SlideShare uma empresa Scribd logo
Antropologiagrega
Atripartiçãoda
alma
A antropologia socrático-platônica
2
Na entrada do templo de Apolo
havia a seguinte inscrição:
“Conhece-te a ti mesmo”.
Sócrates fará dessa frase a base de toda a sua reflexão filosófica. 3
Para Sócrates, a vida
humana tem como
base um princípio
interior, que ele
chamou de “alma”
(psyché).
A alma é a sede da
razão.
4
Dualismo: a alma é uma
forma pura e eterna
diferente do corpo.
Metempsicose: o corpo é
cárcere da alma ele pode
se libertar.
Educação da alma:
aprender a controlar as
paixões e os impulsos
vinculados a dimensão
sensível.
5
A purificação da alma
acontece à medida que
ela consegue
transcender o corpo, os
sentidos, conquistando
novamente o mundo
inteligível, espiritual.
Isso só pode por meio do
conhecimento, da
reminiscência.
6
Platão divide a alma em
três partes:
Alma apetitiva: irracional
impulsiva, ligada aos
sentidos.
Alma irascível: impetuosa,
responsável pela defesa
contra as agressões.
Alma racional: princípio
divino, dimensão imortal,
permite o acesso à ideias
(formas).
7
Cada alma possui uma
virtude específica e que
deveria ser conquistada:
Alma apetitiva: virtude da
moderação (sophrosyne).
Alma irascível: virtude da
coragem (andreia).
Alma racional: virtude da
sabedoria (sophia),
resultante do conhecimento
(theoria).
8
A alma racional é
como um cocheiro
conduzindo dois
cavalos, um deles
é bom e dócil, o
outro é furioso e
indisciplinado.
9
Ainquietude
humananabusca
O amor, o amável e o belo
10
Platão:
A experiência
humana do amor é a
é o movimento do
amante na busca
pela sabedoria, pela
beleza e pela
verdade.
11
A purificação da alma
acontece à medida que
ela consegue
transcender o corpo, os
sentidos, conquistando
novamente o mundo
inteligível, espiritual.
Isso só pode por meio do
conhecimento, da
reminiscência.
12
Mas o que nos faz amar
algo?
É a consciência da falta,
da carência, que mobiliza
a busca.
13
Odesejodafelicidade,
fimabsoluto
14
Aristóteles considera o
ser humano um animal
racional.
E a busca pela
felicidade (eudaimonia)
é o elemento central da
existência humana.
15
Tudo o que fazemos possui
como finalidade um bem
qualquer.
Algumas finalidades se
subordinam a outras:
Estudo > Conhecimento >
Dinheiro
Existe algo que desejamos por
si mesmo? Um bem supremo?
A felicidade.
16
Oqueéafelicidade?
É honra?
Dinheiro?
Fama?
17
Qual é a essência a
humana?
É a racionalidade.
Uma ação é virtuosa
quando é realizada de
acordo com a razão.
Felicidade é virtude.
18
O Ato virtuoso
Uma ação pode ser prejudicada
por duas coisas:
1. Excesso
2. Falta
Uma ação virtuosa é aquela que
busca o meio-termo, a
mediania, a justa medida.
O mediania é sempre em
relação a nós e não ao objeto.
19
Adimensão
políticahumana
A cidade e o cidadão
20
Aristóteles:
O ser humano é
composto de corpo
e alma.
21
Aristóteles divide a alma
em três partes:
1. Alma vegetativa
2. Alma apetitiva
3. Alma racional
Somente o ser humano
possui a alma racional.
22
A dimensão política como
elemento estrutural da
natureza humana.
Metaforicamente, todo
membro existe em um
corpo e somente vinculado
ao corpo consegue realizar-
se. Dessa forma, o indivíduo
é o membro, a pólis é o
corpo.
23
O homem é, por sua natureza, um animal feito para a
sociedade civil. Assim, mesmo que não tivéssemos
necessidade uns dos outros, não deixaríamos de desejar
viver juntos. Na verdade, o interesse comum também nos
une, pois cada um aí encontra meios de viver melhor. Eis,
portanto, o nosso fim principal, comum a todos. Reunimo-
nos mesmo que seja só para pôr a vida em segurança. Mas
não apenas para viver juntos, mas, sim, para bem viver
juntos que se fez o Estado.
24
“
”
Jordan Medeiros
+55 31 9 9269 2951
@medeirosjordan
Colégio Santo Agostinho
25
Obrigado

