SlideShare uma empresa Scribd logo
Projeto
JuntosAprendemos+
Ano Letivo 2017/2018
Educação Pré-Escolar
Agrupamento de Escolas
Elias Garcia
Juntos Aprendemos +
O Departamento de Educação Pré-Escolar 2
ÍNDICE
Introdução………………………………………………………………………………………………….……………… 3
Objetivos Gerais………………………………………………………………………………………………………… 4
Objetivos Específicos……………………………………………….…….………………………………………… 4
Metodologia …………………………………………………………………………………….………………….…… 5
Intervenientes ………………………………………………………………………………….………………….…. 5
Estratégias/Atividades……………………………………………………………………………………………… 5
Recursos materiais………………………………………………………………………………………….………. 7
Recursos humanos e institucionais……………………………………………………….………………… 7
Desenvolvimento do projeto………………………………………………………………………………….… 8
Conclusão…………………………………………………………………………………………………………….…… 8
Avaliação…………………………………………………………………………………………………………………. 9
Juntos Aprendemos +
O Departamento de Educação Pré-Escolar 3
INTRODUÇÃO
A articulação entre as várias etapas do percurso educativo, implica uma sequencialidade progressiva
conferindo a cada etapa a função de completar, aprofundar e alargar a etapa anterior, numa perspetiva
de continuidade e unidade global de educação e desenvolvimento da criança. Compete aos educadores
de infância e professores, ter uma atitude proativa na procura desta continuidade/sequencialidade, não
deixando de afirmar a especificidade de cada etapa, porém criando condições para uma articulação co-
construída escutando os pais, os profissionais, as crianças/alunos e as suas perspetivas.
Assim, procurando ir ao encontro da necessidade do resgate do instante mágico do contar de
histórias, por meio de dinâmicas e vivencias criativas, queremos despertar os contadores de histórias
que existem em cada criança, família e escola valorizando a relação com o livro, como fonte de
inspiração e colaborando na formação de futuros leitores, mais esclarecidos e intervenientes, com uma
perspetiva integrada e atuante na vida em sociedade.
É neste contexto, que o Jardim de Infância assume um papel de extrema importância, na
participação ativa das crianças nas atividades desenvolvidas e na interação entre pares do seu grupo
etário, com outras salas de pré-escolar, outros ciclos, famílias e adultos. Deste modo são fomentados
hábitos de leitura, o desenvolvimento da criatividade e do espírito crítico, bem como estímulo do
Domínio da Linguagem Oral e da Abordagem à Escrita, que integra a Área de Expressão e Comunicação
das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar (OCEPE).
A planificação conjunta das atividades a realizar, é assim condição determinante para o sucesso da
sua integração na escolaridade obrigatória. Deve ser facultada uma situação facilitadora da continuidade
educativa. Esta transição envolve estratégias de articulação que passam, não só pela valorização das
aquisições feitas, pela criança, como pela articulação com o 1º ciclo, com vista a uma melhor adaptação
nesse nível de ensino.
Este projeto visa também a interação com outros ciclos do agrupamento e outras escolas, que
permitam estimular a partilha e a cooperação entre as crianças/alunos dos diferentes níveis. Tendo
como objetivos, promover a articulação curricular contribuindo assim, para o sucesso escolar das
crianças/alunos.
OBJETIVOS GERAIS
 Partilhar experiências e atividades entre as crianças dos vários grupos de Pré-Escolar e com os
alunos e docentes de outros ciclos;
 Partilhar experiências e atividades entre crianças/alunos, famílias e comunidade educativa e
outros parceiros;
Juntos Aprendemos +
O Departamento de Educação Pré-Escolar 4
