros encontros durante a noite realizam a nossa alma com
amigos e desafetos, com entidades inferiores ou superiores,
provocando um despertar suave e esperançoso, inquieto ou
sufocante.
Cabe a nós, portanto, manter nossos pensamentos vigilantes
(vigiai e orai) e equilibrados durante o dia, para podermos
usufruir uma boa noite de sono.
Tânia Paupitz – EECL/2023
O QUE SÃO SONHOS na visão Espírita?
“ O SONHO é a lembrança do que o Espírito viu durante o SONO mas nem
sempre nos lembramos daquilo que vimos , isto porque não temos nossa alma
em todo o seu desenvolvimento de suas faculdades .
É o estado de emancipação da ALMA  Ocorre o desprendimento do Espírito
encarnado, possibilitando-lhe afastar-se momentaneamente do corpo físico.
“À semelhança da morte, em que o Espírito se liberta com facilidade do corpo
mediante conquistas anteriores de desapego e renúncia, reflexões e
desinteresse das paixões mais vigorosas.
No sono há uma ocorrência equivalente, pois que o ser espiritual possui maior
ou menor movimentação conforme as suas fixações e conquistas.”
O SONHO é a lembrança das situações, relações e emoções vivenciadas pelo
Espirito durante o sono.
BONS SONHOS  BOA NOITE DE SONO
EVITAR: Preocupações, comida e bebida em
excesso, estresse, luminosidade, barulho. etc.
FOCAR: prece, leitura edificante, relaxamento,
pensamentos, meditação, evangelho..
OS SONHOS – Livro dos Médiuns – cap.6 – item 101
• Visão atual das coisas presentes ou ausentes,
• Visão retrospectiva do passado,
• Pressentimentos do Futuro,
• Lembranças do que efetivamente vimos,
• Fruto das nossas preocupações ,
• Quadros Simbólicos (simbolismo).
SONHO Resposta a estímulos sensoriais, condições orgânicas, criações
mentais do nosso inconsciente, realização de desejos, sonhos relacionados a
nossos temores, nos avisando de algum problema ou questão a resolver, ou
ainda, relacionados a problemas não resolvidos durante o dia.
No estado de emancipação da ALMA o espirito
se desloca do Corpo Físico ficando os laços que
o unem a matéria mais tênues e flexíveis,
permitindo que o Corpo Perispiritual aja com
maior liberdade.
Foi Allan Kardec quem realmente analisou
amplamente os sonhos em seus aspectos
fisiológicos e espirituais.
Os sonhos são efeito da emancipação da alma,
que mais independente se torna pela suspensão
da vida ativa e de relação.
Daí uma espécie de clarividência indefinida que
se alonga até aos mais afastados lugares e até
mesmo a outros mundos, da mesma forma a
lembrança que traz à memória acontecimentos
da precedente existência ou das existências
anteriores.
As singulares imagens do que se passa ou se
passou em mundos desconhecidos,
entremeados de coisas do mundo atual, é que
formam esses conjuntos estranhos e confusos,
que nenhum sentido ou ligação parecem ter.
L.E.- 402 “ Como podemos
julgar a liberdade do Espirito
Durante o Sono?
Resposta: PELOS SONHOS
LE 403 – POR QUE NÃO LEMBRAMOS DOS SONHOS?
Resposta dos Espíritos:
“Em o que chamas sono, só há o repouso do corpo, visto que o Espírito
está constantemente em atividade.
Recobra, durante o sono, um pouco da sua liberdade e se corresponde
com os que lhe são caros, quer neste mundo, quer em outros.
Mas, como é pesada e grosseira a matéria que o compõe, o corpo dificilmente
conserva as impressões que o Espírito recebeu, porque a este não chegaram
por intermédio dos órgãos corporais.”
Os sonhos ocorrem principalmente durante o sono REM,
mas são esquecidos quase imediatamente.
Somente quando acordamos durante ou logo após o sono REM é que a
memória de um sonho ainda se mantém. Há evidências de que certos
neurônios que estão ativos durante o sono REM podem suprimir ativamente
as memórias dos sonhos.
CONCLUSÃO – Por que esquecemos ...
A análise dos sonhos pode nos trazer
informações valiosas para nosso
processo de autoconhecimento, contudo,
