SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
DOPING NO ATLETISMO BRASILEIRO
       AGOSTO DE 2009
                • O treinador
               Jayme Netto, do
                  clube Rede
                  Atletismo,
               assumiu a culpa
               pelo doping de 6
                    atletas.
• Ele disse que a
  eritropoietina
  recombinante
      (EPO) foi
  aplicada duas
  vezes em cada
     atleta, em
    injeções na
       barriga
DOPING NO FUTEBOL
  JUNHO DE 2007
        • Dodô, atacante do
           Botafogo e autor
            de dois gols no
           clássico contra o
          Vasco, foi pego no
          exame antidoping
           realizado após a
                partida.
DOPING NA NATAÇÃO
        DEZEMBRO DE 2007
 • A Confederação
     Brasileira de
Desportos Aquáticos
(CBDA) foi informada
    pela Federação
   Internacional de
    Natação (Fina)
que a contraprova
 da atleta Rebeca
   Gusmão deu
  positivo para a
    substância
     proibida
   testosterona.
DOPING NO TRIATLON
        Agosto de 2009
   • A triatleta
 Mariana Ohata,
  de 30 anos, foi
 flagrada em um
exame antidoping
pela segunda vez,
uso de diuréticos
AFINAL, O QUE É DOPING?
 • Termo oficial usado pelo
       Comitê Olímpico
      Internacional para
caracterizar o uso de drogas
   em esportes para tentar
  melhorar o desempenho.
QUANDO É REALIZADO O EXAME
             ANTIDOPING?
• Pode ser realizado por meio de
  exame do sangue ou de urina do
  competidor imediatamente após o
  término de uma competição,
  podendo também ser feito a
  qualquer momento da vida do atleta,
  durante um treinamento, em sua
  residência e até mesmo algum tempo
  antes ou depois de uma prova.
Classes do doping
 • No esporte a grande maioria das
   federações esportivas do mundo
adota uma lista de classes e métodos
   de substâncias dopantes. Tal lista
apresenta estas substâncias divididas
    em cinco classes: estimulantes,
    analgésicos narcóticos, agentes
      anabolizantes, diuréticos e
  hormônios peptídicos e análogos.
1 – Estimulantes - aumentam a estimulação do
      sistema cardíaco e do metabolismo
• Os estimulantes
  são substâncias
  que apresentam
                                      CAFEÍNA
  um efeito direto      ANFETAMINAS
  sobre o sistema
  nervoso central

                        COCAÍNA       EFEDRINA
Principais efeitos colaterais dos
        ESTIMULANTES
 Palpitações, falta de apetite,
     hipertensão arterial,
sobrecarga do coração, fígado
   e rins, podendo causar a
             morte.
2 – ANALGÉSICOS NARCÓTICOS –
   Diminuem a sensação de dor
• São representados
    pela morfina,
      petidina e
     substâncias        PETIDINA   MORFINA

 análogas – são mais
 usados pelos atletas
    de maratona e
       triatlon.               ÓPIO
Principais efeitos colaterais
 dos Analgésicos narcóticos
 Mascara a sensação de dor,
 náuseas, vômitos, insônia e
         depressão.
Diminuição da capacidade de
        concentração.
3 – AGENTES ANABOLIZANTES
   • Os agentes anabolizantes ou
esteróides anabólicos são compostos
     derivados de um hormônio
      masculino, a testosterona.
      • Os principais esteróides
 anabolizantes são a nandrolona, o
  stanozolol, o anadrol e a própria
             testosterona
4 - DIURÉTICOS
• aumentam a
  formação e a
   excreção da
      urina.
  • Provocam
perda de peso e
 mascaramento
de outros tipos
    de doping
PRINCIPAIS EFEITOS COLATERAIS
       DOS DIURÉTICOS
       Assim como os
    estimulantes, podem
    provocar a morte de
        atletas devido
  complicações cardíacas e
            renais.
5 – HORMÔNIOS PEPTÍDICOS E
           ANÁLOGOS
• Substâncias que
     atuam no
   organismo de
 modo a acelerar o   HCG
    crescimento             GH
     corporal e
     diminuir a
  sensação de dor.
                     ACTH   EPO
PRINCIPAIS EFEITOS COLATERAIS
 DOS HORMÔNIOS PEPTÍDICOS
    Ginecomastia, alterações
menstruais, acromegalia, diabetes,
  hipertrofia cardíaca, perda de
   massa óssea, dificuldade de
 cicatrização, infartos, embolia
     pulmonar e convulsões.
6 – DOPING GENÉTICO
• Segundo especialistas da área de
  doping no esporte algumas
  técnicas genéticas poderão ser
  usadas em um futuro bem
  próximo com mudanças da
  constituição genética que poderão
  significar ganho de força explosiva
  e resistência de força.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
•     www.vitabrasilnet.ltda
•     www.fisiculturismo.hpg.ig.com.br
•     www.proformar.org
•     www.tvtem.globo.com
•     www.natureduca.com
•     www.meadjhonson.com.br
•     www.faac.unesb.br
•     www.weblog.com.pt
•     www.dicasdebebidas.com.br
•     www.unifesp.br
•     www.nutriweb.it
•     www.corpoperfeito.com.br
•     www.gmsuplementos.com
•     www.meganutrition.com
•     w1.bp.blogspot.com/_Oup3Ju4vZao/SnoAPl7iRHI/AA.
•     ww.ministeriodasaude.com.br
•     www.clicrbs.com.br/rbs/image/4964640.jpg
•     mg.terra.com.br/i/2007/07/15/553216-6224-cp.jpg
•   parsas.files.wordpress.com/2008/07/rebeca-est...
•   CHANDLER, T.Jeff e BROWN, Lee E. – Treinamento de Força para o Desempenho Humano. Ed. Artmed – 2009
•    Reportagem TV Bandeirantes de 16/08/2008
•     Revista do Conselho Regional de Educação Física
•     Globo multimídia – O corpo Humano
•     www.globoesporte.com
•     pt.wikipedia.org/wiki/Doping
•     bodyaction.webnode.com/glossario-nutricional/
•     www.copacabanarunners.net

