SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 56
LUTAS 
O que você sabe não tem 
valor; o valor está no que 
você faz com o que sabe. 
Bruce Lee
VIOLÊNCIA 
• A violência chega a índices alarmantes para a 
sociedade atual. Nas escolas, nas ruas, nas 
famílias, no trânsito etc. muitas pessoas 
fazem apologia à violência como forma de 
heroísmos e glórias.
VIOLÊNCIA 
• A violência chega em nossas casas de várias 
maneiras, seja pela televisão, cinema, 
desenhos animados. Nossos jovens crescem 
aprendendo que atos de bravura e heroísmo 
são sinônimos de violência.
LUTAS DIFERENTE DE BRIGAS 
• Nas LUTAS existem regras, valores e 
respeito ao oponente. 
• Nas BRIGAS não existem regras, valores 
ou qualquer tipo de respeito, o objetivo 
é humilhar, agredir a integridade física 
ou moral de outro ser humano.
• Desde o início da humanidade até 
os dias de hoje, os homens e 
também os animais utilizam das 
lutas com diversos objetivos, seja 
de autodefesa, seja para 
sobrevivência ou 
condicionamento físico.
ORIGENS 
• De acordo com os achados históricos as lutas 
podem ser consideradas a forma de combate 
mais antiga que existe. Podem ser rastreadas 
até 15.000 anos por meio dos desenhos 
encontrados em cavernas. (wikpedia)
• Sabemos que a influência sofrida das lutas 
após os séculos até a atualidade atua de 
forma cultural na vida da sociedade, 
possibilitando vários benefícios através dos 
estilos de lutas: saúde, estilo de vida, 
qualidade de vida, desenvolvimento motor, 
desporto, educação, combate a indisciplina, 
resgate social.
LUTAS, ARTES MARCIAIS e MODALIDADES 
ESPORTIVAS DE COMBATE 
• As terminologias lutas, artes marciais e 
modalidades esportivas de combate são 
sinônimos e referem-se às mesmas 
manifestações corporais? Ou seriam diferentes 
terminologias, cada uma destinada a um 
referido contexto?
ARTES MARCIAIS 
• As artes marciais (arte da guerra), em sua 
maioria, são de origem oriental, e geralmente 
estão associadas aos conceitos 
religiosos/filosóficos da região onde nasceram 
(ex.: os estilos mais populares do Kung Fu estão 
relacionados ao budismo do templo Shaolin, o 
Judô japonês ao código de conduta dos 
samurais, etc). 
• Os nomes dos golpes, saudações etc. obedecem 
a tradição da língua de origem.
OS ESPORTES DE COMBATE 
• Os esportes de combate têm origem nas lutas 
primitivas dos antigos povos ocidentais, 
principalmente nas lutas greco-romanas (ex.: 
luta livre, boxe, etc.). Normalmente não são 
utilizadas armas "brancas" e o contato em 
combate costuma ser mais "violento" (mesmo 
usando-se equipamentos de proteção), 
permitindo-se atingir pontos mais sensíveis do 
corpo, como a cabeça.
• Os esportes de combate podem ou não 
ser artes marciais com objetivo de 
pontuação para lutas esportivas com 
regras para preservar a vida e a 
integridade dos praticantes. 
• A CAPOEIRA - não se enquadra em 
nenhuma das modalidades acima 
sendo considerada uma dança, porém 
é comum ser descrita na literatura 
como arte marcial brasileira.
AUTODEFESA 
• Autodefesa não é o mesmo que lutar. Em 
uma luta você e seu adversário sabem que 
lutarão, e sabe que existem regras que 
devem ser obedecidas. Na luta você está ali 
por vitória, na autodefesa é sua segurança 
pessoal que está em jogo! Na autodefesa 
você tem que aprender a capacidade de 
explosão surpresa, de reação automática.
• Os sistemas de Defesa Pessoal são, em geral, 
uma “extensão” das Artes Marciais, mas não 
trabalham tanto filosofia e disciplina
DISCUSSÕES 
• Parece não haver uma 
conclusão definitiva 
quanto às 
terminologias 
utilizadas até 
aqui(lutas, artes 
marciais, esporte de 
combate...), alguns 
estudiosos consideram 
sinônimas!
QUESTIONAMENTOS 
• Para Lorenzo, Silva e Teixeira (2010) as artes 
marciais caracterizam-se como método de 
guerra, ou preceitos que um guerreiro deve 
utilizar, será que realmente as artes marciais 
estão, de forma generalizada, embasadas 
somente em preceitos éticos, estéticos e 
morais? Será que eram esses os preceitos de 
maior relevância durante os combates na 
guerras? Lorenzo, Silva e Teixeira (2010) relatam 
ainda que na luta, o que importa é o ato de 
atacar, enquanto que nas artes marciais o que 
importa é, prioritariamente, a defesa.
• Se as artes marciais foram utilizadas na guerra 
como que elas baseiam-se simplesmente no 
defender-se? Em uma guerra, seria uma opção 
muito arriscada esperar o inimigo atacar para, 
somente então, defender-se dos ataques (a não 
ser que haja alguma estratégia de contra 
ataque envolvida, o que não significa defender-se 
e sim esperar o outro oponente atacar para, 
finalmente, realizar o ataque).
CONCLUSÕES DOS AUTORES 
• Finalmente, os autores salientam que “toda 
arte marcial contém uma luta, mas nem toda 
luta é uma arte marcial” (LORENZO, SILVA e 
TEIXEIRA, 2010). Esta afirmação é, na visão 
dos autores responsável por estabelecer 
diferenciações entre o que é luta e o que é 
arte marcial, uma vez que eles compreendem 
