SlideShare uma empresa Scribd logo
Evolução em Dois Mundos
Pelo espírito de André Luiz
Psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira
Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO
Goiânia (GO)
Primeira Parte - Capítulo XIX
Alma e Reencarnação
14/08/2017
Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO
Goiânia (GO)
EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDO
1ª PARTE – CAPÍTULO XIX
ALMA E REENCARNAÇÃO
ITENS
I. DEPOIS DA MORTE
II. CONCEITO DE INFERNO
III. “SEMENTES DE DESTINO”
IV. REENCARNAÇÕES ESPECIAIS
V. REENCARNAÇÃO E EVOLUÇÃO
VI. PARTICULARIDADES DA REENCARNAÇÃO
VII.RESTRINGIMENTO DO CORPO ESPIRITUAL
VIII.CORPO FÍSICO
I – DEPOIS DA MORTE
1) Após a morte, quando a
ALMA consegue elevar-se
a esferas de reconforto e
reeducação?
Após minucioso processo de
purgação e tanto mais produtivo
mais se lhe exteriorize a dor do
arrependimento.
2) Qual a relação da
moléstia longa no corpo
e o benefício à alma?
Abençoadas depurações pelo
ensejo de AUTO-EXAME, no qual
as aflições suportadas com
paciência lhe alteram sensações
e refundem ideias.
3) E se essa OPERAÇÃO
NATURAL=AUTO-EXAME
não foi possível no círculo
carnal?
...mais se lhe AGRAVAM
os REMORSOS, depois
do túmulo, através da
reflexão, renovando as
imagens com que foram
fixados na própria alma.
“Reconciliai-vos com o vosso
adversário...” – (Mt.V, 25:26)
4) E quem são esses delituosos?
CRIMINOSOS
mesmo tendo
ressarcido os
débitos,
instados pelo
próprio
arrependimento
plasmam em
torno de si
mesmos, nos
próprios
pensamentos, as
cenas
degradantes em
que arruinaram
a vida íntima.
CALUNIADORES
Vivem pesadelos
espantosos nas
telas mentais, os
padecimentos e
aniquilamento
da felicidade
alheia.
TIRANOS
Volvem a
sentir nos
tecidos da
própria
alma os
golpes que
desferiram
nos outros.
DIPSÔMANOS e
MORFINÔMANOS
experimentam
agoniada
insatisfação.
DESEQUILIBRADOS DO SEXO - acumulam as cargas
magnéticas do instinto em desvario pelas quais se
localizam em plena alienação.
5) Por quanto tempo padecem
essas vítimas do remorso?
Por tempo correspondente às necessidades de reajuste,
padecem larga internação em zonas compatíveis com o
estado espiritual que demonstram (sintonia).
O desprendimento opera-se gradualmente
e com lentidão variável, segundo os
indivíduos e as circunstâncias da morte. Os
laços que prendem a alma ao corpo não se
rompem senão aos poucos, e tanto menos
rapidamente quanto mais a vida foi
material ou sensual. (Ver O Livro dos
Espíritos, questão 155 – Como se opera a
separação da alma e do corpo? “Rotos os laços
que a retinham, ela se desprende”.)
 Momento da morte tudo se apresenta confuso.
 Alma tem consciência da sua individualidade.
 Estado da alma varia segundo gênero morte/evolução moral.
 Progridem mais ou menos segundo sua vontade, como na vida corporal.
 Têm ocupações em relação ao seu grau de adiantamento.
 Penas e Sofrimentos variam segundo a natureza/grau das faltas
cometidas.
144 - Como se opera a separação da alma e do corpo? É brusca ou gradual?
“O QUE É O ESPIRITISMO” - Capítulo III – “O homem depois da morte”
(19 questões - 144 a 162)
II - CONCEITO DE INFERNO
1) Como é visto o INFERNO
pelas várias religiões?
2) E como ocorre no ALÉM-TÚMULO?
Como órgão controlador do
equilíbrio moral nos reinos
do Espírito, assim como a
PENITENCIÁRIA e o
HOSPITAL se levantam na
Terra como RETORTAS* de
recuperação e de auxílio.
(*Retorta – Química = vaso de
gargalo estreito e curvo para
destilação. Próprio para
experiências químicas.)
O ESTABELECIMENTO
DEPURATIVO como que reúne em si
os órgãos de REPRESSÃO e CURA,
porquanto as consciências
empedernidas aí se congregam às
consciências enfermas, na
comunhão dolorosa, mas
necessária, em que o mal é
defrontado pelo próprio mal, a fim
de que, em se examinando nos
semelhantes, esmoreça por si na
faina destruidora em que se
desmanda.
3) Em que se transformam as Inteligências ainda perversas?
Em INSTRUMENTOS REEDUCATIVOS daquelas que
começam a despertar, pela dor do arrependimento, para a
imprescindível restauração.
4) No clima espiritual das várias nações do Globo, como pode o
Inferno ser interpretado?
Como imenso CÁRCERE HOSPITAL, em que a diagnose terrestre
encontrará realmente todas as doenças catalogadas na patologia
comum, inclusive outras muitas, desconhecidas do homem, não
propriamente oriundas ou sustentadas pela fauna microbiana do
ambiente carnal, mas nascidas de profundas disfunções do corpo
espiritual e, muitas vezes, nutridas pelas formas-pensamentos em
torturado desequilíbrio, classificáveis por larvas mentais, de extremo
poder corrosivo e alucinatório, não obstante a fugaz duração com que se
articulam, quando não obedecem às ideias infelizes, longamente
recapituladas no tempo.
São as lembranças dos erros
voluntários assumidos pelo
devedor na encarnação
recentemente deixada, analisando
os males e sofrimentos de que se
fez responsável, acusando-se,
incapaz de perdoar-se, tanto maior
quão maiores lhe foram no mundo
as oportunidades de elevação e a
luz do conhecimento.
(“A quem mais for dado, mais será
cobrado”.)
1) Que significa “Sementes de Destino” ?
III – “SEMENTES DE
DESTINO”
2) Quando e como surgem essas “sementes”?
O Espírito endividado, nos
lugares de retificadoras
inquietações
(estabelecimento
depurativo = órgão
controlador do equilíbrio
moral), exonera-se dos
elementos de mais
envolvente degradação que
o aviltam e, tão logo revele
os primeiros sinais de
positiva renovação para o
bem, registra o auxílio das
Esferas Superiores e passa a
desfrutar suficiente
serenidade para rever os
compromissos assumidos
(atendidos ou não) e daí as
lembranças = “sementes”.
3) Como melhorar os próprios créditos?
Ascendendo a escolas beneméritas, nas
quais:
 Recolhem mais altas noções da vida
 Aprimoram-se na instrução
 Aperfeiçoam impulsos e
 Exercem preciosas atividades.
4) Qual a reação do Espírito diante do
conhecimento das “sementes de
destino” ?
Em se reconhecendo necessitados de
promoção a níveis mais nobres, pedem
novas reencarnações com as provas de
que carecem para se quitarem
consciencialmente consigo próprios.
IV – REENCARNAÇÕES ESPECIAIS
... muitas vezes sem qualquer
