Estudos de Caso - Michael Rosemann

2.729 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.729
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.255
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudos de Caso - Michael Rosemann

  1. 1. Estudos de Caso Michael Rosemann Diretor de Ciências Matemáticas, da Informação e Físicas Chefe da Disciplina de Sistemas de Informação Queensland Universidade de Tecnologia
  2. 2. Fracassos de Governança….
  3. 3. Metodologista de Processo Métodos e Competência em BPM Dono de Processo Responsabilidade pelo Processo Líder de Processo Entrega de BPM Executor do Processo Execução do Processo Gestor do Programa - Integração na Governança Corporativa -
  4. 4. Transformações/ Transações Gestão do Desempenho Gestão EstratégicaGestão da Mudança Gestão do Conhecimento Gestão de AtivosGestão de Operações Gestão de TI Gestão de Processos Gestão do Capital Humano Gestão de Projetos Gestão de Riscos Gestão de Parceiros de Negócios
  5. 5. Serviços de BPM: Provedor de Serviços Públicos Australiano Avaliação de Maturidade (1) Capacidade Demanda Categoria Significativa Categoria menos significativa Capacidade de Planejamento Corporativo Outras Capacidades Misturas de Capacidades Capacidade pode ser mais bem entregue por diferentes partes da organização Tendências serão atingidas através de iniciativas específicas, como educação e marketing Construção de Sistemas a partir de processos (7) Investigação de Processo (13) Gestão de mudanças em Processo(8) Governança (10) Melhoria de Processos (5) Conformidade de Processos (11) Medição de Processos (12) Gestão de Projetos (9) Gestão do Portifólio (15) Alinhamento Estratégico (2) Educação (14) Gestão do Repositório(4) Modelagem de Processos (3) Desenho de Sistemas a partir de processos (6) Tendência Desejada 2008/2009 Vácuo Ideal Sem Ações Super estimados Capacidade de Entrega
  6. 6. Metodologista de Processo Métodos e Competência em BPM Dono de Processo Responsabilidade pelo Processo Líder de Processo Entrega de BPM Executor do Processo Execução do Processo Gestor do Programa - Integração na Governança Corporativa -
  7. 7. O Líder de Processo • Especialista em BPM, não necessariamente especialista no processo • Garante a entrega consistente da metodologia de BPM • ‘Casa’ Organizacional a) serviço de apoio à gestão (TI, gestão de projetos) b) Escritório de Processos c) linha de negócio
  8. 8. Garanta o envolvimento de BPM Introduzir BPM em: • Metodologia de gerenciamento de projetos (POLDAT) • Gerenciamento de produtos ( nenhum novo produto sem serviço) • Mudança no gerenciamento de TI (implicações dos processos) • Gerenciamento de riscos( identificação de riscos baseados nos processos) • Práticas de RH ( introduzir a novos empregados os processos)
  9. 9. Garanta o Envolvimento de BPM: POLDAT Processo Tecnologia Projeto Organização Local Dado Aplicação Metodologia Catalisadora CSC Negócio Sistemas
  10. 10. Metodologista de Processo Métodos e Competência em BPM Dono de Processo Responsabilidade pelo Processo Líder de Processo Entrega de BPM Executor do Processo Execução do Processo Gestor do Programa - Integração na Governança Corporativa -
  11. 11. O Espectro de Responsabilidade pelo Processo 100% 0% AtençãoparaProcessos Senioridade do Dono de Processo altabaixa Responsabilidade descentralizada Processo não importa Processo é central na estratégia Process tem responsavel senior Dono de Processo Temporariamente Empossado
  12. 12. O Espectro de Responsabilidade pelo Processo 100% 0% I Governança de Processos Fortíssima I Governança de Processos Fortíssima II Governança de Processos Forte II Governança de Processos Forte III Governança de Processos Local Forte IV Governança de Processos Fraca V Processos não importam Fortíssima Forte Forte (local) Fracos Não existente Força da Governança da Responsabilidade pelo Processo Senioridade do Dono de Processo altabaixa AtençãoparaProcessos
  13. 13. 13 Modelos Alternativos de Tomada de Decisão sobre um Dono de Processo Booz, Allen, Hamilton (2003)Booz, Allen, Hamilton (2005)
  14. 14. Dono de Processo – Líder de ProcessoFundosdoLíderdeProcesso Fundos do Dono de Processo altobaixo altobaixo Iniciativa central (‘empurrar’) Processo = cidadão de 2a classe Processo = cidadão de 1a classe Iniciativa não central (‘puxar’)
  15. 15. Metodologista de Processo Métodos e Competência em BPM Dono de Processo Responsabilidade pelo Processo Líder de Processo Entrega de BPM Executor do Processo Execução do Processo Gestor do Programa - Integração na Governança Corporativa -
