SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
MANUAL DO PROJETO INTEGRADOR I 
(Política, regulamentação e orientação) 
APRESENTAÇÃO 
O exercício da interdisciplinaridade é de fundamental importância ao profissional em 
construção que almeja a atuação em um planeta em que políticas, programas e projetos 
governamentais e não-governamentais, estão cada vez mais globalizados e interdependentes. 
É crescente a percepção humana da interação dos fatores físicos, bióticos e socioeconômicos 
que regem os processos ecológicos e que influenciam o contexto socioeconômico em que vivemos. O 
atual mercado de trabalho exige profissionais com o perfil que exibe uma formação neste contexto. 
Assim, este manual apresenta em sua estrutura, um conjunto de orientações voltadas ao 
esclarecimento do aluno dos cursos técnicos quanto às diretrizes, etapas, normas, formatos e 
cronograma aplicáveis ao projeto integrador. 
01 – OBJETIVOS: 
01.1 – Objetivo Geral: 
Este manual tem como finalidade organizar a elaboração e apresentação dos Projetos 
Integradores dos alunos dos cursos técnico da Faculdade FACIPLAC. Assim, as orientações 
contidas neste manual devem ser seguidas na íntegra. Objetivo de ser ainda um condutor do 
planejamento e desenvolvimento dos temas abordados e propostos para cada um dos semestres dos 
cursos, com a orientação do Professor da disciplina, quanto à estruturação, formatação e 
apresentação do projeto. 
01.2- Objetivos Específicos: 
· Proporcionar aos alunos a oportunidade de desenvolver um trabalho prático com clareza que 
integre as relações existente entre as diversas teorias abordadas pelas disciplinas cursadas no 
semestre letivo, além de promover cada vez mais a interação dos conteúdos apresentados; 
· Aquisição de conhecimentos linguísticos por meio da leitura; 
· Conhecer os textos de acordo com a função, organização, estrutura e conhecimento; 
· Formar opinião sobre os diversos assuntos expressos nos textos lidos; 
· Exercitar a prática pedagógica por meio de projetos pedagógicos interdisciplinares; 
· Apresentar uma pedagogia voltada para o desenvolvimento da capacidade investigativa, reflexiva e 
crítica; 
· Reconhecer a sala de aula como espaço de construção efetivo do conhecimento pedagógico; 
· Entender a relação teoria-prática como um processo indissociável, no exercício da profissão; 
· Desenvolver uma prática pedagógica articulada com os saberes construídos cientificamente; 
· Possibilitar aos alunos fundamentos e aspectos metodológicos iniciais para realização de 
trabalhos profissionais, estimulando o espírito cooperativo e sensibilizando-o para a importância do 
trabalho em equipe; 
· Possibilitar aos alunos o desenvolvimento de relatório final do projeto desenvolvido; 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
· Propiciar aos alunos o desenvolvimento de apresentação de trabalhos. 
02 – INTRODUÇÃO 
A interdisciplinaridade é o exercício da correlação entre as diversas áreas e sub áreas do 
conhecimento. 
A compreensão e a prática desta habilidade são de fundamental importância para a 
eficiência, mas em especial, para a eficácia e otimização da atuação profissional. 
O projeto integrador visa promover ao aluno dos cursos técnicos a percepção e compreensão 
da correlação entre as diversas sub áreas do curso, a partir da idealização, elaboração, execução e 
defesa de projetos nas grandes áreas de qualificação de cada um dos cursos. 
Esta atividade de integração curricular configura-se como avaliação de desempenho, 
atividade obrigatória e prevista no projeto pedagógico dos cursos técnicos. 
Para isso, os(as) atores(as) partirão de hipóteses e chegarão às conclusões, baseando-se em 
todos os conhecimentos adquiridos e experimentos desenvolvidos, bem como, atender a regras 
mínimas de formatação. 
Portanto o projeto integrador é uma atividade dos Cursos Técnicos para promover a relação 
entre teoria e prática por meio da integração de conteúdos e metodologias de diferentes disciplinas de 
um mesmo semestre (ocorrerá em todos os semestres), encadeado pela coordenação do Curso e um 
Professor Integrador. 
O Trabalho Integrador está previsto no Projeto Pedagógico e dessa forma a participação é 
obrigatória para todos alunos nos semestres indicados. 
03 - CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO DISCENTE NO PROJETO INTEGRADOR 
Para a efetiva participação no Projeto Integrador, atividade esta caracterizada como uma disciplina 
avaliativa, e deverão ser observados pelos alunos como critérios mínimos: 
a) O discente deverá estar regularmente matriculado no semestre; 
b) O discente ou grupo de discentes deverá contar com a orientação do professor da disciplina no 
curso técnico; 
c) Como parâmetro temporal referencial, deverá ser observado o calendário acadêmico dos cursos 
Técnicos da FACIPLAC. 
04 - ESCOLHA DO TEMA 
A escolha do tema do projeto integrador deverá ser realizada entre o aluno ou grupo de 
alunos juntamente com o orientador, e deverá estar correlata à área de qualificação do semestre em 
que o aluno ou grupo de alunos estiverem matriculados. 
05 - ORGANIZAÇÃO DISCENTE PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO INTEGRADOR 
Os alunos regularmente matriculados deverão se organizar em grupos de no máximo 05 
alunos, devendo cada um dos grupos apresentar tema distinto aos demais. 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
Os alunos regularmente matriculados no último semestre deverão, elaborar e desenvolver e 
apresentar o Projeto Integrador. 
06 – ORGANIZAÇÃO DOCENTE PARA O PROJETO INTEGRADOR 
O professor orientador dedicará um tempo determinado semanalmente para a orientação ao 
aluno ou grupo de alunos, em horários consensualmente acordados entre coordenação, orientador e 
orientados. 
07 - ORIENTAÇÕES AO DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO DO PROJETO INTEGRADOR 
Em relação a todas as fases do projeto integrador e a redação do trabalho, o aluno ou grupo 
de alunos deverão observar e cumprir as normas de redação e formatação, apresentadas no Manual 
com as seguintes complementações: 
a) O projeto integrador a ser elaborado no primeiro início do semestre será um banner pré projetor; 
no segundo um projeto e o terceiro um artigo que deverá conter no máximo dez páginas; 
b) estruturação: capa; sumário; introdução; revisão bibliográfica; objetivos; materiais e método; 
resultados esperados; cronograma físico-financeiro e Referências Bibliográficas. 
c) Ao final da execução do projeto integrador, o mesmo deverá ser apresentado em formato de artigo 
ou trabalho, contendo no máximo dez páginas. 
d) Constam no anexo deste manual as orientações pertinentes ao conteúdo de cada item do 
conteúdo do projeto integrador, artigo científico, trabalho de revisão bibliográfica e estudo de caso, 
assim como formatação dos mesmos. 
08 – ENTREGA DO PROJETO À COORDENAÇÃO DE CURSO 
Os trabalhos deverão, inadiavelmente, ser protocolados junto à Coordenação do Curso 
técnico, nas datas indicadas no Cronograma, em duas vias impressas. 
09 – CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS PROJETOS, TRABALHOS DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 
E ESTUDO DE CASO. 
Abaixo são discriminados os critérios de avaliação do trabalho, por semestre. 
Critérios para avaliação do trabalho escrito (nota 1) Valor 
Clareza de objetivos 1,6 
Respeito das normas de edição e qualidade gráfica 1,4 
Ortografia, gramática, coesão e coerência 1,4 
Adequação e qualidade da pesquisa bibliográfica 1,4 
Consistência teórica 1,4 
Abordagem metodológica e interpretação dos resultados 1,4 
Pertinência e coerência das conclusões com o trabalho realizado 1,4 
Total 10,0 10,0 
OBS. As notas são somadas. 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
10 – ANEXOS 
O texto integral do projeto não poderá exceder 15 (quinze) páginas, atendendo ao formato 
estabelecido nos itens a seguir. 
10.1 – O PROJETO DEVERÁ TER ESTA SEQUÊNCIA DE APRESENTAÇÃO: 
 Título do artigo em português 
 Nome do(s) autor(es) 
 Resumo (10 linhas) 
 Palavras-chave 
 Texto do artigo (sem divisão em colunas) 
Agradecimentos, se houver, deverão ser incluídos somente na versão final do trabalho aprovado 
pelo professor. 
Após o título deverão aparecer o nome e formação, centralizados. No caso de mais de um autor, 
cada nome deverá iniciar em uma nova linha. 
10.2- ESTRUTURA DO TRABALHO 
Capa – em se tratando de um trabalho, a capa deve ser objetiva, contendo apenas os dados de 
identificação e os que informam a natureza do trabalho, como: 
 Título 
 Componentes 
 Identificação: do Curso, do semestre, do Turno 
 Local e Data 
Sumário – é a relação de todas as partes do trabalho, com a respectiva indicação das páginas. Seus 
elementos serão alinhados obedecendo a margem esquerda, com exceção da coluna de numeração 
das páginas, que deverá ser alinhada a 1 cm da margem direita e digitada sem negrito. Os números 
das páginas serão ligados aos títulos e subtítulos por uma linha de pontos. 
Servindo apenas como apresentação panorâmica, é exibida em um único parágrafo e com a mesma 
formatação do texto principal. A palavra resumo deve estar centralizada e duas linhas acima do 
respectivo texto. 
Elementos pré-textuais - tudo o que vem antes do texto principal: resumo. 
Texto principal - composto de introdução, desenvolvimento e conclusão; 
Introdução - Deve conter um breve resumo do que está contido no trabalho, mas sem descrever em 
