SlideShare uma empresa Scribd logo
RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTÍFICO
ANTECEDENTES
A CULTURA NA IDADE MÉDIA
•   Características:
-   Teocentrismo
-   Dogmatismo
-   Verdade => Religião
-   Conhecimento => através da fé

CONCLUSÃO: o questionamento humano deve ser
  pautado pela busca da salvação e da vida eterna.
Arte medieval
Arte medieval
Obras de Leonardo Da Vinci
O RENASCIMENTO FOI...


             •Movimento cultural e artístico.
             •Desinteresse pela Idade Média.
             •Preferência pela Antiguidade (Civilização Greco-Romana):

                     a sua Arte
                     a sua Cultura


             O Renascimento surgiu em Itália. Porquê?
-V ...   I      II     III     IV   V   VI   VII   VIII   IX     X     XI   XII   XIII   XIV   XV     XVI     XVII



                IDADE                                          IDADE                              IDADE
               ANTIGA                                          MÉDIA                             MODERNA


         ANTIGUIDADE GRECO-ROMANA                                                              RENASCIMENTO
RENASCIMENTO

• Chama-se Renascimento o movimento
  cultural desenvolvido na Europa entre
  1300 e 1650 – portanto, no final da
  Idade Média e na Idade Moderna;
• O humanismo (valorização do homem e
  da natureza, em oposição ao divino e ao
  sobrenatural) pode ser considerado o
  espírito do Renascimento;
• Chamou-se "Renascimento" em virtude
  da redescoberta e revalorização das
  referências culturais da antiguidade
  clássica. O termo foi registrado pela
  primeira vez por Giorgio Vasari , no séc   O homem vitruviano de Leonardo da Vinci,1490.
                                                  Lápis e tinta sobre papel, 34x24 cm.
  XVI.                                                   Gallerie dellÁccademia
CARACTERÍSTICAS
•   Humanismo ou antropocentrismo
•   Racionalismo / Empirismo
•   Cientificismo / Naturalismo
•   Cultura Laica
•   Cultura Greco-romana
•   Heliocentrismo
•   Inspiração Urbana
•   Hedonismo: busca pela felicidade
•   Individualismo
Porquê na Itália?



                                • Algumas cidades italianas
                                  eram muito ricas;

                                • Os seus governantes, laicos e
                                  eclesiásticos, apoiavam as
                                  artes (mecenas).

                                • Presença de sábios gregos e
                                  bizantinos, portadores da
                                  cultura.


O Papa Júlio II foi um grande
mecenas em Roma.
O Renascimento
              O que trouxe de novo?

   Uma nova visão do Homem e do Mundo
       Uma arte nova: pintura, escultura,
                          arquitectura...
Classicismo




Classicismo – Os Homens do Renascimento ficaram fascinados com os autores
clássicos greco-romanos. Por isso, leram, interpretaram, traduziram, pintaram, imitaram
tudo o que eles fizeram. Tendo aprendido nesta «escola», tornaram-se grandes pensadores
e artistas e ultrapassaram os mestres. Essa é a lição do Renascimento: aprende com os
melhores e torna-te melhor do que eles.
Humanismo

   Classicismo

    • Leitura e análise dos textos dos autores antigos

    Individualismo

                         Erasmo de Roterdão, um dos
    • Valorização das capacidades humanas;
                         maiores humanistas do
    • Crença do Homem em si mesmo.
                         Renascimento.



    Espírito Critico

    Recurso à crítica para corrigir e mudar a sociedade,
      a religião e a política.
Antropocentrismo



• O Homem coloca-se no
  centro do Mundo;

• O antropocentrismo
  substitui o teocentrismo
  da Idade Média.



                             O Homem de Vitrúvio, de
                             Leonardo Da Vinci.
Ciência

 Medicina – dissecação de
  cadáveres (André Vesálio).


 Geografia – a representação
  do mundo em mapas torna-se
  mais completa e exacta.