que o conceito de luta é uma parte daquilo 
que representa as artes marciais.
Se você acreditar que uma coisa é 
impossível, você a tornará 
impossível. 
Bruce Lee
TAEKWONDO 
• O Taekwondo é uma arte marcial coreana, 
cuja pronúncia em português é "tê-com-dô", 
significa a arte de usar os pés e as mãos.
• É uma arte marcial que combina práticas 
tradicionais (técnicas básicas e de defesa 
pessoal, armas e toda sua filosofia 
enquanto arte marcial) e esportivas 
(treinamento voltado para competições, 
adotando técnicas de treinamento esportivo 
moderno e de alto desempenho). 
• Para alguns autores esta arte surgiu há 
aproximadamente 1300 anos, para outros 
1800 anos ou mais 
• Segundo Kim (2000), chegou ao Brasil em 
1970.
Código de honra 
• Obediência ao Rei; 
• Respeito aos pais; 
• Lealdade para com os amigos; 
• Nunca recuar ante ao inimigo; 
• Só matar quando não houver 
alternativa
KARATÊ 
“Sonhe, apesar das ilusões. Caminhe, 
apesar dos obstáculos. Lute, apesar 
das barreiras e, acima de tudo, 
acredite em você mesmo.” 
Larissa Guerreiro
KARATÊ 
• Literalmente significa mãos vazias, é 
tradicionalmente uma arte marcial 
japonesa, desenvolvida em OKINAWA no 
norte do país. Okinawa era uma região 
estratégica por pela facilidade de relações 
comerciais do Japão com a China. Os 
habitantes desta região sofriam influência 
direta da cultura chinesa, inclusive a 
entrada das artes marciais locais.
• Logo para muitos, o karatê é de origem 
chinesa e para outros de origem japonesa. 
Por volta do século XVII esta arte já havia se 
modificado o suficiente para ser identificada 
como japonesa. 
• Chegou ao Brasil no início do século XX 
trazido por imigrantes japoneses.
• O treinamento do praticante de caratê 
é uma mistura de princípios físicos e 
mentais que podem ser resumidos 
em: 
- Esforçar-se para a formação do caráter 
- Fidelidade para com o verdadeiro 
caminho da razão 
- Criar o intuito do esforço 
- Respeito acima de tudo
Nesta arte são utilizados vários tipos de golpes 
como socos, pontapés e joelhadas para 
vencer o oponente e apresenta também 
técnicas de proteção, imobilização e todo 
tipo de bloqueios. 
Utiliza apenas armas de combate naturais 
como a visão, as mãos, braços, pés e a 
inteligência.
JUDÔ 
“Aqueles que nada fazem e esperam algum 
tipo de vitória estão enganados, 
Pois, a vitória é dos que lutam, dos que 
agem, dos que sonham. 
A vitória é dos que se arriscam para 
alcançar o alto da montanha...” 
Guerreiro da Luz
JUDÔ 
• O judô é uma arte marcial esportiva. Foi 
criado no Japão, em 1882, pelo professor de 
Educação FísicaJigoro Kano. Ao criar esta arte 
marcial, Kano tinha como objetivo criar uma 
técnica de defesa pessoal, além de 
desenvolver o físico, espírito e mente. Esta 
arte marcial chegou ao Brasil no ano de 1922, 
em pleno período da imigração japonesa
• As lutas de judô são praticadas num tatame de 
formato quadrado (de 14 a 16 metros de lado). 
Cada luta dura até 5 minutos. Vence quem 
conquistar o ippon primeiro. Se ao final da luta 
nenhum judoca conseguir o ippon, vence aquele 
que tiver mais vantagens.
Princípios do esporte 
• Condicionamento Físico – alimentação 
equilibrada, treinos regulares e 
desenvolvimento da resistência, da agilidade 
e do equilíbrio. 
• Espírito de luta – manter o equilíbrio 
emocional, direcionar a energia evitando 
ações precipitadas, impulsivas ou irracionais. 
• Atitude Moral Autêntica – humildade, 
autocontrole, autoconfiança, generosidade e 
cooperação social.
KUNG FU 
Existem derrotas, mas não existe o 
sofrimento. Um verdadeiro guerreiro sabe 
que ao perder uma batalha está 
melhorando sua arte de manejar a espada. 
Saberá lutar com mais habilidade no 
próximo combate. 
Paulo Coelho
KUNG FU 
• É a mais antiga de todas as artes marciais. 
• É originaria da China, sendo que o registro 
histórico mais antigo relativo ao Kung Fu data 
de 2674 a. C. A arte surgiu a partir da 
observação dos movimentos dos animais. 
• A história do Kung Fu é misteriosa, e mistura 
lendas com a realidade. A arte foi aprimorada 
e modificada devido às diferentes épocas e 
dinastias nas quais foi sendo estruturada
• O Kung Fu foi aprimorado ao longo dos 
séculos e vários estilos foram 
desenvolvidos como por exemplo: Estilo 
Águia, Dragão, Chi’NA, Bêbado, Garça 
Branca, Macaco, Shaolin do Norte e 
Leopardo, dentre outros.
• No Kung Fu, podem ser utilizadas armas, que 
normalmente só podem ser usadas por 
aqueles que já apresentam uma boa agilidade 
com as mãos. São inúmeras armas, 
destacando-se: 
Facão 
San Tié Kan (três cabos ligados por correntes) 
Espada Imperial (reta) 
Bastão 
Lança
Filosofia do Kung Fu 
• A filosofia reside na importância entre a 
harmonia e a ordem natural das coisas. A 
filosofia talvez seja melhor simbolizada pelo 
antigo símbolo taoísta ‘yin e yang’. Nenhum lado 
do símbolo é maior em tamanho e muito menos 
em importância do que o outro. Os dois lados 
devem estar em perfeito equilíbrio ou o todo é 
