SlideShare uma empresa Scribd logo
Evolução em Dois Mundos
Pelo espírito de André Luiz
Psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira
Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO
Goiânia (GO)
Segunda Parte – Capítulos XIX e XX
Predisposições mórbidas
Invasão microbiana
16/10/2017
Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO
Goiânia (GO)
Capítulo XIX
Predisposições Mórbidas
Como apreendermos a existência das
predisposições mórbidas do corpo espiritual?
Causas atuais
 Imprudência e ócio
 Gula
 Vícios
 Falta de higiene
 Excessos
Causas pretéritas
“As chagas da alma se manifestam através do envoltório
humano. O corpo doente reflete o panorama interior do
espírito enfermo. A patogenia é um conjunto de
inferioridades do aparelho psíquico.”
Emmanuel
Questão 96, O Consolador, FEB
Como apreendermos a existência das
predisposições mórbidas do corpo espiritual?
Zona de remorso
 Criada pela mente quando da “recordação dessa ou
daquela falta grave, mormente daquelas que jazem
recalcadas no espírito, sem que o desabafo e a
corrigenda funcionem por válvulas de alívio às chagas
ocultas do arrependimento”.
André Luiz
Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
Como apreendermos a existência das
predisposições mórbidas do corpo espiritual?
Remorso
• inquietação, abatimento da consciência que percebe
ter cometido uma falta, um erro; arrependimento,
remordimento.
Dicionário Houaiss
Como apreendermos a existência das
predisposições mórbidas do corpo espiritual?
O remorso é uma punição?
• O remorso é a força que prepara o arrependimento,
como este é a energia que precede o esforço
regenerador. Choque espiritual nas suas características
profundas, o remorso é o interstício para a luz, através
do qual recebe o homem a cooperação indireta de seus
amigos do Invisível, a fim de retificar seus desvios e
renovar seus valores morais, na jornada para Deus.
Emmanuel
Questão 182, O Consolador, FEB
Como apreendermos a existência das
predisposições mórbidas do corpo espiritual?
 “(...)Referir-me-ei, por isso, tão-somente à culpa que o
atormentava, quando ingressou em nossa casa,
segundo os apontamentos que lá poderemos
compulsar (...) Vejamos, porém, a razão das dores com
que pune a si mesmo e porque mereceu a felicidade de
ressarcir para sempre o débito particular, agora na
pauta de nosso estudo (...)”
André Luiz
Capítulo 18, Ação e Reação, FEB
Como apreendermos a existência das
predisposições mórbidas do corpo espiritual?
 O homem é, portanto, formado de três partes essenciais:
 1º — o corpo ou ser material, análogo ao dos animais e
animado pelo mesmo princípio vital;
 2º — a alma, Espírito encarnado que tem no corpo a sua
habitação;
 3º — o princípio intermediário, ou perispírito,
substância semimaterial que serve de primeiro
envoltório ao Espírito e liga a alma ao corpo. Tal, num
fruto, o gérmen, o perisperma e a casca.
Questão 135, O Livro dos Espíritos, FEB
Como pode o débil mental comandar a
renovação celular de seu corpo físico?
 O Espírito, propriamente dito, nenhuma cobertura tem, ou,
como pretendem alguns, está sempre envolto numa
substância qualquer?
 “Envolve-o uma substância, vaporosa para os teus olhos,
mas ainda bastante grosseira para nós; assaz vaporosa,
entretanto, para poder elevar-se na atmosfera e transportar-
se aonde queira.” Envolvendo o gérmen de um fruto, há o
perisperma; do mesmo modo, uma substância que, por
comparação, se pode chamar perispírito, serve de
envoltório ao Espírito propriamente dito.
Questão 93, O Livro dos Espíritos, FEB
Existem parasitas “ovoides” vampirizando
desencarnados?
 “(...) como que ligadas às personalidades sob nosso exame,
certas formas indecisas, obscuras. Semelhavam-se a
pequenas esferas ovoides, cada uma das quais pouco
maior que um crânio humano. Variavam
profusamente nas particularidades. Algumas
denunciavam movimento próprio, ao jeito de grandes
amebas, respirando naquele clima espiritual; outras,
contudo, pareciam em repouso, aparentemente inertes,
ligadas ao halo vital das personalidades em movimento.”
André Luiz
Libertação, Capítulo 6, FEB
Existem parasitas “ovoides” vampirizando
desencarnados?
 (...) a existência de três figuras vivas, que se lhe justapõem ao
perispírito, apesar de se expressarem por intermédio de matéria
que me parece leve gelatina, fluida e amorfa. Elucidou Gúbio,
sem detença: – São entidades infortunadas, entregues aos
propósitos de vingança e que perderam grandes
patrimônios de tempo, em virtude da revolta que lhes
atormenta o ser. Gastaram o perispírito, sob inenarráveis
tormentas de desesperação, e imantam-se, naturalmente, à
mulher que odeiam, irmã esta que, por sua vez, ainda não
descobriu que a ciência de amar é a ciência de libertar, iluminar e
redimir.
André Luiz
Libertação, Capítulo 7, FEB
Existem parasitas “ovoides” vampirizando
desencarnados?
Como entenderemos o mecanismo de atuação
da Justiça Superior nos casos de endemias
rurais, em que populações inteiras são assoladas
periodicamente pelas mesmas doenças?
 “(...)conquistas higiênicas que o homem é naturalmente