devemos nos proteger contra as
interpretações pelas imagens e
lembranças esparsas. Há sempre um forte
conteúdo simbólico em nossas
percepções psíquicas que, normalmente
nos chegam acompanhadas de emoções e
sentimentos.
Se aos despertarmos, nos sentirmos
envolvidos por emoções boas, agradáveis,
vivenciamos uma experiência positiva
durante o sono. Ao contrario, se são
negativas, nos vinculamos a situações e
espíritos inferiores. Daí a necessidade de
adequarmos nossas vidas aos preceitos
espíritas, vivenciando o amor, o perdão, a
abnegação, habituando-nos a prece, a
meditação antes de dormir, para nos
ligarmos a sintonia superior.
Tanto para JUNG quanto para FREUD, o SONHO é considerado uma via real,
uma PONTE que nos permite acessar o INCONSCIENTE.
SONHOS – DIVALDO FRANCO
NA VISÃO PSICANALÍTICA
- FREUD Os sonhos são repletos de
emoções e sentimentos indispensáveis
para o descobrimento do verdadeiro EU.
- São mensagens com enigmas vindas do
inconsciente, que quando decifradas,
podem trazer mais conhecimento sobre
si mesmo, amenizando sintomas
psicológicos, como fobias, ansiedade,
neuroses, entre outros transtornos que
prejudicam a saúde, relações pessoais e
o convívio em sociedade.
JUNG – Há uma certa simbologia dentro
dos sonhos que parece se repetir em
muitas pessoas.
Sonhar que está grávida é um tipo de sonho
que gera sentimentos mistos quando
interpretado literalmente. Segundo a
perspectiva junguiana, pode estar
relacionado com algum tipo de criação
incipiente - um crescimento interno
transformador.
FREUD – Sonho é uma manifestação de
um desejo proibido que é reprimido e
jogado para o inconsciente.
JUNG – É uma ponte que liga o inconsciente
e o consciente, sugerindo a ideia de outro
inconsciente – O INCONSCIENTE COLETIVO.
COMUNS
REFLEXIVOS
ESPIRITUAIS
PREMONITÓRIOS
PROFÉTICOS
Nestes SONHOS as fortes impressões por nós
vividas tanto nesta vida ou em encarnações
pretéritas chegam a superfície do CONHECIMENTO.
- REFLEXOS DO NOSSO INCONSCIENTE
- REFLEXOS PRESENTE – registros desta vida
- INCONSCIENTE PRETÉRITO – arquivo espiritual de vidas
passadas.
A alma, desprendida do corpo, exerce
atividade real e efetiva, facultando meios de nos
encontrarmos com parentes, amigos,
participação em estudos para aprendizado ou
mesmo, diversões e encontros com desafetos,
desta e de outras vidas". Tudo de acordo com
nossas vibrações - Livre Arbítrio.
Os Sonhos Proféticos  podem ocorrer com
o homem comum, quando a alma vê a
necessidade de transmitir algo importante
aos veículos que ela habita.
 Sensação ou Advertência antecipada
de acontecimento futuro, tanto pessoal ,
quanto coletivo.
 PRESSENTIMENTO
Podem ser simples intuições sobre os fatos
do dia a dia, chamados de pequenas
premonições .– saber que alguém vai nos
ligar...
É importante que as pessoas não deixem de
considerar estes sonhos apenas como
Os sonhos precisam ser considerados como
probabilidades , pois podem simbolizar algo
muito diferente do que aparentam. Também
não devem ser encarados como negativos,
mas como a oportunidade de fazermos uma
avaliação construtiva do mesmo, visando
nossos aprendizados.
Somos espíritos imortais !
A pátria espiritual é a verdadeira.
Aqui na Terra temos uma cópia muito imperfeita.
O que seria de nós, espíritos, se vivêssemos
encarnados sem poder sonhar, sem poder voltar ao
contato com o plano espiritual que, afinal de contas,
é a matriz?
Por outro lado, é através do sono e do sonho que
exercitamos a morte, que pode ser considerada a
emancipação definitiva.
RFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
-Apometria e Fraternidade (site)
-Bem Viver Apometria (site)
-O Espiritismo Aplicado (Rigonatti)
-O Livro dos Espíritos (Kardec)
-O Livro dos Médiuns / Waldo
Vieira /
-Estudando a Mediunidade-Martins
Peralva /
-Folha Espirita de SP
-Sonhos - Djalma Argolo
- Nossa Vida nos Sonhos-
Trigueirinho /