consulta (compulsória) aos que
necessitam segregação em certas
lutas no plano físico.
2) A que se refere o “sem
qualquer consulta” no plano
espiritual e o que assumimos no
mundo?
... refere-se aos enfermos e
criminosos que, pela própria
condição ou conduta, perderam
temporariamente a faculdade de
resolver quanto à sorte que lhe
convém no espaço do tempo em que
se lhe perdura a enfermidade ou que
se mantenham sob as determinações
da justiça ...
1) Como se processam as
reencarnações?
3) Que são as reencarnações
especiais?
São as em que
a individualidade renasce de
cérebro parcialmente
inibido ou padecendo
mutilações congênitas, ao
lado daqueles que lhe devem
abnegação e carinho,
decididamente internados
em cela física (corpo) como
doentes isolados sob
assistência precisa.
(ninguém está na família errada)
4) Por que representam “dolorosas
exceções no caminho normal”?
Por ocorrerem em lares faustosos
ou paupérrimos, contrariando, por
vezes, até certo ponto, os estatutos
que regem a
hereditariedade.
Stephen Hawhing
Físico Inglês
08/01/1942 = 75 anos
STEPHEN WILLIAM HAWHING
Inglês de Oxford, nasceu 08.01.1942 (75 anos) - Físico teórico e
cosmólogo britânico, um dos mais consagrados cientistas da atualidade.
Foi professor de matemática na Universidade de Cambridge, onde foi
“professor lucasiano” emérito, um posto que foi ocupado por Isaac Newton,
Paul Dirac e Charles Babbage.
A
Desde os 21 anos (há 54 anos) é portador de ELA (Esclerose Lateral
Amiotrófica), rara doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo,
sem no entanto atingir as funções cerebrais e ainda não possui cura.
Desde 1985 (há 32 anos) na Suíça, passou a utilizar um “sintetizador de
voz” para comunicar-se, em função de uma traqueostomia, após
pneumonia.
Foi casado duas vezes e atualmente divide seu tempo com seus três
filhos e três netos e sua investigação em física teórica, junto com um
extenso programa de viagens e conferências.
Há 31 anos (09.01.1986) foi nomeado membro da Pontifícia Academia das
Ciências, pelo Papa Paulo II .
Cientistas estudam forma de evitar que ele sofra da “Síndrome do
Encarceramento”, cogitando traduzir os pensamentos ou expressões da sua
fala.
V – REENCARNAÇÃO E
EVOLUÇÃO
1) A reencarnação tem
como ponto primordial o
princípio regenerativo?
Não tem ela mero
princípio regenerativo,
pois também a evolução
encontra nela firme
apoio, pois regeneração
e evolução não se
verificam sem preço.
2) Como entender o “não se
verificam sem preço”?
Porque tanto o Progresso
(Evolução) quanto a Recuperação
ou Expiação (Regeneração)
podem ser comparados à subida
numa montanha em que se sofre
os problemas e as fadigas da
marcha, os embaraços e
armadilhas, miragens e
espinheiros criados pelos
próprios caminhantes.
3) Como proceder para
não se “suar e chorar no
resgate justo” ?
É só suar no trabalho
honesto.
(O Livro dos Espíritos
Q.919 = reforma íntima =
“conhece-te a ti mesmo”.)
4) Pode-se considerar que os infortúnios de hoje
estejam debitados a compromissos de ontem?
Não, porque com a:
Prudência e a Imprudência
Preguiça e o Trabalho
Bem e o Mal
MELHORAMOS 0u AGRAVAMOS
SITUAÇÃO COMO??
Reconhecendo-se que todo dia, no exercício de
nossa vontade, formamos novas causas, refazendo o
destino. (O Livro dos Espíritos – Q.919)
“O amor cobre a multidão dos pecados”(Pedro 4:8)
“Embora
ninguém possa
voltar atrás e
fazer um novo
começo,
qualquer um
pode começar
agora e fazer
um novo fim.”
Chico Xavier Francisco Cândido Xavier
* = 02.04.1910 + 30.06.2002 (92 anos)
Após longo estágio no plano
extrafísico sentem fome de progresso
renovador por inabilitadas, ainda, a
ascensões maiores.
Daí renunciam à tranquilidade a que
se integram nos grupos afins, porque
no cadinho efervescente da carne,
analisam, de novo, as próprias
imperfeições, testando-lhes a
amplitude nas rudes experiências da
vida humana.
Sim, poderiam encontrar
outras modalidades de
estudo e trabalho que lhe
assegurariam novos fatores
de evolução; contudo
escassa percentagem de
criaturas humanas, além
da morte, adquirem acesso
definitivo aos planos
superiores.
5) No plano extrafísico, como
algumas criaturas ensejam
avançar na corrigenda e
transformação?
6) Essas criaturas não poderiam
encontrar possibilidades de
expansão nas cidades
espirituais em torno da Terra?
7)Depois da morte, o que ocorre com a maioria das criaturas?
ARTISTAS
EMÉRITOS
sentem-se
irresistivelmente
atraídos para a
reencarnação, a fim
de preservar-lhes
ou enriquecer-lhes
os patrimônios, ao
notarem o curso
diferente das
escolas que
deixaram no
Planeta.
CIENTISTAS
EMINENTES
volvem ao trabalho
e à experimentação
entre os homens,
interessados na
continuidade dos
empreendimentos
redentores que
largaram em mãos
alheias.
RELIGIOSOS
FILÓSOFOS
PROFESSORES
CONDUTORES
homens e mulheres que
se distinguem por
nobres aspirações
retornam,
voluntariamente, à
esfera física, em
sagradas ações de
auxílio que lhes valem
honrosos degraus de
sublimação na escalada
para a Divina Luz.
Jazem ainda ligadas às ideologias e raças, pátrias e realizações, famílias
e lares do mundo, como por exemplo:
VI – PARTICULARIDADES DA REENCARNAÇÃO
1) São variáveis ou não as técnicas utilizadas no
serviço reencarnatório?
São variáveis haja vista cada entidade reencarnante
apresentar particularidades essenciais na
recorporificação a que se entrega na esfera física, como
diferentes são as maneiras de se libertarem do corpo,
quando da morte deste.
2) Quais as particularidades da reencarnação dos Espíritos?
SUPERIORES
... quase sempre em
ligação sutil com a mente
materna que lhe oferta
guarida, PODEM
PLASMAR por si mesmos
e, não raro, com a
colaboração de
Instrutores da Vida
Maior, o corpo em que
continuarão as futuras
experiências,
interferindo nas
essências cromossômicas,
com vistas às tarefas que
lhes cabem desempenhar.
INFERIORES
... na maioria das ocasiões,
padecendo m0noideísmo
tiranizante, entram em
simbiose fluídica com as
organizações femininas a
que se agregam,
experimentando o
definhamento do corpo
espiritual ou o fenômeno
de “ovoidização”, sendo
inelutavelmente atraídos
ao vaso uterino, em
circunstâncias adequadas,
para a reencarnação que
