SlideShare uma empresa Scribd logo
PLANO DE AULA NÃO PRESENCIAL
PROFESSOR (A): JUCIENE BERTOLDO DA SILVA PERÍODO: 20/a/31/03
COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA ANO/ SÉRIE: 3ª SÉRIE A
DATA OBJETOS DO
CONHECIMENTO
/CONTEÚDOS
OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO
23/03 Introdução à
genética
Reconhecer a
hereditariedade
das características
físicas e
fisiológicas e suas
prováveis formas
de ocorrência,
relacionando-as
com a diversidade
das espécies.
Acessar o site:
https://www.biologianet.com/genetica e
ler o texto introdutório de genética.
Responder duas
atividades no ambiente de
aprendizagem, (ou no
caderno).
24/03 Conceitos
fundamentais de
Genética:
 Genótipo
 Fenótipo
Reconhecer a
hereditariedade
das características
físicas e
fisiológicas e suas
prováveis formas
de ocorrência,
relacionando-as
com a diversidade
das espécies.
O aluno devera:
 Assistir a vídeo aula sobre os
conceitos de genótipo e fenótipo
no link abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v
=FhgKfSSMOYI
 Registrar no caderno os dois
conceitos.
 Acessar o site:
https://www.biologianet.com/geneti
ca e ler o texto introdutório de
Serão avaliados os
conceitos registrados no
caderno no dia do retorno
às aulas.
genética.
30/03 Conceitos
fundamentais de
Genética:
 Outros
conceitos
fundamentai
s em
genética.
Reconhecer a
hereditariedade
das características
físicas e
fisiológicas e suas
prováveis formas
de ocorrência,
relacionando-as
com a diversidade
das espécies.
Estudar o texto Disponível em:
https://www.biologianet.com/genetica/con
ceitos-genetica.htm
Registrar no caderno os
conceitos apresentados no
texto.
31/03 1ª Lei de Mendel Reconhecer a
hereditariedade
das características
físicas e
fisiológicas e suas
prováveis formas
de ocorrência,
relacionando-as
com a diversidade
das espécies.
Assistir a aula: 1ª Lei de Mendel no link:
https://www.youtube.com/watch?v=3Smy
PBbmRmQ
Texto de apoio:
Disponível em:
https://www.todamateria.com.br/primeira-
lei-de-mendel/
Resumo da 1ª Lei de
Mendel no caderno.
* Os alunos deverão registrar em seus cadernos a data da atividade juntamente com as respostas dos exercícios, segundo cronograma do plano de au
a resposta para validar a frequência (conforme resolução 02/2020, de 17 de março de 2020 emitido pelo Conselho Estadual de Educação).
* Na metodologia deverá constar a bibliografia, lista de atividades e link de videoaula como sugestão de material de apoio.
________________________________________ _____________________________________
Coordenador Pedagógico Coordenador de Área
Aula1: Introdução à Genética
A Genética é a parte da Biologia responsável por estudar a transmissão e a expressão dos genes no organismo e a diversidade genética
observada nos indivíduos da mesma espécie e de espécies diferentes. Observa-se, portanto, que é uma matéria fundamental para o
entendimento de todas as áreas da Biologia, uma vez que é a base de tudo.
Com o entendimento de que existiam “fatores” - posteriormente chamados de genes - que determinavam as características dos
organismos, a maneira de pensar a Biologia mudou. A descoberta de Gregor Mendel, em 1865, foi, sem dúvidas, o ponto inicial e a maior
contribuição para essa parte da Biologia, apesar de ter sido ignorada por anos. Sem apresentar conhecimento a respeito dos cromossomos
e eventos como meiose e mitose, Mendel conseguiu perceber em seus trabalhos com ervilhas que existiam fatores responsáveis pela
hereditariedade.
Antes do trabalho de Mendel, muitas hipóteses foram propostas para tentar explicar a hereditariedade. A mais conhecida delas é a de que
existiam pequenos animais no interior dos espermatozoides, que foram chamados de animálculos. No homem, essa miniatura ficou
conhecida como homúnculo. Segundo a hipótese, conhecida como teoria da pré-formação, o óvulo seria o local para o desenvolvimento do
homúnculo, que apenas crescia em tamanho.
Somente no século XIX os pesquisadores entenderam o mecanismo de fecundação e a ideia de gametas surgiu. Com isso, ficou mais
claro o entendimento de que eram esses gametas que levavam as características hereditárias e assim foi possível avançar nos estudos
genéticos, que agora estavam com os olhos voltados para essas células.
Muitas pessoas consideram que a Genética só começou a existir a partir de 1900 com os trabalhos de Hugo de Vries, Carl Correns e
Erich von Tschermak-Seysenegg. Os três biólogos apresentaram trabalhos diferentes, porém com resultados semelhantes. Esses
resultados e conclusões eram semelhantes também àquelas propostas por Mendel, redescobrindo, assim, o trabalho desse autor e
passando a considerá-lo como o “pai da Genética”.
Muitos avanços surgiram a partir dessa descoberta e, apesar de essa ciência apresentar um pouco mais de 100 anos, muito já se sabe a
