SlideShare uma empresa Scribd logo
Contabilidade de Custos




           Cap. 03 - Custos
1           Prof. Roberto Melo
Definição de Custos
                         Definição de Custos




          Podemos conceituar custo como sendo o consumo de ativos
           Podemos conceituar custo como sendo o consumo de ativos
    necessários para aaprodução ou para aacolocação da mercadoria àà
     necessários para produção ou para colocação da mercadoria
    disposição dos clientes no estabelecimento comercial, de forma que
     disposição dos clientes no estabelecimento comercial, de forma que
    aaempresa alcance os seus fins específicos, expressos em termos
       empresa alcance os seus fins específicos, expressos em termos
    monetários, ou para aaprestação de serviços aos clientes.
     monetários, ou para prestação de serviços aos clientes.
          É importante destacar que o custo de aquisição de um bem, aa
           É importante destacar que o custo de aquisição de um bem,
    exemplo de um veículo, representa um custo para aaempresa, embora ele não
     exemplo de um veículo, representa um custo para empresa, embora ele não
    seja consumido imediatamente. Trata-se nesse caso de um custo futuro ee
     seja consumido imediatamente. Trata-se nesse caso de um custo futuro
    como tal deverá ser registrado no ativo, ou seja, o custo de aquisição se
     como tal deverá ser registrado no ativo, ou seja, o custo de aquisição se
    transforma em “custo” (nos termos da definição apresentada anteriormente)
     transforma em “custo” (nos termos da definição apresentada anteriormente)
    ààmedida que o bem está sendo consumido pelo processo de produção.
       medida que o bem está sendo consumido pelo processo de produção.
          Assim, os custos de aquisição de bens serão imputados ao resultado
           Assim, os custos de aquisição de bens serão imputados ao resultado
    do exercício de acordo com aasua vida útil.
     do exercício de acordo com sua vida útil.




2                              Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                       Contabilidade de Custos


                          CICLO OPERACIONAL
                          CICLO OPERACIONAL



    Podemos definir como ciclo operacional todo o período que decorre entre o
      Podemos definir como ciclo operacional todo o período que decorre entre o
    desencadeamento inicial das ações para produzir e/ou vender um produto,
      desencadeamento inicial das ações para produzir e/ou vender um produto,
    mercadoria ou serviço eeo retorno do dinheiro decorrente da venda do mesmo.
      mercadoria ou serviço o retorno do dinheiro decorrente da venda do mesmo.
    O ciclo operacional compreende normalmente diversas fases, ou etapas, que
      O ciclo operacional compreende normalmente diversas fases, ou etapas, que
    são diferenciadas de um produto, mercadoria ou serviço para outro.
      são diferenciadas de um produto, mercadoria ou serviço para outro.
    Num produto industrial típico, as principais fases ou etapas são respectivamente:
      Num produto industrial típico, as principais fases ou etapas são respectivamente:
    - -fase da entrega dos materiais para aaempresa fabricante;
        fase da entrega dos materiais para empresa fabricante;
    - -fase da estocagem dos materiais (almoxarifado);
        fase da estocagem dos materiais (almoxarifado);
    - -fase do processo de produção do produto eeestocagem de semifabricados;
        fase do processo de produção do produto estocagem de semifabricados;
    - -fase do crédito para o pagamento da venda;
        fase do crédito para o pagamento da venda;
    - -fase de atrasos, inadimplência etc.
        fase de atrasos, inadimplência etc.


3                                Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                             Contabilidade de Custos

                               Ciclo Operacional
                               Ciclo Operacional


             Com relação a uma mercadoria comercial, essas fases são
     Tipicamente:
      - fase de entrega da mercadoria na empresa;
      - fase de estocagem da mercadoria na empresa;
      - fase de crédito para pagamento da venda;
      - fase de atrasos, inadimplência etc.

            Nas empresas de serviços, o ciclo operacional varia em
    função das suas características quanto ao uso ou não de materiais.
    Nas empresas de serviços que utilizam materiais, o ciclo
    operacional compreende mais ou menos a s mesmas fases dos
    produtos industriais. Já nas empresas de serviços que não
    utilizam materiais, as principais fases do ciclo operacional são:

4                              Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                       Contabilidade de Custos



                        Ciclo Operacional
                        Ciclo Operacional




    --fase de processamento do serviço;
       fase de processamento do serviço;
    --fase de crédito para pagamento do serviço;
       fase de crédito para pagamento do serviço;
    --fase de atrasos, inadimplência etc.
       fase de atrasos, inadimplência etc.
    Dentro de um mesmo grupo de bens (produtos, mercadorias ou
     Dentro de um mesmo grupo de bens (produtos, mercadorias ou
    serviços), os prazos da cada fase têm também durações diferentes,
     serviços), os prazos da cada fase têm também durações diferentes,
     individualmente de um para outro.
      individualmente de um para outro.