lhes toca, em moldes
inteiramente dependentes
da hereditariedade.
MEDIANOS
...na evolução,
portadores de
créditos
apreciáveis e
dívidas
numerosas, cuja
reencarnação
exige cautela de
preparo e esmero
de previsão.
VII – RESTRINGIMENETO DO CORPO
ESPIRITUAL
1) A reencarnação dos espíritos acontece assim de forma aleatória?
Não ! No Plano Espiritual existem Institutos de Escultura
Anatômica, brunindo formas diversas, de modo a orientar os
mapas ou prefigurações do serviço que aos reencarnantes
competirá atender mais tarde.
REENCARNAÇÃO DE SEGISMUNDO
História conta o processo de reencarnação de Segismundo que numa
existência precedente causou muito mal à vida de Adelino e Raquel.
Após uma paixão desvairada Segismundo assassinou Adelino e Raquel
foi parar num prostíbulo. Desencarnaram, cada um por sua vez, sob
intensa vibração de ódio. No plano espiritual o casal promete receber
Segismundo como filho...
CAP. XIII
Eles esboçam e estudam
corpos, membros, órgãos,
fibras e células aos aprendizes
da sublimação, de acordo com
as obras edificantes que lhes
constem do currículo da
existência.
2) Que fazem os Escultores
Espirituais e para quem?
3)Em que momento do
Planejamento Reencarnatório
trabalham esses Escultores ?
Antes que se definam os primórdios da
rematerialização terrestre, porque,
nesses casos em que a alma oscila entre
méritos e deméritos, a reencarnação
permanece sob os auspícios de
Autoridades e Servidores da Justiça
Espiritual que administra recursos a
cada aprendiz.
4) Como ocorre o Restringimento do Corpo
Espiritual ?
Os candidatos à Reencarnação são admitidos a Instituições-
Hospitais em que magnetizadores desencarnados, bastante
competentes pela nobreza íntima, se incumbem de aplicar-lhe
fluidos balsamizantes que os adormeçam, por períodos
variáveis, de conformidade com a evolução moral que
enunciem, a fim de que os princípios psicossomáticos se
adaptem a justo Restringimento, em bases de sonoterapia.
5) Esse Restringimento ocorre com todos os Espíritos?
Não, só com os candidatos sem superioridade suficiente de modo
a supervisioná-la com o seu próprio critério e distantes da
inferioridade primitivista que deles faria escravos absolutos da
herança física.
Assim, regressam ao berço humano, nas condições
precisas, recolhidos a novo corpo, qual operário detentor de
virtudes e defeitos a quem se concede novos uniformes de
trabalho e nova oportunidade de realização.
1) Que é necessário ao êxito no empreendimento
reencarnatório que se inicia?
VIII – CORPO FÍSICO
Que sejam conjugadas com previdente sabedoria as
questões da paternidade e maternidade, raça e pátria,
lar e sistema consanguíneo.
2) Como é o Corpo Físico do reencarnante?
O Espírito, senhor das experiências adquiridas que lhe despontam
do ser, em forma de tendências e impulsos, recebe um corpo físico
inteiramente novo, com olvido temporário mas não absoluto, das
experiências pregressas, corpo com o qual será defrontado pelas
circunstâncias favoráveis ou não do caminho que deve percorrer,
para prosseguir na obra digna em que se haja empenhado ou para
retificar as lições em que haja falido.
3) Sempre ocorrerá ideal sinergia entre vida mental e
campo somático(corpo)?
Nem sempre.
Às vezes deve sofrer mutilações e enfermidades benéficas,
inibições e dificuldades orgânicas de caráter inevitável,
porque de aprendizado a aprendizado e de tarefa a tarefa,
quanto o aluno de estágio a estágio para as grandes metas
educativas é que se levantará, vitorioso, para a ascensão à
Imortalidade Celeste.
“Isso também passará...”
“Chico e o Recado de Maria”
Chico Xavier contou que, num dos seus dias de profunda amargura, solicitou ao
benfeitor espiritual que levasse o seu pedido de socorro a Maria de Nazaré, para que ela o
consolasse, já que seus problemas eram graves.
Após alguns dias, Emmanuel retornou dizendo-se portador de um recado da Mãe de
Jesus.
Chico, imediatamente, pegou papel e lápis e preparou-se para anotar.
- Pode falar, tomarei nota de cada palavra.
Emmanuel, o educador atencioso, falou-lhe:
- Anote aí, Chico. Maria me pediu para que lhe trouxesse o seguinte recado:
- "Isso também passará . Ponto final.”
Chico tomou nota rapidamente e perguntou ao guia:
- Só isso?
E ele respondeu, enfatizando:
- É, Chico. A Mãe de Jesus pediu-me para dizer-lhe “Isso também passará...”
Todas as coisas na Terra
passam...
Os dias de dificuldades
passarão...
Os dias de amargura e solidão
passarão...
As dores e as lágrimas passarão...
As frustrações que nos fazem
chorar passarão...
A saudade do ser querido que
está longe passará.
Dia de tristeza, de felicidade são
lições necessárias que, na Terra,
passam...
deixando no espírito imortal as
experiências acumuladas.
Se hoje para nós é um desses dias
repletos de amargura, paremos
um instante.
TUDO PASSA
(Do livro Renascer - Emmanuel/Chico Xavier)
Elevemos o pensamento ao Alto
E busquemos a voz suave da Mãe
amorosa
A nos dizer carinhosamente:
“Isso também passará...”
E guardemos a certeza, pelas
próprias dificuldades
já superadas, que não há mal que
dure para sempre.
O planeta Terra, semelhante a
enorme embarcação,
às vezes parece que vai soçobrar
diante das turbulências...
Mas, isso também passará porque
Jesus está no leme dessa Nau
e segue com o olhar sereno de quem
guarda a certeza
de que a agitação faz parte do roteiro
evolutivo
da humanidade e que um dia
também passará...
Ele sabe que a Terra
chegará a porto seguro,
porque essa é a sua
destinação.
Assim, façamos a nossa
parte, o melhor que
pudermos, sem
esmorecimento
e confiemos em Deus,
aproveitando cada
segundo, cada minuto
que, por certo,
Também passarão...
Tudo passa... Exceto
DEUS!
DEUS é o suficiente!”
FONTES DE REFERÊNCIAS
1) XAVIER, F.C., André Luiz – Evolução em dois
mundos – Cap. XIX – 1ª Parte.
2) ____________, André Luiz – Missionários da Luz –
cap. XIII.
3) KARDEC, Allan, O Livro dos Espíritos – Questão
919
4) ______________, O que é o Espiritismo – “O homem
depois da morte” – Questões 144 a 162.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Corpos Espirituais
Corpos EspirituaisCorpos Espirituais
Corpos Espirituais
contatodoutrina2013
 
