SlideShare uma empresa Scribd logo
Igreja Urbana Aperfeiçoamento Diaconal




 Identificação e desenvolvimento de Liderança - 2010
Pr. Carlos Rizzon e Valéria Rizzon –
www.igrejaurbana.wordpress.com – Contato: Prcarlosrizzon@mail.com
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


•   Objetivos do Ministério:
•   Visão
•   Missão
•   Porque existimos como Igreja
Aperfeiçoamento Diaconal 2010




• O que é Liderança ?
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


Líder é aquele que recebe tal
 responsabilidade, assumindo o compromisso de
 levar o grupo àquele objetivo.
 Não confunda administrar coisas com liderar
 pessoas.
 Liderar exige conhecimentos, técnicas e aprendizado
 contínuo no trato com as pessoas.
 Liderar não é administrar “templos”, finanças e
 organizações.
 Você pode ser um bom administrador e não ser um
 bom líder.
 Conclusão: “Liderança é relacionamento”.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


• Cinco mitos sobre Liderança
  1) O Mito da Administração  Um mal entendido altamente
  difundido é que liderança e administração são a mesma coisa e
  funcionam da mesma forma. A diferença principal entre os dois
  é que liderança é influenciar pessoas para seguir e administração
  é sobre processos e sistemas. Algumas vezes o melhor
  administrador é como um garotinho passeando com um
  cachorro grande, esperando aonde o cachorro quer ir para então
  o levar. Uma boa forma para testar se uma pessoa pode liderar
  ou só administrar é só pedir que ele cause uma mudança
  positiva, o administrador consegue manter a rota, mas não
  mudá-la. Para fazer as pessoas se moverem em uma nova
  direção, você precisa de influência.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


 2) O Mito do Empreendedorismo
Normalmente todo mundo pensa que
empreendedores e vendedores são líderes, mas
nem sempre é assim. O fato de se influenciar
alguém para comprar algo ou começar um negócio
não diz que é um líder. As pessoas podem até
comprar ou fazer parcerias, mas elas não os estão
seguindo. Eles podem até persuadir as pessoas por
um momento, mas não tem influência duradoura
Aperfeiçoamento Diaconal 2010



• 3) O Mito do Conhecimento
   Francis Bacon disse: “Conhecimento é poder”!
  Muitas pessoas acreditam que poder é a essência da
  Liderança e acreditam também que aquele que tem
  conhecimento e inteligência é um líder. Você pode ir
  a qualquer universidade onde você encontrará
  grandes cientistas, pesquisadores brilhantes e até
  filósofos que tem grande habilidade para pensar mas
  não são líderes. Um alto QI não quer dizer
  necessariamente que se é um líder.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


• 4) O Mito do Pioneiro
  Outro mal entendido é que qualquer pessoa que
  esteja à frente (pioneirismo) de uma multidão é um
  líder. Mas, ser o primeiro não quer dizer o mesmo de
  liderar. Para ser um líder a pessoa não precisa
  somente estar à frente, mas também deve ter
  pessoas com intenção de estar com ele, seguindo sua
  liderança e atuando na sua visão.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


• 5) O Mito da Posição
  Agora o nosso último mal entendido da liderança é
  pensar que liderança é um cargo, assim como um
  Ministro de Louvor, pregador etc. Stanley Huffty diz:
  Não é o cargo que faz o líder, mas o líder faz o cargo.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


• Técnicas de um bom líder
  1) Comunicar: Informar de maneira clara, direta e
  simples. Transmitir a visão da necessidade de se
  conseguir o objetivo.
  2) Delegar: Acionar os recursos dos seus liderados
  (“dons”) na direção do objetivo. Fazer com que 1+1
  seja igual a três, e não dois. Organizar tarefas e
  funções. Formar equipes.
  3) Inovar: Aceitar mudanças e novas idéias. A única
  coisa que o bom líder não cede é quanto ao objetivo.
  No caso do líder cristão, não cede também quanto à
  doutrina bíblica.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010



• 4) Motivar: Incentivar novas lideranças. Elogiar se
  estiver bom, estimular a participação dos liderados
  nos processos que levam ao objetivo final, sempre
  visando a excelência. Ser exemplo de conduta.
  5) Planejar: Ter uma visão em longo prazo, definindo
  prioridades. Treinar as lideranças. Adotar
  metodologias compatíveis com os objetivos
Aperfeiçoamento Diaconal 2010




• Se você tivesse 03 anos para evangelizar o
  mundo, tendo todos os recursos financeiros e
  tecnológicos qual método você usaria?
•   Filipenses 2:6
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


• Melhor exemplo de liderança
 O Exemplo de Jesus
 Seu objetivo: Salvar os homens do pecado, do
 mal e da morte.
 Comunicou: Sua mensagem de amor e de nova
 vida, na linguagem do povo da época.
 “parábolas”. Pregou em aramaico, idioma
 corrente da palestina.
 Delegou: A missão de espalhar a mensagem.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


• Inovou: Rompeu com as arcaicas tradições
  religiosas da época. Ensinou ao ar
  livre, concedeu perdão a prostitutas e
  cobradores de impostos, curou num sábado.
  Motivou: Enviou o Seu Espírito Santo para que
  seus discípulos saíssem das casas –
  Esconderijos. Foi exemplo de conduta em todas
  as áreas humanas.
  Planejou: Deu ordens específicas (“amai-vos
  uns aos outros”) etc., e escolheu doze homens
  para liderança, treinando-os durante 03 anos.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010



• Focos do Líder
  1) Pessoas: Alvo da liderança. Não se lidera
  coisas, lidera-se pessoas!

