SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Ana Carla Vale Lago
Estágio Supervisionado em
áreas Especificas
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA
NÚCLEO DE TECNOLOGIAS PARA EDUCAÇÃO-UEMAnet
UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL-UAB
São Luís
2020
Curso: Pedagogia
Disciplina: Estágio Supervisionado em
Áreas Específicas
Carga Horária: 135 h
APRESENTAÇÃODA DISCIPLINA
PLANO DE ENSINO
EMENTA:
Estudo e análise crítica de situações da prática de Gestão
escolar. Atividades orientadas e supervisionadas no contexto
da gestão escolar, que enfatizem o desempenho profissional
do gestor escolar em conformidade com a base legal a partir
de observação, participação, planejamento e execução do
processo ensino aprendizagem.
PLANO DE ENSINO
OBJETIVO GERAL:
Compreender o processo de gestão escolar e as
contribuições do gestor numa perspectiva histórica e crítica,
tendo em vista as determinações legais desenvolvendo
propostas de intervenção com ênfase nas dimensões de
gestão democrática da escola.
PLANO DE ENSINO
UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
Objetivo da Unidade: Identificar o nível de participação
do gestor nas atividades referentes às dimensões
administrativas, políticas e pedagógica visando o
desenvolvimento dos alunos no processo ensino
aprendizagem de forma objetiva.
UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
FUNÇÃO DA
ESCOLA
o conhecimento
elaborado e
sistematizado
historicamentepela
humanidade
formação social dos
alunos - ampliação
da visão de mundo
dos alunos
OBJETO DA
ESCOLA
Função Social
da Escola
UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
Segundo Gurgel (2008), o diretorgestor é o
responsável pela criação de um ambiente acolhedor,
que possibilite um trabalho educacional de
qualidade, observando com rigor o projeto
pedagógico da escola. Envolvendo a equipe, pais e
alunos em torno desse objetivo, pois o diretorgestor
é o líder, que planeja, que coordena, faz a mediação
juntamente com o coletivo.
UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
• Nessa abordagem, o olhar do gestor se volta
fundamentalmente para três eixos: a
organização dos espaços da escola(não só as
salas de aula); a mobilização de uma equipe
coesa (que
proposta
trabalhe para alcançar uma
pedagógica definida) e o
estabelecimento de um canal de comunicação
com pais de alunos e a comunidade do
entorno (GURGEL,2008,p.24).
UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
UNIDADE II - Estágio Curricular em Gestão Escolar
Objetivo da Unidade:
Elaborar projeto de intervenção considerando as demandas
apresentadas pela escola no sentido de promover
aproximação da gestão escolar com as definições do Projeto
Pedagógico nos setores internos da escola e comunidade do
entorno.
UNIDADE II- Estágio Curricular em Gestão Escolar
O projeto não é algo que é construído e em
seguida arquivado ou encaminhado às
autoridades educacionais como prova do
cumprimento de tarefas burocráticas. Ele é
construído e vivenciado em todos os
momentos por todos os envolvidos com o
processo educativo da escola (VEIGA, 1995,
p. 12).
UNIDADE II- Estágio Curricular em Gestão Escolar
• A construção do Projeto Político Pedagógico da
Escola, na perspectiva de uma gestão
democrática e de qualidade, deve partir dos
princípios de igualdade, liberdade, gestão
democrática e valorização do magistério.
• Esses princípios devem nortear reflexões
permanentes no contexto educacional,
permeando ações que possibilitem a igualdade
das condições de acesso e acessibilidade de todos
os envolvidos e engajados na escola, respeitando
as diferenças e sendo preservada a liberdade
como canal da democracia e da gestão
democrática.
UNIDADE II- Estágio Curricular em Gestão Escolar
UNIDADE III - Etapas do Estágio Supervisionado em
Disciplinas Específicas
Objetivos da Unidade:
Apresentar relatório de Estágio Supervisionado com
temas pertinentes relevantes necessários ao processo
de gestão escolar democrática, registrando os aspectos
desafiadores e conflitantes.
