Conservação de momento angular 2 a

6.456 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conservação de momento angular 2 a

  1. 1. Conservação de Momento angular Felipe Saad Mauad nº10 2ºA
  2. 2. • Momento angular (também chamada quantidade de movimento angular) de um corpo é a grandeza física associada à rotação e translação desse corpo. No caso específico de um corpo rodando em torno de um eixo, acaba por relacionar sua distribuição da massa com sua velocidade angular.
  3. 3. • Para existir "momento angular", o movimento aplicado sobre o sistema tem que ser rotativo, em relação a um eixo de simetria. Facilmente identificamos situações que refletem a lei da conservação do momento angular. Um pião a rodar ou uma bailarina a rodopiar, são disso bons exemplos.
  4. 4. • O momento angular de uma partícula é definido pelo produto vetorial do vetor- posição da partícula (em relação a um ponto de referência) pelo seu momento linear . Então : • L = r x p = m x v x r
  5. 5. Experimento da Patinadora
  6. 6. • No caso da patinadora podemos verificar que ela mantem uma velocidade constante o que indica L = constante, assim podemos perceber que quanto mais ela cruva seus braços e diminui o raio, maior a velocidade ela obtem, pois a velocidade compensa o raio e a massa, caso a bailarina fosse mais pesada menor seria a velocidade para compensar e assim por diante.
  7. 7. http://www.youtube.com/watch?v=us6C Nesse video podemos observar que os alunos ao tentarem diminuir o raio a velocidade aumenta dessa forma alguns acabam caindo da plataforma ou não conseguem se mexer, e logo depois ao diminuir a massa a velocidade também aumenta dessa forma os alunos não conseguem se mexer e muito menos diminuir do raio. Como já foi explicado isso ocorre pela compensação da massa, raio e velocidade.
  8. 8. Exercício • Um carrossel consiste essencialmente num disco uniforme de massa 200 kg, rodando em torno do seu eixo vertical. O raio do disco é 6 m. Um homem (m = 100 kg) está de pé sobre a borda exterior quando o carrossel gira com velocidade de 0.20 rot/s. – a) Qual seria a velocidade do carrossel se o homem se deslocasse para uma nova posição a 3 m do centro do disco? • b) O que aconteceria à velocidade do carrossel se o homem caísse para fora do carrossel?
  9. 9. Felipe Mauad • Professora Cristiane Tavolaro
  10. 10. Felipe Mauad • Professora Cristiane Tavolaro

×