5                         Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                       Contabilidade de Custos
                     APLICAÇÃO DA CONTABILIDADE


                                Valor de Venda
                                Valor de Venda


              O valor estabelecido para a venda deve obedecer sempre a dois
    enfoques absolutamente importante: o financeiro e o mercadológico. Sob
    o enfoque financeiro, o valor de venda deve permitir a manutenção e, de
    preferência, o crescimento do patrimônio líquido da empresa. Já sob o
    enfoque mercadológico, o valor de venda deve propiciar vantagens
    competitivas, isto é, oferecer os mesmos atributos por um preço menor que o
    apresentado por seus concorrentes, ou oferecer maiores atributos pelo
    mesmo preço dos concorrentes.
              Tomando como base o enfoque financeiro, para que o “valor
    correto” do patrimônio líquido se mantenha, é indispensável que o preço do
    bem ou serviço permita no mínimo a reposição física integral dos insumos
    incorridos para a produção e venda do mesmo (materiais, mão-de-obra,
    energia elétrica etc.)

                         .
6                              Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                                Contabilidade de Custos


                    Reposição Física dos materiais


              O princípio da reposição física se constitui na realidade em um
               O princípio da reposição física se constitui na realidade em um
    dos pilares básicos da teoria de custos e do ciclo operacional. Com efeito, só a
     dos pilares básicos da teoria de custos e do ciclo operacional. Com efeito, só a
    reposição física integral permitirá um reinício permanente
     reposição física integral permitirá um reinício permanente
    de um novo ciclo operacional. A não-concretização desse princípio
     de um novo ciclo operacional. A não-concretização desse princípio
    implica necessariamente em duas alternativas:
     implica necessariamente em duas alternativas:
    --ou a empresa passa a sofrer uma gradativa redução no seu nível de
       ou a empresa passa a sofrer uma gradativa redução no seu nível de
    atividade;
     atividade;
    --ou a empresa suplementa a ausência de condições próprias para a
       ou a empresa suplementa a ausência de condições próprias para a
    reposição, com recursos de terceiros, implicando por conseqüência em
     reposição, com recursos de terceiros, implicando por conseqüência em
    custos financeiros crescentes e todas as dificuldades tendem naturalmente a
     custos financeiros crescentes e todas as dificuldades tendem naturalmente a
    elevar-se em períodos de inflação mais alta, uma vez que o princípio envolve
     elevar-se em períodos de inflação mais alta, uma vez que o princípio envolve
    sempre uma projeção dos custos para o momento da reposição.
     sempre uma projeção dos custos para o momento da reposição.


7                                  Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                        Contabilidade de Custos

                             A variável Tempo

     A agregação dos valores de custos ocorre na realidade em diversos
    momentos do ciclo operacional, desde o seu início até o seu final. O retorno
    dos valores sob a forma de “caixa ou equivalentes de caixa” ocorre em grande
    parte das vezes somente no final desse ciclo. Torna-se necessário, assim,
    considerar a variável tempo nesse cálculo, já que o capital investido nesse
    ciclo tem um custo financeiro. Essa consideração assume particular relevância
    quando encarada sob o enfoque do custo de oportunidade.

                               A variável Perda
                               A variável Perda

    A perda ocorre nas empresas em diversos momentos para os diferentes
    produtos ou serviços e sob variadas formas. Elas podem ocorrer desde o início
    do uso de materiais (sob a forma de resíduos), durante o processo, ou como
    produto pronto (sob a forma de quebras) e mesmo como produto vendido (sob
    a forma de devolução).


8                                 Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                                Contabilidade de Custos
                                 A variável Perdas


           O conceito de perdas envolve sempre duas dimensões:
           - Perda dos materiais já aplicados ao produto ou ao serviço
           (perda de material);
           - Perda do trabalho já agregado no produto, até o momento
           da quebra, ou da devolução (perda operacional). Essa perda
           operacional compreende também eventuais operações de
           retrabalho ocorridas durante o processo.


                            Custo Total X Custo Unitário


    • Denomina-se “custo total” o somatório dos custos de todas as unidades
    transacionadas (produzidas, fornecidas, serviços prestados etc) dentro de
    determinado período de tempo.
    • Por outro lado, o custo de cada unidade produzida (ou fornecida) é
    denominado “custo unitário do produto ou serviço”.