UNIDADE III – Etapas do Estágio Supervisionado em
Disciplinas Específicas
• “ A gestão democrática é, portanto, atitude e
método. A atitude democrática é necessária,
mas não é suficiente. Precisamos de métodos
democráticos de efetivo exercício da
democracia. Ela também é um aprendizado.
Demanda tempo atenção e trabalho”
( GADOTTI,2007,p.4)
UNIDADE III – Etapas do Estágio Supervisionado em
Disciplinas Específicas
METODOLOGIA DE ENSINO: A metodologia deverá ser realizada
por meio das seguintes atividades:
 Leitura de textos;
 Encontros com tutor(a);
 Elaboração de projeto de intervenção, relatório e slides;
 Realização de Seminário como culminância dos trabalhos;
RECURSOS DIDÁTICOS:
Coletânea de textos (Bibliografia Básica);
Links da internet (artigos PDF, vídeos YouTube, dentre outros);
Ferramentas do Moodle (Atividades de observação, pesquisa,
intervenção, relatórios);
Textos, Slides, vídeos.
PLANO DE ENSINO
AVALIAÇÃO:
Atividade Virtual;
Elaboração relatório final;
Autoavaliação.
PLANO DE ENSINO
ATIVIDADE NO AVA- Nota (1)
Como você sabe, o Estágio possui várias etapas, e entre elas, o momento da
observação na escola se constitui uma ferramenta fundamental para relacionar a
teoria com a prática, pois possibilita aos discentes fazer um diagnóstico de um
estabelecimento de ensino através da identificação das dificuldades pertinentes à
Gestão Escolar como um todo, estamos vivenciando um momento muito delicado na
Educação escolar Brasileira. Com o avanço da pandemia, a suspensão temporária
das aulas da rede de ensino, a fim de compreender as relações dos sujeitos
evolvidos entre si, o meio em que vivem e como se relacionam.
Nesta atividade, você irá conhecer a realidade do funcionamento escolar durante o
ensino remoto do seu município. Para conhecermos a realidade dos gestores do seu
município, iremos aplicar uma entrevista, para facilitar o conhecimento de como os
gestores vem desenvolvendo as suas práticas pedagógicas nesse momento atípico
que estamos vivenciando. Para a realização dessa atividade, teremos as seguintes
etapas:
-Aplicação de uma entrevista via plataforma google forms. Para auxilia-lo nessa
tarefa você pode acessar: https://biblioteca.ufc.br/wp-
content/uploads/2015/09/tutorial-formularios-google.pdf
- Fazer a postagem da entrevista
Gerir uma escola é tarefa que exige comprometimento de toda a comunidade escolar.
O projeto de intervenção pedagógica em gestão escolar é uma ferramenta que pode
ser utilizada por educadores, pedagogos ou coordenadores, e visa compreender,
explicitar ou corrigir um plano de gestão escolar já em vigor dentro da instituição de
ensino.
É necessário refletir um projeto que deve ser pensado com cuidado, já que
geralmente entrará em ação quando a gestão pedagógica estiver apresentando
dificuldades ou quando o desempenho escolar dos alunos não estiver tão bom quanto
o esperado.
Um relatório de gestãoescolar deverá medir os seguintes aspectos:
• Otimizaçãodo desempenho escolar;
• Integração entre os setores;
• Funcionamento das metas;
• Métricas da escola.
ATIVIDADE NO AVA- Nota (2)
Desta forma, analise os dados obtidos por meio do relatório para que
assim seja possível ver os desafios e propor soluções eficazes em seu
projeto de intervenção pedagógica em gestão escolar.
O modelo de projeto de intervenção encontra-se como Anexo II,
presente nos materiais complementares desta disciplina, oferecendo
uma sugestão, não obrigatória, de tema que pode ser pensado e
adequado à percepção do grupo.
Cada equipe pensará em meios que visem um aprimoramento do
espaço escolar visitado. Se necessário, faça uso de autores que tenham
relação com a gestão escolar. Não se esqueça de referenciá-los
bibliograficamente, conforme as regras da ABNT.
Cada aluno deverá postar seu projeto de intervenção no Ambiente
Virtual de Aprendizagem em formato de arquivo único.
ATIVIDADE NO AVA- Nota (2)
• TIPO DE ATIVIDADE: Elaboração e apresentação
do Relatório de Estágio
• Objetivos:
• Elaborar o Relatório de Estágio;
• O relatório de estágio é um documento precioso
