Texto dissertativo argumentativo

3.676 visualizações

Publicada em

O que é texto dissertativo argumentativo, e como monta-lo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.676
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto dissertativo argumentativo

  1. 1. O QUE É? O texto dissertativo argumentativo é um texto em que se defende um ponto de vista através de argumentos e explicações sobre determinado assunto.
  2. 2. ESTRUTURA Um texto dissertativo precisa ter uma estrutura bem organizada, por isso organiza-se em três partes:  Introdução: apresenta a ideia ou o ponto de vista que será defendido;  Desenvolvimento: desenvolve-se o ponto de vista para convencer o leitor, usando argumentações, citando exemplos, fornecendo dados, entre outros;  Conclusão: encerra-se de forma coerente com o desenvolvimento, e com os argumentos apresentados.
  3. 3. MODELO MOBILIDADE URBANA Mobilidade urbana relaciona-se à possibilidade de um indivíduo se deslocar facilmente na cidade. No entanto, o que se observa no Brasil, diariamente, principalmente nas metrópoles, são congestionamentos estressantes e um transporte público ineficaz. Nesse sentido, é importante que se criem condições de o brasileiro deixar o carro em casa quando precisa se locomover pelos centros urbanos do país.
  4. 4. A infraestrutura de muitas cidades brasileiras se mostra precária diante da qualidade de carros que circulam pelas vias públicas. O congestionamento, a lentidão do tráfico faz com que as pessoas constantemente se atrasem para chegar a seu destino, além de causar problemas de saúde naqueles que ficam horas presos no trânsito respirando os poluentes que saem do escapamento dos veículos. Dessa forma, fazer com que menos carros circulem pelas ruas é uma necessidades, e não um fato opcional. Além disso, embora o transporte coletivo seja a única opção de muitos brasileiros, ele nem sempre atende à população de maneira eficaz. Em grandes centros urbanos do país, priorizou-se, por muito tempo, o transporte individual. Verificam-se investimentos em túneis, viadutos e vias expressas em detrimento dos sistemas metroviário e ferroviário. Hoje o que se vê são trens e metrôs em estado precário, superlotados e que não suprem totalmente a necessidade daqueles que os utilizam. É preciso, portanto, mais qualidade e eficiência no transporte público para que se torne, de fato, uma boa opção a todos.
  5. 5. A mobilidade nas metrópoles brasileiras é realmente um problema: há um excesso de veículos nas ruas e um transporte coletivo que não atende às necessidades das pessoas. Diante disso, devem ser feitos investimentos em infraestrutura, com reestruturação das vias públicas e construção/ampliação de ciclovias. É preciso, também, expandir os sistemas de metrô e trem, investindo na qualidade de linhas, no conforto das composições e na integração desses meios de transporte de massa. Assim, o brasileiro terá reais condições de deixar o carro em casa quando quiser se locomover pela cidade.
  6. 6. Nesse modelo podemos perceber a estrutura textual dissertativa assim organizada: 1º parágrafo: Introdução com apresentação da tese a ser defendida; 2º parágrafo: Há o desenvolvimento da tese com fundamentos argumentativos; 3º parágrafo: A conclusão é desenvolvida com uma proposta de intervenção relacionada à tese.

×