 Ciências da Natureza –
  conhecimento de novas
  plantas, novos animais, etc.
• VALORIZAÇÃO DA EXPERIÊNCIA
           O Heliocentrismo



.
Copérnico defendeu em 1543, que a terra e os
  restantes planetas giravam em volta do sol .
Heliocentrismo
Vesálio



          Páginas da obra de André
          Vesálio,
          De Humani Corporis
          Fabrica.
Leonardo da Vinci
A importância da experiência no conhecimento do mundo
• A DIFUSÃO DAS IDEIAS DO RENASCIMENTO


                                Gutemberg

                                            A imprensa



                   Oficina de
                   Impressão
 As criações dos humanistas foram divulgadas graças à imprensa.
 A imprensa permitiu produzir livros mais baratos e em maior
  quantidade.



             A literatura
             renascentista faz
             reviver os épicos
             da Antiguidade


  Luís de Camões
Tomas Moro



Erasmo




              Maquiavel
FASES DO RENASCIMENTO



O Trecento: Século XIV

• Principais Artistas:
a)Giotto (1265-1337): Pintura
b)Petrarca (1304-1374): Literatura
c)Giovanni Boccaccio: (1313-1374):
  Literatura.
FASES DO RENASCIMENTO


O Quattrocento: Século XV

• Principais Artistas:
a)Masaccio (1401-29): Pintura
b)Boticcelli (1445-1510): Pintura
c)Leonardo da Vinci: (1452-1519)
FASES DO RENASCIMENTO


O Quattrocento: Século XV

• Principais Artistas:
a)Masaccio (1401-29): Pintura
b)Boticcelli (1445-1510): Pintura
c)Leonardo da Vinci: (1452-1519)
FASES DO RENASCIMENTO


O Cinquecento: Século XVI
•Principais Artistas:
a)Nicolau Maquiavel (1469-1527): Autor
b)Rafael Sanzio (1483-1520): Pintor
c)Michelangelo Buornarroti (1475-1564): “o
  gigante do renascimento”
d)Giordano Bruno (1548-1600): cientista
Domenico di Tomaso Bigordi,
known as Ghirlandaio 1449-1494
The Visitation 1491 Wood panel H
1.72 m; W 1.65 m
Capela Sistina
• O Renascimento foi um “re-nascer” ....
 de curiosidades sobre a Natureza;

 da vontade de saber e desenvolver as ciências;

 de formas de construir, esculpir, pintar, escrever;

 de uma certa ideia da beleza;

 da visão da Terra e do Universo;

 da certeza das capacidades humanas para progredir;

 da importância dada ao Homem.
CONSEQUÊNCIAS


• Quebra do monopólio cultural católico;
• Precursores do Iluminismo;
• Descartes, Newton.
• MÉTODO CIENTÍFICO: Francis Bacon;
• Individualismo burguês.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
Eduard Henry
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
Edenilson Morais
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
A Idade Moderna
A Idade ModernaA Idade Moderna
A Idade Moderna
Paulo Alexandre
 
Aula 10 renascimento e humanismo
Aula 10   renascimento e humanismoAula 10   renascimento e humanismo
Aula 10 renascimento e humanismo
Profdaltonjunior
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Ana Batista
 
O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
Nefer19
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
Janaina Flavia Santos Azevedo
 
Brasil Holandês
Brasil HolandêsBrasil Holandês
Brasil Holandês
Paulo Alexandre
 
Formação dos Estados Nacionais Modernos
Formação dos Estados Nacionais ModernosFormação dos Estados Nacionais Modernos
Formação dos Estados Nacionais Modernos
Murilo Benevides
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
Douglas Barraqui
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
Fabiana Tonsis
 
Povos nativos da América.
Povos nativos da América.Povos nativos da América.
Povos nativos da América.
Camila Brito
 
05 renascimento cultural e cientifico
05   renascimento cultural e cientifico05   renascimento cultural e cientifico
05 renascimento cultural e cientifico
Portal do Vestibulando
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Nefer19
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
isameucci
 
Iluminismo power point
Iluminismo power pointIluminismo power point
Iluminismo power point
Odairdesouza
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
Douglas Barraqui
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
Simone P Baldissera
 

Mais procurados (20)

Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
A Idade Moderna
A Idade ModernaA Idade Moderna
A Idade Moderna
 
Aula 10 renascimento e humanismo
Aula 10   renascimento e humanismoAula 10   renascimento e humanismo
Aula 10 renascimento e humanismo
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
 
Brasil Holandês
Brasil HolandêsBrasil Holandês
Brasil Holandês
 
Formação dos Estados Nacionais Modernos
Formação dos Estados Nacionais ModernosFormação dos Estados Nacionais Modernos
Formação dos Estados Nacionais Modernos
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
 
Povos nativos da América.
Povos nativos da América.Povos nativos da América.
Povos nativos da América.
 
05 renascimento cultural e cientifico
05   renascimento cultural e cientifico05   renascimento cultural e cientifico
05 renascimento cultural e cientifico
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo power point
Iluminismo power pointIluminismo power point
Iluminismo power point
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
 

Destaque

O Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e CientíficoO Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e Científico
João Medeiros
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
Cassio Assis
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
Patrick Von Braun
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
Rodrigo Vaz Rui
 
Renascimento científico
Renascimento científicoRenascimento científico
Renascimento científico
Nelma Andrade
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
João Lima
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Josefa Libório
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Carlos Pinheiro
 
7º anos - O Renascimento Cultural
7º anos - O Renascimento Cultural7º anos - O Renascimento Cultural
7º anos - O Renascimento Cultural
Handel Ching
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
secretaria estadual de educação
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
7º ano - Renascimento
7º ano - Renascimento7º ano - Renascimento
7º ano - Renascimento
Janaína Bindá
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Mariana Dias
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
Janaína Tavares
 
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
Darlan Campos
 
Renascimento - História Geral
Renascimento - História GeralRenascimento - História Geral
Renascimento - História Geral
Valéria Shoujofan
 
O Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºanoO Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºano
Vasco Pires
 
Renascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientificoRenascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientifico
Marcelo Ferreira Boia
 
Renascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntasRenascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntas
VitoriaNunes
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
PROFºWILTONREIS
 

Destaque (20)

O Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e CientíficoO Renascimento Cultural e Científico
O Renascimento Cultural e Científico
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Renascimento científico
Renascimento científicoRenascimento científico
Renascimento científico
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
7º anos - O Renascimento Cultural
7º anos - O Renascimento Cultural7º anos - O Renascimento Cultural
7º anos - O Renascimento Cultural
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
7º ano - Renascimento
7º ano - Renascimento7º ano - Renascimento
7º ano - Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
08. Aula de História Geral - Renascimento Cultural
 
Renascimento - História Geral
Renascimento - História GeralRenascimento - História Geral
Renascimento - História Geral
 
O Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºanoO Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºano
 
Renascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientificoRenascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientifico
 
Renascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntasRenascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntas
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 

Semelhante a Renascimento Cultural e Científico

Apresentação renascimento cultural e cientifico
Apresentação renascimento cultural e cientificoApresentação renascimento cultural e cientifico
Apresentação renascimento cultural e cientifico
HeitorCarvalho19
 
Apresentação renascimento cultural e cientifico.pptx
Apresentação renascimento cultural e cientifico.pptxApresentação renascimento cultural e cientifico.pptx
Apresentação renascimento cultural e cientifico.pptx
HeitorCarvalho19
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Edenilson Morais
 
Renascimento cultural2
Renascimento cultural2Renascimento cultural2
Renascimento cultural2
Claudia Lazarini
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Vera Duarte
 
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
7 de Setembro
 
Renascimento Aula 1231783637025304 1
Renascimento Aula 1231783637025304 1Renascimento Aula 1231783637025304 1
Renascimento Aula 1231783637025304 1
Teresa
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Ana Batista
 
Renascimento2
Renascimento2Renascimento2
Renascimento2
carmelguerreiro
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
Angela Santos
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
guest2306886
 
4 breve viagem pela
4 breve viagem pela4 breve viagem pela
4 breve viagem pela
Anabela Sousa
 
Renascimento show de bola
Renascimento show de bolaRenascimento show de bola
Renascimento show de bola
mundica broda
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
ciadacatarse
 