e importante para a composição do prontuário
do aluno junto ao Controle Acadêmico das
instituições de Ensino Superior. Nele deve conter
de forma detalhada todas as atividades
realizadas.
ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
• Reforçamos que, neste relatório, deverá constar um apanhado de
todas as experiências vividas durante de sondagens e a proposta
presente em seu projeto de intervenção, obedecendo às etapas em
que as atividades foram registradas.
Caso você, estudante, considere importante, utilize autores para
embasar seu trabalho. Não se esqueça, porém, de fazer as devidas
referências bibliográficas dos teóricos utilizados, tendo por
orientação as regras da ABNT. Tendo por objetivo principal
apresentar e descrever as atividades vivenciadas e desenvolvidas
durante a disciplina Estágio em Áreas Específicas, a partir de um
exercício relacional entre teoria e prática, construa seu relatório
com o mesmo grupo definido durante todas as atividades
desenvolvidas até então.
ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
Para auxiliá-lo na construção do seu relatório de estágio, indico que assista ao
vídeo: “Como escrever o relatório de estágio” disponível em:
https://www.youtube.com/watch?v=jlxPIrmAmbI
A elaboração da apresentação e socialização do relatório de estágio
constitui-se como uma das ferramentas para apresentar a produção científica
da formação docente. Caracteriza-se como um importante instrumento para
divulgar a realização de uma prática que busca a produção de novas ideias e
conhecimentos através da socialização dos saberes adquiridos durante a
elaboração de uma atividade. Para auxilia-lo em sua elaboração, leia:
BARBOSA, Eliane; CASTILHO, Éllen; BRANDÃO, Deyse. Estágio curricular
obrigatório na gestão escolar: observações, participações e intervenções
pedagógicas. XVI Semana da Educação. VI Simpósio de pesquisa e pós-
graduação em Educação. Disponível em:
http://www.uel.br/eventos/semanaeducacao/pages/arquivos/ANAIS/ARTIGO/
SABERES%20E%20PRATICAS/ESTAGIO%20CURRICULAR%20OBRIGATORIO%20
NA%20GESTAO%20ESCOLAR%20OBSERVACOES%20PARTICIPACOES%20E%20I
NTERVENCOES%20PEDAGOGICAS.pdf. Acesso em: 04 fev. de 2021.
ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
• Critérios de Avaliação:
• Apresentação de argumentos consistentes (2,0 pontos);
• Análise gramatical (2,0 pontos);
• Textualidade, correção gramatical, capacidade de síntese e
cientificidade na elaboração do texto escrito (1,0 ponto);
• Procedimentos e recursos: dinamismo, controle do tempo,
utilização dos recursos etc. (1,0);
• Organização dos slides de apresentação (1,0);
• Tempo de apresentação ( 2,0);
• Normas da ABNT – (1,0).
ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
• TIPO DE ATIVIDADE: Apresentação do relatório de Estágio
• Apresentação, destacando as ações desenvolvidas no
Projeto.
• Para socialização, vocês farão uma apresentação em
PowerPoint com todas as informações contidas no relatório
de estágio. Não se esqueça de pontuar todas as etapas para
sua construção. Outro aspecto que deve ser apresentado
será o seu Projeto de intervenção construído na unidade
anterior, no qual deve constar o tema, a justificativa, o
referencial teórico e as ações/atividades que permearão o
projeto. Para a apresentação, utilize o modelo disponível no
AVA. Você poderá mudar cores e o layout da apresentação,
mas deverá, obrigatoriamente, seguir todos os itens
solicitados na apresentação modelo. Quando sua
apresentação estiver pronta, deverá postar no AVA para
avaliação dos supervisores.
ATIVIDADE NO AVA- Nota (4)
• Critérios de Avaliação:
• Textualidade, correção gramatical, capacidade de
síntese ( 2 pontos);
• Cientificidade na elaboração do texto escrito (2
pontos);
• Capacidade argumentativa ao apresentar o projeto e a
cientificidade dos argumentos apresentados (2,0);
• Procedimentos e recursos: dinamismo, controle do
tempo, utilização dos recursos etc. (2,0);
• Normas da ABNT (2,0).
ATIVIDADE NO AVA- Nota (4)
OBRIGADA!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof.ª Ana Carla.pptx