9                                  Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                      Contabilidade de Custos

                      Custo Total X Custo Unitário


     Assim, uma das tarefas principais do analista de custo ééaade encontrar os
      Assim, uma das tarefas principais do analista de custo      de encontrar os
     valores dos diversos custos unitários que satisfaçam aaessa equação, isto é,
      valores dos diversos custos unitários que satisfaçam essa equação, isto é,
     definir oocusto unitário dos produtos ééum dos problemas centrais da análise de
      definir custo unitário dos produtos um dos problemas centrais da análise de
     custos.
      custos.
     No caso de empresas industriais que operam com um único produto ou serviço,
      No caso de empresas industriais que operam com um único produto ou serviço,
     aasolução éémais simples. Todos os custos unitários são iguais eeoovalor dos
        solução mais simples. Todos os custos unitários são iguais        valor dos
     custos unitários ééobtido pela divisão dos custos totais pelo número de produtos
      custos unitários obtido pela divisão dos custos totais pelo número de produtos
     (n). Entretanto, quando há muitos produtos diferentes, ooproblema se reveste de
      (n). Entretanto, quando há muitos produtos diferentes, problema se reveste de
     grande complexidade.
      grande complexidade.
     Finalmente, ééimportante destacar que, na indústria, utiliza-se aaexpressão
      Finalmente, importante destacar que, na indústria, utiliza-se expressão
     produção única quando aaempresa produz somente um produto, aaexemplo do
      produção única quando empresa produz somente um produto, exemplo do
     sal, enxofre, energia etc. Já aaexpressão produção múltipla ééempregada quando
      sal, enxofre, energia etc. Já expressão produção múltipla empregada quando
     existe variedade de produtos.
      existe variedade de produtos.



10                             Prof. Roberto Melo
Contabilidade de Custos
                      Contabilidade de Custos

                     Formas de cálculo dos custos
                              unitários



     No caso de produção única, obtém-se oocusto unitário de acordo com aafórmula aa
      No caso de produção única, obtém-se custo unitário de acordo com fórmula
     seguir:
      seguir:

     Cu = Ct/n
      Cu = Ct/n

     Cu = custo unitário
      Cu = custo unitário
     Ct = custo total
      Ct = custo total
      nn= número de unidades produzidas
         = número de unidades produzidas




11                             Prof. Roberto Melo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos
jarara
 
Gestão de custos da materia prima e mão de obra direta
Gestão de custos da materia prima e mão de obra diretaGestão de custos da materia prima e mão de obra direta
Gestão de custos da materia prima e mão de obra direta
Jaison Bünger
 
Contabilidade de custos
Contabilidade de custosContabilidade de custos
Contabilidade de custos
Ana Paula Nascimento
 
Noções de contabilidade de custos
Noções de contabilidade de custosNoções de contabilidade de custos
Noções de contabilidade de custos
simuladocontabil
 
Contabilidade de Custos
Contabilidade de CustosContabilidade de Custos
Contabilidade de Custos
Augusto Rocha
 
Contab custos 5o_per_1b_2010
Contab custos 5o_per_1b_2010Contab custos 5o_per_1b_2010
Contab custos 5o_per_1b_2010
zeramento contabil
 
Material aula contabilidade de custos
Material aula contabilidade de custosMaterial aula contabilidade de custos
Material aula contabilidade de custos
Rafhael Sena
 
Custos da Não Qualidade
Custos da Não QualidadeCustos da Não Qualidade
Custos da Não Qualidade
Antonino Silva
 
Terminologias
TerminologiasTerminologias
Terminologias
razonetecontabil
 
74455494 custos
74455494 custos74455494 custos
74455494 custos
trincaferroboi
 
Classificacao dos custos
Classificacao dos custosClassificacao dos custos
Classificacao dos custos
Universidade Pedagogica
 
Apostila cathedra contabilidade de custos
Apostila cathedra   contabilidade de custosApostila cathedra   contabilidade de custos
Apostila cathedra contabilidade de custos
contacontabil
 
Contabilidade custos introducao a contabilidade de custos
Contabilidade custos introducao a contabilidade de custosContabilidade custos introducao a contabilidade de custos
Contabilidade custos introducao a contabilidade de custos
custos contabil
 
Slides controladoria aula_9
Slides controladoria aula_9Slides controladoria aula_9
Slides controladoria aula_9
razonetecontabil
 
Custos conceitos e classificacoes
Custos conceitos e classificacoesCustos conceitos e classificacoes
Custos conceitos e classificacoes
custos contabil
 
Custos completo
Custos completoCustos completo
Custos completo
Leonardo Poth
 
Exercicios principios contabeis aplicados custos
Exercicios principios contabeis aplicados custosExercicios principios contabeis aplicados custos
Exercicios principios contabeis aplicados custos
simuladocontabil
 
Unidade v contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custosUnidade v   contabilidade de custos
Unidade v contabilidade de custos
custos contabil
 

Mais procurados (18)

3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos
 
Gestão de custos da materia prima e mão de obra direta
Gestão de custos da materia prima e mão de obra diretaGestão de custos da materia prima e mão de obra direta
Gestão de custos da materia prima e mão de obra direta
 
Contabilidade de custos
Contabilidade de custosContabilidade de custos
Contabilidade de custos
 
Noções de contabilidade de custos
Noções de contabilidade de custosNoções de contabilidade de custos
Noções de contabilidade de custos
 
