SlideShare uma empresa Scribd logo
Os Espíritos constantemente nos
rodeiam...
Por isso, podem ver tudo o que
fazemos...
Cada um, porém, só vê aquilo a que dá
atenção...
Não se ocupam com o que lhes é
indiferente.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 456
457. Os Espíritos podem conhecer os nossos
pensamentos mais secretos?
» — Conhecem, muitas vezes, aquilo que
desejaríeis ocultar a vós mesmos;
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 457
» (...) por serem invisíveis aos nossos olhos materiais,
nem por isso deixam de estar no espaço, ao redor de
nós, ao nosso lado, espiando nossas ações, lendo os
nossos pensamentos, uns para nos fazerem o bem,
outros para nos induzirem ao mal, conforme sejam
bons ou maus.
ALLAN KARDEC – REVISTA ESPÍRITA – OUTUBRO
DE 1858. OBSEDIADOS E SUBJUGADOS
457 a) Assim sendo, pareceria mais
fácil ocultar-se uma coisa a uma pessoa viva,
pois não o podemos fazer a essa mesma
pessoa depois de morta?
ALLAN KARDEC – O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 457ª .
» R – Certamente, e, quando acreditais
estarem bem escondidos,
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 457A
ALLAN KARDEC – O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 458
LE – 459. Influem os Espíritos em nossos
pensamentos e em nossos atos?
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 459
ESPÍRITOS
Temos a impressão de que alguém
nos fala...
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
NOSSOS
Geralmente são os que acontecem
em primeiro lugar...
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
» Sobre este assunto, esclarecem os Espíritos:
» – Não nos é de grande interesse fazer esta distinção.
» – Aliás, muitas vezes é útil que não saibamos fazê-la.
» – Não fazendo distinção, o homem age com mais
liberdade.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
• É voluntariamente
que o pratica.
• Demonstra a solidez
de suas convicções.
Quando o
homem se
decide pelo
bem...
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
Se toma o mau caminho...
Responde pela sua escolha.
Maior será a sua responsabilidade.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461.
» – Pode ser bom ou mau,
.
É sempre bom para aquele que ouve as boas
inspirações.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 463.
» – ―Estudai o caso. Os bons Espíritos só para
o bem aconselham. Compete-vos discernir.‖
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 464
» – São instrumentos próprios a pôr em prova a fé e a
constância dos homens na prática do bem.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 466
» – Têm como missão nos colocar no bom caminho.
» •Como Espírito que somos, temos que progredir na
ciência do infinito. Daí passarmos pelas provas,
para chegarmos ao bem.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 466
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 466
Quando as
más
influências
agem
sobre vós.
É que as
atraístes
pelo
desejo do
mal.
Porque os
espíritos
inferiores
vêm vos
auxiliar no
mal, quando
tendes a
vontade de
praticá-lo;
eles não
podem vos
ajudar no
mal senão
quando
quereis o
mal.
» LE – 467. Pode o homem eximir-se da influência dos
Espíritos que procuram arrastá-lo ao mal?
» – ―Pode, visto que tais Espíritos só se apegam aos que,
pelos , ou aos que,
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 467
» LE – 468. Renunciam às suas tentativas os Espíritos
cuja influência a vontade do homem repele?
» – ―Que querias que fizessem?
Entretanto,
como o gato que tocaia o rato.‖
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 468
COMO ME PROTEGER?
PRATICAR O
BEM
DESCONFIAR DO
ORGULHO
REJEITAR MAUS
PENSAMENTOS
CONFIAR EM
DEUS
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 469
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 470
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 470
LE – 525. Exercem os
Espíritos alguma
influência nos
acontecimentos da vida?
– ―Certamente, pois que
vos aconselham.‖
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 525
» – ―Sim, mas nunca atuam fora das leis da
Natureza.‖
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 525ª .
» ☼ Assim, por exemplo, provocarão a reunião de
duas pessoas que
inspirarão a alguém o pensamento de passar por
determinado lugar; chamarão sua atenção sobre um
certo ponto, se isso deve causar o resultado que
tenham em vista obter, de tal modo que o homem,
acreditando seguir somente um impulso próprio,
conserva sempre seu livre-arbítrio.
COMENTÁRIO DE ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 525ª .
» – Aproveitam as circunstâncias, mas frequentemente
as provocam, oferecendo-vos ou levando-vos
inconscientemente ao objeto de vossa cobiça.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 526
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 526
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 526
O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 528
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 528
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 528
» – Eles se satisfazem em causar aborrecimentos que
são provas para exercitar vossa paciência, mas se
cansam quando não conseguem nada.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 530
» Entretanto, não seria justo nem exato acusá-los de
todas as vossas decepções, de que sois os primeiros
responsáveis pela vossa leviandade.
» Acreditai, portanto, que, se a vossa baixela de louça
se quebra, é antes pela vossa falta de jeito do que por
culpa dos Espíritos.
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 530.
» – ―Algumas vezes, como prova. Quase sempre,
porém, recusam, como se recusa à criança a
satisfação de um pedido inconsiderado.‖
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 533
» – ―Uns e outros. Depende da intenção. As mais das
vezes, entretanto, os que os concedem são os
Espíritos que vos querem arrastar para o mal e que
encontram meio fácil de o conseguirem, facilitando-
vos os gozos que a riqueza proporciona.‖
ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 533ª .
LE – 551. Pode um homem mau, com o
auxílio de um mau Espírito que lhe seja
dedicado, fazer mal ao seu próximo?
– ―Não; Deus não o permitiria.‖
Como os espíritos podem penetrar os nossos pensamentos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Intervenção dos espiritos no mundo corporalIntervenção dos espiritos no mundo corporal
Intervenção dos espiritos no mundo corporal
carlos freire
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
home
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
Unesp
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
Luciane Belchior
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
Marilice Passos
 
