Sebrae na Copa 2014

3.046 visualizações

Publicada em

Slides apresentados por Richard Alves, Sebrae Bahia, no evento de abertura do ciclo Rodadas de Inovação, da Incubadora de Negócios UNIFACS.

Publicada em: Negócios
1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.046
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sebrae na Copa 2014

  1. 1. SEBRAE NA COPA 2014 RICHARD ALVES Rodadas de Inovação Salvador, 05 de agosto de 2010
  2. 2. AGENDA A COPA 2014 NA BAHIA IMPACTOS ECONÔMICOS DA COPA 2014 ATUAÇÃO DO SEBRAE NA COPA 2014
  3. 3. Parte dos benefícios da Copa são tangíveis e podem ter seu impacto na economia concretamente mensurado.
  4. 4. A copa do mundo impactará em ~R$ 183 Bilhões na economia brasileira R$ Bilhões FONTE: Ministério dos Esportes
  5. 5. BENEFÍCIOS ECONÔMICOS DIRETOS FONTE: Ministério dos Esportes
  6. 6. <ul><li>Mudança na imagem brasileira no exterior: </li></ul><ul><li>- Fortalecimento da imagem de país alegre e receptivo </li></ul><ul><li>- Adição de novos atributos à imagem brasileira: competência, organização e desenvolvimento </li></ul><ul><li>Maior exposição de produtos e serviços, sobretudo daqueles nos quais o Brasil tenha vantagens competitivas </li></ul><ul><li>Implementação e divulgação de tecnologias verdes (combustíveis, construção, ...) </li></ul><ul><li>Maior aproveitamento do potencial turístico do Brasil (número de turistas hoje é semelhante ao da Argentina e 1/4 do México) </li></ul><ul><li>Divulgação de atrações turísticas regionais e ampliação do turismo interno, sobretudo de destinos hoje pouco explorados </li></ul><ul><li>Salto de qualidade dos serviços ligados ao setor (hotelaria, alimentação, taxis, ...): </li></ul><ul><li>Melhoria da qualidade de serviços/qualidade de vida para a população: </li></ul><ul><li>- Tecnologias modernas de transportes </li></ul><ul><li>- Maior conforto dos estádios </li></ul><ul><li>Plataforma para ganhos de produtividade no setor privado </li></ul><ul><li>Criação de novos pólos/vetores de desenvolvimento </li></ul><ul><li>Aprimoramento dos controles da gestão pública </li></ul><ul><li>Ampliação da integração entre as regiões do país </li></ul><ul><li>Fortalecimento do orgulho da nação (de ser brasileiro) </li></ul>Visibilidade Internacional Turismo Infraestrutura Aperfeiçoamento Institucional BENEFÍCIOS INTANGÍVEIS FONTE: Ministério dos Esportes
  7. 7. <ul><li>José estava desempregado há 2 anos, … </li></ul><ul><li>… foi contratado para trabalhar nas obras da Fonte Nova. </li></ul><ul><li>Com isso começou a comprar alimentos na venda do Seu Joaquim, </li></ul><ul><li>que contratou João, que antes era um trabalhador informal. </li></ul><ul><li>João hoje paga impostos … </li></ul><ul><li>e consome (compra) mais do que antes. </li></ul>O Efeito Renda é fruto da “recirculação” do dinheiro na economia. EFEITO RENDA
  8. 8. AGENDA A COPA 2014 NA BAHIA IMPACTOS ECONÔMICOS DA COPA 2014 ATUAÇÃO DO SEBRAE NA COPA 2014
  9. 9. <ul><li>Seja do ponto de vista da história, seja da geografia, Salvador possui todas as características e potenciais para se transformar na grande capital da cultura, do turismo e do entretenimento da América do Sul. </li></ul><ul><li>Seja no misticismo, na culinária, na música, na dança, nas artes marciais, na literatura, nas artes plásticas, ou mesmo no cinema, em Salvador existe sempre algo de novo, e ao mesmo tempo de raiz. </li></ul><ul><li>Para que Salvador aproveite todo o seu potencial, são necessários investimentos em infraestrutura e serviços, capazes de manter permanentemente a cidade como destino turístico de destaque no cenário internacional. </li></ul><ul><li>É nesse contexto que se deve entender as oportunidades que se abrem para toda a Bahia com a escolha de Salvador como uma das cidades-sedes da Copa do Mundo, a ser realizada no Brasil em 2014. </li></ul>Potencialidades de Salvador
  10. 10. <ul><li>De acordo com estudos internacionais os impactos desses eventos na economia podem ser classificados em “primários”, “secundários” e “terciários”: </li></ul><ul><li>O impacto primário refere-se à análise dos investimentos (públicos e privados) e dos custos operacionais de realização dos eventos, face às receitas de turismo geradas durante os jogos. </li></ul><ul><li>O efeito secundário é considerado o mais importante, e se refere ao impacto dos investimentos em infraestrutura no desenvolvimento urbano pós-jogos. </li></ul><ul><li>O efeito terciário refere-se aos benefícios intangíveis dos jogos, tais como exposição da “marca” da cidade, aumento do “orgulho” e da “auto-estima” da população local, além da promoção da prática de hábitos de “vida saudável” associados à prática de esportes. Há, portanto, um ganho para a qualidade de vida dos residentes de cidades-sedes. </li></ul>Potencialidades de Salvador
