SlideShare uma empresa Scribd logo
ARTEMES SILVA DE OLIVEIRA LUIS CARLOS ARAÚJO DO MASCIMENTO IPIXUNA DO PARÁ- PARÁ “ A UTILIZAÇÃO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA NAS RELAÇÕES COMERCIAIS “. 30 DE JUNHO DE 2011 ( Fonte: Comércio tradicional eporteresdebagagens.wordpress.com pdf – Adode Reader Acrobat – Document ; São Paulo, 2008 )
INTRODUÇÃO O QUE O LEVOU A ESCOLHER O ASSUNTO DO TCC? O tema em questão está presente em quase todas as atividades práticas do dia-a-dia das pessoas mesmo que elas nem o perceba, porém suas práxis educacionais encontram-se eqüidistantes dessa realidade. Por isso, pensou-se em analisar e discutir o ensino de matemática financeira a fim de aproximar as realidades vivenciadas pelos alunos na construção do conhecimento desenvolvido na escola Adélia Carvalho Sodré, visto que a matemática é vista como algo distante e dissociada da realidade. ( Fonte: 1383983.pdf – Adode Reader Acrobat – Document ; São Paulo, 2008 )
A importância do estudo é analisar as diversas situações que envolvem a matemática financeira presente nas relações comerciais e integrá-las ao contexto escolar, para que alunos e professores possam colocar em prática o conhecimento prévio de matemática financeira de um. ( Fonte: 1383983.pdf – Adode Reader Acrobat – Document ; São Paulo, 2008 )
OBJETIVOS: O presente trabalho tem por Objetivo Geral: - Verificar se a Matemática Financeira  aplicada no ensino e aprendizagem, na escola Adélia Carvalho Sodré está sendo fundamentada no contexto social dos alunos.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS Fazer uma análise sobre o modo como as relações comerciais são tomadas ou não para favorecer uma possível práxis pedagógica. Esclarecer a professores e alunos que o ensino e aprendizagem nascem de uma troca de conhecimentos, e só se concretizam evidenciado a realidade da comunidade em estudo. Mostrar que a matemática financeira está presente em diversas situações de vida das pessoas, e precisam ser compreendidas para não gerar aversão a essa área do conhecimento.
O presente trabalho teve principalmente como embasamento teórico autores que entendem de matemática financeira e de contextualização da vida cotidiana em situações matemáticas: ALEXANDRE ASSAF NETO JOSÉ CARLOS LIBÃNEO LUIS MARCIO IMENES UBIRATAN  D’AMBRÓSIO
A NATUREZA DA PESQUISA Quantitativa,  de cunho etnográfico e de natureza aplicada. Objeto de estudo , a utilização da matemática financeira prática no contexto educacional . Locus da pesquisa,  Escola Municipal Adélia Carvalho Sodré, município de Ipixuna do Pará. Sujeitos da pesquisa , professores e alunos das turmas de 5ª a 8 séries.
METODOLOGIA Pesquisa bibliográfica; Pesquisa de campo; Aplicação de questionários para alunos e professores da 5ª  a 8ª séries; Levantamento de situações comerciais no contexto escolar;
Primeiramente, foi analisado a categoria dos discente. Posteriormente, a categoria dos docentes. ANÁLISE DOS MATERIAIS E REGISTROS Fonte 2011: Escola Municipal Adélia Carvalho Sodré, ipixuna do Pará
RESULTADOS Como você aplica o conhecimento de matemática financeira? Como a matemática financeira lhe é repassada na escola? professores: trabalham a teoria e a prática,  abordam o que está no livro. alunos: aulas expositivas, teóricas e práticas, abordando a realidade (questões contextualizadas)
