SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
ANÁLISE SINTÁTICA PROF.ª: CAROL LOÇASSO DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA
O ESTUDO DA SINTAXE
PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los  de duas maneiras: verbos de ligação   verbos significativos
é todo verbo que liga o sujeito ao predicado. Hipótese   E se Deus  é  canhoto e criou com a mão esquerda ? Isso explica, talvez,as coisas  deste mundo. Carlos Drummond de Andrade Verbo de ligação
Principais verbos de ligação: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
VERBOS SIGNIFICATIVOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Uma questão de contexto: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO São  dois  os termos  essenciais  (ou principais) de uma oração: SUJEITO -  ser sobre o qual se dá uma informação e concorda com o verbo. PREDICADO  -  informação que se dá a respeito do sujeito. Obs.: Podemos  ter  uma oração sem sujeito, mas nunca sem predicado.
Ser sobre o qual se dá uma informação e que concorda com o verbo. O SUJEITO
Sujeito simples -   possui  apenas  um  núcleo (que pode ser representado por um substantivo, pronome, ou qualquer palavra substantivada). É facílimo  este  problema !   (núcleo =problema) O  sete  é um número cabalístico.  (Núcleo = sete) As novas e eficientes  técnicas  de cultivo à lavoura  ajudaram a aumentar a nossa produção.  (Núcleo= técnicas)
[object Object],[object Object],(Núcleo= pessoa ) Toda  pessoa  tem direito à Educação.
SUJEITO COMPOSTO -  possui dois ou mais núcleos. O  burro  e o  cavalo  nadavam ao lado da canoa. Ela  e o  marido  partiram para uma  viagem. núcleo núcleo núcleo núcleo
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
SUJEITO INDETERMINADO Quando não se pode ou não se quer indicar o sujeito que  pratica a ação. Podemos indeterminá-lo: usando-se o verbo na 3ª pessoa do plural, sem  referência a qualquer sujeito já expresso. Bateram  palmas no portãozinho da frente. De qualquer modo, foi judiação  demitirem  a moça.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
ORAÇÃO SEM SUJEITO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],Verbo usado em sentido figurado; possui sujeito.   sujeito = cartas
O PREDICADO É a informação que temos a respeito do sujeito.
Exemplo: Os deputados e senadores do PT  reuniram-se ontem,  durante  um almoço em Brasília .   Sujeito composto (verbo  reuniram-se ) Predicado
TERMOS RELACIONADOS AOS VERBOS  OBJETO DIRETO  OBJETO INDIRETO  AGENTE DA PASSIVA  ADJUNTO ADVERBIAL
OBJETO DIRETO Termo que completa o sentido dos verbos transitivos diretos,  aparecendo sem  a  preposição exigida pelo verbo  e  sendo o destinatário do processo verbal.
[object Object],[object Object],VTD VTDI OD
OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO Há  casos em que o objeto direto vem precedido de preposição. Isso ocorre principalmente: 1. quando o OD é um pronome pessoal tônico:  Deste modo prejudicas  a ti e a ele . 2. Quando o OD é o pronome relativo QUEM:  Pedro tinha um filho  a quem  idolatrava.  (idolatrava  o filho ) 3. sendo o OD o numeral AMBOS(AS):  O aguaceiro caiu e molhou  a ambos .
4.  quando precisamos assegurar a clareza da frase, evitando que o OD seja tomado como sujeito:  “ Vence o mal  ao remédio ”.  A Abel  matou Caim. 5.  em expressões de reciprocidade, para garantir a clareza e a eufonia da frase:  “ Os tigres despedaçam-se uns  aos outros ”.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
8.  Com certos pronomes indefinidos, sobretudo referentes a pessoas:    A quantos  a vida ilude! 9.  Em certas construções enfáticas, como  puxar (ou arrancar) da espada, pegar da penas, cumprir com o dever...    “ Chegou a costureira, pegou  do pano , pegou  da agulha ...”
CONCEITOS GERAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
OBJETO INDIRET O É o termo que completa o verbo transitivo indireto, regido de preposição sendo, também o destinatário do processo verbal.
[object Object],VTI VTDI OI
ANALISANDO O CONTEXTO: O objeto indireto pode ainda acompanhar verbos intransitivos ou verbos de ligação, que,  no  caso, poderão ser  considerados acidentalmente  como transitivos indiretos. Intransitivo   transitivo indireto A bom entendedor meia palavra basta. Verbo de ligação  transitivo indireto. Para mim tudo eram alegrias. Objeto indireto verbo Verbo  Objeto indireto
Atenção! OS OBJETOS E OS  PRONOMES OBLÍQUOS Tendo em vista uma boa  coesão textual, podemos, muitas vezes, substituir  palavras  ou  termos com função de objeto (direto ou indireto) por pronomes oblíquos. Eles  continuarão  a  exercer a mesma função que a de antes.   Ninguém   me   visitou.   (OD) Rogo - lhe   que fique .  (OI) Avistaram - na   de longe .  (OD) Observação :  O objeto indireto é sempre regido de preposição, mesmo sob a forma de pronome, que, no caso, aparece implícita: Rogo- lhe  = rogo  a você .
O  AGENTE DA PASSIVA Função sintática  que representa o ser que pratica a ação expressa pelo verbo passivo. A rainha era aclamada  pela multidão . Muitos já estavam dominados  por ele . Ele será acompanhado  por ti . Era conhecida  de todo mundo  a sua fama.
TEMPO MODO LUGAR ADJUNTO ADVERBIAL Termo que exprime uma circunstância (tempo, modo, lugar, etc.) ou, em outras  palavras, modifica o sentido do verbo, adjetivo ou advérbio Ele fala  bem . Ele fala  muito  bem. Maria é  mais  alta que Raquel. Compreendo  sem esforço . Errei  por distração . Saí  com meu pai .
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerenciasilnog
 
SLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptx
SLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptxSLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptx
SLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptxNathaly Teresa Paulino
 
Palavras Parônimas e Homônimas
Palavras Parônimas e HomônimasPalavras Parônimas e Homônimas
Palavras Parônimas e HomônimasBovary16
 
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°pAula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°pViviane Oliveira
 
Advérbios: PowerPoint
Advérbios: PowerPointAdvérbios: PowerPoint
Advérbios: PowerPointA. Simoes
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadastaizinha
 
Orações coordenadas resumo e exercícios
Orações coordenadas   resumo e exercíciosOrações coordenadas   resumo e exercícios
Orações coordenadas resumo e exercíciosNAPNE
 
Preposições: PowerPoint
Preposições:  PowerPointPreposições:  PowerPoint
Preposições: PowerPointA. Simoes
 
Figuras de pensamento
Figuras de pensamentoFiguras de pensamento
Figuras de pensamentoRita Cunha
 
Figuras de linguagem para aula 1 ano
Figuras de linguagem para aula 1 anoFiguras de linguagem para aula 1 ano
Figuras de linguagem para aula 1 anomfmpafatima
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Keu Oliveira
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimosCaroline Cunha
 

Mais procurados (20)

Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Aposto e vocativo
Aposto e vocativoAposto e vocativo
Aposto e vocativo
 
SLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptx
SLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptxSLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptx
SLIDES-FIGURAS-DE-LINGUAGEM-8º-ANO.pptx
 
Palavras Parônimas e Homônimas
Palavras Parônimas e HomônimasPalavras Parônimas e Homônimas
Palavras Parônimas e Homônimas
 
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°pAula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
Aula 2 sujeito e predicado 7°ano_1°p
 
Advérbios: PowerPoint
Advérbios: PowerPointAdvérbios: PowerPoint
Advérbios: PowerPoint
 
Adjetivo 6 ano
Adjetivo 6 anoAdjetivo 6 ano
Adjetivo 6 ano
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
 
Orações coordenadas resumo e exercícios
Orações coordenadas   resumo e exercíciosOrações coordenadas   resumo e exercícios
Orações coordenadas resumo e exercícios
 
Preposições: PowerPoint
Preposições:  PowerPointPreposições:  PowerPoint
Preposições: PowerPoint
 
Mas, mais e más
Mas, mais e másMas, mais e más
Mas, mais e más
 
Slide aposto
Slide   apostoSlide   aposto
Slide aposto
 
Figuras de pensamento
Figuras de pensamentoFiguras de pensamento
Figuras de pensamento
 
Metrificação e escansão
Metrificação e escansãoMetrificação e escansão
Metrificação e escansão
 
Figuras de linguagem para aula 1 ano
Figuras de linguagem para aula 1 anoFiguras de linguagem para aula 1 ano
Figuras de linguagem para aula 1 ano
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Discurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livreDiscurso direto, indireto e indireto livre
Discurso direto, indireto e indireto livre
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimos
 

