Comunidades online conhecimento colaborativo sobre consumidores

1.581 visualizações

Publicada em

Slideshow apresentado por Andrea Hiranaka (Ipsos SMX) no Simpósio de Inteligência Qualitativa em Mídias Sociais do IBPAD, ocorrido em julho de 2016.

Publicada em: Ciências
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.581
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.351
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comunidades online conhecimento colaborativo sobre consumidores

  1. 1. COMUNIDADES ONLINE Construindo conhecimento sobre o consumidor de forma ativa, interativa e colaborativa. SIMPÓSIO INTELIGÊNCIA QUALITATIVA EM MÍDIAS SOCIAIS ANDREA HIRANAKA Gerente Ipsos SMX
  2. 2. As pessoas estão em uma jornada pessoal Para satisfazer as suas necessidades e aspirações. E SÃO CONSTANTEMENTE INFLUENCIADAS POR DIVERSOS TOUCHPOINTS | N O V O C O N S U M I D O R | Necessidades & Aspirações Interação/ Uso do Produto Mídia Digital PDV Indicações Marcas
  3. 3. …esta dinâmica é cada vez mais mediada pela Tecnologia. CONSUMIDOR EMPODERADO Necessidades & Aspirações | N O V O C O N S U M I D O R |
  4. 4. | E N T E N D E N D O O S C O N S U M I D O R E S D E H O J E | Em Pesquisa, o envolvimento com os consumidores se torna ainda mais crítico. Os consumidores querem e esperam uma relação mais direta com as marcas, sem qualquer "intermediário", para expressar o que sentem em um diálogo permanente. A pesquisa deve ser: Mais integrada (vs fragmentada) Mais divertida (vs trabalhoso) Sempre ativa (vs uma foto do tempo) Emocional (vs impessoal)
  5. 5. Nossos desafios de pesquisa: Como conectar a pesquisa com o consumidor cada vez mais digital? | N O S S O S D E S A F I O S | • Entender o contexto • Feedback rápido e constante do consumidor • Co-criar com os consumidores • Criar relacionamentos • Trazer o consumidor à vida • Realizar pesquisas engajadoras e interativas
  6. 6. COMPARTILHAR DESCOBRIR CONSTRUIR ENTRETER EXPRESSAR CRIAR DISCUTIR CONECTAR SOCIAL MEDIA COMUNIDADES ONLINE Foco em PesquisaFoco em Pessoas MIMETIZAÇÃO O segredo está na pesquisa com foco nas Pessoas | N O S S O S D E S A F I O S |
  7. 7. | D E F I N I Ç Ã O | Co.mu.ni.da.de sf (lat communitate) 1 Qualidade daquilo que é comum; comunhão. 2 Participação em comum; sociedade. 3 Sociol Agremiação de indivíduos que vivem em comum ou têm os mesmos interesses e ideais políticos, religiosos etc.4 Lugar onde residem esses indvíduos. 5 Comuna. 6 Totalidade dos cidadãos de um país, o Estado. Co.mu.ni.da.de On.line Agremiação de indivíduos não fundado sobre links territoriais, relações institucionais ou relações de poder, mas em torno de centros de interesses comuns, compartilhamento de saber, aprendizagem cooperativa e processos abertos de colaboração. As comunidades online alavancam características sociais no mundo digital para ajudar a criar uma conversa verdadeiramente de mão dupla com os consumidores e capacitá-los a ter uma voz nos negócios da empresa.
  8. 8. É um recurso que estará constantemente ativo. Pesquisadores podem acompanhar o feedback dos participantes no momento que for publicado A comunidade permite também que o consumidor publique suas sugestões abertamente, o que pode revelar oportunidades e ameaças que a empresa nunca pensou que pudessem existir É um espaço preparado para lidar com 100, 500, 1.000, 10.000 membros, envolvendo-os tanto em conversas mais amplas quanto em pequenos grupos para pesquisas mais específicas. Os participantes estarão conectados à plataforma de forma contínua, prontos para realizar as atividades de pesquisa. Além de respeitar a disponibilidade do participante, isso permite que ele responda, pense, absorva e complemente os temas propostos com novos inputs, trazendo maior profundidade às respostas REAL TIME ABERTA ESCALÁVEL ÁGIL ASSÍNCRONA É um espaço que possibilita o acesso contínuo aos membros. Com isso, o pesquisador tem a possibilidade de aprender, ativar, e depois aprender mais CONTÍNUA | B E N E F Í C I O S D A M E T O D O L O G I A |