  2) Objetivo: Sem objetivo o grupo se perde, o
  líder não sabe para onde liderar seu grupo.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


Diaconato     I Timóteo 3:8

"Semelhantemente, quanto a diáconos, é necessário que
sejam respeitáveis, de uma só palavra, não inclinados a muito
vinho, não cobiçosos de sórdida ganância, conservando o
mistério da fé com a consciência limpa. Também sejam estes
primeiramente experimentados; e se, se mostrarem
irrepreensíveis, exerçam o diaconato. O diácono seja marido
de uma só mulher e governe bem seus filhos e a própria casa.
Pois os que desempenharem bem o diaconato alcançam para
si mesmos justa preeminência e muita intrepidez na fé em
Cristo Jesus" (1 Timóteo 3:8-10 e12,13).
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


palavra "diácono" vem de uma palavra
grega (diakonos) que é encontrada algumas 30
vezes no Novo Testamento. Palavras semelhantes
são diakonia (ministério ou diaconato)
e diakoneo (servir ou ministrar). "Diácono" quer
dizer "atendente" ou "servente". A mesma palavra
descreve escravos, empregados e obreiros
voluntários. A ênfase não está na posição da
pessoa, mas no servo em relação ao seu trabalho.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


Ser Diácono é ser um facilitador, um obreiro que serve
na igreja local, ajudando na administração e
manutenção da mesma

1 Timóteo 3:1-13 e Filipenses 1:1 mostram que esses
servos são distintos dos bispos ou presbíteros. Eles
servem sob a supervisão e direção dos
presbíteros, auxiliando em diversos aspectos do
trabalho da igreja. Em Atos 6:1-7, achamos um
exemplo de homens escolhidos para servir na
igreja, neste caso sob a supervisão dos apóstolos.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


• O que é ser um Diácono? Diácono é uma pessoa
  idônea, honesta e separada por Deus para servir na
  igreja local sob a supervisão dos presbíteros e bispos.
  O Diácono é um facilitador.
• Qual o papel do Diácono? São assistentes dos
  presbíteros e servos da igreja. Eles devem lidar com
  questões práticas que de outra forma atrapalhariam
  os presbíteros em sua obra de oração e
  pregação, tais como distribuição de ajuda. Eles não
  têm autoridade sobre os presbíteros.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

    Preparação para a liderança Diaconal
•
    1)Tempo - Para ser Diácono existe um tempo, o tempo de Deus.
    Normalmente ficamos ansiosos por vermos as promessas de Deus se
    cumprindo rapidamente, entretanto, precisamos dar a Deus o tempo
    necessário para que as coisas se cumpram. É importante que
    compreendamos que ele atua de forma coletiva, ou seja, a confirmação
    que você tem recebido será comunicada pelo Espírito Santo aos seus
    líderes; ex. Pastor, Líder dos diáconos e etc. É necessário saber entender o
    tempo de Deus porque é como um nascimento, ninguém adianta um
    parto, só em casos extremos. Você precisará esperar um pouco e
    continuar orando até que Deus fale ao coração das pessoas envolvidas na
    decisão. São nestes momentos que aprendemos a trabalhar como corpo
    de Cristo. Nosso Deus esta ensinando ao seu corpo como trabalhar em
    unidade e o tempo dos ultimatos já passaram (It’s my way or the higway).
    A chave é ser obediente a Deus, lembrando que Deus usa homens para
    tratar com a gente.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010


2) Confiança – Ao fazer com que confiemos totalmente
 nEle, Deus, normalmente retira qualquer “escora” em que nos
 apoiamos. (Juízes 7:1-7 Gideão). Como líderes, é necessário
 da espaço a Deus precisam permitir esta mesma liberdade em
 suas vidas para que o Senhor seja poderoso. Isto pode
 significar fazer as coisas de uma maneira pela qual vocês
 nunca fizeram antes. Pode significar delegar aos outros, áreas
 área as quais, anteriormente, vocês já sentiram o dever de
 realizar. Seja o que for, esteja sensível àquilo que Deus esta
 fazendo e dêem-lhe a liberdade para que ele se mova da
 forma que quiser.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

3) Motivação – Algumas vezes, ao entrarmos para
  liderança, nossas motivações não são puramente da forma
  com que Deus desejava que fosse. A nossa motivação deve
  ser sempre glorificá-lo e encaminhar os outros para
  conhecê-Lo de uma forma mais profunda. Qualquer
  motivação que busca a autopromoção ou a glória pessoal
  será exposta a vocês pelo Espírito Santo. Algumas
  vezes, aquilo que pensamos ser a motivação correta não
  é, verdadeiramente, o que esta se movendo em nosso
  coração. Deus usará o período de preparação para purificar
  suas motivações e mostrar qualquer área cuja motivação
  seja incorreta. I Samuel 15. E em I Samuel 16:7 Deus revela
  a verdade que estava no coração dele.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010



Permita que o Senhor purifique qualquer área de motivação
que não seja para sua glória. Lembre-se que é pelo Espírito
que os milagres acontecem. ”A glória é muito pesada para
que a carreguemos e muito quente para que a
retenhamos.” Independente de como a glória chegue até
você como resultado do ministério, ofereça-a ao Senhor
imediatamente e receba sua benção. Que sempre apontemos
as pessoas para Jesus.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

Serviço - Requisitos
 1) É nascido de novo e “cheio do Espírito” e sensível ao
 Espírito Santo (II Coríntios 5:17- Efésios 5:18).
 2) Tem uma vida de oração consistente e intensa (I Ts 5:17)
 3) Tem amor pela família e pela restauração do quebrantado
 de coração (Facilitador) ( I Timóteo 5:8).
 4) Busca e mantém um relacionamento vivo com Deus.
 5) Busca e mantém um período de ministração e oração com a
 família.
 6) É fiel ao ministério que lhe foi designado. (I Tm 3:8) (II Tm
 2:2 – I Tm 1:12 e Fp 2:22).
 7) Não é escravo da ambição – “Nada façais por partidarismo
 ou vanglória...” Fp 2:3.
 8) Não é neófito (Recém convertido) I tm 3:6.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