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2.9.2 Possessos - Convulsionários
2.9.2   Possessos - Convulsionários2.9.2   Possessos - Convulsionários
2.9.2 Possessos - ConvulsionáriosMarta Gomes
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaJorge Luiz dos Santos
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASRodrigo Leite
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispiritoduadv
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualgrupodepaisceb
 
Eae 75 O pensamento e a vontade
Eae 75 O pensamento e a vontadeEae 75 O pensamento e a vontade
Eae 75 O pensamento e a vontadePatiSousa1
 
Mediunidade doença mental ou oportunidade!
Mediunidade doença mental ou oportunidade!Mediunidade doença mental ou oportunidade!
Mediunidade doença mental ou oportunidade!Leonardo Pereira
 
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou UniversalAula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universalcarlos freire
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_ccarlos freire
 
Progressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª ParteProgressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª ParteDenise Aguiar
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...Cynthia Castro
 
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpoRoteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpoBruno Cechinel Filho
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução Leonardo Pereira
 
Falsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetasFalsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetasVanda Machado
 

Mais procurados (20)

2.9.2 Possessos - Convulsionários
2.9.2   Possessos - Convulsionários2.9.2   Possessos - Convulsionários
2.9.2 Possessos - Convulsionários
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
 
Eae 75 O pensamento e a vontade
Eae 75 O pensamento e a vontadeEae 75 O pensamento e a vontade
Eae 75 O pensamento e a vontade
 
Reencarnação
ReencarnaçãoReencarnação
Reencarnação
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
centros de força
centros de forçacentros de força
centros de força
 
Mediunidade doença mental ou oportunidade!
Mediunidade doença mental ou oportunidade!Mediunidade doença mental ou oportunidade!
Mediunidade doença mental ou oportunidade!
 
Aula 90 a filosofia da dor
Aula 90 a filosofia da dorAula 90 a filosofia da dor
Aula 90 a filosofia da dor
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
 
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou UniversalAula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
Aula 03 FCU - Fluído Cósmico ou Universal
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
 
Progressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª ParteProgressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª Parte
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
 
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpoRoteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
 
Falsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetasFalsos Cristos Falsos profetas
Falsos Cristos Falsos profetas
 

Semelhante a SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA

Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e SonhosMocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e SonhosSergio Lima Dias Junior
 
Evangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e SonhosEvangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e SonhosAntonino Silva
 
Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2Graça Maciel
 
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
07 sono e sonhos
07   sono e sonhos07   sono e sonhos
07 sono e sonhosjcevadro
 
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da almaPrimeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da almaCeiClarencio
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosNeusa Lustosa
 
Coem 2011-aula-20-emancipacao da-alma
Coem 2011-aula-20-emancipacao da-almaCoem 2011-aula-20-emancipacao da-alma
Coem 2011-aula-20-emancipacao da-almaAlice Lirio
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaMarta Gomes
 
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. contiSilvio Figueirôa
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)Maria Salete da Cunha
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)Maria Salete da Cunha
 

Semelhante a SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA (20)

Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e SonhosMocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Sono e Sonhos
 
53 o sono e os sonhos
53 o sono e os sonhos53 o sono e os sonhos
53 o sono e os sonhos
 
O sono e os sonhos (g.e. cristao a caminho da luz)
O sono e os sonhos (g.e. cristao a caminho da luz)O sono e os sonhos (g.e. cristao a caminho da luz)
O sono e os sonhos (g.e. cristao a caminho da luz)
 
Evangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e SonhosEvangeliza - Sono e Sonhos
Evangeliza - Sono e Sonhos
 
Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2
 
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
 
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...( Espiritismo)   # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
( Espiritismo) # - aluney e a silva - atividade noturna do espirito, desdob...
 
07 sono e sonhos
07   sono e sonhos07   sono e sonhos
07 sono e sonhos
 
Sono e Sonhos na visão Espírita
Sono e Sonhos na visão EspíritaSono e Sonhos na visão Espírita
Sono e Sonhos na visão Espírita
 
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da almaPrimeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
Primeiro Módulo - Aula 15 - Emancipação da alma
 
Palestra Sobre Sono E Sonho
Palestra Sobre Sono E SonhoPalestra Sobre Sono E Sonho
Palestra Sobre Sono E Sonho
 
Visaoespiritasonosonhos
VisaoespiritasonosonhosVisaoespiritasonosonhos
Visaoespiritasonosonhos
 
Sonhos na visão espírita
Sonhos na visão espíritaSonhos na visão espírita
Sonhos na visão espírita
 