Os superiores e os inferiores
Os superiores e os inferioresOs superiores e os inferiores
Os superiores e os inferiores
Izabel Cristina Fonseca
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
Graça Maciel
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Lar, escola das almas
Lar, escola das almasLar, escola das almas
Lar, escola das almas
Deborah Oliver
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidadeRoteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Bruno Cechinel Filho
 
Ansiedade e espiritismo
Ansiedade e espiritismoAnsiedade e espiritismo
Ansiedade e espiritismo
Welington Ernane Porfírio
 
A INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITA
A INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITAA INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITA
A INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Marcos Antônio Alves
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
A Vontade
A VontadeA Vontade
A Vontade
Ceile Bernardo
 
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralPalestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Divulgador do Espiritismo
 
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
Francisco de Assis Alencar
 
Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?
home
 

Mais procurados (20)

Intervenção dos espiritos no mundo corporal
Intervenção dos espiritos no mundo corporalIntervenção dos espiritos no mundo corporal
Intervenção dos espiritos no mundo corporal
 
Caracteres da perfeição
Caracteres da perfeiçãoCaracteres da perfeição
Caracteres da perfeição
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
Laços familia
Laços familiaLaços familia
Laços familia
 
Os superiores e os inferiores
Os superiores e os inferioresOs superiores e os inferiores
Os superiores e os inferiores
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
 
Lar, escola das almas
Lar, escola das almasLar, escola das almas
Lar, escola das almas
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidadeRoteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
 
Ansiedade e espiritismo
Ansiedade e espiritismoAnsiedade e espiritismo
Ansiedade e espiritismo
 
A INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITA
A INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITAA INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITA
A INVEJA E O CIÚMES NA VISÃO ESPIRITA
 
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos (Palestra Espírita)
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
 
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
ESDE - Roteiro complementar. Módulo I, roteiro 5: sorte das crianças depois d...
 
A Vontade
A VontadeA Vontade
A Vontade
 
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralPalestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
 
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
A cólera - E.S.E. Cap IX itens 9 e 10
 
Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?
 

Semelhante a Como os espíritos podem penetrar os nossos pensamentos

Questões de o livro dos espíritos que abordam lições referentes à obsessão.
Questões de o livro dos espíritos que  abordam lições referentes à obsessão.Questões de o livro dos espíritos que  abordam lições referentes à obsessão.
Questões de o livro dos espíritos que abordam lições referentes à obsessão.
Graça Maciel
 
Influência dos espíritos sobre os nossos pensamentos
Influência dos espíritos sobre os nossos pensamentosInfluência dos espíritos sobre os nossos pensamentos
Influência dos espíritos sobre os nossos pensamentos
Graça Maciel
 
Anjos guardiães
Anjos guardiãesAnjos guardiães
Anjos guardiães
Graça Maciel
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Graça Maciel
 
Infllência dos espiritos
Infllência dos espiritosInfllência dos espiritos
Infllência dos espiritos
Graça Maciel
 
Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
Graça Maciel
 
O ESPÍRITA ALLAN KARDEC
O ESPÍRITA ALLAN KARDECO ESPÍRITA ALLAN KARDEC
O ESPÍRITA ALLAN KARDEC
Jorge Luiz dos Santos
 
2.9.1 penetração de nosso pensamento pelos espiritos
2.9.1   penetração de nosso pensamento pelos espiritos2.9.1   penetração de nosso pensamento pelos espiritos
2.9.1 penetração de nosso pensamento pelos espiritos
Marta Gomes
 