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Felicidade
FelicidadeFelicidade
Etica aristotélica
Etica aristotélicaEtica aristotélica
Em busca da felicidade 1 ano
Em busca da felicidade 1 anoEm busca da felicidade 1 ano
Em busca da felicidade 1 ano
gaby Ferreira
 
Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e AristótelesÉtica para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
Amanda Almeida Matos
 
78070797 a-felicidade-em-aristoteles
78070797 a-felicidade-em-aristoteles78070797 a-felicidade-em-aristoteles
78070797 a-felicidade-em-aristoteles
Adeilsa Ferreira
 
Filosofia e felicidade slide
Filosofia e felicidade slideFilosofia e felicidade slide
Filosofia e felicidade slide
Daniel Filosofo
 
Felicidade 2018
Felicidade 2018Felicidade 2018
Felicidade 2018
Tavinho Koneski Westphal
 
éTica 11 mp 111
éTica 11 mp 111éTica 11 mp 111
éTica 11 mp 111
Alexandre Misturini
 
A felicidade à luz da filosofia 2
A felicidade à luz da filosofia 2A felicidade à luz da filosofia 2
A felicidade à luz da filosofia 2
Ricardo de Moura Borges
 
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe AssunçãoAula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção
AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe AssunçãoAULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção
AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Trabalho de filosofia 11
Trabalho de filosofia 11Trabalho de filosofia 11
Trabalho de filosofia 11
Alexandre Misturini
 
ética aristotélica
ética aristotélicaética aristotélica
ética aristotélica
marifonseca
 
Aprender a pensar com os filósofos antigos
Aprender a pensar com os filósofos antigosAprender a pensar com os filósofos antigos
Aprender a pensar com os filósofos antigos
Quizanior Oliveira
 
Ética Platão
Ética PlatãoÉtica Platão
Ética Platão
João Paulo Rodrigues
 
Etica antropocentrica
Etica antropocentricaEtica antropocentrica
Etica antropocentrica
Polly Souto
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Professor Liniker Santana
 
3 ética em aristóteles
3 ética em aristóteles3 ética em aristóteles
3 ética em aristóteles
Erica Frau
 
FELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismo
FELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismoFELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismo
FELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismo
Luciano Florit
 
Estoicismo e epicurismo
Estoicismo e epicurismoEstoicismo e epicurismo
Estoicismo e epicurismo
Helena Serrão
 

Mais procurados (20)

Felicidade
FelicidadeFelicidade
Felicidade
 
Etica aristotélica
Etica aristotélicaEtica aristotélica
Etica aristotélica
 
Em busca da felicidade 1 ano
Em busca da felicidade 1 anoEm busca da felicidade 1 ano
Em busca da felicidade 1 ano
 
Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e AristótelesÉtica para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
 
78070797 a-felicidade-em-aristoteles
78070797 a-felicidade-em-aristoteles78070797 a-felicidade-em-aristoteles
78070797 a-felicidade-em-aristoteles
 
Filosofia e felicidade slide
Filosofia e felicidade slideFilosofia e felicidade slide
Filosofia e felicidade slide
 
Felicidade 2018
Felicidade 2018Felicidade 2018
Felicidade 2018
 
éTica 11 mp 111
éTica 11 mp 111éTica 11 mp 111
éTica 11 mp 111
 
A felicidade à luz da filosofia 2
A felicidade à luz da filosofia 2A felicidade à luz da filosofia 2
A felicidade à luz da filosofia 2
 