obrigado a realizar por si, como preço devido ao progresso
comum.”
André Luiz
Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
 “O plano espiritual não pode quebrar o ritmo das leis do
esforço próprio, como a direção de uma escola não pode
decifrar os problemas relativos à evolução de seus
discípulos. Além de tudo, a doença incurável traz consigo
profundos benefícios.”
Emmanuel
Questão 101, O Consolador, FEB
No estado comatoso, onde se encontra o psicossoma do
enfermo? Junto ao corpo físico ou afastado dele?
 No estado de coma, o aprisionamento do corpo espiritual ao arcabouço
físico, ou a parcial liberação dele, depende da situação mental do
enfermo.”
André Luiz
Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
• O que se passa com os espíritos encarnados cujos corpos ficam meses, e
até mesmo anos, em estado vegetativo (coma)?
• “(...) Há casos em que o espírito permanece como aprisionado ao corpo,
dele não se afastando até que permita receber auxílio dos Benfeitores
espirituais. São pessoas, em geral, muito apegadas à vida material e que
não se conformam com a situação.
• Em outros casos, (...) dispõem de uma relativa liberdade. (...) descrevem as
paisagens e os contatos com seres que os precederam na passagem para a
Vida Espiritual.
• Em qualquer das circunstâncias, o Plano Espiritual sempre estende seus
esforços na tentativa de auxílio. (...)
Emmanuel
Plantão de Respostas, Pinga Fogo II
No estado comatoso, onde se encontra o psicossoma do
enfermo? Junto ao corpo físico ou afastado dele?
• “Conquanto imóvel, sentia-se agora lúcida, profundamente lúcida. Os olhos
quedavam quase apagados; no entanto, o apoio magnético incessante lhe
descerrava a luz da visão espiritual. Nos últimos dois dias, atingira avançada
renovação. Assinalava com absoluta clareza as palestras frequentes que
Cláudio mantinha com médicos e enfermeiros, gravava as preces e os
comentários de Agostinho e Salomão, na hora do passe. De começo, ao
experimentar que as mãos paternas lhe asseavam o corpo, desesperava,
clamando de si para consigo que não se conformava com tanta
humilhação... Lançava pensamentos de revolta contra o destino que a jungia
daquele modo a um homem que odiava; entretanto, à força de perceber-lhe
a ternura reverente, expungindo-lhe as excreções que se lhe agarravam à
epiderme ferida, acabou plantando no coração um sentimento novo.”
• “Se não vos sentis capacitados a oferecer-lhes uma frase de consolação ou o
socorro de uma prece, afastai-vos e deixai-os em paz!... As lágrimas que
derramam são pérolas de esperança com que as luzes de outras auroras lhes
rociam a face!...”
André Luiz
Capítulo 7, Sexo e Destino, FEB
Quais os principais métodos usados na Espiritualidade
para o tratamento das lesões do corpo espiritual?
 Não observa o tratamento especializado da zona cancerosa? (...) o
trabalho de cura é peculiar a cada espírito. Meu irmão será tratado
carinhosamente, sentir-se-á forte como nos tempos mais belos da sua
juventude terrena, (...); entretanto, a causa dos seus males persistirá
em si mesmo, até que se desfaça dos germes de perversão da
saúde divina, que agregou ao seu corpo sutil pelo descuido moral
e pelo desejo de gozar mais que os outros.
André Luiz
Capítulo 5, Nosso Lar, FEB
Exame do psicossoma
Ficha cármica
Reversib
ilidade
Tratamento desencarnado
Tratamento encarnado
SIM
NÃO
 Na Espiritualidade, os servidores da medicina penetram, com
mais segurança, na história do enfermo para estudar, com o êxito
possível, os mecanismos da doença que lhe são particulares.
André Luiz
Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
Quais os principais métodos usados na Espiritualidade
para o tratamento das lesões do corpo espiritual?
 Contudo, é imperioso reconhecer que na Esfera Superior o
médico não se ergue apenas com o pedestal da cultura
acadêmica, qual ocorre frequentemente entre os homens, mas
sim também com as qualidades morais que lhe confiram valor e
ponderação, humildade e devotamento, visto que a psicoterapia
e o magnetismo, largamente usados no plano extrafísico, exigem
dele grandeza de caráter e pureza de coração.
André Luiz
Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
Capítulo XX
Invasões Microbianas
A invasão microbiana está vinculada a causas
espirituais?
 “nos domínios do abuso de nossas forças, seja
adulterando as trocas vitais do cosmo orgânico pela
rendição ao desequilíbrio, seja estabelecendo
perturbações em prejuízo dos outros, plasmam, nos
tecidos fisiopsicossomáticos que nos constituem o
veículo de expressão, determinados campos de
ruptura na harmonia celular.”
André Luiz
Capítulo XX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
A invasão microbiana está vinculada a causas
espirituais?
DESEQUILÍBRIOS PESSOAIS
PERTURBAÇÕES AOS
OUTROS
DESARMONIA CELULAR
CANCER
TUBERCULOSE
LEPRA
BRUCELOSE
AMEBÍASE
ENDOCARDITE BACTERIANA
CARDIOPATIA CHAGÁSICA
A invasão microbiana está vinculada a causas
espirituais?
 Há órgãos no corpo espiritual?
 “Dentro das leis substanciais que regem a vida terrestre,
extensiva às esferas espirituais mais próximas do planeta, já