Adoração
AdoraçãoAdoração
Adoração
Graça Maciel
 
Reencarnação Oportunidade Divina
Reencarnação Oportunidade DivinaReencarnação Oportunidade Divina
Reencarnação Oportunidade Divina
Izabel Cristina Fonseca
 
Reencarnação oportunidade divina
Reencarnação oportunidade divinaReencarnação oportunidade divina
Reencarnação oportunidade divina
marcionora
 
DOUTRINA DO BOM SENSO
DOUTRINA DO BOM SENSODOUTRINA DO BOM SENSO
DOUTRINA DO BOM SENSO
Jorge Luiz dos Santos
 
Lei de justiça
Lei de justiça Lei de justiça
Lei de justiça
grupodepaisceb
 
Obsessão e suas consequências
Obsessão e suas consequênciasObsessão e suas consequências
Obsessão e suas consequências
Graça Maciel
 
Tributo a Allan Kardec quarta parte-final
Tributo a Allan Kardec   quarta parte-finalTributo a Allan Kardec   quarta parte-final
Tributo a Allan Kardec quarta parte-final
Helio Cruz
 
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Patricia Farias
 
Conversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituais
Conversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituaisConversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituais
Conversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituais
Fatoze
 
Tributo a allan kardec quarta parte-final
Tributo a allan kardec   quarta parte-finalTributo a allan kardec   quarta parte-final
Tributo a allan kardec quarta parte-final
Helio Cruz
 
Tributo a allan kardec quarta parte - final
Tributo a allan kardec   quarta parte - finalTributo a allan kardec   quarta parte - final
Tributo a allan kardec quarta parte - final
Helio Cruz
 
Informativo IEEAK Julho 2016
Informativo IEEAK Julho 2016 Informativo IEEAK Julho 2016

Semelhante a Como os espíritos podem penetrar os nossos pensamentos (20)

Questões de o livro dos espíritos que abordam lições referentes à obsessão.
Questões de o livro dos espíritos que  abordam lições referentes à obsessão.Questões de o livro dos espíritos que  abordam lições referentes à obsessão.
Questões de o livro dos espíritos que abordam lições referentes à obsessão.
 
Influência dos espíritos sobre os nossos pensamentos
Influência dos espíritos sobre os nossos pensamentosInfluência dos espíritos sobre os nossos pensamentos
Influência dos espíritos sobre os nossos pensamentos
 
Anjos guardiães
Anjos guardiãesAnjos guardiães
Anjos guardiães
 
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudaráAjuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
Ajuda-te a ti mesmo que o céu te ajudará
 
Infllência dos espiritos
Infllência dos espiritosInfllência dos espiritos
Infllência dos espiritos
 
Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
 
O ESPÍRITA ALLAN KARDEC
O ESPÍRITA ALLAN KARDECO ESPÍRITA ALLAN KARDEC
O ESPÍRITA ALLAN KARDEC
 
2.9.1 penetração de nosso pensamento pelos espiritos
2.9.1   penetração de nosso pensamento pelos espiritos2.9.1   penetração de nosso pensamento pelos espiritos
2.9.1 penetração de nosso pensamento pelos espiritos
 
Adoração
AdoraçãoAdoração
Adoração
 
Reencarnação Oportunidade Divina
Reencarnação Oportunidade DivinaReencarnação Oportunidade Divina
Reencarnação Oportunidade Divina
 
Reencarnação oportunidade divina
Reencarnação oportunidade divinaReencarnação oportunidade divina
Reencarnação oportunidade divina
 
DOUTRINA DO BOM SENSO
DOUTRINA DO BOM SENSODOUTRINA DO BOM SENSO
DOUTRINA DO BOM SENSO
 
Lei de justiça
Lei de justiça Lei de justiça
Lei de justiça
 
Obsessão e suas consequências
Obsessão e suas consequênciasObsessão e suas consequências
Obsessão e suas consequências
 
Tributo a Allan Kardec quarta parte-final
Tributo a Allan Kardec   quarta parte-finalTributo a Allan Kardec   quarta parte-final
Tributo a Allan Kardec quarta parte-final
 
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
Livro dos Espiritos Q.447a452 ESE cap3
 
Conversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituais
Conversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituaisConversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituais
Conversando o Evangelho - Verdades e dádivas espirituais
 
Tributo a allan kardec quarta parte-final
Tributo a allan kardec   quarta parte-finalTributo a allan kardec   quarta parte-final
Tributo a allan kardec quarta parte-final
 