 Adquirir novos saberes com os conteúdos e conhecimentos adquiridos ao nível de todas as Áreas
de Conteúdo das Orientações Curriculares;
 Dar continuidade educativa entre a Educação Pré-Escolar e o 1.º ciclo;
 Dar a conhecer às famílias e às crianças as vivências da rotina na Educação Pré-Escolar e noutros
ciclos;
 Promover a relação com a comunidade educativa em geral (envolvimento em atividades
propostas por outros parceiros educativos), enriquecimento da visão da criança sobre o mundo,
desenvolver a socialização na vivência com o outro, em diferentes meios sociais e dar a conhecer
o meio escolar para além da sua sala de atividades/aula;
 Desenvolver o raciocínio, a imaginação e criatividade através de histórias mais elaboradas,
enredos intrigantes que agitem o imaginário e o raciocínio da criança/aluno.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
 Desenvolver o gosto/hábitos de leitura;
 Promover o livro recreativo e de aprendizagem;
 Proporcionar às crianças/alunos, meios de contacto com o património literário;
 Criar predisposições positivas para a aprendizagem;
 Desenvolver vínculos afetivos, seguros e positivos entre pares, alunos e professores de outros
ciclos, famílias e adultos.
METODOLOGIA
 Interligação e articulação entre a Educação Pré-Escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclo;
 Sempre que possível, planificar e realizar atividades conjuntas ao longo do ano, entre Pré-Escolar
e 1.º ciclo;
 Estabelecer contactos durante o ano letivo, formais e informais, com os professores, no sentido
de conhecer mutuamente o trabalho realizado nos respetivos níveis de educação/ensino e
conteúdos das Áreas de Conteúdo/Aprendizagem;
 Planificar e desenvolver projetos/atividades comuns, a realizar ao longo do ano letivo;
 Registo escrito e diálogos (individuais, pequeno e grande grupo);
 Pesquisar livros de referência – PNL “Ler+”;
 Realizar: visitas de estudo (se houver apoio da câmara municipal de Almada para o transporte) às
bibliotecas do concelho, exposições e atividades conjuntas;
 Nas reuniões de articulação entre docentes, partilhar, planificar, avaliar e acompanhar as
crianças/alunos;
 Envolver as famílias e a comunidade nas atividades.
Juntos Aprendemos +
O Departamento de Educação Pré-Escolar 5
INTERVENIENTES
 As crianças da Educação Pré-Escolar e Educadores de Infância do Agrupamento de Escolas Elias
Garcia;
 Alunos e Docentes dos outros ciclos;
 Famílias/encarregados de educação;
 Assistentes operacionais;
 Comunidade educativa;
 Outros parceiros.
DESENVOLVIMENTO DO PROJETO
ESTRATÉGIAS/ATIVIDADES
A formação das crianças, nesta fase, deve ser pensada como um processo global e complexo, no qual,
“conhecer e intervir” não se encontram dissociados. Assim, as atividades/estratégias a desenvolver,
devem assumir um papel preponderante, na medida em que, é através da ação que a criança assume e
adquire o “seu saber”. Sendo assim, são apresentadas as seguintes sugestões (ficando a ressalva de que
a estas podem ser acrescidas outras que se considerem pertinentes):
1.º Período
 Conhecer a Biblioteca da escola/Jardim de Infância;
 Ouvir contar histórias na biblioteca por adultos e por outras crianças/alunos;
 Recriação de histórias através de teatro e outras formas de dramatização;
 Registar e descrever as experiências das crianças;
 Manipular os livros da biblioteca;
 Requisitar livros da biblioteca;
 Participar nas feiras do livro;
 Promover a criatividade e imaginação, envolvendo os diferentes ciclos, sensibilizando para a
importância da escrita como meio de comunicação;