detalhes, apenas chamando a atenção do leitor para o assunto tratado. Este tópico deve conter as 
justificativas para a escolha do tema e um breve resumo dos seguintes aspectos em que foi realizado 
o estudo: ou seja, na introdução, o autor expõe o problema que motivou a pesquisa, situando-o 
espacial e temporalmente, indicando a justificativa, a hipótese e o objeto neste empregado. 
Recomenda-se uma breve descrição das partes de que se comporá o desenvolvimento. 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
Desenvolvimento do trabalho, divisível em capítulos, é a parte principal do artigo. É ali que o autor 
expõe a metodologia empregada, faz uma retrospectiva da situação problemática, como ela vem 
sendo tratada, elabora sua crítica e apresenta suas teses, explicando, detalhadamente, suas 
conclusões. Na redação não deve ser empregada a primeira pessoa e o estilo a ser adotado deve ser 
objetivo e sóbrio, compatível com o recomendável para um texto científico. A linguagem utilizada deve 
ser na impessoalidade. Ficando assim enumerados: 
1. Introdução 
2. Referencial Teórico 
3. Metodologia 
4. Resultados e Discussão 
5. Considerações Finais ou Conclusões 
6. Referências 
Deverá ser evitada a subdivisão do texto em um grande número de subtítulos ou itens, 
admitindo-se um máximo de cabeçalhos de terceira ordem. Termos grafados em itálico ou negrito 
poderão ser utilizados no corpo do artigo. 
O conteúdo do trabalho deve ser submetido a criteriosa revisão ortográfica. 
Objetivos do Trabalho 
Objetivo Geral - Utilize verbo de caráter geral que denote o objetivo do artigo em relação ao 
desenvolvimento do aluno e da realidade em que a investigação/intervenção acontecerá. 
Exemplo: compreender as características e o relacionamento de diferentes setores de uma empresa 
a fim de planejar intervenções que contribuam para seu desenvolvimento. 
Objetivos Específicos- Utilize verbos que desdobrem o objetivo geral e apontem para o que o aluno 
deve fazer no trabalho. São objetivos de aprendizagem que se relacionam às competências em 
desenvolvimento para a formação do perfil do egresso. 
Problema - Explicitar a questão que será investigada ou o problema para o qual se buscará soluções 
no projeto integrador. 
A conclusão do trabalho acadêmico destina-se à memorização e fixação das principais partes do 
trabalho ou à articulação delas com o propósito inicial da pesquisa. É usual que o autor faça uma 
síntese das conclusões parciais a que chegou, podendo apresentá-las por meio de tópicos concisos. 
É a parte em que o aluno (ou grupo) tem plena liberdade para descrever como entendeu o assunto 
(projeto) que foi desenvolvido e o que concluiu do projeto realizado. Para tanto, é bom que se avalie 
os resultados obtidos, amarrando-se as idéias e sintetizando-se toda a reflexão. 
Formato do trabalho escrito: indicar se o trabalho será um: artigo acadêmico, plano de negócios, 
produto, etc, explicitando as características do gênero textual escolhido para apresentação 
escrita do trabalho. Todos os trabalhos deverão ser realizados e apresentados dentro das 
normas da ABNT. 
10.3 - FIGURAS E ILUSTRAÇÕES 
As figuras e ilustrações devem observar os seguintes critérios: 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
Os arquivos das figuras e ilustrações, sem bordas ao redor, devem ser inseridas no arquivo do texto, 
de maneira que possam ser editados através do MS Word for Windows. 
Os textos e legendas não devem ficar muito pequenos ou muito grandes em relação à figura. 
As figuras devem ser intercaladas nos locais apropriados, e apresentar um título. 
A inclusão de fotografias não é aconselhável; porém se os autores julgarem que são importantes para 
esclarecer aspectos relevantes do trabalho deverão ser inseridas em resolução mínima de 300 dpi. 
Todos os gráficos, desenhos, figuras e fotografias devem ser denominados de "Figura", e numerados 
sequencialmente em algarismos arábicos. Toda figura deve ser mencionada no texto. 
O número e título da Figura devem ser colocados imediatamente abaixo da figura. O título deve ser 
claro e auto-explicativo. 
Elementos pós-textuais, isto é, tudo o que vem após o texto principal: referências bibliográficas. 
Referências bibliográficas - lista de obras explicitamente utilizadas pelo autor no corpo do texto 
principal de seu trabalho. Obras consultadas, mas não mencionadas, devem ser omitidas da lista. 
Essas referências podem ser de diversas naturezas, como vídeos, artigos de jornais ou revistas, 
livros e textos em geral. 
As referências citadas no texto e listadas ao final do artigo deverão estar de acordo com a norma 
NBR 6023/2002. A título de esclarecimento são apresentadas algumas diretrizes: 
As referências citadas no texto devem conter o sobrenome do(s) autor(es), em caixa baixa, com 
inicial maiúscula, seguido pelo ano da publicação entre parênteses e em caixa alta juntamente com o 
ano de publicação dentro dos parênteses, observando-se os seguintes critérios: 
Quando houver mais de um autor, as citações devem ser em ordem alfabética. 
Trabalhos com mais de três autores devem ser referenciados ao primeiro autor, seguido por “et al.” 
(em itálico e com ponto). 
Quando houver mais de uma publicação do mesmo autor, no mesmo ano, o ano da publicação deve 
ser seguido dos componentes “a, b, c...”, em ordem alfabética. 
Exemplos: ... estudos efetuados por Silva (1994a, 1994b) e por Machado et al. (1995a) 
revelaram...; ... estudos recentes (SOUZA, 1993; Silva, WILSON e OLIVEIRA, 1994; MACHADO et 
al., 1995b) revelaram.. 
Ao final do trabalho deverá ser apresentada uma lista de todas as referências citadas no texto, de 
acordo com os seguintes critérios, entre outros: 
As referências devem ser relacionadas em ordem alfabética, de acordo com o sobrenome do primeiro 
autor. 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
Devem ser referenciados todos os autores (independentemente do número de autores), pelo 
sobrenome seguido pelas iniciais de cada autor, separados por vírgulas, todos em caixa alta. 
Exemplo: SMITH, P.J.; WATSON, L.R.M.; GREEN, C.M.. 
O título do periódico referenciado deverá ser apresentado em itálico. As indicações de volume, 
número e página deverão ser identificados pela letra inicial (“v”, “n” ou “p”), seguida de ponto. Não 
devem ser utilizadas aspas antes e depois do título do trabalho. 
Exemplo: JEWELL, W.J.; NELSON, Y.M.; WILSON, M.S. (1992) Methanotrophic bacteria for nutrient 
removal from wastewater: attached film systems. Water Environment Research, v. 64, n. 6, p. 756-65. 
O título do livro deve ser apresentado em itálico. Devem ser incluídos a edição, o local, a editora, o 
número de páginas e a data: Exemplo: FRANÇA, J.L.; VASCONCELOS A. 
C. (2007) Manual para Normalização de Publicações Técnico-Científicas. 8ª. ed. Belo Horizonte. Ed. 
UFMG, 255 p. 
Em capítulos de livros e trabalhos de congressos, a obra principal (título do livro ou denominação do 
congresso) é referenciado em itálico e vem precedida da expressão“In”. Exemplos: Anais - 
CAIXINHAS, R.D (1992). Avaliação do impacto ambiental de empreendimentos hidro-agrícolas. In: V 
Simpósio Luso-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, Anais... Lisboa: APRH, p, 203-11. 
Capítulo de Livro - KUKOR, J.J.; OLSEN, R.H.; IVES, K. (1989). Diversity of toluene degradation 
following exposure to BTEX in situ. In: KAMELY, D.; CHAKABARTY, A.; OLSEN, R.H. (EDS.) 
Biotechnology and Biodegradation. Portfolio Publishing Company, The Woodlands, E.U.A., 405-421. 
11. OBSERVAÇÕES: 
11.1 O professor orientará o trabalho no contexto geral, devendo deixar claros os critérios 
necessários e os conceitos a serem abordados nas seções correspondentes. 
11.2 Todos os membros do grupo devem participar. 
11.3 As equipes deverão entregar as cópias completas do trabalho final, conforme data prevista no 
cronograma. Após a data agendada, não serão recebidos os trabalhos. 
11.4 O professor deverá encaminhar para a coordenação as notas dos trabalhos escritos (vide 
cronograma). Visando não prejudicar o fechamento das médias semestrais, conforme o Calendário 
dos cursos Técnicos. 
11.5 Em caso de alguma dúvida procure resolvê-la junto ao professor no horário de permanência ao 
aluno. 
11.6 Tanto os diagramas quanto o layout das telas e relatórios a serem construídos e implementados 
devem ser definidos junto ao professor orientador. Entretanto, deve-se ressaltar que a função do 
professor É APENAS DE ORIENTÁ- LOS na construção dos mesmos e NÃO FAZÊ-LOS. 
11.7 Não serão aceitos os diagramas desenhados manualmente, eles deverão ser confeccionados 
em alguma Ferramenta CASE (ER-Win, Rational Rose, Visio, e outros). 
11.8 Os grupos devem conter no máximo 5 alunos e somente será dada a nota para aqueles que 
estiverem na capa do trabalho. 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
11.9 O objetivo do projeto integrador é possibilitar o grupo exercitar, num caso prático, os conceitos 
abordados nas componentes do semestre. Assim, cuidado em utilizar exemplos existentes nos livros 
e, principalmente, na Internet. Trabalhos “parecidos” são considerados e corrigidos, mas cópias 
serão desconsideradas, pois esvazia o objetivo do trabalho. 
FORMATAÇÃO DO PROJETO INTEGRADOR 
a) Margens, espaço e papel 
As Margens deverão apresentar as seguintes medidas: 
 Margem superior = 3 cm 
 Margem inferior = 2 cm 
 Margem esquerda = 3 cm 
 Margem direita = 2 cm 
A partir da margem deverão apresentar as seguintes medidas: 
 Cabeçalho = 2 cm 
 Rodapé = 1,25 cm 
 