  11. 11. <ul><li>Com a Copa Salvador tem a oportunidade de estruturar um grande projeto de reconfiguração e dinamização urbana, o que faz com que a cidade se transforme em uma grande capital da cultura, entretenimento e turismo e lazer náutico de toda a América do Sul. </li></ul><ul><li>Como a Copa só ocorrerá em 2014, admite-se que até 2013 se viverá uma expansão da ordem de 2,8% ao ano para o fluxo de turistas domésticos e 3,1% para o fluxo de turistas estrangeiros. </li></ul><ul><li>A partir de 2014, projeta-se a evolução do fluxo de turistas em Salvador considerando-se um crescimento médio anual da ordem de 8,2%, que corresponde ao crescimento médio anual ponderado do número de turistas em Barcelona no período de 1990 a 2005. </li></ul>Potencialidades de Salvador
  12. 12. Potencialidades de Salvador Evolução do fluxo de turistas em Salvador (em milhões) Fonte: KPMG
  13. 13. AGENDA A COPA 2014 NA BAHIA IMPACTOS ECONÔMICOS DA COPA 2014 ATUAÇÃO DO SEBRAE NA COPA 2014
  14. 14. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO OPORTUNIDADES MERCADO Copa do Mundo de 2014 Identificar as oportunidades de negócios para as MPE geradas pelos investimentos para a Copa 2014. Promover Acesso ao Mercado gerado pela Copa do Mundo às MPE brasileiras. CAPACITAÇÃO Preparar as MPE, dos setores escolhidos, para atuar de forma competitiva e sustentável.
  15. 15. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO OPORTUNIDADES MERCADO Copa do Mundo de 2014 Identificar as oportunidades de negócios para as MPE geradas pelos investimentos para a Copa 2014. Promover Acesso ao Mercado gerado pela Copa do Mundo às MPE brasileiras. CAPACITAÇÃO Preparar as MPE, dos setores escolhidos, para atuar de forma competitiva e sustentável.
  16. 16. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO <ul><li>Realização de Estudo e Análise de Oportunidade de Negócios </li></ul><ul><li>Realização de Estudo Técnico com foco em consultoria jurídica </li></ul><ul><li>Realização de Estudo de Perfil do Público-alvo nacional e internacional </li></ul><ul><li>Realização de Pesquisa que favoreça a valorização e diferenciação dos produtos e serviços baianos – um marketing do “made in Bahia” </li></ul><ul><li>Realizar evento com a presença de especialistas pesquisados </li></ul><ul><li>Realizar eventos empresariais, para aplicação dos conhecimentos gerados pela pesquisa, através de inteligência competitiva, nestes setores da economia </li></ul><ul><li>Elaborar cartilha técnica de normas, exigências e procedimentos </li></ul>
  17. 17. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO <ul><li>As Âncoras (Consórcios e/ou Grandes Empresas que ganharam as licitações das obras da Copa 2014 – Ex. Odebretch, Queiroz Galvão) apresentam: </li></ul><ul><li>suas demandas por bens e serviços; </li></ul><ul><li>suas políticas de compras; </li></ul><ul><li>requisitos de fornecimento; e </li></ul><ul><li>demais informações que permitam mapear as oportunidades para as MPE ao longo da cadeia produtiva. </li></ul>1º Nível Fornecimento Direto Grandes empresas que administram projetos e contratos 3º Nível Atividades complementares ao suporte direto Atividades Gerais 2º Nível Fornecimento aos Sistemistas Suporte direto às Obras de engenharia e Prestação de serviços 4º Nível Âncora
  18. 18. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO OPORTUNIDADES MERCADO Copa do Mundo de 2014 Identificar as oportunidades de negócios para as MPE geradas pelos investimentos para a Copa 2014. Promover Acesso ao Mercado gerado pela Copa do Mundo às MPE brasileiras. CAPACITAÇÃO Preparar as MPE, dos setores escolhidos, para atuar de forma competitiva e sustentável.
  19. 19. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO PLANO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL (P.D.E.) DIAGNÓSTICO EMPRESARIAL Pacote de Consultoria Orientada para novos Negócios/Produtos voltados para a Copa CAPACITAÇÃO INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO M E R C A D O Programa SEBRAE de Empresas Avançadas Difusão tecnológica Desenvolvimento de Novos Produtos/ Processos Programa de Qualidade Clube de Excelência
  20. 20. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO OPORTUNIDADES MERCADO Copa do Mundo de 2014 Identificar as oportunidades de negócios para as MPE geradas pelos investimentos para a Copa 2014. Promover Acesso ao Mercado gerado pela Copa do Mundo às MPE brasileiras. CAPACITAÇÃO Preparar as MPE, dos setores escolhidos, para atuar de forma competitiva e sustentável.
  21. 21. ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO <ul><li>Elaborar, implementar e manter um Sistema de Inteligência Competitiva - IC para as MPE </li></ul><ul><li>Elaborar e implementar o Portal de Oportunidades </li></ul><ul><li>Promover o Acesso a Mercado </li></ul><ul><li>Implementar o Programa integrado de comercialização dos produtos turísticos e culturais, ex: “História do Brasil: Descobrimento, Riqueza e Império” </li></ul>
  22. 22. RICHARD ALVES FIM

×