 Promover o envolvimento da família na importância do conto e reconto;
 Promover o envolvimento da família e crianças na decoração dos espaços escolares, nas campanhas
de solidariedade e festas da escola.
2.º Período
 Informação relativa às ações a desenvolver em família, nas reuniões de pais;
 Atividade: “Ler e trazer” - Requisição de livros: Pretende-se a valorização da leitura, dos livros e do
prazer de ler. Fazer do contacto com o livro, um dos momentos mais importantes do dia-a-dia. Com
requisição de livros será promovido na família, o envolvimento nas atividades de leitura,
enriquecendo a visão da criança sobre o mundo, e procurando desenvolver a socialização na
Juntos Aprendemos +
O Departamento de Educação Pré-Escolar 6
vivência com o outro (adultos e crianças) em diferentes contextos sociais, dando a conhecer o meio
escolar para além da sua sala de atividades.
 Partilhar com os pares a experiência vivida em família, em contexto de sala;
 Registo da leitura da experiência em família;
 Participação nas atividades dinamizadas na biblioteca da escola com Educadores, Professores
crianças/alunos de outros ciclos;
 Criar o final de uma história com a atividade “Vitória, vitória, o que fazer com esta história?
O Educador/Professor de cada grupo/turma apresenta o livro ao seu grupo/turma e efectuam a
leitura até uma página pré-estabelecida. As crianças/alunos realizam um trabalho criativo
relacionado com a história (texto, desenho, pintura, colagem, escultura, etc). Posteriormente,
apresentam-se às crianças/alunos todos os trabalhados realizados e procedendo-se à
exposição/PowerPoint nas Escola sede do Agrupamento ou Escolas participantes.
Este ano o livro seleccionado é o Cuquedo, da autoria de Clara Cunha, da editora Livros Horizonte.
A partir da personagem desta história as crianças/alunos podem criar e imaginar como será o
Cuquedo.
3.º Período
 Continuação das atividades desenvolvidas no 2.º período;
 Partilha dos trabalhos dos diversos grupos/turmas e divulgação dos trabalhos desenvolvidos;
 Participação das famílias na “Hora do conto”;
 Apresentação e/ou exposição no final do ano.
RECURSOS MATERIAIS
 Livros
 Materiais multimédia
 Materiais de desgaste
 Folhetos
 Painéis
 Fichas
 Outros
RECURSOS HUMANOS E INSTITUCIONAIS
 Crianças
 Educadores
 Alunos
 Professores
Juntos Aprendemos +
O Departamento de Educação Pré-Escolar 7
 Assistentes e auxiliares da ação educativa
 Encarregados de educação e/ou outros membros da família
 Comunidade escolar
CONCLUSÃO
Ao implementar este projeto, adaptando uma estratégia faseada, concretizam-se um conjunto de
medidas destinadas a promover o desenvolvimento de competências nos domínios da leitura e escrita,
bem como o alargamento e aprofundamento dos hábitos de leitura, o aumento dos níveis de literacia e
numeracia, com a aquisição de novos saberes convergentes nas Orientações Curriculares da Educação
Pré-Escolar (OCEPE).
AVALIAÇÃO
Será feita uma avaliação trimestral, para análise dos trabalhos desenvolvidos que poderá reorientar
atividades previstas de modo a que esta intervenção junto das crianças/alunos seja feita de forma
aprazível e lúdica.
Processa-se através de:
 Nível de envolvimento dos intervenientes;
 Elaboração de registos;
 Exposições das crianças, alunos e famílias;
 Visualização de filmes e fotografias;
 Conversas/diálogos com os grupos;
 Realização de reuniões (de departamento, de articulação com o primeiro ciclo e famílias);
 Contatos formais e informais com diferentes parceiros.
“Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção”-
Paulo Freire
Sobreda, outubro de 2017