o corpo físico, executadas certas alterações impostas pela
prova ou tarefa a realizar, é uma exteriorização aproximada
do corpo perispiritual, exteriorização essa que se subordina
aos imperativos matéria mais grosseira, no mecanismo de
heranças celulares, as quais, por sua vez, se enquadram nas
indispensáveis provações ou testemunhos de cada
indivíduo.”
Emmanuel
Questão 30, O Consolador, FEB
A invasão microbiana está vinculada a causas
espirituais?
• “Verificada a disfunção, toda a zona atingida pelo
desajustamento se torna passível de invasão
microbiana...”
André Luiz
Capítulo XX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
A invasão microbiana está vinculada a causas
espirituais?
“Estão vendo aquelas manchas escuras na via pública? – indagava nosso
orientador, percebendo-nos a estranheza e o desejo de aprender cada vez mais.
Como não soubéssemos definir com exatidão, prosseguia explicando: – São
nuvens de bactérias variadas. Flutuam quase sempre também, em grupos
compactos, obedecendo ao princípio das afinidades. Reparem aqueles
arabescos de sombra...”
“Observem os grandes núcleos pardacentos ou completamente obscuros!...
São zonas de matéria mental inferior, matéria que é expelida incessantemente
por certa classe de pessoas. Se demorarmos em nossas investigações, veremos
igualmente os monstros que se arrastam nos passos das criaturas, atraídos por
elas mesmas...”
“– Sim, André, se não fosse o poder muito maior da luz solar, casada ao
magnetismo terrestre, poder esse que destrói intensivamente para selecionar as
manifestações da vida, na esfera da Crosta, a flora microbiana de ordem inferior
não teria permitido a existência dum só homem na superfície do globo. Por esta
razão, o solo e as plantas estão cheios de princípios curativos e
transformadores.” André Luiz
Capítulo 40, Os Mensageiros, FEB
A invasão microbiana está vinculada a causas
espirituais?
"Está vendo a máquina divina, formada pelo molde espiritual preexistente?
– perguntou Aniceto, compreendendo-me a profunda admiração.
O corpo do homem encarnado é um tabernáculo e uma benção. Nesta
hecatombe angustiosa de uma existência, pode você reparar que todos os
movimentos do corpo estão subordinados à administração da mente.
O organismo vivo, André, representa uma conquista laboriosa da
Humanidade terrestre, no quadro de concessões do Eterno Pai. Pode você,
agora, identificar os movimentos da matéria viva. Cada órgão é um
departamento autônomo na esfera celular, subordinado ao pensamento do
homem. Cada glândula é um centro de serviços ativos.
Há muita afinidade entre o corpo físico e a máquina moderna. São ambos
impulsionados pela carga de combustível, com a diferença de que no homem a
combustão química obedece ao senso espiritual que dirige a vida organizada.
É na mente que temos o governo dessa usina maravilhosa. Não possuímos,
aí, tão somente o caráter, a razão, a memória, a direção, o equilíbrio, o
entendimento; mas, também, o controle de todos os fenômenos da expressão
corpórea.”
André Luiz
Capítulo 49, Os Mensageiros, FEB
A invasão microbiana está vinculada a causas
espirituais?
“Na sede mental e, consequentemente, no cérebro, temos todos os
registros de distribuição dos princípios vitais aos núcleos celulares, inclusive a
água e o açúcar. Os centros metabólicos são grandes oficinas de trabalho
incessante.
A mente humana, ainda que indefinível pela conceituação científica
limitada, na Terra, é o centro de toda manifestação vital no planeta. Cada órgão,
cada glândula, meu amigo, integra o quadro de serviço da máquina sublime,
construída no molde sutil do corpo espiritual preexistente e, por isso mesmo,
chegará o tempo em que a ciência reconhecerá qualquer abuso do homem como
ofensa causada a si mesmo.
A usina humana é repositório de forças elétricas de alto teor construtivo ou
destrutivo. Cada célula é minúsculo motor, trabalhando ao impulso mental."
André Luiz
Capítulo 49, Os Mensageiros, FEB
André Luiz
Capítulo XX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
Conclusão
Amparo aos outros cria amparo a nós próprios, motivo por que
os princípios de Jesus, desterrando de nós animalidade e
orgulho, vaidade e cobiça, crueldade e avareza, e exortando-nos à
simplicidade e à humildade, à fraternidade sem limites e ao
perdão incondicional, estabelecem, quando observados, a
imunologia perfeita em nossa vida interior, fortalecendo-nos
o poder da mente na auto defensiva contra todos os elementos
destruidores e degradantes que nos cercam e articulando-nos as
possibilidades imprescindíveis à evolução para Deus.
Bibliografia
1. O Livro dos Espíritos – Allan Kardec – FEB
2. Nosso Lar – André Luiz/Chico Xavier - FEB
3. Os Mensageiros 0 André Luiz/Chico Xavier – FEB
4. Libertação – André Luiz/Chico Xavier – FEB
5. Ação e Reação – André Luiz/Chico Xavier – FEB
6. Sexo e Destino – André Luiz/Chico Xavier – FEB
7. O Consolador – Emmanuel/Chico Xavier – FEB
8. Plantão de Respostas – Pinga Fogo II – Emmanuel/Chico Xavier
9. Dicionário Houaiss
10. CVDEE – Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Cynthia Castro
 
Palestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritos
Palestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritosPalestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritos
Palestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritos
Divulgador do Espiritismo
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Cynthia Castro
 
Fluido vital
Fluido vital Fluido vital
Perispírito
PerispíritoPerispírito
Perispírito
Denise Aguiar
 
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosEvangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Antonino Silva
 
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNOO TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
Jorge Luiz dos Santos
 
Fluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico UniversalFluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico Universal
Marcos Bueno Sander
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Bruno Cechinel Filho
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Cynthia Castro
 
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Leonardo Pereira
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
Jorge Luiz dos Santos
 
A MISSÃO DE ALLAN KARDEC
A MISSÃO DE ALLAN KARDECA MISSÃO DE ALLAN KARDEC
A MISSÃO DE ALLAN KARDEC
Jorge Luiz dos Santos
 
O Livro dos Espíritos
O Livro dos EspíritosO Livro dos Espíritos
O Livro dos Espíritos
Instituto Espírita de Educação
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
Ailton Guimaraes
 

Mais procurados (20)

Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
 
Palestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritos
Palestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritosPalestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritos
Palestra Espírita - Ocupações e missões dos espíritos
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo II - Corpo Espiritual - 1...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIII - Alma e Fluidos - 0...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
 
Fluido vital
Fluido vital Fluido vital
Fluido vital
 
Perispírito
PerispíritoPerispírito
Perispírito
 
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosEvangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
 
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNOO TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
O TEMPO - PRESENTE DO ETERNO
 
Fluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico UniversalFluido Cósmico Universal
Fluido Cósmico Universal
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
 
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
 
A MISSÃO DE ALLAN KARDEC
A MISSÃO DE ALLAN KARDECA MISSÃO DE ALLAN KARDEC
A MISSÃO DE ALLAN KARDEC
 
O Livro dos Espíritos
O Livro dos EspíritosO Livro dos Espíritos
O Livro dos Espíritos
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
 
Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
 

Destaque

O caráter da revelação espírita - ESDE - 4
O caráter da revelação  espírita - ESDE - 4O caráter da revelação  espírita - ESDE - 4
O caráter da revelação espírita - ESDE - 4
Graça Maciel
 
Origem e natureza dos espíritos - n. 12
Origem e natureza dos espíritos - n. 12Origem e natureza dos espíritos - n. 12
Origem e natureza dos espíritos - n. 12
Graça Maciel
 
Estudos bíblicos - n.4
Estudos bíblicos - n.4 Estudos bíblicos - n.4
Estudos bíblicos - n.4 Graça Maciel
 
Saude integral
Saude integralSaude integral
Saude integral
Andre Luiz Campos
 
O espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeO espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidade
Graça Maciel
 
Curso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidadeCurso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidade
Joaquim Fontes
 
Como Jesus dialogava - n.19
Como Jesus dialogava - n.19Como Jesus dialogava - n.19
Como Jesus dialogava - n.19
Graça Maciel
 
Os livros da bíblia - n 6
Os livros da bíblia - n 6Os livros da bíblia - n 6
Os livros da bíblia - n 6
Graça Maciel
 
Surgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismoSurgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismo
Graça Maciel
 
Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16
Graça Maciel
 
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporteAula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Sergio Lima Dias Junior
 
01 sentimentos e emoções no comportamento humano
01 sentimentos e emoções no comportamento humano01 sentimentos e emoções no comportamento humano
01 sentimentos e emoções no comportamento humano
Graça Martins
 
O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10Graça Maciel
 
Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14Graça Maciel
 
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Graça Maciel
 
Objetivos da reencarnação - n.22
Objetivos da reencarnação - n.22Objetivos da reencarnação - n.22
Objetivos da reencarnação - n.22
Graça Maciel
 
Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13
Graça Maciel
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Inimigos desencarnados
Inimigos desencarnadosInimigos desencarnados
Inimigos desencarnados
Graça Maciel
 
AS EMOÇÕES
AS EMOÇÕESAS EMOÇÕES

Destaque (20)

O caráter da revelação espírita - ESDE - 4
O caráter da revelação  espírita - ESDE - 4O caráter da revelação  espírita - ESDE - 4
O caráter da revelação espírita - ESDE - 4
 
Origem e natureza dos espíritos - n. 12
Origem e natureza dos espíritos - n. 12Origem e natureza dos espíritos - n. 12
Origem e natureza dos espíritos - n. 12
 
Estudos bíblicos - n.4
Estudos bíblicos - n.4 Estudos bíblicos - n.4
Estudos bíblicos - n.4
 