Mediunidade o que é isso apostila 031
Mediunidade o que é isso   apostila 031Mediunidade o que é isso   apostila 031
Mediunidade o que é isso apostila 031
 
Coem 2011-aula-20-emancipacao da-alma
Coem 2011-aula-20-emancipacao da-almaCoem 2011-aula-20-emancipacao da-alma
Coem 2011-aula-20-emancipacao da-alma
 
Emancipação da alma
Emancipação da almaEmancipação da alma
Emancipação da alma
 
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da almaCapitulo VIII - Emancipacao da alma
Capitulo VIII - Emancipacao da alma
 
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
1 5. sono, sonambulismo, êxtase e dupla vista claudio c. conti
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
 
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)Estados da emancipação da alma   parte 1 (elio mollo)
Estados da emancipação da alma parte 1 (elio mollo)
 

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ

COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptxCOMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptxARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 

Mais de ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ (20)

ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
ESTUDAR A SI MESMO - A ARTE MAIS DIFICIL.
 
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICASDOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
 
AS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMAAS DOENÇAS DA ALMA
AS DOENÇAS DA ALMA
 
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdfAUTOCONHECIMENTO  - O CORPO FALA.pdf
AUTOCONHECIMENTO - O CORPO FALA.pdf
 
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docxA PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
A PAZ QUE VEM DE DENTRO.docx
 
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docxIMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
IMPORTANCIA DO SILENCIO JOANA DE ANGELIS.docx
 
DROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITADROGAS VISÃO ESPIRITA
DROGAS VISÃO ESPIRITA
 
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 BUDA  - HERMANN HESSE.pptx BUDA  - HERMANN HESSE.pptx
BUDA - HERMANN HESSE.pptx
 
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃOO FENOMENO DA PROJEÇÃO
O FENOMENO DA PROJEÇÃO
 
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docxNOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
NOSSO DIAMANTE ADORMECIDO.docx
 
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO . PROJEÇÕES e a  LEI DO ESPELHO .
PROJEÇÕES e a LEI DO ESPELHO .
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
 
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
PP ESTUDA-TE A TI MESMO!
 
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptxNIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
NIVEIS DE CONSCIENCIA HUMANA pptx
 
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptxREFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
REFORMA INTIMA DE QUE FORMA FAZE-LA.pptx
 
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADEAUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
AUTOCONSCIENCIA E AUTORRESPONSABILIDADE
 
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um  uma pedra preciosa adormecida. Somos como um  uma pedra preciosa adormecida.
Somos como um uma pedra preciosa adormecida.
 
REFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIORREFORMA INTERIOR
REFORMA INTERIOR
 
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTADEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
DEPRESSAO X ATUALIDADE VISÃO ESPIRITUALISTA
 
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptxCOMO ANDA SUA AUTOESTIMA  na visão Espiritualistalideshare.pptx
COMO ANDA SUA AUTOESTIMA na visão Espiritualistalideshare.pptx
 

Último

Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
Oração Alma De Cristo
Oração Alma De CristoOração Alma De Cristo
Oração Alma De CristoNilson Almeida
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 

Último (11)

Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
Oração Alma De Cristo
Oração Alma De CristoOração Alma De Cristo
Oração Alma De Cristo
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 

