Hipertenção pulmonar

892 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
892
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hipertenção pulmonar

  1. 1. Profª Ms. Michelly Abdalla
  2. 2. Foi identificada pela primeiravez por Ernst Von Rombert em1890
  3. 3.  PA anormalmente alta nas arteriaspulmonar; Irrigação vascular dos pulmões; Diminuição a tolerância ao exercício efalhas no coração;
  4. 4. VD faz esforço adicional para levar sangueaos pulmões para captar oxigenio; Hipertensão primaria ou secundaria;
  5. 5. É considerada primária, quando não seconsegue encontrar causa para odistúrbio.A Hipertensão Pulmonar primária éuma doença com mau prognóstico.
  6. 6. É secundária quando deriva de EnfisemaPulmonar ou doença cardíaca congênita;
  7. 7. Capacidade de receber fluxo ou volumeprejudicada; Aumenta pressão arterial pulmonar queaumenta resistência vascular pulmonar; aumento do debito cardiaco;
  8. 8. Trabalho aumentado afeta a função VD; Miocardio não consegue satisfazer asdemandas impostas; Leva a Hipertrofia e Insuficiencia VD;
  9. 9. Perfil sintomático CLASSE I: Pacientes com hipertensão pulmonar, mas semlimitação resultante da atividade física. Atividade físicacomum não causa dispnéia ou fadiga, dor no peito ou quase-síncope. CLASSE II: Pacientes com hipertensão pulmonar resultandoem limitação leve da atividade física. Os pacientes ficamconfortáveis no repouso. Atividade física comum causadispnéia ou fadiga indevida, dor no peito ou quase-síncope.
  10. 10. CLASSE III: pacientes com HP resultando emimportante limitação das atividades físicas. Estespacientes estão confortáveis ao repouso, masesforços menores que as atividades físicas habituaiscausam dispnéia ou fadiga excessiva, dor torácicaou pré-síncope.CLASSE IV: pacientes com HP resultando emincapacidade para realizar qualquer atividade físicasem sintomas. Estes pacientes manifestam sinais defalência ventricular direita. Dispnéia e/ou fadigapodem estar presentes ao repouso, e o desconfortoaumenta em qualquer esforço.
  11. 11.  História; Exame fisico; Radiografia de torax; Prova de função pulmonar; Eletrocardiograma; Ecocardiograma; Imageamento de ventilação/ perfusão; Cateterismo cardiaco;
  12. 12.  Do lado direito do coração revela a pressãoarterial pulmonar elevada
  13. 13.  Por avaliar a progessão da doença e excluiroutras condições com sinais e sintomassimilares;
  14. 14.  Revela hipertensão VD, desvio do eixo para a direita eondas T altas, em pico, nas derivações inferiores, ondasR anteriores altas e depressões do segmento ST e/ouinversão da onda T anteriormente
  15. 15.  As provas de função pulmonar podem estar normal ou mostrardiscreta diminuição na capacidade vital e na complacenciapulmonar, com uma leve diminuição da capacidade de difução;
  16. 16. Primaria: transplante pulmonar, as vezes,transplante de coração; Rejeição ao transplante: 50% pctes entre 2e 3 anos após transplante;
  17. 17. Melhora dos sintomas e prolongamento da vida,mas não curam a doença Oxigenioterapia suplementar (2 a 3 L/min); Vasodilatadores (prostaciclina, inibidorplaquetário, 1/3 dos casos); anticoagulantes (evitam casos de trombose nosvasos pulmonares alterados);
  18. 18.  Bloqueadores de calcio (vasodilatadores); Diuréticos; Adenosina (indução de vasodilatação pulmonar); Oxido nitrico (via inalatória, vasodilatadorpulmonar); Medicações sendo testadas para ajudar o tto;
  19. 19. HIPERTENSÃO PULMONAR MEDIDAS GERAIS ANTICOAGULANTE + TTO DA DISFUNÇÃO VENTRICULAR DIREITO TESTE DE VASODILATAÇÃO AGUDACOM RESPOSTA SEM RESPOSTA INICIAR CLASSE FUNCIONAL I CLASSE FUNCIONAL IIIBLOQUEADOR OU II OU IVDE CANAL DE CÁLCIO CONSIDERAR NOVOS MANTER TERAPIA TTOS / CONVENCIONAL ATRIOSEPTOSTOMIA COM RESPOSTA S/ RESPOSTA MANTER CONSIDERAR TRATAMENTO TRANSPLANTE
  20. 20. HIPERTENSÃO PULMONAR MEDIDAS GERAIS ANTICOAGULAÇÃO + OXIGENIOTERAPIA + TTO DA DISFUNÇÃO VENTRICULAR DIREITA CLASSE CLASSE FUNCIONALFUNCIONAL I OU II III OU IV CONSIDERAR NOVOS TRATAMENTOSMANTER TERAPIA CONVENCIONAL COM RESPOSTA SEM RESPOSTA MANTER CONSIDERAR TRATAMENTO TRANSPLANTE

×