afetado. Isto se reflete também no praticante de 
Kung Fu, deve-se somente atingir o grau de 
‘mestre’, quando todos os elementos da vida de 
uma pessoa estiverem em equilíbrio. 
• Exige do seu praticante esforço extremo e 
disciplina
CAPOEIRA 
• A história da capoeira começa no século XVI, 
na época em que o Brasil era colônia de 
Portugal. A mão-de-obra escrava africana foi 
muito utilizada no Brasil, principalmente nos 
engenhos (fazendas produtoras de açúcar) do 
nordeste brasileiro. Muitos destes escravos 
vinham da região de Angola, também colônia 
portuguesa. Os angolanos, na África, faziam 
muitas danças ao som de músicas.
• Os senhores de engenho proibiam os 
escravos de praticar qualquer tipo de luta. 
Logo, os escravos utilizaram o ritmo e os 
movimentos de suas danças africanas, 
adaptando a um tipo de luta.
• Segundo Adriana Fernandes (20/03/2012) 
não existem registros da existência da 
capoeira ou qualquer outra forma similar à 
mesma no continente africano. Em 1966, 
Inezil Penna Marinho esteve em Angola 
pesquisando uma possível origem da 
capoeira, chegando a conclusão que ela era 
inteiramente desconhecida lá, quer entre 
os eruditos, quer entre os nativos, a cujas 
festas religiosas e danças guerreiras 
assistiu.
• O nome capoeira é de origem tupi e significa 
“mato ralo” de pequenos arbustos. Lugar 
preferido dos negros para o jogo. 
• tem como pensamento filosófico o respeito 
com o próximo, com a natureza e com os 
mais velhos. (musicaos.com.br. 
• Capoeira é um diálogo de corpos, eu venço 
quando o meu parceiro não tem mais 
respostas para as minhas perguntas” Mestre 
Moraes
• A filosofia da capoeira é contribuir para a 
formação de valores humanos e éticos, 
baseados no respeito, na socialização e na 
liberdade, através de trabalhos que 
valorizam a cultura brasileira. Tudo isso 
buscando fortalecer e engrandecer o 
capoeirista no seu caráter, dignidade e 
valorização pessoal.
BOXE 
Não importa o quanto você 
bate, mas sim o quanto aguenta 
apanhar e continuar. O quanto 
pode suportar e seguir em 
frente. É assim que se ganha.” 
Rocky Balboa
BOXE 
• O boxe como desporto já é conhecido e 
praticado há várias décadas e a sua origem 
remonta a Creta em 1500 A.C. Começou por 
ser praticado na Grécia e em Roma e era um 
desporto muito violento e desumano, pois os 
lutadores enfrentavam-se até à morte. Este 
tipo de luta foi adotado mais tarde pela 
primeira vez numa Olimpíada em 668 A.C. 
Tratou-se da 23ª edição dos Jogos Olímpicos 
da Antiguidade
• Os lutadores utilizavam faixas de couro 
nas mãos para proteger os dedos e 
lutavam até que um deles caísse 
inanimado ou admitisse a derrota. Com a 
queda do Império Romano, perdeu-se 
um pouco a cultura do boxe, mas tudo 
leva a crer que ele continuou a ser 
praticado, visto que a sua prática foi 
assinalada no fim do século IX, no Sul da 
Inglaterra.
• Depois de um período mais conturbado, em 
que não se assistiu a qualquer evolução da 
modalidade, o boxe popularizou-se na 
Inglaterra, a partir do século XVII.
• Muita coisa mudou no Boxe. Depois que foi 
regulamentado como desporto ficou menos 
violento, começaram a ser utilizadas luvas, 
proteção nos dentes, divisão por peso e 
categorias, público separado dos atletas, 
rounds mais curtos (3 min). 
• O boxe chegou ao Brasil com os emigrantes 
alemães e italianos no final do século XIX e 
início do século XX.
MMA 
• MMA é a sigla em inglês para Mixed Martial 
Arts, ou seja, Artes Marciais Misturadas. Criado 
da evolução do antigo vale tudo, o MMA 
possui regras e competições assim como 
qualquer outro esporte: seja futebol, tênis, 
natação ou ginástica artística, por exemplo.
• A origem desse esporte nos moldes como 
conhecemos hoje é brasileira 
• Aconteceu quando o Jiu-jitsu tentava se 
estabelecer no país como uma arte marcial 
eficiente. 
• Neste contexto eram promovidos confrontos 
entre lutadores de outras artes marciais contra 
lutadores de jiu-jitsu. 
• As lutas acontecem em três rounds de 3 minutos 
cada.
• Dentre as diversas competições existentes no 
MMA ao redor do mundo, a mais importante 
delas é o UFC, sigla em inglês para Ultimate 
Fighting Championship (Campeonato de Luta de 
Finalização. Criado em 1993 pelo brasileiro 
Rorion Gracie, o UFC hoje é uma liga 
consolidada, com alto valor de mercado. 
Especialistas do mercado financeiro dizem que o 
UFC vale hoje mais de um bilhão de dólares (a 
organização foi vendida por Gracie em 2001 por 
dois milhões).
OBRIGADO PELA ATENÇÃO 
ALUÍSIO LOPES BRAGA 
CREF 0379/G-DF 
FIQUEM COM DEUS
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
• www.Lutasartesmarciais.com 
• www.terra.com.br (por Adriana Fernandes em 20/03/2012). 
• www.suapesquisa.com 
• www.TSKF.com 
• www.brasilescola.com.br 
• http://www.webartigos.com/artigos/a-origem-do-taekwondo/ 
22740/#ixzz3Di8CLMob 
• www.usp.com.br - Alexandre V. Mazzoni.Jorge Luiz de Oliveira 
Junior ) 
• www.artigonal.com.br 
• Revista KUNITE ano 1 nº 01, Editora SR3 LTDA,