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem
orientacoesdidaticas
 
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/ParforTrabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Lúcia Maia
 
Planejamento 2014 Secretaria Municipal de Marília
Planejamento 2014 Secretaria Municipal de MaríliaPlanejamento 2014 Secretaria Municipal de Marília
Planejamento 2014 Secretaria Municipal de Marília
Rosemary Batista
 
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de ApresentaçaoPNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
ElieneDias
 
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
Jede Silva
 
Caderno de Apresentação - PNAIC Matemática
Caderno de Apresentação - PNAIC MatemáticaCaderno de Apresentação - PNAIC Matemática
Caderno de Apresentação - PNAIC Matemática
Aline Caixeta
 
5360 3477 modelo de artigo 13102012
5360 3477 modelo de artigo 131020125360 3477 modelo de artigo 13102012
5360 3477 modelo de artigo 13102012
lethissias
 

Mais procurados (20)

Slides Unidade 8
Slides Unidade 8Slides Unidade 8
Slides Unidade 8
 
Slides educação integral 2011
Slides educação integral 2011Slides educação integral 2011
Slides educação integral 2011
 
1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem1º ano Expectativas de Aprendizagem
1º ano Expectativas de Aprendizagem
 
Projeto estágio séries iniciais set-2014
Projeto estágio séries iniciais  set-2014Projeto estágio séries iniciais  set-2014
Projeto estágio séries iniciais set-2014
 
Trabalho grupo artes na abnt mandar (1)
Trabalho grupo artes na abnt mandar (1)Trabalho grupo artes na abnt mandar (1)
Trabalho grupo artes na abnt mandar (1)
 
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/ParforTrabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
 
Planejamento 2014 Secretaria Municipal de Marília
Planejamento 2014 Secretaria Municipal de MaríliaPlanejamento 2014 Secretaria Municipal de Marília
Planejamento 2014 Secretaria Municipal de Marília
 
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de ApresentaçaoPNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
 
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² GraçaProfª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
 
Orientações professor
 Orientações professor Orientações professor
Orientações professor
 
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
 
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COGNITIVO DO SER HUMANO:...
 
A IMPORTÂNCIA DAS OFICINAS LÚDICAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS.
 A IMPORTÂNCIA DAS OFICINAS LÚDICAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS. A IMPORTÂNCIA DAS OFICINAS LÚDICAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS.
A IMPORTÂNCIA DAS OFICINAS LÚDICAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS.
 
Proposta Pedagogica 2013
Proposta Pedagogica 2013Proposta Pedagogica 2013
Proposta Pedagogica 2013
 
Pnaic caderno 7
Pnaic caderno 7Pnaic caderno 7
Pnaic caderno 7
 
1ano
1ano1ano
1ano
 
Caderno de Apresentação - PNAIC Matemática
Caderno de Apresentação - PNAIC MatemáticaCaderno de Apresentação - PNAIC Matemática
Caderno de Apresentação - PNAIC Matemática
 
Pnaic caderno 10
Pnaic caderno 10Pnaic caderno 10
Pnaic caderno 10
 
Caderno plan. 1º ano
Caderno plan. 1º anoCaderno plan. 1º ano
Caderno plan. 1º ano
 
5360 3477 modelo de artigo 13102012
5360 3477 modelo de artigo 131020125360 3477 modelo de artigo 13102012
5360 3477 modelo de artigo 13102012
 

Semelhante a Projeto Juntos aprendemos + 17.18

Bloco9 organizacao temposespaco
Bloco9 organizacao temposespacoBloco9 organizacao temposespaco
Bloco9 organizacao temposespaco
Lucimar Veiga
 
interdisciplinaridade
interdisciplinaridadeinterdisciplinaridade
interdisciplinaridade
Rhaykaisa
 
Artigo semana de pedagogia - pdf
Artigo   semana de pedagogia - pdfArtigo   semana de pedagogia - pdf
Artigo semana de pedagogia - pdf
Suyanne Costa
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
danizinha_blog
 
Brincar com palavras e letras
Brincar com palavras e  letrasBrincar com palavras e  letras
Brincar com palavras e letras
Albertina Pereira
 
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco pazPPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
Veronica Mesquita
 

Semelhante a Projeto Juntos aprendemos + 17.18 (20)

Atividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do AgrupamentoAtividades que constam do PAA do Agrupamento
Atividades que constam do PAA do Agrupamento
 
BRINCANDO E APRENDENDO: UMA ARTICULAÇÃO POSSÍVEL ENTRE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA...
BRINCANDO E APRENDENDO: UMA ARTICULAÇÃO POSSÍVEL ENTRE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA...BRINCANDO E APRENDENDO: UMA ARTICULAÇÃO POSSÍVEL ENTRE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA...
BRINCANDO E APRENDENDO: UMA ARTICULAÇÃO POSSÍVEL ENTRE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA...
 
