SlideShare uma empresa Scribd logo
Design Operations.
Processos de Design robustos, escaláveis
mantendo altos níveis de criatividade.
Emiliano
e sou um
Designer!
Timothy Morey
Designers são os otimistas, que vêem o mundo como uma gama de
oportunidades que podem ser criadas e direcionadas à própria vontade.
1989 - 1996 Internship (estagio)
Milan - NY - London Early 2000
Helsinki 2008
E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8
Artek project team
DEV
VDIXD
DEV
VDIXD UX
Creative
Technologist
Creative
Director
Content
Designer
RSC
DD
SD
Complementary Profiles
Interaction
Designer
IXD
▪Design Framework
▪Automated Ui to Frontend
▪Quick Prototyping
▪Sequential Releases
8 weeks beta launch
User Interface
Designer
UI
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N T E A M
Helsinki 2010
E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8
The Nokia Perks Design
User Interface
Designer
User Interaction
Designer
UI IXD
MERCHANT SQUAD
DEV
VDIXD
DEV
VDIXD
UX
Researcher Design
Director
Service
Designer
RSC DD SD
SERVICE SQUAD
User Interface
Designer
User Interaction
Designer
UI IXD
CLIENTS SQUAD
FrontEnd
Developer
FE
FrontEnd
Developer
FE
FrontEnd
Developer
FE
FrontEnd
Developer
FE
Lead
Technologist
LT
Nokia Delivery Team Design Studio
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · P R O D U C T T E A M
E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8
The Nokia Perks Dev Team
Dev
Des
▪Technology team based in India
▪Design team in Finland
▪Pilot market UK
▪Approval process - 6 Business Units
32 Months Alpha launch
MKT
PROJECT CANCELED
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · P R O D U C T T E A M
Design de Experiancia é sobre
criar oportunidade
Não podemos projetar experiências como uma entidade (um coisa por si só)
mas podemos projetar as condições para a experiência que queremos
proporcionar.
Design Ops permite que você coloque foco onde
realmente importa.
Como escalar o time de Design e
continuar tão criativo e bold quanto
um coletivo de criatividade?
Reduzindo o trabalho redundante
Mantendo as pessoas motivadas e focadas
Minimizando frustrações
Mantendo a linguagem consistente
Encantando os usuários
A estrutura da sua empresa
O Design está alinhado à estrutura de
tecnologia, engenharia e marketing
ou está sob essas funções?
Designers não são todos iguais
Invista tempo para aprender o conjunto de
habilidades que define os papéis e
responsabilidades da equipe de design.
Seu departamento de RH está
preparado?
Time multidiciplinar
Design é ágil por sua natureza
Adaptar-se à mudança está no Design; construa sua
capacidade visando a possibilidade de manobra acima
da velocidade.
Uma organização ágil tem um modelo operacional
altamente produtivo que reconfigura de forma fluida em
direção a oportunidades que criam valor, ao mesmo
tempo que envolvem e fortalecem as pessoas.
Design Operations (DesOps)
As capacidades de Design são estruturas
complexas, compostas de muitos elementos,
que precisam ser planejados com cuidado.
CL
DSL
POL
TL
QAL
ACL
PRODUCT TRIBE
Product 1
PO
UI
IXD
DEV
QA
Center of
Excellence
AC
CEOCTOBM
The modern Company Structure
OPERATIONS TRIBE
Product 2
PO
UI
IXD
DEV
QA
AC
Product 3
PO
UI
IXD
DEV
QA
AC
4 4 4
OP 1
PO
DEV
QA
AC
3
UX
Core
PO
DEV
QA
AC
3
UX
Finance &
ERP
PO
DEV
QA
AC
3
UX
HR
Legal & Finance
LAW FIN ACC
Specialists
xxx xxx xxx
COOCMO
ARC
MKTMKT MKT
Marketing
CMO - Chief Marketing Officer
BM - Brand Manager
BA - Business Analyst
Design
CL - Chapter Lead
UI - User Interface
IXD - Interaction Design
RSC - Researcher
GD - Graphic Designer
SD - Service Designer
Technology
CTO - Chief Technology Officer
DEV - Developer
QA - Quality Assurance
ARC - Architect
Agile
AC - Agile Coach
SEO - Search Engine Optimization
Product
PO - Product Owner
SM - Social Media
Comercial
SASA CCOCCO - Chief Comercial Officer
SA - Sales Analyst
xxx
DOp
DOp - Dev Ops
Advanced analytics
DS
SUPPORT
CL
2
3
CDO - Chief Design Officer
CDO
Squads
CEOCTOBM
The Company Structure - Center of Excellence
HR
Legal & Finance
LAW FIN ACC
Specialists
Marketing
CMO - Chief Marketing Officer
BM - Brand Manager
BA - Business Analyst
Design
CL - Chapter Lead
UI - User Interface
UX - User Experience
RSC - Researcher
GD - Graphic Designer
SD - Service Designer
Technology
CTO - Chief Technology Officer
DEV - Developer
QA - Quality Assurance
ARC - Architect
Agile
AC - Agile Coach
SEO - Search Engine Optimization
Product
PO - Product Owner
SM - Social Media
Comercial
CCO - Chief Comercial Officer
SA - Sales Analyst
DOp - Dev Ops
Advanced analytics
DS
SUPPORT
CL
CL
Center of Excellence
Customerinsights
Community
GD SD
Content
RSC
MI
Customer Analytics
ACQ CONMKT
- Continuously innovate and pursue future-looking strategies
- Build processes that review quality backlogs while shipping good product
- Empower Executive Designers to inspire team with new inputs
- Inspire Design and System Leads to test new patterns
- Evolve the spirit of the brand, tone and copy in a coherent fashion
Design CoE guides alignment of all this within an organization.
DSL
xxx xxx xxx xxx
E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8
The Dual Track - Discovery / Delivery
DISCOVERY TRACK
2 Sprints ahead
• Focused on preparing stories
• UX team work to design
layouts and prototypes
DELIVERY TRACK
• Current Sprint
• Focused on delivering
stories made clear through
prototypes
• UX team work to support
devs
DISCOVERY TRACK
DELIVERY TRACK
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
“Escalar o design por meio da contratação de designers, sem colocar padrões em
prática, é um mito. A cada nova contratação, novas idéias para paletas de cores,
tipografia e padrões aparecem no produto, aumentando a inconsistência e
aumentando o custo de manutenção. Cada novo contratado aumenta a entropia de
design. ”
“Design é escalável. Mas só é possível com um Design System.”Design scales. But it scales only with a design system.
@Marcin Treder, CEO | UXPin
SOURCE: UXPIN
Quando escalamos, cada nova demanda pode levar ao caos
26
Cada nova ideia, time, pessoa, projeto, aumenta o caos do processo e desacelera o trabalho.
Time Produto
!
!!
!!
!
!
New Styles, 

