SlideShare uma empresa Scribd logo
Dia Nacional Da Consciência Negra
• No dia 20 de novembro comemora-se o Dia 
Nacional da Consciência Negra, em 
homenagem à morte de Zumbi, líder do 
Quilombo dos Palmares. 
• O quilombo era uma localidade situada na 
Serra da Barriga, onde escravos se refugiavam. 
Com o passar dos anos, chegou a atingir uma 
população de vinte mil habitantes, em razão 
do aumento das fugas dos escravos.
• Muitas pessoas eram contra essa forma de tratar os 
negros e várias tentativas aconteceram ao longo da 
história para defender seus direitos. Em 1871 a Lei do 
Ventre Livre libertou os filhos de escravos que ainda 
iriam nascer; em 1885 a Lei dos Sexagenários deu 
direito à liberdade aos escravos com mais de sessenta 
anos. 
• Mas Princesa Isabel foi a responsável pela libertação 
dos escravos, quando assinou a Lei Áurea, em 13 de 
maio de 1888, dando-os direito de ir embora das 
fazendas em que trabalhavam ou de continuar 
morando com seus patrões, como empregados e não 
mais como escravos.
• Na época da escravidão os negros não tinham direito ao 
estudo ou a aprender outros tipos de trabalho que não 
fossem os braçais, ficando presos a esse tipo de tarefa. 
• Muitos deles, estando libertos, continuaram na mesma vida 
por não terem condições de se sustentar. 
• O dia da consciência negra é marcado pela luta contra o 
preconceito racial, contra a inferioridade da classe perante 
a sociedade. Além desses assuntos, enfatizam sobre o 
respeito enquanto pessoas humanas, além de discutir e 
trabalhar para conscientizar as pessoas da importância da 
raça negra e de sua cultura na formação do povo brasileiro 
e da cultura do nosso país.
• Algumas entidades como o Movimento Negro (o maior 
do gênero no país) organizam palestras e eventos 
educativos, visando principalmente crianças negras. A 
instituição procura evitar o desenvolvimento do auto-preconceito, 
ou seja, da inferiorização perante a 
sociedade. 
• Outros temas debatidos pela comunidade negra e que 
ganham evidência neste dia são: inserção do negro no 
mercado de trabalho, cotas universitárias, se há 
discriminação por parte da polícia, identificação de 
etnias, moda e beleza negra, etc.
Não precisamos de um dia de 
consciência negra, branca, amarela, 
parda, albina etc... 
Precisamos de 365 dias conciência 
humana.!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012
vaniamariaazevedo
 
Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01
Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01
Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01
Odairdesouza
 
Direitos humanos e pluralidade cultural
Direitos humanos e pluralidade culturalDireitos humanos e pluralidade cultural
Direitos humanos e pluralidade cultural
Elaine Krauze
 
Diversidade racial
Diversidade racialDiversidade racial
Diversidade racial
p01152
 
Projeto consciência negra powerpoint
Projeto consciência negra powerpointProjeto consciência negra powerpoint
Projeto consciência negra powerpoint
Prefeitura Municipal de Ilhéus
 
Pluralidade cultural
Pluralidade culturalPluralidade cultural
Pluralidade cultural
Ana Lúcia
 
OT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileira
OT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileiraOT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileira
OT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileira
Claudia Elisabete Silva
 
Pcn 10.2 Tt Pluralidade Cultural
Pcn   10.2   Tt Pluralidade CulturalPcn   10.2   Tt Pluralidade Cultural
Pcn 10.2 Tt Pluralidade Cultural
literatoliberato
 
O ensino de História e Cultura Afro-brasileira a Distancia
O ensino de História e Cultura Afro-brasileira a DistanciaO ensino de História e Cultura Afro-brasileira a Distancia
O ensino de História e Cultura Afro-brasileira a Distancia
Zelinda Barros
 
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Instituto Uka
 
Pluralidade Cultural, Diversidade e Cidadania
Pluralidade Cultural, Diversidade e CidadaniaPluralidade Cultural, Diversidade e Cidadania
Pluralidade Cultural, Diversidade e Cidadania
Odairdesouza
 
Projeto feira de cultura
Projeto feira de culturaProjeto feira de cultura
Projeto feira de cultura
Luciene Rosa Gugé
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
temastransversais
 
A Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. Cinara
A Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. CinaraA Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. Cinara
A Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. Cinara
Alexandre da Rosa
 