respeito dos mecanismos hereditários. Entretanto, vale destacar que a Genética é uma área ainda rica em descobertas e em constante
crescimento.
Nesta seção estudaremos as principais descobertas científicas nos campos da Genética e a evolução dessa ciência, dando enfoque
principalmente a temas atuais como terapia gênica e transgênicos. Ensinaremos também os conceitos básicos de Genética de uma
maneira simples e de fácil entendimento para todos.
Disponível em: https://www.biologianet.com/genetica
Aula 2: Conceitos em Genética:
Levando em consideração a importância do conhecimento de alguns conceitos para o estudo de Genética, este texto traz um
resumo dos principais termos usados nessa área da Biologia.
 Alelos = São formas diferentes de um mesmo gene e ocupam o mesmo lócus em cromossomos homólogos.
 Alelos letais = São alelos que podem ocasionar a morte de seu portador.
 Alelos múltiplos = São três ou mais alelos diferentes para um mesmo lócus.
 Cariótipo = Conjunto de cromossomos de uma determinada espécie.
 Codominância = Ocorre quando dois alelos diferentes expressam-se em um indivíduo heterozigoto. Sendo assim, apresenta as
características dos dois indivíduos homozigotos.
 Cromossomos = Molécula de DNA associada a proteínas.
 Cromossomos homólogos = Cromossomos que possuem a mesma sequência de genes.
 Cruzamento-teste = Tipo de cruzamento realizado para determinar o genótipo de um indivíduo com fenótipo dominante. Cruza-se o
indivíduo com um de genótipo recessivo.
 Dominância incompleta = Quando o heterozigoto apresenta um fenótipo intermediário diferente dos homozigotos. Ex.: flores rosa
de Mirabilis jalapa.
Disponível em: https://www.biologianet.com/genetica/conceitos-genetica.htm
4º Aula: Texto de apoio:
Primeira Lei de Mendel
A Primeira Lei de Mendel ou Lei da Segregação dos Fatores determina que cada característica é condicionada por dois fatores q ue se
separam na formação dos gametas.
A segregação é consequência da localização dos genes nos cromossomos e do comportamento desses durante a formação dos gametas,
através do processo de meiose.
O monge Gregor Mendel realizou seus estudos com objetivo de compreender como as diferentes características eram transmitidas de uma
geração para outra.
Experimentos com Ervilhas
Gregor Mendel conduziu seus experimentos utilizando ervilhas pelos seguintes motivos:
 Planta de fácil cultivo e desenvolvimento em curto período;
 Produção de muitas sementes;
 Rápido ciclo reprodutivo;
 Facilidade de controlar a fecundação das plantas;
 Capacidade de realizar autofecundação.
Os seus experimentos analisaram sete características das ervilhas: cor da flor, posição da flor no caule, cor da semente, textura da
semente, forma da vagem, cor da vagem e altura da planta.
Ervilhas e as características estudadas por Gregor Mendel emseus experimentos genéticos:
Ao observar a cor das sementes, Mendel percebeu que a linhagem de sementes amarelas sempre produziam 100% dos seus descendentes com
sementes amarelas. E o mesmo acontecia com as sementes verdes.
As linhagens não apresentavam variações, constituindo linhagens puras. Ou seja, as linhagens puras mantinham suas características ao longo das
gerações.
Os achados de Gregor Mendel são considerados o marco inicial para os estudos genéticos. A sua contribuição para a área foi imensa, o que levou a ser
considerado o "pai da Genética".
Cruzamentos
Como estava interessado em saber como as características eram passadas de uma geração para outra, Mendel realizou outro tipo experimento.
Dessa vez, realizou o cruzamento entre linhagens puras de sementes amarelas e sementes verdes, o que constituiu a Geração Parental.
Como resultado desse cruzamento, 100% das sementes eram amarelas - Geração F1.
Mendel concluiu que a semente amarela apresentou dominância sobre a semente verde. Surgia, assim, o conceito de genes dominantes e
recessivos na genética.
Como todas as sementes geradas eram amarelas (Geração F1), Mendel realizou a autofecundação entre elas.
Os resultados surpreenderam Mendel, na nova linhagem (Geração F2) surgiram novamente as sementes verdes, na proporção 3:1 (amarelas:verdes).
Ou seja, foi observado que a cada quatro plantas, três apresentavam a característica dominante e uma a característica recessiva.
Cruzamentos da Primeira Lei de Mendel
Mendel concluiu que a cor das sementes era determinada por dois fatores: um fator para gerar sementes amarelas, que é dominante, e outro fator para
gerar sementes verdes, recessivo.
Assim, a 1ª Lei de Mendel pode ser enunciada como a seguir:
“Todas as características de um indivíduo são determinadas por genes que separam-se, durante a formação dos gametas, sendo que, assim, pai e mãe
transmitem apenas um gene para seus descendentes”.
Disponível em: https://www.todamateria.com.br/primeira-lei-de-mendel/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