5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
Waleska Ufal Letras
 
Workshop Ppt
Workshop PptWorkshop Ppt
Workshop Ppt
Fernanda Gonçalves
 
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes SilvaAuto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
lurdesilva
 
Workshop Formativo
Workshop FormativoWorkshop Formativo
Workshop Formativo
guestf38751
 
Workshop Formativo
Workshop FormativoWorkshop Formativo
Workshop Formativo
NoemiaMaria
 
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.
rbento
 
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Valeria Rios
 
1ª Tarefa Powerpoint 3ª SessãO
1ª Tarefa   Powerpoint   3ª SessãO1ª Tarefa   Powerpoint   3ª SessãO
1ª Tarefa Powerpoint 3ª SessãO
1000a
 
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
Margarida Mota
 
Apresentação mabe fátima pedro enviada
Apresentação mabe fátima pedro enviadaApresentação mabe fátima pedro enviada
Apresentação mabe fátima pedro enviada
Fatimapedro
 
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e AplicarTécnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar
João Paulo Freire
 
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdf
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdfTécnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdf
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdf
João Paulo Freire
 
Accao de formacao
Accao de formacaoAccao de formacao
Accao de formacao
João Silva Pereira
 
Sintese sessao 3
Sintese sessao 3Sintese sessao 3
Sintese sessao 3
Anaigreja
 
Auto Avali Be
Auto Avali BeAuto Avali Be
Auto Avali Be
jebrites
 
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide shareApresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Vania Bastos Nacaxe
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
MaxLuisEspinosa
 
Apresentação de CILL
Apresentação de CILLApresentação de CILL
Apresentação de CILL
cruz ant
 
10º encontro
10º encontro10º encontro
Apresentacao Eixo 8
Apresentacao Eixo 8Apresentacao Eixo 8
Apresentacao Eixo 8
Crediné Silva de Menezes
 

Semelhante a Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof.ª Ana Carla.pptx (20)

5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
 
Workshop Ppt
Workshop PptWorkshop Ppt
Workshop Ppt
 
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes SilvaAuto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
Auto AvaliaçãO Da Be Lurdes Silva
 
Workshop Formativo
Workshop FormativoWorkshop Formativo
Workshop Formativo
 
Workshop Formativo
Workshop FormativoWorkshop Formativo
Workshop Formativo
 
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.Auto AvaliçãO Da Be   Eb 2,3 Dr. A.R.P.
Auto AvaliçãO Da Be Eb 2,3 Dr. A.R.P.
 
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
 
1ª Tarefa Powerpoint 3ª SessãO
1ª Tarefa   Powerpoint   3ª SessãO1ª Tarefa   Powerpoint   3ª SessãO
1ª Tarefa Powerpoint 3ª SessãO
 
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
 
Apresentação mabe fátima pedro enviada
Apresentação mabe fátima pedro enviadaApresentação mabe fátima pedro enviada
Apresentação mabe fátima pedro enviada
 
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e AplicarTécnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar
 
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdf
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdfTécnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdf
Técnicas e Instrumentos de Avaliação Formativa – Construir e Aplicar.pdf
 
Accao de formacao
Accao de formacaoAccao de formacao
Accao de formacao
 
Sintese sessao 3
Sintese sessao 3Sintese sessao 3
Sintese sessao 3
 
Auto Avali Be
Auto Avali BeAuto Avali Be
Auto Avali Be
 
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide shareApresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
Apresentacao Plano Pedagogico JOVEM APRENDIZ AESCON slide share
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
 
Apresentação de CILL
Apresentação de CILLApresentação de CILL
Apresentação de CILL
 
