SlideShare uma empresa Scribd logo
DO MITO AO LOGOS
OS MITOS GREGOS
MITO
O ser humano sempre
busca explicações para as
coisas.
A 1º forma de explicação
é o MITO.
 Depois o homem não está mais satisfeito somente com o mito e
busca explicações lógico-argumentativas para os fenômenos.
 Nasce a FILOSOFIA.
 Os 1ºs filósofos são os pré-socráticos, mas a filosofia só
ganha maioridade com Platão e Aristóteles.
 A mitologia existe até hoje porque a filosofia e a ciência
ainda não conseguiram explicar todos os fenômenos.
 História ou relato que narra a origem de algo com o
objetivo de explicar o que aconteceu, como e por que.
 Existem mitos para explicar todas as coisas curiosas.
 Mas a ciência, quando explica algo, também faz um relato.
 O que difere a ciência do mito?
 O mito não usa exclusivamente explicações racionais e/ou físicas.
 O mito se vale de acontecimentos e seres sobrenaturais para
explicar aquilo que deseja..
 No mito, os fenômenos naturais, os sobrenaturais e os deuses
comandam os acontecimentos e o homem nada pode fazer para que
aconteça ou deixe de acontecer algo.
 Tudo está DESTINADO a acontecer e o homem é uma vítima
desse DESTINO, como o mito de ÉDIPO (ler pg. 11).
HOMERO E HESÍODO
 A mitologia grega era composta de deuses, heróis, quimeras, titãs,
etc, e os homens apareciam como coadjuvantes nas histórias, quase
sempre usados pelos deuses em suas infinitas intrigas e luta pelo
poder.
 Características da mitologia grega:
 Cosmogonia: os mitos tentam explicar o Cosmos (universo) a
partir do nascimento dos deuses.
 Antropomorfismo: os deuses possuem muitas características
humanas (ódio, amor, paixão, cobiça, beleza).
 Crença no destino: os deuses seriam sempre responsáveis por tudo
o que ocorre e sabiam, antecipadamente, o que ia ocorrer. As deusas
do destino decidiam nossa vida antes mesmo de nascermos.
 Naturalismo: fogo, terra, água, ar, etc. Os deuses tinham uma
relação próxima com a natureza.
 Explicação: o mito se apresentava como verdade, no sentido de
que tinha a explicação correta para os fenômenos e acontecimentos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mito e filosofia
Mito e filosofiaMito e filosofia
Mito e filosofia
Carla Brígida
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
PriscillaTomazi2015
 
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Darlan Campos
 
Existencialismo
ExistencialismoExistencialismo
Existencialismo
Portal do Vestibulando
 
Platão
PlatãoPlatão
1 teoria do conhecimento
1 teoria do conhecimento1 teoria do conhecimento
1 teoria do conhecimento
Erica Frau
 
Período helenístico
Período helenísticoPeríodo helenístico
Período helenístico
Juliana Corvino de Araújo
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
Professor Marcelo
 
Aula de filosofia
Aula de filosofia Aula de filosofia
Aula de filosofia
Ricardogomes123
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
William Ananias
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
rafaforte
 
Filosofia
Filosofia Filosofia
Filosofia
Erica Frau
 
Existencialismo Pronto
Existencialismo ProntoExistencialismo Pronto
Platão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideiasPlatão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideias
Italo Colares
 
Aula 1 filosofia no ENEM
Aula 1 filosofia no ENEMAula 1 filosofia no ENEM
Aula 1 filosofia no ENEM
Alexandre Banciella
 
História da ciência
História da ciênciaHistória da ciência
História da ciência
professoraivanilda
 
Aula A origem da filosofia
Aula  A origem da filosofia Aula  A origem da filosofia
Aula A origem da filosofia
Andreia Regina Moura Mendes
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
Silmara Vedoveli
 
O Que é Filosofia? 1º Ano!
O Que é Filosofia? 1º Ano!O Que é Filosofia? 1º Ano!
O Que é Filosofia? 1º Ano!
Lu Rebordosa
 
História da Filosofia
História da FilosofiaHistória da Filosofia

Mais procurados (20)

Mito e filosofia
Mito e filosofiaMito e filosofia
Mito e filosofia
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
 
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
 
Existencialismo
ExistencialismoExistencialismo
Existencialismo
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
1 teoria do conhecimento
1 teoria do conhecimento1 teoria do conhecimento
1 teoria do conhecimento
 
Período helenístico
Período helenísticoPeríodo helenístico
Período helenístico
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
 
Aula de filosofia
Aula de filosofia Aula de filosofia
Aula de filosofia
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
Filosofia
Filosofia Filosofia
Filosofia
 
Existencialismo Pronto
Existencialismo ProntoExistencialismo Pronto
Existencialismo Pronto
 
Platão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideiasPlatão e a teoria das ideias
Platão e a teoria das ideias
 
Aula 1 filosofia no ENEM
Aula 1 filosofia no ENEMAula 1 filosofia no ENEM
Aula 1 filosofia no ENEM
 
História da ciência
História da ciênciaHistória da ciência
História da ciência
 
Aula A origem da filosofia
Aula  A origem da filosofia Aula  A origem da filosofia
Aula A origem da filosofia
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
 
O Que é Filosofia? 1º Ano!
O Que é Filosofia? 1º Ano!O Que é Filosofia? 1º Ano!
O Que é Filosofia? 1º Ano!
 
