SlideShare uma empresa Scribd logo
Cartilha8 S
APRESENTAÇÃO

O Programa 8’S, Mudança e Qualidade de Vida, está sendo
implantado na Secretaria da Fazenda do Estado do Piauí, pela
UNAFIN (Unidade Administrativa – Financeira) para aumentar a
qualidade e a produtividade do trabalho.

Este projeto surgiu com o intuito de otimizar os resultados do
trabalho dos servidores fazendários, implementando uma
mudança comportamental e de atitude.



                                                  Equipe UNAFIN
O QUE É PROGRAMA 8S?

O "Programa 8S" ganhou esse nome devido às iniciais das oito
palavras japonesas que sintetizam as etapas do programa. Veja
abaixo as palavras e suas versões para o português

SHIKARI YARO – Senso de Determinação
SHIDO – Senso de Educação,Treinamento
SEIRI – Senso de Descarte, Organização
SEITON – Senso de Ordem, Arrumação
SEISO – Senso de Limpeza
SEIKETSU – Senso de Saúde
SHITSUKE – Senso de Disciplina
SETSUYAKU – Senso de Economia
OBJETIVO


O objetivo deste programa é apresentar uma metodologia prática
para a reorganização da SEFAZ-PI, buscando uma melhor
eficiência no serviço prestado.

Propõe uma reeducação e recuperação de práticas e valores
freqüentemente esquecidos, mas certamente conhecidos e
prezados por todos.
BENEFÍCIOS

Eliminação do desperdício
Otimização do espaço
Racionalização do tempo
Redução do estresse
Possibilita melhores condições de higiene
Aumento da vida útil dos materiais
Padronização
Qualificação do profissional
Melhoria das relações humanas
Incentivo à criatividade
Autodisciplina
Base para a Qualidade Total
1°- SHIKARI YARO – SENSO DE DETERMINAÇÃO

A Alta Administração deve comprometer-se para a união de
todos no processo pela melhoria contínua.

Não se conseguirá nada se não houver o envolvimento e o
comprometimento de todos os níveis hierárquicos da empresa.
COMO PRATICAR?

        Aplicando o Senso de Determinação

1. Busque sempre a união para atingir os objetivos da
    organização;
2. Comprometa-se com a motivação e liderança dos
    colaboradores;
3. Fundamente suas decisões em fatos e dados;
4. Torne o funcionário parte integrante da empresa;
5.Colabore quando solicitado;
2° - SHIDO – SENSO DE EDUCAÇÃO

Todo cidadão deve ser qualificado profissionalmente e receber
treinamentos contínuos, buscando o aperfeiçoamento na sua
área de atuação para o seu crescimento pessoal e profissional.
COMO PRATICAR?

         Aplicando o Senso de Educação

1. Participe ativamente dos programas de treinamentos;

2. Analise os objetivos e resultados dos cursos e
    treinamentos;

3. Dê sugestões sobre cursos de capacitação;

4. Participe de Palestras e seminários.
3º SETSUYAKU - SENSO DE ECONOMIA

Em toda organização há desperdícios, gastos desnecessários e
perdas financeiras.

Combater estes gastos e perdas torna-se então imprescindível.
COMO PRATICAR?

            Aplicando o Senso de Economia



1. Aproveite melhor máquinas, equipamentos, materiais e o
   tempo nas tarefas;
2. Evite perdas e gastos desnecessários;
3. Aproveite melhor os recursos;
4. Faça um correto planejamento dos custos e despesas do
   seu setor;
4° - “SEIRI - UTILIZAÇÃO”

É separar o necessário do desnecessário estabelecendo um
destino para aquelas coisas que deixaram de ser úteis para
aquele ambiente, pessoa ou local.
COMO PRATICAR?
              Aplicando o Senso de Utilização

1. Separar tudo o que não tiver utilidade para o setor:

   Materiais quebrados, obsoletos etc. (por exemplo, aquela
   velha máquina de calcular que ninguém usa mais);

   Materiais que não têm utilidade para o serviço executado
   pelo setor;

2. Descartar o que não serve, disponibilizando para outros
    setores aquilo que não é utilizado pelo setor:
   Devolver ao almoxarifado o excedente dos materiais
    estocados no setor;
5° - “SEITON” – SENSO DE ORDEM


É colocar em ordem tudo o que é necessário, arrumar e
ordenar aquilo que permaneceu no setor por ser
considerado necessário.
COMO PRATICAR?

