SlideShare uma empresa Scribd logo
Fases da
mudança de
Kotter
EDUARDO MAYER FAGUNDES
INOVAÇÃO
Um processo para criar
produtos e serviços
para novas fronteiras
de mercado.
efagundes.com
Mapear o
portfólio de
produtos e
serviços
Escolher um
produto ou
serviço para
explorar
Analisar a
estratégia
atual
Entender a
experiência dos
consumidores
Explorar as
dimensões dos
não-
consumidores
Criar a nova
curva de
valor do
produto ou
serviço
Desenvolver
a estratégia
de inovação
disruptiva
Executar a
estratégia
Precursores
da Inovação
Ferramentas
(3,5,7,10,14-17)
Ferramentas
(11,12)
Ferramentas
(1,2,4,6)
Ferramentas
(6)
Ferramentas
(6)
Ferramentas
(6)
Ferramentas
(1,2,7,9,13,18)
Ferramentas
(8)
Processo para desenvolver Inovações Disruptivas
Ferramentas
1. As cinco forças de Michael Porter 10. Liderança Motivacional
2. Análise SWOT 11. MatrizBCG
3. Balanced scorecard 12. Matrizde Ansolf
4. Benchmarking 13. Modelo 7-S
5. Disciplinas de Valor 14. Modelo de Maturidade
6. Estratégia do Oceano Azul 15. Nível do quociente de Internet
7. Estratégia Good to Great 16. Organizações que aprendem
8. Fases da mudança de Kotter 17. Quinta Disciplina de Peter Senge
9. Inovação Aberta 18. Técnicas de Pensamento Produtivo
efagundes.com
Estabelecer um
senso de urgência
Criar uma
coalizão Ancorar
Desenvolver
uma visão
clara
Compartilhar a
visão
Dar poder
às pessoas
para eliminar
obstáculos
Assegurar
vitórias em
curto prazo
Consolidar e
continuar
avançando
 Pesquisa de
mercado
 Analisar a
competição
 Identificar e discutir
crises e
oportunidades
(potenciais)
 Para um grupo
poderoso e
influente liderar a
mudança
 Alinha esta coalizão
de liderança para
funcionar como
uma equipe
 Criar uma visão para
dirigir o esforço de
mudança
 Desenvolver
estratégias para
realizar a visão
 Usar todos os meios
possíveis para
comunicar a nova
visão e estratégias
 Deixar os membros
líderes da coalizão
serem modelos para
o restante da
organização
 Livrar-se dos
obstáculos
 Mudar estruturas e
sistemas que
obstruem o esforço
de mudança
 Encorajar a
assunção de risco e
idéias, atividades e
ações não
tradicionais
 Planejar para
melhorias de
desempenho
visíveis
 “Criar” e declarar as
vitórias
 Reconhecer e
recompensar
claramente os que
tornaram possível
as vitórias
 Tomar como base a
credibilidade para
mudar todos os
sistemas, estruturas
e políticas que não
se adaptem à visão
 Contratar,
promover e
desenvolver
transformadores de
sucesso
 Melhorar o
desempenho por
meio de orientação
do cliente e da
produtividade, além
de liderança e
gestão mais eficazes
51 2 3 4 6 7 8
www.efagundes.com
Mais informações INOVAÇÃO
Um processo para criar
produtos e serviços
para novas fronteiras
de mercado.
EDUARDO MAYER FAGUNDES

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

engenharia do produto - Aula 1
engenharia do produto - Aula 1engenharia do produto - Aula 1
engenharia do produto - Aula 1
Danielli Villar Lemes
 
Doc.Igor_1
Doc.Igor_1Doc.Igor_1
Doc.Igor_1
Igor Melo
 
Aula2
Aula2Aula2
Aula2
Tiago Cruz
 
Aula 5 - Projeto de Produto
Aula 5 - Projeto de ProdutoAula 5 - Projeto de Produto
Aula 5 - Projeto de Produto
Tiago Cruz
 
Desenvolvimento de Produto
Desenvolvimento de ProdutoDesenvolvimento de Produto
Desenvolvimento de Produto
Virgilio Marques dos Santos, Dr.
 