SONO E SONHOS VISÃO ESPIRITA

  • 1. S O N O & VISÃO ESPIRITUALISTA EECL Educandário Espírita Caminhos de Luz! Tânia Paupitz /2023
  • 2. Allan Kardec  “É um quadro semelhante a morte e que serve como preparação para ela; o sono é a retirada do espírito, o abandono provisório das partes exteriores e mais grosseiras do corpo que, neste momento, tem vida vegetativa. O homem fica num estado de insensibilidade, mas suas funções estão preservadas. Isto é necessário para que o corpo se recupere das atividades que o submete o Espírito”.
  • 3. É o desprendimento do Espírito encarnado, possibilitando-lhe afastar-se momentaneamente do corpo físico. “À semelhança da morte, em que o Espírito se liberta com facilidade do corpo mediante conquistas anteriores de desapego e renúncia, reflexões e desinteresse das paixões mais vigorosas, no sono há uma ocorrência equivalente, pois que o ser espiritual possui maior ou menor movimentação conforme as suas fixações e conquistas.”
  • 4. L.E.- 414 – “É tão habitual o fato de irdes encontrar-vos, durante o sono, com amigos e parentes, com os que conheceis e que vos podem ser úteis, que quase todas as noites fazeis estas visitas.” L.E.- 402 – “ O sono é a porta que Deus lhes abriu para que possam ir ter com seus amigos do céu.
  • 5. DIFERENÇA ESTADO DE SONO X MORTE No sono há o desprendimento parcial, ou seja, o ESPÍRITO se desprende do Corpo Físico, permanecendo ligado por um CORDÃO FLUÍDICO , conhecido como “ cordão de prata, fio de prata, fio fluídico, cordão astral, cordão fluídico”. O cordão de prata é o que possibilita a vida do ser humano na Terra, mantendo o CF em pleno funcionamento. Sem o períspirito, ou corpo fluídico ou Etéreo, a VIAGEM ASTRAL não seria possível – o fio de prata é quem prende o ESPIRITO ao CF.
  • 6. PRECE MEDITAÇÃO PENSAMENTOS RELAXAMENTO EVANGELHO EVITE  PREOCUPAÇÕES / Comida e Bebida em excesso / Leitura ou filmes pesados/ Barulhos / Luminosidade / Café / TV ligada / Exercícios Físicos a noite / discussões/ Bebida alcóolica.
  • 7. A MEDITAÇÃO ajuda a nos sentirmos mais relaxados e, isso reflete nossa atividade cerebral. BENEFICIOS A meditação tem como objetivo a integração entre o corpo e a mente e, seus efeitos atingem o nosso Corpo Físico e emocional, auxiliando na regulação da pressão arterial, frequência cardíaca, aliviando dores de modo geral. Em relação ao SONO, meditar ajuda quem sofre de Insônia e, com relação a SAUDE MENTAL, se mostrou eficaz nos casos de depressão, ansiedade e estresse.
  • 8. ESCRITOR RUSSO “LEON TOLSTOY”- Após seu desencarne psicografou mensagem através da mediunidade de Ivone do Amaral Pereira. Em uma de suas obras psicografadas, ele narra que, quando ainda vivendo na Terra, tivera um amigo de nome Boris. Eram muito afeiçoados e apreciavam ficar horas discutindo questões de filosofia. Boris, contudo, morreu jovem, na flor dos vinte anos. Tolstoy sentiu muito a morte do amigo ... ENCONTROS, TRABALHOS, APRENDIZADOS, AMPARO .. São as atividades de muitas pessoas que pensam dormir, mas continuam totalmente ativas no mundo espiritual ainda que, a maioria não consiga recordar dos sonhos, quanto mais lembrar de experiências vividas no mundo astral.
  • 9. LE-471 - ‘Quando experimentamos uma sensação de angústia, de ansiedade indefinível, ou de íntima satisfação, sem que lhe conheçamos a causa, devemos atribuí-la unicamente a uma disposição física?” “É quase sempre efeito das comunicações em que inconscientemente entrais com os Espíritos, ou da que com elas tivestes durante o sono.” O Espírito “Miramez”, complementa esta questão nos dizendo: “ Quando, de repente, sentimos uma satisfação por viver, quando assoma em nós um prazer por tudo, que não sabemos de onde parte, isso é uma inspiração dos benfeitores espirituais, a nos induzir para a vida, nos ajudando, desta forma, a vencer os percalços dos caminhos. Questão 471 - Sono & Sonhos
  • 10. 1ª - SONOLÊNCIA - ondas ALFA - transição entre vigília e o sono – Pessoa acordada e relaxada com olhos fechados . 2ª - SONO LEVE – Ondas TETA – Pessoa sonolenta ou adormecida - metabolismo esta mais lento. As batidas do coração e a temperatura corpo diminuem. 3ª - ÍNICIO DO SONO PROFUNDO – As ondas cerebrais diminuem de ritmo, dando inicio ao sono profundo. 4º - SONO PROFUNDO – Ondas DELTA – a musculatura relaxa, coração fica mais lento - ondas grandes e lentas. 5ª - SONO REM – Nesta fase, a atividade onírica é intensa, sendo sobretudo SONHOS envolvendo situações emocionais muito fortes.