Patterns, Ideas…
New team, 

hire, ideas
New Styles, 

Patterns, Ideas…
New ideas, 

project
New project,
ideas, hire
New ideas, 

project
!!!
Tempo de desenvolvimento do produto
!
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
Falta de consistência

no design pode ser um dos maiores
problemas de um serviço.
Sobre a inconsistência do Design
28
PROBLEMAS PARA FAZER O
ONBOARDING DE DESIGNERS
1
A introdução de novos designers e
desenvolvedores em um sistema
não documentado é super difícil.
DESACELERAÇÃO DO
PROCESSO DE DESIGN
2
Tudo é criado a partir do zero, a
falta de elementos modulares e
reutilizáveis atrasa o fluxo de
trabalho dos designers.
DESACELERAÇÃO DO
DESENVOLVIMENTO
3
Redução da velocidade de
desenvolvimento devido ao baixo
número de componentes
totalmente reutilizáveis.
EXPERÊNCIA CONFUSA E
NÃO ATRAENTE
4
O usuário fica confuso e desmotivado
devido à falta de padrões apresentados,
perdendo a atenção e muitas vezes
abandonando a experiência.
Equipes mais lentas devido à falta de organização e
processo simplificado.
Não alcançar o momento “WOW”.
A felicidade do usuário diminui.
Waterfall e ambiente não
colaborativo
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
Um sistema de design pode apresentar e conter todos os
princípios de design e marca, bases visuais, componentes
e padrões de uso totalmente documentados.
Todas as referências de código incluídas corretamente
para cada elemento e padrão de interface.
Como resultado, o design e o código juntos
compartilham o papel que impulsiona o desenvolvimento
e o crescimento de produtos.
29
O que o Design
System tem e faz?
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
Quais são os benefícios do Design System?
30
Coerência - SEMPRE Elementos reutilizáveis
Performance e foco no
serviço
Conhecimento
compartilhado
! ! !!
!
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
Modularidade e Escalabilidade
31
Identificar Organizar Criar e Escalar
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
Design System
O Deisgn System não é um Style Guide
Nem um repositório estático de assets
O Design System é processo e é dinâmica.
O Design System é baseado em e pilares:
Framework
unificado de Design
Digital
O Design para
construir Workflow
• Foco em princípios, conteúdo, linguagem visual, componentes
e recursos de Kit e Código UI / UX.
• Concentre-se nos comportamentos de navegação dos
produtos.
34
Shopify Polaris
Design System
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
• Foco no produto, branding e marketing.
• Concentre-se nos comportamentos de navegação dos
produtos.
• Vai além do produto, abordando conteúdo, data e navegação.
36
Intuit - Harmony
Design System
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
Eis a simples verdade: não é possível inovar em produtos sem
primeiro inovar a maneira como você os cria.
@Karri Saarinen, Principal Designer and creator of Airbnb design system
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
• Tenha uma visão clara para alinhar esforços;
• O ideal é que este trabalho não seja resolvido por
apenas uma pessoa;
• Colaboração e alinhamento entre diferentes áreas;
• Pense grande, mas comece peça por peça;
• Seja super organizado;
• Nada está escrito na pedra!
Crafted Design Framework
Um Framework de Design planejada pode acelerar os
Sprints em até 40% do tempo gasto sem Design System.
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
- Multidisciplinary Team -
Alinhando Esforços
42
Meet the (DesOps) Team
UX
BM
UI
UIL DEV
DESIGN SYSTEM LEAD FRONT END DEVELOPER
USER EXPERIENCE
AND INTERFACE
DESIGNER
BRAND MANAGER
AND
CUSTOMER
EXPERIENCE OFFICER
CXO
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
- Design Principles, UX/Ui Explorations, Workflow -
Criar, Alinhar & Decidir
O que nossa equipe deve ter em mente ao projetar, desenvolver, decidir
ou planejar?
Os Princípios de Design podem ser uma ferramenta excelente e útil para
colocar toda a equipe na mesma página com valores compartilhados.
Quais são os objetivos deste sistema? Melhor qualidade para o produto?
Mais bonito? Estabelecer consistência entre pontos de contato?
Melhores interações? Implementação mais rápida? Acessibilidade na
interface do usuário?
Discuta e liste os princípios de design!
45
Crie seus