PENSAMENTO SÓCIOINTERACIONISTA DE  D’ AMBRÓSIO U. D’AMBRÓSIO “ A utilização do cotidiano das compras para ensinar matemática revela prticas apreendidas fora do ambiente escolar, uma verdadeira Etnomatemática do comercio... e a utilização do cotidiano comercial pode possibilitar uma visão critica da realidade, utilizando instrumentos de natureza matemática”.
PRESSUPOSTOS SÓCIOINTERACIONISTA  DE LUIS MARCIO IMENES “ o contexto em que a matemática escolar se desenvolve é o da própria matemática; a matemática apresentada no ensino de matemática é desligada da vida e das coisas que as pessoas fazem; não se relaciona com outras áreas do saber e nem com as artes; a matemática apresentada no ensino de matemática é a - histórica; ela “cai pronta do céu...” IMENES(1985)
Teorias x práticas Como você utiliza o conhecimento prático de seus alunos nas aulas de matemática? Você consegue compreender, na escola, a utilização da matemática financeira nas relações comerciais? Segundo Zunino: “as crianças tinham que saber para que serve o que se ensina na escola...As crianças têm múltiplas experiências relacionadas com o conhecimento matemático e estas experiências tinham que constituir-se em objetivo de análise no marco escolar. ”.
RESULTADOS DOS ALUNOS ENTREVISTADOS Seu professor aproveita seu conhecimento de vida prática? A matemática estudada na escola contribui para a resolução de problemas de seu dia-a-dia?  Segundo Neto  “As extensas aplicações da matemática financeira são processadas de forma a adaptar o conhecimento teórico a uma situação prática... ”
PROPOSTA DE INTERVENÇÃO   PROMOVER A CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO PEDAGÓGICO NA ESCOLA VOLTADO PARA O ESTUDO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA TENDO COMO BASE A VIVÊNCIA DOS ALUNOS.  PROPOR AO CORPO TÉCNICO DA ESCOLA A ELABORAÇAO DE UM PLANEJAMENTO BIMESTRAL PARA A DISCIPLINA DE MATEMÁTICA ONDE OS ALUNOS POSSAM FAZER PARTE DESSE PROCESSO DE CONSTRUÇÃO.    PROPOR A CONSTRUÇÃO DE UM CALENDÁRIO DE ATIVIDADES MATEMÁTICAS (FEIRAS, OFICINAS, PALESTRAS, SEMINÁRIOS,...) QUE VENHAM FACILITAR O APRENDIZADO E A IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO PARA COM A MESMA .
CONSIDERAÇÕES   FINAIS Diante das observações e entrevistas realizadas, foi possível detectar que “ensinar matemática” engloba aspectos bem mais amplos do que ensinar a ler problemas e escrever cálculos, e que se faz necessário aplicar conceitos que visem ampliar a visão do aluno para que o mesmo venha a ler o mundo, tornando-se um ser social. Foi possível também reforçar nossa opinião a respeito dos métodos usados pelos professores para trabalhar os conteúdos de matemática financeira, os quais não satisfazem os anseios objetivados pelos alunos.
“ ... O ensino se modifica em decorrência da sua necessária ligação com o desenvolvimento da sociedade e com as condições reais em que ocorre o trabalho docente.”  LIBÂNEO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Como elaborar uma resenha
Como elaborar uma resenhaComo elaborar uma resenha
Relatorio pronto
Relatorio prontoRelatorio pronto
Relatorio pronto
Diego Moura
 
Modelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselviModelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselvi
Elisabete Oliveira
 
Apresentando TCC
Apresentando TCCApresentando TCC
Apresentando TCC
Felipe Goulart
 
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Cleidilene Lima
 
Modelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientificoModelo de artigo cientifico
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio
Giselle Coutinho
 
Resenha de filme pdf
Resenha de filme   pdfResenha de filme   pdf
Resenha de filme pdf
familiaestagio
 
Apresentação estágio 1
Apresentação estágio 1Apresentação estágio 1
Apresentação estágio 1
Luis Alberto Bassoli
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Rosineia Oliveira dos Santos
 
Tcc exemplo - Esqueleto
Tcc   exemplo - EsqueletoTcc   exemplo - Esqueleto
Tcc exemplo - Esqueleto
Kátia Silva da Costa
 
Slides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc finalSlides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc final
Edu Uninter
 
Referencial teórico + abnt3
Referencial teórico  + abnt3Referencial teórico  + abnt3
Referencial teórico + abnt3
aula123456
 
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideSlide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Vera Moreira Matos
 
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
SandraRombi
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
jlpaesjr
 
Exemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aulaExemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aula
Bárbara Caldeira
 
Resumo do tcc modelo
Resumo do tcc modeloResumo do tcc modelo
Resumo do tcc modelo
Elys Regina
 

Mais procurados (20)

Como elaborar uma resenha
Como elaborar uma resenhaComo elaborar uma resenha
Como elaborar uma resenha
 
Relatorio pronto
Relatorio prontoRelatorio pronto
Relatorio pronto
 
Modelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselviModelo do paper uniasselvi
Modelo do paper uniasselvi
 
Apresentando TCC
Apresentando TCCApresentando TCC
Apresentando TCC
 
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
Exemplo de um artigo cientifico ( modelo paper)
 
Modelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientificoModelo de artigo cientifico
Modelo de artigo cientifico
 
Metodologia científica
Metodologia científicaMetodologia científica
Metodologia científica
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio
 
Resenha de filme pdf
Resenha de filme   pdfResenha de filme   pdf
Resenha de filme pdf
 
Apresentação estágio 1
Apresentação estágio 1Apresentação estágio 1
Apresentação estágio 1
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
 
Tcc exemplo - Esqueleto
Tcc   exemplo - EsqueletoTcc   exemplo - Esqueleto
Tcc exemplo - Esqueleto
 
Slides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc finalSlides apresentação tcc final
Slides apresentação tcc final
 
Referencial teórico + abnt3
Referencial teórico  + abnt3Referencial teórico  + abnt3
Referencial teórico + abnt3
 
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideSlide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
 
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
 
Exemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aulaExemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aula
 
Resumo do tcc modelo
Resumo do tcc modeloResumo do tcc modelo
Resumo do tcc modelo
 

Destaque

Slides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaSlides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmica
RafaelBorges3
 
Dicas para montar excelentes apresentações de slides no power point
Dicas para montar excelentes apresentações de slides no power pointDicas para montar excelentes apresentações de slides no power point
Dicas para montar excelentes apresentações de slides no power point
Bruno Oliveira
 
Apresentação de slides pronto
Apresentação de slides prontoApresentação de slides pronto
Apresentação de slides pronto
candidacbertao
 
Apresentacao de-tcc
Apresentacao de-tccApresentacao de-tcc
Apresentacao de-tcc
Unisinos
 
ApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
ApresentaçãO Tcc Fernanda RibeiroApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
ApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
Fernanda Ribeiro
 
Modelo dos slides de apresentação da defesa
Modelo dos slides de apresentação da defesaModelo dos slides de apresentação da defesa
Modelo dos slides de apresentação da defesa
bebel2011
 
Apresentação unopar modelo 2
Apresentação unopar modelo 2Apresentação unopar modelo 2
Apresentação unopar modelo 2
Rogerio Sena
 
ApresentaçAo De Tcc Modelo
ApresentaçAo De Tcc ModeloApresentaçAo De Tcc Modelo
ApresentaçAo De Tcc Modelo
Lindaeloka
 
Apresentação unopar modelo 3
Apresentação unopar modelo 3Apresentação unopar modelo 3
Apresentação unopar modelo 3
Rogerio Sena
 
TCC - Pedagogia
TCC - PedagogiaTCC - Pedagogia
TCC - Pedagogia
Anna Barros
 
Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC
Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSCApresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC
Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC
Fernando Espírito Santo Silva
 