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe AssunçãoAula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
 
AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção
AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe AssunçãoAULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção
AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção
 
Trabalho de filosofia 11
Trabalho de filosofia 11Trabalho de filosofia 11
Trabalho de filosofia 11
 
ética aristotélica
ética aristotélicaética aristotélica
ética aristotélica
 
Aprender a pensar com os filósofos antigos
Aprender a pensar com os filósofos antigosAprender a pensar com os filósofos antigos
Aprender a pensar com os filósofos antigos
 
Ética Platão
Ética PlatãoÉtica Platão
Ética Platão
 
Etica antropocentrica
Etica antropocentricaEtica antropocentrica
Etica antropocentrica
 
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino MédioAula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
Aula de Filosofia - 2ª Série do Ensino Médio
 
3 ética em aristóteles
3 ética em aristóteles3 ética em aristóteles
3 ética em aristóteles
 
FELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismo
FELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismoFELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismo
FELIPE, Sônia T. Antropocentrismo, sencientismo e biocentrismo
 
Estoicismo e epicurismo
Estoicismo e epicurismoEstoicismo e epicurismo
Estoicismo e epicurismo
 

Semelhante a Filosofia: Antropologia grega

Filosofia: Corpo e mente
Filosofia: Corpo e menteFilosofia: Corpo e mente
Filosofia: Corpo e mente
Jordan Medeiros
 
éTica 12mp
éTica 12mpéTica 12mp
éTica 12mp
Alexandre Misturini
 
Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Resumoeudaimonia livro_i_en
Resumoeudaimonia  livro_i_enResumoeudaimonia  livro_i_en
Resumoeudaimonia livro_i_en
João Victor
 
Tópicos especiais em filosofia
Tópicos especiais em filosofiaTópicos especiais em filosofia
Tópicos especiais em filosofia
José Aristides Silva Gamito
 
A ética em aristóteles
A ética em aristótelesA ética em aristóteles
A ética em aristóteles
robertosiebra
 
Epistemologia
Epistemologia Epistemologia
Epistemologia
Alexandre Misturini
 
Etica godoi 14t
Etica godoi 14tEtica godoi 14t
Etica godoi 14t
Alexandre Misturini
 
Filosofia 24 333
Filosofia 24 333Filosofia 24 333
Filosofia 24 333
Alexandre Misturini
 
Etica social
Etica socialEtica social
Etica social
Silas Tunzine
 
Apostilafreud
ApostilafreudApostilafreud
Apostilafreud
Polyana Benfica
 
Aula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptx
Aula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptxAula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptx
Aula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptx
AntonioCesarBurnat1
 
Substrato ideológico do modernismo
Substrato ideológico do modernismoSubstrato ideológico do modernismo
Substrato ideológico do modernismo
Fábio Guimarães
 
Felicidade novo 11 mp
Felicidade novo 11 mpFelicidade novo 11 mp
Felicidade novo 11 mp
Alexandre Misturini
 
éTica 15 mateus
éTica 15 mateuséTica 15 mateus
éTica 15 mateus
Alexandre Misturini
 
Alma
AlmaAlma
Felicidade na Grécia Antiga (1).pptx
Felicidade na Grécia Antiga (1).pptxFelicidade na Grécia Antiga (1).pptx
Felicidade na Grécia Antiga (1).pptx
JuJubs1
 
Epicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdf
Epicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdfEpicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdf
Epicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdf
JessicaLacerda10
 
Gnosiologia
GnosiologiaGnosiologia
Gnosiologia
Alexandre Misturini
 

Semelhante a Filosofia: Antropologia grega (20)

Filosofia: Corpo e mente
Filosofia: Corpo e menteFilosofia: Corpo e mente
Filosofia: Corpo e mente
 