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Prof. Noe Assunção
 
Plano de aula Consciência Negra
Plano de aula Consciência Negra Plano de aula Consciência Negra
Plano de aula Consciência Negra
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
 
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
culturaafro
 
Multiculturalismo e ética
Multiculturalismo e éticaMulticulturalismo e ética
Multiculturalismo e ética
Maryanne Monteiro
 
Ensino de história e diversidade étnica cultural
Ensino de história e diversidade étnica culturalEnsino de história e diversidade étnica cultural
Ensino de história e diversidade étnica cultural
montorri
 
Racismo e Educação - A Lei 10639/03
Racismo e Educação - A Lei 10639/03Racismo e Educação - A Lei 10639/03
Racismo e Educação - A Lei 10639/03
André Santos Luigi
 

Mais procurados (20)

Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012Projeto consciência negra 2012
Projeto consciência negra 2012
 
Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01
Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01
Pluralidade cultural, diversidade e cidadania 01
 
Direitos humanos e pluralidade cultural
Direitos humanos e pluralidade culturalDireitos humanos e pluralidade cultural
Direitos humanos e pluralidade cultural
 
Diversidade racial
Diversidade racialDiversidade racial
Diversidade racial
 
Projeto consciência negra powerpoint
Projeto consciência negra powerpointProjeto consciência negra powerpoint
Projeto consciência negra powerpoint
 
Pluralidade cultural
Pluralidade culturalPluralidade cultural
Pluralidade cultural
 
OT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileira
OT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileiraOT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileira
OT Currículo e histórias indígena, africana e afro-brasileira
 
Pcn 10.2 Tt Pluralidade Cultural
Pcn   10.2   Tt Pluralidade CulturalPcn   10.2   Tt Pluralidade Cultural
Pcn 10.2 Tt Pluralidade Cultural
 
O ensino de História e Cultura Afro-brasileira a Distancia
O ensino de História e Cultura Afro-brasileira a DistanciaO ensino de História e Cultura Afro-brasileira a Distancia
O ensino de História e Cultura Afro-brasileira a Distancia
 
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
Literatura afro-brasileira e indígena na escola: A mediação docente na constr...
 
Pluralidade Cultural, Diversidade e Cidadania
Pluralidade Cultural, Diversidade e CidadaniaPluralidade Cultural, Diversidade e Cidadania
Pluralidade Cultural, Diversidade e Cidadania
 
Projeto feira de cultura
Projeto feira de culturaProjeto feira de cultura
Projeto feira de cultura
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
 
A Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. Cinara
A Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. CinaraA Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. Cinara
A Importância da Formação para a Educação Étnico-Racial - Prof. Cinara
 
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...Aula 3    A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
Aula 3 A construção da identidade nacional - 1º ano de Sociologia - Prof. ...
 
Plano de aula Consciência Negra
Plano de aula Consciência Negra Plano de aula Consciência Negra
Plano de aula Consciência Negra
 
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
 
Multiculturalismo e ética
Multiculturalismo e éticaMulticulturalismo e ética
Multiculturalismo e ética
 
Ensino de história e diversidade étnica cultural
Ensino de história e diversidade étnica culturalEnsino de história e diversidade étnica cultural
Ensino de história e diversidade étnica cultural
 
Racismo e Educação - A Lei 10639/03
Racismo e Educação - A Lei 10639/03Racismo e Educação - A Lei 10639/03
Racismo e Educação - A Lei 10639/03
 

Destaque

Consciencia negra para bebes
Consciencia negra para bebesConsciencia negra para bebes
Consciencia negra para bebes
SimoneHelenDrumond
 
Consciência Negra
Consciência NegraConsciência Negra
Consciência Negra
Luzia de Fatima LayolaNunes
 
Bioclimatologia caprinos
Bioclimatologia caprinosBioclimatologia caprinos
Bioclimatologia caprinos
Nathália Gonçalves
 
Dia da conciência negra
Dia da conciência negraDia da conciência negra
Dia da conciência negra
Sueli Biondo Biondo
 
Marcuscompleto
MarcuscompletoMarcuscompleto
Marcuscompleto
carolineborba
 
Dia da conciência negra
Dia da conciência negraDia da conciência negra
Dia da conciência negra
Jaqueline Sarges
 
ConciêNcia Negra 2º máedio A
ConciêNcia Negra 2º máedio AConciêNcia Negra 2º máedio A
ConciêNcia Negra 2º máedio A
Simone Morais
 
Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1
Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1
Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1
kassiarios
 
Avaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º BimestreAvaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Susana Felix
 
1º ano língua portuguesa - caderno do aluno
1º ano   língua portuguesa - caderno do aluno1º ano   língua portuguesa - caderno do aluno
1º ano língua portuguesa - caderno do aluno
Silvânia Silveira
 
Dia da conciência negra vinícius
Dia da conciência negra viníciusDia da conciência negra vinícius
Dia da conciência negra vinícius
elienabetete
 
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestreAvaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
Susana Felix
 
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Eliete Soares E Soares
 
Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa 1º ano - 2015
Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa   1º ano - 2015Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa   1º ano - 2015
Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa 1º ano - 2015
Maria Élia David de Assis Ferreira
 
Consciencia Negra1
Consciencia Negra1Consciencia Negra1
Consciencia Negra1
emacon
 
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º anoAvaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Maria Élia David de Assis Ferreira
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
Atividades Diversas Cláudia
 
Cultura negra3
Cultura negra3Cultura negra3

Destaque (18)

Consciencia negra para bebes
Consciencia negra para bebesConsciencia negra para bebes
Consciencia negra para bebes
 
Consciência Negra
Consciência NegraConsciência Negra
Consciência Negra
 
Bioclimatologia caprinos
Bioclimatologia caprinosBioclimatologia caprinos
Bioclimatologia caprinos
 
Dia da conciência negra
Dia da conciência negraDia da conciência negra
Dia da conciência negra
 
Marcuscompleto
MarcuscompletoMarcuscompleto
Marcuscompleto
 
Dia da conciência negra
Dia da conciência negraDia da conciência negra
Dia da conciência negra
 
ConciêNcia Negra 2º máedio A
ConciêNcia Negra 2º máedio AConciêNcia Negra 2º máedio A
ConciêNcia Negra 2º máedio A
 
Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1
Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1
Trabalho Sobre ConciêNcia Negra1
 
Avaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º BimestreAvaliação Port 1º ano 2º Bimestre
Avaliação Port 1º ano 2º Bimestre
 
1º ano língua portuguesa - caderno do aluno
1º ano   língua portuguesa - caderno do aluno1º ano   língua portuguesa - caderno do aluno
1º ano língua portuguesa - caderno do aluno
 
Dia da conciência negra vinícius
Dia da conciência negra viníciusDia da conciência negra vinícius
Dia da conciência negra vinícius
 
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestreAvaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
Avaliação diagnóstica mat. 1º ano 2º bimestre
 
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)Avaliação semestral de português 1º ano (1)
Avaliação semestral de português 1º ano (1)
 
Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa 1º ano - 2015
Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa   1º ano - 2015Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa   1º ano - 2015
Avaliação diagnóstica de Língua Portuguesa 1º ano - 2015
 
Consciencia Negra1
Consciencia Negra1Consciencia Negra1
Consciencia Negra1
 
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º anoAvaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
Avaliação Diagnóstica de Matematica 1º ano
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
 
Cultura negra3
Cultura negra3Cultura negra3
Cultura negra3
 

Semelhante a Grupo da Any 2ºC

Documento
DocumentoDocumento
Documento
Stefany Meira
 
Projeto de vida.docx
Projeto de vida.docxProjeto de vida.docx
Projeto de vida.docx
VivianyLocatelli
 
Movimento negro
Movimento negro Movimento negro
Movimento negro
Eduardo Borges
 
Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.
Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.
Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.
Loredana Ruffo
 
Movimento negro brasil
Movimento negro  brasilMovimento negro  brasil
Movimento negro brasil
Rômulo Fernando
 
Trabalho conciência negra, adrian e ewerton
Trabalho conciência negra, adrian e ewertonTrabalho conciência negra, adrian e ewerton
Trabalho conciência negra, adrian e ewerton
joaosilva2012
 
O Negro ApóS A AboliçãO
O Negro ApóS A AboliçãOO Negro ApóS A AboliçãO
O Negro ApóS A AboliçãO
ecsette
 
Dia da Consciência Negra
Dia da Consciência NegraDia da Consciência Negra
Dia da Consciência Negra
Verônica Geografia
 
Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...
Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...
Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...
Maísa Fernandes
 
Minorias etnicas
Minorias etnicasMinorias etnicas
Minorias etnicas
Kerol Brombal
 
Educação Antirracista-1.pptx
Educação Antirracista-1.pptxEducação Antirracista-1.pptx
Educação Antirracista-1.pptx
MARIANACRISTINAAMANT
 