Apresentação unopar modelo 1
Apresentação unopar modelo 1Apresentação unopar modelo 1
Apresentação unopar modelo 1
Rogerio Sena
 
Como elaborar uma boa apresentação
Como elaborar uma boa apresentaçãoComo elaborar uma boa apresentação
Como elaborar uma boa apresentação
mzylb
 
Criando Bons Slides - Prof. Jiani Cardoso
Criando Bons Slides - Prof. Jiani CardosoCriando Bons Slides - Prof. Jiani Cardoso
Criando Bons Slides - Prof. Jiani Cardoso
Senac São Paulo (Guarulhos)
 
Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider - Administração/UFSM -
Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider  - Administração/UFSM - Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider  - Administração/UFSM -
Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider - Administração/UFSM -
Tiago Bartz Schneider
 
Apresentação TCC - Plano de Negócios
Apresentação TCC - Plano de Negócios Apresentação TCC - Plano de Negócios
Apresentação TCC - Plano de Negócios
Maxwendell Silva
 
TCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLA
TCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLATCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLA
TCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLA
regina luzia barros
 
Slides artigo científico
Slides artigo científicoSlides artigo científico
Slides artigo científico
Tania Regina Leite
 
Algumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPointAlgumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPoint
José Alemão
 
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicosNormas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Patrícia Éderson Dias
 

Destaque (20)

Slides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaSlides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmica
 
Dicas para montar excelentes apresentações de slides no power point
Dicas para montar excelentes apresentações de slides no power pointDicas para montar excelentes apresentações de slides no power point
Dicas para montar excelentes apresentações de slides no power point
 
Apresentação de slides pronto
Apresentação de slides prontoApresentação de slides pronto
Apresentação de slides pronto
 
Apresentacao de-tcc
Apresentacao de-tccApresentacao de-tcc
Apresentacao de-tcc
 
ApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
ApresentaçãO Tcc Fernanda RibeiroApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
ApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
 
Modelo dos slides de apresentação da defesa
Modelo dos slides de apresentação da defesaModelo dos slides de apresentação da defesa
Modelo dos slides de apresentação da defesa
 
Apresentação unopar modelo 2
Apresentação unopar modelo 2Apresentação unopar modelo 2
Apresentação unopar modelo 2
 
ApresentaçAo De Tcc Modelo
ApresentaçAo De Tcc ModeloApresentaçAo De Tcc Modelo
ApresentaçAo De Tcc Modelo
 
Apresentação unopar modelo 3
Apresentação unopar modelo 3Apresentação unopar modelo 3
Apresentação unopar modelo 3
 
TCC - Pedagogia
TCC - PedagogiaTCC - Pedagogia
TCC - Pedagogia
 
Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC
Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSCApresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC
Apresentação TCC Fernando Espírito Santo - UFSC
 
Apresentação unopar modelo 1
Apresentação unopar modelo 1Apresentação unopar modelo 1
Apresentação unopar modelo 1
 
Como elaborar uma boa apresentação
Como elaborar uma boa apresentaçãoComo elaborar uma boa apresentação
Como elaborar uma boa apresentação
 
Criando Bons Slides - Prof. Jiani Cardoso
Criando Bons Slides - Prof. Jiani CardosoCriando Bons Slides - Prof. Jiani Cardoso
Criando Bons Slides - Prof. Jiani Cardoso
 
Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider - Administração/UFSM -
Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider  - Administração/UFSM - Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider  - Administração/UFSM -
Apresentação de TCC de Tiago Bartz Schneider - Administração/UFSM -
 
Apresentação TCC - Plano de Negócios
Apresentação TCC - Plano de Negócios Apresentação TCC - Plano de Negócios
Apresentação TCC - Plano de Negócios
 
TCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLA
TCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLATCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLA
TCC 2011-PEDAGOGIA Sobre VIOLÊNCIA NA ESCOLA
 
Slides artigo científico
Slides artigo científicoSlides artigo científico
Slides artigo científico
 
Algumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPointAlgumas normas para realização de um PowerPoint
Algumas normas para realização de um PowerPoint
 
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicosNormas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
 

Semelhante a TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO

Monografia Ademiton Matemática 2010
Monografia Ademiton Matemática 2010Monografia Ademiton Matemática 2010
Monografia Ademiton Matemática 2010
Biblioteca Campus VII
 
Currículo referência matemática6º ao 9º ano
Currículo referência  matemática6º ao 9º anoCurrículo referência  matemática6º ao 9º ano
Currículo referência matemática6º ao 9º ano
tecnicossme
 
Matemática - reflita um pouco
Matemática - reflita um poucoMatemática - reflita um pouco
Matemática - reflita um pouco
ProfessorRogerioSant
 
PNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8 Parte 1 - iniciando a conversa
PNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8   Parte 1 - iniciando a conversaPNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8   Parte 1 - iniciando a conversa
PNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8 Parte 1 - iniciando a conversa
Felipe Silva
 
Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01
Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01
Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01
Abenair Soares da Silva
 
Artigo sobre ensino da matematica
Artigo sobre ensino da matematicaArtigo sobre ensino da matematica
Artigo sobre ensino da matematica
Leonardo Costa Leonardo
 
UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...
UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...
UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...
Augusto Bello
 
Aplicaoes ensino medio
Aplicaoes ensino medioAplicaoes ensino medio
Aplicaoes ensino medio
Marcio Oliveira
 
Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...
Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...
Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...
ednilson73
 
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensinoReflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
slucarz
 
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensinoReflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
slucarz
 
Re uefs costa junior 1
Re uefs costa junior 1Re uefs costa junior 1
Re uefs costa junior 1
Cales Costa
 
Educaçao matematica
Educaçao matematicaEducaçao matematica
Educaçao matematica
pedagogia para licenciados
 
PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA - CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...
PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA -  CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA -  CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...
PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA - CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...
Lucineia De Sá
 
Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...
Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...
Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...
ARIANECARLOS2
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
Marlova Balke
 
A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...
A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...
A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...
ProfessorPrincipiante
 
Artigo ufgrs
Artigo ufgrsArtigo ufgrs
Artigo ufgrs
andreabetina
 
Pré-Projeto: Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de Jacundá
Pré-Projeto:  Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de JacundáPré-Projeto:  Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de Jacundá
Pré-Projeto: Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de Jacundá
Herlan Ribeiro de Souza
 
trabalho academico destinado a titulo academico
trabalho academico destinado a titulo academicotrabalho academico destinado a titulo academico
trabalho academico destinado a titulo academico
sandra272087
 

Semelhante a TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO (20)

Monografia Ademiton Matemática 2010
Monografia Ademiton Matemática 2010Monografia Ademiton Matemática 2010
Monografia Ademiton Matemática 2010
 
Currículo referência matemática6º ao 9º ano
Currículo referência  matemática6º ao 9º anoCurrículo referência  matemática6º ao 9º ano
Currículo referência matemática6º ao 9º ano
 
Matemática - reflita um pouco
Matemática - reflita um poucoMatemática - reflita um pouco
Matemática - reflita um pouco
 
PNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8 Parte 1 - iniciando a conversa
PNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8   Parte 1 - iniciando a conversaPNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8   Parte 1 - iniciando a conversa
PNAIC 2014 - MATEMÁTICA - Caderno 8 Parte 1 - iniciando a conversa
 
Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01
Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01
Caderno8 parte2-iniciandoaconversa-140907031555-phpapp01
 
Artigo sobre ensino da matematica
Artigo sobre ensino da matematicaArtigo sobre ensino da matematica
Artigo sobre ensino da matematica
 
UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...
UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...
UMA PROPOSTA DE ENSINO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA BASEADA EM ASPECTOS CULTURAIS...
 