9) Que seja casado e que tenha um casamento saudável, e
  que a esposa esteja de acordo quanto ao ministério. (I Tm
  3:3-8 Ef 5:21-28).
  10) É ensinavel, não é defensível.
  11) Ter um coração tratado e corrigido.
  12) Esvaziar totalmente, ser submisso.
  13) Honrar e respeitar todas as autoridades. (I Pedro 2:21-
  23)  Seguindo o exemplo de Jesus.
  14) Servir um ao outro em amor.
  15) Usar de sua autoridade sempre com
  poder, amor, mansidão,disciplina e sabedoria.
  16) Ter um coração acolhedor e demonstrar aceitação.
  17) Praticar a ação de ouvir, contato visual, paciência para
  explicar, entender e esclarecer.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010



18) Livre de compulsões como
fumo, drogas, álcool, imoralidade sexual.
19) Fiel em sua freqüência na igreja local e de bom
relacionamento com seus líderes e demais membros
da igreja local.
20) É favoravelmente recomendado pela liderança da
igreja local para exercer posição de liderança.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

    Autoridade
•
  Considerando que nossa atitude com relação à nossa submissão
  ao Senhorío de Cristo, nós deveríamos ser mais conscientes e
  aplicados na igreja e aos nossos líderes espirituais, que tem sido
  separados por Deus. A Bíblia diz: “Obedecei a vossos
  guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas
  como quem há de prestar contas delas; para que o façam com
  alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.” (Hebreus
  13:17)
• Muito mais importante do que autoridades secular, os cristãos
  devem ser cooperativos com os líderes espirituais, que “Velam
  por suas almas”. Um ponto muito importante revelada nesta
  passagem aos Hebreus é que todos os cristão deveriam estar
  debaixo da autoridade de um líder espiritual. Isto também
  significa que todo crente deve ser parte de uma igreja local.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010



• Para começar, Deus coloca um alto valor no quesito
  autoridade porque foi Ele quem criou. A Bíblia diz que toda
  autoridade provém e se origina em Deus. Deus é a fonte
  absoluta de toda autoridade no universo, e tem delegado
  seus princípios de autoridade para toda humanidade para
  manter a ordem no mundo.
• (Rom. 13:1-2).
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

Rebelião Desrespeita toda Autoridade
Da mesma forma que autoridade is relacionada com outra
autoridade, rebelião também se correlaciona. Rebelião é a falta de
disposição de se submeter a qualquer tipo de autoridade, são
atitudes indiscriminadas contra a autoridade.
“Nossa atitude com relação a Cristo, esta diretamente associada
com nossa atitude em relação às outras autoridades.”
Jesus não pode ser totalmente “Senhor” na vida de uma pessoa
que trama rebelião. O apóstolo Paulo nos diz que quem resiste à
autoridade resiste a Deus (Rom. 13:2).
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

•  Assim como Deus é a fonte de toda autoridade, o diabo é a
  fonte de toda rebelião. Nós conhecemos a história de que o
  diabo (Lúcifer), um arcanjo, e foi expulso do céu porque se
  levantou contra Deus (Isaias 14:12-15). Rebelião é na essência a
  atitude do diabo. (Ef. 2:2), e se permitirmos nos infectará e nos
  dominará e nos levantaremos contra Deus e sua palavra.
• O profeta Samuel disse,: (1Sam 15:23) “Porque a rebelião é
  como o pecado de adivinhação, e a obstinação é como a
  iniqüidade de idolatria. Porquanto rejeitaste a palavra do
  Senhor, ele também te rejeitou, a ti, para que não sejas rei.” O
  apóstolo Pedro diz que os que são corruptos ”Rejeitam
  autoridade” (2 Pedro. 2:10), e no livro de Provérbios diz; “O
  homem mal busca apenas por rebelião” (Prov.17:11)KJV
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

• Prestação contas – Algo Essencial

• Não há como estar debaixo da autoridade espiritual da
  igreja local se não estamos debaixo da autoridade de
  Jesus.(Heb 10:25) Como podemos prestar contas ao nosso
  líder espiritual se não estamos ligados à comunhão da
  Igreja Local. Para se ter um crescimento espiritual sólido é
  necessário que estejamos ligados a um ministério. ”Uma
  brasa fora do braseiro se apaga.”
• Um dos motivos alguns Cristãos pulam de uma igreja a
  outra, ou até se esquiva de estar comprometido com um
  ministério é que mesmo inconscientemente eles resistem à
  autoridade.
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

Cada Cristão tem o Espírito Santo vivendo dentro dele para
o guiar (I João 2:27), Mas isto não os isenta de estarem
debaixo de uma liderança espiritual.(Heb.13:7,17).
Ele é o cabeça (Ef. 5:23), e comissionou a igreja para o
representar e representar sua autoridade no mundo. (2 Cor.
5:20, Matt. 18:17-20, John 14:12). Ele ordenou
Diáconos, Presbiteros, e Pastores para supervisionar e
administrar os interesses de sua igreja (Atos 14:23, 1 Tim.
3:10-13), e ministérios adicionais para ensinar, treinar, e
equipar espiritualmente para o serviço. (Ef. 4:11-16).
Ministros são também sujeitos à autoridade
administrativa, que podem dar
conselhos, orientações, pode reprovar e até disciplinar
quando necessário. (Atos 21:18-24).
Aperfeiçoamento Diaconal 2010

• Conclusão

• 1) Quando uma ordem é dada execute - a, procure
  entender o processo depois.
  2) Nunca verbalize suas frustrações com o membros da
  equipe.
  3) Não confunda suas boas idéias com obrigatoriedade de
  cumprimento.
  4) Se você não aprender a se submeter à
  autoridade, provavelmente você não terá oportunidades de
  estar à frente como líder.
  5) Se você não consegue seguir ordens, ou discorda de tudo
  é hora de sair da equipe.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
Moisés Sampaio
 
Liderança cristã - Conversa com a Igreja
Liderança cristã - Conversa com a IgrejaLiderança cristã - Conversa com a Igreja
Liderança cristã - Conversa com a Igreja
Paulo Ferreira
 
Estudo para liderança
Estudo para liderançaEstudo para liderança
Estudo para liderança
Ivo Souza
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Joanilson França Garcia
 