-Em todo trabalho deve-se utilizar sulfite branco 
 Tamanho do papel = A4 210 mm (21 cm) x 297 mm (29,7 cm) 
Formatação de texto e títulos 
Para a digitação do texto poderão ser usadas as letras Arial ou Times New Roman tamanho 12. 
Observar que a Times New Roman é uma letra menor que a Arial. 
Para a formatação é usada letra tamanho: 
16 para TÍTULOS (capítulos), 
14 para SUBTÍTULOS e 
12 para Intertítulos. 
Os nomes dos títulos (capítulos), subtítulos e intertítulos deverão vir antecedidos de um parágrafo de 
1 tab., sendo equivalente a 1,25 cm. Sempre que começar um capítulo novo, este deverá vir em 
uma folha nova, mesmo que no capítulo anterior tenha sobrado quase toda a folha. 
Para iniciar um capítulo, deixar 2 linhas em branco com espaçamento entre linhas= 1,5 linhas no 
tamanho 12 e escrever o título do mesmo na 3ª linha. Para facilitar a contagem dos enters ativar o 
ícone marca de parágrafo (¶), O texto deve ser digitado com espaçamento 1,5, com exceção das 
notas de rodapé, citações longas, tabelas e bibliografia, que serão digitadas em espaço simples. O 
alinhamento do texto deverá ser Justificado. 
O corpo do trabalho deve ser digitado em caixa alta e baixa (só a primeira letra maiúscula) usando a 
letra tamanho 12. O parágrafo para o corpo do texto corresponde a 2 tab., o que equivale 2,5 cm da 
margem. 
Para numerar páginas 
A numeração das páginas deve ser feita com algarismos arábicos. Os números devem ser colocados 
à direita, observando-se 2 cm para a margem superior do papel e 2cm do lado direito da folha (esta 
formatação é feita no momento em que se configura as margens e cabeçalho que já foram descritas 
acima). Para numerá-las, sempre comece a partir do DESENVOLVIMENTO. As páginas anteriores 
não terão o número de página, embora sejam contadas. Exemplo: folha 1 = FOLHA DE ROSTO (p.1) 
folha 2 = SUMÁRIO (p.2) folha 3 = INTRODUÇÃO (p.3) 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
DICAS PARA REDIGIR O PROJETO INTEGRADOR I 
1) saber o que se vai escrever, para quê e para quem, é importante; 
2) o texto deve ser claro, conciso e correto, em uma linguagem espontânea, simples e direta, onde 
cada palavra traduza exatamente o que se deseja transmitir; 
3) o excesso de palavras difíceis ou técnicas torna o texto rebuscado e, muitas 
vezes,incompreensível; 
4) deve-se obedecer às regras gramaticais, pois, fatores como ortografia, concordância e pontuação 
podem, facilmente, modificar o sentido da mensagem; 
5) o autor do texto deve ter familiaridade com a norma culta da língua que está utilizando, domínio de 
seus mecanismos e recursos de coesão, coerência, ortografia, acentuação, regência e concordância 
verbal e nominal, e conhecimento de vocabulário variado; 
6) deve-se rascunhar tudo o que vem à mente para depois organizar o texto lingüisticamente; 
7) é preciso citar os autores das idéias utilizadas para que não se caracterize o plágio; 
8) a preferência deve ser dada ao uso de substantivos e de verbos na voz ativa; 
9) evitar o uso abusivo de advérbios (em particular, os terminados em mente) e de adjetivos; 
10) usar a terceira pessoa do singular, evitando-se expressões como eu acho..., eu penso... etc., na 
primeira pessoa do singular; pronomes possessivos também devem ser abolidos como meu 
trabalho..., minha pesquisa..., meus estudos...; 
11) os parágrafos não devem ser muito extensos; curtos, trazem idéias mais claras e explícitas; 
12) o uso de tabelas, gráficos, equações etc, deve se restringir ao necessário para melhor 
compreensão do texto; 
13) deve-se tomar cuidado com o uso figurado das palavras (metáforas e metonímias, por exemplo), 
para que em lugar de se caracterizar como uma associação de idéias, tornem-se verdadeiras 
incógnitas para o leitor; 
14) em textos destinados à leitura oral, deve-se ter a preocupação com a harmonia sonora, evitando-se 
as repetições, as dissonâncias, as cacofonias, o eco etc.; 
15) é importante que o autor desenvolva um aspecto da sua idéia em cada parágrafo, mantendo a 
unidade e o equilíbrio das partes, o que leva à compreensão do texto todo; 
16) evitar argumentação demasiadamente abstrata; 
17) evitar repetição de detalhes supérfluos; 
18) recorrer a termos técnicos, somente quando forem indispensáveis; 
19) evitar o uso de abreviaturas, pois podem gerar ambigüidade e mal entendidos; 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM 
PROJETO INTEGRADOR I 
20) usar vocabulário adequado ao tema, evitando-se modismos e gíria; 
21) fazer revisão do que foi escrito; uma leitura completa em voz alta do rascunho facilitará a 
correção de frases sem sentido e confusas; 
Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação apa 2017 ed. compacta (1)
Apresentação apa 2017   ed. compacta (1)Apresentação apa 2017   ed. compacta (1)
Apresentação apa 2017 ed. compacta (1)Biblioteca FEAUSP
 