Aplicaoes ensino medio
Aplicaoes ensino medioAplicaoes ensino medio
Aplicaoes ensino medio
 
Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...
Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...
Uma experiência com modelagem matemática para a abordagem de conteúdos de fís...
 
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensinoReflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
 
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensinoReflexão sobre a história da matemática com o ensino
Reflexão sobre a história da matemática com o ensino
 
Re uefs costa junior 1
Re uefs costa junior 1Re uefs costa junior 1
Re uefs costa junior 1
 
Educaçao matematica
Educaçao matematicaEducaçao matematica
Educaçao matematica
 
PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA - CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...
PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA -  CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA -  CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...
PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA - CADERNO 8 SABERES MATEMÁT...
 
Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...
Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...
Novos temas-e-reorganizacao-das-areas-sao-as-principais-novidades-em-matemati...
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
 
A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...
A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...
A DISCIPLINA DIDÁTICA DA MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE MAT...
 
Artigo ufgrs
Artigo ufgrsArtigo ufgrs
Artigo ufgrs
 
Pré-Projeto: Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de Jacundá
Pré-Projeto:  Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de JacundáPré-Projeto:  Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de Jacundá
Pré-Projeto: Etnomatemática e a Cubagem de Madeira no Município de Jacundá
 
trabalho academico destinado a titulo academico
trabalho academico destinado a titulo academicotrabalho academico destinado a titulo academico
trabalho academico destinado a titulo academico
 

Mais de professsorcarlinho

Jornal universitário (salvo automaticamente)
Jornal universitário (salvo automaticamente)Jornal universitário (salvo automaticamente)
Jornal universitário (salvo automaticamente)
professsorcarlinho
 
Meus 15 anos
Meus 15 anosMeus 15 anos
Meus 15 anos
professsorcarlinho
 
Revista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirenseRevista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirense
professsorcarlinho
 
Revista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirenseRevista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirense
professsorcarlinho
 
Trabalho roniel
Trabalho ronielTrabalho roniel
Trabalho roniel
professsorcarlinho
 
Trabalho jaélison
Trabalho jaélisonTrabalho jaélison
Trabalho jaélison
professsorcarlinho
 
Software livre x software proprietário
Software livre x software proprietárioSoftware livre x software proprietário
Software livre x software proprietário
professsorcarlinho
 
Tcc 2010
Tcc 2010Tcc 2010
Espelho
EspelhoEspelho
O espelho
O espelhoO espelho
Cc 39683680291[1]
Cc 39683680291[1]Cc 39683680291[1]
Cc 39683680291[1]
professsorcarlinho
 
Conferência abertura jonei
Conferência abertura joneiConferência abertura jonei
Conferência abertura jonei
professsorcarlinho
 
Cc 02771402505[1]
Cc 02771402505[1]Cc 02771402505[1]
Cc 02771402505[1]
professsorcarlinho
 
A prática de um professor minicurso
A prática de um professor minicursoA prática de um professor minicurso
A prática de um professor minicurso
professsorcarlinho
 

Mais de professsorcarlinho (15)

Jornal universitário (salvo automaticamente)
Jornal universitário (salvo automaticamente)Jornal universitário (salvo automaticamente)
Jornal universitário (salvo automaticamente)
 
Meus 15 anos
Meus 15 anosMeus 15 anos
Meus 15 anos
 
Revista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirenseRevista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirense
 
Revista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirenseRevista cultura cajueirense
Revista cultura cajueirense
 
TCC DE MATEMÁTICA
TCC DE MATEMÁTICATCC DE MATEMÁTICA
TCC DE MATEMÁTICA
 
Trabalho roniel
Trabalho ronielTrabalho roniel
Trabalho roniel
 
Trabalho jaélison
Trabalho jaélisonTrabalho jaélison
Trabalho jaélison
 
Software livre x software proprietário
Software livre x software proprietárioSoftware livre x software proprietário
Software livre x software proprietário
 