Saude integral
Saude integralSaude integral
Saude integral
 
O espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeO espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidade
 
Curso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidadeCurso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidade
 
Como Jesus dialogava - n.19
Como Jesus dialogava - n.19Como Jesus dialogava - n.19
Como Jesus dialogava - n.19
 
Os livros da bíblia - n 6
Os livros da bíblia - n 6Os livros da bíblia - n 6
Os livros da bíblia - n 6
 
Surgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismoSurgimento do espiritismo
Surgimento do espiritismo
 
Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16
 
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporteAula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
Aula 6 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de transporte
 
01 sentimentos e emoções no comportamento humano
01 sentimentos e emoções no comportamento humano01 sentimentos e emoções no comportamento humano
01 sentimentos e emoções no comportamento humano
 
O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10O templo e as sinagogas - n 10
O templo e as sinagogas - n 10
 
Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14Os seguidores de Jesus - n.14
Os seguidores de Jesus - n.14
 
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
Jesus o Cristo de Deus (2) - n.12
 
Objetivos da reencarnação - n.22
Objetivos da reencarnação - n.22Objetivos da reencarnação - n.22
Objetivos da reencarnação - n.22
 
Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13Os três batismos - n.13
Os três batismos - n.13
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
 
Inimigos desencarnados
Inimigos desencarnadosInimigos desencarnados
Inimigos desencarnados
 
AS EMOÇÕES
AS EMOÇÕESAS EMOÇÕES
AS EMOÇÕES
 

Semelhante a Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições Mórbidas-Invasão Microbiana - 16/10/2017

Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
Anselmo Heib
 
dinamica_espirita_73.pdf
dinamica_espirita_73.pdfdinamica_espirita_73.pdf
dinamica_espirita_73.pdf
CESARSOMMER2
 
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o ServicoNos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Patricia Farias
 
Curso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapiaCurso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapia
SergioMello
 
Fixação mental slide1
Fixação mental  slide1Fixação mental  slide1
Fixação mental slide1
bonattinho
 
Os Mensageiros Cap.10
Os Mensageiros Cap.10Os Mensageiros Cap.10
Os Mensageiros Cap.10
Patricia Farias
 
A região do Umbral
A região do UmbralA região do Umbral
A região do Umbral
Eduardo Henrique Marçal
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Cynthia Castro
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Divulgador do Espiritismo
 
Leis de Amor
Leis de AmorLeis de Amor
Leis de Amor
Alfredo Lopes
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Cynthia Castro
 
Conceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãoConceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessão
jcevadro
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
João Lister Pereira
 
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões EspirituaisTransplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Eduardo Henrique Marçal
 
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos   e suas repercussões espirituaisTransplante de órgãos   e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Eduardo Henrique Marçal
 
Doenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticasDoenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticas
Marcos Paterra
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Claudio Macedo
 
08 os corpos espirituais
08  os corpos espirituais08  os corpos espirituais
08 os corpos espirituais
Antonio SSantos
 
05-Causas de vidas anteriores.
05-Causas de vidas anteriores.05-Causas de vidas anteriores.
05-Causas de vidas anteriores.
ThiagoPereiraSantos2
 

Semelhante a Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições Mórbidas-Invasão Microbiana - 16/10/2017 (20)

Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
 
dinamica_espirita_73.pdf
dinamica_espirita_73.pdfdinamica_espirita_73.pdf
dinamica_espirita_73.pdf
 
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
 
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o ServicoNos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
 
Curso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapiaCurso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapia
 
Fixação mental slide1
Fixação mental  slide1Fixação mental  slide1
Fixação mental slide1
 
Os Mensageiros Cap.10
Os Mensageiros Cap.10Os Mensageiros Cap.10
Os Mensageiros Cap.10
 
A região do Umbral
A região do UmbralA região do Umbral
A região do Umbral
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Leis de Amor
Leis de AmorLeis de Amor
Leis de Amor
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
 
Conceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãoConceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessão
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões EspirituaisTransplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
 
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos   e suas repercussões espirituaisTransplante de órgãos   e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
 
Doenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticasDoenças psicossomáticas
Doenças psicossomáticas
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
 
08 os corpos espirituais
08  os corpos espirituais08  os corpos espirituais
08 os corpos espirituais
 
05-Causas de vidas anteriores.
05-Causas de vidas anteriores.05-Causas de vidas anteriores.
05-Causas de vidas anteriores.
 