  9. 9. Co-criam Trabalham juntos Discutem Conversam juntos Ouve Eles falam Pergunta Você pergunta Feedback Fechando o ciclo USO INTELIGENTE DE FERRAMENTAS E UM PLANEJAMENTO CRIATIVO DE PESQUISA SÃO NECESSÁRIOS PARA IMPULSIONAR O ENGAJAMENTO Os 5 pilares da interação para uma comunidade de sucesso | C O M U N I D A D E S O N L I N E |
  10. 10. | T E N D Ê N C I A S D A I N D Ú S T R I A | GreenBook Research Industry Trends Report (2015). Comunidades Online e Social Listening estão entre os top trends da indústria de pesquisa. 59% Em uso 23% Sob consideração
  11. 11. | P O R Q U E C R I A R O U T R O A M B I E N T E ? | COMUNIDADES PRIVADAS DE PESQUISA COMUNIDADES EM MÍDIAS SOCIAIS Atende necessidades específicas de pesquisa Mix de necessidades de Marketing, SAC, Branding, Pesquisa.... vs.
  12. 12. We Mídias Sociais Como levar a experiência do Social para a Pesquisa de Mercado?
  13. 13. | C O M U N I D A D E – E X P E R I Ê N C I A S O C I A L |
  14. 14. | C O M U N I D A D E – E X P E R I Ê N C I A S O C I A L | DISCUSSÕES BLOGS / NETNOGRAFIA
  15. 15. VIDEO CHAT LIVE CHAT | C O M U N I D A D E – E X P E R I Ê N C I A S O C I A L |
  16. 16. | C O M U N I D A D E – E X P E R I Ê N C I A S O C I A L | QUESTIONÁRIOS INTERATIVOS
  17. 17. IDEATION CONCURSOS | C O M U N I D A D E – E X P E R I Ê N C I A S O C I A L |
  18. 18. o Comunicativo LADO SOCIAL LADO PESQUISA PESQUISADOR COMMUNITY MANAGER | D E S A F I O D A E X E C U Ç Ã O | Unindo o Social e a Pesquisa de Mercado o Comunicativo o Vigilante o Pacificador o Incentivador o Influenciador digital o Observador o Explorador o Voltado à negócios o Expert em pesquisa
  19. 19. Como manter uma Comunidade não orgânica ativa?
  20. 20. A pesquisa social não trata de tecnologia, mas de pessoas se conectando, interagindo e se expressando MOTIVAÇÕES INTRÍNSICAS Fornecer razões significativas para participação contínua, não baseada em incentivos financeiros | I M P O R T Â N C I A D O E N G A J A M E N T O | CUIDADO! Remuneração
  21. 21. 10 Regras de Ouro do Engajamento | I M P O R T Â N C I A D O E N G A J A M E N T O |
  22. 22. Quais os desafios da metodologia? Criar um fluxo de pesquisa constante | D E S A F I O D A E X E C U Ç Ã O | Criar colaboração e integração entre equipes internas Ter claras as limitações do método
  23. 23. First Steps: Como posso começar?
  24. 24. | F I R S T S T E P S | IDEATION: Um post na sua fanpage perguntando - quando vc pensa na marca X, quais ideias, palavras ou imagens vêm à sua mente? ENTENDENDO O CONSUMIDOR: Um pequeno grupo privado no Facebook com consumidores para saber como é a rotina dele com o seu produto. ENGAJAMENTO: Votação dos seus followers em ideias de postagens/ interações/ promoções? MOSTRAR VALOR: Agradecimento aos followers/ fãs/ seguidores pelas suas interações! Algumas ideias que você pode aplicar Como algumas pequenas atividades de pesquisa podem te ajudar no planejamento/ criação?
  25. 25. Tenha em mente... | D I C A S | Crie valor → o que ele ganha ao responder à sua pesquisa? Seja didático, mas cuidado para não ser prolixo. Seja transparente com o participante sobre o que será necessário dele Consulte times de pesquisa quando possível. Pense na moeda de troca com o participante da pesquisa. Lembre-se que não é representativo da população ou target.
  26. 26. Dicas de Leitura http://ipsossmx.com/blog/The Handbook of Online and Social Media Research Ray Poynter http://www.greenbookblog.org/ http://newmr.org/ | S A I B A M A I S |
  27. 27. Andrea Hiranaka Manager, Ipsos SMX Brazil Andrea.Hiranaka@Ipsos.com C: +55 11 97666 0402 Obrigado! Eduardo Faria Manager, Ipsos SMX Brazil Eduardo.Faria@Ipsos.com C: +55 11 98371 6251

×