éTica 12mp
éTica 12mpéTica 12mp
éTica 12mp
 
Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Ética e Moral
 
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Ética e moral 2020
 
Resumoeudaimonia livro_i_en
Resumoeudaimonia  livro_i_enResumoeudaimonia  livro_i_en
Resumoeudaimonia livro_i_en
 
Tópicos especiais em filosofia
Tópicos especiais em filosofiaTópicos especiais em filosofia
Tópicos especiais em filosofia
 
A ética em aristóteles
A ética em aristótelesA ética em aristóteles
A ética em aristóteles
 
Epistemologia
Epistemologia Epistemologia
Epistemologia
 
Etica godoi 14t
Etica godoi 14tEtica godoi 14t
Etica godoi 14t
 
Filosofia 24 333
Filosofia 24 333Filosofia 24 333
Filosofia 24 333
 
Etica social
Etica socialEtica social
Etica social
 
Apostilafreud
ApostilafreudApostilafreud
Apostilafreud
 
Aula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptx
Aula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptxAula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptx
Aula 6 Santo Agostinho filosaaaa EM.pptx
 
Substrato ideológico do modernismo
Substrato ideológico do modernismoSubstrato ideológico do modernismo
Substrato ideológico do modernismo
 
Felicidade novo 11 mp
Felicidade novo 11 mpFelicidade novo 11 mp
Felicidade novo 11 mp
 
éTica 15 mateus
éTica 15 mateuséTica 15 mateus
éTica 15 mateus
 
Alma
AlmaAlma
Alma
 
Felicidade na Grécia Antiga (1).pptx
Felicidade na Grécia Antiga (1).pptxFelicidade na Grécia Antiga (1).pptx
Felicidade na Grécia Antiga (1).pptx
 
Epicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdf
Epicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdfEpicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdf
Epicuro e a felicidade - slide 8º ano 03.08.pdf
 
Gnosiologia
GnosiologiaGnosiologia
Gnosiologia
 

Mais de Jordan Medeiros

Ciências Sociais: Capitalismo industrial
Ciências Sociais: Capitalismo industrialCiências Sociais: Capitalismo industrial
Ciências Sociais: Capitalismo industrial
Jordan Medeiros
 
Ciências Sociais: Sociologia no brasil
Ciências Sociais: Sociologia no brasilCiências Sociais: Sociologia no brasil
Ciências Sociais: Sociologia no brasil
Jordan Medeiros
 
Ciências Sociais: Violência e criminalidade
Ciências Sociais: Violência e criminalidadeCiências Sociais: Violência e criminalidade
Ciências Sociais: Violência e criminalidade
Jordan Medeiros
 
Ciências sociais: Trabalho, produção e suas modalidades
Ciências sociais: Trabalho, produção e suas modalidadesCiências sociais: Trabalho, produção e suas modalidades
Ciências sociais: Trabalho, produção e suas modalidades
Jordan Medeiros
 
Ciências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculo
Ciências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculoCiências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculo
Ciências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculo
Jordan Medeiros
 
Ciências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociais
Ciências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociaisCiências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociais
Ciências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociais
Jordan Medeiros
 
Ciências Sociais: Max Weber
Ciências Sociais: Max WeberCiências Sociais: Max Weber
Ciências Sociais: Max Weber
Jordan Medeiros
 
Ciências Sociais: Karl Marx
Ciências Sociais: Karl MarxCiências Sociais: Karl Marx
Ciências Sociais: Karl Marx
Jordan Medeiros
 
Ciências Sociais: Émile Durkheim
Ciências Sociais: Émile DurkheimCiências Sociais: Émile Durkheim
Ciências Sociais: Émile Durkheim
Jordan Medeiros
 
Filosofia: Liberalismo e comunitarismo
Filosofia: Liberalismo e comunitarismoFilosofia: Liberalismo e comunitarismo
Filosofia: Liberalismo e comunitarismo
Jordan Medeiros
 