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividade física e saúde escola
Atividade física e saúde  escolaAtividade física e saúde  escola
Atividade física e saúde escola
NetKids
 
Futebol 1ª aula
Futebol 1ª aulaFutebol 1ª aula
Futebol 1ª aula
Felipe Mago
 
Historia do basquete
Historia do basqueteHistoria do basquete
Historia do basquete
paraiba1974
 

Mais procurados (20)

Atividade física e saúde escola
Atividade física e saúde  escolaAtividade física e saúde  escola
Atividade física e saúde escola
 
Educação física adaptada
Educação física adaptadaEducação física adaptada
Educação física adaptada
 
Futebol 1ª aula
Futebol 1ª aulaFutebol 1ª aula
Futebol 1ª aula
 
29726.pptx
29726.pptx29726.pptx
29726.pptx
 
Tchoukball o Esporte da Paz
Tchoukball o Esporte da PazTchoukball o Esporte da Paz
Tchoukball o Esporte da Paz
 
Esteróides anabolizantes
Esteróides anabolizantesEsteróides anabolizantes
Esteróides anabolizantes
 
Doping no Esporte
Doping no EsporteDoping no Esporte
Doping no Esporte
 
Historia do basquete
Historia do basqueteHistoria do basquete
Historia do basquete
 
Aula 1 - Introdução a fisiologia do exercício e controle interno
Aula 1 - Introdução a fisiologia do exercício e controle internoAula 1 - Introdução a fisiologia do exercício e controle interno
Aula 1 - Introdução a fisiologia do exercício e controle interno
 
ESPORTES DE INVASÃO.pptx
ESPORTES DE INVASÃO.pptxESPORTES DE INVASÃO.pptx
ESPORTES DE INVASÃO.pptx
 
Treinamento funcional
Treinamento funcionalTreinamento funcional
Treinamento funcional
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Inclusão de pessoas com deficiência por meio do esporte - As relações entre a...
Inclusão de pessoas com deficiência por meio do esporte - As relações entre a...Inclusão de pessoas com deficiência por meio do esporte - As relações entre a...
Inclusão de pessoas com deficiência por meio do esporte - As relações entre a...
 
Modulo 01 pedagogia do esporte
Modulo 01 pedagogia do esporteModulo 01 pedagogia do esporte
Modulo 01 pedagogia do esporte
 
Ginástica Artística
Ginástica ArtísticaGinástica Artística
Ginástica Artística
 
Lutas.
Lutas.Lutas.
Lutas.
 
História do basquete
História do basqueteHistória do basquete
História do basquete
 
Ginástica - Educação Física
Ginástica - Educação FísicaGinástica - Educação Física
Ginástica - Educação Física
 
Educação física 6 ano
Educação física 6 anoEducação física 6 ano
Educação física 6 ano
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 

Semelhante a Doping no esporte 8ª série

Doping na Atividade Física e Desportiva
Doping na Atividade Física e DesportivaDoping na Atividade Física e Desportiva
Doping na Atividade Física e Desportiva
mmcoelho
 
Dopin nos esporte
Dopin nos esporteDopin nos esporte
Dopin nos esporte
freitas57
 

Semelhante a Doping no esporte 8ª série (20)