19 bases da hereditariedade
19   bases da hereditariedade19   bases da hereditariedade
19 bases da hereditariedade
Rebeca Vale
 
Exercícios resolvidos
Exercícios resolvidosExercícios resolvidos
Exercícios resolvidos
Egas Armando
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a genetica
UERGS
 
Genética: introdução e 1ª lei de Mendel
Genética: introdução e 1ª lei de MendelGenética: introdução e 1ª lei de Mendel
Genética: introdução e 1ª lei de Mendel
Felipe Haeberlin
 
Filogenia molecular
Filogenia molecularFilogenia molecular
Filogenia molecular
UERGS
 
Genetica importante
Genetica importanteGenetica importante
Genetica importante
Lima Gomes
 
Aula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TI
Aula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TIAula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TI
Aula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TI
Ronaldo Santana
 
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
Rodrigo Travitzki
 
Introdgenetica2013 180312162433 (1)
Introdgenetica2013 180312162433 (1)Introdgenetica2013 180312162433 (1)
Introdgenetica2013 180312162433 (1)
Carlos Cicinato
 
Resumo de biologia
Resumo de biologiaResumo de biologia
Resumo de biologia
vanessa962012
 
Fundamentos de Genética
Fundamentos de GenéticaFundamentos de Genética
Fundamentos de Genética
Fatima Comiotto
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
JordanCoutinho
 
1 Lei de Mendel
1 Lei de Mendel1 Lei de Mendel
1 Lei de Mendel
leupaty
 
Leis de mendel
Leis de mendelLeis de mendel
Leis de mendel
Gefferson Henrike
 
3 s aula 3_introd. genética_março 2014
3 s  aula 3_introd. genética_março 20143 s  aula 3_introd. genética_março 2014
3 s aula 3_introd. genética_março 2014
Ionara Urrutia Moura
 
Genética do comportamento
Genética do comportamento Genética do comportamento
Genética do comportamento
Hemilly Rayanne
 
Introdução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino Médio
Introdução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino MédioIntrodução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino Médio
Introdução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino Médio
MayconAntonySilvaDia
 
Conceitos em genética
Conceitos em genéticaConceitos em genética
Conceitos em genética
mainamgar
 
8 ano GENÉTICA BÁSICA
8 ano GENÉTICA BÁSICA8 ano GENÉTICA BÁSICA
8 ano GENÉTICA BÁSICA
Sarah Lemes
 
2 genotipo e fenotipo e gémeos
2   genotipo e fenotipo e gémeos2   genotipo e fenotipo e gémeos
2 genotipo e fenotipo e gémeos
Henrique Vieira
 

Mais procurados (20)

19 bases da hereditariedade
19   bases da hereditariedade19   bases da hereditariedade
19 bases da hereditariedade
 
Exercícios resolvidos
Exercícios resolvidosExercícios resolvidos
Exercícios resolvidos
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a genetica
 
Genética: introdução e 1ª lei de Mendel
Genética: introdução e 1ª lei de MendelGenética: introdução e 1ª lei de Mendel
Genética: introdução e 1ª lei de Mendel
 