Princípios de Design
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
Menos M.V.P. e mais R.A.T.
É a mentalidade que você precisa abraçar para inovar.
Be bold, get comfortable with uncertaintie!
Riskiest Assumption & Test
Existe uma falha no coração do termo Produto Mínimo
Viável: Não é um produto.
Em vez de construir um MVP identifique sua
suposição e Teste
Definindo e unificando as direções visuais
As Artboards de moodboards (ou boards de inspiração) geralmente se
encaixam no processo em algum lugar após wireframes e antes de
mockups de design.
Leve ou Robusto? dinâmico ou estático? Escuro ou claro? Placas de
humor representam as qualidades pretendidas de uma marca ou
apenas ilustram um certo sentimento ou estética que será perseguido
no projeto. Eles servem como um pontapé inicial para o alinhamento
entre todos os membros da equipe e incluem orientações sobre:
tipografia, elementos de interface do usuário, cores, iconografia,
ilustração, fotografia, animações e microinterações.
48
Explorations UI/UX

Moodboards 👍
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
Hoje em dia existem muitas opções de ferramentas de design voltadas
para a criação de interfaces, praticamente todas as semanas são
lançadas novidades, plugins, integrações, novas ferramentas etc ...
A seguir apresentamos algumas ferramentas e integrações, que em
nossa visão ajudam muito em o processo de criação de design e um
sistema de design.
49
Conheça

as ferramentas
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
Sketch Illustrator Abstract invision Marvel Zeplin Jyra
Ai
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
- Shared Library Design System Creation -
Design + Código
!
Design + Código. Ótimos Amigos
A partir das decisões tomadas pela equipe durante a criação do Design System,
muitos guias e documentos detalhados são gerados e compartilhados como uma
necessidade por designers e desenvolvedores, a fim de facilitar a compreensão
do que está sendo projetado.
No entanto, esse processo muitas vezes acaba dando errado ou torna-se muito
complicado devido a vários motivos, como tempo gasto, localização diferente
entre equipes, processo em cascata e não dinâmico, falta de direção e visão do
produto, entre outros.
Para melhorar esse processo, os designers e desenvolvedores devem colaborar
regularmente e procurar focar na criação de uma biblioteca compartilhada
contendo o idioma da interface, o repositório e a apresentação da arquitetura
de código usada no projeto.
52
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
Em vez de delegar uma pessoa para criar documentações, com o
sistema de design, planejamos um novo fluxo de trabalho que continue
adicionando, subtraindo e modificando todas as informações
necessárias para criar as experiências do usuário.
Ele fornece uma visão clara para alinhar os esforços, permitindo
conduzir decisões com princípios de design e reunir designers,
engenheiros e gerentes de produto.
É um sistema vivo que precisa evoluir com o tempo.
53
Design System
Workflow
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
- Interact & Validate -
Planejamento de Sprints
!
Criando um plano pro 

Design System
Criar um roteiro para o seu Design System não precisa ser exaustivo.
Juntamente com sua equipe, através das rotinas de trabalho, definimos:
“Estamos trabalhando nisso agora (para esta semana), o próximo (para o
próximo mês) e a outra coisa em breve…”
Um roteiro permite:
• Compromisso de entrega de valor, justificando o investimento feito
• Prioridades transparentes, alinhamento claro entre os membros da equipe
• Cria cadência, define o ritmo do trabalho
• Hora de antecipar mudanças, prevendo possíveis erros
57
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
- Implementar, Testar & Evoluir -
Métricas de Sucesso
!
Success Criteria
Design System Rating
• Como o Design System está agora e como está sendo aplicado
• Quão fluidos os fluxos de trabalho de Design e Dev são
• Como a estratégia do produto se manifesta por meio do design da experiência
Product Experience Rating
• Quão reconhecidas como boas são as experiências?
• Como os clientes estão avaliando a experiência?
Time to Design and Develop
• Taxa na qual as alterações são projetadas / desenvolvidas (mantendo-se
consistentemente)
• Taxa na qual novas ideias são testadas
59
D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
Aqui estão quatro etapas que ajudarão na implementação do DesOps:
1.Designe alguém para assumir a responsabilidade pelo DesOps. Eles podem ser um diretor de
design, um designer Lead ou um diretor de produto
2. Avalie a estrutura existente do negócio. Trabalhe com equipes de design, produto e
desenvolvimento para idenQficar como elas poderiam ser alinhadas.
3. Revise seu soTware de design, ferramentas e práQcas de trabalho. Eles estão aptos para o
propósito e consistentes em toda a empresa?
4. Comece com um projeto. Ele oferece a você a oportunidade de testar e repeQr seu sistema
incipiente e envolver a gerência e as equipes com essa nova maneira de trabalhar.
A eficiência operacional é primordial e o DesOps não é apenas uma tática de curto prazo,
mas uma solução essencial e de longo prazo.
Much Love.Emiliano Chinchelli

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...
Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...
Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...
Glauber Lænder
 
Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...
Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...
Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...
Agile Trends
 
TDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX DesignTDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX Design
tdc-globalcode
 