O discipulado na prática
O discipulado na práticaO discipulado na prática
O discipulado na prática
Joary Jossué Carlesso
 
Treinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jniTreinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jni
Joao Cerqueira
 
Evangelismo pessoal
Evangelismo pessoalEvangelismo pessoal
Evangelismo pessoal
Antonio Filho
 
estudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristãestudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristã
Reginaldo Pacheco
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
Márcio Martins
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Wander Sousa
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
Moisés Sampaio
 
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi DiscipularTreinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
revolucaoaje
 
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULASCAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
Idpb São Jose I
 
Apostila de evangelismo marcos 16
Apostila de evangelismo marcos 16Apostila de evangelismo marcos 16
Apostila de evangelismo marcos 16
aldeirdb
 
Fases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritualFases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritual
Marcelo Lieuthier
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Rodrigo Ribeiro
 
Missões lição 4 a história das missões
Missões lição 4   a história das missõesMissões lição 4   a história das missões
Missões lição 4 a história das missões
Natalino das Neves Neves
 
Liderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentaçãoLiderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentação
Junior Cesar Santiago
 
Apostila missiologia
Apostila missiologiaApostila missiologia
Apostila missiologia
Bernadetecebs .
 
Evangelismo Criativo
Evangelismo CriativoEvangelismo Criativo
Evangelismo Criativo
Michele L D Pain
 

Mais procurados (20)

O propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituaisO propósito dos dons espirituais
O propósito dos dons espirituais
 
Liderança cristã - Conversa com a Igreja
Liderança cristã - Conversa com a IgrejaLiderança cristã - Conversa com a Igreja
Liderança cristã - Conversa com a Igreja
 
Estudo para liderança
Estudo para liderançaEstudo para liderança
Estudo para liderança
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
O discipulado na prática
O discipulado na práticaO discipulado na prática
O discipulado na prática
 
Treinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jniTreinamento lideranca jni
Treinamento lideranca jni
 
Evangelismo pessoal
Evangelismo pessoalEvangelismo pessoal
Evangelismo pessoal
 
estudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristãestudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristã
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
 
Uma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibradaUma vida cristã equilibrada
Uma vida cristã equilibrada
 
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi DiscipularTreinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
Treinamento MDA - Eu Escolhi Discipular
 
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULASCAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
 
Apostila de evangelismo marcos 16
Apostila de evangelismo marcos 16Apostila de evangelismo marcos 16
Apostila de evangelismo marcos 16
 
Fases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritualFases do crescimento espiritual
Fases do crescimento espiritual
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 
Missões lição 4 a história das missões
Missões lição 4   a história das missõesMissões lição 4   a história das missões
Missões lição 4 a história das missões
 
Liderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentaçãoLiderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentação
 
Apostila missiologia
Apostila missiologiaApostila missiologia
Apostila missiologia
 
Evangelismo Criativo
Evangelismo CriativoEvangelismo Criativo
Evangelismo Criativo
 

Destaque

Estudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaEstudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da Igreja
Daniel Junior
 
Lição 1 O perfil bíblico de um líder
Lição 1 O perfil bíblico de um líderLição 1 O perfil bíblico de um líder
Lição 1 O perfil bíblico de um líder
Escola Bíblica Dominical - Betel
 
Liderança cristã
Liderança cristãLiderança cristã
Liderança cristã
Diego Rocha
 
Sete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristãSete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristã
Mário Souza
 
Estilos de Liderança - Postura do Líder
Estilos de Liderança - Postura do LíderEstilos de Liderança - Postura do Líder
Estilos de Liderança - Postura do Líder
Renato Martinelli
 
Liderança e Motivação
Liderança e  MotivaçãoLiderança e  Motivação
Liderança e Motivação
Vania Cardoso
 
Slides sobre Lideranca
Slides sobre LiderancaSlides sobre Lideranca
Slides sobre Lideranca
guest99f679
 
O que é liderança
O que é liderançaO que é liderança
O que é liderança
Márcio Roberto de Mattos
 
Características do obreiro coluna
Características do obreiro colunaCaracterísticas do obreiro coluna
Características do obreiro coluna
Evandro Cruz
 
Conceitos de Liderança
Conceitos de LiderançaConceitos de Liderança
Conceitos de Liderança
Gerente Consciente
 
Plantio de igrejas em Filipos
Plantio de igrejas em FiliposPlantio de igrejas em Filipos
Plantio de igrejas em Filipos
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Sem plantio de igrejas
Sem plantio  de igrejasSem plantio  de igrejas
Sem plantio de igrejas
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente ConvertidoUm Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Igreja Batista Regular da Fé
 
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
Aula 4   Sempre crescendo em CristoAula 4   Sempre crescendo em Cristo
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
Nacao_Libertai
 
Liderança cristã o lider e seus conflitos - Prof Abdias Barreto
Liderança cristã   o lider e seus conflitos - Prof Abdias BarretoLiderança cristã   o lider e seus conflitos - Prof Abdias Barreto
Liderança cristã o lider e seus conflitos - Prof Abdias Barreto
Abdias Barreto
 
Teologia da liderança e da administração
Teologia da liderança e da administraçãoTeologia da liderança e da administração
Teologia da liderança e da administração
Jose Ventura
 
A formação-do-líder-servo web
A formação-do-líder-servo webA formação-do-líder-servo web
A formação-do-líder-servo web
Luiza Dayana
 
Guerra Dos Sexos Nunca Mais
Guerra Dos Sexos Nunca MaisGuerra Dos Sexos Nunca Mais
Guerra Dos Sexos Nunca Mais
José Rodrigues Passarinho
 
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiroEstudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
robert_matias
 
O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20
Graça Maciel
 

Destaque (20)

Estudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da IgrejaEstudo para a Liderança da Igreja
Estudo para a Liderança da Igreja
 