Destaque

Conteúdos Bimestrais 9º ano EF
Conteúdos Bimestrais 9º ano EFConteúdos Bimestrais 9º ano EF
Conteúdos Bimestrais 9º ano EFPatrícia Soares
 
Português – 9ºano gramática
Português – 9ºano   gramáticaPortuguês – 9ºano   gramática
Português – 9ºano gramáticaMariana Monteiro
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbalPaolaLins
 
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...Angélica Manenti
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeitoIedaSantana
 
Funções sintáticas da frase
Funções sintáticas da fraseFunções sintáticas da frase
Funções sintáticas da fraseVanda Marques
 
Como fazer análise morfossintática
Como fazer análise morfossintáticaComo fazer análise morfossintática
Como fazer análise morfossintáticaSeduc/AM
 
9ºano gramática – português
9ºano gramática – português9ºano gramática – português
9ºano gramática – portuguêsMariana Monteiro
 
Transitividade Verbal
Transitividade VerbalTransitividade Verbal
Transitividade VerbalAngela Santos
 
250 exercícios análise sintática
250 exercícios análise sintática 250 exercícios análise sintática
250 exercícios análise sintática Curso Malba Tahan
 
Classes gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavrasClasses gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavrasBruna Lívia
 
Sujeito e predicado
Sujeito e predicadoSujeito e predicado
Sujeito e predicadoNeily Alves
 
Predicação Verbal
Predicação VerbalPredicação Verbal
Predicação VerbalLaura Penha
 

Destaque (20)

Materia do 9º ano portugues
Materia do 9º ano portuguesMateria do 9º ano portugues
Materia do 9º ano portugues
 
Conteúdos Bimestrais 9º ano EF
Conteúdos Bimestrais 9º ano EFConteúdos Bimestrais 9º ano EF
Conteúdos Bimestrais 9º ano EF
 
Português – 9ºano gramática
Português – 9ºano   gramáticaPortuguês – 9ºano   gramática
Português – 9ºano gramática
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
9º ano E. F. II - Período Simples e Composto, Período Composto por Subordinaç...
 
Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Funções sintáticas da frase
Funções sintáticas da fraseFunções sintáticas da frase
Funções sintáticas da frase
 
Como fazer análise morfossintática
Como fazer análise morfossintáticaComo fazer análise morfossintática
Como fazer análise morfossintática
 
Análise sintática
Análise sintáticaAnálise sintática
Análise sintática
 
9ºano gramática – português
9ºano gramática – português9ºano gramática – português
9ºano gramática – português
 
Sujeito e Predicado
Sujeito e PredicadoSujeito e Predicado
Sujeito e Predicado
 
Transitividade Verbal
Transitividade VerbalTransitividade Verbal
Transitividade Verbal
 
250 exercícios análise sintática
250 exercícios análise sintática 250 exercícios análise sintática
250 exercícios análise sintática
 
Classes gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavrasClasses gramaticais das palavras
Classes gramaticais das palavras
 
Planejamento anual da 9ª série
Planejamento anual da 9ª sériePlanejamento anual da 9ª série
Planejamento anual da 9ª série
 
Sujeito e predicado
Sujeito e predicadoSujeito e predicado
Sujeito e predicado
 
Aulão 19 08
Aulão 19 08Aulão 19 08
Aulão 19 08
 
Predicação Verbal
Predicação VerbalPredicação Verbal
Predicação Verbal
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 

Semelhante a Revisão inicial 9º ano.

Análise sintática periodo simples
Análise sintática   periodo simplesAnálise sintática   periodo simples
Análise sintática periodo simplesShirlei Alves
 
Gramática - Predicação Verbal e Complementos Verbais
Gramática - Predicação Verbal e Complementos VerbaisGramática - Predicação Verbal e Complementos Verbais
Gramática - Predicação Verbal e Complementos VerbaisCarson Souza
 
Sujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividadesSujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividadesSandra Paula
 
Periodo simples
Periodo simplesPeriodo simples
Periodo simplesnayara775
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoJoão Mendonça
 
fraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptx
fraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptxfraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptx
fraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptxBruna Dantas
 
analise-sintatica-zambeli
 analise-sintatica-zambeli analise-sintatica-zambeli
analise-sintatica-zambeliLaissaAndrade4
 
Sintaxe do períododo simples
Sintaxe do períododo simplesSintaxe do períododo simples
Sintaxe do períododo simplesAprova Saúde
 
Aula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentaçãoAula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentaçãoAline Alves
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAline Alves
 

Semelhante a Revisão inicial 9º ano. (20)

Revisão inicial 8º ano.
Revisão inicial 8º ano.Revisão inicial 8º ano.
Revisão inicial 8º ano.
 