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTOPSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTOUFMA e UEMA
 
Bases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitosBases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitosAnaí Peña
 
Projeto curricular de turma
Projeto curricular de turmaProjeto curricular de turma
Projeto curricular de turmaprescolariomouro
 
Desenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescência
Desenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescênciaDesenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescência
Desenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescênciaminhaalianca
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemDébora Silveira
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidadestaboao
 
Grelha de Observação dos Alunos na Atividade
Grelha de Observação dos Alunos na AtividadeGrelha de Observação dos Alunos na Atividade
Grelha de Observação dos Alunos na AtividadeLuisa Lamas
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRiaSilvia Marina Anaruma
 
Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...
Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...
Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...Claudinéia Barbosa
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
LudicidadeFSBA
 
Teorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogiaTeorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogiaDiego Rodrigues
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaUNICEP
 
A crianca em desenvolvimento helen bee
A crianca em desenvolvimento   helen beeA crianca em desenvolvimento   helen bee
A crianca em desenvolvimento helen beeKarina Regy
 
Infografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bncc
Infografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bnccInfografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bncc
Infografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bncciran rodrigues
 

Mais procurados (20)

Apresentação apa 2017 ed. compacta (1)
Apresentação apa 2017   ed. compacta (1)Apresentação apa 2017   ed. compacta (1)
Apresentação apa 2017 ed. compacta (1)
 
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTOPSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
 
Bases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitosBases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitos
 
Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem   Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem
 
Projeto curricular de turma
Projeto curricular de turmaProjeto curricular de turma
Projeto curricular de turma
 
A avaliação da aprendizagem
A avaliação da aprendizagemA avaliação da aprendizagem
A avaliação da aprendizagem
 
Desenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescência
Desenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescênciaDesenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescência
Desenvolvimento cognitivo e aprendizagem na adolescência
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidades
 
Grelha de Observação dos Alunos na Atividade
Grelha de Observação dos Alunos na AtividadeGrelha de Observação dos Alunos na Atividade
Grelha de Observação dos Alunos na Atividade
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
 
Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...
Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...
Instrumentos e Recursos utilizados na Avaliação das Crianças na Educação Infa...
 
Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
Teorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogiaTeorias e praticas da psicopedagogia
Teorias e praticas da psicopedagogia
 
Aula de estágio
Aula de estágioAula de estágio
Aula de estágio
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
 
Aprendizagem (aula 1)
Aprendizagem (aula 1)Aprendizagem (aula 1)
Aprendizagem (aula 1)
 
A crianca em desenvolvimento helen bee
A crianca em desenvolvimento   helen beeA crianca em desenvolvimento   helen bee
A crianca em desenvolvimento helen bee
 
Infografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bncc
Infografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bnccInfografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bncc
Infografico compreendendo-a-progressao-das-habilidades-na-bncc
 

Destaque

Manual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conectaManual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conectaProfessora Sales
 
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)Vanessa Dias
 
Projeto Integrador - Gestão de Recursos Humanos
Projeto Integrador - Gestão de Recursos HumanosProjeto Integrador - Gestão de Recursos Humanos
Projeto Integrador - Gestão de Recursos HumanosAlessandraLoureiro
 
Apresentação integrador
Apresentação integradorApresentação integrador
Apresentação integradorMatheus Yuri
 
Casamento ideia
Casamento ideiaCasamento ideia
Casamento ideialikissima
 
Escola EspaçO Integrador Das Midias
Escola EspaçO Integrador Das MidiasEscola EspaçO Integrador Das Midias
Escola EspaçO Integrador Das Midiascefaprotga
 
Administração de Operações - Projeto
Administração de Operações - ProjetoAdministração de Operações - Projeto
Administração de Operações - ProjetoWeNova Consulting
 
Análise comparativa PDE x Revisão
Análise comparativa PDE x RevisãoAnálise comparativa PDE x Revisão
Análise comparativa PDE x Revisãopelacidadeviva
 
Petrobras Plano Estategico 2009 2013
Petrobras Plano Estategico 2009 2013Petrobras Plano Estategico 2009 2013
Petrobras Plano Estategico 2009 2013Marcos Gomes de Melo
 
Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...
Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...
Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...Petrobras
 
Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"
Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"
Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"Gabriel Albuquerque
 
Apostila do projeto integrador i
Apostila do projeto integrador iApostila do projeto integrador i
Apostila do projeto integrador iElizabete Dias
 
Apresentação projeto integrador
Apresentação projeto integradorApresentação projeto integrador
Apresentação projeto integradorTiago Malta
 
Administração de Operações - PCP
Administração de Operações - PCPAdministração de Operações - PCP
Administração de Operações - PCPWeNova Consulting
 

Destaque (20)

Manual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conectaManual projeto integrador prêmio conecta
Manual projeto integrador prêmio conecta
 
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
 
Projeto Integrador - Gestão de Recursos Humanos
Projeto Integrador - Gestão de Recursos HumanosProjeto Integrador - Gestão de Recursos Humanos
Projeto Integrador - Gestão de Recursos Humanos
 
Apresentação integrador
Apresentação integradorApresentação integrador
Apresentação integrador
 
Casamento ideia
Casamento ideiaCasamento ideia
Casamento ideia
 
Escola EspaçO Integrador Das Midias
Escola EspaçO Integrador Das MidiasEscola EspaçO Integrador Das Midias
Escola EspaçO Integrador Das Midias
 
Administração de Operações - Projeto
Administração de Operações - ProjetoAdministração de Operações - Projeto
Administração de Operações - Projeto
 
Análise comparativa PDE x Revisão
Análise comparativa PDE x RevisãoAnálise comparativa PDE x Revisão
Análise comparativa PDE x Revisão
 
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberaisGerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
Gerando oportunidades com o marketing digital para PME e profissionais liberais
 
Projeto Interventivo BIA
Projeto Interventivo  BIAProjeto Interventivo  BIA
Projeto Interventivo BIA
 
Petrobras Plano Estategico 2009 2013
Petrobras Plano Estategico 2009 2013Petrobras Plano Estategico 2009 2013
Petrobras Plano Estategico 2009 2013
 
Projeto Interventivo BIA
Projeto Interventivo  BIAProjeto Interventivo  BIA
Projeto Interventivo BIA
 
Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...
Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...
Apresentação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014-2018...
 
Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"
Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"
Planejamento Estratégico: Livraria Fictícia "Papiros Virtuais"
 
Apostila do projeto integrador i
Apostila do projeto integrador iApostila do projeto integrador i
Apostila do projeto integrador i
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 
SOCIOLOGIA
SOCIOLOGIASOCIOLOGIA
SOCIOLOGIA
 
Apresentação projeto integrador
Apresentação projeto integradorApresentação projeto integrador
Apresentação projeto integrador
 
Pré projeto Integrador I
Pré  projeto Integrador IPré  projeto Integrador I
Pré projeto Integrador I
 
Administração de Operações - PCP
Administração de Operações - PCPAdministração de Operações - PCP
Administração de Operações - PCP
 

Semelhante a Projeto integrador i da faciplac

1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdf
1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdf1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdf
1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdfJulianaSousa775316
 
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....ValquiriaFernandesOl2
 
PROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR I
PROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR IPROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR I
PROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR Ipaulocsm
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdfHELLEN CRISTINA
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdfHELLEN CRISTINA
 
Orientações estágio educação infantil - cópia
  Orientações estágio educação infantil - cópia  Orientações estágio educação infantil - cópia
Orientações estágio educação infantil - cópiaLarissa Soares
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1dfsoares2
 
Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...
Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...
Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...RogerioQuaresma1
 
Texto base 2o sem 2016 sinef
Texto base  2o sem 2016 sinefTexto base  2o sem 2016 sinef
Texto base 2o sem 2016 sinefcgtsfumec
 
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2Poli Costa
 
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do PraJoão Lima
 
Normas trabalho aap
Normas trabalho aapNormas trabalho aap
Normas trabalho aapMárcia Sá
 

Semelhante a Projeto integrador i da faciplac (20)

PIM - Manual Geral
PIM - Manual GeralPIM - Manual Geral
PIM - Manual Geral
 
1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdf
1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdf1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdf
1.08.COC.Manual do Projeto Integrador.pdf
 
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
Slide da Web - Estágio Curricular Supervisionado de Áreas Específicas - Prof....
 
PIBID.pptx
PIBID.pptxPIBID.pptx
PIBID.pptx
 
PIBID.pptx
PIBID.pptxPIBID.pptx
PIBID.pptx
 
manual.pdf
manual.pdfmanual.pdf
manual.pdf
 
PROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR I
PROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR IPROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR I
PROJ INTEG MULTIDISCIPLINAR I
 
Pim ii
Pim iiPim ii
Pim ii
 
PIBID apresentação.pptx
PIBID apresentação.pptxPIBID apresentação.pptx
PIBID apresentação.pptx
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
 
Orientações estágio educação infantil - cópia
  Orientações estágio educação infantil - cópia  Orientações estágio educação infantil - cópia
Orientações estágio educação infantil - cópia
 
PlanodeacaodoCoordenador.pdf
PlanodeacaodoCoordenador.pdfPlanodeacaodoCoordenador.pdf
PlanodeacaodoCoordenador.pdf
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...
Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...
Manual do professor e outros recursos complementares à apresentação do projet...
 
Desvelando o curriculo
Desvelando o curriculoDesvelando o curriculo
Desvelando o curriculo
 
Texto base 2o sem 2016 sinef
Texto base  2o sem 2016 sinefTexto base  2o sem 2016 sinef
Texto base 2o sem 2016 sinef
 
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
Manual de trabalho de conclusao de curso 2014 2
 
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
 
Normas trabalho aap
Normas trabalho aapNormas trabalho aap
Normas trabalho aap
 

Mais de Matheus Yuri

Lista de exercícios 1 (1) Prof Guth Berger
Lista de exercícios 1 (1) Prof Guth BergerLista de exercícios 1 (1) Prof Guth Berger
Lista de exercícios 1 (1) Prof Guth BergerMatheus Yuri
 
Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"Matheus Yuri
 
Aula 4 Prof Júlia
Aula 4 Prof JúliaAula 4 Prof Júlia
Aula 4 Prof JúliaMatheus Yuri
 
Documentos projeto integrador
Documentos projeto integradorDocumentos projeto integrador
Documentos projeto integradorMatheus Yuri
 
Trabalho frutos e sementes
Trabalho frutos e sementesTrabalho frutos e sementes
Trabalho frutos e sementesMatheus Yuri
 
Aula 6 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 6  Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 6  Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 6 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Matheus Yuri
 
Projeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplacProjeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplacMatheus Yuri
 
Documentos projeto integrador
Documentos projeto integradorDocumentos projeto integrador
Documentos projeto integradorMatheus Yuri
 
Aula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. FernandaAula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. FernandaMatheus Yuri
 
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth BergerAula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 
Aula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth BergerAula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 
Aula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth BergerAula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 
Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Matheus Yuri
 
Aula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth BergerAula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 
Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Matheus Yuri
 
Aula 3 Prof. Guth Berger
Aula 3 Prof. Guth BergerAula 3 Prof. Guth Berger
Aula 3 Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 

Mais de Matheus Yuri (20)

Lista de exercícios 1 (1) Prof Guth Berger
Lista de exercícios 1 (1) Prof Guth BergerLista de exercícios 1 (1) Prof Guth Berger
Lista de exercícios 1 (1) Prof Guth Berger
 
Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 2 "homem, sociedade e meio ambiente"
 
Aula 4 Prof Júlia
Aula 4 Prof JúliaAula 4 Prof Júlia
Aula 4 Prof Júlia
 
Documentos projeto integrador
Documentos projeto integradorDocumentos projeto integrador
Documentos projeto integrador
 
Mobelo banner
Mobelo bannerMobelo banner
Mobelo banner
 
Trabalho frutos e sementes
Trabalho frutos e sementesTrabalho frutos e sementes
Trabalho frutos e sementes
 
Trabalho flores
Trabalho floresTrabalho flores
Trabalho flores
 
Aula 6 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 6  Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 6  Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 6 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
 
Projeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplacProjeto integrador i da faciplac
Projeto integrador i da faciplac
 
Mobelo banner
Mobelo bannerMobelo banner
Mobelo banner
 
Documentos projeto integrador
Documentos projeto integradorDocumentos projeto integrador
Documentos projeto integrador
 
Aula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. FernandaAula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. Fernanda
 
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth BergerAula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
Aula 8 – fruto e semente Prof. Guth Berger
 
Aula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth BergerAula 7 Prof. Guth Berger
Aula 7 Prof. Guth Berger
 
Aula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth BergerAula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth Berger
 
Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 5 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
 
Aula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth BergerAula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth Berger
 
Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
Aula 4 Aula de "homem, sociedade e meio ambiente"
 
Aula 3 Prof. Guth Berger
Aula 3 Prof. Guth BergerAula 3 Prof. Guth Berger
Aula 3 Prof. Guth Berger
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth Berger
 