Mais de Cynthia Castro

Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Cynthia Castro
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Cynthia Castro
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Cynthia Castro
 

Mais de Cynthia Castro (16)

Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
 
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo X - Palavra e Responsabil...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
 
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
 

Último

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 

Último (11)

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 

Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições Mórbidas-Invasão Microbiana - 16/10/2017

  • 1. Evolução em Dois Mundos Pelo espírito de André Luiz Psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO Goiânia (GO)
  • 2. Segunda Parte – Capítulos XIX e XX Predisposições mórbidas Invasão microbiana 16/10/2017 Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO Goiânia (GO)
  • 4. Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual? Causas atuais  Imprudência e ócio  Gula  Vícios  Falta de higiene  Excessos
  • 5. Causas pretéritas “As chagas da alma se manifestam através do envoltório humano. O corpo doente reflete o panorama interior do espírito enfermo. A patogenia é um conjunto de inferioridades do aparelho psíquico.” Emmanuel Questão 96, O Consolador, FEB Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual?
  • 6. Zona de remorso  Criada pela mente quando da “recordação dessa ou daquela falta grave, mormente daquelas que jazem recalcadas no espírito, sem que o desabafo e a corrigenda funcionem por válvulas de alívio às chagas ocultas do arrependimento”. André Luiz Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual?
  • 7. Remorso • inquietação, abatimento da consciência que percebe ter cometido uma falta, um erro; arrependimento, remordimento. Dicionário Houaiss Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual?
  • 8. O remorso é uma punição? • O remorso é a força que prepara o arrependimento, como este é a energia que precede o esforço regenerador. Choque espiritual nas suas características profundas, o remorso é o interstício para a luz, através do qual recebe o homem a cooperação indireta de seus amigos do Invisível, a fim de retificar seus desvios e renovar seus valores morais, na jornada para Deus. Emmanuel Questão 182, O Consolador, FEB Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual?
  • 9.  “(...)Referir-me-ei, por isso, tão-somente à culpa que o atormentava, quando ingressou em nossa casa, segundo os apontamentos que lá poderemos compulsar (...) Vejamos, porém, a razão das dores com que pune a si mesmo e porque mereceu a felicidade de ressarcir para sempre o débito particular, agora na pauta de nosso estudo (...)” André Luiz Capítulo 18, Ação e Reação, FEB Como apreendermos a existência das predisposições mórbidas do corpo espiritual?
  • 10.  O homem é, portanto, formado de três partes essenciais:  1º — o corpo ou ser material, análogo ao dos animais e animado pelo mesmo princípio vital;  2º — a alma, Espírito encarnado que tem no corpo a sua habitação;  3º — o princípio intermediário, ou perispírito, substância semimaterial que serve de primeiro envoltório ao Espírito e liga a alma ao corpo. Tal, num fruto, o gérmen, o perisperma e a casca. Questão 135, O Livro dos Espíritos, FEB Como pode o débil mental comandar a renovação celular de seu corpo físico?
  • 11.  O Espírito, propriamente dito, nenhuma cobertura tem, ou, como pretendem alguns, está sempre envolto numa substância qualquer?  “Envolve-o uma substância, vaporosa para os teus olhos, mas ainda bastante grosseira para nós; assaz vaporosa, entretanto, para poder elevar-se na atmosfera e transportar- se aonde queira.” Envolvendo o gérmen de um fruto, há o perisperma; do mesmo modo, uma substância que, por comparação, se pode chamar perispírito, serve de envoltório ao Espírito propriamente dito. Questão 93, O Livro dos Espíritos, FEB Existem parasitas “ovoides” vampirizando desencarnados?
  • 12.  “(...) como que ligadas às personalidades sob nosso exame, certas formas indecisas, obscuras. Semelhavam-se a pequenas esferas ovoides, cada uma das quais pouco maior que um crânio humano. Variavam profusamente nas particularidades. Algumas denunciavam movimento próprio, ao jeito de grandes amebas, respirando naquele clima espiritual; outras, contudo, pareciam em repouso, aparentemente inertes, ligadas ao halo vital das personalidades em movimento.” André Luiz Libertação, Capítulo 6, FEB Existem parasitas “ovoides” vampirizando desencarnados?
  • 13.  (...) a existência de três figuras vivas, que se lhe justapõem ao perispírito, apesar de se expressarem por intermédio de matéria que me parece leve gelatina, fluida e amorfa. Elucidou Gúbio, sem detença: – São entidades infortunadas, entregues aos propósitos de vingança e que perderam grandes patrimônios de tempo, em virtude da revolta que lhes atormenta o ser. Gastaram o perispírito, sob inenarráveis tormentas de desesperação, e imantam-se, naturalmente, à mulher que odeiam, irmã esta que, por sua vez, ainda não descobriu que a ciência de amar é a ciência de libertar, iluminar e redimir. André Luiz Libertação, Capítulo 7, FEB Existem parasitas “ovoides” vampirizando desencarnados?