            Aplicando o Senso de Ordem

Será que encontro o que procuro com facilidade? Se alguém
me substituir vai ter facilidade de encontrar documentos
com rapidez?

Se a resposta for NÃO execute os passos abaixo.
1. Defina um lugar para cada coisa;
2. Guarde cada coisa no seu devido lugar;
3. Coloque etiquetas de identificação.
6° - “SEISO” SENSO DE LIMPEZA

Deixar o local limpo e os equipamentos em perfeito
funcionamento.

O mais importante do que limpar é não Sujar !
COMO PRATICAR?

              Aplicando o Senso de Limpeza

1. Limpe o seu ambiente de trabalho e os seus objetos de uso;
2. Preocupe-se em não sujar e em observar o que pode
    ocasionar a presença de sujeira;
3. Oriente seu colega quando o vir contrariando esse SENSO.
4. Acionar regularmente, ou sempre que necessário, o pessoal
    encarregado da limpeza e da manutenção de máquinas e
    equipamentos.
7° - SEIKETSU – SENSO DE SAÚDE E BEM-ESTAR

Manter e conservar o ambiente de forma agradável, onde
todos se sintam bem, tendo o cuidado para que os estágios
de Determinação, Educação, Organização, Ordenamento e
Limpeza, já alcançados, não retrocedam .
COMO PRATICAR?
         Aplicando o Senso de Saúde e Bem Estar

1. Adotar como rotina a prática dos três "S" anteriores;

2. Estar atento às condições ambientais de trabalho, tais como
    iluminação, ventilação, ergometria dos móveis etc;

3. Promover o respeito mútuo, agindo com polidez e criando um
    ambiente propício ao relacionamento interpessoal;

4. Adotar hábitos de cuidado com a saúde e higiene pessoal;

5. Criar um ambiente harmonioso que leve em consideração a
    estética (beleza) do local de trabalho.
8º - SHITSUKE - SENSO DE AUTODISCIPLINA


Educar para disciplinar os bons hábitos.
Melhorar constantemente. Desenvolver a força de vontade, a
criatividade e o senso crítico. Respeitar e cumprir as rotinas
estabelecidas.




                        SIM                                NÃO
COMO PRATICAR?

            Aplicando o Senso de Autodisciplina

Tornar a prática dos "S" anteriores uma rotina a ser cumprida
   disciplinadamente.

1. Compartilhe objetivos.
2. Difundir regularmente conceitos e informações.
3. Agir com paciência e perseverança no cumprimento das
   rotinas.
4. Transforme a disciplina dos “8S" em autodisciplina,
   incorporando definitivamente os valores que o programa
   recomenda.
5. Crie mecanismos de avaliação e motivação.
A capacidade de apreciar e de praticar o que é certo está dentro do ser
  humano. Porém, quando NINGUÉM faz aquilo que QUALQUER UM
       poderia ter feito, TODO MUNDO sofre as conseqüências.

    “A mudança deverá ocorrer dentro de cada um de nós. Se não
tomarmos a decisão pessoal de viver com dignidade, ninguém poderá
nos ajudar”. A vontade tem de vir da ALMA. As pessoas que convivem
   com você notarão a diferença e procurarão imitá-lo, criando um
       ambiente saudável e propício para sua auto-realização.

       Torne estes procedimentos hábitos constantes em sua vida
profissional e pessoal, e só assim você estará criando um ambiente de
                               qualidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação 5 s 38 slides
Apresentação 5 s 38 slidesApresentação 5 s 38 slides
Apresentação 5 s 38 slides
JOSEHB
 
Epi
EpiEpi
Programa 5S
Programa 5SPrograma 5S
Programa 5S
Nyedson Barbosa
 
Treinamento 5S
Treinamento 5STreinamento 5S
Treinamento 5S
César Serradas
 
Cartilha Riscos na Limpeza
Cartilha Riscos na LimpezaCartilha Riscos na Limpeza
Cartilha Riscos na Limpeza
Robson Peixoto
 
TREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSAN
TREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSANTREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSAN
TREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSAN
Dennis Moliterno
 
Treinamento 5 S
Treinamento 5 STreinamento 5 S
Treinamento 5 S
Rubia Soraya Rabello
 