  16. 16. Governança da Execução: - Nível Correto de Especificação do Processo
  17. 17. Aplicando os 5 domínios da Governança de BPM
  18. 18. Estudo de Caso 1: O Novo Centro de Inovação de Processos
  19. 19. BP Varejo – Visão Geral da Empresa • Líder Varejista Nacional • Aproximadamente 40% de participação no mercado • 1,000 supermercados (= 50% de receita) • Diversificação através de aquisições (postos de gasolina, lojas de bebidas, etc)
  20. 20. Cultura da Empresa ‘A estabilidade do nosso negócio é o que importa para os olhos dos clientes da BP Varejo .’ John Solid (64), CEO em final de mandato ‘Precisamos ser mais espertos que a concorrência e impressionar o cliente.’ Mark Speed (44), Novo CEO
  21. 21. BPM na BP Varejo • Experiências negativas com Reengenharia de Processos de Negócio • Departamento de TI possui ownership sobre a equipe de BPM • ‘Centro de Excelência de BPM’ é composto por seis (introvertidos) arquitetos de processo • Atividades avançadas de modelagem de processos • Fortes capacidades em análise de processos e Seis Sigma • Treinamento de BPM é parte da academia corporativa • Conscientização baixa sobre o estado atual de BPM
  22. 22. Mudanças no Mercado • Ganho de participação do mercado da Fast Mover Corp • Altos níveis de inovação, capitalização em vendas on-line • Ganhos de visibilidade de varejistas internacionais através de modelos avançados de engajamento dos clientes • Grande, gorda e feliz?
  23. 23. • Como BPM pode ser incorporado na estrutura corporativa da BP Varejo? • São necessárias atualizações na metodologia de BPM? • Como a entrega de BPM pode se tornar mais eficaz? • Qual será o papel dos donos de processos? • Como os funcionários podem ser envolvidos nesta iniciativa? A Tarefa
  24. 24. Trabalho em Grupo
  25. 25. O que o novo chefe fez em 1 semana…. • Gerentes falando sobre experiências em outros varejistas • Planejar ‘dias de paixão’ regularmente • Iniciar projetos para o processo de gestao de ideias • Procurar o ‘desvio positivo do mes’ • Workshop em mídias sociais sobre negócios de utensílios domésticos • Conhecer o gerente de inovacao
  26. 26. 1 Governança Corporativa 26 Gestão de Processos Gestão da Inovação
  27. 27. 1 Estrutura Organizacional • Incorporar a competência em Inovação e Melhoria de Processos no RH (Melhoria Organizacional) • Modelagem e Automação de Processos como Serviços permanecem em TI • Projeto: Processo de Gestão de Ideias • Novo curso de dois dias: Inovação de processos
  28. 28. Serviço de Desenho de Processo Magnitude da Mudança Melhorar 10% Mudar 30% Inovar 100% 2 Governança de Métodos e Competência em BPM - Definição de 3 serviços distintos de BPM
  29. 29. 2 Governança de Métodos e Competência em BPM - Definição de 3 serviços distintos de BPM Serviço Gerencial Serviço Gerencial Serviço Gerencial Serviço Gerencial Serviço Gerencial Serviço Gerencial Unidade Organizacional Unidade Organizacional Unidade Organizacional Unidade Organizacional Unidade Organizacional
  30. 30. 3 Governança da Entrega de BPM • Revisar a marca da competência interna em BPM • Oferecer seminários de inovação • Obrigatório para os gerentes top 1000 • Fazer do treinamento de inovação em processos operacionais obrigatório para promoções internas • Contruir novas forças-tarefa de BPM na melhoria pró-ativa de processos. (ex: uso interno de IPad ou aplicativos)
  31. 31. 4 Governança da Responsabilidade pelos Processos • Definir executivos seniores como os donos de processo seniores • Identificar donos dos processos somente para processos que passam por mudanças (ex: gestão de ideias, compras online) • Donos de Processos são papeis temporários até o redesenho do processo começar a operar • Donos de Processos recebem orçamentos para o projeto de redesenho
  32. 32. 5. Governança da Execução dos Processos • Monitorar e encorajar a participação no processo de gestão da ideias • Repassar o conceito de ‘desvio do processo’ e recompensar os desviantes positivos • Permitir que pessoas que vieram de diferentes varejistas/ indústrias conduzam seminários sobre suas experiências anteriores • Implantar digitalização de processos para garantir a conformidade dos processos
  33. 33. Michael Rosemann Disciplina de Informação de Sistemas Faculdade de Ciência e Tecnologia Queensland Universidade de Tecnologia e m.rosemann@qut.edu.au www.michaelrosemann.com tismiro

×