Elementos Gerais do Universo
Elementos Gerais do UniversoElementos Gerais do Universo
Elementos Gerais do Universo
Ceile Maria Bernardo
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramento
contatodoutrina2013
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Cynthia Castro
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Cynthia Castro
 
3ª aula da natureza das comunicações - coem
3ª aula   da natureza das comunicações - coem3ª aula   da natureza das comunicações - coem
3ª aula da natureza das comunicações - coem
Wagner Quadros
 
Espírito E Matéria
Espírito E MatériaEspírito E Matéria
Espírito E Matéria
Grupo Espírita Cristão
 
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramentoO sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
Jose Luiz Maio
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Cynthia Castro
 
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De RosaAula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
2.3.1 - A alma depois da morte
2.3.1 - A alma depois da morte2.3.1 - A alma depois da morte
2.3.1 - A alma depois da morte
Marta Gomes
 
Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017
Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017
Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Cynthia Castro
 
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Leonardo Pereira
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Cynthia Castro
 
Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
Curso de Passe
Curso de PasseCurso de Passe
Curso de Passe
Adão Salles
 

Mais procurados (20)

Corpos Espirituais
Corpos EspirituaisCorpos Espirituais
Corpos Espirituais
 
Elementos Gerais do Universo
Elementos Gerais do UniversoElementos Gerais do Universo
Elementos Gerais do Universo
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramento
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
 
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
Evolução Em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos V_VI_VII - Apresentação d...
 
3ª aula da natureza das comunicações - coem
3ª aula   da natureza das comunicações - coem3ª aula   da natureza das comunicações - coem
3ª aula da natureza das comunicações - coem
 
Espírito E Matéria
Espírito E MatériaEspírito E Matéria
Espírito E Matéria
 
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramentoO sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
 
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De RosaAula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
Aula - Fluido Cósmico Universal - Rosana De Rosa
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
 
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De RosaAula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
Aula - Os Três Reinos - Rosana De Rosa
 
2.3.1 - A alma depois da morte
2.3.1 - A alma depois da morte2.3.1 - A alma depois da morte
2.3.1 - A alma depois da morte
 
Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017
Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017
Evolução Em Dois Mundos - Debate - Capítulos I ao XV - 24072017
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VII - Evolução e Heredita...
 
Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!Criação e evolução a luz do espiritismo!
Criação e evolução a luz do espiritismo!
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XV - Vampirismo Espiritua...
 
Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.
 