Contabilidade de Custos
Contabilidade de CustosContabilidade de Custos
Contabilidade de Custos
 
Contab custos 5o_per_1b_2010
Contab custos 5o_per_1b_2010Contab custos 5o_per_1b_2010
Contab custos 5o_per_1b_2010
 
Material aula contabilidade de custos
Material aula contabilidade de custosMaterial aula contabilidade de custos
Material aula contabilidade de custos
 
Custos da Não Qualidade
Custos da Não QualidadeCustos da Não Qualidade
Custos da Não Qualidade
 
Terminologias
TerminologiasTerminologias
Terminologias
 
74455494 custos
74455494 custos74455494 custos
74455494 custos
 
Classificacao dos custos
Classificacao dos custosClassificacao dos custos
Classificacao dos custos
 
Apostila cathedra contabilidade de custos
Apostila cathedra   contabilidade de custosApostila cathedra   contabilidade de custos
Apostila cathedra contabilidade de custos
 
Contabilidade custos introducao a contabilidade de custos
Contabilidade custos introducao a contabilidade de custosContabilidade custos introducao a contabilidade de custos
Contabilidade custos introducao a contabilidade de custos
 
Slides controladoria aula_9
Slides controladoria aula_9Slides controladoria aula_9
Slides controladoria aula_9
 
Custos conceitos e classificacoes
Custos conceitos e classificacoesCustos conceitos e classificacoes
Custos conceitos e classificacoes
 
Custos completo
Custos completoCustos completo
Custos completo
 
Exercicios principios contabeis aplicados custos
Exercicios principios contabeis aplicados custosExercicios principios contabeis aplicados custos
Exercicios principios contabeis aplicados custos
 
Unidade v contabilidade de custos
Unidade v   contabilidade de custosUnidade v   contabilidade de custos
Unidade v contabilidade de custos
 

Semelhante a Unidade iii contabilidade de custos

Contabilidade gerencial
Contabilidade gerencialContabilidade gerencial
Contabilidade gerencial
simuladocontabil
 
Custos_05a09_1.pdf
Custos_05a09_1.pdfCustos_05a09_1.pdf
Custos_05a09_1.pdf
FrancilaniaFontes1
 
Contabilidade de Custos.pdf
Contabilidade de Custos.pdfContabilidade de Custos.pdf
Contabilidade de Custos.pdf
leonardo795094
 
Unidade ii contabilidade de custos
Unidade ii   contabilidade de custosUnidade ii   contabilidade de custos
Unidade ii contabilidade de custos
custos contabil
 
Unidade ii contabilidade de custos
Unidade ii   contabilidade de custosUnidade ii   contabilidade de custos
Unidade ii contabilidade de custos
custos contabil
 
Contabilidade custos intro contabilidade custos
Contabilidade custos intro contabilidade custosContabilidade custos intro contabilidade custos
Contabilidade custos intro contabilidade custos
custos contabil
 
Apostila cathedra contabilidade de custos
Apostila cathedra   contabilidade de custosApostila cathedra   contabilidade de custos
Apostila cathedra contabilidade de custos
cathedracontabil
 
Unidade vi contabilidade de custos
Unidade vi   contabilidade de custosUnidade vi   contabilidade de custos
Unidade vi contabilidade de custos
custos contabil
 
Apostila de contabilidade de custos
Apostila de contabilidade de custosApostila de contabilidade de custos
Apostila de contabilidade de custos
simuladocontabil
 
Custeio do Ciclo de Vida do Produto
Custeio do Ciclo de Vida do ProdutoCusteio do Ciclo de Vida do Produto
Custeio do Ciclo de Vida do Produto
Ademir Beccegatto Jr.
 
Administração de custos aula 02
Administração de custos   aula 02Administração de custos   aula 02
Administração de custos aula 02
D S Correia Silva
 
A ciência contabilística e a contabilidade de custos
A ciência contabilística e a contabilidade de custosA ciência contabilística e a contabilidade de custos
A ciência contabilística e a contabilidade de custos
Universidade Pedagogica
 
Apostila contabilidade de custos
Apostila contabilidade de custosApostila contabilidade de custos
Apostila contabilidade de custos
Néia Salomão
 
Apostila custos conceitos financeiros
Apostila custos conceitos financeirosApostila custos conceitos financeiros
Apostila custos conceitos financeiros
zeramento contabil
 
Apostila custos
Apostila custosApostila custos
Apostila custos
custos contabil
 
Unidade viii estrutura do custo de um produto
Unidade viii   estrutura do custo de um produtoUnidade viii   estrutura do custo de um produto
Unidade viii estrutura do custo de um produto
custos contabil
 
A LÓGICA DA GESTÃO EMPRESARIAL.ppt
A LÓGICA  DA GESTÃO EMPRESARIAL.pptA LÓGICA  DA GESTÃO EMPRESARIAL.ppt
A LÓGICA DA GESTÃO EMPRESARIAL.ppt
AsclarSenior
 