Bloco9 organizacao temposespaco
Bloco9 organizacao temposespacoBloco9 organizacao temposespaco
Bloco9 organizacao temposespaco
 
interdisciplinaridade
interdisciplinaridadeinterdisciplinaridade
interdisciplinaridade
 
Artigo semana de pedagogia - pdf
Artigo   semana de pedagogia - pdfArtigo   semana de pedagogia - pdf
Artigo semana de pedagogia - pdf
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
Projeto de leitur1
Projeto de leitur1Projeto de leitur1
Projeto de leitur1
 
Material impresso na educação ana
Material impresso na educação anaMaterial impresso na educação ana
Material impresso na educação ana
 
Ano 1 unidade_2
Ano 1 unidade_2Ano 1 unidade_2
Ano 1 unidade_2
 
Como montar um projeto
Como montar um projetoComo montar um projeto
Como montar um projeto
 
Projeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criançaProjeto brincadeira de criança
Projeto brincadeira de criança
 
Brincar com palavras e letras
Brincar com palavras e  letrasBrincar com palavras e  letras
Brincar com palavras e letras
 
Projeto mala viajante tn 1
Projeto mala viajante tn 1Projeto mala viajante tn 1
Projeto mala viajante tn 1
 
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco pazPPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
PPP 2013 e 2014 da escola pr francisco paz
 
Proposta+pedagógica111
Proposta+pedagógica111Proposta+pedagógica111
Proposta+pedagógica111
 
Projeto Contos Infantis- Ensino Fundamental
Projeto Contos Infantis- Ensino FundamentalProjeto Contos Infantis- Ensino Fundamental
Projeto Contos Infantis- Ensino Fundamental
 
PROJETO DE LEITURA.docx
PROJETO DE LEITURA.docxPROJETO DE LEITURA.docx
PROJETO DE LEITURA.docx
 
2009 07-12 projecto a ler+(apresentação em cp)
2009 07-12 projecto a ler+(apresentação em cp)2009 07-12 projecto a ler+(apresentação em cp)
2009 07-12 projecto a ler+(apresentação em cp)
 
Projecto A Ler+
Projecto A Ler+Projecto A Ler+
Projecto A Ler+
 

Mais de Elias Garcia

Etwinning Connecting your worlds with art 4thE
Etwinning Connecting your worlds with art 4thEEtwinning Connecting your worlds with art 4thE
Etwinning Connecting your worlds with art 4thE
Elias Garcia
 

Mais de Elias Garcia (20)

Folheto de doenças sexualmente transmissíveis
Folheto de doenças sexualmente transmissíveisFolheto de doenças sexualmente transmissíveis
Folheto de doenças sexualmente transmissíveis
 
Trabalhando pela Fome Zero
Trabalhando pela Fome ZeroTrabalhando pela Fome Zero
Trabalhando pela Fome Zero
 
A história de A Bela e o Monstro
A história de A Bela e o MonstroA história de A Bela e o Monstro
A história de A Bela e o Monstro
 
Etwinning Connecting your worlds with art 4thE
Etwinning Connecting your worlds with art 4thEEtwinning Connecting your worlds with art 4thE
Etwinning Connecting your worlds with art 4thE
 
Afetos e armadilhas - a violência no namoro
Afetos e armadilhas - a violência no namoroAfetos e armadilhas - a violência no namoro
Afetos e armadilhas - a violência no namoro
 
Cuquedo de Clara Cunha e il. de Paulo Garlindo
Cuquedo de Clara Cunha e il. de Paulo GarlindoCuquedo de Clara Cunha e il. de Paulo Garlindo
Cuquedo de Clara Cunha e il. de Paulo Garlindo
 
O quadro que não quer acabar
O quadro que não quer acabarO quadro que não quer acabar
O quadro que não quer acabar
 
Noticias do PNC novembro
Noticias do PNC novembroNoticias do PNC novembro
Noticias do PNC novembro
 
Ser feliz clubedeleitura_30 de outubro
Ser feliz clubedeleitura_30 de outubroSer feliz clubedeleitura_30 de outubro
Ser feliz clubedeleitura_30 de outubro
 
Noticias do PNC setembro 2017
Noticias do PNC  setembro 2017Noticias do PNC  setembro 2017
Noticias do PNC setembro 2017
 
Plano nacional de cinema 2017 18_lista_filmes
Plano nacional de cinema 2017 18_lista_filmesPlano nacional de cinema 2017 18_lista_filmes
Plano nacional de cinema 2017 18_lista_filmes
 
Atividades e Projetos | Eco-Escolas 2016/17
Atividades e Projetos | Eco-Escolas 2016/17Atividades e Projetos | Eco-Escolas 2016/17
Atividades e Projetos | Eco-Escolas 2016/17
 