Treinamento 5S Básico
Treinamento 5S BásicoTreinamento 5S Básico
Treinamento 5S Básico
Joao Ricardo
 
01. treinamento 6S final
01. treinamento 6S final01. treinamento 6S final
01. treinamento 6S final
Taysa Mattos
 
Introdução ao SESMT
Introdução ao SESMTIntrodução ao SESMT
Introdução ao SESMT
Stael Gomes
 
Programa 5S
Programa 5SPrograma 5S
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
niedsonsantana
 
Nr 32 treinamento básico
Nr 32 treinamento básicoNr 32 treinamento básico
Nr 32 treinamento básico
Ythia Karla
 
Aula EPI - Apresentação
Aula EPI - ApresentaçãoAula EPI - Apresentação
Aula EPI - Apresentação
Rapha_Carvalho
 
Programa 5S
Programa 5SPrograma 5S
Ergonomia e Fisiologia do Trabalho
Ergonomia e Fisiologia do TrabalhoErgonomia e Fisiologia do Trabalho
Ergonomia e Fisiologia do Trabalho
Instituto Consciência GO
 
Apresentação 5 s
Apresentação 5 sApresentação 5 s
Apresentação 5 s
Aildo de Lima
 
Esterilizacao
EsterilizacaoEsterilizacao
Higienização das mãos
Higienização das mãosHigienização das mãos
5S
5S5S

Mais procurados (20)

Apresentação 5 s 38 slides
Apresentação 5 s 38 slidesApresentação 5 s 38 slides
Apresentação 5 s 38 slides
 
Epi
EpiEpi
Epi
 
Programa 5S
Programa 5SPrograma 5S
Programa 5S
 
Treinamento 5S
Treinamento 5STreinamento 5S
Treinamento 5S
 
Cartilha Riscos na Limpeza
Cartilha Riscos na LimpezaCartilha Riscos na Limpeza
Cartilha Riscos na Limpeza
 
TREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSAN
TREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSANTREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSAN
TREINAMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DA LIMPEZA DA CURSAN
 
Treinamento 5 S
Treinamento 5 STreinamento 5 S
Treinamento 5 S
 
Treinamento 5S Básico
Treinamento 5S BásicoTreinamento 5S Básico
Treinamento 5S Básico
 
01. treinamento 6S final
01. treinamento 6S final01. treinamento 6S final
01. treinamento 6S final
 
Introdução ao SESMT
Introdução ao SESMTIntrodução ao SESMT
Introdução ao SESMT
 
Programa 5S
Programa 5SPrograma 5S
Programa 5S
 
Qualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalhoQualidade de vida no trabalho
Qualidade de vida no trabalho
 
Nr 32 treinamento básico
Nr 32 treinamento básicoNr 32 treinamento básico
Nr 32 treinamento básico
 
Aula EPI - Apresentação
Aula EPI - ApresentaçãoAula EPI - Apresentação
Aula EPI - Apresentação
 
Programa 5S
Programa 5SPrograma 5S
Programa 5S
 
Ergonomia e Fisiologia do Trabalho
Ergonomia e Fisiologia do TrabalhoErgonomia e Fisiologia do Trabalho
Ergonomia e Fisiologia do Trabalho
 
Apresentação 5 s
Apresentação 5 sApresentação 5 s
Apresentação 5 s
 
Esterilizacao
EsterilizacaoEsterilizacao
Esterilizacao
 
Higienização das mãos
Higienização das mãosHigienização das mãos
Higienização das mãos
 
5S
5S5S
5S
 

Destaque

Palestra 8 s_sead_jun2011
Palestra 8 s_sead_jun2011Palestra 8 s_sead_jun2011
Palestra 8 s_sead_jun2011
JCS_Consultoria
 
8 S ou 5S ?
8 S ou 5S ?8 S ou 5S ?
8 S ou 5S ?
Lauro Volaco
 
8S
8S8S
8 s's
8 s's8 s's
8 s's
AT_HVC
 
D-Olho na qualidade 5Ss
D-Olho na qualidade 5SsD-Olho na qualidade 5Ss
D-Olho na qualidade 5Ss
Roberto Capelo
 
10 Ss
10 Ss10 Ss
Programa 10 s
Programa 10 sPrograma 10 s
Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...
Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...
Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...
Escola do Marketing Digital
 