Tcc 2010
Tcc 2010Tcc 2010
Tcc 2010
 
Espelho
EspelhoEspelho
Espelho
 
O espelho
O espelhoO espelho
O espelho
 
Cc 39683680291[1]
Cc 39683680291[1]Cc 39683680291[1]
Cc 39683680291[1]
 
Conferência abertura jonei
Conferência abertura joneiConferência abertura jonei
Conferência abertura jonei
 
Cc 02771402505[1]
Cc 02771402505[1]Cc 02771402505[1]
Cc 02771402505[1]
 
A prática de um professor minicurso
A prática de um professor minicursoA prática de um professor minicurso
A prática de um professor minicurso
 

Último

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 

TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO

  • 1. ARTEMES SILVA DE OLIVEIRA LUIS CARLOS ARAÚJO DO MASCIMENTO IPIXUNA DO PARÁ- PARÁ “ A UTILIZAÇÃO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA NAS RELAÇÕES COMERCIAIS “. 30 DE JUNHO DE 2011 ( Fonte: Comércio tradicional eporteresdebagagens.wordpress.com pdf – Adode Reader Acrobat – Document ; São Paulo, 2008 )
  • 2. INTRODUÇÃO O QUE O LEVOU A ESCOLHER O ASSUNTO DO TCC? O tema em questão está presente em quase todas as atividades práticas do dia-a-dia das pessoas mesmo que elas nem o perceba, porém suas práxis educacionais encontram-se eqüidistantes dessa realidade. Por isso, pensou-se em analisar e discutir o ensino de matemática financeira a fim de aproximar as realidades vivenciadas pelos alunos na construção do conhecimento desenvolvido na escola Adélia Carvalho Sodré, visto que a matemática é vista como algo distante e dissociada da realidade. ( Fonte: 1383983.pdf – Adode Reader Acrobat – Document ; São Paulo, 2008 )
  • 3. A importância do estudo é analisar as diversas situações que envolvem a matemática financeira presente nas relações comerciais e integrá-las ao contexto escolar, para que alunos e professores possam colocar em prática o conhecimento prévio de matemática financeira de um. ( Fonte: 1383983.pdf – Adode Reader Acrobat – Document ; São Paulo, 2008 )
  • 4. OBJETIVOS: O presente trabalho tem por Objetivo Geral: - Verificar se a Matemática Financeira aplicada no ensino e aprendizagem, na escola Adélia Carvalho Sodré está sendo fundamentada no contexto social dos alunos.
  • 5. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Fazer uma análise sobre o modo como as relações comerciais são tomadas ou não para favorecer uma possível práxis pedagógica. Esclarecer a professores e alunos que o ensino e aprendizagem nascem de uma troca de conhecimentos, e só se concretizam evidenciado a realidade da comunidade em estudo. Mostrar que a matemática financeira está presente em diversas situações de vida das pessoas, e precisam ser compreendidas para não gerar aversão a essa área do conhecimento.
  • 6. O presente trabalho teve principalmente como embasamento teórico autores que entendem de matemática financeira e de contextualização da vida cotidiana em situações matemáticas: ALEXANDRE ASSAF NETO JOSÉ CARLOS LIBÃNEO LUIS MARCIO IMENES UBIRATAN D’AMBRÓSIO
  • 7. A NATUREZA DA PESQUISA Quantitativa, de cunho etnográfico e de natureza aplicada. Objeto de estudo , a utilização da matemática financeira prática no contexto educacional . Locus da pesquisa, Escola Municipal Adélia Carvalho Sodré, município de Ipixuna do Pará. Sujeitos da pesquisa , professores e alunos das turmas de 5ª a 8 séries.
  • 8. METODOLOGIA Pesquisa bibliográfica; Pesquisa de campo; Aplicação de questionários para alunos e professores da 5ª a 8ª séries; Levantamento de situações comerciais no contexto escolar;