Relatorio clube de leitura das BES Elias Garcia
Relatorio clube de leitura das BES Elias GarciaRelatorio clube de leitura das BES Elias Garcia
Relatorio clube de leitura das BES Elias Garcia
 
Livros selecionados para o 3.º ciclo
Livros selecionados para o 3.º cicloLivros selecionados para o 3.º ciclo
Livros selecionados para o 3.º ciclo
 
Livros nomeados para o 1.º ciclo
Livros nomeados para o 1.º cicloLivros nomeados para o 1.º ciclo
Livros nomeados para o 1.º ciclo
 
Livros nomeados para o 2.º ciclo
Livros nomeados para o 2.º cicloLivros nomeados para o 2.º ciclo
Livros nomeados para o 2.º ciclo
 
Maneiras de descodificar o mundo
Maneiras de descodificar o mundoManeiras de descodificar o mundo
Maneiras de descodificar o mundo
 
Ficha inscricao clubes 16_17
Ficha inscricao clubes 16_17Ficha inscricao clubes 16_17
Ficha inscricao clubes 16_17
 
Divulgação de Clubes e projetos do dia do agrupamento
Divulgação de Clubes e projetos do dia do agrupamentoDivulgação de Clubes e projetos do dia do agrupamento
Divulgação de Clubes e projetos do dia do agrupamento
 
BD - Queres conhecer o projeto prove?
BD - Queres conhecer o projeto prove?BD - Queres conhecer o projeto prove?
BD - Queres conhecer o projeto prove?
 

Último

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
LisaneWerlang
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 

Último (20)

Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade genetic
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 