Filogenia molecular
Filogenia molecularFilogenia molecular
Filogenia molecular
 
Genetica importante
Genetica importanteGenetica importante
Genetica importante
 
Aula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TI
Aula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TIAula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TI
Aula Genética clássica [1ª lei de Mendel] 1° Ano - Ensino Médio - TI
 
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
1a e 2a Leis de Mendel - Ensino Médio
 
Introdgenetica2013 180312162433 (1)
Introdgenetica2013 180312162433 (1)Introdgenetica2013 180312162433 (1)
Introdgenetica2013 180312162433 (1)
 
Resumo de biologia
Resumo de biologiaResumo de biologia
Resumo de biologia
 
Fundamentos de Genética
Fundamentos de GenéticaFundamentos de Genética
Fundamentos de Genética
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
1 Lei de Mendel
1 Lei de Mendel1 Lei de Mendel
1 Lei de Mendel
 
Leis de mendel
Leis de mendelLeis de mendel
Leis de mendel
 
3 s aula 3_introd. genética_março 2014
3 s  aula 3_introd. genética_março 20143 s  aula 3_introd. genética_março 2014
3 s aula 3_introd. genética_março 2014
 
Genética do comportamento
Genética do comportamento Genética do comportamento
Genética do comportamento
 
Introdução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino Médio
Introdução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino MédioIntrodução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino Médio
Introdução a Genética| Biologia: Módulo 3| Ensino Médio
 
Conceitos em genética
Conceitos em genéticaConceitos em genética
Conceitos em genética
 
8 ano GENÉTICA BÁSICA
8 ano GENÉTICA BÁSICA8 ano GENÉTICA BÁSICA
8 ano GENÉTICA BÁSICA
 
2 genotipo e fenotipo e gémeos
2   genotipo e fenotipo e gémeos2   genotipo e fenotipo e gémeos
2 genotipo e fenotipo e gémeos
 

Semelhante a Biologia juciene

conceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptx
conceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptxconceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptx
conceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptx
VictorGomes173122
 
Conceitos fundamentais em génetica
Conceitos fundamentais em géneticaConceitos fundamentais em génetica
Conceitos fundamentais em génetica
Lilian Monteiro
 
Aula 1 Genetica - Introducao a Genetica.ppt
Aula 1 Genetica - Introducao a Genetica.pptAula 1 Genetica - Introducao a Genetica.ppt
Aula 1 Genetica - Introducao a Genetica.ppt
EuclidesTrinta1
 
9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf
9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf
9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf
ssuserfae471
 
Artigo carta para gregor mendel
Artigo   carta para gregor mendelArtigo   carta para gregor mendel
Artigo carta para gregor mendel
netoalvirubro
 
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppiiIi seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Lusiane Carvalho da Silva
 
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppiiIi seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Lusiane Carvalho da Silva
 
Desmatamento e animais em extinção
Desmatamento e animais em extinçãoDesmatamento e animais em extinção
Desmatamento e animais em extinção
Lusiane Carvalho da Silva
 
7. Genética e hereditariedade.pdf
7. Genética e hereditariedade.pdf7. Genética e hereditariedade.pdf
7. Genética e hereditariedade.pdf
CarinaAmorim10
 
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
ThiagoAlmeida458596
 
Genética biologia
Genética biologiaGenética biologia
Genética biologia
Photos Anahi
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
Silvia Palmeira
 
Genética e cérebro
Genética e cérebroGenética e cérebro
Genética e cérebro
ribeiroliliana
 
Genética e cérebro
Genética e cérebroGenética e cérebro
Genética e cérebro
superego
 
Hereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptx
Hereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptxHereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptx
Hereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptx
AnnaKaroline28
 
Simlado biologia eja 3º a,b e c
Simlado  biologia eja 3º a,b e cSimlado  biologia eja 3º a,b e c
Simlado biologia eja 3º a,b e c
Gessica Miquilino
 
A teoria sintética da evolução
A teoria sintética da evoluçãoA teoria sintética da evolução
A teoria sintética da evolução
Mikael Oliveira
 
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
RailsonLima8
 
1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel
1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel
1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel
vaniele17
 
Conceitos basicos em genetica
 Conceitos basicos em genetica Conceitos basicos em genetica
Conceitos basicos em genetica
Adrianne Mendonça
 

Semelhante a Biologia juciene (20)

conceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptx
conceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptxconceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptx
conceitosestruturantesdagentica-210910205452 (1).pptx
 