Apostila custos i_-_01-2012
Apostila custos i_-_01-2012Apostila custos i_-_01-2012
Apostila custos i_-_01-2012
Adroaldo Lima
 
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 02
Herval Vieira
 
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos BásicosContabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Diego Lopes
 

Semelhante a Unidade iii contabilidade de custos (20)

Contabilidade gerencial
Contabilidade gerencialContabilidade gerencial
Contabilidade gerencial
 
Custos_05a09_1.pdf
Custos_05a09_1.pdfCustos_05a09_1.pdf
Custos_05a09_1.pdf
 
Contabilidade de Custos.pdf
Contabilidade de Custos.pdfContabilidade de Custos.pdf
Contabilidade de Custos.pdf
 
Unidade ii contabilidade de custos
Unidade ii   contabilidade de custosUnidade ii   contabilidade de custos
Unidade ii contabilidade de custos
 
Unidade ii contabilidade de custos
Unidade ii   contabilidade de custosUnidade ii   contabilidade de custos
Unidade ii contabilidade de custos
 
Contabilidade custos intro contabilidade custos
Contabilidade custos intro contabilidade custosContabilidade custos intro contabilidade custos
Contabilidade custos intro contabilidade custos
 
Apostila cathedra contabilidade de custos
Apostila cathedra   contabilidade de custosApostila cathedra   contabilidade de custos
Apostila cathedra contabilidade de custos
 
Unidade vi contabilidade de custos
Unidade vi   contabilidade de custosUnidade vi   contabilidade de custos
Unidade vi contabilidade de custos
 
Apostila de contabilidade de custos
Apostila de contabilidade de custosApostila de contabilidade de custos
Apostila de contabilidade de custos
 
Custeio do Ciclo de Vida do Produto
Custeio do Ciclo de Vida do ProdutoCusteio do Ciclo de Vida do Produto
Custeio do Ciclo de Vida do Produto
 
Administração de custos aula 02
Administração de custos   aula 02Administração de custos   aula 02
Administração de custos aula 02
 
A ciência contabilística e a contabilidade de custos
A ciência contabilística e a contabilidade de custosA ciência contabilística e a contabilidade de custos
A ciência contabilística e a contabilidade de custos
 
Apostila contabilidade de custos
Apostila contabilidade de custosApostila contabilidade de custos
Apostila contabilidade de custos
 
Apostila custos conceitos financeiros
Apostila custos conceitos financeirosApostila custos conceitos financeiros
Apostila custos conceitos financeiros
 
Apostila custos
Apostila custosApostila custos
Apostila custos
 
Unidade viii estrutura do custo de um produto
Unidade viii   estrutura do custo de um produtoUnidade viii   estrutura do custo de um produto
Unidade viii estrutura do custo de um produto
 
A LÓGICA DA GESTÃO EMPRESARIAL.ppt
A LÓGICA  DA GESTÃO EMPRESARIAL.pptA LÓGICA  DA GESTÃO EMPRESARIAL.ppt
A LÓGICA DA GESTÃO EMPRESARIAL.ppt
 
Apostila custos i_-_01-2012
Apostila custos i_-_01-2012Apostila custos i_-_01-2012
Apostila custos i_-_01-2012
 
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 02
 
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos BásicosContabilidade de Custos - Conceitos Básicos
Contabilidade de Custos - Conceitos Básicos
 

Mais de custos contabil

Planejamento orç publico
Planejamento orç publicoPlanejamento orç publico
Planejamento orç publico
custos contabil
 
Resumo contabilidade tributaria 05
Resumo contabilidade tributaria 05Resumo contabilidade tributaria 05
Resumo contabilidade tributaria 05
custos contabil
 
Unidade i contabilidade de custos
Unidade i   contabilidade de custosUnidade i   contabilidade de custos
Unidade i contabilidade de custos
custos contabil
 
Custos abc
Custos abcCustos abc
Custos abc
custos contabil
 
Contabilidade custos gestao de custos aula custeio
Contabilidade custos gestao de custos aula custeioContabilidade custos gestao de custos aula custeio
Contabilidade custos gestao de custos aula custeio
custos contabil
 
Unidade iv contabilidade de custos
Unidade iv   contabilidade de custosUnidade iv   contabilidade de custos
Unidade iv contabilidade de custos
custos contabil
 
Custos metodos de custeio
Custos metodos de custeioCustos metodos de custeio
Custos metodos de custeio
custos contabil
 
Custos 01
Custos 01Custos 01
Custos 01
custos contabil
 
Apostila financ i
Apostila financ iApostila financ i
Apostila financ i
custos contabil
 
Unidade vii contabilidade de custos
Unidade vii   contabilidade de custosUnidade vii   contabilidade de custos
Unidade vii contabilidade de custos
custos contabil
 