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Esportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AEsportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AAbmael Rocha Junior
 
Slide de educação fisica
Slide de educação fisicaSlide de educação fisica
Slide de educação fisicaGabriel15762
 
História da educação física
História da educação física História da educação física
História da educação física Marcone Almeida
 
Jogos eletrônicos
Jogos eletrônicosJogos eletrônicos
Jogos eletrônicosLucio Rubens
 
Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmicaMorais Neto
 
Lutas - Conceito e Histórico
Lutas - Conceito e HistóricoLutas - Conceito e Histórico
Lutas - Conceito e Históricowaldeck
 
Corpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimentoCorpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimentoSilvia Arrelaro
 
Handebol na escola
Handebol na escolaHandebol na escola
Handebol na escolaevandrolhp
 
Slides avaliação física
Slides avaliação físicaSlides avaliação física
Slides avaliação físicaAna Lucia Costa
 
A importancia da educação fisica
A importancia da educação fisicaA importancia da educação fisica
A importancia da educação fisicaRosa Paollucci
 
Conceitos Variados de Esporte
Conceitos Variados de EsporteConceitos Variados de Esporte
Conceitos Variados de EsporteDavid Henrique
 
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...Evandir Araujo
 

Mais procurados (20)

Esportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AEsportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º A
 
Slide de educação fisica
Slide de educação fisicaSlide de educação fisica
Slide de educação fisica
 
História da educação física
História da educação física História da educação física
História da educação física
 
Educação Física e Lazer
Educação Física e Lazer Educação Física e Lazer
Educação Física e Lazer
 
Jogos eletrônicos
Jogos eletrônicosJogos eletrônicos
Jogos eletrônicos
 
Lutas.
Lutas.Lutas.
Lutas.
 
Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmica
 
Ginástica - Educação Física
Ginástica - Educação FísicaGinástica - Educação Física
Ginástica - Educação Física
 
Lutas - Conceito e Histórico
Lutas - Conceito e HistóricoLutas - Conceito e Histórico
Lutas - Conceito e Histórico
 
Corpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimentoCorpo, cultura e movimento
Corpo, cultura e movimento
 
A História da Capoeira
A História da CapoeiraA História da Capoeira
A História da Capoeira
 
Handebol na escola
Handebol na escolaHandebol na escola
Handebol na escola
 
Atividade física adaptada
Atividade física adaptadaAtividade física adaptada
Atividade física adaptada
 
Slides avaliação física
Slides avaliação físicaSlides avaliação física
Slides avaliação física
 
Jogos e brincadeiras
Jogos e brincadeirasJogos e brincadeiras
Jogos e brincadeiras
 
A importancia da educação fisica
A importancia da educação fisicaA importancia da educação fisica
A importancia da educação fisica
 
Historia da Educação Física
Historia da Educação FísicaHistoria da Educação Física
Historia da Educação Física
 
Conceitos Variados de Esporte
Conceitos Variados de EsporteConceitos Variados de Esporte
Conceitos Variados de Esporte
 
Slides classificação dos esportes.pdf
Slides classificação dos esportes.pdfSlides classificação dos esportes.pdf
Slides classificação dos esportes.pdf
 
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
Dança de salão: história da dança de salão, origem da dança de salão, tipos d...
 

Destaque

A Consciência Negra
A Consciência NegraA Consciência Negra
A Consciência Negramgsfcte
 
Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraPaulo Medeiros
 
Slaide lei áurea até os dias de hoje.
Slaide lei áurea até os dias de hoje.Slaide lei áurea até os dias de hoje.
Slaide lei áurea até os dias de hoje.1983odilon
 
Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraPaulo Medeiros
 
Consciencia Negra1
Consciencia Negra1Consciencia Negra1
Consciencia Negra1emacon
 

Destaque (10)

A Consciência Negra
A Consciência NegraA Consciência Negra
A Consciência Negra
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
 
Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência Negra
 
Livros sobre consciência negra
Livros sobre consciência negraLivros sobre consciência negra
Livros sobre consciência negra
 
Movimento Negro
Movimento NegroMovimento Negro
Movimento Negro
 
Slaide lei áurea até os dias de hoje.
Slaide lei áurea até os dias de hoje.Slaide lei áurea até os dias de hoje.
Slaide lei áurea até os dias de hoje.
 
Dia da Consciencia Negra
Dia da Consciencia NegraDia da Consciencia Negra
Dia da Consciencia Negra
 
Projeto consciência negra powerpoint
Projeto consciência negra powerpointProjeto consciência negra powerpoint
Projeto consciência negra powerpoint
 
Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência Negra
 
Consciencia Negra1
Consciencia Negra1Consciencia Negra1
Consciencia Negra1
 

Semelhante a Lutas

Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...
Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...
Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...Marllos Souza Duarte
 
Arte marcial ou luta.ppt
Arte marcial ou luta.pptArte marcial ou luta.ppt
Arte marcial ou luta.pptmarisandro1
 
Slide de tecnologia
Slide de tecnologiaSlide de tecnologia
Slide de tecnologiaalinebarrosl
 
Roteiro de estudo lutas
Roteiro de estudo   lutasRoteiro de estudo   lutas
Roteiro de estudo lutasMaria carmem
 
Trabalho do rubens lutas.
Trabalho do rubens lutas.Trabalho do rubens lutas.
Trabalho do rubens lutas.danta0130
 
Filosofia das artes marciais medio
Filosofia das artes marciais   medioFilosofia das artes marciais   medio
Filosofia das artes marciais medioAnderson Jonhson
 
EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.
EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.
EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.AdrianoThomaz6
 
Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:
Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:
Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:GabrielFerreira422
 

Semelhante a Lutas (20)

Lutas 1A
Lutas 1ALutas 1A
Lutas 1A
 
47477314 budo-1
47477314 budo-147477314 budo-1
47477314 budo-1
 
Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...
Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...
Conhecimentos em-educação-física-6ºano-p.3-lutas-historia-classificação-funda...
 