Análise sintática periodo simples
Análise sintática   periodo simplesAnálise sintática   periodo simples
Análise sintática periodo simples
 
Gramática - Predicação Verbal e Complementos Verbais
Gramática - Predicação Verbal e Complementos VerbaisGramática - Predicação Verbal e Complementos Verbais
Gramática - Predicação Verbal e Complementos Verbais
 
Período Simples
Período Simples Período Simples
Período Simples
 
Período Simples
Período SimplesPeríodo Simples
Período Simples
 
Sujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividadesSujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividades
 
Periodo simples
Periodo simplesPeriodo simples
Periodo simples
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oração
 
fraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptx
fraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptxfraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptx
fraseoraoeperiodo-keu-110320144846-phpapp01.pptx
 
analise-sintatica-zambeli
 analise-sintatica-zambeli analise-sintatica-zambeli
analise-sintatica-zambeli
 
Sintaxe do períododo simples
Sintaxe do períododo simplesSintaxe do períododo simples
Sintaxe do períododo simples
 
Português 1
Português 1Português 1
Português 1
 
Período simples 1
Período simples 1Período simples 1
Período simples 1
 
Período simples 1
Período simples 1Período simples 1
Período simples 1
 
Portugues suples
Portugues suplesPortugues suples
Portugues suples
 
ANÁLISE SINTÁTICA.ppt
ANÁLISE SINTÁTICA.pptANÁLISE SINTÁTICA.ppt
ANÁLISE SINTÁTICA.ppt
 
Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2
 
Verbos 2
Verbos 2Verbos 2
Verbos 2
 
Aula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentaçãoAula concordância verbal e nominal apresentação
Aula concordância verbal e nominal apresentação
 
Aula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominalAula concordância verbal e nominal
Aula concordância verbal e nominal
 

Mais de Carolina Loçasso Pereira (10)

Aulão 19 08
Aulão 19 08Aulão 19 08
Aulão 19 08
 
A literatura na idade média e o humanismo
A literatura na idade média e o humanismoA literatura na idade média e o humanismo
A literatura na idade média e o humanismo
 
Gêneros literários
Gêneros literáriosGêneros literários
Gêneros literários
 
Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
A linguagem literária (1º ano)
A linguagem literária (1º ano)A linguagem literária (1º ano)
A linguagem literária (1º ano)
 
Modernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geraçãoModernismo brasileiro 1ª geração
Modernismo brasileiro 1ª geração
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeiasVanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Fernando pessoa
Fernando pessoaFernando pessoa
Fernando pessoa
 
Análise de Obras.
Análise de Obras.Análise de Obras.
Análise de Obras.
 

Último

Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...GisellySobral
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 

Último (20)

Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 

Revisão inicial 9º ano.