Ee analise investimento
Ee analise investimentoEe analise investimento
Ee analise investimento
custos contabil
 
Livros fiscais eletronicos
Livros fiscais eletronicosLivros fiscais eletronicos
Livros fiscais eletronicos
custos contabil
 
Contabiliando tributos
Contabiliando tributosContabiliando tributos
Contabiliando tributos
custos contabil
 
Resumo contabilidade tributaria 01
Resumo contabilidade tributaria 01Resumo contabilidade tributaria 01
Resumo contabilidade tributaria 01
custos contabil
 
Unidade 2 custo
Unidade 2 custoUnidade 2 custo
Unidade 2 custo
custos contabil
 
Apostila custos industriais b
Apostila custos industriais bApostila custos industriais b
Apostila custos industriais b
custos contabil
 
Unidade 3 custo
Unidade 3 custoUnidade 3 custo
Unidade 3 custo
custos contabil
 
Unidade viii demonstracoes contabeis
Unidade viii   demonstracoes contabeisUnidade viii   demonstracoes contabeis
Unidade viii demonstracoes contabeis
custos contabil
 
Contabilidade icms rj prova amarela
Contabilidade icms rj prova amarelaContabilidade icms rj prova amarela
Contabilidade icms rj prova amarela
custos contabil
 
Unidade 6 custo
Unidade 6 custoUnidade 6 custo
Unidade 6 custo
custos contabil
 

Mais de custos contabil (20)

Planejamento orç publico
Planejamento orç publicoPlanejamento orç publico
Planejamento orç publico
 
Resumo contabilidade tributaria 05
Resumo contabilidade tributaria 05Resumo contabilidade tributaria 05
Resumo contabilidade tributaria 05
 
Unidade i contabilidade de custos
Unidade i   contabilidade de custosUnidade i   contabilidade de custos
Unidade i contabilidade de custos
 
Custos abc
Custos abcCustos abc
Custos abc
 
Contabilidade custos gestao de custos aula custeio
Contabilidade custos gestao de custos aula custeioContabilidade custos gestao de custos aula custeio
Contabilidade custos gestao de custos aula custeio
 
Unidade iv contabilidade de custos
Unidade iv   contabilidade de custosUnidade iv   contabilidade de custos
Unidade iv contabilidade de custos
 
Custos metodos de custeio
Custos metodos de custeioCustos metodos de custeio
Custos metodos de custeio
 
Custos 01
Custos 01Custos 01
Custos 01
 
Apostila financ i
Apostila financ iApostila financ i
Apostila financ i
 
Unidade vii contabilidade de custos
Unidade vii   contabilidade de custosUnidade vii   contabilidade de custos
Unidade vii contabilidade de custos
 
Ee analise investimento
Ee analise investimentoEe analise investimento
Ee analise investimento
 
Livros fiscais eletronicos
Livros fiscais eletronicosLivros fiscais eletronicos
Livros fiscais eletronicos
 
Contabiliando tributos
Contabiliando tributosContabiliando tributos
Contabiliando tributos
 
Resumo contabilidade tributaria 01
Resumo contabilidade tributaria 01Resumo contabilidade tributaria 01
Resumo contabilidade tributaria 01
 
Unidade 2 custo
Unidade 2 custoUnidade 2 custo
Unidade 2 custo
 
Apostila custos industriais b
Apostila custos industriais bApostila custos industriais b
Apostila custos industriais b
 
Unidade 3 custo
Unidade 3 custoUnidade 3 custo
Unidade 3 custo
 
Unidade viii demonstracoes contabeis
Unidade viii   demonstracoes contabeisUnidade viii   demonstracoes contabeis
Unidade viii demonstracoes contabeis
 
Contabilidade icms rj prova amarela
Contabilidade icms rj prova amarelaContabilidade icms rj prova amarela
Contabilidade icms rj prova amarela
 