Doping na Atividade Física e Desportiva
Doping na Atividade Física e DesportivaDoping na Atividade Física e Desportiva
Doping na Atividade Física e Desportiva
 
doping.pptx
doping.pptxdoping.pptx
doping.pptx
 
Doping
DopingDoping
Doping
 
Doping
DopingDoping
Doping
 
Doping.cegrs.2016
Doping.cegrs.2016Doping.cegrs.2016
Doping.cegrs.2016
 
DOPING NO ESPORTE
DOPING NO  ESPORTEDOPING NO  ESPORTE
DOPING NO ESPORTE
 
Dopin nos esporte
Dopin nos esporteDopin nos esporte
Dopin nos esporte
 
Doping no desporto.pptx
Doping no desporto.pptxDoping no desporto.pptx
Doping no desporto.pptx
 
Doping e Suas consquencias
Doping e Suas consquencias Doping e Suas consquencias
Doping e Suas consquencias
 
Doping
DopingDoping
Doping
 
Suplementos
SuplementosSuplementos
Suplementos
 
Doping
DopingDoping
Doping
 
Doping - De quem é a culpa?
Doping  -  De quem é a culpa? Doping  -  De quem é a culpa?
Doping - De quem é a culpa?
 
Anabolizantes- 1D
Anabolizantes- 1DAnabolizantes- 1D
Anabolizantes- 1D
 
Anabolizantes
AnabolizantesAnabolizantes
Anabolizantes
 
Doping
DopingDoping
Doping
 
Doping1
Doping1Doping1
Doping1
 
Doping
DopingDoping
Doping
 
Doping 2010
Doping 2010Doping 2010
Doping 2010
 
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúdeA Dopagem e os riscos de vida e saúde
A Dopagem e os riscos de vida e saúde
 

Mais de aluisiobraga (20)

Primeiros socorros 2015
Primeiros socorros  2015Primeiros socorros  2015
Primeiros socorros 2015
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Educação postural 2015
Educação postural 2015Educação postural 2015
Educação postural 2015
 
Exercício e saúde
Exercício e saúdeExercício e saúde
Exercício e saúde
 
Identidades juvenis
Identidades juvenisIdentidades juvenis
Identidades juvenis
 
O corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e culturalO corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e cultural
 
Contfin2013
Contfin2013Contfin2013
Contfin2013
 
Futsal 2013
Futsal 2013Futsal 2013
Futsal 2013
 
Fisiologia do exercício 1º ano
Fisiologia do exercício 1º anoFisiologia do exercício 1º ano
Fisiologia do exercício 1º ano
 
Primeiros socorros 1ºs anos
Primeiros socorros 1ºs anosPrimeiros socorros 1ºs anos
Primeiros socorros 1ºs anos
 
Esteróides anabolizantes 1ºs anos
Esteróides anabolizantes 1ºs anosEsteróides anabolizantes 1ºs anos
Esteróides anabolizantes 1ºs anos
 
Educação postural 2009
Educação postural 2009Educação postural 2009
Educação postural 2009
 
Atletismo multi cópia
Atletismo multi   cópiaAtletismo multi   cópia
Atletismo multi cópia
 
Higiene e saúde cópia
Higiene e saúde   cópiaHigiene e saúde   cópia
Higiene e saúde cópia
 
Alimentação para uma vida saudável cópia
Alimentação para uma vida saudável   cópiaAlimentação para uma vida saudável   cópia
Alimentação para uma vida saudável cópia
 
Obesidade
Obesidade Obesidade
Obesidade
 
Suplementos alimentares 7ª série
Suplementos alimentares 7ª sérieSuplementos alimentares 7ª série
Suplementos alimentares 7ª série
 
Iniciação ao voleibol 2008
Iniciação ao voleibol   2008Iniciação ao voleibol   2008
Iniciação ao voleibol 2008
 
Primeiros socorros 8ª série
Primeiros socorros 8ª sériePrimeiros socorros 8ª série
Primeiros socorros 8ª série
 
Primeiros socorros 7ª série
Primeiros socorros 7ª sériePrimeiros socorros 7ª série
Primeiros socorros 7ª série
 