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade modernaO renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
JosPedroSilva11
 
Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015
Adriana Guimarães Manaro
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Inês Oliveira
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Fábio Paiva
 

Semelhante a Renascimento Cultural e Científico (20)

Apresentação renascimento cultural e cientifico
Apresentação renascimento cultural e cientificoApresentação renascimento cultural e cientifico
Apresentação renascimento cultural e cientifico
 
Apresentação renascimento cultural e cientifico.pptx
Apresentação renascimento cultural e cientifico.pptxApresentação renascimento cultural e cientifico.pptx
Apresentação renascimento cultural e cientifico.pptx
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento cultural2
Renascimento cultural2Renascimento cultural2
Renascimento cultural2
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
 
Renascimento Aula 1231783637025304 1
Renascimento Aula 1231783637025304 1Renascimento Aula 1231783637025304 1
Renascimento Aula 1231783637025304 1
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Renascimento2
Renascimento2Renascimento2
Renascimento2
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
4 breve viagem pela
4 breve viagem pela4 breve viagem pela
4 breve viagem pela
 
Renascimento show de bola
Renascimento show de bolaRenascimento show de bola
Renascimento show de bola
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade modernaO renascimento e a formação da mentalidade moderna
O renascimento e a formação da mentalidade moderna
 
Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015Renascimento EM 2015
Renascimento EM 2015
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 

Mais de Claudenilson da Silva

Resumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesasResumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesas
Claudenilson da Silva
 
Resumo china e índia
Resumo   china e índiaResumo   china e índia
Resumo china e índia
Claudenilson da Silva
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
Claudenilson da Silva
 
BRASIL COLÔNIA - PARTE I
BRASIL COLÔNIA - PARTE IBRASIL COLÔNIA - PARTE I
BRASIL COLÔNIA - PARTE I
Claudenilson da Silva
 
Resumo processo de independência do brasil
Resumo   processo de independência do brasilResumo   processo de independência do brasil
Resumo processo de independência do brasil
Claudenilson da Silva
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
Claudenilson da Silva
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Claudenilson da Silva
 
América Précolombiana
América PrécolombianaAmérica Précolombiana
América Précolombiana
Claudenilson da Silva
 
Revolução Americana
Revolução AmericanaRevolução Americana
Revolução Americana
Claudenilson da Silva
 
Resumo era napoleonica
Resumo   era napoleonicaResumo   era napoleonica
Resumo era napoleonica
Claudenilson da Silva
 
Resumo reforma protestante
Resumo   reforma protestanteResumo   reforma protestante
Resumo reforma protestante
Claudenilson da Silva
 
Resumo mercantilismo e expansão marítima
Resumo   mercantilismo e expansão marítimaResumo   mercantilismo e expansão marítima
Resumo mercantilismo e expansão marítima
Claudenilson da Silva
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
Claudenilson da Silva
 
Resumo absolutismo monárquico
Resumo   absolutismo monárquicoResumo   absolutismo monárquico
Resumo absolutismo monárquico
Claudenilson da Silva
 
Resumo revoluçoes inglesas
Resumo   revoluçoes inglesasResumo   revoluçoes inglesas
Resumo revoluçoes inglesas
Claudenilson da Silva
 
Resumo o iluminismo
Resumo   o iluminismoResumo   o iluminismo
Resumo o iluminismo
Claudenilson da Silva
 
Resumo baixa idade media
Resumo baixa idade mediaResumo baixa idade media
Resumo baixa idade media
Claudenilson da Silva
 
Resumo grécia antiga
Resumo  grécia antigaResumo  grécia antiga
Resumo grécia antiga
Claudenilson da Silva
 
Resumo egito antigo
Resumo   egito antigoResumo   egito antigo
Resumo egito antigo
Claudenilson da Silva
 
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
Claudenilson da Silva
 

Mais de Claudenilson da Silva (20)

Resumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesasResumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesas
 
Resumo china e índia
Resumo   china e índiaResumo   china e índia
Resumo china e índia
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
 