Design sprint - Herói ou Vilão?
Design sprint - Herói ou Vilão?Design sprint - Herói ou Vilão?
Design sprint - Herói ou Vilão?
Luis Felipe Fernandes
 
A evolução do nível de maturidade da ux em uma startup
A evolução do nível de maturidade da ux em uma startupA evolução do nível de maturidade da ux em uma startup
A evolução do nível de maturidade da ux em uma startup
Simone Beltrame
 
TDC2016POA | Trilha UX Design - Os desafios do UX em uma empresa focada em v...
TDC2016POA | Trilha UX Design -  Os desafios do UX em uma empresa focada em v...TDC2016POA | Trilha UX Design -  Os desafios do UX em uma empresa focada em v...
TDC2016POA | Trilha UX Design - Os desafios do UX em uma empresa focada em v...
tdc-globalcode
 
Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...
Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...
Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...
Huxley Dias
 
Práticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UXPráticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UX
Bruno Polidoro
 
TDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX DesignTDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX Design
tdc-globalcode
 
Niveis maturidade UX
Niveis maturidade UXNiveis maturidade UX
Niveis maturidade UX
Suzi Sarmento
 
Maturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas EmpresasMaturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas Empresas
Marconi Pacheco
 
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de NegóciosTDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
tdc-globalcode
 
UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015
UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015
UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015
Samantha Rosa
 
TDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX DesignTDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX Design
tdc-globalcode
 
UX - Entregaveis
UX - EntregaveisUX - Entregaveis
UX - Entregaveis
Daniel Coscarelli
 
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxutaTDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
Mayra de Souza
 
TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...
TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...
TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...
tdc-globalcode
 
Lean UX + Agile UX
Lean UX + Agile UXLean UX + Agile UX
Lean UX + Agile UX
Marcos Souza
 
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
DEXCONF
 
UX + ágil
UX + ágilUX + ágil
UX + ágil
Andressa Vieira
 

Mais procurados (20)

Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...
Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...
Product Discovery: envolvendo o time e cliente para co-criar soluções asserti...
 
Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...
Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...
Fabricio Dore - Design e Agile – esqueceram de combinar com os russos (Como c...
 
TDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX DesignTDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX Design
 
Design sprint - Herói ou Vilão?
Design sprint - Herói ou Vilão?Design sprint - Herói ou Vilão?
Design sprint - Herói ou Vilão?
 
A evolução do nível de maturidade da ux em uma startup
A evolução do nível de maturidade da ux em uma startupA evolução do nível de maturidade da ux em uma startup
A evolução do nível de maturidade da ux em uma startup
 
TDC2016POA | Trilha UX Design - Os desafios do UX em uma empresa focada em v...
TDC2016POA | Trilha UX Design -  Os desafios do UX em uma empresa focada em v...TDC2016POA | Trilha UX Design -  Os desafios do UX em uma empresa focada em v...
TDC2016POA | Trilha UX Design - Os desafios do UX em uma empresa focada em v...
 
Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...
Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...
Mensurando a Experiência do Usuário ( A Importância dos Dados Para UX ) - ...
 
Práticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UXPráticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UX
 
TDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX DesignTDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX Design
 
Niveis maturidade UX
Niveis maturidade UXNiveis maturidade UX
Niveis maturidade UX
 
Maturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas EmpresasMaturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas Empresas
 
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de NegóciosTDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
TDC2016SP - Trilha Análise de Negócios
 
UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015
UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015
UX para desenvolvedores - QCon Rio 2015
 
TDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX DesignTDC2016SP - Trilha UX Design
TDC2016SP - Trilha UX Design
 
UX - Entregaveis
UX - EntregaveisUX - Entregaveis
UX - Entregaveis
 
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxutaTDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
TDC SP 2016 - Direto ao ponto - Criando produto de forma enxuta
 
TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...
TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...
TDC2016POA | Trilha UX Design - Design antecipatório para projetos de "zero i...
 
Lean UX + Agile UX
Lean UX + Agile UXLean UX + Agile UX
Lean UX + Agile UX
 
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
 
UX + ágil
UX + ágilUX + ágil
UX + ágil
 

Semelhante a TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho de design empoderando o mindset e os objetivos das DevOps.

Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter BrazilDesenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Natali Garcia
 
Estruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágil
Estruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágilEstruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágil
Estruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágil
Viviane Delvequio
 
Agile User Experience
Agile User ExperienceAgile User Experience
Agile User Experience
Lógica Digital
 
Design Thinking
Design ThinkingDesign Thinking
Design Thinking
Aldo Pires
 
Design
Design Design
Design
criiribeiro
 
Métodos Ágeis
Métodos ÁgeisMétodos Ágeis
Métodos Ágeis
Adriano Bertucci
 
A evolução do Business Intelligence
A evolução do Business IntelligenceA evolução do Business Intelligence
A evolução do Business Intelligence
Gustavo Santade
 
Ux para software
Ux para softwareUx para software
Ux para software
Viviane Delvequio
 
DesignOps:Sua Máquina de Design
DesignOps:Sua Máquina de DesignDesignOps:Sua Máquina de Design
DesignOps:Sua Máquina de Design
MJV Technology & Innovation Brasil
 
UX para desenvolvedores - Procempa 2016
UX para desenvolvedores - Procempa 2016UX para desenvolvedores - Procempa 2016
UX para desenvolvedores - Procempa 2016
Samantha Rosa
 
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para AndroidIntrodução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Nelson Vasconcelos
 
ConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinada
ConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinadaConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinada
ConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinada
André Paulovich
 
Squads Inteligentes com TechLead.pdf
Squads Inteligentes com TechLead.pdfSquads Inteligentes com TechLead.pdf
Squads Inteligentes com TechLead.pdf
Alexandre Corsi Abdalla
 
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez! Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Adriano Tavares
 
Domain driven design - Visão Geral
Domain driven design - Visão GeralDomain driven design - Visão Geral
Domain driven design - Visão Geral
Lorival Smolski Chapuis
 
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX DesignUX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
Lara Brito
 
PALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo Freire
PALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo FreirePALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo Freire
PALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo Freire
Papo de Consultor
 
"Agile Think" - Design Sprint
"Agile Think" - Design Sprint"Agile Think" - Design Sprint
"Agile Think" - Design Sprint
Multi - Talentos e Inovação
 
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
Rafael Burity
 
Designer na sprint: um mal necessário
Designer na sprint: um mal necessário Designer na sprint: um mal necessário
Designer na sprint: um mal necessário
Rafael Coronel
 

Semelhante a TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho de design empoderando o mindset e os objetivos das DevOps. (20)

Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter BrazilDesenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
Desenvolvendo o design na organização - Service Design Network Chapter Brazil
 
Estruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágil
Estruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágilEstruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágil
Estruturando uma área de ResearchOps para suportar pesquisas em um cenário ágil
 
Agile User Experience
Agile User ExperienceAgile User Experience
Agile User Experience
 
Design Thinking
Design ThinkingDesign Thinking
Design Thinking
 
Design
Design Design
Design
 
Métodos Ágeis
Métodos ÁgeisMétodos Ágeis
Métodos Ágeis
 
A evolução do Business Intelligence
A evolução do Business IntelligenceA evolução do Business Intelligence
A evolução do Business Intelligence
 
Ux para software
Ux para softwareUx para software
Ux para software
 
DesignOps:Sua Máquina de Design
DesignOps:Sua Máquina de DesignDesignOps:Sua Máquina de Design
DesignOps:Sua Máquina de Design
 
UX para desenvolvedores - Procempa 2016
UX para desenvolvedores - Procempa 2016UX para desenvolvedores - Procempa 2016
UX para desenvolvedores - Procempa 2016
 
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para AndroidIntrodução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
Introdução ao Design Sprint - Hackaprothon Aplicativos Cívicos para Android
 
ConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinada
ConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinadaConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinada
ConnectionDay 2019 - Divinópolis - Transformação digital turbinada
 
Squads Inteligentes com TechLead.pdf
Squads Inteligentes com TechLead.pdfSquads Inteligentes com TechLead.pdf
Squads Inteligentes com TechLead.pdf
 
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez! Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
Transformação ágil em uma grande empresa, um post-it por vez!
 
Domain driven design - Visão Geral
Domain driven design - Visão GeralDomain driven design - Visão Geral
Domain driven design - Visão Geral
 
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX DesignUX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
 
PALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo Freire
PALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo FreirePALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo Freire
PALESTRA - Inovação em Gerenciamento de Projetos - Eduardo Freire
 
"Agile Think" - Design Sprint
"Agile Think" - Design Sprint"Agile Think" - Design Sprint
"Agile Think" - Design Sprint
 
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
(Petrobras) Repensando o design de experiências e processos
 
Designer na sprint: um mal necessário
Designer na sprint: um mal necessário Designer na sprint: um mal necessário
Designer na sprint: um mal necessário
 

Mais de tdc-globalcode

TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadeTDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPATDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinoTDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
tdc-globalcode
 
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicesTDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
tdc-globalcode
 
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca PublicaTrilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
tdc-globalcode
 
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case EasylocusTDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em GolangTDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QATDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciaTDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR ServiceTDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETTDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
tdc-globalcode
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net CoreTDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
tdc-globalcode
 

Mais de tdc-globalcode (20)

TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidadeTDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
TDC2019 Intel Software Day - Visao Computacional e IA a servico da humanidade
 
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
TDC2019 Intel Software Day - Tecnicas de Programacao Paralela em Machine Lear...
 
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de SucessoTDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
TDC2019 Intel Software Day - ACATE - Cases de Sucesso
 
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPATDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
TDC2019 Intel Software Day - Otimizacao grafica com o Intel GPA
 
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVinoTDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
TDC2019 Intel Software Day - Deteccao de objetos em tempo real com OpenVino
 
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
TDC2019 Intel Software Day - OpenCV: Inteligencia artificial e Visao Computac...
 
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devicesTDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
TDC2019 Intel Software Day - Inferencia de IA em edge devices
 
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca PublicaTrilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
Trilha BigData - Banco de Dados Orientado a Grafos na Seguranca Publica
 
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
Trilha .Net - Programacao funcional usando f#
 
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case EasylocusTDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
TDC2018SP | Trilha Go - Case Easylocus
 
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
TDC2018SP | Trilha Modern Web - Para onde caminha a Web?
 
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em GolangTDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
TDC2018SP | Trilha Go - Clean architecture em Golang
 
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QATDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
TDC2018SP | Trilha Go - "Go" tambem e linguagem de QA
 
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendenciaTDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
TDC2018SP | Trilha Mobile - Digital Wallets - Seguranca, inovacao e tendencia
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR ServiceTDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
TDC2018SP | Trilha .Net - Real Time apps com Azure SignalR Service
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NETTDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
TDC2018SP | Trilha .Net - Passado, Presente e Futuro do .NET
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
TDC2018SP | Trilha .Net - Novidades do C# 7 e 8
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
TDC2018SP | Trilha .Net - Obtendo metricas com TDD utilizando build automatiz...
 