História da Filosofia
História da FilosofiaHistória da Filosofia
História da Filosofia
 

Destaque

A passagem do mito para razão
A passagem do mito para razãoA passagem do mito para razão
A passagem do mito para razão
Gabi Evaristo
 
Filosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razãoFilosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razão
Luanna Karolyne
 
Introdução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à RazãoIntrodução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à Razão
Diego Sampaio
 
Passagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofiaPassagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofia
Pedro Almeida
 
Mito
MitoMito
Mito e mitologia
Mito e mitologiaMito e mitologia
Mito e mitologia
Diego Prezia
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Elizeu Nascimento Silva
 
Mito e Lenda
Mito e LendaMito e Lenda
Mito e Lenda
Daniel Mota
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
Raniery Braga
 
Mitos e lendas
Mitos e lendasMitos e lendas
Mitos e lendas
Marcia Facelli
 
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
Sílvia Mendonça
 
Filosofia PolíTica
Filosofia PolíTicaFilosofia PolíTica
Filosofia PolíTica
guestc51fe5
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
Alison Nunes
 
Slides mitos e lendas
Slides mitos e lendasSlides mitos e lendas
Slides mitos e lendas
Solangecss
 
Os mitos
Os mitosOs mitos
Trabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologiaTrabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologia
Samuel Araújo
 
3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao 3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao
Erica Frau
 
Mitos
MitosMitos
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
Portal do Vestibulando
 
Nascimento da filosofia
Nascimento da filosofiaNascimento da filosofia
Nascimento da filosofia
Filazambuja
 

Destaque (20)

A passagem do mito para razão
A passagem do mito para razãoA passagem do mito para razão
A passagem do mito para razão
 
Filosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razãoFilosofia passagem do mito para a razão
Filosofia passagem do mito para a razão
 
Introdução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à RazãoIntrodução à Filosofia - Do Mito à Razão
Introdução à Filosofia - Do Mito à Razão
 
Passagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofiaPassagem do mito à filosofia
Passagem do mito à filosofia
 
Mito
MitoMito
Mito
 
Mito e mitologia
Mito e mitologiaMito e mitologia
Mito e mitologia
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
 
Mito e Lenda
Mito e LendaMito e Lenda
Mito e Lenda
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
 
Mitos e lendas
Mitos e lendasMitos e lendas
Mitos e lendas
 
Mitologia Grega
Mitologia GregaMitologia Grega
Mitologia Grega
 
Filosofia PolíTica
Filosofia PolíTicaFilosofia PolíTica
Filosofia PolíTica
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
 
Slides mitos e lendas
Slides mitos e lendasSlides mitos e lendas
Slides mitos e lendas
 
Os mitos
Os mitosOs mitos
Os mitos
 
Trabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologiaTrabalho de-filosofia- mito e mitologia
Trabalho de-filosofia- mito e mitologia
 
3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao 3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
 
Nascimento da filosofia
Nascimento da filosofiaNascimento da filosofia
Nascimento da filosofia
 

Semelhante a Do mito ao logos

Mito e filosofia
Mito e filosofiaMito e filosofia
Mito e filosofia
Manoelito Filho Soares
 
Mito pdf
Mito pdfMito pdf
Mito
MitoMito
Mito
MitoMito
Filosofia.1º ano
Filosofia.1º anoFilosofia.1º ano
Filosofia.1º ano
Jorge Marcos Oliveira
 
Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02
Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02
Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02
Rafael Santos
 
1º anos (filosofia) Capitulo III Os Mitos
1º anos (filosofia) Capitulo III  Os Mitos1º anos (filosofia) Capitulo III  Os Mitos
1º anos (filosofia) Capitulo III Os Mitos
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Mitos
Mitos   Mitos
Mito
MitoMito
Filosofia.1º ano
Filosofia.1º anoFilosofia.1º ano
Filosofia.1º ano
Jorge Marcos Oliveira
 
Apostila de filosofia
Apostila de filosofiaApostila de filosofia
Apostila de filosofia
Sandra Covre
 