Projeto Juntos aprendemos + 17.18

  • 1. Projeto JuntosAprendemos+ Ano Letivo 2017/2018 Educação Pré-Escolar Agrupamento de Escolas Elias Garcia
  • 2. Juntos Aprendemos + O Departamento de Educação Pré-Escolar 2 ÍNDICE Introdução………………………………………………………………………………………………….……………… 3 Objetivos Gerais………………………………………………………………………………………………………… 4 Objetivos Específicos……………………………………………….…….………………………………………… 4 Metodologia …………………………………………………………………………………….………………….…… 5 Intervenientes ………………………………………………………………………………….………………….…. 5 Estratégias/Atividades……………………………………………………………………………………………… 5 Recursos materiais………………………………………………………………………………………….………. 7 Recursos humanos e institucionais……………………………………………………….………………… 7 Desenvolvimento do projeto………………………………………………………………………………….… 8 Conclusão…………………………………………………………………………………………………………….…… 8 Avaliação…………………………………………………………………………………………………………………. 9
  • 3. Juntos Aprendemos + O Departamento de Educação Pré-Escolar 3 INTRODUÇÃO A articulação entre as várias etapas do percurso educativo, implica uma sequencialidade progressiva conferindo a cada etapa a função de completar, aprofundar e alargar a etapa anterior, numa perspetiva de continuidade e unidade global de educação e desenvolvimento da criança. Compete aos educadores de infância e professores, ter uma atitude proativa na procura desta continuidade/sequencialidade, não deixando de afirmar a especificidade de cada etapa, porém criando condições para uma articulação co- construída escutando os pais, os profissionais, as crianças/alunos e as suas perspetivas. Assim, procurando ir ao encontro da necessidade do resgate do instante mágico do contar de histórias, por meio de dinâmicas e vivencias criativas, queremos despertar os contadores de histórias que existem em cada criança, família e escola valorizando a relação com o livro, como fonte de inspiração e colaborando na formação de futuros leitores, mais esclarecidos e intervenientes, com uma perspetiva integrada e atuante na vida em sociedade. É neste contexto, que o Jardim de Infância assume um papel de extrema importância, na participação ativa das crianças nas atividades desenvolvidas e na interação entre pares do seu grupo etário, com outras salas de pré-escolar, outros ciclos, famílias e adultos. Deste modo são fomentados hábitos de leitura, o desenvolvimento da criatividade e do espírito crítico, bem como estímulo do Domínio da Linguagem Oral e da Abordagem à Escrita, que integra a Área de Expressão e Comunicação das Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar (OCEPE). A planificação conjunta das atividades a realizar, é assim condição determinante para o sucesso da sua integração na escolaridade obrigatória. Deve ser facultada uma situação facilitadora da continuidade educativa. Esta transição envolve estratégias de articulação que passam, não só pela valorização das aquisições feitas, pela criança, como pela articulação com o 1º ciclo, com vista a uma melhor adaptação nesse nível de ensino. Este projeto visa também a interação com outros ciclos do agrupamento e outras escolas, que permitam estimular a partilha e a cooperação entre as crianças/alunos dos diferentes níveis. Tendo como objetivos, promover a articulação curricular contribuindo assim, para o sucesso escolar das crianças/alunos. OBJETIVOS GERAIS  Partilhar experiências e atividades entre as crianças dos vários grupos de Pré-Escolar e com os alunos e docentes de outros ciclos;  Partilhar experiências e atividades entre crianças/alunos, famílias e comunidade educativa e outros parceiros;
  • 4. Juntos Aprendemos + O Departamento de Educação Pré-Escolar 4  Adquirir novos saberes com os conteúdos e conhecimentos adquiridos ao nível de todas as Áreas de Conteúdo das Orientações Curriculares;  Dar continuidade educativa entre a Educação Pré-Escolar e o 1.º ciclo;  Dar a conhecer às famílias e às crianças as vivências da rotina na Educação Pré-Escolar e noutros ciclos;  Promover a relação com a comunidade educativa em geral (envolvimento em atividades propostas por outros parceiros educativos), enriquecimento da visão da criança sobre o mundo, desenvolver a socialização na vivência com o outro, em diferentes meios sociais e dar a conhecer o meio escolar para além da sua sala de atividades/aula;  Desenvolver o raciocínio, a imaginação e criatividade através de histórias mais elaboradas, enredos intrigantes que agitem o imaginário e o raciocínio da criança/aluno. OBJETIVOS ESPECÍFICOS  Desenvolver o gosto/hábitos de leitura;  Promover o livro recreativo e de aprendizagem;  Proporcionar às crianças/alunos, meios de contacto com o património literário;  Criar predisposições positivas para a aprendizagem;  Desenvolver vínculos afetivos, seguros e positivos entre pares, alunos e professores de outros ciclos, famílias e adultos. METODOLOGIA  Interligação e articulação entre a Educação Pré-Escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclo;  Sempre que possível, planificar e realizar atividades conjuntas ao longo do ano, entre Pré-Escolar e 1.º ciclo;  Estabelecer contactos durante o ano letivo, formais e informais, com os professores, no sentido de conhecer mutuamente o trabalho realizado nos respetivos níveis de educação/ensino e conteúdos das Áreas de Conteúdo/Aprendizagem;  Planificar e desenvolver projetos/atividades comuns, a realizar ao longo do ano letivo;  Registo escrito e diálogos (individuais, pequeno e grande grupo);  Pesquisar livros de referência – PNL “Ler+”;  Realizar: visitas de estudo (se houver apoio da câmara municipal de Almada para o transporte) às bibliotecas do concelho, exposições e atividades conjuntas;  Nas reuniões de articulação entre docentes, partilhar, planificar, avaliar e acompanhar as crianças/alunos;  Envolver as famílias e a comunidade nas atividades.