Arte marcial ou luta.ppt
Arte marcial ou luta.pptArte marcial ou luta.ppt
Arte marcial ou luta.ppt
 
Práticas corporais de Lutas
Práticas corporais de Lutas Práticas corporais de Lutas
Práticas corporais de Lutas
 
Lutas 100621133950-phpapp02
Lutas 100621133950-phpapp02Lutas 100621133950-phpapp02
Lutas 100621133950-phpapp02
 
Caratê
CaratêCaratê
Caratê
 
Aula 1 ensino de lutas - historico
Aula 1   ensino de lutas - historicoAula 1   ensino de lutas - historico
Aula 1 ensino de lutas - historico
 
Aula 1 ensino de lutas - historico
Aula 1   ensino de lutas - historicoAula 1   ensino de lutas - historico
Aula 1 ensino de lutas - historico
 
Slide de tecnologia
Slide de tecnologiaSlide de tecnologia
Slide de tecnologia
 
Roteiro de estudo lutas
Roteiro de estudo   lutasRoteiro de estudo   lutas
Roteiro de estudo lutas
 
Trabalho do rubens lutas.
Trabalho do rubens lutas.Trabalho do rubens lutas.
Trabalho do rubens lutas.
 
Filosofia das artes marciais medio
Filosofia das artes marciais   medioFilosofia das artes marciais   medio
Filosofia das artes marciais medio
 
Felipe edf
Felipe edfFelipe edf
Felipe edf
 
EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.
EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.
EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - AULA 1 - INTRODUÇÃO AO ENSINO DAS LUTAS.
 
Felipe edf[1]
Felipe edf[1]Felipe edf[1]
Felipe edf[1]
 
Apresentação kung fu
Apresentação kung fuApresentação kung fu
Apresentação kung fu
 
Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:
Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:
Kung Fu e Muay thai - HISTORIA: FUNDAMENTOS: APLICAÇÃO NA ESCOLA:
 
lutas do mundo.pptx
lutas do mundo.pptxlutas do mundo.pptx
lutas do mundo.pptx
 
Paul jacome
Paul jacomePaul jacome
Paul jacome
 

Mais de aluisiobraga

Primeiros socorros 2015
Primeiros socorros  2015Primeiros socorros  2015
Primeiros socorros 2015aluisiobraga
 
Educação postural 2015
Educação postural 2015Educação postural 2015
Educação postural 2015aluisiobraga
 
Exercício e saúde
Exercício e saúdeExercício e saúde
Exercício e saúdealuisiobraga
 
Identidades juvenis
Identidades juvenisIdentidades juvenis
Identidades juvenisaluisiobraga
 
O corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e culturalO corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e culturalaluisiobraga
 
Fisiologia do exercício 1º ano
Fisiologia do exercício 1º anoFisiologia do exercício 1º ano
Fisiologia do exercício 1º anoaluisiobraga
 
Primeiros socorros 1ºs anos
Primeiros socorros 1ºs anosPrimeiros socorros 1ºs anos
Primeiros socorros 1ºs anosaluisiobraga
 
Esteróides anabolizantes 1ºs anos
Esteróides anabolizantes 1ºs anosEsteróides anabolizantes 1ºs anos
Esteróides anabolizantes 1ºs anosaluisiobraga
 
Educação postural 2009
Educação postural 2009Educação postural 2009
Educação postural 2009aluisiobraga
 
Atletismo multi cópia
Atletismo multi   cópiaAtletismo multi   cópia
Atletismo multi cópiaaluisiobraga
 
Higiene e saúde cópia
Higiene e saúde   cópiaHigiene e saúde   cópia
Higiene e saúde cópiaaluisiobraga
 
Alimentação para uma vida saudável cópia
Alimentação para uma vida saudável   cópiaAlimentação para uma vida saudável   cópia
Alimentação para uma vida saudável cópiaaluisiobraga
 
Doping no esporte 8ª série
Doping no esporte   8ª sérieDoping no esporte   8ª série
Doping no esporte 8ª sériealuisiobraga
 
Suplementos alimentares 7ª série
Suplementos alimentares 7ª sérieSuplementos alimentares 7ª série
Suplementos alimentares 7ª sériealuisiobraga
 
Iniciação ao voleibol 2008
Iniciação ao voleibol   2008Iniciação ao voleibol   2008
Iniciação ao voleibol 2008aluisiobraga
 

Mais de aluisiobraga (20)

Primeiros socorros 2015
Primeiros socorros  2015Primeiros socorros  2015
Primeiros socorros 2015
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Doping no Esporte
Doping no EsporteDoping no Esporte
Doping no Esporte
 
Educação postural 2015
Educação postural 2015Educação postural 2015
Educação postural 2015
 
Exercício e saúde
Exercício e saúdeExercício e saúde
Exercício e saúde
 
Identidades juvenis
Identidades juvenisIdentidades juvenis
Identidades juvenis
 
O corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e culturalO corpo e a expressão artística e cultural
O corpo e a expressão artística e cultural
 
Contfin2013
Contfin2013Contfin2013
Contfin2013
 
Futsal 2013
Futsal 2013Futsal 2013
Futsal 2013
 
Fisiologia do exercício 1º ano
Fisiologia do exercício 1º anoFisiologia do exercício 1º ano
Fisiologia do exercício 1º ano
 
Primeiros socorros 1ºs anos
Primeiros socorros 1ºs anosPrimeiros socorros 1ºs anos
Primeiros socorros 1ºs anos
 
Esteróides anabolizantes 1ºs anos
Esteróides anabolizantes 1ºs anosEsteróides anabolizantes 1ºs anos
Esteróides anabolizantes 1ºs anos
 
