Projeto inclusão digital em pdf

1.972 visualizações

Publicada em

Trabalho do grupo composto por Professor Vinícius e Profª Jamira Alves

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Projeto inclusão digital em pdf

  1. 1. SÃO LUIS DE MONTES BELOS – GOIÁS
  2. 2. INTRODUÇÃO O projeto “INCLUSÃO DIGITAL NO CAMPO” vem de encontro com anecessidade dessa comunicação digital e midiática no meio rural. Por serconsiderado um meio com poucos fundamentos nesta área do conhecimento,este presente projeto vem favorecer, não somente os educandos da EscolaMunicipal Alfredo Nasser, mas também toda a comunidade de Brasilândia. Segundo LEMOS LEVY, É a emergência do ciberespaço, ambiente de extrema complexidade, que gera novos processos e produtos. É possível comunicar-se de maneira mais “colaborativa, plural e aberta”. É um novo tempo que favorece o compartilhamento das informações, com perspectivas de enriquecimento da cultura e modificações no fazer político. Daí a urgência de preparar alunos em direção às exigências dessa nova realidade, para o uso das tecnologias digitais. (LEMOS; LEVY, 2010, p.27) É notório a importância e relevância do projeto para esta comunidade,visto que a utilização das TIC’s pelos alunos, trarão também a presença dospais e comunidade na utilização deste meio. Como idealizadores deste projeto, objetivamos principalmente a inserçãodas TIC’s no contexto escolar desta unidade de ensino. O referido projeto seráexecutado regularmente na Pré escola (6 alunos) e 1º ano do EnsinoFundamental (8 alunos), regido pela professora Jamira Alves e no 4º (5 alunos)e 5º ano do Ensino Fundamental (9 alunos), regido pelo professor ViníciusFagundes dos Santos. Os trabalhos serão dispostos em grupos de duas salas, pois a instituiçãode ensino em questão é multissereada.
  3. 3. JUSTIFICATIVA Sabendo da importância e da necessidade da comunicação universal eda difusão das redes de banda larga, considerando também a importância daconexão coma internet, propomos com o Projeto “INCLUSÃO DIGITAL NOCAMPO”, o aumento significativo das capacidades intelectuais, cognitivas e nodesenvolvimento das práticas e do uso das TIC’s (Tecnologia da Informação eComunicação) no meio rural da Escola Municipal Alfredo Nasser – Povoado deBrasilândia, Ensino Fundamental 1ª fase. Este projeto tem como pressuposto principal a introdução às noçõesbásicas de informática para os alunos da Pré escola e 1º ano E.F. (ProfessoraJamira Alves) e de aprimoramento das técnicas de pesquisa e comunicaçãocom os alunos do 4º e do 5º ano E.F. (Professor Vinícius Fagundes) Segundo ZANCHETTA JR Os avanços ocorridos na tecnologia digital no mundo contemporâneo têm provocado grandes transformações na formação docente, representando um verdadeiro desafio para a Educação em todos os níveis. As informações antes provenientes dos meios de comunicação de massa, são substituídas na era digital pela convergência entre a diversidade desses meios, através das redes. A recepção das informações fica mais interativa, as linguagens ou códigos distintos se fundiram em linguagens multimidiáticas; criam-se comunidades com interesses específicos e a circulação da informação assume proporções extraordinárias, no mundo globalizado, virtual e sem fronteiras. (ZANCHETTA JR, 2009) Esse projeto veio para o aperfeiçoamento do uso das TIC’s , constadanos PCN’s como currículo diversificado e em conformidade com ospressupostos legais e autorizados da educação LDB nacional e estadualprevisto no Plano de Desenvolvimento da Escola e fundamentado numaperspectiva educacional em consonância com o Plano Curricular da SecretariaMunicipal de Educação de São Luis de Montes Belos. A Escola Municipal Alfredo Nasser é uma instituição escolar municipalligada à Secretaria Municipal de Educação de São Luis de Montes Belos quetem um compromisso com a comunidade de Brasilândia, de auxiliar, colaborar,desenvolver e ensinar a autonomia aos nossos educandos, formandoverdadeiros cidadãos que farão a diferença no mercado de trabalho, em sua