Mve8.2 elaboração do roadmap tecnológico da empresa
Mve8.2   elaboração do roadmap tecnológico da empresaMve8.2   elaboração do roadmap tecnológico da empresa
Mve8.2 elaboração do roadmap tecnológico da empresa
auspin
 
Exercicio
ExercicioExercicio
Exercicio
Daniel Vitor
 
IEP1 - Eng. do produto Prof. Marcel
IEP1 - Eng. do produto Prof. MarcelIEP1 - Eng. do produto Prof. Marcel
IEP1 - Eng. do produto Prof. Marcel
Luciano Acioli
 
Estratégia
EstratégiaEstratégia
Estratégia
Grupo Conexão
 
Road mt fapesp
Road mt fapespRoad mt fapesp
Road mt fapesp
auspin
 
Profile Setembro 2009
Profile Setembro 2009Profile Setembro 2009
Profile Setembro 2009
Valdir Araújo Filho
 

Mais procurados (11)

engenharia do produto - Aula 1
engenharia do produto - Aula 1engenharia do produto - Aula 1
engenharia do produto - Aula 1
 
Doc.Igor_1
Doc.Igor_1Doc.Igor_1
Doc.Igor_1
 
Aula2
Aula2Aula2
Aula2
 
Aula 5 - Projeto de Produto
Aula 5 - Projeto de ProdutoAula 5 - Projeto de Produto
Aula 5 - Projeto de Produto
 
Desenvolvimento de Produto
Desenvolvimento de ProdutoDesenvolvimento de Produto
Desenvolvimento de Produto
 
Mve8.2 elaboração do roadmap tecnológico da empresa
Mve8.2   elaboração do roadmap tecnológico da empresaMve8.2   elaboração do roadmap tecnológico da empresa
Mve8.2 elaboração do roadmap tecnológico da empresa
 
Exercicio
ExercicioExercicio
Exercicio
 
IEP1 - Eng. do produto Prof. Marcel
IEP1 - Eng. do produto Prof. MarcelIEP1 - Eng. do produto Prof. Marcel
IEP1 - Eng. do produto Prof. Marcel
 
Estratégia
EstratégiaEstratégia
Estratégia
 
Road mt fapesp
Road mt fapespRoad mt fapesp
Road mt fapesp
 
Profile Setembro 2009
Profile Setembro 2009Profile Setembro 2009
Profile Setembro 2009
 

Semelhante a Fases da mudança de Kotter

Benefícios da inovação aberta
Benefícios da inovação abertaBenefícios da inovação aberta
Benefícios da inovação aberta
Eduardo Fagundes
 
Gestão da Estratégia (BSC)
Gestão da Estratégia (BSC)Gestão da Estratégia (BSC)
Gestão da Estratégia (BSC)
Eduardo Fagundes
 
Análise SWOT
Análise SWOTAnálise SWOT
Análise SWOT
Eduardo Fagundes
 
Análise Competitiva as Cinco Forças de Michael Porter
Análise Competitiva as Cinco Forças de Michael PorterAnálise Competitiva as Cinco Forças de Michael Porter
Análise Competitiva as Cinco Forças de Michael Porter
Eduardo Fagundes
 
Matriz BCG
Matriz BCGMatriz BCG
Matriz BCG
Eduardo Fagundes
 
Modelo 7S da McKinsey
Modelo 7S da McKinseyModelo 7S da McKinsey
Modelo 7S da McKinsey
Eduardo Fagundes
 
A Quinta Disciplina de Peter Senge
A Quinta Disciplina de Peter SengeA Quinta Disciplina de Peter Senge
A Quinta Disciplina de Peter Senge
Eduardo Fagundes
 
Benchmarking
BenchmarkingBenchmarking
Benchmarking
Eduardo Fagundes
 
Pensamento produtivo
Pensamento produtivoPensamento produtivo
Pensamento produtivo
Eduardo Fagundes
 
Liderança motivacional
Liderança motivacionalLiderança motivacional
Liderança motivacional
Eduardo Fagundes
 
Product Planning
Product Planning Product Planning
Product Planning
Lilian Schreiner
 
HiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos
HiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processosHiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos
HiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos
HiSeedTech
 
desenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdf
desenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdfdesenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdf
desenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdf
Ana Carla P. Silva
 
Processo para Inovações Disruptivas
Processo para Inovações DisruptivasProcesso para Inovações Disruptivas
Processo para Inovações Disruptivas
Eduardo Fagundes
 
Caso Braskem monica
Caso Braskem monicaCaso Braskem monica
Caso Braskem monica
Ivana da Silveira
 
Isa Show 2009 Cr 259.09 Francisco Salvador
Isa Show 2009   Cr 259.09   Francisco SalvadorIsa Show 2009   Cr 259.09   Francisco Salvador
Isa Show 2009 Cr 259.09 Francisco Salvador
Francisco Salvador
 
Gestão de Operações
Gestão de OperaçõesGestão de Operações
Gestão de Operações
Wilian Gatti Jr
 
Artigo qfd 1
Artigo qfd 1Artigo qfd 1
Artigo qfd 1
Renan Simões
 
Comite de inovação tecnológica (2)
Comite de inovação tecnológica (2)Comite de inovação tecnológica (2)
Comite de inovação tecnológica (2)
Celia Regina Azevedo Ricotta
 
Estratégia do Oceano Azul
Estratégia do Oceano AzulEstratégia do Oceano Azul
Estratégia do Oceano Azul
Eduardo Fagundes
 