  • 14. Como entenderemos o mecanismo de atuação da Justiça Superior nos casos de endemias rurais, em que populações inteiras são assoladas periodicamente pelas mesmas doenças?  “(...)conquistas higiênicas que o homem é naturalmente obrigado a realizar por si, como preço devido ao progresso comum.” André Luiz Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB  “O plano espiritual não pode quebrar o ritmo das leis do esforço próprio, como a direção de uma escola não pode decifrar os problemas relativos à evolução de seus discípulos. Além de tudo, a doença incurável traz consigo profundos benefícios.” Emmanuel Questão 101, O Consolador, FEB
  • 15. No estado comatoso, onde se encontra o psicossoma do enfermo? Junto ao corpo físico ou afastado dele?  No estado de coma, o aprisionamento do corpo espiritual ao arcabouço físico, ou a parcial liberação dele, depende da situação mental do enfermo.” André Luiz Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB • O que se passa com os espíritos encarnados cujos corpos ficam meses, e até mesmo anos, em estado vegetativo (coma)? • “(...) Há casos em que o espírito permanece como aprisionado ao corpo, dele não se afastando até que permita receber auxílio dos Benfeitores espirituais. São pessoas, em geral, muito apegadas à vida material e que não se conformam com a situação. • Em outros casos, (...) dispõem de uma relativa liberdade. (...) descrevem as paisagens e os contatos com seres que os precederam na passagem para a Vida Espiritual. • Em qualquer das circunstâncias, o Plano Espiritual sempre estende seus esforços na tentativa de auxílio. (...) Emmanuel Plantão de Respostas, Pinga Fogo II
  • 16. No estado comatoso, onde se encontra o psicossoma do enfermo? Junto ao corpo físico ou afastado dele? • “Conquanto imóvel, sentia-se agora lúcida, profundamente lúcida. Os olhos quedavam quase apagados; no entanto, o apoio magnético incessante lhe descerrava a luz da visão espiritual. Nos últimos dois dias, atingira avançada renovação. Assinalava com absoluta clareza as palestras frequentes que Cláudio mantinha com médicos e enfermeiros, gravava as preces e os comentários de Agostinho e Salomão, na hora do passe. De começo, ao experimentar que as mãos paternas lhe asseavam o corpo, desesperava, clamando de si para consigo que não se conformava com tanta humilhação... Lançava pensamentos de revolta contra o destino que a jungia daquele modo a um homem que odiava; entretanto, à força de perceber-lhe a ternura reverente, expungindo-lhe as excreções que se lhe agarravam à epiderme ferida, acabou plantando no coração um sentimento novo.” • “Se não vos sentis capacitados a oferecer-lhes uma frase de consolação ou o socorro de uma prece, afastai-vos e deixai-os em paz!... As lágrimas que derramam são pérolas de esperança com que as luzes de outras auroras lhes rociam a face!...” André Luiz Capítulo 7, Sexo e Destino, FEB
  • 17. Quais os principais métodos usados na Espiritualidade para o tratamento das lesões do corpo espiritual?  Não observa o tratamento especializado da zona cancerosa? (...) o trabalho de cura é peculiar a cada espírito. Meu irmão será tratado carinhosamente, sentir-se-á forte como nos tempos mais belos da sua juventude terrena, (...); entretanto, a causa dos seus males persistirá em si mesmo, até que se desfaça dos germes de perversão da saúde divina, que agregou ao seu corpo sutil pelo descuido moral e pelo desejo de gozar mais que os outros. André Luiz Capítulo 5, Nosso Lar, FEB Exame do psicossoma Ficha cármica Reversib ilidade Tratamento desencarnado Tratamento encarnado SIM NÃO
  • 18.  Na Espiritualidade, os servidores da medicina penetram, com mais segurança, na história do enfermo para estudar, com o êxito possível, os mecanismos da doença que lhe são particulares. André Luiz Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB Quais os principais métodos usados na Espiritualidade para o tratamento das lesões do corpo espiritual?  Contudo, é imperioso reconhecer que na Esfera Superior o médico não se ergue apenas com o pedestal da cultura acadêmica, qual ocorre frequentemente entre os homens, mas sim também com as qualidades morais que lhe confiram valor e ponderação, humildade e devotamento, visto que a psicoterapia e o magnetismo, largamente usados no plano extrafísico, exigem dele grandeza de caráter e pureza de coração. André Luiz Capítulo XIX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
  • 20. A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais?  “nos domínios do abuso de nossas forças, seja adulterando as trocas vitais do cosmo orgânico pela rendição ao desequilíbrio, seja estabelecendo perturbações em prejuízo dos outros, plasmam, nos tecidos fisiopsicossomáticos que nos constituem o veículo de expressão, determinados campos de ruptura na harmonia celular.” André Luiz Capítulo XX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
  • 21. A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais? DESEQUILÍBRIOS PESSOAIS PERTURBAÇÕES AOS OUTROS DESARMONIA CELULAR CANCER TUBERCULOSE LEPRA BRUCELOSE AMEBÍASE ENDOCARDITE BACTERIANA CARDIOPATIA CHAGÁSICA
  • 22. A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais?  Há órgãos no corpo espiritual?  “Dentro das leis substanciais que regem a vida terrestre, extensiva às esferas espirituais mais próximas do planeta, já o corpo físico, executadas certas alterações impostas pela prova ou tarefa a realizar, é uma exteriorização aproximada do corpo perispiritual, exteriorização essa que se subordina aos imperativos matéria mais grosseira, no mecanismo de heranças celulares, as quais, por sua vez, se enquadram nas indispensáveis provações ou testemunhos de cada indivíduo.” Emmanuel Questão 30, O Consolador, FEB