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
TDC2018SP | Trilha .Net - .NET funcional com F#
 
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net CoreTDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor  em .Net Core
TDC2018SP | Trilha .Net - Crie SPAs com Razor e C# usando Blazor em .Net Core
 

Último

the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
ssuser701e2b
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
MatildeBrites
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 

Último (20)

the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 

TDC2018SP | Trilha UX Design - Design Operations (DesOps) - mapear o trabalho de design empoderando o mindset e os objetivos das DevOps.

  • 1. Design Operations. Processos de Design robustos, escaláveis mantendo altos níveis de criatividade.
  • 4. Timothy Morey Designers são os otimistas, que vêem o mundo como uma gama de oportunidades que podem ser criadas e direcionadas à própria vontade.
  • 5. 1989 - 1996 Internship (estagio)
  • 6. Milan - NY - London Early 2000
  • 8. E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8 Artek project team DEV VDIXD DEV VDIXD UX Creative Technologist Creative Director Content Designer RSC DD SD Complementary Profiles Interaction Designer IXD ▪Design Framework ▪Automated Ui to Frontend ▪Quick Prototyping ▪Sequential Releases 8 weeks beta launch User Interface Designer UI D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N T E A M
  • 10. E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8 The Nokia Perks Design User Interface Designer User Interaction Designer UI IXD MERCHANT SQUAD DEV VDIXD DEV VDIXD UX Researcher Design Director Service Designer RSC DD SD SERVICE SQUAD User Interface Designer User Interaction Designer UI IXD CLIENTS SQUAD FrontEnd Developer FE FrontEnd Developer FE FrontEnd Developer FE FrontEnd Developer FE Lead Technologist LT Nokia Delivery Team Design Studio D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · P R O D U C T T E A M
  • 11. E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8 The Nokia Perks Dev Team Dev Des ▪Technology team based in India ▪Design team in Finland ▪Pilot market UK ▪Approval process - 6 Business Units 32 Months Alpha launch MKT PROJECT CANCELED D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · P R O D U C T T E A M
  • 12. Design de Experiancia é sobre criar oportunidade Não podemos projetar experiências como uma entidade (um coisa por si só) mas podemos projetar as condições para a experiência que queremos proporcionar. Design Ops permite que você coloque foco onde realmente importa.
  • 13. Como escalar o time de Design e continuar tão criativo e bold quanto um coletivo de criatividade? Reduzindo o trabalho redundante Mantendo as pessoas motivadas e focadas Minimizando frustrações Mantendo a linguagem consistente Encantando os usuários
  • 14. A estrutura da sua empresa O Design está alinhado à estrutura de tecnologia, engenharia e marketing ou está sob essas funções?
  • 15. Designers não são todos iguais Invista tempo para aprender o conjunto de habilidades que define os papéis e responsabilidades da equipe de design. Seu departamento de RH está preparado?
  • 17. Design é ágil por sua natureza Adaptar-se à mudança está no Design; construa sua capacidade visando a possibilidade de manobra acima da velocidade. Uma organização ágil tem um modelo operacional altamente produtivo que reconfigura de forma fluida em direção a oportunidades que criam valor, ao mesmo tempo que envolvem e fortalecem as pessoas.
  • 18. Design Operations (DesOps) As capacidades de Design são estruturas complexas, compostas de muitos elementos, que precisam ser planejados com cuidado.
  • 19. CL DSL POL TL QAL ACL PRODUCT TRIBE Product 1 PO UI IXD DEV QA Center of Excellence AC CEOCTOBM The modern Company Structure OPERATIONS TRIBE Product 2 PO UI IXD DEV QA AC Product 3 PO UI IXD DEV QA AC 4 4 4 OP 1 PO DEV QA AC 3 UX Core PO DEV QA AC 3 UX Finance & ERP PO DEV QA AC 3 UX HR Legal & Finance LAW FIN ACC Specialists xxx xxx xxx COOCMO ARC MKTMKT MKT Marketing CMO - Chief Marketing Officer BM - Brand Manager BA - Business Analyst Design CL - Chapter Lead UI - User Interface IXD - Interaction Design RSC - Researcher GD - Graphic Designer SD - Service Designer Technology CTO - Chief Technology Officer DEV - Developer QA - Quality Assurance ARC - Architect Agile AC - Agile Coach SEO - Search Engine Optimization Product PO - Product Owner SM - Social Media Comercial SASA CCOCCO - Chief Comercial Officer SA - Sales Analyst xxx DOp DOp - Dev Ops Advanced analytics DS SUPPORT CL 2 3 CDO - Chief Design Officer CDO
  • 20. Squads CEOCTOBM The Company Structure - Center of Excellence HR Legal & Finance LAW FIN ACC Specialists Marketing CMO - Chief Marketing Officer BM - Brand Manager BA - Business Analyst Design CL - Chapter Lead UI - User Interface UX - User Experience RSC - Researcher GD - Graphic Designer SD - Service Designer Technology CTO - Chief Technology Officer DEV - Developer QA - Quality Assurance ARC - Architect Agile AC - Agile Coach SEO - Search Engine Optimization Product PO - Product Owner SM - Social Media Comercial CCO - Chief Comercial Officer SA - Sales Analyst DOp - Dev Ops Advanced analytics DS SUPPORT CL CL Center of Excellence Customerinsights Community GD SD Content RSC MI Customer Analytics ACQ CONMKT - Continuously innovate and pursue future-looking strategies - Build processes that review quality backlogs while shipping good product - Empower Executive Designers to inspire team with new inputs - Inspire Design and System Leads to test new patterns - Evolve the spirit of the brand, tone and copy in a coherent fashion Design CoE guides alignment of all this within an organization. DSL xxx xxx xxx xxx