  • 9. Primeiramente, foi analisado a categoria dos discente. Posteriormente, a categoria dos docentes. ANÁLISE DOS MATERIAIS E REGISTROS Fonte 2011: Escola Municipal Adélia Carvalho Sodré, ipixuna do Pará
  • 10. RESULTADOS Como você aplica o conhecimento de matemática financeira? Como a matemática financeira lhe é repassada na escola? professores: trabalham a teoria e a prática, abordam o que está no livro. alunos: aulas expositivas, teóricas e práticas, abordando a realidade (questões contextualizadas)
  • 11. PENSAMENTO SÓCIOINTERACIONISTA DE D’ AMBRÓSIO U. D’AMBRÓSIO “ A utilização do cotidiano das compras para ensinar matemática revela prticas apreendidas fora do ambiente escolar, uma verdadeira Etnomatemática do comercio... e a utilização do cotidiano comercial pode possibilitar uma visão critica da realidade, utilizando instrumentos de natureza matemática”.
  • 12. PRESSUPOSTOS SÓCIOINTERACIONISTA DE LUIS MARCIO IMENES “ o contexto em que a matemática escolar se desenvolve é o da própria matemática; a matemática apresentada no ensino de matemática é desligada da vida e das coisas que as pessoas fazem; não se relaciona com outras áreas do saber e nem com as artes; a matemática apresentada no ensino de matemática é a - histórica; ela “cai pronta do céu...” IMENES(1985)
  • 13. Teorias x práticas Como você utiliza o conhecimento prático de seus alunos nas aulas de matemática? Você consegue compreender, na escola, a utilização da matemática financeira nas relações comerciais? Segundo Zunino: “as crianças tinham que saber para que serve o que se ensina na escola...As crianças têm múltiplas experiências relacionadas com o conhecimento matemático e estas experiências tinham que constituir-se em objetivo de análise no marco escolar. ”.
  • 14. RESULTADOS DOS ALUNOS ENTREVISTADOS Seu professor aproveita seu conhecimento de vida prática? A matemática estudada na escola contribui para a resolução de problemas de seu dia-a-dia? Segundo Neto “As extensas aplicações da matemática financeira são processadas de forma a adaptar o conhecimento teórico a uma situação prática... ”
  • 15. PROPOSTA DE INTERVENÇÃO   PROMOVER A CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO PEDAGÓGICO NA ESCOLA VOLTADO PARA O ESTUDO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA TENDO COMO BASE A VIVÊNCIA DOS ALUNOS. PROPOR AO CORPO TÉCNICO DA ESCOLA A ELABORAÇAO DE UM PLANEJAMENTO BIMESTRAL PARA A DISCIPLINA DE MATEMÁTICA ONDE OS ALUNOS POSSAM FAZER PARTE DESSE PROCESSO DE CONSTRUÇÃO.    PROPOR A CONSTRUÇÃO DE UM CALENDÁRIO DE ATIVIDADES MATEMÁTICAS (FEIRAS, OFICINAS, PALESTRAS, SEMINÁRIOS,...) QUE VENHAM FACILITAR O APRENDIZADO E A IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO PARA COM A MESMA .
  • 16. CONSIDERAÇÕES FINAIS Diante das observações e entrevistas realizadas, foi possível detectar que “ensinar matemática” engloba aspectos bem mais amplos do que ensinar a ler problemas e escrever cálculos, e que se faz necessário aplicar conceitos que visem ampliar a visão do aluno para que o mesmo venha a ler o mundo, tornando-se um ser social. Foi possível também reforçar nossa opinião a respeito dos métodos usados pelos professores para trabalhar os conteúdos de matemática financeira, os quais não satisfazem os anseios objetivados pelos alunos.
  • 17. “ ... O ensino se modifica em decorrência da sua necessária ligação com o desenvolvimento da sociedade e com as condições reais em que ocorre o trabalho docente.” LIBÂNEO