  4. 4. vida pessoal com os princípios cristãos, da união, fraternidade, colaboraçãomútua, formando em cada estudante seu caráter global, isto é cidadania,crítica social, ética cristã e moral tendo como base os pressupostos do PlanoCurricular desta Secretaria.
  5. 5. OBJETIVO GERAL Temos como objetivo principal desenvolver as capacidades e astécnicas que envolvem o uso das TIC’s como forma de se comunicar com omeio social global e midiática, auxiliando na leitura, escrita, oralidade,interpretação, formação de textos, artigos, exercícios, trabalhos, objetivandouma interdisciplinaridade, isto é, utilizando conhecimentos de várias disciplinaspara a compreensão de uma situação problema. Uma integração de saberes, entre os conteúdos centrais do ensino,desenvolvendo não somente capacidades teóricas correspondentes aoprocesso ensino aprendizagem dos conteúdos programáticos, mas também ouso de demais disciplinas. No entanto, segundo a Sociedade da Informação no Brasil – Livro Verdeeducar no mundo contemporâneo significa muito mais do que treinar aspessoas para o uso das tecnologias de informação e comunicação. SegundoTAKAHASHI: Trata-se de investir na criação de competências suficientemente amplas que lhes permitam ter uma atuação efetiva na produção de bens e serviços, tomarem decisões fundamentadas no conhecimento, operar com fluência os novos meios e ferramentas em seu trabalho, bem como aplicar criativamente as novas mídias, seja em usos simples e rotineiros, seja em aplicações mais sofisticadas. (TAKAHASHI, 2000, p.45). Faz-se necessário a interdisciplinaridade para aprimoramento dessastécnicas múltiplas, utilizando como base de ensino e de princípios os preceitosdo uso das TIC’s, que fazem parte do objetivo central deste projeto e que sãode suma importância para a vida de nossos educandos nessa fase do processoensino-aprendizagem, pois nesta fase eles irão compreender as regrasbásicas, estruturas como ligar e desligar os computadores, aprender a utilizarcorretamente o teclado e o mouse, demostrar formas de pesquisa, comonavegar na internet, como se relacionar em redes sociais, princípios básicos deredes dentre outros.
  6. 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Temos como objetivos específicos da Pré escola e 1º ano do EnsinoFundamental os seguintes pontos: Aprender a ligar e desligar o computador. Compreender a função de cada hardware. Aprender a abrir e fechar janelas de acesso do Linux. Reconhecer as letras presentes no teclado. Utilizar o teclado como forma diversificada de produção de palavras, frases e pequenos textos. Aprimorar o uso do computador por meio de jogos lúdicos e pedagógicos. Como parte integrante do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental, osseguintes pontos: Reconhecer a função dos componentes do computador. (CPU, MOUSE, TECLADO MONITOR) Aprimorar técnicas de pesquisa por meio de sites de pesquisa. Reconhecimento da importância das redes sociais como forma atual de aprimoramento da comunicação. Utilização da internet como meio de compartilhamento e de busca de informação. Diversificar as pesquisas por meio do GOOGLE.COM, WIKIPEDIA.COM, KD.COM dentre outros sites de pesquisa. Desenvolver capacidades interdisciplinares, apoiando assim demais disciplinas no currículo escolar de nossos educandos. Proporcionar momento de interação social com outros alunos de demais salas durante a execução do Projeto. Apoiar nossos alunos para a participação ativa na produção do projeto.