  • 11.
  • 12. “RAPID EYE MOVEMENT” SONO REM - (movimento rápido dos olhos) é a fase do sono mais PROFUNDO, na qual ocorrem OS SONHOS mais vívidos. Durante esta fase, os OLHOS MOVEM-SE rapidamente e a maioria dos músculos do corpo encontram-se paralisados para evitar que realizemos com nosso corpo aquilo que sonhamos
  • 13. Tão logo adormecemos, o nosso corpo astral afasta- se do Corpo Físico, indo percorrer as regiões de sua preferência, conforme seu grau evolutivo. É neste estágio que o ESPÍRITO começa a desligar- se do Corpo Físico, elaborando os seus SONHOS.
  • 14. Outros encontros durante a noite realizam a nossa alma com amigos e desafetos, com entidades inferiores ou superiores, provocando um despertar suave e esperançoso, inquieto ou sufocante. Cabe a nós, portanto, manter nossos pensamentos vigilantes (vigiai e orai) e equilibrados durante o dia, para podermos usufruir uma boa noite de sono.
  • 15. Tânia Paupitz – EECL/2023
  • 16. O QUE SÃO SONHOS na visão Espírita? “ O SONHO é a lembrança do que o Espírito viu durante o SONO mas nem sempre nos lembramos daquilo que vimos , isto porque não temos nossa alma em todo o seu desenvolvimento de suas faculdades . É o estado de emancipação da ALMA  Ocorre o desprendimento do Espírito encarnado, possibilitando-lhe afastar-se momentaneamente do corpo físico. “À semelhança da morte, em que o Espírito se liberta com facilidade do corpo mediante conquistas anteriores de desapego e renúncia, reflexões e desinteresse das paixões mais vigorosas. No sono há uma ocorrência equivalente, pois que o ser espiritual possui maior ou menor movimentação conforme as suas fixações e conquistas.” O SONHO é a lembrança das situações, relações e emoções vivenciadas pelo Espirito durante o sono. BONS SONHOS  BOA NOITE DE SONO EVITAR: Preocupações, comida e bebida em excesso, estresse, luminosidade, barulho. etc. FOCAR: prece, leitura edificante, relaxamento, pensamentos, meditação, evangelho..
  • 17. OS SONHOS – Livro dos Médiuns – cap.6 – item 101 • Visão atual das coisas presentes ou ausentes, • Visão retrospectiva do passado, • Pressentimentos do Futuro, • Lembranças do que efetivamente vimos, • Fruto das nossas preocupações , • Quadros Simbólicos (simbolismo). SONHO Resposta a estímulos sensoriais, condições orgânicas, criações mentais do nosso inconsciente, realização de desejos, sonhos relacionados a nossos temores, nos avisando de algum problema ou questão a resolver, ou ainda, relacionados a problemas não resolvidos durante o dia.
  • 18. No estado de emancipação da ALMA o espirito se desloca do Corpo Físico ficando os laços que o unem a matéria mais tênues e flexíveis, permitindo que o Corpo Perispiritual aja com maior liberdade. Foi Allan Kardec quem realmente analisou amplamente os sonhos em seus aspectos fisiológicos e espirituais. Os sonhos são efeito da emancipação da alma, que mais independente se torna pela suspensão da vida ativa e de relação. Daí uma espécie de clarividência indefinida que se alonga até aos mais afastados lugares e até mesmo a outros mundos, da mesma forma a lembrança que traz à memória acontecimentos da precedente existência ou das existências anteriores. As singulares imagens do que se passa ou se passou em mundos desconhecidos, entremeados de coisas do mundo atual, é que formam esses conjuntos estranhos e confusos, que nenhum sentido ou ligação parecem ter. L.E.- 402 “ Como podemos julgar a liberdade do Espirito Durante o Sono? Resposta: PELOS SONHOS
  • 19. LE 403 – POR QUE NÃO LEMBRAMOS DOS SONHOS? Resposta dos Espíritos: “Em o que chamas sono, só há o repouso do corpo, visto que o Espírito está constantemente em atividade. Recobra, durante o sono, um pouco da sua liberdade e se corresponde com os que lhe são caros, quer neste mundo, quer em outros. Mas, como é pesada e grosseira a matéria que o compõe, o corpo dificilmente conserva as impressões que o Espírito recebeu, porque a este não chegaram por intermédio dos órgãos corporais.”