10º encontro
10º encontro10º encontro
10º encontro
 
Apresentacao Eixo 8
Apresentacao Eixo 8Apresentacao Eixo 8
Apresentacao Eixo 8
 

Mais de ValquiriaFernandesOl2

Análise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptx
Análise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptxAnálise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptx
Análise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptxindicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
ppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptx
ppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptxppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptx
ppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
Rose Piaget 1 (1).pdf
Rose Piaget 1 (1).pdfRose Piaget 1 (1).pdf
Rose Piaget 1 (1).pdf
ValquiriaFernandesOl2
 
Psicomotricidade Relacional 2.ppt
Psicomotricidade Relacional 2.pptPsicomotricidade Relacional 2.ppt
Psicomotricidade Relacional 2.ppt
ValquiriaFernandesOl2
 
Aula I.pptx
Aula I.pptxAula I.pptx
A sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptx
A sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptxA sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptx
A sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
Formação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptx
Formação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptxFormação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptx
Formação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
Análise do Desenho Infantil.pptx
Análise do Desenho Infantil.pptxAnálise do Desenho Infantil.pptx
Análise do Desenho Infantil.pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
SLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptx
SLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptxSLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptx
SLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
ppt-formao-educao-especial-2 (5).ppt
ppt-formao-educao-especial-2 (5).pptppt-formao-educao-especial-2 (5).ppt
ppt-formao-educao-especial-2 (5).ppt
ValquiriaFernandesOl2
 
Deficiência Auditiva.ppt
Deficiência Auditiva.pptDeficiência Auditiva.ppt
Deficiência Auditiva.ppt
ValquiriaFernandesOl2
 
EDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdf
EDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdfEDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdf
EDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdf
ValquiriaFernandesOl2
 
15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx
15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx
15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx
ValquiriaFernandesOl2
 
Aula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.ppt
Aula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.pptAula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.ppt
Aula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.ppt
ValquiriaFernandesOl2
 

Mais de ValquiriaFernandesOl2 (15)

Análise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptx
Análise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptxAnálise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptx
Análise do Comportamento nas Organizações e na Saúde.pptx
 
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptxindicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
indicadoresdequalidadenaeducaoinfantil-120725212718-phpapp01.pptx
 
ppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptx
ppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptxppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptx
ppt-2-avaliac3a7c3a3o-e-flexibilizac3a7c3a3o-curricular (3).pptx
 
Rose Piaget 1 (1).pdf
Rose Piaget 1 (1).pdfRose Piaget 1 (1).pdf
Rose Piaget 1 (1).pdf
 
Psicomotricidade Relacional 2.ppt
Psicomotricidade Relacional 2.pptPsicomotricidade Relacional 2.ppt
Psicomotricidade Relacional 2.ppt
 
Aula I.pptx
Aula I.pptxAula I.pptx
Aula I.pptx
 
A sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptx
A sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptxA sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptx
A sexualidade na vida da pessoa com deficiência.pptx
 
Formação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptx
Formação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptxFormação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptx
Formação Pacto - Módulo 01 - Professores - 2023 dayanne(1).pptx
 
Análise do Desenho Infantil.pptx
Análise do Desenho Infantil.pptxAnálise do Desenho Infantil.pptx
Análise do Desenho Infantil.pptx
 
SLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptx
SLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptxSLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptx
SLIDE_DO_PROJETO_SS_NA_ESCOLA.pptx
 
ppt-formao-educao-especial-2 (5).ppt
ppt-formao-educao-especial-2 (5).pptppt-formao-educao-especial-2 (5).ppt
ppt-formao-educao-especial-2 (5).ppt
 
Deficiência Auditiva.ppt
Deficiência Auditiva.pptDeficiência Auditiva.ppt
Deficiência Auditiva.ppt
 
EDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdf
EDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdfEDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdf
EDITAL REFORMA ESCOLA VITORINO FREIRE.pdf
 
15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx
15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx
15_setembro_Angela_SESC_ENEM.pptx
 
Aula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.ppt
Aula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.pptAula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.ppt
Aula I - Impacto da pandemia na perspectiva de educação inclusiva.ppt
 

Último

Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
KeilianeOliveira3
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
MariaFatima425285
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
ssuser701e2b
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
Manuais Formação
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 

Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof.ª Ana Carla.pptx

  • 1. Prof. Ana Carla Vale Lago Estágio Supervisionado em áreas Especificas UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA NÚCLEO DE TECNOLOGIAS PARA EDUCAÇÃO-UEMAnet UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL-UAB São Luís 2020
  • 2. Curso: Pedagogia Disciplina: Estágio Supervisionado em Áreas Específicas Carga Horária: 135 h APRESENTAÇÃODA DISCIPLINA PLANO DE ENSINO
  • 3. EMENTA: Estudo e análise crítica de situações da prática de Gestão escolar. Atividades orientadas e supervisionadas no contexto da gestão escolar, que enfatizem o desempenho profissional do gestor escolar em conformidade com a base legal a partir de observação, participação, planejamento e execução do processo ensino aprendizagem. PLANO DE ENSINO
  • 4. OBJETIVO GERAL: Compreender o processo de gestão escolar e as contribuições do gestor numa perspectiva histórica e crítica, tendo em vista as determinações legais desenvolvendo propostas de intervenção com ênfase nas dimensões de gestão democrática da escola. PLANO DE ENSINO
  • 5. UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar Objetivo da Unidade: Identificar o nível de participação do gestor nas atividades referentes às dimensões administrativas, políticas e pedagógica visando o desenvolvimento dos alunos no processo ensino aprendizagem de forma objetiva. UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
  • 6. FUNÇÃO DA ESCOLA o conhecimento elaborado e sistematizado historicamentepela humanidade formação social dos alunos - ampliação da visão de mundo dos alunos OBJETO DA ESCOLA Função Social da Escola UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
  • 7. Segundo Gurgel (2008), o diretorgestor é o responsável pela criação de um ambiente acolhedor, que possibilite um trabalho educacional de qualidade, observando com rigor o projeto pedagógico da escola. Envolvendo a equipe, pais e alunos em torno desse objetivo, pois o diretorgestor é o líder, que planeja, que coordena, faz a mediação juntamente com o coletivo. UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
  • 8. • Nessa abordagem, o olhar do gestor se volta fundamentalmente para três eixos: a organização dos espaços da escola(não só as salas de aula); a mobilização de uma equipe coesa (que proposta trabalhe para alcançar uma pedagógica definida) e o estabelecimento de um canal de comunicação com pais de alunos e a comunidade do entorno (GURGEL,2008,p.24). UNIDADE I- Gestão Educacional e Gestão Escolar
  • 9. UNIDADE II - Estágio Curricular em Gestão Escolar Objetivo da Unidade: Elaborar projeto de intervenção considerando as demandas apresentadas pela escola no sentido de promover aproximação da gestão escolar com as definições do Projeto Pedagógico nos setores internos da escola e comunidade do entorno. UNIDADE II- Estágio Curricular em Gestão Escolar
  • 10. O projeto não é algo que é construído e em seguida arquivado ou encaminhado às autoridades educacionais como prova do cumprimento de tarefas burocráticas. Ele é construído e vivenciado em todos os momentos por todos os envolvidos com o processo educativo da escola (VEIGA, 1995, p. 12). UNIDADE II- Estágio Curricular em Gestão Escolar
  • 11. • A construção do Projeto Político Pedagógico da Escola, na perspectiva de uma gestão democrática e de qualidade, deve partir dos princípios de igualdade, liberdade, gestão democrática e valorização do magistério. • Esses princípios devem nortear reflexões permanentes no contexto educacional, permeando ações que possibilitem a igualdade das condições de acesso e acessibilidade de todos os envolvidos e engajados na escola, respeitando as diferenças e sendo preservada a liberdade como canal da democracia e da gestão democrática. UNIDADE II- Estágio Curricular em Gestão Escolar
  • 12. UNIDADE III - Etapas do Estágio Supervisionado em Disciplinas Específicas Objetivos da Unidade: Apresentar relatório de Estágio Supervisionado com temas pertinentes relevantes necessários ao processo de gestão escolar democrática, registrando os aspectos desafiadores e conflitantes. UNIDADE III – Etapas do Estágio Supervisionado em Disciplinas Específicas