Mito
MitoMito
Mitos
MitosMitos
Aula 04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
Aula  04 mito e filosofia 20130329114826 (1)Aula  04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
Aula 04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
samuel2312
 
Apostila ENEM Filosofia 2 - Mito e Razão
Apostila ENEM Filosofia 2 - Mito e RazãoApostila ENEM Filosofia 2 - Mito e Razão
Apostila ENEM Filosofia 2 - Mito e Razão
Já Entendi
 
Mito a Filosofia.pptx
Mito a Filosofia.pptxMito a Filosofia.pptx
Mito a Filosofia.pptx
WelisClemente1
 
Mito x filosofia
Mito x filosofiaMito x filosofia
Mito x filosofia
edvana Santana
 
Mito e Filosofia
Mito e FilosofiaMito e Filosofia
Mito e Filosofia
Jailson Lima
 
Mito e-razão
Mito e-razãoMito e-razão
Mito e-razão
Márcia Quirino
 
Mitologia e Filosofia - diferenças
Mitologia e Filosofia - diferençasMitologia e Filosofia - diferenças
Mitologia e Filosofia - diferenças
Bruno Carrasco
 

Semelhante a Do mito ao logos (20)

Mito e filosofia
Mito e filosofiaMito e filosofia
Mito e filosofia
 
Mito pdf
Mito pdfMito pdf
Mito pdf
 
Mito
MitoMito
Mito
 
Mito
MitoMito
Mito
 
Filosofia.1º ano
Filosofia.1º anoFilosofia.1º ano
Filosofia.1º ano
 
Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02
Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02
Filosofia 1ano-120911192702-phpapp02
 
1º anos (filosofia) Capitulo III Os Mitos
1º anos (filosofia) Capitulo III  Os Mitos1º anos (filosofia) Capitulo III  Os Mitos
1º anos (filosofia) Capitulo III Os Mitos
 
Mitos
Mitos   Mitos
Mitos
 
Mito
MitoMito
Mito
 
Filosofia.1º ano
Filosofia.1º anoFilosofia.1º ano
Filosofia.1º ano
 
Apostila de filosofia
Apostila de filosofiaApostila de filosofia
Apostila de filosofia
 
Mito
MitoMito
Mito
 
Mitos
MitosMitos
Mitos
 
Aula 04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
Aula  04 mito e filosofia 20130329114826 (1)Aula  04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
Aula 04 mito e filosofia 20130329114826 (1)
 
Apostila ENEM Filosofia 2 - Mito e Razão
Apostila ENEM Filosofia 2 - Mito e RazãoApostila ENEM Filosofia 2 - Mito e Razão
Apostila ENEM Filosofia 2 - Mito e Razão
 
Mito a Filosofia.pptx
Mito a Filosofia.pptxMito a Filosofia.pptx
Mito a Filosofia.pptx
 
Mito x filosofia
Mito x filosofiaMito x filosofia
Mito x filosofia
 
Mito e Filosofia
Mito e FilosofiaMito e Filosofia
Mito e Filosofia
 
Mito e-razão
Mito e-razãoMito e-razão
Mito e-razão
 
Mitologia e Filosofia - diferenças
Mitologia e Filosofia - diferençasMitologia e Filosofia - diferenças
Mitologia e Filosofia - diferenças
 

Mais de João Paulo Rodrigues

Teoria do conhecimento kant
Teoria do conhecimento   kantTeoria do conhecimento   kant
Teoria do conhecimento kant
João Paulo Rodrigues
 
Indústria cultural
Indústria culturalIndústria cultural
Indústria cultural
João Paulo Rodrigues
 
Introduction to philosophy português-inglês
Introduction to philosophy português-inglêsIntroduction to philosophy português-inglês
Introduction to philosophy português-inglês
João Paulo Rodrigues
 
Liberdade em Baruch de Espinosa
Liberdade em Baruch de EspinosaLiberdade em Baruch de Espinosa
Liberdade em Baruch de Espinosa
João Paulo Rodrigues
 
Olimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadora
Olimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadoraOlimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadora
Olimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadora
João Paulo Rodrigues
 
Ética Aristóteles
Ética AristótelesÉtica Aristóteles
Ética Aristóteles
João Paulo Rodrigues
 
Heráclito e Parmênides
Heráclito e ParmênidesHeráclito e Parmênides
Heráclito e Parmênides
João Paulo Rodrigues
 
Métodos metacognitivos mind lab
Métodos metacognitivos mind labMétodos metacognitivos mind lab
Métodos metacognitivos mind lab
João Paulo Rodrigues
 
Ética Platão
Ética PlatãoÉtica Platão
Ética Platão
João Paulo Rodrigues
 
ética e moral introdução
ética e moral introdução ética e moral introdução
ética e moral introdução
João Paulo Rodrigues
 