Assessoria de Qualidade 2012 - Consultec Jr
Assessoria de Qualidade 2012 - Consultec JrAssessoria de Qualidade 2012 - Consultec Jr
Assessoria de Qualidade 2012 - Consultec Jr
Raíssa Alencar
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
Templum Consultoria Online
 
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Rogério Souza
 

Destaque (11)

Palestra 8 s_sead_jun2011
Palestra 8 s_sead_jun2011Palestra 8 s_sead_jun2011
Palestra 8 s_sead_jun2011
 
8 S ou 5S ?
8 S ou 5S ?8 S ou 5S ?
8 S ou 5S ?
 
8S
8S8S
8S
 
8 s's
8 s's8 s's
8 s's
 
D-Olho na qualidade 5Ss
D-Olho na qualidade 5SsD-Olho na qualidade 5Ss
D-Olho na qualidade 5Ss
 
10 Ss
10 Ss10 Ss
10 Ss
 
Programa 10 s
Programa 10 sPrograma 10 s
Programa 10 s
 
Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...
Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...
Empreendedorismo e Negócios digitais - Intensivo 40h - mar12 - Prof. Rodrigo ...
 
Assessoria de Qualidade 2012 - Consultec Jr
Assessoria de Qualidade 2012 - Consultec JrAssessoria de Qualidade 2012 - Consultec Jr
Assessoria de Qualidade 2012 - Consultec Jr
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
 

Semelhante a Cartilha8 S

Seminário 5 s
Seminário 5 sSeminário 5 s
Palestra 5 s
Palestra 5 sPalestra 5 s
Palestra 5 s
Jonatas f.siqueira
 
Apostila 5s hoje.pdf
Apostila 5s hoje.pdfApostila 5s hoje.pdf
Apostila 5s hoje.pdf
maysom
 
Programa 5 s trabalho 1
Programa 5 s   trabalho 1Programa 5 s   trabalho 1
Programa 5 s trabalho 1
Karla Sadim
 
5s cap 53
5s cap 535s cap 53
5s cap 53
Ismael Costa
 
Programa 5s
Programa 5sPrograma 5s
5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S
Marília Prux Nienow
 
Os Cinco S
Os  Cinco  SOs  Cinco  S
Os Cinco S
lesniczki
 
Programa 5-s1
Programa 5-s1Programa 5-s1
Programa 5-s1
Arthur Lopes
 
programa-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).pptprograma-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).ppt
Bruno Araújo
 
programa-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).pptprograma-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).ppt
LeandroDeMosDadas
 
programa-5-s1.ppt
programa-5-s1.pptprograma-5-s1.ppt
programa-5-s1.ppt
RIU20FAMILIAMACARJ
 
programa-5-s1- Porque e como implementar 5S.ppt
programa-5-s1- Porque e como implementar 5S.pptprograma-5-s1- Porque e como implementar 5S.ppt
programa-5-s1- Porque e como implementar 5S.ppt
IvanildoNascimento12
 
5s
5s5s
5s
5s5s
Qualidade 5 S
Qualidade 5 SQualidade 5 S
Qualidade 5 S
Biotron Medical
 
Treinamento 5S tttttttttttttttttttttttttt
Treinamento 5S ttttttttttttttttttttttttttTreinamento 5S tttttttttttttttttttttttttt
Treinamento 5S tttttttttttttttttttttttttt
RicardoSantos667697
 
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Thiago Reis
 
Cinco s
Cinco sCinco s
Kaisen e 5s
Kaisen e 5sKaisen e 5s
Kaisen e 5s
Michel Rodrigo Atz
 

Semelhante a Cartilha8 S (20)

Seminário 5 s
Seminário 5 sSeminário 5 s
Seminário 5 s
 
Palestra 5 s
Palestra 5 sPalestra 5 s
Palestra 5 s
 
Apostila 5s hoje.pdf
Apostila 5s hoje.pdfApostila 5s hoje.pdf
Apostila 5s hoje.pdf
 
Programa 5 s trabalho 1
Programa 5 s   trabalho 1Programa 5 s   trabalho 1
Programa 5 s trabalho 1
 
5s cap 53
5s cap 535s cap 53
5s cap 53
 
Programa 5s
Programa 5sPrograma 5s
Programa 5s
 
5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S5, 6, 7, 9 e 10S
5, 6, 7, 9 e 10S
 