  • 13. • “ A gestão democrática é, portanto, atitude e método. A atitude democrática é necessária, mas não é suficiente. Precisamos de métodos democráticos de efetivo exercício da democracia. Ela também é um aprendizado. Demanda tempo atenção e trabalho” ( GADOTTI,2007,p.4) UNIDADE III – Etapas do Estágio Supervisionado em Disciplinas Específicas
  • 14. METODOLOGIA DE ENSINO: A metodologia deverá ser realizada por meio das seguintes atividades:  Leitura de textos;  Encontros com tutor(a);  Elaboração de projeto de intervenção, relatório e slides;  Realização de Seminário como culminância dos trabalhos; RECURSOS DIDÁTICOS: Coletânea de textos (Bibliografia Básica); Links da internet (artigos PDF, vídeos YouTube, dentre outros); Ferramentas do Moodle (Atividades de observação, pesquisa, intervenção, relatórios); Textos, Slides, vídeos. PLANO DE ENSINO
  • 15. AVALIAÇÃO: Atividade Virtual; Elaboração relatório final; Autoavaliação. PLANO DE ENSINO
  • 16. ATIVIDADE NO AVA- Nota (1) Como você sabe, o Estágio possui várias etapas, e entre elas, o momento da observação na escola se constitui uma ferramenta fundamental para relacionar a teoria com a prática, pois possibilita aos discentes fazer um diagnóstico de um estabelecimento de ensino através da identificação das dificuldades pertinentes à Gestão Escolar como um todo, estamos vivenciando um momento muito delicado na Educação escolar Brasileira. Com o avanço da pandemia, a suspensão temporária das aulas da rede de ensino, a fim de compreender as relações dos sujeitos evolvidos entre si, o meio em que vivem e como se relacionam. Nesta atividade, você irá conhecer a realidade do funcionamento escolar durante o ensino remoto do seu município. Para conhecermos a realidade dos gestores do seu município, iremos aplicar uma entrevista, para facilitar o conhecimento de como os gestores vem desenvolvendo as suas práticas pedagógicas nesse momento atípico que estamos vivenciando. Para a realização dessa atividade, teremos as seguintes etapas: -Aplicação de uma entrevista via plataforma google forms. Para auxilia-lo nessa tarefa você pode acessar: https://biblioteca.ufc.br/wp- content/uploads/2015/09/tutorial-formularios-google.pdf - Fazer a postagem da entrevista
  • 17. Gerir uma escola é tarefa que exige comprometimento de toda a comunidade escolar. O projeto de intervenção pedagógica em gestão escolar é uma ferramenta que pode ser utilizada por educadores, pedagogos ou coordenadores, e visa compreender, explicitar ou corrigir um plano de gestão escolar já em vigor dentro da instituição de ensino. É necessário refletir um projeto que deve ser pensado com cuidado, já que geralmente entrará em ação quando a gestão pedagógica estiver apresentando dificuldades ou quando o desempenho escolar dos alunos não estiver tão bom quanto o esperado. Um relatório de gestãoescolar deverá medir os seguintes aspectos: • Otimizaçãodo desempenho escolar; • Integração entre os setores; • Funcionamento das metas; • Métricas da escola. ATIVIDADE NO AVA- Nota (2)
  • 18. Desta forma, analise os dados obtidos por meio do relatório para que assim seja possível ver os desafios e propor soluções eficazes em seu projeto de intervenção pedagógica em gestão escolar. O modelo de projeto de intervenção encontra-se como Anexo II, presente nos materiais complementares desta disciplina, oferecendo uma sugestão, não obrigatória, de tema que pode ser pensado e adequado à percepção do grupo. Cada equipe pensará em meios que visem um aprimoramento do espaço escolar visitado. Se necessário, faça uso de autores que tenham relação com a gestão escolar. Não se esqueça de referenciá-los bibliograficamente, conforme as regras da ABNT. Cada aluno deverá postar seu projeto de intervenção no Ambiente Virtual de Aprendizagem em formato de arquivo único. ATIVIDADE NO AVA- Nota (2)
