SlideShare uma empresa Scribd logo
Processos fonológicos

Professora Sílvia Faim
Processos fonológicos


Inserção (adição);



Supressão (queda).
Inserção


Prótese;



Epêntese;



Paragoge.
Prótese


Acrescentamento de um fonema no início da
palavra:



i > aí
stare > estar
spiritu > espírito



Epêntese


Acrescentamento de um fonema no meio da
palavra:



humile > humilde
credo > creo > creio


Paragoge


Acrescentamento de um fonema no fim da
palavra:



ante > antes
flor > flore * (pop.)


Supressão


Aférese;



Síncope;



Apócope.
Aférese


Supressão de um fonema no início da
palavra:



acume > gume
inamorare > namorar
atonitu > tonto



Síncope


Supressão de um fonema no meio da
palavra:



calidu > caldo
crudu > crú


Apócope


Supressão de um fonema no fim da palavra:



dat > dá
et > e
amore > amor



Exercícios:


Indica os processos fonológicos ocorridos na
evolução dos seguintes vocábulos:



abaxa > abaixa
faze > faz
i > aí
avantagem > vantagem
vinrá > virá





Alteração de segmentos


Metátese



Assimilação



Vocalização



Dissimilação



Sonorização



Palatalização



Nasalação



Crase



Desnasalação



Ditongação



Redução vocálica
Metátese


Mudança de um fonema dentro de uma
sílaba ou palavra:



quattuor > quatro
pro > por
contrairo > contrário
feria > feira





Vocalização


Transformação de uma consoante em vogal:



nocte > noite
octo > oito
regnu > reino
lacte > leite




Sonorização


Uma consoante surda
torna-se sonora:



lupu > lobo
totu > todo
amicu > amigo
aqua > água










p
t
c
q




b
d
g
Nasalação






Um som oral torna-se nasal por influência de
outro fonema nasal próximo:
lana > lãa > lã
canes > cães
Mihi > mii > mim
Desnasalação



Um som nasal torna-se oral:
bona > bõa > boa



luna > lũa > lua


Assimilação



Um fonema torna outro fonema semelhante
ou igual a si próprio:
vostra > vossa
 assimilação progressiva do t



persona >pessoa
 assimilação regressiva do r
Dissimilação





Dois fonemas iguais tornam-se diferentes:
rotundu > rodondo > redondo
alacre > alagre > alegre
locale > lugar
Palatalização


Passagem de um grupo
consonântico a palatal:



plumbu > chumbo



flama > chama








clamare > chamar

pl
fl
cl

ch
Palatalização


li

lh



filiu > filho
muliere > mulher



oculu > oclu > olho



cl

lh



senior > senhor



ni

nh


Crase


Aglutinação de duas vogais numa só:



legere > leer > ler



dolores > doores > dores



pede > pee > pé
Ditongação


Contração de duas vogais num ditongo:



lege > lee > lei



animales > animaes > animais
Redução vocálica


Quando há um enfraquecimento de uma
vogal em posição átona (não acentuada) na
segunda palavra:



bolo > bolinho
mar > maresia


Exercícios:










Identifica os processos fonológicos que
ocorreram em cada uma das palavras
seguintes:
pluvia > pluva > chuva
persicu > pessicu > pêssego
semper > sempre
rotundo > rodondo > redondo
manu >mão
actu > auto

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do PoetaOs Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Dina Baptista
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
Lurdes Augusto
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
quintaldasletras
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
nando_reis
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
Aparecida Mallagoli
 
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
nanasimao
 
Frei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, sínteseFrei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, síntese
Maria Teresa Soveral
 
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Maria Góis
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
Paula Oliveira Cruz
 
Sermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - ResumoSermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - Resumo
colegiomb
 
Atos de fala
Atos de falaAtos de fala
Atos de fala
António Fernandes
 
Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"
gracacruz
 
Um mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadosoUm mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadoso
Helena Coutinho
 
Resumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões líricoResumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões lírico
Raffaella Ergün
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
Paula Oliveira Cruz
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
ameliapadrao
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
Paula Angelo
 
Fernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-OrtónimoFernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-Ortónimo
Margarida Rodrigues
 
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Rosalina Simão Nunes
 
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Alexandra Madail
 

Mais procurados (20)

Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do PoetaOs Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
 
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
Os lusíadas - Canto I Estâncias 105 e 106
 