Último

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

Projeto integrador i da faciplac

  • 1. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I MANUAL DO PROJETO INTEGRADOR I (Política, regulamentação e orientação) APRESENTAÇÃO O exercício da interdisciplinaridade é de fundamental importância ao profissional em construção que almeja a atuação em um planeta em que políticas, programas e projetos governamentais e não-governamentais, estão cada vez mais globalizados e interdependentes. É crescente a percepção humana da interação dos fatores físicos, bióticos e socioeconômicos que regem os processos ecológicos e que influenciam o contexto socioeconômico em que vivemos. O atual mercado de trabalho exige profissionais com o perfil que exibe uma formação neste contexto. Assim, este manual apresenta em sua estrutura, um conjunto de orientações voltadas ao esclarecimento do aluno dos cursos técnicos quanto às diretrizes, etapas, normas, formatos e cronograma aplicáveis ao projeto integrador. 01 – OBJETIVOS: 01.1 – Objetivo Geral: Este manual tem como finalidade organizar a elaboração e apresentação dos Projetos Integradores dos alunos dos cursos técnico da Faculdade FACIPLAC. Assim, as orientações contidas neste manual devem ser seguidas na íntegra. Objetivo de ser ainda um condutor do planejamento e desenvolvimento dos temas abordados e propostos para cada um dos semestres dos cursos, com a orientação do Professor da disciplina, quanto à estruturação, formatação e apresentação do projeto. 01.2- Objetivos Específicos: · Proporcionar aos alunos a oportunidade de desenvolver um trabalho prático com clareza que integre as relações existente entre as diversas teorias abordadas pelas disciplinas cursadas no semestre letivo, além de promover cada vez mais a interação dos conteúdos apresentados; · Aquisição de conhecimentos linguísticos por meio da leitura; · Conhecer os textos de acordo com a função, organização, estrutura e conhecimento; · Formar opinião sobre os diversos assuntos expressos nos textos lidos; · Exercitar a prática pedagógica por meio de projetos pedagógicos interdisciplinares; · Apresentar uma pedagogia voltada para o desenvolvimento da capacidade investigativa, reflexiva e crítica; · Reconhecer a sala de aula como espaço de construção efetivo do conhecimento pedagógico; · Entender a relação teoria-prática como um processo indissociável, no exercício da profissão; · Desenvolver uma prática pedagógica articulada com os saberes construídos cientificamente; · Possibilitar aos alunos fundamentos e aspectos metodológicos iniciais para realização de trabalhos profissionais, estimulando o espírito cooperativo e sensibilizando-o para a importância do trabalho em equipe; · Possibilitar aos alunos o desenvolvimento de relatório final do projeto desenvolvido; Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 2. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I · Propiciar aos alunos o desenvolvimento de apresentação de trabalhos. 02 – INTRODUÇÃO A interdisciplinaridade é o exercício da correlação entre as diversas áreas e sub áreas do conhecimento. A compreensão e a prática desta habilidade são de fundamental importância para a eficiência, mas em especial, para a eficácia e otimização da atuação profissional. O projeto integrador visa promover ao aluno dos cursos técnicos a percepção e compreensão da correlação entre as diversas sub áreas do curso, a partir da idealização, elaboração, execução e defesa de projetos nas grandes áreas de qualificação de cada um dos cursos. Esta atividade de integração curricular configura-se como avaliação de desempenho, atividade obrigatória e prevista no projeto pedagógico dos cursos técnicos. Para isso, os(as) atores(as) partirão de hipóteses e chegarão às conclusões, baseando-se em todos os conhecimentos adquiridos e experimentos desenvolvidos, bem como, atender a regras mínimas de formatação. Portanto o projeto integrador é uma atividade dos Cursos Técnicos para promover a relação entre teoria e prática por meio da integração de conteúdos e metodologias de diferentes disciplinas de um mesmo semestre (ocorrerá em todos os semestres), encadeado pela coordenação do Curso e um Professor Integrador. O Trabalho Integrador está previsto no Projeto Pedagógico e dessa forma a participação é obrigatória para todos alunos nos semestres indicados. 03 - CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO DISCENTE NO PROJETO INTEGRADOR Para a efetiva participação no Projeto Integrador, atividade esta caracterizada como uma disciplina avaliativa, e deverão ser observados pelos alunos como critérios mínimos: a) O discente deverá estar regularmente matriculado no semestre; b) O discente ou grupo de discentes deverá contar com a orientação do professor da disciplina no curso técnico; c) Como parâmetro temporal referencial, deverá ser observado o calendário acadêmico dos cursos Técnicos da FACIPLAC. 04 - ESCOLHA DO TEMA A escolha do tema do projeto integrador deverá ser realizada entre o aluno ou grupo de alunos juntamente com o orientador, e deverá estar correlata à área de qualificação do semestre em que o aluno ou grupo de alunos estiverem matriculados. 05 - ORGANIZAÇÃO DISCENTE PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO INTEGRADOR Os alunos regularmente matriculados deverão se organizar em grupos de no máximo 05 alunos, devendo cada um dos grupos apresentar tema distinto aos demais. Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 3. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I Os alunos regularmente matriculados no último semestre deverão, elaborar e desenvolver e apresentar o Projeto Integrador. 06 – ORGANIZAÇÃO DOCENTE PARA O PROJETO INTEGRADOR O professor orientador dedicará um tempo determinado semanalmente para a orientação ao aluno ou grupo de alunos, em horários consensualmente acordados entre coordenação, orientador e orientados. 07 - ORIENTAÇÕES AO DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO DO PROJETO INTEGRADOR Em relação a todas as fases do projeto integrador e a redação do trabalho, o aluno ou grupo de alunos deverão observar e cumprir as normas de redação e formatação, apresentadas no Manual com as seguintes complementações: a) O projeto integrador a ser elaborado no primeiro início do semestre será um banner pré projetor; no segundo um projeto e o terceiro um artigo que deverá conter no máximo dez páginas; b) estruturação: capa; sumário; introdução; revisão bibliográfica; objetivos; materiais e método; resultados esperados; cronograma físico-financeiro e Referências Bibliográficas. c) Ao final da execução do projeto integrador, o mesmo deverá ser apresentado em formato de artigo ou trabalho, contendo no máximo dez páginas. d) Constam no anexo deste manual as orientações pertinentes ao conteúdo de cada item do conteúdo do projeto integrador, artigo científico, trabalho de revisão bibliográfica e estudo de caso, assim como formatação dos mesmos. 08 – ENTREGA DO PROJETO À COORDENAÇÃO DE CURSO Os trabalhos deverão, inadiavelmente, ser protocolados junto à Coordenação do Curso técnico, nas datas indicadas no Cronograma, em duas vias impressas. 09 – CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS PROJETOS, TRABALHOS DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA E ESTUDO DE CASO. Abaixo são discriminados os critérios de avaliação do trabalho, por semestre. Critérios para avaliação do trabalho escrito (nota 1) Valor Clareza de objetivos 1,6 Respeito das normas de edição e qualidade gráfica 1,4 Ortografia, gramática, coesão e coerência 1,4 Adequação e qualidade da pesquisa bibliográfica 1,4 Consistência teórica 1,4 Abordagem metodológica e interpretação dos resultados 1,4 Pertinência e coerência das conclusões com o trabalho realizado 1,4 Total 10,0 10,0 OBS. As notas são somadas. Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 4. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I 10 – ANEXOS O texto integral do projeto não poderá exceder 15 (quinze) páginas, atendendo ao formato estabelecido nos itens a seguir. 