  • 21. E M I L I A N O C H I N C H E L L I · T D C 2 0 1 8 The Dual Track - Discovery / Delivery DISCOVERY TRACK 2 Sprints ahead • Focused on preparing stories • UX team work to design layouts and prototypes DELIVERY TRACK • Current Sprint • Focused on delivering stories made clear through prototypes • UX team work to support devs DISCOVERY TRACK DELIVERY TRACK D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S
  • 22. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S “Escalar o design por meio da contratação de designers, sem colocar padrões em prática, é um mito. A cada nova contratação, novas idéias para paletas de cores, tipografia e padrões aparecem no produto, aumentando a inconsistência e aumentando o custo de manutenção. Cada novo contratado aumenta a entropia de design. ” “Design é escalável. Mas só é possível com um Design System.”Design scales. But it scales only with a design system. @Marcin Treder, CEO | UXPin SOURCE: UXPIN
  • 23. Quando escalamos, cada nova demanda pode levar ao caos 26 Cada nova ideia, time, pessoa, projeto, aumenta o caos do processo e desacelera o trabalho. Time Produto ! !! !! ! ! New Styles, 
 Patterns, Ideas… New team, 
 hire, ideas New Styles, 
 Patterns, Ideas… New ideas, 
 project New project, ideas, hire New ideas, 
 project !!! Tempo de desenvolvimento do produto ! D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
  • 24. Falta de consistência
 no design pode ser um dos maiores problemas de um serviço.
  • 25. Sobre a inconsistência do Design 28 PROBLEMAS PARA FAZER O ONBOARDING DE DESIGNERS 1 A introdução de novos designers e desenvolvedores em um sistema não documentado é super difícil. DESACELERAÇÃO DO PROCESSO DE DESIGN 2 Tudo é criado a partir do zero, a falta de elementos modulares e reutilizáveis atrasa o fluxo de trabalho dos designers. DESACELERAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO 3 Redução da velocidade de desenvolvimento devido ao baixo número de componentes totalmente reutilizáveis. EXPERÊNCIA CONFUSA E NÃO ATRAENTE 4 O usuário fica confuso e desmotivado devido à falta de padrões apresentados, perdendo a atenção e muitas vezes abandonando a experiência. Equipes mais lentas devido à falta de organização e processo simplificado. Não alcançar o momento “WOW”. A felicidade do usuário diminui. Waterfall e ambiente não colaborativo D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
  • 26. Um sistema de design pode apresentar e conter todos os princípios de design e marca, bases visuais, componentes e padrões de uso totalmente documentados. Todas as referências de código incluídas corretamente para cada elemento e padrão de interface. Como resultado, o design e o código juntos compartilham o papel que impulsiona o desenvolvimento e o crescimento de produtos. 29 O que o Design System tem e faz? D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
  • 27. Quais são os benefícios do Design System? 30 Coerência - SEMPRE Elementos reutilizáveis Performance e foco no serviço Conhecimento compartilhado ! ! !! ! D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
  • 28. Modularidade e Escalabilidade 31 Identificar Organizar Criar e Escalar D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N S Y S T E M
  • 29. Design System O Deisgn System não é um Style Guide Nem um repositório estático de assets O Design System é processo e é dinâmica.
  • 30. O Design System é baseado em e pilares: Framework unificado de Design Digital O Design para construir Workflow
  • 31. • Foco em princípios, conteúdo, linguagem visual, componentes e recursos de Kit e Código UI / UX. • Concentre-se nos comportamentos de navegação dos produtos. 34 Shopify Polaris Design System D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 32.
  • 33. • Foco no produto, branding e marketing. • Concentre-se nos comportamentos de navegação dos produtos. • Vai além do produto, abordando conteúdo, data e navegação. 36 Intuit - Harmony Design System D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 34.
  • 35. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S Eis a simples verdade: não é possível inovar em produtos sem primeiro inovar a maneira como você os cria. @Karri Saarinen, Principal Designer and creator of Airbnb design system
  • 36. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S • Tenha uma visão clara para alinhar esforços; • O ideal é que este trabalho não seja resolvido por apenas uma pessoa; • Colaboração e alinhamento entre diferentes áreas; • Pense grande, mas comece peça por peça; • Seja super organizado; • Nada está escrito na pedra!
  • 37. Crafted Design Framework Um Framework de Design planejada pode acelerar os Sprints em até 40% do tempo gasto sem Design System.
  • 38. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S - Multidisciplinary Team - Alinhando Esforços
  • 39. 42 Meet the (DesOps) Team UX BM UI UIL DEV DESIGN SYSTEM LEAD FRONT END DEVELOPER USER EXPERIENCE AND INTERFACE DESIGNER BRAND MANAGER AND CUSTOMER EXPERIENCE OFFICER CXO D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 40. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S - Design Principles, UX/Ui Explorations, Workflow - Criar, Alinhar & Decidir
  • 41. O que nossa equipe deve ter em mente ao projetar, desenvolver, decidir ou planejar? Os Princípios de Design podem ser uma ferramenta excelente e útil para colocar toda a equipe na mesma página com valores compartilhados. Quais são os objetivos deste sistema? Melhor qualidade para o produto? Mais bonito? Estabelecer consistência entre pontos de contato? Melhores interações? Implementação mais rápida? Acessibilidade na interface do usuário? Discuta e liste os princípios de design! 45 Crie seus