  • 20. Os sonhos ocorrem principalmente durante o sono REM, mas são esquecidos quase imediatamente. Somente quando acordamos durante ou logo após o sono REM é que a memória de um sonho ainda se mantém. Há evidências de que certos neurônios que estão ativos durante o sono REM podem suprimir ativamente as memórias dos sonhos.
  • 21. CONCLUSÃO – Por que esquecemos ... A análise dos sonhos pode nos trazer informações valiosas para nosso processo de autoconhecimento, contudo, devemos nos proteger contra as interpretações pelas imagens e lembranças esparsas. Há sempre um forte conteúdo simbólico em nossas percepções psíquicas que, normalmente nos chegam acompanhadas de emoções e sentimentos. Se aos despertarmos, nos sentirmos envolvidos por emoções boas, agradáveis, vivenciamos uma experiência positiva durante o sono. Ao contrario, se são negativas, nos vinculamos a situações e espíritos inferiores. Daí a necessidade de adequarmos nossas vidas aos preceitos espíritas, vivenciando o amor, o perdão, a abnegação, habituando-nos a prece, a meditação antes de dormir, para nos ligarmos a sintonia superior.
  • 22. Tanto para JUNG quanto para FREUD, o SONHO é considerado uma via real, uma PONTE que nos permite acessar o INCONSCIENTE.
  • 23. SONHOS – DIVALDO FRANCO NA VISÃO PSICANALÍTICA
  • 24. - FREUD Os sonhos são repletos de emoções e sentimentos indispensáveis para o descobrimento do verdadeiro EU. - São mensagens com enigmas vindas do inconsciente, que quando decifradas, podem trazer mais conhecimento sobre si mesmo, amenizando sintomas psicológicos, como fobias, ansiedade, neuroses, entre outros transtornos que prejudicam a saúde, relações pessoais e o convívio em sociedade. JUNG – Há uma certa simbologia dentro dos sonhos que parece se repetir em muitas pessoas. Sonhar que está grávida é um tipo de sonho que gera sentimentos mistos quando interpretado literalmente. Segundo a perspectiva junguiana, pode estar relacionado com algum tipo de criação incipiente - um crescimento interno transformador. FREUD – Sonho é uma manifestação de um desejo proibido que é reprimido e jogado para o inconsciente. JUNG – É uma ponte que liga o inconsciente e o consciente, sugerindo a ideia de outro inconsciente – O INCONSCIENTE COLETIVO.
  • 25.
  • 27.
  • 28. Nestes SONHOS as fortes impressões por nós vividas tanto nesta vida ou em encarnações pretéritas chegam a superfície do CONHECIMENTO. - REFLEXOS DO NOSSO INCONSCIENTE - REFLEXOS PRESENTE – registros desta vida - INCONSCIENTE PRETÉRITO – arquivo espiritual de vidas passadas.
  • 29. A alma, desprendida do corpo, exerce atividade real e efetiva, facultando meios de nos encontrarmos com parentes, amigos, participação em estudos para aprendizado ou mesmo, diversões e encontros com desafetos, desta e de outras vidas". Tudo de acordo com nossas vibrações - Livre Arbítrio.
  • 30. Os Sonhos Proféticos  podem ocorrer com o homem comum, quando a alma vê a necessidade de transmitir algo importante aos veículos que ela habita.
  • 31.  Sensação ou Advertência antecipada de acontecimento futuro, tanto pessoal , quanto coletivo.  PRESSENTIMENTO Podem ser simples intuições sobre os fatos do dia a dia, chamados de pequenas premonições .– saber que alguém vai nos ligar... É importante que as pessoas não deixem de considerar estes sonhos apenas como
  • 32. Os sonhos precisam ser considerados como probabilidades , pois podem simbolizar algo muito diferente do que aparentam. Também não devem ser encarados como negativos, mas como a oportunidade de fazermos uma avaliação construtiva do mesmo, visando nossos aprendizados.
  • 33. Somos espíritos imortais ! A pátria espiritual é a verdadeira. Aqui na Terra temos uma cópia muito imperfeita. O que seria de nós, espíritos, se vivêssemos encarnados sem poder sonhar, sem poder voltar ao contato com o plano espiritual que, afinal de contas, é a matriz? Por outro lado, é através do sono e do sonho que exercitamos a morte, que pode ser considerada a emancipação definitiva.
  • 34. RFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS: -Apometria e Fraternidade (site) -Bem Viver Apometria (site) -O Espiritismo Aplicado (Rigonatti) -O Livro dos Espíritos (Kardec) -O Livro dos Médiuns / Waldo Vieira / -Estudando a Mediunidade-Martins Peralva / -Folha Espirita de SP -Sonhos - Djalma Argolo - Nossa Vida nos Sonhos- Trigueirinho /