10.1 – O PROJETO DEVERÁ TER ESTA SEQUÊNCIA DE APRESENTAÇÃO:  Título do artigo em português  Nome do(s) autor(es)  Resumo (10 linhas)  Palavras-chave  Texto do artigo (sem divisão em colunas) Agradecimentos, se houver, deverão ser incluídos somente na versão final do trabalho aprovado pelo professor. Após o título deverão aparecer o nome e formação, centralizados. No caso de mais de um autor, cada nome deverá iniciar em uma nova linha. 10.2- ESTRUTURA DO TRABALHO Capa – em se tratando de um trabalho, a capa deve ser objetiva, contendo apenas os dados de identificação e os que informam a natureza do trabalho, como:  Título  Componentes  Identificação: do Curso, do semestre, do Turno  Local e Data Sumário – é a relação de todas as partes do trabalho, com a respectiva indicação das páginas. Seus elementos serão alinhados obedecendo a margem esquerda, com exceção da coluna de numeração das páginas, que deverá ser alinhada a 1 cm da margem direita e digitada sem negrito. Os números das páginas serão ligados aos títulos e subtítulos por uma linha de pontos. Servindo apenas como apresentação panorâmica, é exibida em um único parágrafo e com a mesma formatação do texto principal. A palavra resumo deve estar centralizada e duas linhas acima do respectivo texto. Elementos pré-textuais - tudo o que vem antes do texto principal: resumo. Texto principal - composto de introdução, desenvolvimento e conclusão; Introdução - Deve conter um breve resumo do que está contido no trabalho, mas sem descrever em detalhes, apenas chamando a atenção do leitor para o assunto tratado. Este tópico deve conter as justificativas para a escolha do tema e um breve resumo dos seguintes aspectos em que foi realizado o estudo: ou seja, na introdução, o autor expõe o problema que motivou a pesquisa, situando-o espacial e temporalmente, indicando a justificativa, a hipótese e o objeto neste empregado. Recomenda-se uma breve descrição das partes de que se comporá o desenvolvimento. Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 5. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I Desenvolvimento do trabalho, divisível em capítulos, é a parte principal do artigo. É ali que o autor expõe a metodologia empregada, faz uma retrospectiva da situação problemática, como ela vem sendo tratada, elabora sua crítica e apresenta suas teses, explicando, detalhadamente, suas conclusões. Na redação não deve ser empregada a primeira pessoa e o estilo a ser adotado deve ser objetivo e sóbrio, compatível com o recomendável para um texto científico. A linguagem utilizada deve ser na impessoalidade. Ficando assim enumerados: 1. Introdução 2. Referencial Teórico 3. Metodologia 4. Resultados e Discussão 5. Considerações Finais ou Conclusões 6. Referências Deverá ser evitada a subdivisão do texto em um grande número de subtítulos ou itens, admitindo-se um máximo de cabeçalhos de terceira ordem. Termos grafados em itálico ou negrito poderão ser utilizados no corpo do artigo. O conteúdo do trabalho deve ser submetido a criteriosa revisão ortográfica. Objetivos do Trabalho Objetivo Geral - Utilize verbo de caráter geral que denote o objetivo do artigo em relação ao desenvolvimento do aluno e da realidade em que a investigação/intervenção acontecerá. Exemplo: compreender as características e o relacionamento de diferentes setores de uma empresa a fim de planejar intervenções que contribuam para seu desenvolvimento. Objetivos Específicos- Utilize verbos que desdobrem o objetivo geral e apontem para o que o aluno deve fazer no trabalho. São objetivos de aprendizagem que se relacionam às competências em desenvolvimento para a formação do perfil do egresso. Problema - Explicitar a questão que será investigada ou o problema para o qual se buscará soluções no projeto integrador. A conclusão do trabalho acadêmico destina-se à memorização e fixação das principais partes do trabalho ou à articulação delas com o propósito inicial da pesquisa. É usual que o autor faça uma síntese das conclusões parciais a que chegou, podendo apresentá-las por meio de tópicos concisos. É a parte em que o aluno (ou grupo) tem plena liberdade para descrever como entendeu o assunto (projeto) que foi desenvolvido e o que concluiu do projeto realizado. Para tanto, é bom que se avalie os resultados obtidos, amarrando-se as idéias e sintetizando-se toda a reflexão. Formato do trabalho escrito: indicar se o trabalho será um: artigo acadêmico, plano de negócios, produto, etc, explicitando as características do gênero textual escolhido para apresentação escrita do trabalho. Todos os trabalhos deverão ser realizados e apresentados dentro das normas da ABNT. 10.3 - FIGURAS E ILUSTRAÇÕES As figuras e ilustrações devem observar os seguintes critérios: Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 6. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I Os arquivos das figuras e ilustrações, sem bordas ao redor, devem ser inseridas no arquivo do texto, de maneira que possam ser editados através do MS Word for Windows. Os textos e legendas não devem ficar muito pequenos ou muito grandes em relação à figura. As figuras devem ser intercaladas nos locais apropriados, e apresentar um título. A inclusão de fotografias não é aconselhável; porém se os autores julgarem que são importantes para esclarecer aspectos relevantes do trabalho deverão ser inseridas em resolução mínima de 300 dpi. Todos os gráficos, desenhos, figuras e fotografias devem ser denominados de "Figura", e numerados sequencialmente em algarismos arábicos. Toda figura deve ser mencionada no texto. O número e título da Figura devem ser colocados imediatamente abaixo da figura. O título deve ser claro e auto-explicativo. Elementos pós-textuais, isto é, tudo o que vem após o texto principal: referências bibliográficas. Referências bibliográficas - lista de obras explicitamente utilizadas pelo autor no corpo do texto principal de seu trabalho. Obras consultadas, mas não mencionadas, devem ser omitidas da lista. Essas referências podem ser de diversas naturezas, como vídeos, artigos de jornais ou revistas, livros e textos em geral. As referências citadas no texto e listadas ao final do artigo deverão estar de acordo com a norma NBR 6023/2002. A título de esclarecimento são apresentadas algumas diretrizes: As referências citadas no texto devem conter o sobrenome do(s) autor(es), em caixa baixa, com inicial maiúscula, seguido pelo ano da publicação entre parênteses e em caixa alta juntamente com o ano de publicação dentro dos parênteses, observando-se os seguintes critérios: Quando houver mais de um autor, as citações devem ser em ordem alfabética. Trabalhos com mais de três autores devem ser referenciados ao primeiro autor, seguido por “et al.” (em itálico e com ponto). Quando houver mais de uma publicação do mesmo autor, no mesmo ano, o ano da publicação deve ser seguido dos componentes “a, b, c...”, em ordem alfabética. Exemplos: ... estudos efetuados por Silva (1994a, 1994b) e por Machado et al. (1995a) revelaram...; ... estudos recentes (SOUZA, 1993; Silva, WILSON e OLIVEIRA, 1994; MACHADO et al., 1995b) revelaram.. Ao final do trabalho deverá ser apresentada uma lista de todas as referências citadas no texto, de acordo com os seguintes critérios, entre outros: As referências devem ser relacionadas em ordem alfabética, de acordo com o sobrenome do primeiro autor. Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 7. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I Devem ser referenciados todos os autores (independentemente do número de autores), pelo sobrenome seguido pelas iniciais de cada autor, separados por vírgulas, todos em caixa alta. Exemplo: SMITH, P.J.; WATSON, L.R.M.; GREEN, C.M.. O título do periódico referenciado deverá ser apresentado em itálico. As indicações de volume, número e página deverão ser identificados pela letra inicial (“v”, “n” ou “p”), seguida de ponto. Não devem ser utilizadas aspas antes e depois do título do trabalho. Exemplo: JEWELL, W.J.; NELSON, Y.M.; WILSON, M.S. (1992) Methanotrophic bacteria for nutrient removal from wastewater: attached film systems. Water Environment Research, v. 64, n. 6, p. 756-65. O título do livro deve ser apresentado em itálico. Devem ser incluídos a edição, o local, a editora, o número de páginas e a data: Exemplo: FRANÇA, J.L.; VASCONCELOS A. C. (2007) Manual para Normalização de Publicações Técnico-Científicas. 8ª. ed. Belo Horizonte. Ed. UFMG, 255 p. Em capítulos de livros e trabalhos de congressos, a obra principal (título do livro ou denominação do congresso) é referenciado em itálico e vem precedida da expressão“In”. Exemplos: Anais - CAIXINHAS, R.D (1992). Avaliação do impacto ambiental de empreendimentos hidro-agrícolas. In: V Simpósio Luso-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, Anais... Lisboa: APRH, p, 203-11. Capítulo de Livro - KUKOR, J.J.; OLSEN, R.H.; IVES, K. (1989). Diversity of toluene degradation following exposure to BTEX in situ. In: KAMELY, D.; CHAKABARTY, A.; OLSEN, R.H. (EDS.) Biotechnology and Biodegradation. Portfolio Publishing Company, The Woodlands, E.U.A., 405-421. 11. OBSERVAÇÕES: 11.1 O professor orientará o trabalho no contexto geral, devendo deixar claros os critérios necessários e os conceitos a serem abordados nas seções correspondentes. 11.2 Todos os membros do grupo devem participar. 11.3 As equipes deverão entregar as cópias completas do trabalho final, conforme data prevista no cronograma. Após a data agendada, não serão recebidos os trabalhos. 11.4 O professor deverá encaminhar para a coordenação as notas dos trabalhos escritos (vide cronograma). Visando não prejudicar o fechamento das médias semestrais, conforme o Calendário dos cursos Técnicos. 11.5 Em caso de alguma dúvida procure resolvê-la junto ao professor no horário de permanência ao aluno. 11.6 Tanto os diagramas quanto o layout das telas e relatórios a serem construídos e implementados devem ser definidos junto ao professor orientador. Entretanto, deve-se ressaltar que a função do professor É APENAS DE ORIENTÁ- LOS na construção dos mesmos e NÃO FAZÊ-LOS. 11.7 Não serão aceitos os diagramas desenhados manualmente, eles deverão ser confeccionados em alguma Ferramenta CASE (ER-Win, Rational Rose, Visio, e outros). 11.8 Os grupos devem conter no máximo 5 alunos e somente será dada a nota para aqueles que estiverem na capa do trabalho. Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 8. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I 11.9 O objetivo do projeto integrador é possibilitar o grupo exercitar, num caso prático, os conceitos abordados nas componentes do semestre. Assim, cuidado em utilizar exemplos existentes nos livros e, principalmente, na Internet. Trabalhos “parecidos” são considerados e corrigidos, mas cópias serão desconsideradas, pois esvazia o objetivo do trabalho. FORMATAÇÃO DO PROJETO INTEGRADOR a) Margens, espaço e papel As Margens deverão apresentar as seguintes medidas:  Margem superior = 3 cm  Margem inferior = 2 cm  Margem esquerda = 3 cm  Margem direita = 2 cm A partir da margem deverão apresentar as seguintes medidas:  Cabeçalho = 2 cm  Rodapé = 1,25 cm  -Em todo trabalho deve-se utilizar sulfite branco  Tamanho do papel = A4 210 mm (21 cm) x 297 mm (29,7 cm) Formatação de texto e títulos Para a digitação do texto poderão ser usadas as letras Arial ou Times New Roman tamanho 12. Observar que a Times New Roman é uma letra menor que a Arial. Para a formatação é usada letra tamanho: 16 para TÍTULOS (capítulos), 14 para SUBTÍTULOS e 12 para Intertítulos. Os nomes dos títulos (capítulos), subtítulos e intertítulos deverão vir antecedidos de um parágrafo de 1 tab., sendo equivalente a 1,25 cm. Sempre que começar um capítulo novo, este deverá vir em uma folha nova, mesmo que no capítulo anterior tenha sobrado quase toda a folha. Para iniciar um capítulo, deixar 2 linhas em branco com espaçamento entre linhas= 1,5 linhas no tamanho 12 e escrever o título do mesmo na 3ª linha. Para facilitar a contagem dos enters ativar o ícone marca de parágrafo (¶), O texto deve ser digitado com espaçamento 1,5, com exceção das notas de rodapé, citações longas, tabelas e bibliografia, que serão digitadas em espaço simples. O alinhamento do texto deverá ser Justificado. O corpo do trabalho deve ser digitado em caixa alta e baixa (só a primeira letra maiúscula) usando a letra tamanho 12. O parágrafo para o corpo do texto corresponde a 2 tab., o que equivale 2,5 cm da margem. Para numerar páginas A numeração das páginas deve ser feita com algarismos arábicos. Os números devem ser colocados à direita, observando-se 2 cm para a margem superior do papel e 2cm do lado direito da folha (esta formatação é feita no momento em que se configura as margens e cabeçalho que já foram descritas acima). Para numerá-las, sempre comece a partir do DESENVOLVIMENTO. As páginas anteriores não terão o número de página, embora sejam contadas. Exemplo: folha 1 = FOLHA DE ROSTO (p.1) folha 2 = SUMÁRIO (p.2) folha 3 = INTRODUÇÃO (p.3) Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 9. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I DICAS PARA REDIGIR O PROJETO INTEGRADOR I 1) saber o que se vai escrever, para quê e para quem, é importante; 2) o texto deve ser claro, conciso e correto, em uma linguagem espontânea, simples e direta, onde cada palavra traduza exatamente o que se deseja transmitir; 3) o excesso de palavras difíceis ou técnicas torna o texto rebuscado e, muitas vezes,incompreensível; 4) deve-se obedecer às regras gramaticais, pois, fatores como ortografia, concordância e pontuação podem, facilmente, modificar o sentido da mensagem; 5) o autor do texto deve ter familiaridade com a norma culta da língua que está utilizando, domínio de seus mecanismos e recursos de coesão, coerência, ortografia, acentuação, regência e concordância verbal e nominal, e conhecimento de vocabulário variado; 6) deve-se rascunhar tudo o que vem à mente para depois organizar o texto lingüisticamente; 7) é preciso citar os autores das idéias utilizadas para que não se caracterize o plágio; 8) a preferência deve ser dada ao uso de substantivos e de verbos na voz ativa; 9) evitar o uso abusivo de advérbios (em particular, os terminados em mente) e de adjetivos; 10) usar a terceira pessoa do singular, evitando-se expressões como eu acho..., eu penso... etc., na primeira pessoa do singular; pronomes possessivos também devem ser abolidos como meu trabalho..., minha pesquisa..., meus estudos...; 11) os parágrafos não devem ser muito extensos; curtos, trazem idéias mais claras e explícitas; 12) o uso de tabelas, gráficos, equações etc, deve se restringir ao necessário para melhor compreensão do texto; 13) deve-se tomar cuidado com o uso figurado das palavras (metáforas e metonímias, por exemplo), para que em lugar de se caracterizar como uma associação de idéias, tornem-se verdadeiras incógnitas para o leitor; 14) em textos destinados à leitura oral, deve-se ter a preocupação com a harmonia sonora, evitando-se as repetições, as dissonâncias, as cacofonias, o eco etc.; 15) é importante que o autor desenvolva um aspecto da sua idéia em cada parágrafo, mantendo a unidade e o equilíbrio das partes, o que leva à compreensão do texto todo; 16) evitar argumentação demasiadamente abstrata; 17) evitar repetição de detalhes supérfluos; 18) recorrer a termos técnicos, somente quando forem indispensáveis; 19) evitar o uso de abreviaturas, pois podem gerar ambigüidade e mal entendidos; Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC
  • 10. PROJETO TRANSDISCIPLINAR DE APRENDIZAGEM PROJETO INTEGRADOR I 20) usar vocabulário adequado ao tema, evitando-se modismos e gíria; 21) fazer revisão do que foi escrito; uma leitura completa em voz alta do rascunho facilitará a correção de frases sem sentido e confusas; Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central - FACIPLAC