Último

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 

Doping no esporte 8ª série

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4. DOPING NO ATLETISMO BRASILEIRO AGOSTO DE 2009 • O treinador Jayme Netto, do clube Rede Atletismo, assumiu a culpa pelo doping de 6 atletas.
  • 5. • Ele disse que a eritropoietina recombinante (EPO) foi aplicada duas vezes em cada atleta, em injeções na barriga
  • 6. DOPING NO FUTEBOL JUNHO DE 2007 • Dodô, atacante do Botafogo e autor de dois gols no clássico contra o Vasco, foi pego no exame antidoping realizado após a partida.
  • 7. DOPING NA NATAÇÃO DEZEMBRO DE 2007 • A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) foi informada pela Federação Internacional de Natação (Fina)
  • 8. que a contraprova da atleta Rebeca Gusmão deu positivo para a substância proibida testosterona.
  • 9. DOPING NO TRIATLON Agosto de 2009 • A triatleta Mariana Ohata, de 30 anos, foi flagrada em um exame antidoping pela segunda vez, uso de diuréticos
  • 10.
  • 11.
  • 12. AFINAL, O QUE É DOPING? • Termo oficial usado pelo Comitê Olímpico Internacional para caracterizar o uso de drogas em esportes para tentar melhorar o desempenho.
  • 13.
  • 14. QUANDO É REALIZADO O EXAME ANTIDOPING? • Pode ser realizado por meio de exame do sangue ou de urina do competidor imediatamente após o término de uma competição, podendo também ser feito a qualquer momento da vida do atleta, durante um treinamento, em sua residência e até mesmo algum tempo antes ou depois de uma prova.
  • 15. Classes do doping • No esporte a grande maioria das federações esportivas do mundo adota uma lista de classes e métodos de substâncias dopantes. Tal lista apresenta estas substâncias divididas em cinco classes: estimulantes, analgésicos narcóticos, agentes anabolizantes, diuréticos e hormônios peptídicos e análogos.
  • 16. 1 – Estimulantes - aumentam a estimulação do sistema cardíaco e do metabolismo • Os estimulantes são substâncias que apresentam CAFEÍNA um efeito direto ANFETAMINAS sobre o sistema nervoso central COCAÍNA EFEDRINA
  • 17. Principais efeitos colaterais dos ESTIMULANTES Palpitações, falta de apetite, hipertensão arterial, sobrecarga do coração, fígado e rins, podendo causar a morte.
  • 18. 2 – ANALGÉSICOS NARCÓTICOS – Diminuem a sensação de dor • São representados pela morfina, petidina e substâncias PETIDINA MORFINA análogas – são mais usados pelos atletas de maratona e triatlon. ÓPIO
  • 19. Principais efeitos colaterais dos Analgésicos narcóticos Mascara a sensação de dor, náuseas, vômitos, insônia e depressão. Diminuição da capacidade de concentração.
  • 20. 3 – AGENTES ANABOLIZANTES • Os agentes anabolizantes ou esteróides anabólicos são compostos derivados de um hormônio masculino, a testosterona. • Os principais esteróides anabolizantes são a nandrolona, o stanozolol, o anadrol e a própria testosterona
  • 21. 4 - DIURÉTICOS • aumentam a formação e a excreção da urina. • Provocam perda de peso e mascaramento de outros tipos de doping
  • 22. PRINCIPAIS EFEITOS COLATERAIS DOS DIURÉTICOS Assim como os estimulantes, podem provocar a morte de atletas devido complicações cardíacas e renais.
  • 23. 5 – HORMÔNIOS PEPTÍDICOS E ANÁLOGOS • Substâncias que atuam no organismo de modo a acelerar o HCG crescimento GH corporal e diminuir a sensação de dor. ACTH EPO
  • 24. PRINCIPAIS EFEITOS COLATERAIS DOS HORMÔNIOS PEPTÍDICOS Ginecomastia, alterações menstruais, acromegalia, diabetes, hipertrofia cardíaca, perda de massa óssea, dificuldade de cicatrização, infartos, embolia pulmonar e convulsões.
  • 25.
  • 26. 6 – DOPING GENÉTICO • Segundo especialistas da área de doping no esporte algumas técnicas genéticas poderão ser usadas em um futuro bem próximo com mudanças da constituição genética que poderão significar ganho de força explosiva e resistência de força.
  • 27.
  • 28. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • www.vitabrasilnet.ltda • www.fisiculturismo.hpg.ig.com.br • www.proformar.org • www.tvtem.globo.com • www.natureduca.com • www.meadjhonson.com.br • www.faac.unesb.br • www.weblog.com.pt • www.dicasdebebidas.com.br • www.unifesp.br • www.nutriweb.it • www.corpoperfeito.com.br • www.gmsuplementos.com • www.meganutrition.com • w1.bp.blogspot.com/_Oup3Ju4vZao/SnoAPl7iRHI/AA. • ww.ministeriodasaude.com.br • www.clicrbs.com.br/rbs/image/4964640.jpg • mg.terra.com.br/i/2007/07/15/553216-6224-cp.jpg • parsas.files.wordpress.com/2008/07/rebeca-est... • CHANDLER, T.Jeff e BROWN, Lee E. – Treinamento de Força para o Desempenho Humano. Ed. Artmed – 2009 • Reportagem TV Bandeirantes de 16/08/2008 • Revista do Conselho Regional de Educação Física • Globo multimídia – O corpo Humano • www.globoesporte.com • pt.wikipedia.org/wiki/Doping • bodyaction.webnode.com/glossario-nutricional/ • www.copacabanarunners.net