Epistemologia introdução
Epistemologia   introduçãoEpistemologia   introdução
Epistemologia introdução
João Paulo Rodrigues
 
As escolas helenistas - Epicurismo e Estoicismo
As escolas helenistas - Epicurismo e EstoicismoAs escolas helenistas - Epicurismo e Estoicismo
As escolas helenistas - Epicurismo e Estoicismo
João Paulo Rodrigues
 

Mais de João Paulo Rodrigues (12)

Teoria do conhecimento kant
Teoria do conhecimento   kantTeoria do conhecimento   kant
Teoria do conhecimento kant
 
Indústria cultural
Indústria culturalIndústria cultural
Indústria cultural
 
Introduction to philosophy português-inglês
Introduction to philosophy português-inglêsIntroduction to philosophy português-inglês
Introduction to philosophy português-inglês
 
Liberdade em Baruch de Espinosa
Liberdade em Baruch de EspinosaLiberdade em Baruch de Espinosa
Liberdade em Baruch de Espinosa
 
Olimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadora
Olimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadoraOlimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadora
Olimpíadas de raciocínio Mind Lab MenteInovadora
 
Ética Aristóteles
Ética AristótelesÉtica Aristóteles
Ética Aristóteles
 
Heráclito e Parmênides
Heráclito e ParmênidesHeráclito e Parmênides
Heráclito e Parmênides
 
Métodos metacognitivos mind lab
Métodos metacognitivos mind labMétodos metacognitivos mind lab
Métodos metacognitivos mind lab
 
Ética Platão
Ética PlatãoÉtica Platão
Ética Platão
 
ética e moral introdução
ética e moral introdução ética e moral introdução
ética e moral introdução
 
Epistemologia introdução
Epistemologia   introduçãoEpistemologia   introdução
Epistemologia introdução
 
As escolas helenistas - Epicurismo e Estoicismo
As escolas helenistas - Epicurismo e EstoicismoAs escolas helenistas - Epicurismo e Estoicismo
As escolas helenistas - Epicurismo e Estoicismo
 

Último

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
marcos oliveira
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 

Último (20)

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
responder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdfresponder de alfabetização e questoe.pdf
responder de alfabetização e questoe.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2018 CENSIPAM.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 

Do mito ao logos

  • 1. DO MITO AO LOGOS OS MITOS GREGOS
  • 2. MITO O ser humano sempre busca explicações para as coisas. A 1º forma de explicação é o MITO.
  • 3.  Depois o homem não está mais satisfeito somente com o mito e busca explicações lógico-argumentativas para os fenômenos.  Nasce a FILOSOFIA.
  • 4.  Os 1ºs filósofos são os pré-socráticos, mas a filosofia só ganha maioridade com Platão e Aristóteles.  A mitologia existe até hoje porque a filosofia e a ciência ainda não conseguiram explicar todos os fenômenos.
  • 5.  História ou relato que narra a origem de algo com o objetivo de explicar o que aconteceu, como e por que.  Existem mitos para explicar todas as coisas curiosas.
  • 6.  Mas a ciência, quando explica algo, também faz um relato.  O que difere a ciência do mito?  O mito não usa exclusivamente explicações racionais e/ou físicas.
  • 7.  O mito se vale de acontecimentos e seres sobrenaturais para explicar aquilo que deseja..  No mito, os fenômenos naturais, os sobrenaturais e os deuses comandam os acontecimentos e o homem nada pode fazer para que aconteça ou deixe de acontecer algo.
  • 8.  Tudo está DESTINADO a acontecer e o homem é uma vítima desse DESTINO, como o mito de ÉDIPO (ler pg. 11).
  • 9. HOMERO E HESÍODO  A mitologia grega era composta de deuses, heróis, quimeras, titãs, etc, e os homens apareciam como coadjuvantes nas histórias, quase sempre usados pelos deuses em suas infinitas intrigas e luta pelo poder.  Características da mitologia grega:
  • 10.  Cosmogonia: os mitos tentam explicar o Cosmos (universo) a partir do nascimento dos deuses.
  • 11.  Antropomorfismo: os deuses possuem muitas características humanas (ódio, amor, paixão, cobiça, beleza).
  • 12.  Crença no destino: os deuses seriam sempre responsáveis por tudo o que ocorre e sabiam, antecipadamente, o que ia ocorrer. As deusas do destino decidiam nossa vida antes mesmo de nascermos.
  • 13.  Naturalismo: fogo, terra, água, ar, etc. Os deuses tinham uma relação próxima com a natureza.
  • 14.  Explicação: o mito se apresentava como verdade, no sentido de que tinha a explicação correta para os fenômenos e acontecimentos.