Filosofia: Hannah Arendt
Filosofia: Hannah ArendtFilosofia: Hannah Arendt
Filosofia: Hannah Arendt
Jordan Medeiros
 
Filosofia: Habermas
Filosofia: HabermasFilosofia: Habermas
Filosofia: Habermas
Jordan Medeiros
 
Filosofia: Bioética
Filosofia: BioéticaFilosofia: Bioética
Filosofia: Bioética
Jordan Medeiros
 
Filosofia: Lógica
Filosofia: LógicaFilosofia: Lógica
Filosofia: Lógica
Jordan Medeiros
 
Filosofia: Metafisica aristotélica
Filosofia: Metafisica aristotélicaFilosofia: Metafisica aristotélica
Filosofia: Metafisica aristotélica
Jordan Medeiros
 
Filosofia: Ética helenística
Filosofia: Ética helenísticaFilosofia: Ética helenística
Filosofia: Ética helenística
Jordan Medeiros
 

Mais de Jordan Medeiros (16)

Ciências Sociais: Capitalismo industrial
Ciências Sociais: Capitalismo industrialCiências Sociais: Capitalismo industrial
Ciências Sociais: Capitalismo industrial
 
Ciências Sociais: Sociologia no brasil
Ciências Sociais: Sociologia no brasilCiências Sociais: Sociologia no brasil
Ciências Sociais: Sociologia no brasil
 
Ciências Sociais: Violência e criminalidade
Ciências Sociais: Violência e criminalidadeCiências Sociais: Violência e criminalidade
Ciências Sociais: Violência e criminalidade
 
Ciências sociais: Trabalho, produção e suas modalidades
Ciências sociais: Trabalho, produção e suas modalidadesCiências sociais: Trabalho, produção e suas modalidades
Ciências sociais: Trabalho, produção e suas modalidades
 
Ciências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculo
Ciências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculoCiências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculo
Ciências Sociais: Consumo, desigualdade e espetáculo
 
Ciências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociais
Ciências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociaisCiências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociais
Ciências sociais: Sociedade civil, cidadania e movimentos sociais
 
Ciências Sociais: Max Weber
Ciências Sociais: Max WeberCiências Sociais: Max Weber
Ciências Sociais: Max Weber
 
Ciências Sociais: Karl Marx
Ciências Sociais: Karl MarxCiências Sociais: Karl Marx
Ciências Sociais: Karl Marx
 
Ciências Sociais: Émile Durkheim
Ciências Sociais: Émile DurkheimCiências Sociais: Émile Durkheim
Ciências Sociais: Émile Durkheim
 
Filosofia: Liberalismo e comunitarismo
Filosofia: Liberalismo e comunitarismoFilosofia: Liberalismo e comunitarismo
Filosofia: Liberalismo e comunitarismo
 
Filosofia: Hannah Arendt
Filosofia: Hannah ArendtFilosofia: Hannah Arendt
Filosofia: Hannah Arendt
 
Filosofia: Habermas
Filosofia: HabermasFilosofia: Habermas
Filosofia: Habermas
 
Filosofia: Bioética
Filosofia: BioéticaFilosofia: Bioética
Filosofia: Bioética
 
Filosofia: Lógica
Filosofia: LógicaFilosofia: Lógica
Filosofia: Lógica
 
Filosofia: Metafisica aristotélica
Filosofia: Metafisica aristotélicaFilosofia: Metafisica aristotélica
Filosofia: Metafisica aristotélica
 
Filosofia: Ética helenística
Filosofia: Ética helenísticaFilosofia: Ética helenística
Filosofia: Ética helenística
 