Lição 1 O perfil bíblico de um líder
Lição 1 O perfil bíblico de um líderLição 1 O perfil bíblico de um líder
Lição 1 O perfil bíblico de um líder
 
Liderança cristã
Liderança cristãLiderança cristã
Liderança cristã
 
Sete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristãSete lições sobre liderança cristã
Sete lições sobre liderança cristã
 
Estilos de Liderança - Postura do Líder
Estilos de Liderança - Postura do LíderEstilos de Liderança - Postura do Líder
Estilos de Liderança - Postura do Líder
 
Liderança e Motivação
Liderança e  MotivaçãoLiderança e  Motivação
Liderança e Motivação
 
Slides sobre Lideranca
Slides sobre LiderancaSlides sobre Lideranca
Slides sobre Lideranca
 
O que é liderança
O que é liderançaO que é liderança
O que é liderança
 
Características do obreiro coluna
Características do obreiro colunaCaracterísticas do obreiro coluna
Características do obreiro coluna
 
Conceitos de Liderança
Conceitos de LiderançaConceitos de Liderança
Conceitos de Liderança
 
Plantio de igrejas em Filipos
Plantio de igrejas em FiliposPlantio de igrejas em Filipos
Plantio de igrejas em Filipos
 
Sem plantio de igrejas
Sem plantio  de igrejasSem plantio  de igrejas
Sem plantio de igrejas
 
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente ConvertidoUm Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
Um Membro de Igreja Saudável é Genuinamente Convertido
 
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
Aula 4   Sempre crescendo em CristoAula 4   Sempre crescendo em Cristo
Aula 4 Sempre crescendo em Cristo
 
Liderança cristã o lider e seus conflitos - Prof Abdias Barreto
Liderança cristã   o lider e seus conflitos - Prof Abdias BarretoLiderança cristã   o lider e seus conflitos - Prof Abdias Barreto
Liderança cristã o lider e seus conflitos - Prof Abdias Barreto
 
Teologia da liderança e da administração
Teologia da liderança e da administraçãoTeologia da liderança e da administração
Teologia da liderança e da administração
 
A formação-do-líder-servo web
A formação-do-líder-servo webA formação-do-líder-servo web
A formação-do-líder-servo web
 
Guerra Dos Sexos Nunca Mais
Guerra Dos Sexos Nunca MaisGuerra Dos Sexos Nunca Mais
Guerra Dos Sexos Nunca Mais
 
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiroEstudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
 
O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20O arrependimento e o perdão - n.20
O arrependimento e o perdão - n.20
 

Semelhante a Curso de liderança Igreja Urbana

estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptxestudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
Tiago Silva
 
Tipos de liderança slides
Tipos de liderança slidesTipos de liderança slides
Tipos de liderança slides
Dr. Tharles Santos, life coach e advogado.
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
Joel Silva
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
Joel Silva
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
Joel Silva
 
treinamentolideranca
treinamentoliderancatreinamentolideranca
treinamentolideranca
PaduaRodrigues2
 
Pim
PimPim
Liderança cristã
Liderança cristã Liderança cristã
Liderança cristã
Pastor Adilson Lopes Oficial
 
Apostila Mover para Líderes de Dança
Apostila Mover para Líderes de DançaApostila Mover para Líderes de Dança
Apostila Mover para Líderes de Dança
Silmara Caetano
 
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança CristãO Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
Márcio Melânia
 
Liderança cristã o Líder e seus conflitos
Liderança cristã   o Líder e seus conflitosLiderança cristã   o Líder e seus conflitos
Liderança cristã o Líder e seus conflitos
Abdias Barreto
 
Liderança Cristã Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã   Seguindo os Passos de JesusLiderança Cristã   Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã Seguindo os Passos de Jesus
Miguel Braga
 
04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx
04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx
04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx
freivalentimpesente
 
Encarando A Realidade Do MinistéRio Com Jovens
Encarando A Realidade Do MinistéRio Com JovensEncarando A Realidade Do MinistéRio Com Jovens
Encarando A Realidade Do MinistéRio Com Jovens
silas_i
 
04 principio-da-formacao-de-lideres
04 principio-da-formacao-de-lideres04 principio-da-formacao-de-lideres
04 principio-da-formacao-de-lideres
Herisson Gonçalves
 
Que é uma liderança
Que é uma liderançaQue é uma liderança
Que é uma liderança
Pastor Juscelino Freitas
 
A liderança juvenil seminário
A liderança juvenil   seminárioA liderança juvenil   seminário
A liderança juvenil seminário
Geraldo Manuel
 
Liderança ao estilo do mestre 1
Liderança ao estilo do mestre 1Liderança ao estilo do mestre 1
Liderança ao estilo do mestre 1
Biblica Brasil Brasil
 
aconselhamento.ppt
aconselhamento.pptaconselhamento.ppt
aconselhamento.ppt
Douglas Vasques
 
a1_lideranca_crista_ck.ppt
a1_lideranca_crista_ck.ppta1_lideranca_crista_ck.ppt
a1_lideranca_crista_ck.ppt
ErlandsonBarbosa
 

Semelhante a Curso de liderança Igreja Urbana (20)

estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptxestudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
 
Tipos de liderança slides
Tipos de liderança slidesTipos de liderança slides
Tipos de liderança slides
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
 
treinamentolideranca
treinamentoliderancatreinamentolideranca
treinamentolideranca
 
Pim
PimPim
Pim
 
Liderança cristã
Liderança cristã Liderança cristã
Liderança cristã
 
Apostila Mover para Líderes de Dança
Apostila Mover para Líderes de DançaApostila Mover para Líderes de Dança
Apostila Mover para Líderes de Dança
 
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança CristãO Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
O Especialista da Toalha - Curso de Liderança Cristã
 
Liderança cristã o Líder e seus conflitos
Liderança cristã   o Líder e seus conflitosLiderança cristã   o Líder e seus conflitos
Liderança cristã o Líder e seus conflitos
 