Dia da consciencia negra. texto
Dia da consciencia negra.   textoDia da consciencia negra.   texto
Dia da consciencia negra. texto
Jorge Marcos Oliveira
 
Cosciência negra natasha .
Cosciência negra natasha .Cosciência negra natasha .
Cosciência negra natasha .
inclusaodigital2011
 
Cosciência negra
Cosciência negra Cosciência negra
Cosciência negra
inclusaodigital2011
 
Abolição e cidadania uma trajetória de lutas
Abolição e cidadania   uma trajetória de lutasAbolição e cidadania   uma trajetória de lutas
Abolição e cidadania uma trajetória de lutas
Kleyton Skankara
 
A Educação Do Negro No Brasil Palestra
A Educação Do Negro No Brasil   PalestraA Educação Do Negro No Brasil   Palestra
A Educação Do Negro No Brasil Palestra
Fabiana Santos Costa
 
A desigualdade racial
A desigualdade racialA desigualdade racial
A desigualdade racial
vitor moraes ribeiro
 
Trabalho Escravo Vs Direitos Humanos
Trabalho Escravo Vs Direitos HumanosTrabalho Escravo Vs Direitos Humanos
Trabalho Escravo Vs Direitos Humanos
joana
 
Módulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGRO
Módulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGROMódulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGRO
Módulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGRO
Monalisa Barboza
 
Módulo - Literatura marginal
Módulo - Literatura marginalMódulo - Literatura marginal
Módulo - Literatura marginal
Pibid-Letras Córdula
 

Semelhante a Grupo da Any 2ºC (20)

Documento
DocumentoDocumento
Documento
 
Projeto de vida.docx
Projeto de vida.docxProjeto de vida.docx
Projeto de vida.docx
 
Movimento negro
Movimento negro Movimento negro
Movimento negro
 
Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.
Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.
Povos indígenas, afrodescendentes e mulheres na primeira república.
 
Movimento negro brasil
Movimento negro  brasilMovimento negro  brasil
Movimento negro brasil
 
Trabalho conciência negra, adrian e ewerton
Trabalho conciência negra, adrian e ewertonTrabalho conciência negra, adrian e ewerton
Trabalho conciência negra, adrian e ewerton
 
O Negro ApóS A AboliçãO
O Negro ApóS A AboliçãOO Negro ApóS A AboliçãO
O Negro ApóS A AboliçãO
 
Dia da Consciência Negra
Dia da Consciência NegraDia da Consciência Negra
Dia da Consciência Negra
 
Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...
Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...
Diálogos do Turismo: Uma viagem de Inclusão - IGUALDADE RACIAL E TURISMO (P. ...
 
Minorias etnicas
Minorias etnicasMinorias etnicas
Minorias etnicas
 
Educação Antirracista-1.pptx
Educação Antirracista-1.pptxEducação Antirracista-1.pptx
Educação Antirracista-1.pptx
 
Dia da consciencia negra. texto
Dia da consciencia negra.   textoDia da consciencia negra.   texto
Dia da consciencia negra. texto
 
Cosciência negra natasha .
Cosciência negra natasha .Cosciência negra natasha .
Cosciência negra natasha .
 
Cosciência negra
Cosciência negra Cosciência negra
Cosciência negra
 
Abolição e cidadania uma trajetória de lutas
Abolição e cidadania   uma trajetória de lutasAbolição e cidadania   uma trajetória de lutas
Abolição e cidadania uma trajetória de lutas
 
A Educação Do Negro No Brasil Palestra
A Educação Do Negro No Brasil   PalestraA Educação Do Negro No Brasil   Palestra
A Educação Do Negro No Brasil Palestra
 
A desigualdade racial
A desigualdade racialA desigualdade racial
A desigualdade racial
 
Trabalho Escravo Vs Direitos Humanos
Trabalho Escravo Vs Direitos HumanosTrabalho Escravo Vs Direitos Humanos
Trabalho Escravo Vs Direitos Humanos
 
Módulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGRO
Módulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGROMódulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGRO
Módulo - LITERATURA MARGINAL: A RELAÇÃO COM O SOCIAL E O NEGRO
 
Módulo - Literatura marginal
Módulo - Literatura marginalMódulo - Literatura marginal
Módulo - Literatura marginal
 

Mais de João Víctor

Talícia 1ºB
Talícia 1ºBTalícia 1ºB
Talícia 1ºB
João Víctor
 
Jornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºC
Jornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºCJornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºC
Jornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºC
João Víctor
 