Unidade 6 custo
Unidade 6 custoUnidade 6 custo
Unidade 6 custo
 

Unidade iii contabilidade de custos

  • 1. Contabilidade de Custos Cap. 03 - Custos 1 Prof. Roberto Melo
  • 2. Definição de Custos Definição de Custos Podemos conceituar custo como sendo o consumo de ativos Podemos conceituar custo como sendo o consumo de ativos necessários para aaprodução ou para aacolocação da mercadoria àà necessários para produção ou para colocação da mercadoria disposição dos clientes no estabelecimento comercial, de forma que disposição dos clientes no estabelecimento comercial, de forma que aaempresa alcance os seus fins específicos, expressos em termos empresa alcance os seus fins específicos, expressos em termos monetários, ou para aaprestação de serviços aos clientes. monetários, ou para prestação de serviços aos clientes. É importante destacar que o custo de aquisição de um bem, aa É importante destacar que o custo de aquisição de um bem, exemplo de um veículo, representa um custo para aaempresa, embora ele não exemplo de um veículo, representa um custo para empresa, embora ele não seja consumido imediatamente. Trata-se nesse caso de um custo futuro ee seja consumido imediatamente. Trata-se nesse caso de um custo futuro como tal deverá ser registrado no ativo, ou seja, o custo de aquisição se como tal deverá ser registrado no ativo, ou seja, o custo de aquisição se transforma em “custo” (nos termos da definição apresentada anteriormente) transforma em “custo” (nos termos da definição apresentada anteriormente) ààmedida que o bem está sendo consumido pelo processo de produção. medida que o bem está sendo consumido pelo processo de produção. Assim, os custos de aquisição de bens serão imputados ao resultado Assim, os custos de aquisição de bens serão imputados ao resultado do exercício de acordo com aasua vida útil. do exercício de acordo com sua vida útil. 2 Prof. Roberto Melo
  • 3. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos CICLO OPERACIONAL CICLO OPERACIONAL Podemos definir como ciclo operacional todo o período que decorre entre o Podemos definir como ciclo operacional todo o período que decorre entre o desencadeamento inicial das ações para produzir e/ou vender um produto, desencadeamento inicial das ações para produzir e/ou vender um produto, mercadoria ou serviço eeo retorno do dinheiro decorrente da venda do mesmo. mercadoria ou serviço o retorno do dinheiro decorrente da venda do mesmo. O ciclo operacional compreende normalmente diversas fases, ou etapas, que O ciclo operacional compreende normalmente diversas fases, ou etapas, que são diferenciadas de um produto, mercadoria ou serviço para outro. são diferenciadas de um produto, mercadoria ou serviço para outro. Num produto industrial típico, as principais fases ou etapas são respectivamente: Num produto industrial típico, as principais fases ou etapas são respectivamente: - -fase da entrega dos materiais para aaempresa fabricante; fase da entrega dos materiais para empresa fabricante; - -fase da estocagem dos materiais (almoxarifado); fase da estocagem dos materiais (almoxarifado); - -fase do processo de produção do produto eeestocagem de semifabricados; fase do processo de produção do produto estocagem de semifabricados; - -fase do crédito para o pagamento da venda; fase do crédito para o pagamento da venda; - -fase de atrasos, inadimplência etc. fase de atrasos, inadimplência etc. 3 Prof. Roberto Melo
  • 4. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Ciclo Operacional Ciclo Operacional Com relação a uma mercadoria comercial, essas fases são Tipicamente: - fase de entrega da mercadoria na empresa; - fase de estocagem da mercadoria na empresa; - fase de crédito para pagamento da venda; - fase de atrasos, inadimplência etc. Nas empresas de serviços, o ciclo operacional varia em função das suas características quanto ao uso ou não de materiais. Nas empresas de serviços que utilizam materiais, o ciclo operacional compreende mais ou menos a s mesmas fases dos produtos industriais. Já nas empresas de serviços que não utilizam materiais, as principais fases do ciclo operacional são: 4 Prof. Roberto Melo
  • 5. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Ciclo Operacional Ciclo Operacional --fase de processamento do serviço; fase de processamento do serviço; --fase de crédito para pagamento do serviço; fase de crédito para pagamento do serviço; --fase de atrasos, inadimplência etc. fase de atrasos, inadimplência etc. Dentro de um mesmo grupo de bens (produtos, mercadorias ou Dentro de um mesmo grupo de bens (produtos, mercadorias ou serviços), os prazos da cada fase têm também durações diferentes, serviços), os prazos da cada fase têm também durações diferentes, individualmente de um para outro. individualmente de um para outro. 5 Prof. Roberto Melo
  • 6. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos APLICAÇÃO DA CONTABILIDADE Valor de Venda Valor de Venda O valor estabelecido para a venda deve obedecer sempre a dois enfoques absolutamente importante: o financeiro e o mercadológico. Sob o enfoque financeiro, o valor de venda deve permitir a manutenção e, de preferência, o crescimento do patrimônio líquido da empresa. Já sob o enfoque mercadológico, o valor de venda deve propiciar vantagens competitivas, isto é, oferecer os mesmos atributos por um preço menor que o apresentado por seus concorrentes, ou oferecer maiores atributos pelo mesmo preço dos concorrentes. Tomando como base o enfoque financeiro, para que o “valor correto” do patrimônio líquido se mantenha, é indispensável que o preço do bem ou serviço permita no mínimo a reposição física integral dos insumos incorridos para a produção e venda do mesmo (materiais, mão-de-obra, energia elétrica etc.) . 6 Prof. Roberto Melo