  • 19. • TIPO DE ATIVIDADE: Elaboração e apresentação do Relatório de Estágio • Objetivos: • Elaborar o Relatório de Estágio; • O relatório de estágio é um documento precioso e importante para a composição do prontuário do aluno junto ao Controle Acadêmico das instituições de Ensino Superior. Nele deve conter de forma detalhada todas as atividades realizadas. ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
  • 20. • Reforçamos que, neste relatório, deverá constar um apanhado de todas as experiências vividas durante de sondagens e a proposta presente em seu projeto de intervenção, obedecendo às etapas em que as atividades foram registradas. Caso você, estudante, considere importante, utilize autores para embasar seu trabalho. Não se esqueça, porém, de fazer as devidas referências bibliográficas dos teóricos utilizados, tendo por orientação as regras da ABNT. Tendo por objetivo principal apresentar e descrever as atividades vivenciadas e desenvolvidas durante a disciplina Estágio em Áreas Específicas, a partir de um exercício relacional entre teoria e prática, construa seu relatório com o mesmo grupo definido durante todas as atividades desenvolvidas até então. ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
  • 21. Para auxiliá-lo na construção do seu relatório de estágio, indico que assista ao vídeo: “Como escrever o relatório de estágio” disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=jlxPIrmAmbI A elaboração da apresentação e socialização do relatório de estágio constitui-se como uma das ferramentas para apresentar a produção científica da formação docente. Caracteriza-se como um importante instrumento para divulgar a realização de uma prática que busca a produção de novas ideias e conhecimentos através da socialização dos saberes adquiridos durante a elaboração de uma atividade. Para auxilia-lo em sua elaboração, leia: BARBOSA, Eliane; CASTILHO, Éllen; BRANDÃO, Deyse. Estágio curricular obrigatório na gestão escolar: observações, participações e intervenções pedagógicas. XVI Semana da Educação. VI Simpósio de pesquisa e pós- graduação em Educação. Disponível em: http://www.uel.br/eventos/semanaeducacao/pages/arquivos/ANAIS/ARTIGO/ SABERES%20E%20PRATICAS/ESTAGIO%20CURRICULAR%20OBRIGATORIO%20 NA%20GESTAO%20ESCOLAR%20OBSERVACOES%20PARTICIPACOES%20E%20I NTERVENCOES%20PEDAGOGICAS.pdf. Acesso em: 04 fev. de 2021. ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
  • 22. • Critérios de Avaliação: • Apresentação de argumentos consistentes (2,0 pontos); • Análise gramatical (2,0 pontos); • Textualidade, correção gramatical, capacidade de síntese e cientificidade na elaboração do texto escrito (1,0 ponto); • Procedimentos e recursos: dinamismo, controle do tempo, utilização dos recursos etc. (1,0); • Organização dos slides de apresentação (1,0); • Tempo de apresentação ( 2,0); • Normas da ABNT – (1,0). ATIVIDADE NO AVA- Nota (3)
  • 23. • TIPO DE ATIVIDADE: Apresentação do relatório de Estágio • Apresentação, destacando as ações desenvolvidas no Projeto. • Para socialização, vocês farão uma apresentação em PowerPoint com todas as informações contidas no relatório de estágio. Não se esqueça de pontuar todas as etapas para sua construção. Outro aspecto que deve ser apresentado será o seu Projeto de intervenção construído na unidade anterior, no qual deve constar o tema, a justificativa, o referencial teórico e as ações/atividades que permearão o projeto. Para a apresentação, utilize o modelo disponível no AVA. Você poderá mudar cores e o layout da apresentação, mas deverá, obrigatoriamente, seguir todos os itens solicitados na apresentação modelo. Quando sua apresentação estiver pronta, deverá postar no AVA para avaliação dos supervisores. ATIVIDADE NO AVA- Nota (4)
  • 24. • Critérios de Avaliação: • Textualidade, correção gramatical, capacidade de síntese ( 2 pontos); • Cientificidade na elaboração do texto escrito (2 pontos); • Capacidade argumentativa ao apresentar o projeto e a cientificidade dos argumentos apresentados (2,0); • Procedimentos e recursos: dinamismo, controle do tempo, utilização dos recursos etc. (2,0); • Normas da ABNT (2,0). ATIVIDADE NO AVA- Nota (4)