Educação postural 2009
Educação postural 2009Educação postural 2009
Educação postural 2009
 
Atletismo multi cópia
Atletismo multi   cópiaAtletismo multi   cópia
Atletismo multi cópia
 
Higiene e saúde cópia
Higiene e saúde   cópiaHigiene e saúde   cópia
Higiene e saúde cópia
 
Alimentação para uma vida saudável cópia
Alimentação para uma vida saudável   cópiaAlimentação para uma vida saudável   cópia
Alimentação para uma vida saudável cópia
 
Obesidade
Obesidade Obesidade
Obesidade
 
Doping no esporte 8ª série
Doping no esporte   8ª sérieDoping no esporte   8ª série
Doping no esporte 8ª série
 
Suplementos alimentares 7ª série
Suplementos alimentares 7ª sérieSuplementos alimentares 7ª série
Suplementos alimentares 7ª série
 
Iniciação ao voleibol 2008
Iniciação ao voleibol   2008Iniciação ao voleibol   2008
Iniciação ao voleibol 2008
 

Último

FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptElifabio Sobreira Pereira
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxMartin M Flynn
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 

Último (20)

FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.pptnocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
nocoes-basicas-de-hereditariedade 9º ano.ppt
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 

Lutas

  • 1. LUTAS O que você sabe não tem valor; o valor está no que você faz com o que sabe. Bruce Lee
  • 2. VIOLÊNCIA • A violência chega a índices alarmantes para a sociedade atual. Nas escolas, nas ruas, nas famílias, no trânsito etc. muitas pessoas fazem apologia à violência como forma de heroísmos e glórias.
  • 3. VIOLÊNCIA • A violência chega em nossas casas de várias maneiras, seja pela televisão, cinema, desenhos animados. Nossos jovens crescem aprendendo que atos de bravura e heroísmo são sinônimos de violência.
  • 4. LUTAS DIFERENTE DE BRIGAS • Nas LUTAS existem regras, valores e respeito ao oponente. • Nas BRIGAS não existem regras, valores ou qualquer tipo de respeito, o objetivo é humilhar, agredir a integridade física ou moral de outro ser humano.
  • 5. • Desde o início da humanidade até os dias de hoje, os homens e também os animais utilizam das lutas com diversos objetivos, seja de autodefesa, seja para sobrevivência ou condicionamento físico.
  • 6. ORIGENS • De acordo com os achados históricos as lutas podem ser consideradas a forma de combate mais antiga que existe. Podem ser rastreadas até 15.000 anos por meio dos desenhos encontrados em cavernas. (wikpedia)
  • 7. • Sabemos que a influência sofrida das lutas após os séculos até a atualidade atua de forma cultural na vida da sociedade, possibilitando vários benefícios através dos estilos de lutas: saúde, estilo de vida, qualidade de vida, desenvolvimento motor, desporto, educação, combate a indisciplina, resgate social.
  • 8. LUTAS, ARTES MARCIAIS e MODALIDADES ESPORTIVAS DE COMBATE • As terminologias lutas, artes marciais e modalidades esportivas de combate são sinônimos e referem-se às mesmas manifestações corporais? Ou seriam diferentes terminologias, cada uma destinada a um referido contexto?
  • 9. ARTES MARCIAIS • As artes marciais (arte da guerra), em sua maioria, são de origem oriental, e geralmente estão associadas aos conceitos religiosos/filosóficos da região onde nasceram (ex.: os estilos mais populares do Kung Fu estão relacionados ao budismo do templo Shaolin, o Judô japonês ao código de conduta dos samurais, etc). • Os nomes dos golpes, saudações etc. obedecem a tradição da língua de origem.
  • 10. OS ESPORTES DE COMBATE • Os esportes de combate têm origem nas lutas primitivas dos antigos povos ocidentais, principalmente nas lutas greco-romanas (ex.: luta livre, boxe, etc.). Normalmente não são utilizadas armas "brancas" e o contato em combate costuma ser mais "violento" (mesmo usando-se equipamentos de proteção), permitindo-se atingir pontos mais sensíveis do corpo, como a cabeça.
  • 11. • Os esportes de combate podem ou não ser artes marciais com objetivo de pontuação para lutas esportivas com regras para preservar a vida e a integridade dos praticantes. • A CAPOEIRA - não se enquadra em nenhuma das modalidades acima sendo considerada uma dança, porém é comum ser descrita na literatura como arte marcial brasileira.
  • 12. AUTODEFESA • Autodefesa não é o mesmo que lutar. Em uma luta você e seu adversário sabem que lutarão, e sabe que existem regras que devem ser obedecidas. Na luta você está ali por vitória, na autodefesa é sua segurança pessoal que está em jogo! Na autodefesa você tem que aprender a capacidade de explosão surpresa, de reação automática.
  • 13. • Os sistemas de Defesa Pessoal são, em geral, uma “extensão” das Artes Marciais, mas não trabalham tanto filosofia e disciplina
  • 14. DISCUSSÕES • Parece não haver uma conclusão definitiva quanto às terminologias utilizadas até aqui(lutas, artes marciais, esporte de combate...), alguns estudiosos consideram sinônimas!
  • 15. QUESTIONAMENTOS • Para Lorenzo, Silva e Teixeira (2010) as artes marciais caracterizam-se como método de guerra, ou preceitos que um guerreiro deve utilizar, será que realmente as artes marciais estão, de forma generalizada, embasadas somente em preceitos éticos, estéticos e morais? Será que eram esses os preceitos de maior relevância durante os combates na guerras? Lorenzo, Silva e Teixeira (2010) relatam ainda que na luta, o que importa é o ato de atacar, enquanto que nas artes marciais o que importa é, prioritariamente, a defesa.