  • 5. Juntos Aprendemos + O Departamento de Educação Pré-Escolar 5 INTERVENIENTES  As crianças da Educação Pré-Escolar e Educadores de Infância do Agrupamento de Escolas Elias Garcia;  Alunos e Docentes dos outros ciclos;  Famílias/encarregados de educação;  Assistentes operacionais;  Comunidade educativa;  Outros parceiros. DESENVOLVIMENTO DO PROJETO ESTRATÉGIAS/ATIVIDADES A formação das crianças, nesta fase, deve ser pensada como um processo global e complexo, no qual, “conhecer e intervir” não se encontram dissociados. Assim, as atividades/estratégias a desenvolver, devem assumir um papel preponderante, na medida em que, é através da ação que a criança assume e adquire o “seu saber”. Sendo assim, são apresentadas as seguintes sugestões (ficando a ressalva de que a estas podem ser acrescidas outras que se considerem pertinentes): 1.º Período  Conhecer a Biblioteca da escola/Jardim de Infância;  Ouvir contar histórias na biblioteca por adultos e por outras crianças/alunos;  Recriação de histórias através de teatro e outras formas de dramatização;  Registar e descrever as experiências das crianças;  Manipular os livros da biblioteca;  Requisitar livros da biblioteca;  Participar nas feiras do livro;  Promover a criatividade e imaginação, envolvendo os diferentes ciclos, sensibilizando para a importância da escrita como meio de comunicação;  Promover o envolvimento da família na importância do conto e reconto;  Promover o envolvimento da família e crianças na decoração dos espaços escolares, nas campanhas de solidariedade e festas da escola. 2.º Período  Informação relativa às ações a desenvolver em família, nas reuniões de pais;  Atividade: “Ler e trazer” - Requisição de livros: Pretende-se a valorização da leitura, dos livros e do prazer de ler. Fazer do contacto com o livro, um dos momentos mais importantes do dia-a-dia. Com requisição de livros será promovido na família, o envolvimento nas atividades de leitura, enriquecendo a visão da criança sobre o mundo, e procurando desenvolver a socialização na
  • 6. Juntos Aprendemos + O Departamento de Educação Pré-Escolar 6 vivência com o outro (adultos e crianças) em diferentes contextos sociais, dando a conhecer o meio escolar para além da sua sala de atividades.  Partilhar com os pares a experiência vivida em família, em contexto de sala;  Registo da leitura da experiência em família;  Participação nas atividades dinamizadas na biblioteca da escola com Educadores, Professores crianças/alunos de outros ciclos;  Criar o final de uma história com a atividade “Vitória, vitória, o que fazer com esta história? O Educador/Professor de cada grupo/turma apresenta o livro ao seu grupo/turma e efectuam a leitura até uma página pré-estabelecida. As crianças/alunos realizam um trabalho criativo relacionado com a história (texto, desenho, pintura, colagem, escultura, etc). Posteriormente, apresentam-se às crianças/alunos todos os trabalhados realizados e procedendo-se à exposição/PowerPoint nas Escola sede do Agrupamento ou Escolas participantes. Este ano o livro seleccionado é o Cuquedo, da autoria de Clara Cunha, da editora Livros Horizonte. A partir da personagem desta história as crianças/alunos podem criar e imaginar como será o Cuquedo. 3.º Período  Continuação das atividades desenvolvidas no 2.º período;  Partilha dos trabalhos dos diversos grupos/turmas e divulgação dos trabalhos desenvolvidos;  Participação das famílias na “Hora do conto”;  Apresentação e/ou exposição no final do ano. RECURSOS MATERIAIS  Livros  Materiais multimédia  Materiais de desgaste  Folhetos  Painéis  Fichas  Outros RECURSOS HUMANOS E INSTITUCIONAIS  Crianças  Educadores  Alunos  Professores
  • 7. Juntos Aprendemos + O Departamento de Educação Pré-Escolar 7  Assistentes e auxiliares da ação educativa  Encarregados de educação e/ou outros membros da família  Comunidade escolar CONCLUSÃO Ao implementar este projeto, adaptando uma estratégia faseada, concretizam-se um conjunto de medidas destinadas a promover o desenvolvimento de competências nos domínios da leitura e escrita, bem como o alargamento e aprofundamento dos hábitos de leitura, o aumento dos níveis de literacia e numeracia, com a aquisição de novos saberes convergentes nas Orientações Curriculares da Educação Pré-Escolar (OCEPE). AVALIAÇÃO Será feita uma avaliação trimestral, para análise dos trabalhos desenvolvidos que poderá reorientar atividades previstas de modo a que esta intervenção junto das crianças/alunos seja feita de forma aprazível e lúdica. Processa-se através de:  Nível de envolvimento dos intervenientes;  Elaboração de registos;  Exposições das crianças, alunos e famílias;  Visualização de filmes e fotografias;  Conversas/diálogos com os grupos;  Realização de reuniões (de departamento, de articulação com o primeiro ciclo e famílias);  Contatos formais e informais com diferentes parceiros. “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção”- Paulo Freire Sobreda, outubro de 2017