Último

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 

Filosofia: Antropologia grega

  • 3. Na entrada do templo de Apolo havia a seguinte inscrição: “Conhece-te a ti mesmo”. Sócrates fará dessa frase a base de toda a sua reflexão filosófica. 3
  • 4. Para Sócrates, a vida humana tem como base um princípio interior, que ele chamou de “alma” (psyché). A alma é a sede da razão. 4
  • 5. Dualismo: a alma é uma forma pura e eterna diferente do corpo. Metempsicose: o corpo é cárcere da alma ele pode se libertar. Educação da alma: aprender a controlar as paixões e os impulsos vinculados a dimensão sensível. 5
  • 6. A purificação da alma acontece à medida que ela consegue transcender o corpo, os sentidos, conquistando novamente o mundo inteligível, espiritual. Isso só pode por meio do conhecimento, da reminiscência. 6
  • 7. Platão divide a alma em três partes: Alma apetitiva: irracional impulsiva, ligada aos sentidos. Alma irascível: impetuosa, responsável pela defesa contra as agressões. Alma racional: princípio divino, dimensão imortal, permite o acesso à ideias (formas). 7
  • 8. Cada alma possui uma virtude específica e que deveria ser conquistada: Alma apetitiva: virtude da moderação (sophrosyne). Alma irascível: virtude da coragem (andreia). Alma racional: virtude da sabedoria (sophia), resultante do conhecimento (theoria). 8
  • 9. A alma racional é como um cocheiro conduzindo dois cavalos, um deles é bom e dócil, o outro é furioso e indisciplinado. 9
  • 10. Ainquietude humananabusca O amor, o amável e o belo 10
  • 11. Platão: A experiência humana do amor é a é o movimento do amante na busca pela sabedoria, pela beleza e pela verdade. 11
  • 12. A purificação da alma acontece à medida que ela consegue transcender o corpo, os sentidos, conquistando novamente o mundo inteligível, espiritual. Isso só pode por meio do conhecimento, da reminiscência. 12
  • 13. Mas o que nos faz amar algo? É a consciência da falta, da carência, que mobiliza a busca. 13
  • 15. Aristóteles considera o ser humano um animal racional. E a busca pela felicidade (eudaimonia) é o elemento central da existência humana. 15
  • 16. Tudo o que fazemos possui como finalidade um bem qualquer. Algumas finalidades se subordinam a outras: Estudo > Conhecimento > Dinheiro Existe algo que desejamos por si mesmo? Um bem supremo? A felicidade. 16
  • 18. Qual é a essência a humana? É a racionalidade. Uma ação é virtuosa quando é realizada de acordo com a razão. Felicidade é virtude. 18
  • 19. O Ato virtuoso Uma ação pode ser prejudicada por duas coisas: 1. Excesso 2. Falta Uma ação virtuosa é aquela que busca o meio-termo, a mediania, a justa medida. O mediania é sempre em relação a nós e não ao objeto. 19
  • 21. Aristóteles: O ser humano é composto de corpo e alma. 21
  • 22. Aristóteles divide a alma em três partes: 1. Alma vegetativa 2. Alma apetitiva 3. Alma racional Somente o ser humano possui a alma racional. 22
  • 23. A dimensão política como elemento estrutural da natureza humana. Metaforicamente, todo membro existe em um corpo e somente vinculado ao corpo consegue realizar- se. Dessa forma, o indivíduo é o membro, a pólis é o corpo. 23
  • 24. O homem é, por sua natureza, um animal feito para a sociedade civil. Assim, mesmo que não tivéssemos necessidade uns dos outros, não deixaríamos de desejar viver juntos. Na verdade, o interesse comum também nos une, pois cada um aí encontra meios de viver melhor. Eis, portanto, o nosso fim principal, comum a todos. Reunimo- nos mesmo que seja só para pôr a vida em segurança. Mas não apenas para viver juntos, mas, sim, para bem viver juntos que se fez o Estado. 24 “ ”
  • 25. Jordan Medeiros +55 31 9 9269 2951 @medeirosjordan Colégio Santo Agostinho 25 Obrigado