Liderança Cristã Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã   Seguindo os Passos de JesusLiderança Cristã   Seguindo os Passos de Jesus
Liderança Cristã Seguindo os Passos de Jesus
 
04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx
04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx
04-principio-da-formacao-de-lideres-200416232152.pptx
 
Encarando A Realidade Do MinistéRio Com Jovens
Encarando A Realidade Do MinistéRio Com JovensEncarando A Realidade Do MinistéRio Com Jovens
Encarando A Realidade Do MinistéRio Com Jovens
 
04 principio-da-formacao-de-lideres
04 principio-da-formacao-de-lideres04 principio-da-formacao-de-lideres
04 principio-da-formacao-de-lideres
 
Que é uma liderança
Que é uma liderançaQue é uma liderança
Que é uma liderança
 
A liderança juvenil seminário
A liderança juvenil   seminárioA liderança juvenil   seminário
A liderança juvenil seminário
 
Liderança ao estilo do mestre 1
Liderança ao estilo do mestre 1Liderança ao estilo do mestre 1
Liderança ao estilo do mestre 1
 
aconselhamento.ppt
aconselhamento.pptaconselhamento.ppt
aconselhamento.ppt
 
a1_lideranca_crista_ck.ppt
a1_lideranca_crista_ck.ppta1_lideranca_crista_ck.ppt
a1_lideranca_crista_ck.ppt
 

Último

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 

Último (12)