BRASIL COLÔNIA - PARTE I
BRASIL COLÔNIA - PARTE IBRASIL COLÔNIA - PARTE I
BRASIL COLÔNIA - PARTE I
 
Resumo processo de independência do brasil
Resumo   processo de independência do brasilResumo   processo de independência do brasil
Resumo processo de independência do brasil
 
Colonização da América
Colonização da AméricaColonização da América
Colonização da América
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
América Précolombiana
América PrécolombianaAmérica Précolombiana
América Précolombiana
 
Revolução Americana
Revolução AmericanaRevolução Americana
Revolução Americana
 
Resumo era napoleonica
Resumo   era napoleonicaResumo   era napoleonica
Resumo era napoleonica
 
Resumo reforma protestante
Resumo   reforma protestanteResumo   reforma protestante
Resumo reforma protestante
 
Resumo mercantilismo e expansão marítima
Resumo   mercantilismo e expansão marítimaResumo   mercantilismo e expansão marítima
Resumo mercantilismo e expansão marítima
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Resumo absolutismo monárquico
Resumo   absolutismo monárquicoResumo   absolutismo monárquico
Resumo absolutismo monárquico
 
Resumo revoluçoes inglesas
Resumo   revoluçoes inglesasResumo   revoluçoes inglesas
Resumo revoluçoes inglesas
 
Resumo o iluminismo
Resumo   o iluminismoResumo   o iluminismo
Resumo o iluminismo
 
Resumo baixa idade media
Resumo baixa idade mediaResumo baixa idade media
Resumo baixa idade media
 
Resumo grécia antiga
Resumo  grécia antigaResumo  grécia antiga
Resumo grécia antiga
 
Resumo egito antigo
Resumo   egito antigoResumo   egito antigo
Resumo egito antigo
 
Resumo alta idade média
Resumo   alta idade médiaResumo   alta idade média
Resumo alta idade média
 

Último

Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 

Último (20)

Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 

Renascimento Cultural e Científico

  • 2. ANTECEDENTES A CULTURA NA IDADE MÉDIA • Características: - Teocentrismo - Dogmatismo - Verdade => Religião - Conhecimento => através da fé CONCLUSÃO: o questionamento humano deve ser pautado pela busca da salvação e da vida eterna.
  • 5.
  • 6.
  • 7. Obras de Leonardo Da Vinci
  • 8. O RENASCIMENTO FOI... •Movimento cultural e artístico. •Desinteresse pela Idade Média. •Preferência pela Antiguidade (Civilização Greco-Romana): a sua Arte a sua Cultura O Renascimento surgiu em Itália. Porquê? -V ... I II III IV V VI VII VIII IX X XI XII XIII XIV XV XVI XVII IDADE IDADE IDADE ANTIGA MÉDIA MODERNA ANTIGUIDADE GRECO-ROMANA RENASCIMENTO
  • 9. RENASCIMENTO • Chama-se Renascimento o movimento cultural desenvolvido na Europa entre 1300 e 1650 – portanto, no final da Idade Média e na Idade Moderna; • O humanismo (valorização do homem e da natureza, em oposição ao divino e ao sobrenatural) pode ser considerado o espírito do Renascimento; • Chamou-se "Renascimento" em virtude da redescoberta e revalorização das referências culturais da antiguidade clássica. O termo foi registrado pela primeira vez por Giorgio Vasari , no séc O homem vitruviano de Leonardo da Vinci,1490. Lápis e tinta sobre papel, 34x24 cm. XVI. Gallerie dellÁccademia
  • 10. CARACTERÍSTICAS • Humanismo ou antropocentrismo • Racionalismo / Empirismo • Cientificismo / Naturalismo • Cultura Laica • Cultura Greco-romana • Heliocentrismo • Inspiração Urbana • Hedonismo: busca pela felicidade • Individualismo
  • 11. Porquê na Itália? • Algumas cidades italianas eram muito ricas; • Os seus governantes, laicos e eclesiásticos, apoiavam as artes (mecenas). • Presença de sábios gregos e bizantinos, portadores da cultura. O Papa Júlio II foi um grande mecenas em Roma.
  • 12. O Renascimento O que trouxe de novo? Uma nova visão do Homem e do Mundo Uma arte nova: pintura, escultura, arquitectura...
  • 13. Classicismo Classicismo – Os Homens do Renascimento ficaram fascinados com os autores clássicos greco-romanos. Por isso, leram, interpretaram, traduziram, pintaram, imitaram tudo o que eles fizeram. Tendo aprendido nesta «escola», tornaram-se grandes pensadores e artistas e ultrapassaram os mestres. Essa é a lição do Renascimento: aprende com os melhores e torna-te melhor do que eles.
  • 14. Humanismo  Classicismo • Leitura e análise dos textos dos autores antigos Individualismo Erasmo de Roterdão, um dos • Valorização das capacidades humanas; maiores humanistas do • Crença do Homem em si mesmo. Renascimento. Espírito Critico Recurso à crítica para corrigir e mudar a sociedade, a religião e a política.
  • 15. Antropocentrismo • O Homem coloca-se no centro do Mundo; • O antropocentrismo substitui o teocentrismo da Idade Média. O Homem de Vitrúvio, de Leonardo Da Vinci.
  • 16. Ciência  Medicina – dissecação de cadáveres (André Vesálio).  Geografia – a representação do mundo em mapas torna-se mais completa e exacta.  Ciências da Natureza – conhecimento de novas plantas, novos animais, etc.
  • 17. • VALORIZAÇÃO DA EXPERIÊNCIA O Heliocentrismo . Copérnico defendeu em 1543, que a terra e os restantes planetas giravam em volta do sol .
  • 19. Vesálio Páginas da obra de André Vesálio, De Humani Corporis Fabrica.
  • 21.
  • 22. A importância da experiência no conhecimento do mundo
  • 23. • A DIFUSÃO DAS IDEIAS DO RENASCIMENTO Gutemberg A imprensa Oficina de Impressão
  • 24.  As criações dos humanistas foram divulgadas graças à imprensa.  A imprensa permitiu produzir livros mais baratos e em maior quantidade. A literatura renascentista faz reviver os épicos da Antiguidade Luís de Camões
  • 25. Tomas Moro Erasmo Maquiavel
  • 26. FASES DO RENASCIMENTO O Trecento: Século XIV • Principais Artistas: a)Giotto (1265-1337): Pintura b)Petrarca (1304-1374): Literatura c)Giovanni Boccaccio: (1313-1374): Literatura.
  • 27. FASES DO RENASCIMENTO O Quattrocento: Século XV • Principais Artistas: a)Masaccio (1401-29): Pintura b)Boticcelli (1445-1510): Pintura c)Leonardo da Vinci: (1452-1519)
  • 28. FASES DO RENASCIMENTO O Quattrocento: Século XV • Principais Artistas: a)Masaccio (1401-29): Pintura b)Boticcelli (1445-1510): Pintura c)Leonardo da Vinci: (1452-1519)
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34. FASES DO RENASCIMENTO O Cinquecento: Século XVI •Principais Artistas: a)Nicolau Maquiavel (1469-1527): Autor b)Rafael Sanzio (1483-1520): Pintor c)Michelangelo Buornarroti (1475-1564): “o gigante do renascimento” d)Giordano Bruno (1548-1600): cientista
  • 35. Domenico di Tomaso Bigordi, known as Ghirlandaio 1449-1494 The Visitation 1491 Wood panel H 1.72 m; W 1.65 m
  • 36.
  • 38.
  • 39. • O Renascimento foi um “re-nascer” ....
  • 40.  de curiosidades sobre a Natureza;  da vontade de saber e desenvolver as ciências;  de formas de construir, esculpir, pintar, escrever;  de uma certa ideia da beleza;  da visão da Terra e do Universo;  da certeza das capacidades humanas para progredir;  da importância dada ao Homem.
  • 41. CONSEQUÊNCIAS • Quebra do monopólio cultural católico; • Precursores do Iluminismo; • Descartes, Newton. • MÉTODO CIENTÍFICO: Francis Bacon; • Individualismo burguês.