  • 1. ANÁLISE SINTÁTICA PROF.ª: CAROL LOÇASSO DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA
  • 2. O ESTUDO DA SINTAXE
  • 3. PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los de duas maneiras: verbos de ligação verbos significativos
  • 4. é todo verbo que liga o sujeito ao predicado. Hipótese E se Deus é canhoto e criou com a mão esquerda ? Isso explica, talvez,as coisas deste mundo. Carlos Drummond de Andrade Verbo de ligação
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO São dois os termos essenciais (ou principais) de uma oração: SUJEITO - ser sobre o qual se dá uma informação e concorda com o verbo. PREDICADO - informação que se dá a respeito do sujeito. Obs.: Podemos ter uma oração sem sujeito, mas nunca sem predicado.
  • 10. Ser sobre o qual se dá uma informação e que concorda com o verbo. O SUJEITO
  • 11. Sujeito simples - possui apenas um núcleo (que pode ser representado por um substantivo, pronome, ou qualquer palavra substantivada). É facílimo este problema ! (núcleo =problema) O sete é um número cabalístico. (Núcleo = sete) As novas e eficientes técnicas de cultivo à lavoura ajudaram a aumentar a nossa produção. (Núcleo= técnicas)
  • 12.
  • 13. SUJEITO COMPOSTO - possui dois ou mais núcleos. O burro e o cavalo nadavam ao lado da canoa. Ela e o marido partiram para uma viagem. núcleo núcleo núcleo núcleo
  • 14.
  • 15. SUJEITO INDETERMINADO Quando não se pode ou não se quer indicar o sujeito que pratica a ação. Podemos indeterminá-lo: usando-se o verbo na 3ª pessoa do plural, sem referência a qualquer sujeito já expresso. Bateram palmas no portãozinho da frente. De qualquer modo, foi judiação demitirem a moça.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20. O PREDICADO É a informação que temos a respeito do sujeito.
  • 21. Exemplo: Os deputados e senadores do PT reuniram-se ontem, durante um almoço em Brasília . Sujeito composto (verbo reuniram-se ) Predicado
  • 22. TERMOS RELACIONADOS AOS VERBOS  OBJETO DIRETO  OBJETO INDIRETO  AGENTE DA PASSIVA  ADJUNTO ADVERBIAL
  • 23. OBJETO DIRETO Termo que completa o sentido dos verbos transitivos diretos, aparecendo sem a preposição exigida pelo verbo e sendo o destinatário do processo verbal.
  • 24.
  • 25. OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO Há casos em que o objeto direto vem precedido de preposição. Isso ocorre principalmente: 1. quando o OD é um pronome pessoal tônico:  Deste modo prejudicas a ti e a ele . 2. Quando o OD é o pronome relativo QUEM:  Pedro tinha um filho a quem idolatrava. (idolatrava o filho ) 3. sendo o OD o numeral AMBOS(AS):  O aguaceiro caiu e molhou a ambos .
  • 26. 4. quando precisamos assegurar a clareza da frase, evitando que o OD seja tomado como sujeito:  “ Vence o mal ao remédio ”.  A Abel matou Caim. 5. em expressões de reciprocidade, para garantir a clareza e a eufonia da frase:  “ Os tigres despedaçam-se uns aos outros ”.
  • 27.
  • 28. 8. Com certos pronomes indefinidos, sobretudo referentes a pessoas:  A quantos a vida ilude! 9. Em certas construções enfáticas, como puxar (ou arrancar) da espada, pegar da penas, cumprir com o dever...  “ Chegou a costureira, pegou do pano , pegou da agulha ...”
  • 29.
  • 30. OBJETO INDIRET O É o termo que completa o verbo transitivo indireto, regido de preposição sendo, também o destinatário do processo verbal.
  • 31.
  • 32. ANALISANDO O CONTEXTO: O objeto indireto pode ainda acompanhar verbos intransitivos ou verbos de ligação, que, no caso, poderão ser considerados acidentalmente como transitivos indiretos. Intransitivo transitivo indireto A bom entendedor meia palavra basta. Verbo de ligação transitivo indireto. Para mim tudo eram alegrias. Objeto indireto verbo Verbo Objeto indireto
  • 33. Atenção! OS OBJETOS E OS PRONOMES OBLÍQUOS Tendo em vista uma boa coesão textual, podemos, muitas vezes, substituir palavras ou termos com função de objeto (direto ou indireto) por pronomes oblíquos. Eles continuarão a exercer a mesma função que a de antes. Ninguém me visitou. (OD) Rogo - lhe que fique . (OI) Avistaram - na de longe . (OD) Observação : O objeto indireto é sempre regido de preposição, mesmo sob a forma de pronome, que, no caso, aparece implícita: Rogo- lhe = rogo a você .
  • 34. O AGENTE DA PASSIVA Função sintática que representa o ser que pratica a ação expressa pelo verbo passivo. A rainha era aclamada pela multidão . Muitos já estavam dominados por ele . Ele será acompanhado por ti . Era conhecida de todo mundo a sua fama.
  • 35. TEMPO MODO LUGAR ADJUNTO ADVERBIAL Termo que exprime uma circunstância (tempo, modo, lugar, etc.) ou, em outras palavras, modifica o sentido do verbo, adjetivo ou advérbio Ele fala bem . Ele fala muito bem. Maria é mais alta que Raquel. Compreendo sem esforço . Errei por distração . Saí com meu pai .
  • 36.