Tributo a allan kardec quarta parte - final
Tributo a allan kardec   quarta parte - finalTributo a allan kardec   quarta parte - final
Tributo a allan kardec quarta parte - final
 
Informativo IEEAK Julho 2016
Informativo IEEAK Julho 2016 Informativo IEEAK Julho 2016
Informativo IEEAK Julho 2016
 

Mais de Graça Maciel

Missao dos Espiritas
Missao dos EspiritasMissao dos Espiritas
Missao dos Espiritas
Graça Maciel
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
Graça Maciel
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
Graça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4
Graça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3
Graça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2
Graça Maciel
 
Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1
Graça Maciel
 
Missão dos espíritas
Missão dos espíritasMissão dos espíritas
Missão dos espíritas
Graça Maciel
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a lei
Graça Maciel
 
Pecado por pensamento
Pecado por pensamentoPecado por pensamento
Pecado por pensamento
Graça Maciel
 
Amai os vossos inimigos
Amai  os  vossos  inimigosAmai  os  vossos  inimigos
Amai os vossos inimigos
Graça Maciel
 
Ação da prece
Ação da preceAção da prece
Ação da prece
Graça Maciel
 
Pensamento benévolo
Pensamento benévoloPensamento benévolo
Pensamento benévolo
Graça Maciel
 
Missão dos Pais
Missão dos PaisMissão dos Pais
Missão dos Pais
Graça Maciel
 
Obsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritasObsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritas
Graça Maciel
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
Graça Maciel
 
O mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconheceO mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconhece
Graça Maciel
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Graça Maciel
 
O homem depois da morte
O homem depois da morte O homem depois da morte
O homem depois da morte
Graça Maciel
 
Respeito a crença alheia
Respeito a crença alheiaRespeito a crença alheia
Respeito a crença alheia
Graça Maciel
 

Mais de Graça Maciel (20)

Missao dos Espiritas
Missao dos EspiritasMissao dos Espiritas
Missao dos Espiritas
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4
 
Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3Obsessão por fascinação - parte 3
Obsessão por fascinação - parte 3
 
Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2Obsessão por fascinação - parte 2
Obsessão por fascinação - parte 2
 
Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1
 
Missão dos espíritas
Missão dos espíritasMissão dos espíritas
Missão dos espíritas
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a lei
 
Pecado por pensamento
Pecado por pensamentoPecado por pensamento
Pecado por pensamento
 
Amai os vossos inimigos
Amai  os  vossos  inimigosAmai  os  vossos  inimigos
Amai os vossos inimigos
 
Ação da prece
Ação da preceAção da prece
Ação da prece
 
Pensamento benévolo
Pensamento benévoloPensamento benévolo
Pensamento benévolo
 
Missão dos Pais
Missão dos PaisMissão dos Pais
Missão dos Pais
 
Obsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritasObsessão nos grupos espíritas
Obsessão nos grupos espíritas
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
 
O mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconheceO mau pensamento como se reconhece
O mau pensamento como se reconhece
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
 
O homem depois da morte
O homem depois da morte O homem depois da morte
O homem depois da morte
 
Respeito a crença alheia
Respeito a crença alheiaRespeito a crença alheia
Respeito a crença alheia
 

Último

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 

Último (14)