Os Cinco S
Os  Cinco  SOs  Cinco  S
Os Cinco S
 
Programa 5-s1
Programa 5-s1Programa 5-s1
Programa 5-s1
 
programa-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).pptprograma-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).ppt
 
programa-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).pptprograma-5-s1 (1).ppt
programa-5-s1 (1).ppt
 
programa-5-s1.ppt
programa-5-s1.pptprograma-5-s1.ppt
programa-5-s1.ppt
 
programa-5-s1- Porque e como implementar 5S.ppt
programa-5-s1- Porque e como implementar 5S.pptprograma-5-s1- Porque e como implementar 5S.ppt
programa-5-s1- Porque e como implementar 5S.ppt
 
5s
5s5s
5s
 
5s
5s5s
5s
 
Qualidade 5 S
Qualidade 5 SQualidade 5 S
Qualidade 5 S
 
Treinamento 5S tttttttttttttttttttttttttt
Treinamento 5S ttttttttttttttttttttttttttTreinamento 5S tttttttttttttttttttttttttt
Treinamento 5S tttttttttttttttttttttttttt
 
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
 
Cinco s
Cinco sCinco s
Cinco s
 
Kaisen e 5s
Kaisen e 5sKaisen e 5s
Kaisen e 5s
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 

Último (20)

FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 

Cartilha8 S

  • 2. APRESENTAÇÃO O Programa 8’S, Mudança e Qualidade de Vida, está sendo implantado na Secretaria da Fazenda do Estado do Piauí, pela UNAFIN (Unidade Administrativa – Financeira) para aumentar a qualidade e a produtividade do trabalho. Este projeto surgiu com o intuito de otimizar os resultados do trabalho dos servidores fazendários, implementando uma mudança comportamental e de atitude. Equipe UNAFIN
  • 3. O QUE É PROGRAMA 8S? O "Programa 8S" ganhou esse nome devido às iniciais das oito palavras japonesas que sintetizam as etapas do programa. Veja abaixo as palavras e suas versões para o português SHIKARI YARO – Senso de Determinação SHIDO – Senso de Educação,Treinamento SEIRI – Senso de Descarte, Organização SEITON – Senso de Ordem, Arrumação SEISO – Senso de Limpeza SEIKETSU – Senso de Saúde SHITSUKE – Senso de Disciplina SETSUYAKU – Senso de Economia
  • 4. OBJETIVO O objetivo deste programa é apresentar uma metodologia prática para a reorganização da SEFAZ-PI, buscando uma melhor eficiência no serviço prestado. Propõe uma reeducação e recuperação de práticas e valores freqüentemente esquecidos, mas certamente conhecidos e prezados por todos.
  • 5. BENEFÍCIOS Eliminação do desperdício Otimização do espaço Racionalização do tempo Redução do estresse Possibilita melhores condições de higiene Aumento da vida útil dos materiais Padronização Qualificação do profissional Melhoria das relações humanas Incentivo à criatividade Autodisciplina Base para a Qualidade Total
  • 6. 1°- SHIKARI YARO – SENSO DE DETERMINAÇÃO A Alta Administração deve comprometer-se para a união de todos no processo pela melhoria contínua. Não se conseguirá nada se não houver o envolvimento e o comprometimento de todos os níveis hierárquicos da empresa.
  • 7. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Determinação 1. Busque sempre a união para atingir os objetivos da organização; 2. Comprometa-se com a motivação e liderança dos colaboradores; 3. Fundamente suas decisões em fatos e dados; 4. Torne o funcionário parte integrante da empresa; 5.Colabore quando solicitado;
  • 8. 2° - SHIDO – SENSO DE EDUCAÇÃO Todo cidadão deve ser qualificado profissionalmente e receber treinamentos contínuos, buscando o aperfeiçoamento na sua área de atuação para o seu crescimento pessoal e profissional.
  • 9. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Educação 1. Participe ativamente dos programas de treinamentos; 2. Analise os objetivos e resultados dos cursos e treinamentos; 3. Dê sugestões sobre cursos de capacitação; 4. Participe de Palestras e seminários.
  • 10. 3º SETSUYAKU - SENSO DE ECONOMIA Em toda organização há desperdícios, gastos desnecessários e perdas financeiras. Combater estes gastos e perdas torna-se então imprescindível.
  • 11. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Economia 1. Aproveite melhor máquinas, equipamentos, materiais e o tempo nas tarefas; 2. Evite perdas e gastos desnecessários; 3. Aproveite melhor os recursos; 4. Faça um correto planejamento dos custos e despesas do seu setor;
  • 12. 4° - “SEIRI - UTILIZAÇÃO” É separar o necessário do desnecessário estabelecendo um destino para aquelas coisas que deixaram de ser úteis para aquele ambiente, pessoa ou local.
  • 13. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Utilização 1. Separar tudo o que não tiver utilidade para o setor: Materiais quebrados, obsoletos etc. (por exemplo, aquela velha máquina de calcular que ninguém usa mais); Materiais que não têm utilidade para o serviço executado pelo setor; 2. Descartar o que não serve, disponibilizando para outros setores aquilo que não é utilizado pelo setor: Devolver ao almoxarifado o excedente dos materiais estocados no setor;
  • 14. 5° - “SEITON” – SENSO DE ORDEM É colocar em ordem tudo o que é necessário, arrumar e ordenar aquilo que permaneceu no setor por ser considerado necessário.
  • 15. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Ordem Será que encontro o que procuro com facilidade? Se alguém me substituir vai ter facilidade de encontrar documentos com rapidez? Se a resposta for NÃO execute os passos abaixo. 1. Defina um lugar para cada coisa; 2. Guarde cada coisa no seu devido lugar; 3. Coloque etiquetas de identificação.
  • 16. 6° - “SEISO” SENSO DE LIMPEZA Deixar o local limpo e os equipamentos em perfeito funcionamento. O mais importante do que limpar é não Sujar !
  • 17. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Limpeza 1. Limpe o seu ambiente de trabalho e os seus objetos de uso; 2. Preocupe-se em não sujar e em observar o que pode ocasionar a presença de sujeira; 3. Oriente seu colega quando o vir contrariando esse SENSO. 4. Acionar regularmente, ou sempre que necessário, o pessoal encarregado da limpeza e da manutenção de máquinas e equipamentos.
  • 18. 7° - SEIKETSU – SENSO DE SAÚDE E BEM-ESTAR Manter e conservar o ambiente de forma agradável, onde todos se sintam bem, tendo o cuidado para que os estágios de Determinação, Educação, Organização, Ordenamento e Limpeza, já alcançados, não retrocedam .
  • 19. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Saúde e Bem Estar 1. Adotar como rotina a prática dos três "S" anteriores; 2. Estar atento às condições ambientais de trabalho, tais como iluminação, ventilação, ergometria dos móveis etc; 3. Promover o respeito mútuo, agindo com polidez e criando um ambiente propício ao relacionamento interpessoal; 4. Adotar hábitos de cuidado com a saúde e higiene pessoal; 5. Criar um ambiente harmonioso que leve em consideração a estética (beleza) do local de trabalho.
  • 20. 8º - SHITSUKE - SENSO DE AUTODISCIPLINA Educar para disciplinar os bons hábitos. Melhorar constantemente. Desenvolver a força de vontade, a criatividade e o senso crítico. Respeitar e cumprir as rotinas estabelecidas. SIM NÃO
  • 21. COMO PRATICAR? Aplicando o Senso de Autodisciplina Tornar a prática dos "S" anteriores uma rotina a ser cumprida disciplinadamente. 1. Compartilhe objetivos. 2. Difundir regularmente conceitos e informações. 3. Agir com paciência e perseverança no cumprimento das rotinas. 4. Transforme a disciplina dos “8S" em autodisciplina, incorporando definitivamente os valores que o programa recomenda. 5. Crie mecanismos de avaliação e motivação.
  • 22. A capacidade de apreciar e de praticar o que é certo está dentro do ser humano. Porém, quando NINGUÉM faz aquilo que QUALQUER UM poderia ter feito, TODO MUNDO sofre as conseqüências. “A mudança deverá ocorrer dentro de cada um de nós. Se não tomarmos a decisão pessoal de viver com dignidade, ninguém poderá nos ajudar”. A vontade tem de vir da ALMA. As pessoas que convivem com você notarão a diferença e procurarão imitá-lo, criando um ambiente saudável e propício para sua auto-realização. Torne estes procedimentos hábitos constantes em sua vida profissional e pessoal, e só assim você estará criando um ambiente de qualidade.