  7. 7. METODOLOGIA Para que a metodologia seja o mais ampla possível, objetivando o ensinoaprendizagem de nossos educandos, a metodologia será específica paracada grupo de alunos. Como estão presentes no projeto a Pré-escola, o 1º, 4ºe 5º ano do Ensino Fundamental, a metodologia será diferenciada. O conhecimento de mundo é de natureza complexa. a construção eaquisição do conhecimento depende de inúmeros fatores:Esse processo [...] se dá a partir de matrizes sociais, mediadas pela cultura e pela linguagem. Ou seja, o processo de construção do conhecimento não é algo que se processa diretamente entre sujeito e o objeto a ser conhecido. Entre eles existe a ação mediada da linguagem, dos signos e dos instrumentos que exercem o papel de ferramentas psicológicas que mediam a ação do homem, seu acesso ao mundo físico e social [...] (SIMAN, 2004,p.85). Essas matrizes sociais que Siman comenta acima, são os ambientes nosquais o processo de desenvolvimento do conhecimento será ampliado. Nocaso deste referido projeto, no meio rural. Com os educando da pré-escola e 1º ano, a professora Jamira Alvestrabalhará de forma lúdica, auxiliando os alunos a ligarem o computador,ensinando a função de cada hardware como mouse, CPU, monitor,estabilizador. Como a instituição em questão possui o apoio de um estagiáriode laboratório, o mesmo também participará da execução do projeto. Já os alunos do 4º e 5º ano, terão um tratamento diferenciado. Taisalunos serão auxiliados, objetivando a pesquisa e a comunicação, isto é,como alguns alunos já mantém contato com um computador em seu dia-a-dia, focaremos o ensino voltado para o âmbito pedagógico. Como fazerpesquisas no GOOGLE, WIKIPEDIA, SITES EDUCATIVOS, SITES DEJOGOS PEDAGÓGICOS E INTERATIVOS, MSN etc.
  8. 8. RECURSOS Para a execução do Projeto Inclusão Digital no Campo, serãonecessários os seguintes recursos: Laboratório de informática data show hardwares variados (mouse, cpu, monitor) cartolinas para a confecção de cartazes pincéis atômicos. folhas xamex. AVALIAÇÃO Entendendo que a avaliação não deve ser opressiva, mas sim construtiva e motivadora, sendo mediada pelo educador, o método de avaliação será contínuo e cumulativo. O intento da avaliação consistirá em: Na participação ativa do referido projeto. Nas atividades propostas em sala de aula, referindo-se ao projeto. Na organização dos educandos durante a execução do projeto. Na prática coerente no uso das pesquisas e compartilhamento de informações.
  9. 9. REFERENCIAL TEÓRICOINSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA [IBGE]. O setordetecnologia da informação e comunicação no Brasil 2003-2006. Brasília, [2010].LEMOS, A; LEVY, P. O futuro da internet: em direção a uma ciberdemocracia.Traduçãode André Lemos. São Paulo: Paulus, 2010.TAKAHASHI, T (Org.). Sociedade da informação no Brasil: livro verde. Brasília:Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.ZANCHETTA JR, J. Educação para a mídia: propostas européias e realidade.Revista Educação & Sociedade, Campinas, v.30, n.109, p.1103-1122, set./dez.2009.
  10. 10. ANEXOSAlunos do 4º e 5º ano durante uma pesquisa no GOOGLE.COMAlunos do 4º e 5º ano durante uma pesquisa no GOOGLE.COM
  11. 11. Alunos do 4º e 5º ano durante uma pesquisa no GOOGLE.COM Abrindo a page do GOOGLE.COM
  12. 12. Alunos do 4º e 5º ano executando uma pesquisa no WIKIPEDIA.COM Alunos do 4º e 5º ano durante a pesquisa
  13. 13. Professor Vinícius Fagundes auxiliando os alunos do 4º e 5º ano Alunos do 4º e 5º ano durante uma pesquisa no GOOGLE.COM
  14. 14. Alunos do 4º e 5º ano jogando on line. Alunos do Pré-escola e 1º ano
  15. 15. Alunos do Pré-escola e 1º anoAluna do 1º ano reconhecendo o estabilizador.
  16. 16. Alunos do Pré-escola e 1º ano jogando on line Alunos do Pré-escola e 1º ano
  17. 17. Alunos do Pré-escola e 1º anoProfessora Jamira auxiliando os alunos do Pré-escola e 1º ano
  18. 18. Professora Jamira auxiliando os alunos do Pré-escola e 1º ano

×