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 

Curso de liderança Igreja Urbana

  • 1. Igreja Urbana Aperfeiçoamento Diaconal Identificação e desenvolvimento de Liderança - 2010 Pr. Carlos Rizzon e Valéria Rizzon – www.igrejaurbana.wordpress.com – Contato: Prcarlosrizzon@mail.com
  • 2. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Objetivos do Ministério: • Visão • Missão • Porque existimos como Igreja
  • 3. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • O que é Liderança ?
  • 4. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Líder é aquele que recebe tal responsabilidade, assumindo o compromisso de levar o grupo àquele objetivo. Não confunda administrar coisas com liderar pessoas. Liderar exige conhecimentos, técnicas e aprendizado contínuo no trato com as pessoas. Liderar não é administrar “templos”, finanças e organizações. Você pode ser um bom administrador e não ser um bom líder. Conclusão: “Liderança é relacionamento”.
  • 5. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Cinco mitos sobre Liderança 1) O Mito da Administração  Um mal entendido altamente difundido é que liderança e administração são a mesma coisa e funcionam da mesma forma. A diferença principal entre os dois é que liderança é influenciar pessoas para seguir e administração é sobre processos e sistemas. Algumas vezes o melhor administrador é como um garotinho passeando com um cachorro grande, esperando aonde o cachorro quer ir para então o levar. Uma boa forma para testar se uma pessoa pode liderar ou só administrar é só pedir que ele cause uma mudança positiva, o administrador consegue manter a rota, mas não mudá-la. Para fazer as pessoas se moverem em uma nova direção, você precisa de influência.
  • 6. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 2) O Mito do Empreendedorismo Normalmente todo mundo pensa que empreendedores e vendedores são líderes, mas nem sempre é assim. O fato de se influenciar alguém para comprar algo ou começar um negócio não diz que é um líder. As pessoas podem até comprar ou fazer parcerias, mas elas não os estão seguindo. Eles podem até persuadir as pessoas por um momento, mas não tem influência duradoura
  • 7. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • 3) O Mito do Conhecimento Francis Bacon disse: “Conhecimento é poder”! Muitas pessoas acreditam que poder é a essência da Liderança e acreditam também que aquele que tem conhecimento e inteligência é um líder. Você pode ir a qualquer universidade onde você encontrará grandes cientistas, pesquisadores brilhantes e até filósofos que tem grande habilidade para pensar mas não são líderes. Um alto QI não quer dizer necessariamente que se é um líder.
  • 8. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • 4) O Mito do Pioneiro Outro mal entendido é que qualquer pessoa que esteja à frente (pioneirismo) de uma multidão é um líder. Mas, ser o primeiro não quer dizer o mesmo de liderar. Para ser um líder a pessoa não precisa somente estar à frente, mas também deve ter pessoas com intenção de estar com ele, seguindo sua liderança e atuando na sua visão.
  • 9. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • 5) O Mito da Posição Agora o nosso último mal entendido da liderança é pensar que liderança é um cargo, assim como um Ministro de Louvor, pregador etc. Stanley Huffty diz: Não é o cargo que faz o líder, mas o líder faz o cargo.
  • 10. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Técnicas de um bom líder 1) Comunicar: Informar de maneira clara, direta e simples. Transmitir a visão da necessidade de se conseguir o objetivo. 2) Delegar: Acionar os recursos dos seus liderados (“dons”) na direção do objetivo. Fazer com que 1+1 seja igual a três, e não dois. Organizar tarefas e funções. Formar equipes. 3) Inovar: Aceitar mudanças e novas idéias. A única coisa que o bom líder não cede é quanto ao objetivo. No caso do líder cristão, não cede também quanto à doutrina bíblica.
  • 11. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • 4) Motivar: Incentivar novas lideranças. Elogiar se estiver bom, estimular a participação dos liderados nos processos que levam ao objetivo final, sempre visando a excelência. Ser exemplo de conduta. 5) Planejar: Ter uma visão em longo prazo, definindo prioridades. Treinar as lideranças. Adotar metodologias compatíveis com os objetivos
  • 12. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Se você tivesse 03 anos para evangelizar o mundo, tendo todos os recursos financeiros e tecnológicos qual método você usaria? • Filipenses 2:6
  • 13. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Melhor exemplo de liderança O Exemplo de Jesus Seu objetivo: Salvar os homens do pecado, do mal e da morte. Comunicou: Sua mensagem de amor e de nova vida, na linguagem do povo da época. “parábolas”. Pregou em aramaico, idioma corrente da palestina. Delegou: A missão de espalhar a mensagem.
  • 14. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Inovou: Rompeu com as arcaicas tradições religiosas da época. Ensinou ao ar livre, concedeu perdão a prostitutas e cobradores de impostos, curou num sábado. Motivou: Enviou o Seu Espírito Santo para que seus discípulos saíssem das casas – Esconderijos. Foi exemplo de conduta em todas as áreas humanas. Planejou: Deu ordens específicas (“amai-vos uns aos outros”) etc., e escolheu doze homens para liderança, treinando-os durante 03 anos.
  • 15. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Focos do Líder 1) Pessoas: Alvo da liderança. Não se lidera coisas, lidera-se pessoas! 2) Objetivo: Sem objetivo o grupo se perde, o líder não sabe para onde liderar seu grupo.
  • 16. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Diaconato I Timóteo 3:8 "Semelhantemente, quanto a diáconos, é necessário que sejam respeitáveis, de uma só palavra, não inclinados a muito vinho, não cobiçosos de sórdida ganância, conservando o mistério da fé com a consciência limpa. Também sejam estes primeiramente experimentados; e se, se mostrarem irrepreensíveis, exerçam o diaconato. O diácono seja marido de uma só mulher e governe bem seus filhos e a própria casa. Pois os que desempenharem bem o diaconato alcançam para si mesmos justa preeminência e muita intrepidez na fé em Cristo Jesus" (1 Timóteo 3:8-10 e12,13).
  • 17. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 palavra "diácono" vem de uma palavra grega (diakonos) que é encontrada algumas 30 vezes no Novo Testamento. Palavras semelhantes são diakonia (ministério ou diaconato) e diakoneo (servir ou ministrar). "Diácono" quer dizer "atendente" ou "servente". A mesma palavra descreve escravos, empregados e obreiros voluntários. A ênfase não está na posição da pessoa, mas no servo em relação ao seu trabalho.
  • 18. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Ser Diácono é ser um facilitador, um obreiro que serve na igreja local, ajudando na administração e manutenção da mesma 1 Timóteo 3:1-13 e Filipenses 1:1 mostram que esses servos são distintos dos bispos ou presbíteros. Eles servem sob a supervisão e direção dos presbíteros, auxiliando em diversos aspectos do trabalho da igreja. Em Atos 6:1-7, achamos um exemplo de homens escolhidos para servir na igreja, neste caso sob a supervisão dos apóstolos.
  • 19. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • O que é ser um Diácono? Diácono é uma pessoa idônea, honesta e separada por Deus para servir na igreja local sob a supervisão dos presbíteros e bispos. O Diácono é um facilitador. • Qual o papel do Diácono? São assistentes dos presbíteros e servos da igreja. Eles devem lidar com questões práticas que de outra forma atrapalhariam os presbíteros em sua obra de oração e pregação, tais como distribuição de ajuda. Eles não têm autoridade sobre os presbíteros.
  • 20. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Preparação para a liderança Diaconal • 1)Tempo - Para ser Diácono existe um tempo, o tempo de Deus. Normalmente ficamos ansiosos por vermos as promessas de Deus se cumprindo rapidamente, entretanto, precisamos dar a Deus o tempo necessário para que as coisas se cumpram. É importante que compreendamos que ele atua de forma coletiva, ou seja, a confirmação que você tem recebido será comunicada pelo Espírito Santo aos seus líderes; ex. Pastor, Líder dos diáconos e etc. É necessário saber entender o tempo de Deus porque é como um nascimento, ninguém adianta um parto, só em casos extremos. Você precisará esperar um pouco e continuar orando até que Deus fale ao coração das pessoas envolvidas na decisão. São nestes momentos que aprendemos a trabalhar como corpo de Cristo. Nosso Deus esta ensinando ao seu corpo como trabalhar em unidade e o tempo dos ultimatos já passaram (It’s my way or the higway). A chave é ser obediente a Deus, lembrando que Deus usa homens para tratar com a gente.