  • 23. A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais? • “Verificada a disfunção, toda a zona atingida pelo desajustamento se torna passível de invasão microbiana...” André Luiz Capítulo XX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB
  • 24. A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais? “Estão vendo aquelas manchas escuras na via pública? – indagava nosso orientador, percebendo-nos a estranheza e o desejo de aprender cada vez mais. Como não soubéssemos definir com exatidão, prosseguia explicando: – São nuvens de bactérias variadas. Flutuam quase sempre também, em grupos compactos, obedecendo ao princípio das afinidades. Reparem aqueles arabescos de sombra...” “Observem os grandes núcleos pardacentos ou completamente obscuros!... São zonas de matéria mental inferior, matéria que é expelida incessantemente por certa classe de pessoas. Se demorarmos em nossas investigações, veremos igualmente os monstros que se arrastam nos passos das criaturas, atraídos por elas mesmas...” “– Sim, André, se não fosse o poder muito maior da luz solar, casada ao magnetismo terrestre, poder esse que destrói intensivamente para selecionar as manifestações da vida, na esfera da Crosta, a flora microbiana de ordem inferior não teria permitido a existência dum só homem na superfície do globo. Por esta razão, o solo e as plantas estão cheios de princípios curativos e transformadores.” André Luiz Capítulo 40, Os Mensageiros, FEB
  • 25. A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais? "Está vendo a máquina divina, formada pelo molde espiritual preexistente? – perguntou Aniceto, compreendendo-me a profunda admiração. O corpo do homem encarnado é um tabernáculo e uma benção. Nesta hecatombe angustiosa de uma existência, pode você reparar que todos os movimentos do corpo estão subordinados à administração da mente. O organismo vivo, André, representa uma conquista laboriosa da Humanidade terrestre, no quadro de concessões do Eterno Pai. Pode você, agora, identificar os movimentos da matéria viva. Cada órgão é um departamento autônomo na esfera celular, subordinado ao pensamento do homem. Cada glândula é um centro de serviços ativos. Há muita afinidade entre o corpo físico e a máquina moderna. São ambos impulsionados pela carga de combustível, com a diferença de que no homem a combustão química obedece ao senso espiritual que dirige a vida organizada. É na mente que temos o governo dessa usina maravilhosa. Não possuímos, aí, tão somente o caráter, a razão, a memória, a direção, o equilíbrio, o entendimento; mas, também, o controle de todos os fenômenos da expressão corpórea.” André Luiz Capítulo 49, Os Mensageiros, FEB
  • 26. A invasão microbiana está vinculada a causas espirituais? “Na sede mental e, consequentemente, no cérebro, temos todos os registros de distribuição dos princípios vitais aos núcleos celulares, inclusive a água e o açúcar. Os centros metabólicos são grandes oficinas de trabalho incessante. A mente humana, ainda que indefinível pela conceituação científica limitada, na Terra, é o centro de toda manifestação vital no planeta. Cada órgão, cada glândula, meu amigo, integra o quadro de serviço da máquina sublime, construída no molde sutil do corpo espiritual preexistente e, por isso mesmo, chegará o tempo em que a ciência reconhecerá qualquer abuso do homem como ofensa causada a si mesmo. A usina humana é repositório de forças elétricas de alto teor construtivo ou destrutivo. Cada célula é minúsculo motor, trabalhando ao impulso mental." André Luiz Capítulo 49, Os Mensageiros, FEB
  • 27. André Luiz Capítulo XX (2ª parte), Evolução em Dois Mundos, FEB Conclusão Amparo aos outros cria amparo a nós próprios, motivo por que os princípios de Jesus, desterrando de nós animalidade e orgulho, vaidade e cobiça, crueldade e avareza, e exortando-nos à simplicidade e à humildade, à fraternidade sem limites e ao perdão incondicional, estabelecem, quando observados, a imunologia perfeita em nossa vida interior, fortalecendo-nos o poder da mente na auto defensiva contra todos os elementos destruidores e degradantes que nos cercam e articulando-nos as possibilidades imprescindíveis à evolução para Deus.
  • 28. Bibliografia 1. O Livro dos Espíritos – Allan Kardec – FEB 2. Nosso Lar – André Luiz/Chico Xavier - FEB 3. Os Mensageiros 0 André Luiz/Chico Xavier – FEB 4. Libertação – André Luiz/Chico Xavier – FEB 5. Ação e Reação – André Luiz/Chico Xavier – FEB 6. Sexo e Destino – André Luiz/Chico Xavier – FEB 7. O Consolador – Emmanuel/Chico Xavier – FEB 8. Plantão de Respostas – Pinga Fogo II – Emmanuel/Chico Xavier 9. Dicionário Houaiss 10. CVDEE – Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo

Notas do Editor

  1. Causa atuais das aflições ESE
  2. Causa atuais das aflições ESE
  3. Sistema nervoso autônomo
  4. Que seria das criaturas terrestres sem as moléstias dolorosas que lhes apodrecem a vaidade? Até onde poderiam ir o orgulho e o personalismo do espírito humano, sem a constante ameaça de uma carne frágil e atormentada? Observamos as dádivas de Deus no terreno das grandes descobertas, mobilizadas para a guerra de extermínio, e contemplemos com simpatia os hospitais isolados e escuros, onde, tantas vezes, a alma humana se recolhe para as necessárias meditações.
  5. A carne terrestre, onde abusamos, é também o campo bendito onde conseguimos realizar frutuosos labores de cura radical, quando permanecemos atentos ao dever justo.
  6. Causa atuais das aflições ESE