Semelhante a Fases da mudança de Kotter (20)

Benefícios da inovação aberta
Benefícios da inovação abertaBenefícios da inovação aberta
Benefícios da inovação aberta
 
Gestão da Estratégia (BSC)
Gestão da Estratégia (BSC)Gestão da Estratégia (BSC)
Gestão da Estratégia (BSC)
 
Análise SWOT
Análise SWOTAnálise SWOT
Análise SWOT
 
Análise Competitiva as Cinco Forças de Michael Porter
Análise Competitiva as Cinco Forças de Michael PorterAnálise Competitiva as Cinco Forças de Michael Porter
Análise Competitiva as Cinco Forças de Michael Porter
 
Matriz BCG
Matriz BCGMatriz BCG
Matriz BCG
 
Modelo 7S da McKinsey
Modelo 7S da McKinseyModelo 7S da McKinsey
Modelo 7S da McKinsey
 
A Quinta Disciplina de Peter Senge
A Quinta Disciplina de Peter SengeA Quinta Disciplina de Peter Senge
A Quinta Disciplina de Peter Senge
 
Benchmarking
BenchmarkingBenchmarking
Benchmarking
 
Pensamento produtivo
Pensamento produtivoPensamento produtivo
Pensamento produtivo
 
Liderança motivacional
Liderança motivacionalLiderança motivacional
Liderança motivacional
 
Product Planning
Product Planning Product Planning
Product Planning
 
HiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos
HiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processosHiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos
HiValue - Desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos
 
desenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdf
desenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdfdesenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdf
desenvolvimento-de-produtos-e-marcas-ld408.pdf
 
Processo para Inovações Disruptivas
Processo para Inovações DisruptivasProcesso para Inovações Disruptivas
Processo para Inovações Disruptivas
 
Caso Braskem monica
Caso Braskem monicaCaso Braskem monica
Caso Braskem monica
 
Isa Show 2009 Cr 259.09 Francisco Salvador
Isa Show 2009   Cr 259.09   Francisco SalvadorIsa Show 2009   Cr 259.09   Francisco Salvador
Isa Show 2009 Cr 259.09 Francisco Salvador
 
Gestão de Operações
Gestão de OperaçõesGestão de Operações
Gestão de Operações
 
Artigo qfd 1
Artigo qfd 1Artigo qfd 1
Artigo qfd 1
 
Comite de inovação tecnológica (2)
Comite de inovação tecnológica (2)Comite de inovação tecnológica (2)
Comite de inovação tecnológica (2)
 
Estratégia do Oceano Azul
Estratégia do Oceano AzulEstratégia do Oceano Azul
Estratégia do Oceano Azul
 

Mais de Eduardo Fagundes

Uma nova organização para Big Data
Uma nova organização para Big DataUma nova organização para Big Data
Uma nova organização para Big Data
Eduardo Fagundes
 
Criatividade e Inovação nos Negócios
Criatividade e Inovação nos NegóciosCriatividade e Inovação nos Negócios
Criatividade e Inovação nos Negócios
Eduardo Fagundes
 
Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1
Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1
Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1
Eduardo Fagundes
 
Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1
Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1
Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1
Eduardo Fagundes
 
Curso sobre Inovação Disruptiva
Curso sobre Inovação DisruptivaCurso sobre Inovação Disruptiva
Curso sobre Inovação Disruptiva
Eduardo Fagundes
 
Curso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações SustentáveisCurso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações Sustentáveis
Eduardo Fagundes
 
Palestra o lado humano da gestão de TI
Palestra o lado humano da gestão de TIPalestra o lado humano da gestão de TI
Palestra o lado humano da gestão de TI
Eduardo Fagundes
 
O lado humano da governança de TI
O lado humano da governança de TIO lado humano da governança de TI
O lado humano da governança de TI
Eduardo Fagundes
 
Eficiência Executiva
Eficiência ExecutivaEficiência Executiva
Eficiência Executiva
Eduardo Fagundes
 
Gestão Eficiente de TI
Gestão Eficiente de TIGestão Eficiente de TI
Gestão Eficiente de TI
Eduardo Fagundes
 
Curso Online Gratuito de Comércio Eletrônico
Curso Online Gratuito de Comércio EletrônicoCurso Online Gratuito de Comércio Eletrônico
Curso Online Gratuito de Comércio Eletrônico
Eduardo Fagundes
 
Como funciona a internet
Como funciona a internetComo funciona a internet
Como funciona a internet
Eduardo Fagundes
 
Como elaborar uma RFP
Como elaborar uma RFPComo elaborar uma RFP
Como elaborar uma RFP
Eduardo Fagundes
 

Mais de Eduardo Fagundes (13)