Frei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, sínteseFrei Luís de Sousa, síntese
Frei Luís de Sousa, síntese
 
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
Estruturas externa-e-interna de "Frei Luís de Sousa"
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Sermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - ResumoSermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - Resumo
 
Atos de fala
Atos de falaAtos de fala
Atos de fala
 
Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"
 
Um mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadosoUm mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadoso
 
Resumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões líricoResumos de Português: Camões lírico
Resumos de Português: Camões lírico
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Fernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-OrtónimoFernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-Ortónimo
 
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
 
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira
 

Destaque

Onzeneiro
OnzeneiroOnzeneiro
Processos fonologicos
Processos fonologicosProcessos fonologicos
Processos fonologicos
ameliapadrao
 
9ºano gramática – português
9ºano gramática – português9ºano gramática – português
9ºano gramática – português
Mariana Monteiro
 
Pronominalização
PronominalizaçãoPronominalização
Pronominalização
Iga Almeida
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
PescaPesca
Palavras divergentes e convergentes
Palavras divergentes e convergentesPalavras divergentes e convergentes
Palavras divergentes e convergentes
Susana Sobrenome
 
Resumo e sintese
Resumo e sinteseResumo e sintese
Resumo e sintese
Elisabete Pinto
 
Resumo e Síntese
Resumo e SínteseResumo e Síntese
Resumo e Síntese
Vanda Sousa
 
Semântica pt 1
Semântica pt 1Semântica pt 1
Semântica pt 1
pointdotpoint
 
Tipos e Formas de frase
Tipos e Formas de fraseTipos e Formas de frase
Tipos e Formas de frase
Rosalina Simão Nunes
 
Processos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavrasProcessos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavras
Lina Claro
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
5julho55
 
Frase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passivaFrase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passiva
tessvalente
 
Cena do onzeneiro
Cena do onzeneiroCena do onzeneiro
Cena do onzeneiro
José Ferreira
 
Modelos de síntese
Modelos de sínteseModelos de síntese
Modelos de síntese
denisecgomes
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
António Fernandes
 
Transformação ativa-passiva
Transformação ativa-passivaTransformação ativa-passiva
Transformação ativa-passiva
António Mateus
 
Coordenação. Subordinação
Coordenação. SubordinaçãoCoordenação. Subordinação
Coordenação. Subordinação
Rosalina Simão Nunes
 
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiroAuto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Rita Galrito
 

Destaque (20)

Onzeneiro
OnzeneiroOnzeneiro
Onzeneiro
 
Processos fonologicos
Processos fonologicosProcessos fonologicos
Processos fonologicos
 
9ºano gramática – português
9ºano gramática – português9ºano gramática – português
9ºano gramática – português
 
Pronominalização
PronominalizaçãoPronominalização
Pronominalização
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
 
Palavras divergentes e convergentes
Palavras divergentes e convergentesPalavras divergentes e convergentes
Palavras divergentes e convergentes
 
Resumo e sintese
Resumo e sinteseResumo e sintese
Resumo e sintese
 
Resumo e Síntese
Resumo e SínteseResumo e Síntese
Resumo e Síntese
 
Semântica pt 1
Semântica pt 1Semântica pt 1
Semântica pt 1
 
Tipos e Formas de frase
Tipos e Formas de fraseTipos e Formas de frase
Tipos e Formas de frase
 
Processos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavrasProcessos irregulares de formação de palavras
Processos irregulares de formação de palavras
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Frase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passivaFrase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passiva
 
Cena do onzeneiro
Cena do onzeneiroCena do onzeneiro
Cena do onzeneiro
 
Modelos de síntese
Modelos de sínteseModelos de síntese
Modelos de síntese
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
 
Transformação ativa-passiva
Transformação ativa-passivaTransformação ativa-passiva
Transformação ativa-passiva
 
Coordenação. Subordinação
Coordenação. SubordinaçãoCoordenação. Subordinação
Coordenação. Subordinação
 
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiroAuto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
 

Semelhante a Processos fonológicos

Ficha informativa
Ficha informativaFicha informativa
Ficha informativa
Ana Pinto
 
processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015
luiscunha
 
Fenómenos fonéticos
Fenómenos fonéticosFenómenos fonéticos
Fenómenos fonéticos
Lúcia Gonçalves
 
[Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês][Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês]
Danny_9
 
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptxgramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
CristinaCasquilhoMCa
 