  • 16. • Se as artes marciais foram utilizadas na guerra como que elas baseiam-se simplesmente no defender-se? Em uma guerra, seria uma opção muito arriscada esperar o inimigo atacar para, somente então, defender-se dos ataques (a não ser que haja alguma estratégia de contra ataque envolvida, o que não significa defender-se e sim esperar o outro oponente atacar para, finalmente, realizar o ataque).
  • 17. CONCLUSÕES DOS AUTORES • Finalmente, os autores salientam que “toda arte marcial contém uma luta, mas nem toda luta é uma arte marcial” (LORENZO, SILVA e TEIXEIRA, 2010). Esta afirmação é, na visão dos autores responsável por estabelecer diferenciações entre o que é luta e o que é arte marcial, uma vez que eles compreendem que o conceito de luta é uma parte daquilo que representa as artes marciais.
  • 18. Se você acreditar que uma coisa é impossível, você a tornará impossível. Bruce Lee
  • 19.
  • 20. TAEKWONDO • O Taekwondo é uma arte marcial coreana, cuja pronúncia em português é "tê-com-dô", significa a arte de usar os pés e as mãos.
  • 21. • É uma arte marcial que combina práticas tradicionais (técnicas básicas e de defesa pessoal, armas e toda sua filosofia enquanto arte marcial) e esportivas (treinamento voltado para competições, adotando técnicas de treinamento esportivo moderno e de alto desempenho). • Para alguns autores esta arte surgiu há aproximadamente 1300 anos, para outros 1800 anos ou mais • Segundo Kim (2000), chegou ao Brasil em 1970.
  • 22. Código de honra • Obediência ao Rei; • Respeito aos pais; • Lealdade para com os amigos; • Nunca recuar ante ao inimigo; • Só matar quando não houver alternativa
  • 23. KARATÊ “Sonhe, apesar das ilusões. Caminhe, apesar dos obstáculos. Lute, apesar das barreiras e, acima de tudo, acredite em você mesmo.” Larissa Guerreiro
  • 24.
  • 25. KARATÊ • Literalmente significa mãos vazias, é tradicionalmente uma arte marcial japonesa, desenvolvida em OKINAWA no norte do país. Okinawa era uma região estratégica por pela facilidade de relações comerciais do Japão com a China. Os habitantes desta região sofriam influência direta da cultura chinesa, inclusive a entrada das artes marciais locais.
  • 26. • Logo para muitos, o karatê é de origem chinesa e para outros de origem japonesa. Por volta do século XVII esta arte já havia se modificado o suficiente para ser identificada como japonesa. • Chegou ao Brasil no início do século XX trazido por imigrantes japoneses.
  • 27. • O treinamento do praticante de caratê é uma mistura de princípios físicos e mentais que podem ser resumidos em: - Esforçar-se para a formação do caráter - Fidelidade para com o verdadeiro caminho da razão - Criar o intuito do esforço - Respeito acima de tudo
  • 28. Nesta arte são utilizados vários tipos de golpes como socos, pontapés e joelhadas para vencer o oponente e apresenta também técnicas de proteção, imobilização e todo tipo de bloqueios. Utiliza apenas armas de combate naturais como a visão, as mãos, braços, pés e a inteligência.
  • 29. JUDÔ “Aqueles que nada fazem e esperam algum tipo de vitória estão enganados, Pois, a vitória é dos que lutam, dos que agem, dos que sonham. A vitória é dos que se arriscam para alcançar o alto da montanha...” Guerreiro da Luz
  • 30.
  • 31. JUDÔ • O judô é uma arte marcial esportiva. Foi criado no Japão, em 1882, pelo professor de Educação FísicaJigoro Kano. Ao criar esta arte marcial, Kano tinha como objetivo criar uma técnica de defesa pessoal, além de desenvolver o físico, espírito e mente. Esta arte marcial chegou ao Brasil no ano de 1922, em pleno período da imigração japonesa
  • 32. • As lutas de judô são praticadas num tatame de formato quadrado (de 14 a 16 metros de lado). Cada luta dura até 5 minutos. Vence quem conquistar o ippon primeiro. Se ao final da luta nenhum judoca conseguir o ippon, vence aquele que tiver mais vantagens.
  • 33. Princípios do esporte • Condicionamento Físico – alimentação equilibrada, treinos regulares e desenvolvimento da resistência, da agilidade e do equilíbrio. • Espírito de luta – manter o equilíbrio emocional, direcionar a energia evitando ações precipitadas, impulsivas ou irracionais. • Atitude Moral Autêntica – humildade, autocontrole, autoconfiança, generosidade e cooperação social.
  • 34. KUNG FU Existem derrotas, mas não existe o sofrimento. Um verdadeiro guerreiro sabe que ao perder uma batalha está melhorando sua arte de manejar a espada. Saberá lutar com mais habilidade no próximo combate. Paulo Coelho
  • 35.
  • 36. KUNG FU • É a mais antiga de todas as artes marciais. • É originaria da China, sendo que o registro histórico mais antigo relativo ao Kung Fu data de 2674 a. C. A arte surgiu a partir da observação dos movimentos dos animais. • A história do Kung Fu é misteriosa, e mistura lendas com a realidade. A arte foi aprimorada e modificada devido às diferentes épocas e dinastias nas quais foi sendo estruturada
  • 37. • O Kung Fu foi aprimorado ao longo dos séculos e vários estilos foram desenvolvidos como por exemplo: Estilo Águia, Dragão, Chi’NA, Bêbado, Garça Branca, Macaco, Shaolin do Norte e Leopardo, dentre outros.
  • 38. • No Kung Fu, podem ser utilizadas armas, que normalmente só podem ser usadas por aqueles que já apresentam uma boa agilidade com as mãos. São inúmeras armas, destacando-se: Facão San Tié Kan (três cabos ligados por correntes) Espada Imperial (reta) Bastão Lança