Grupo Sara 2ºD
Grupo Sara 2ºDGrupo Sara 2ºD
Grupo Sara 2ºD
João Víctor
 
Grupo da Larissa 1ºA
Grupo da Larissa 1ºAGrupo da Larissa 1ºA
Grupo da Larissa 1ºA
João Víctor
 
Grupo do Luan 3ºB
Grupo do Luan 3ºBGrupo do Luan 3ºB
Grupo do Luan 3ºB
João Víctor
 
Grupo da Débora 1ºC
Grupo da Débora 1ºCGrupo da Débora 1ºC
Grupo da Débora 1ºC
João Víctor
 
Grupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºAGrupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºA
João Víctor
 
Apartheid Grupo da Gabriela 3ºA
Apartheid Grupo da Gabriela 3ºAApartheid Grupo da Gabriela 3ºA
Apartheid Grupo da Gabriela 3ºA
João Víctor
 

Mais de João Víctor (8)

Talícia 1ºB
Talícia 1ºBTalícia 1ºB
Talícia 1ºB
 
Jornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºC
Jornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºCJornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºC
Jornal da época com as leis abolicionistas - Grupo João Víctor 1ºC
 
Grupo Sara 2ºD
Grupo Sara 2ºDGrupo Sara 2ºD
Grupo Sara 2ºD
 
Grupo da Larissa 1ºA
Grupo da Larissa 1ºAGrupo da Larissa 1ºA
Grupo da Larissa 1ºA
 
Grupo do Luan 3ºB
Grupo do Luan 3ºBGrupo do Luan 3ºB
Grupo do Luan 3ºB
 
Grupo da Débora 1ºC
Grupo da Débora 1ºCGrupo da Débora 1ºC
Grupo da Débora 1ºC
 
Grupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºAGrupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºA
 
Apartheid Grupo da Gabriela 3ºA
Apartheid Grupo da Gabriela 3ºAApartheid Grupo da Gabriela 3ºA
Apartheid Grupo da Gabriela 3ºA
 

Último

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 

Último (20)

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 

Grupo da Any 2ºC

  • 1. Dia Nacional Da Consciência Negra
  • 2. • No dia 20 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Consciência Negra, em homenagem à morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares. • O quilombo era uma localidade situada na Serra da Barriga, onde escravos se refugiavam. Com o passar dos anos, chegou a atingir uma população de vinte mil habitantes, em razão do aumento das fugas dos escravos.
  • 3. • Muitas pessoas eram contra essa forma de tratar os negros e várias tentativas aconteceram ao longo da história para defender seus direitos. Em 1871 a Lei do Ventre Livre libertou os filhos de escravos que ainda iriam nascer; em 1885 a Lei dos Sexagenários deu direito à liberdade aos escravos com mais de sessenta anos. • Mas Princesa Isabel foi a responsável pela libertação dos escravos, quando assinou a Lei Áurea, em 13 de maio de 1888, dando-os direito de ir embora das fazendas em que trabalhavam ou de continuar morando com seus patrões, como empregados e não mais como escravos.
  • 4. • Na época da escravidão os negros não tinham direito ao estudo ou a aprender outros tipos de trabalho que não fossem os braçais, ficando presos a esse tipo de tarefa. • Muitos deles, estando libertos, continuaram na mesma vida por não terem condições de se sustentar. • O dia da consciência negra é marcado pela luta contra o preconceito racial, contra a inferioridade da classe perante a sociedade. Além desses assuntos, enfatizam sobre o respeito enquanto pessoas humanas, além de discutir e trabalhar para conscientizar as pessoas da importância da raça negra e de sua cultura na formação do povo brasileiro e da cultura do nosso país.
  • 5. • Algumas entidades como o Movimento Negro (o maior do gênero no país) organizam palestras e eventos educativos, visando principalmente crianças negras. A instituição procura evitar o desenvolvimento do auto-preconceito, ou seja, da inferiorização perante a sociedade. • Outros temas debatidos pela comunidade negra e que ganham evidência neste dia são: inserção do negro no mercado de trabalho, cotas universitárias, se há discriminação por parte da polícia, identificação de etnias, moda e beleza negra, etc.
  • 6.
  • 7. Não precisamos de um dia de consciência negra, branca, amarela, parda, albina etc... Precisamos de 365 dias conciência humana.!