 Princípios de Design D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 42. Menos M.V.P. e mais R.A.T. É a mentalidade que você precisa abraçar para inovar. Be bold, get comfortable with uncertaintie!
  • 43. Riskiest Assumption & Test Existe uma falha no coração do termo Produto Mínimo Viável: Não é um produto. Em vez de construir um MVP identifique sua suposição e Teste
  • 44. Definindo e unificando as direções visuais As Artboards de moodboards (ou boards de inspiração) geralmente se encaixam no processo em algum lugar após wireframes e antes de mockups de design. Leve ou Robusto? dinâmico ou estático? Escuro ou claro? Placas de humor representam as qualidades pretendidas de uma marca ou apenas ilustram um certo sentimento ou estética que será perseguido no projeto. Eles servem como um pontapé inicial para o alinhamento entre todos os membros da equipe e incluem orientações sobre: tipografia, elementos de interface do usuário, cores, iconografia, ilustração, fotografia, animações e microinterações. 48 Explorations UI/UX
 Moodboards 👍 D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 45. Hoje em dia existem muitas opções de ferramentas de design voltadas para a criação de interfaces, praticamente todas as semanas são lançadas novidades, plugins, integrações, novas ferramentas etc ... A seguir apresentamos algumas ferramentas e integrações, que em nossa visão ajudam muito em o processo de criação de design e um sistema de design. 49 Conheça
 as ferramentas D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S Sketch Illustrator Abstract invision Marvel Zeplin Jyra Ai
  • 46. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S - Shared Library Design System Creation - Design + Código !
  • 47. Design + Código. Ótimos Amigos A partir das decisões tomadas pela equipe durante a criação do Design System, muitos guias e documentos detalhados são gerados e compartilhados como uma necessidade por designers e desenvolvedores, a fim de facilitar a compreensão do que está sendo projetado. No entanto, esse processo muitas vezes acaba dando errado ou torna-se muito complicado devido a vários motivos, como tempo gasto, localização diferente entre equipes, processo em cascata e não dinâmico, falta de direção e visão do produto, entre outros. Para melhorar esse processo, os designers e desenvolvedores devem colaborar regularmente e procurar focar na criação de uma biblioteca compartilhada contendo o idioma da interface, o repositório e a apresentação da arquitetura de código usada no projeto. 52 D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 48. Em vez de delegar uma pessoa para criar documentações, com o sistema de design, planejamos um novo fluxo de trabalho que continue adicionando, subtraindo e modificando todas as informações necessárias para criar as experiências do usuário. Ele fornece uma visão clara para alinhar os esforços, permitindo conduzir decisões com princípios de design e reunir designers, engenheiros e gerentes de produto. É um sistema vivo que precisa evoluir com o tempo. 53 Design System Workflow D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 49. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S - Interact & Validate - Planejamento de Sprints !
  • 50. Criando um plano pro 
 Design System Criar um roteiro para o seu Design System não precisa ser exaustivo. Juntamente com sua equipe, através das rotinas de trabalho, definimos: “Estamos trabalhando nisso agora (para esta semana), o próximo (para o próximo mês) e a outra coisa em breve…” Um roteiro permite: • Compromisso de entrega de valor, justificando o investimento feito • Prioridades transparentes, alinhamento claro entre os membros da equipe • Cria cadência, define o ritmo do trabalho • Hora de antecipar mudanças, prevendo possíveis erros 57 D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 51. D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · D E S I G N O P E R AT I O N S - Implementar, Testar & Evoluir - Métricas de Sucesso !
  • 52. Success Criteria Design System Rating • Como o Design System está agora e como está sendo aplicado • Quão fluidos os fluxos de trabalho de Design e Dev são • Como a estratégia do produto se manifesta por meio do design da experiência Product Experience Rating • Quão reconhecidas como boas são as experiências? • Como os clientes estão avaliando a experiência? Time to Design and Develop • Taxa na qual as alterações são projetadas / desenvolvidas (mantendo-se consistentemente) • Taxa na qual novas ideias são testadas 59 D E S I G N O R G A N I Z AT I O N · O P E R AT I O N S
  • 53. Aqui estão quatro etapas que ajudarão na implementação do DesOps: 1.Designe alguém para assumir a responsabilidade pelo DesOps. Eles podem ser um diretor de design, um designer Lead ou um diretor de produto 2. Avalie a estrutura existente do negócio. Trabalhe com equipes de design, produto e desenvolvimento para idenQficar como elas poderiam ser alinhadas. 3. Revise seu soTware de design, ferramentas e práQcas de trabalho. Eles estão aptos para o propósito e consistentes em toda a empresa? 4. Comece com um projeto. Ele oferece a você a oportunidade de testar e repeQr seu sistema incipiente e envolver a gerência e as equipes com essa nova maneira de trabalhar. A eficiência operacional é primordial e o DesOps não é apenas uma tática de curto prazo, mas uma solução essencial e de longo prazo.