Curso de Passe
Curso de PasseCurso de Passe
Curso de Passe
 

Semelhante a Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação - 14/08/2017

29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques espírito ...
A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques   espírito ...A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques   espírito ...
A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques espírito ...
Ricardo Akerman
 
O progresso espiritual
O progresso espiritualO progresso espiritual
O progresso espiritual
Helio Cruz
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
Anselmo Heib
 
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões EspirituaisTransplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Eduardo Henrique Marçal
 
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos   e suas repercussões espirituaisTransplante de órgãos   e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Eduardo Henrique Marçal
 
Doenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão EspíritaDoenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão Espírita
Rivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
Eutanásia e Vida
Eutanásia e VidaEutanásia e Vida
Eutanásia e Vida
Alaide Chaded
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Alquimia da Prece
Alquimia da PreceAlquimia da Prece
Alquimia da Prece
RODRIGO ORION
 
Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2
Graça Maciel
 
Desencarne
DesencarneDesencarne
Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx
Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptxDoenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx
Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx
Rivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
Problema do ser e da dor, uma obra de l
Problema do ser e da dor, uma obra de  lProblema do ser e da dor, uma obra de  l
Problema do ser e da dor, uma obra de l
marcoscubaoficial
 
63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)
63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)
63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)
Antonio SSantos
 
Doação de orgãos
Doação de orgãosDoação de orgãos
Doação de orgãos
batepapoespirita
 
Emancipação da alma
Emancipação da almaEmancipação da alma
Emancipação da alma
Maria Salete da Cunha
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
Victor Passos
 
Missionários da Luz - 75 anos
Missionários da Luz - 75 anosMissionários da Luz - 75 anos
Missionários da Luz - 75 anos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Semelhante a Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação - 14/08/2017 (20)

29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
 
A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques espírito ...
A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques   espírito ...A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques   espírito ...
A cura do corpo e do espírito (psicografia luiz guilherme marques espírito ...
 
O progresso espiritual
O progresso espiritualO progresso espiritual
O progresso espiritual
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
 
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões EspirituaisTransplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
Transplante de Órgãos e suas Repercussões Espirituais
 
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos   e suas repercussões espirituaisTransplante de órgãos   e suas repercussões espirituais
Transplante de órgãos e suas repercussões espirituais
 
Doenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão EspíritaDoenças: Uma Visão Espírita
Doenças: Uma Visão Espírita
 
Eutanásia e Vida
Eutanásia e VidaEutanásia e Vida
Eutanásia e Vida
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 1
 
Alquimia da Prece
Alquimia da PreceAlquimia da Prece
Alquimia da Prece
 
Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2Emancipação Parcial da Alma 2
Emancipação Parcial da Alma 2
 
Desencarne
DesencarneDesencarne
Desencarne
 
Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx
Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptxDoenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx
Doenças e Saúde - atualizado nov2022.pptx
 
Problema do ser e da dor, uma obra de l
Problema do ser e da dor, uma obra de  lProblema do ser e da dor, uma obra de  l
Problema do ser e da dor, uma obra de l
 
63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)
63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)
63 doação de orgãos (um ato de amor ao próximo)
 
Doação de orgãos
Doação de orgãosDoação de orgãos
Doação de orgãos
 
Emancipação da alma
Emancipação da almaEmancipação da alma
Emancipação da alma
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
 
Missionários da Luz - 75 anos
Missionários da Luz - 75 anosMissionários da Luz - 75 anos
Missionários da Luz - 75 anos
 

Mais de Cynthia Castro

Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...
Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Cynthia Castro
 
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Cynthia Castro
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Cynthia Castro
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Cynthia Castro
 

Mais de Cynthia Castro (18)

Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XII, XIII e XIV - Diferen...
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos I e II - Alimentação e Li...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XVIII - Sexo e Corpo Espi...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIV - Simbiose Espiritual...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XII - Alma e Desencarnaçã...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XI - Existência da Alma -...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IX - Evolução e Cérebro -...
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VIII - Evolução e Metabol...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo VI - Evolução e Sexo - 15...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo V - Células e Corpo Espir...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo IV - Automatismo e Corpo ...
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo I - Fluido Cósmico - 0304...
 
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
Evolução Em Dois Mundos - Metodologia - Objetivos - Apresentação - 27032017
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
Seminário Memórias de Um Suicida - Última Apresentação - Projeto Espiritual -...
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo VII - Últimos tr...
 

Último

Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 

Último (10)

Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 

Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação - 14/08/2017

  • 1. Evolução em Dois Mundos Pelo espírito de André Luiz Psicografia de Chico Xavier e Waldo Vieira Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO Goiânia (GO)
  • 2. Primeira Parte - Capítulo XIX Alma e Reencarnação 14/08/2017 Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO Goiânia (GO)
  • 3. EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDO 1ª PARTE – CAPÍTULO XIX ALMA E REENCARNAÇÃO ITENS I. DEPOIS DA MORTE II. CONCEITO DE INFERNO III. “SEMENTES DE DESTINO” IV. REENCARNAÇÕES ESPECIAIS V. REENCARNAÇÃO E EVOLUÇÃO VI. PARTICULARIDADES DA REENCARNAÇÃO VII.RESTRINGIMENTO DO CORPO ESPIRITUAL VIII.CORPO FÍSICO
  • 4. I – DEPOIS DA MORTE 1) Após a morte, quando a ALMA consegue elevar-se a esferas de reconforto e reeducação? Após minucioso processo de purgação e tanto mais produtivo mais se lhe exteriorize a dor do arrependimento. 2) Qual a relação da moléstia longa no corpo e o benefício à alma? Abençoadas depurações pelo ensejo de AUTO-EXAME, no qual as aflições suportadas com paciência lhe alteram sensações e refundem ideias.
  • 5. 3) E se essa OPERAÇÃO NATURAL=AUTO-EXAME não foi possível no círculo carnal? ...mais se lhe AGRAVAM os REMORSOS, depois do túmulo, através da reflexão, renovando as imagens com que foram fixados na própria alma. “Reconciliai-vos com o vosso adversário...” – (Mt.V, 25:26)
  • 6. 4) E quem são esses delituosos? CRIMINOSOS mesmo tendo ressarcido os débitos, instados pelo próprio arrependimento plasmam em torno de si mesmos, nos próprios pensamentos, as cenas degradantes em que arruinaram a vida íntima. CALUNIADORES Vivem pesadelos espantosos nas telas mentais, os padecimentos e aniquilamento da felicidade alheia. TIRANOS Volvem a sentir nos tecidos da própria alma os golpes que desferiram nos outros. DIPSÔMANOS e MORFINÔMANOS experimentam agoniada insatisfação. DESEQUILIBRADOS DO SEXO - acumulam as cargas magnéticas do instinto em desvario pelas quais se localizam em plena alienação.
  • 7. 5) Por quanto tempo padecem essas vítimas do remorso? Por tempo correspondente às necessidades de reajuste, padecem larga internação em zonas compatíveis com o estado espiritual que demonstram (sintonia).
  • 8. O desprendimento opera-se gradualmente e com lentidão variável, segundo os indivíduos e as circunstâncias da morte. Os laços que prendem a alma ao corpo não se rompem senão aos poucos, e tanto menos rapidamente quanto mais a vida foi material ou sensual. (Ver O Livro dos Espíritos, questão 155 – Como se opera a separação da alma e do corpo? “Rotos os laços que a retinham, ela se desprende”.)  Momento da morte tudo se apresenta confuso.  Alma tem consciência da sua individualidade.  Estado da alma varia segundo gênero morte/evolução moral.  Progridem mais ou menos segundo sua vontade, como na vida corporal.  Têm ocupações em relação ao seu grau de adiantamento.  Penas e Sofrimentos variam segundo a natureza/grau das faltas cometidas. 144 - Como se opera a separação da alma e do corpo? É brusca ou gradual? “O QUE É O ESPIRITISMO” - Capítulo III – “O homem depois da morte” (19 questões - 144 a 162)
  • 9. II - CONCEITO DE INFERNO 1) Como é visto o INFERNO pelas várias religiões? 2) E como ocorre no ALÉM-TÚMULO? Como órgão controlador do equilíbrio moral nos reinos do Espírito, assim como a PENITENCIÁRIA e o HOSPITAL se levantam na Terra como RETORTAS* de recuperação e de auxílio. (*Retorta – Química = vaso de gargalo estreito e curvo para destilação. Próprio para experiências químicas.) O ESTABELECIMENTO DEPURATIVO como que reúne em si os órgãos de REPRESSÃO e CURA, porquanto as consciências empedernidas aí se congregam às consciências enfermas, na comunhão dolorosa, mas necessária, em que o mal é defrontado pelo próprio mal, a fim de que, em se examinando nos semelhantes, esmoreça por si na faina destruidora em que se desmanda.
  • 10. 3) Em que se transformam as Inteligências ainda perversas? Em INSTRUMENTOS REEDUCATIVOS daquelas que começam a despertar, pela dor do arrependimento, para a imprescindível restauração.
  • 11. 4) No clima espiritual das várias nações do Globo, como pode o Inferno ser interpretado? Como imenso CÁRCERE HOSPITAL, em que a diagnose terrestre encontrará realmente todas as doenças catalogadas na patologia comum, inclusive outras muitas, desconhecidas do homem, não propriamente oriundas ou sustentadas pela fauna microbiana do ambiente carnal, mas nascidas de profundas disfunções do corpo espiritual e, muitas vezes, nutridas pelas formas-pensamentos em torturado desequilíbrio, classificáveis por larvas mentais, de extremo poder corrosivo e alucinatório, não obstante a fugaz duração com que se articulam, quando não obedecem às ideias infelizes, longamente recapituladas no tempo.
  • 12. São as lembranças dos erros voluntários assumidos pelo devedor na encarnação recentemente deixada, analisando os males e sofrimentos de que se fez responsável, acusando-se, incapaz de perdoar-se, tanto maior quão maiores lhe foram no mundo as oportunidades de elevação e a luz do conhecimento. (“A quem mais for dado, mais será cobrado”.) 1) Que significa “Sementes de Destino” ? III – “SEMENTES DE DESTINO”
  • 13. 2) Quando e como surgem essas “sementes”? O Espírito endividado, nos lugares de retificadoras inquietações (estabelecimento depurativo = órgão controlador do equilíbrio moral), exonera-se dos elementos de mais envolvente degradação que o aviltam e, tão logo revele os primeiros sinais de positiva renovação para o bem, registra o auxílio das Esferas Superiores e passa a desfrutar suficiente serenidade para rever os compromissos assumidos (atendidos ou não) e daí as lembranças = “sementes”.
  • 14. 3) Como melhorar os próprios créditos? Ascendendo a escolas beneméritas, nas quais:  Recolhem mais altas noções da vida  Aprimoram-se na instrução  Aperfeiçoam impulsos e  Exercem preciosas atividades. 4) Qual a reação do Espírito diante do conhecimento das “sementes de destino” ? Em se reconhecendo necessitados de promoção a níveis mais nobres, pedem novas reencarnações com as provas de que carecem para se quitarem consciencialmente consigo próprios.