  • 7. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Reposição Física dos materiais O princípio da reposição física se constitui na realidade em um O princípio da reposição física se constitui na realidade em um dos pilares básicos da teoria de custos e do ciclo operacional. Com efeito, só a dos pilares básicos da teoria de custos e do ciclo operacional. Com efeito, só a reposição física integral permitirá um reinício permanente reposição física integral permitirá um reinício permanente de um novo ciclo operacional. A não-concretização desse princípio de um novo ciclo operacional. A não-concretização desse princípio implica necessariamente em duas alternativas: implica necessariamente em duas alternativas: --ou a empresa passa a sofrer uma gradativa redução no seu nível de ou a empresa passa a sofrer uma gradativa redução no seu nível de atividade; atividade; --ou a empresa suplementa a ausência de condições próprias para a ou a empresa suplementa a ausência de condições próprias para a reposição, com recursos de terceiros, implicando por conseqüência em reposição, com recursos de terceiros, implicando por conseqüência em custos financeiros crescentes e todas as dificuldades tendem naturalmente a custos financeiros crescentes e todas as dificuldades tendem naturalmente a elevar-se em períodos de inflação mais alta, uma vez que o princípio envolve elevar-se em períodos de inflação mais alta, uma vez que o princípio envolve sempre uma projeção dos custos para o momento da reposição. sempre uma projeção dos custos para o momento da reposição. 7 Prof. Roberto Melo
  • 8. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos A variável Tempo A agregação dos valores de custos ocorre na realidade em diversos momentos do ciclo operacional, desde o seu início até o seu final. O retorno dos valores sob a forma de “caixa ou equivalentes de caixa” ocorre em grande parte das vezes somente no final desse ciclo. Torna-se necessário, assim, considerar a variável tempo nesse cálculo, já que o capital investido nesse ciclo tem um custo financeiro. Essa consideração assume particular relevância quando encarada sob o enfoque do custo de oportunidade. A variável Perda A variável Perda A perda ocorre nas empresas em diversos momentos para os diferentes produtos ou serviços e sob variadas formas. Elas podem ocorrer desde o início do uso de materiais (sob a forma de resíduos), durante o processo, ou como produto pronto (sob a forma de quebras) e mesmo como produto vendido (sob a forma de devolução). 8 Prof. Roberto Melo
  • 9. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos A variável Perdas O conceito de perdas envolve sempre duas dimensões: - Perda dos materiais já aplicados ao produto ou ao serviço (perda de material); - Perda do trabalho já agregado no produto, até o momento da quebra, ou da devolução (perda operacional). Essa perda operacional compreende também eventuais operações de retrabalho ocorridas durante o processo. Custo Total X Custo Unitário • Denomina-se “custo total” o somatório dos custos de todas as unidades transacionadas (produzidas, fornecidas, serviços prestados etc) dentro de determinado período de tempo. • Por outro lado, o custo de cada unidade produzida (ou fornecida) é denominado “custo unitário do produto ou serviço”. 9 Prof. Roberto Melo
  • 10. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Custo Total X Custo Unitário Assim, uma das tarefas principais do analista de custo ééaade encontrar os Assim, uma das tarefas principais do analista de custo de encontrar os valores dos diversos custos unitários que satisfaçam aaessa equação, isto é, valores dos diversos custos unitários que satisfaçam essa equação, isto é, definir oocusto unitário dos produtos ééum dos problemas centrais da análise de definir custo unitário dos produtos um dos problemas centrais da análise de custos. custos. No caso de empresas industriais que operam com um único produto ou serviço, No caso de empresas industriais que operam com um único produto ou serviço, aasolução éémais simples. Todos os custos unitários são iguais eeoovalor dos solução mais simples. Todos os custos unitários são iguais valor dos custos unitários ééobtido pela divisão dos custos totais pelo número de produtos custos unitários obtido pela divisão dos custos totais pelo número de produtos (n). Entretanto, quando há muitos produtos diferentes, ooproblema se reveste de (n). Entretanto, quando há muitos produtos diferentes, problema se reveste de grande complexidade. grande complexidade. Finalmente, ééimportante destacar que, na indústria, utiliza-se aaexpressão Finalmente, importante destacar que, na indústria, utiliza-se expressão produção única quando aaempresa produz somente um produto, aaexemplo do produção única quando empresa produz somente um produto, exemplo do sal, enxofre, energia etc. Já aaexpressão produção múltipla ééempregada quando sal, enxofre, energia etc. Já expressão produção múltipla empregada quando existe variedade de produtos. existe variedade de produtos. 10 Prof. Roberto Melo
  • 11. Contabilidade de Custos Contabilidade de Custos Formas de cálculo dos custos unitários No caso de produção única, obtém-se oocusto unitário de acordo com aafórmula aa No caso de produção única, obtém-se custo unitário de acordo com fórmula seguir: seguir: Cu = Ct/n Cu = Ct/n Cu = custo unitário Cu = custo unitário Ct = custo total Ct = custo total nn= número de unidades produzidas = número de unidades produzidas 11 Prof. Roberto Melo