  • 39. Filosofia do Kung Fu • A filosofia reside na importância entre a harmonia e a ordem natural das coisas. A filosofia talvez seja melhor simbolizada pelo antigo símbolo taoísta ‘yin e yang’. Nenhum lado do símbolo é maior em tamanho e muito menos em importância do que o outro. Os dois lados devem estar em perfeito equilíbrio ou o todo é afetado. Isto se reflete também no praticante de Kung Fu, deve-se somente atingir o grau de ‘mestre’, quando todos os elementos da vida de uma pessoa estiverem em equilíbrio. • Exige do seu praticante esforço extremo e disciplina
  • 40.
  • 41. CAPOEIRA • A história da capoeira começa no século XVI, na época em que o Brasil era colônia de Portugal. A mão-de-obra escrava africana foi muito utilizada no Brasil, principalmente nos engenhos (fazendas produtoras de açúcar) do nordeste brasileiro. Muitos destes escravos vinham da região de Angola, também colônia portuguesa. Os angolanos, na África, faziam muitas danças ao som de músicas.
  • 42. • Os senhores de engenho proibiam os escravos de praticar qualquer tipo de luta. Logo, os escravos utilizaram o ritmo e os movimentos de suas danças africanas, adaptando a um tipo de luta.
  • 43. • Segundo Adriana Fernandes (20/03/2012) não existem registros da existência da capoeira ou qualquer outra forma similar à mesma no continente africano. Em 1966, Inezil Penna Marinho esteve em Angola pesquisando uma possível origem da capoeira, chegando a conclusão que ela era inteiramente desconhecida lá, quer entre os eruditos, quer entre os nativos, a cujas festas religiosas e danças guerreiras assistiu.
  • 44. • O nome capoeira é de origem tupi e significa “mato ralo” de pequenos arbustos. Lugar preferido dos negros para o jogo. • tem como pensamento filosófico o respeito com o próximo, com a natureza e com os mais velhos. (musicaos.com.br. • Capoeira é um diálogo de corpos, eu venço quando o meu parceiro não tem mais respostas para as minhas perguntas” Mestre Moraes
  • 45. • A filosofia da capoeira é contribuir para a formação de valores humanos e éticos, baseados no respeito, na socialização e na liberdade, através de trabalhos que valorizam a cultura brasileira. Tudo isso buscando fortalecer e engrandecer o capoeirista no seu caráter, dignidade e valorização pessoal.
  • 46. BOXE Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar. O quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha.” Rocky Balboa
  • 47.
  • 48. BOXE • O boxe como desporto já é conhecido e praticado há várias décadas e a sua origem remonta a Creta em 1500 A.C. Começou por ser praticado na Grécia e em Roma e era um desporto muito violento e desumano, pois os lutadores enfrentavam-se até à morte. Este tipo de luta foi adotado mais tarde pela primeira vez numa Olimpíada em 668 A.C. Tratou-se da 23ª edição dos Jogos Olímpicos da Antiguidade
  • 49. • Os lutadores utilizavam faixas de couro nas mãos para proteger os dedos e lutavam até que um deles caísse inanimado ou admitisse a derrota. Com a queda do Império Romano, perdeu-se um pouco a cultura do boxe, mas tudo leva a crer que ele continuou a ser praticado, visto que a sua prática foi assinalada no fim do século IX, no Sul da Inglaterra.
  • 50. • Depois de um período mais conturbado, em que não se assistiu a qualquer evolução da modalidade, o boxe popularizou-se na Inglaterra, a partir do século XVII.
  • 51. • Muita coisa mudou no Boxe. Depois que foi regulamentado como desporto ficou menos violento, começaram a ser utilizadas luvas, proteção nos dentes, divisão por peso e categorias, público separado dos atletas, rounds mais curtos (3 min). • O boxe chegou ao Brasil com os emigrantes alemães e italianos no final do século XIX e início do século XX.
  • 52. MMA • MMA é a sigla em inglês para Mixed Martial Arts, ou seja, Artes Marciais Misturadas. Criado da evolução do antigo vale tudo, o MMA possui regras e competições assim como qualquer outro esporte: seja futebol, tênis, natação ou ginástica artística, por exemplo.
  • 53. • A origem desse esporte nos moldes como conhecemos hoje é brasileira • Aconteceu quando o Jiu-jitsu tentava se estabelecer no país como uma arte marcial eficiente. • Neste contexto eram promovidos confrontos entre lutadores de outras artes marciais contra lutadores de jiu-jitsu. • As lutas acontecem em três rounds de 3 minutos cada.
  • 54. • Dentre as diversas competições existentes no MMA ao redor do mundo, a mais importante delas é o UFC, sigla em inglês para Ultimate Fighting Championship (Campeonato de Luta de Finalização. Criado em 1993 pelo brasileiro Rorion Gracie, o UFC hoje é uma liga consolidada, com alto valor de mercado. Especialistas do mercado financeiro dizem que o UFC vale hoje mais de um bilhão de dólares (a organização foi vendida por Gracie em 2001 por dois milhões).
  • 55. OBRIGADO PELA ATENÇÃO ALUÍSIO LOPES BRAGA CREF 0379/G-DF FIQUEM COM DEUS
  • 56. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • www.Lutasartesmarciais.com • www.terra.com.br (por Adriana Fernandes em 20/03/2012). • www.suapesquisa.com • www.TSKF.com • www.brasilescola.com.br • http://www.webartigos.com/artigos/a-origem-do-taekwondo/ 22740/#ixzz3Di8CLMob • www.usp.com.br - Alexandre V. Mazzoni.Jorge Luiz de Oliveira Junior ) • www.artigonal.com.br • Revista KUNITE ano 1 nº 01, Editora SR3 LTDA,