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 

Como os espíritos podem penetrar os nossos pensamentos

  • 1.
  • 2.
  • 3. Os Espíritos constantemente nos rodeiam... Por isso, podem ver tudo o que fazemos... Cada um, porém, só vê aquilo a que dá atenção... Não se ocupam com o que lhes é indiferente. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 456
  • 4. 457. Os Espíritos podem conhecer os nossos pensamentos mais secretos? » — Conhecem, muitas vezes, aquilo que desejaríeis ocultar a vós mesmos; ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 457
  • 5. » (...) por serem invisíveis aos nossos olhos materiais, nem por isso deixam de estar no espaço, ao redor de nós, ao nosso lado, espiando nossas ações, lendo os nossos pensamentos, uns para nos fazerem o bem, outros para nos induzirem ao mal, conforme sejam bons ou maus. ALLAN KARDEC – REVISTA ESPÍRITA – OUTUBRO DE 1858. OBSEDIADOS E SUBJUGADOS
  • 6. 457 a) Assim sendo, pareceria mais fácil ocultar-se uma coisa a uma pessoa viva, pois não o podemos fazer a essa mesma pessoa depois de morta? ALLAN KARDEC – O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 457ª .
  • 7. » R – Certamente, e, quando acreditais estarem bem escondidos, ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 457A
  • 8. ALLAN KARDEC – O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 458
  • 9. LE – 459. Influem os Espíritos em nossos pensamentos e em nossos atos? ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 459
  • 10. ESPÍRITOS Temos a impressão de que alguém nos fala... ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
  • 11. NOSSOS Geralmente são os que acontecem em primeiro lugar... ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
  • 12. » Sobre este assunto, esclarecem os Espíritos: » – Não nos é de grande interesse fazer esta distinção. » – Aliás, muitas vezes é útil que não saibamos fazê-la. » – Não fazendo distinção, o homem age com mais liberdade. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
  • 13. • É voluntariamente que o pratica. • Demonstra a solidez de suas convicções. Quando o homem se decide pelo bem... ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461
  • 14. Se toma o mau caminho... Responde pela sua escolha. Maior será a sua responsabilidade. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 461.
  • 15. » – Pode ser bom ou mau, . É sempre bom para aquele que ouve as boas inspirações. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 463.
  • 16. » – ―Estudai o caso. Os bons Espíritos só para o bem aconselham. Compete-vos discernir.‖ ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 464
  • 17. » – São instrumentos próprios a pôr em prova a fé e a constância dos homens na prática do bem. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 466
  • 18. » – Têm como missão nos colocar no bom caminho. » •Como Espírito que somos, temos que progredir na ciência do infinito. Daí passarmos pelas provas, para chegarmos ao bem. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 466
  • 19. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 466 Quando as más influências agem sobre vós. É que as atraístes pelo desejo do mal. Porque os espíritos inferiores vêm vos auxiliar no mal, quando tendes a vontade de praticá-lo; eles não podem vos ajudar no mal senão quando quereis o mal.
  • 20. » LE – 467. Pode o homem eximir-se da influência dos Espíritos que procuram arrastá-lo ao mal? » – ―Pode, visto que tais Espíritos só se apegam aos que, pelos , ou aos que, ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 467
  • 21. » LE – 468. Renunciam às suas tentativas os Espíritos cuja influência a vontade do homem repele? » – ―Que querias que fizessem? Entretanto, como o gato que tocaia o rato.‖ ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 468
  • 22. COMO ME PROTEGER? PRATICAR O BEM DESCONFIAR DO ORGULHO REJEITAR MAUS PENSAMENTOS CONFIAR EM DEUS ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 469
  • 23. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 470
  • 24. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 470
  • 25. LE – 525. Exercem os Espíritos alguma influência nos acontecimentos da vida? – ―Certamente, pois que vos aconselham.‖ ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 525
  • 26. » – ―Sim, mas nunca atuam fora das leis da Natureza.‖ ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 525ª .
  • 27. » ☼ Assim, por exemplo, provocarão a reunião de duas pessoas que inspirarão a alguém o pensamento de passar por determinado lugar; chamarão sua atenção sobre um certo ponto, se isso deve causar o resultado que tenham em vista obter, de tal modo que o homem, acreditando seguir somente um impulso próprio, conserva sempre seu livre-arbítrio. COMENTÁRIO DE ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 525ª .
  • 28. » – Aproveitam as circunstâncias, mas frequentemente as provocam, oferecendo-vos ou levando-vos inconscientemente ao objeto de vossa cobiça. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
  • 29. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
  • 30. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
  • 31. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
  • 32. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 472 .
  • 33. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 526
  • 34. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 526
  • 35. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 526
  • 36. O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
  • 37. O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
  • 38. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
  • 39. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
  • 40. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 527
  • 41. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 528
  • 42. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 528
  • 43. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 528
  • 44. » – Eles se satisfazem em causar aborrecimentos que são provas para exercitar vossa paciência, mas se cansam quando não conseguem nada. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 530
  • 45. » Entretanto, não seria justo nem exato acusá-los de todas as vossas decepções, de que sois os primeiros responsáveis pela vossa leviandade. » Acreditai, portanto, que, se a vossa baixela de louça se quebra, é antes pela vossa falta de jeito do que por culpa dos Espíritos. ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 530.
  • 46. » – ―Algumas vezes, como prova. Quase sempre, porém, recusam, como se recusa à criança a satisfação de um pedido inconsiderado.‖ ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 533
  • 47. » – ―Uns e outros. Depende da intenção. As mais das vezes, entretanto, os que os concedem são os Espíritos que vos querem arrastar para o mal e que encontram meio fácil de o conseguirem, facilitando- vos os gozos que a riqueza proporciona.‖ ALLAN KARDEC - O LIVRO DO ESPÍRITOS – Q. 533ª .
  • 48. LE – 551. Pode um homem mau, com o auxílio de um mau Espírito que lhe seja dedicado, fazer mal ao seu próximo? – ―Não; Deus não o permitiria.‖