  • 15. IV – REENCARNAÇÕES ESPECIAIS ... muitas vezes sem qualquer consulta (compulsória) aos que necessitam segregação em certas lutas no plano físico. 2) A que se refere o “sem qualquer consulta” no plano espiritual e o que assumimos no mundo? ... refere-se aos enfermos e criminosos que, pela própria condição ou conduta, perderam temporariamente a faculdade de resolver quanto à sorte que lhe convém no espaço do tempo em que se lhe perdura a enfermidade ou que se mantenham sob as determinações da justiça ... 1) Como se processam as reencarnações?
  • 16. 3) Que são as reencarnações especiais? São as em que a individualidade renasce de cérebro parcialmente inibido ou padecendo mutilações congênitas, ao lado daqueles que lhe devem abnegação e carinho, decididamente internados em cela física (corpo) como doentes isolados sob assistência precisa. (ninguém está na família errada) 4) Por que representam “dolorosas exceções no caminho normal”? Por ocorrerem em lares faustosos ou paupérrimos, contrariando, por vezes, até certo ponto, os estatutos que regem a hereditariedade. Stephen Hawhing Físico Inglês 08/01/1942 = 75 anos
  • 17. STEPHEN WILLIAM HAWHING Inglês de Oxford, nasceu 08.01.1942 (75 anos) - Físico teórico e cosmólogo britânico, um dos mais consagrados cientistas da atualidade. Foi professor de matemática na Universidade de Cambridge, onde foi “professor lucasiano” emérito, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage. A Desde os 21 anos (há 54 anos) é portador de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), rara doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo, sem no entanto atingir as funções cerebrais e ainda não possui cura. Desde 1985 (há 32 anos) na Suíça, passou a utilizar um “sintetizador de voz” para comunicar-se, em função de uma traqueostomia, após pneumonia. Foi casado duas vezes e atualmente divide seu tempo com seus três filhos e três netos e sua investigação em física teórica, junto com um extenso programa de viagens e conferências. Há 31 anos (09.01.1986) foi nomeado membro da Pontifícia Academia das Ciências, pelo Papa Paulo II . Cientistas estudam forma de evitar que ele sofra da “Síndrome do Encarceramento”, cogitando traduzir os pensamentos ou expressões da sua fala.
  • 18. V – REENCARNAÇÃO E EVOLUÇÃO 1) A reencarnação tem como ponto primordial o princípio regenerativo? Não tem ela mero princípio regenerativo, pois também a evolução encontra nela firme apoio, pois regeneração e evolução não se verificam sem preço. 2) Como entender o “não se verificam sem preço”? Porque tanto o Progresso (Evolução) quanto a Recuperação ou Expiação (Regeneração) podem ser comparados à subida numa montanha em que se sofre os problemas e as fadigas da marcha, os embaraços e armadilhas, miragens e espinheiros criados pelos próprios caminhantes. 3) Como proceder para não se “suar e chorar no resgate justo” ? É só suar no trabalho honesto. (O Livro dos Espíritos Q.919 = reforma íntima = “conhece-te a ti mesmo”.)
  • 19. 4) Pode-se considerar que os infortúnios de hoje estejam debitados a compromissos de ontem? Não, porque com a: Prudência e a Imprudência Preguiça e o Trabalho Bem e o Mal MELHORAMOS 0u AGRAVAMOS SITUAÇÃO COMO?? Reconhecendo-se que todo dia, no exercício de nossa vontade, formamos novas causas, refazendo o destino. (O Livro dos Espíritos – Q.919) “O amor cobre a multidão dos pecados”(Pedro 4:8)
  • 20. “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.” Chico Xavier Francisco Cândido Xavier * = 02.04.1910 + 30.06.2002 (92 anos)
  • 21. Após longo estágio no plano extrafísico sentem fome de progresso renovador por inabilitadas, ainda, a ascensões maiores. Daí renunciam à tranquilidade a que se integram nos grupos afins, porque no cadinho efervescente da carne, analisam, de novo, as próprias imperfeições, testando-lhes a amplitude nas rudes experiências da vida humana. Sim, poderiam encontrar outras modalidades de estudo e trabalho que lhe assegurariam novos fatores de evolução; contudo escassa percentagem de criaturas humanas, além da morte, adquirem acesso definitivo aos planos superiores. 5) No plano extrafísico, como algumas criaturas ensejam avançar na corrigenda e transformação? 6) Essas criaturas não poderiam encontrar possibilidades de expansão nas cidades espirituais em torno da Terra?
  • 22. 7)Depois da morte, o que ocorre com a maioria das criaturas? ARTISTAS EMÉRITOS sentem-se irresistivelmente atraídos para a reencarnação, a fim de preservar-lhes ou enriquecer-lhes os patrimônios, ao notarem o curso diferente das escolas que deixaram no Planeta. CIENTISTAS EMINENTES volvem ao trabalho e à experimentação entre os homens, interessados na continuidade dos empreendimentos redentores que largaram em mãos alheias. RELIGIOSOS FILÓSOFOS PROFESSORES CONDUTORES homens e mulheres que se distinguem por nobres aspirações retornam, voluntariamente, à esfera física, em sagradas ações de auxílio que lhes valem honrosos degraus de sublimação na escalada para a Divina Luz. Jazem ainda ligadas às ideologias e raças, pátrias e realizações, famílias e lares do mundo, como por exemplo:
  • 23. VI – PARTICULARIDADES DA REENCARNAÇÃO 1) São variáveis ou não as técnicas utilizadas no serviço reencarnatório? São variáveis haja vista cada entidade reencarnante apresentar particularidades essenciais na recorporificação a que se entrega na esfera física, como diferentes são as maneiras de se libertarem do corpo, quando da morte deste.
  • 24. 2) Quais as particularidades da reencarnação dos Espíritos? SUPERIORES ... quase sempre em ligação sutil com a mente materna que lhe oferta guarida, PODEM PLASMAR por si mesmos e, não raro, com a colaboração de Instrutores da Vida Maior, o corpo em que continuarão as futuras experiências, interferindo nas essências cromossômicas, com vistas às tarefas que lhes cabem desempenhar. INFERIORES ... na maioria das ocasiões, padecendo m0noideísmo tiranizante, entram em simbiose fluídica com as organizações femininas a que se agregam, experimentando o definhamento do corpo espiritual ou o fenômeno de “ovoidização”, sendo inelutavelmente atraídos ao vaso uterino, em circunstâncias adequadas, para a reencarnação que lhes toca, em moldes inteiramente dependentes da hereditariedade. MEDIANOS ...na evolução, portadores de créditos apreciáveis e dívidas numerosas, cuja reencarnação exige cautela de preparo e esmero de previsão.
  • 25. VII – RESTRINGIMENETO DO CORPO ESPIRITUAL 1) A reencarnação dos espíritos acontece assim de forma aleatória? Não ! No Plano Espiritual existem Institutos de Escultura Anatômica, brunindo formas diversas, de modo a orientar os mapas ou prefigurações do serviço que aos reencarnantes competirá atender mais tarde.