Secund_processos_fonologicos_etimologia.pptx
Secund_processos_fonologicos_etimologia.pptxSecund_processos_fonologicos_etimologia.pptx
Secund_processos_fonologicos_etimologia.pptx
AnaCosta901158
 
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
becastanheiradepera
 
Fenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9ºFenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9º
Felisbela da Silva
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
Israel Reis
 
Resumo concordância 06.10.2016
Resumo concordância 06.10.2016Resumo concordância 06.10.2016
Resumo concordância 06.10.2016
Felipe Luccas Rosas
 
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavrasFinalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
AnaBittencourt
 
375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx
375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx
375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx
ssuser3646a1
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
Geovane Junior
 
Resumo - Acentuação Gráfica
Resumo - Acentuação GráficaResumo - Acentuação Gráfica
Resumo - Acentuação Gráfica
fernando222
 
Processos fonológicos (1)
Processos fonológicos (1)Processos fonológicos (1)
Processos fonológicos (1)
fatimamendonca64
 
Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016
Felipe Luccas Rosas
 
Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016
Felipe Luccas Rosas
 
Resumo português
Resumo portuguêsResumo português
Resumo português
Felipe Luccas Rosas
 
Simple Present e Present Continuous
Simple Present  e Present ContinuousSimple Present  e Present Continuous
Simple Present e Present Continuous
Pietro Ferreira
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
Paulo Martins
 

Semelhante a Processos fonológicos (20)

Ficha informativa
Ficha informativaFicha informativa
Ficha informativa
 
processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015
 
Fenómenos fonéticos
Fenómenos fonéticosFenómenos fonéticos
Fenómenos fonéticos
 
[Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês][Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês]
 
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptxgramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
 
Secund_processos_fonologicos_etimologia.pptx
Secund_processos_fonologicos_etimologia.pptxSecund_processos_fonologicos_etimologia.pptx
Secund_processos_fonologicos_etimologia.pptx
 
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
Histlinfenfoneticos 1223237520783897-9
 
Fenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9ºFenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9º
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Resumo concordância 06.10.2016
Resumo concordância 06.10.2016Resumo concordância 06.10.2016
Resumo concordância 06.10.2016
 
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavrasFinalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
 
375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx
375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx
375869124-Estrutura-e-Formacao-Das-Palavras.pptx
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Resumo - Acentuação Gráfica
Resumo - Acentuação GráficaResumo - Acentuação Gráfica
Resumo - Acentuação Gráfica
 
Processos fonológicos (1)
Processos fonológicos (1)Processos fonológicos (1)
Processos fonológicos (1)
 
Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016
 
Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016Resumão português revisado 12.12.2016
Resumão português revisado 12.12.2016
 
Resumo português
Resumo portuguêsResumo português
Resumo português
 
Simple Present e Present Continuous
Simple Present  e Present ContinuousSimple Present  e Present Continuous
Simple Present e Present Continuous
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 

Mais de Sílvia Faim

O Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e Guidobaldo
O Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e GuidobaldoO Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e Guidobaldo
O Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e Guidobaldo
Sílvia Faim
 
O que fica do que passa
O que fica do que passaO que fica do que passa
O que fica do que passa
Sílvia Faim
 
Instrumentode aprendizagem
Instrumentode aprendizagemInstrumentode aprendizagem
Instrumentode aprendizagem
Sílvia Faim
 
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisaEstratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Sílvia Faim
 
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisaEstratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Sílvia Faim
 
Manifestações teatrais pré vicentinas1
Manifestações teatrais pré vicentinas1Manifestações teatrais pré vicentinas1
Manifestações teatrais pré vicentinas1
Sílvia Faim
 

Mais de Sílvia Faim (6)

O Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e Guidobaldo
O Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e GuidobaldoO Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e Guidobaldo
O Cavaleiro da Dinamarca e a história de Vanina e Guidobaldo
 
O que fica do que passa
O que fica do que passaO que fica do que passa
O que fica do que passa
 
Instrumentode aprendizagem
Instrumentode aprendizagemInstrumentode aprendizagem
Instrumentode aprendizagem
 
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisaEstratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
 
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisaEstratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
Estratégias para a execução de um trabalho de pesquisa
 
Manifestações teatrais pré vicentinas1
Manifestações teatrais pré vicentinas1Manifestações teatrais pré vicentinas1
Manifestações teatrais pré vicentinas1
 

Último

A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 

Processos fonológicos