  • 21. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 2) Confiança – Ao fazer com que confiemos totalmente nEle, Deus, normalmente retira qualquer “escora” em que nos apoiamos. (Juízes 7:1-7 Gideão). Como líderes, é necessário da espaço a Deus precisam permitir esta mesma liberdade em suas vidas para que o Senhor seja poderoso. Isto pode significar fazer as coisas de uma maneira pela qual vocês nunca fizeram antes. Pode significar delegar aos outros, áreas área as quais, anteriormente, vocês já sentiram o dever de realizar. Seja o que for, esteja sensível àquilo que Deus esta fazendo e dêem-lhe a liberdade para que ele se mova da forma que quiser.
  • 22. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 3) Motivação – Algumas vezes, ao entrarmos para liderança, nossas motivações não são puramente da forma com que Deus desejava que fosse. A nossa motivação deve ser sempre glorificá-lo e encaminhar os outros para conhecê-Lo de uma forma mais profunda. Qualquer motivação que busca a autopromoção ou a glória pessoal será exposta a vocês pelo Espírito Santo. Algumas vezes, aquilo que pensamos ser a motivação correta não é, verdadeiramente, o que esta se movendo em nosso coração. Deus usará o período de preparação para purificar suas motivações e mostrar qualquer área cuja motivação seja incorreta. I Samuel 15. E em I Samuel 16:7 Deus revela a verdade que estava no coração dele.
  • 23. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Permita que o Senhor purifique qualquer área de motivação que não seja para sua glória. Lembre-se que é pelo Espírito que os milagres acontecem. ”A glória é muito pesada para que a carreguemos e muito quente para que a retenhamos.” Independente de como a glória chegue até você como resultado do ministério, ofereça-a ao Senhor imediatamente e receba sua benção. Que sempre apontemos as pessoas para Jesus.
  • 24. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Serviço - Requisitos 1) É nascido de novo e “cheio do Espírito” e sensível ao Espírito Santo (II Coríntios 5:17- Efésios 5:18). 2) Tem uma vida de oração consistente e intensa (I Ts 5:17) 3) Tem amor pela família e pela restauração do quebrantado de coração (Facilitador) ( I Timóteo 5:8). 4) Busca e mantém um relacionamento vivo com Deus. 5) Busca e mantém um período de ministração e oração com a família. 6) É fiel ao ministério que lhe foi designado. (I Tm 3:8) (II Tm 2:2 – I Tm 1:12 e Fp 2:22). 7) Não é escravo da ambição – “Nada façais por partidarismo ou vanglória...” Fp 2:3. 8) Não é neófito (Recém convertido) I tm 3:6.
  • 25. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 9) Que seja casado e que tenha um casamento saudável, e que a esposa esteja de acordo quanto ao ministério. (I Tm 3:3-8 Ef 5:21-28). 10) É ensinavel, não é defensível. 11) Ter um coração tratado e corrigido. 12) Esvaziar totalmente, ser submisso. 13) Honrar e respeitar todas as autoridades. (I Pedro 2:21- 23)  Seguindo o exemplo de Jesus. 14) Servir um ao outro em amor. 15) Usar de sua autoridade sempre com poder, amor, mansidão,disciplina e sabedoria. 16) Ter um coração acolhedor e demonstrar aceitação. 17) Praticar a ação de ouvir, contato visual, paciência para explicar, entender e esclarecer.
  • 26. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 18) Livre de compulsões como fumo, drogas, álcool, imoralidade sexual. 19) Fiel em sua freqüência na igreja local e de bom relacionamento com seus líderes e demais membros da igreja local. 20) É favoravelmente recomendado pela liderança da igreja local para exercer posição de liderança.
  • 27. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Autoridade • Considerando que nossa atitude com relação à nossa submissão ao Senhorío de Cristo, nós deveríamos ser mais conscientes e aplicados na igreja e aos nossos líderes espirituais, que tem sido separados por Deus. A Bíblia diz: “Obedecei a vossos guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.” (Hebreus 13:17) • Muito mais importante do que autoridades secular, os cristãos devem ser cooperativos com os líderes espirituais, que “Velam por suas almas”. Um ponto muito importante revelada nesta passagem aos Hebreus é que todos os cristão deveriam estar debaixo da autoridade de um líder espiritual. Isto também significa que todo crente deve ser parte de uma igreja local.
  • 28. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Para começar, Deus coloca um alto valor no quesito autoridade porque foi Ele quem criou. A Bíblia diz que toda autoridade provém e se origina em Deus. Deus é a fonte absoluta de toda autoridade no universo, e tem delegado seus princípios de autoridade para toda humanidade para manter a ordem no mundo. • (Rom. 13:1-2).
  • 29. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Rebelião Desrespeita toda Autoridade Da mesma forma que autoridade is relacionada com outra autoridade, rebelião também se correlaciona. Rebelião é a falta de disposição de se submeter a qualquer tipo de autoridade, são atitudes indiscriminadas contra a autoridade. “Nossa atitude com relação a Cristo, esta diretamente associada com nossa atitude em relação às outras autoridades.” Jesus não pode ser totalmente “Senhor” na vida de uma pessoa que trama rebelião. O apóstolo Paulo nos diz que quem resiste à autoridade resiste a Deus (Rom. 13:2).
  • 30. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Assim como Deus é a fonte de toda autoridade, o diabo é a fonte de toda rebelião. Nós conhecemos a história de que o diabo (Lúcifer), um arcanjo, e foi expulso do céu porque se levantou contra Deus (Isaias 14:12-15). Rebelião é na essência a atitude do diabo. (Ef. 2:2), e se permitirmos nos infectará e nos dominará e nos levantaremos contra Deus e sua palavra. • O profeta Samuel disse,: (1Sam 15:23) “Porque a rebelião é como o pecado de adivinhação, e a obstinação é como a iniqüidade de idolatria. Porquanto rejeitaste a palavra do Senhor, ele também te rejeitou, a ti, para que não sejas rei.” O apóstolo Pedro diz que os que são corruptos ”Rejeitam autoridade” (2 Pedro. 2:10), e no livro de Provérbios diz; “O homem mal busca apenas por rebelião” (Prov.17:11)KJV
  • 31. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Prestação contas – Algo Essencial • Não há como estar debaixo da autoridade espiritual da igreja local se não estamos debaixo da autoridade de Jesus.(Heb 10:25) Como podemos prestar contas ao nosso líder espiritual se não estamos ligados à comunhão da Igreja Local. Para se ter um crescimento espiritual sólido é necessário que estejamos ligados a um ministério. ”Uma brasa fora do braseiro se apaga.” • Um dos motivos alguns Cristãos pulam de uma igreja a outra, ou até se esquiva de estar comprometido com um ministério é que mesmo inconscientemente eles resistem à autoridade.
  • 32. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 Cada Cristão tem o Espírito Santo vivendo dentro dele para o guiar (I João 2:27), Mas isto não os isenta de estarem debaixo de uma liderança espiritual.(Heb.13:7,17). Ele é o cabeça (Ef. 5:23), e comissionou a igreja para o representar e representar sua autoridade no mundo. (2 Cor. 5:20, Matt. 18:17-20, John 14:12). Ele ordenou Diáconos, Presbiteros, e Pastores para supervisionar e administrar os interesses de sua igreja (Atos 14:23, 1 Tim. 3:10-13), e ministérios adicionais para ensinar, treinar, e equipar espiritualmente para o serviço. (Ef. 4:11-16). Ministros são também sujeitos à autoridade administrativa, que podem dar conselhos, orientações, pode reprovar e até disciplinar quando necessário. (Atos 21:18-24).
  • 33. Aperfeiçoamento Diaconal 2010 • Conclusão • 1) Quando uma ordem é dada execute - a, procure entender o processo depois. 2) Nunca verbalize suas frustrações com o membros da equipe. 3) Não confunda suas boas idéias com obrigatoriedade de cumprimento. 4) Se você não aprender a se submeter à autoridade, provavelmente você não terá oportunidades de estar à frente como líder. 5) Se você não consegue seguir ordens, ou discorda de tudo é hora de sair da equipe.