  • 26. REENCARNAÇÃO DE SEGISMUNDO História conta o processo de reencarnação de Segismundo que numa existência precedente causou muito mal à vida de Adelino e Raquel. Após uma paixão desvairada Segismundo assassinou Adelino e Raquel foi parar num prostíbulo. Desencarnaram, cada um por sua vez, sob intensa vibração de ódio. No plano espiritual o casal promete receber Segismundo como filho... CAP. XIII
  • 27. Eles esboçam e estudam corpos, membros, órgãos, fibras e células aos aprendizes da sublimação, de acordo com as obras edificantes que lhes constem do currículo da existência. 2) Que fazem os Escultores Espirituais e para quem? 3)Em que momento do Planejamento Reencarnatório trabalham esses Escultores ? Antes que se definam os primórdios da rematerialização terrestre, porque, nesses casos em que a alma oscila entre méritos e deméritos, a reencarnação permanece sob os auspícios de Autoridades e Servidores da Justiça Espiritual que administra recursos a cada aprendiz.
  • 28. 4) Como ocorre o Restringimento do Corpo Espiritual ? Os candidatos à Reencarnação são admitidos a Instituições- Hospitais em que magnetizadores desencarnados, bastante competentes pela nobreza íntima, se incumbem de aplicar-lhe fluidos balsamizantes que os adormeçam, por períodos variáveis, de conformidade com a evolução moral que enunciem, a fim de que os princípios psicossomáticos se adaptem a justo Restringimento, em bases de sonoterapia.
  • 29. 5) Esse Restringimento ocorre com todos os Espíritos? Não, só com os candidatos sem superioridade suficiente de modo a supervisioná-la com o seu próprio critério e distantes da inferioridade primitivista que deles faria escravos absolutos da herança física. Assim, regressam ao berço humano, nas condições precisas, recolhidos a novo corpo, qual operário detentor de virtudes e defeitos a quem se concede novos uniformes de trabalho e nova oportunidade de realização.
  • 30. 1) Que é necessário ao êxito no empreendimento reencarnatório que se inicia? VIII – CORPO FÍSICO Que sejam conjugadas com previdente sabedoria as questões da paternidade e maternidade, raça e pátria, lar e sistema consanguíneo.
  • 31. 2) Como é o Corpo Físico do reencarnante? O Espírito, senhor das experiências adquiridas que lhe despontam do ser, em forma de tendências e impulsos, recebe um corpo físico inteiramente novo, com olvido temporário mas não absoluto, das experiências pregressas, corpo com o qual será defrontado pelas circunstâncias favoráveis ou não do caminho que deve percorrer, para prosseguir na obra digna em que se haja empenhado ou para retificar as lições em que haja falido.
  • 32. 3) Sempre ocorrerá ideal sinergia entre vida mental e campo somático(corpo)? Nem sempre. Às vezes deve sofrer mutilações e enfermidades benéficas, inibições e dificuldades orgânicas de caráter inevitável, porque de aprendizado a aprendizado e de tarefa a tarefa, quanto o aluno de estágio a estágio para as grandes metas educativas é que se levantará, vitorioso, para a ascensão à Imortalidade Celeste.
  • 33. “Isso também passará...” “Chico e o Recado de Maria” Chico Xavier contou que, num dos seus dias de profunda amargura, solicitou ao benfeitor espiritual que levasse o seu pedido de socorro a Maria de Nazaré, para que ela o consolasse, já que seus problemas eram graves. Após alguns dias, Emmanuel retornou dizendo-se portador de um recado da Mãe de Jesus. Chico, imediatamente, pegou papel e lápis e preparou-se para anotar. - Pode falar, tomarei nota de cada palavra. Emmanuel, o educador atencioso, falou-lhe: - Anote aí, Chico. Maria me pediu para que lhe trouxesse o seguinte recado: - "Isso também passará . Ponto final.” Chico tomou nota rapidamente e perguntou ao guia: - Só isso? E ele respondeu, enfatizando: - É, Chico. A Mãe de Jesus pediu-me para dizer-lhe “Isso também passará...”
  • 34. Todas as coisas na Terra passam... Os dias de dificuldades passarão... Os dias de amargura e solidão passarão... As dores e as lágrimas passarão... As frustrações que nos fazem chorar passarão... A saudade do ser querido que está longe passará. Dia de tristeza, de felicidade são lições necessárias que, na Terra, passam... deixando no espírito imortal as experiências acumuladas. Se hoje para nós é um desses dias repletos de amargura, paremos um instante. TUDO PASSA (Do livro Renascer - Emmanuel/Chico Xavier)
  • 35. Elevemos o pensamento ao Alto E busquemos a voz suave da Mãe amorosa A nos dizer carinhosamente: “Isso também passará...” E guardemos a certeza, pelas próprias dificuldades já superadas, que não há mal que dure para sempre. O planeta Terra, semelhante a enorme embarcação, às vezes parece que vai soçobrar diante das turbulências... Mas, isso também passará porque Jesus está no leme dessa Nau e segue com o olhar sereno de quem guarda a certeza de que a agitação faz parte do roteiro evolutivo da humanidade e que um dia também passará...
  • 36. Ele sabe que a Terra chegará a porto seguro, porque essa é a sua destinação. Assim, façamos a nossa parte, o melhor que pudermos, sem esmorecimento e confiemos em Deus, aproveitando cada segundo, cada minuto que, por certo, Também passarão... Tudo passa... Exceto DEUS! DEUS é o suficiente!”
  • 37. FONTES DE REFERÊNCIAS 1) XAVIER, F.C., André Luiz – Evolução em dois mundos – Cap. XIX – 1ª Parte. 2) ____________, André Luiz – Missionários da Luz – cap. XIII. 3) KARDEC, Allan, O Livro dos Espíritos – Questão 919 4) ______________, O que é o Espiritismo – “O homem depois da morte” – Questões 144 a 162.

Notas do Editor

  1. Em algum ou alguns momentos das nossas vidas passamos por situações de provações, de dificuldades, de amarguras, de solidão, de perda, de saúde debilitada... Mas tudo passa, como a felicidade passa, a tristeza também passa; nada é constante na vida de provas e expiações, a única coisa que fica é que temos que ter a perseverança, a fé, mas uma fé raciocinada. Ninguém neste planeta deixa de passar por algum problema ou alguma provação, pois eles veem porque é preciso para que tenha a superação da nossa parte, e quando o obstáculo é vencido com resignação nos elevamos cada vez mais a Deus, evoluímos. Vivemos em um mundo que não é de felicidade, por isso ser feliz não é determinação, mas temos que cultivar a felicidade com o que temos, nos parâmetros em que vivemos. Dedico esta belíssima mensagem de Emmanuel/Chico Xavier a mim, a você, a todos que já tiveram problemas, que estão passando por eles e aos que enfrentaremos no futuro. Pois...