Uma nova organização para Big Data
Uma nova organização para Big DataUma nova organização para Big Data
Uma nova organização para Big Data
 
Criatividade e Inovação nos Negócios
Criatividade e Inovação nos NegóciosCriatividade e Inovação nos Negócios
Criatividade e Inovação nos Negócios
 
Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1
Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1
Projeto sustentabilidade-e-energia-renovavel-para-datacenters-v1
 
Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1
Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1
Grupo de-estudo-cursos-de-posgraduacao-de-tic-v1
 
Curso sobre Inovação Disruptiva
Curso sobre Inovação DisruptivaCurso sobre Inovação Disruptiva
Curso sobre Inovação Disruptiva
 
Curso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações SustentáveisCurso sobre Organizações Sustentáveis
Curso sobre Organizações Sustentáveis
 
Palestra o lado humano da gestão de TI
Palestra o lado humano da gestão de TIPalestra o lado humano da gestão de TI
Palestra o lado humano da gestão de TI
 
O lado humano da governança de TI
O lado humano da governança de TIO lado humano da governança de TI
O lado humano da governança de TI
 
Eficiência Executiva
Eficiência ExecutivaEficiência Executiva
Eficiência Executiva
 
Gestão Eficiente de TI
Gestão Eficiente de TIGestão Eficiente de TI
Gestão Eficiente de TI
 
Curso Online Gratuito de Comércio Eletrônico
Curso Online Gratuito de Comércio EletrônicoCurso Online Gratuito de Comércio Eletrônico
Curso Online Gratuito de Comércio Eletrônico
 
Como funciona a internet
Como funciona a internetComo funciona a internet
Como funciona a internet
 
Como elaborar uma RFP
Como elaborar uma RFPComo elaborar uma RFP
Como elaborar uma RFP
 

Fases da mudança de Kotter

  • 1. Fases da mudança de Kotter EDUARDO MAYER FAGUNDES INOVAÇÃO Um processo para criar produtos e serviços para novas fronteiras de mercado.
  • 2. efagundes.com Mapear o portfólio de produtos e serviços Escolher um produto ou serviço para explorar Analisar a estratégia atual Entender a experiência dos consumidores Explorar as dimensões dos não- consumidores Criar a nova curva de valor do produto ou serviço Desenvolver a estratégia de inovação disruptiva Executar a estratégia Precursores da Inovação Ferramentas (3,5,7,10,14-17) Ferramentas (11,12) Ferramentas (1,2,4,6) Ferramentas (6) Ferramentas (6) Ferramentas (6) Ferramentas (1,2,7,9,13,18) Ferramentas (8) Processo para desenvolver Inovações Disruptivas Ferramentas 1. As cinco forças de Michael Porter 10. Liderança Motivacional 2. Análise SWOT 11. MatrizBCG 3. Balanced scorecard 12. Matrizde Ansolf 4. Benchmarking 13. Modelo 7-S 5. Disciplinas de Valor 14. Modelo de Maturidade 6. Estratégia do Oceano Azul 15. Nível do quociente de Internet 7. Estratégia Good to Great 16. Organizações que aprendem 8. Fases da mudança de Kotter 17. Quinta Disciplina de Peter Senge 9. Inovação Aberta 18. Técnicas de Pensamento Produtivo
  • 3. efagundes.com Estabelecer um senso de urgência Criar uma coalizão Ancorar Desenvolver uma visão clara Compartilhar a visão Dar poder às pessoas para eliminar obstáculos Assegurar vitórias em curto prazo Consolidar e continuar avançando  Pesquisa de mercado  Analisar a competição  Identificar e discutir crises e oportunidades (potenciais)  Para um grupo poderoso e influente liderar a mudança  Alinha esta coalizão de liderança para funcionar como uma equipe  Criar uma visão para dirigir o esforço de mudança  Desenvolver estratégias para realizar a visão  Usar todos os meios possíveis para comunicar a nova visão e estratégias  Deixar os membros líderes da coalizão serem modelos para o restante da organização  Livrar-se dos obstáculos  Mudar estruturas e sistemas que obstruem o esforço de mudança  Encorajar a assunção de risco e idéias, atividades e ações não tradicionais  Planejar para melhorias de desempenho visíveis  “Criar” e declarar as vitórias  Reconhecer e recompensar claramente os que tornaram possível as vitórias  Tomar como base a credibilidade para mudar todos os sistemas, estruturas e políticas que não se adaptem à visão  Contratar, promover e desenvolver transformadores de sucesso  Melhorar o desempenho por meio de orientação do cliente e da produtividade, além de liderança e gestão mais eficazes 51 2 3 4 6 7 8
  • 4. www.efagundes.com Mais informações INOVAÇÃO Um processo para criar produtos e serviços para novas fronteiras de mercado. EDUARDO MAYER FAGUNDES