Conceitos fundamentais em génetica
Conceitos fundamentais em géneticaConceitos fundamentais em génetica
Conceitos fundamentais em génetica
 
Aula 1 Genetica - Introducao a Genetica.ppt
Aula 1 Genetica - Introducao a Genetica.pptAula 1 Genetica - Introducao a Genetica.ppt
Aula 1 Genetica - Introducao a Genetica.ppt
 
9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf
9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf
9_ano_atividade_de_ciencias_007.pdf
 
Artigo carta para gregor mendel
Artigo   carta para gregor mendelArtigo   carta para gregor mendel
Artigo carta para gregor mendel
 
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppiiIi seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
 
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppiiIi seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
Ii seminário de pesquisa e prática pedagógica ppii
 
Desmatamento e animais em extinção
Desmatamento e animais em extinçãoDesmatamento e animais em extinção
Desmatamento e animais em extinção
 
7. Genética e hereditariedade.pdf
7. Genética e hereditariedade.pdf7. Genética e hereditariedade.pdf
7. Genética e hereditariedade.pdf
 
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
 
Genética biologia
Genética biologiaGenética biologia
Genética biologia
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Genética e cérebro
Genética e cérebroGenética e cérebro
Genética e cérebro
 
Genética e cérebro
Genética e cérebroGenética e cérebro
Genética e cérebro
 
Hereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptx
Hereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptxHereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptx
Hereditariedade_BIOLOGIA 9 ANO.pptx
 
Simlado biologia eja 3º a,b e c
Simlado  biologia eja 3º a,b e cSimlado  biologia eja 3º a,b e c
Simlado biologia eja 3º a,b e c
 
A teoria sintética da evolução
A teoria sintética da evoluçãoA teoria sintética da evolução
A teoria sintética da evolução
 
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
1. Aula-Princípios de Genética - GENETICA CLASSICA E MODERNA.pptx
 
1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel
1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel
1capitulo 1-primeira-lei-de-mendel
 
Conceitos basicos em genetica
 Conceitos basicos em genetica Conceitos basicos em genetica
Conceitos basicos em genetica
 

Mais de NTE

5th grade verb to be
5th grade   verb to be5th grade   verb to be
5th grade verb to be
NTE
 
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricularEducacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
NTE
 
Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...
Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...
Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...
NTE
 
Por uma pedagogia da presenca
Por uma pedagogia da presencaPor uma pedagogia da presenca
Por uma pedagogia da presenca
NTE
 
Avaliação 6ºano
Avaliação 6ºanoAvaliação 6ºano
Avaliação 6ºano
NTE
 
Atividades de ciências avaliação com os descritores
Atividades de ciências avaliação com os descritoresAtividades de ciências avaliação com os descritores
Atividades de ciências avaliação com os descritores
NTE
 
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguirModulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
NTE
 

Mais de NTE (7)

5th grade verb to be
5th grade   verb to be5th grade   verb to be
5th grade verb to be
 
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricularEducacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
 
Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...
Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...
Um diagnostico-sobre-a-educacao-inclusiva-organizacao-escolar-concepcoes-de-p...
 
Por uma pedagogia da presenca
Por uma pedagogia da presencaPor uma pedagogia da presenca
Por uma pedagogia da presenca
 
Avaliação 6ºano
Avaliação 6ºanoAvaliação 6ºano
Avaliação 6ºano
 
Atividades de ciências avaliação com os descritores
Atividades de ciências avaliação com os descritoresAtividades de ciências avaliação com os descritores
Atividades de ciências avaliação com os descritores
 
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguirModulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
Modulo 2 lingua portuguesa 5º ano projeto conseguir
 

Último

Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 

Biologia juciene

  • 1. PLANO DE AULA NÃO PRESENCIAL PROFESSOR (A): JUCIENE BERTOLDO DA SILVA PERÍODO: 20/a/31/03 COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA ANO/ SÉRIE: 3ª SÉRIE A DATA OBJETOS DO CONHECIMENTO /CONTEÚDOS OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO 23/03 Introdução à genética Reconhecer a hereditariedade das características físicas e fisiológicas e suas prováveis formas de ocorrência, relacionando-as com a diversidade das espécies. Acessar o site: https://www.biologianet.com/genetica e ler o texto introdutório de genética. Responder duas atividades no ambiente de aprendizagem, (ou no caderno). 24/03 Conceitos fundamentais de Genética:  Genótipo  Fenótipo Reconhecer a hereditariedade das características físicas e fisiológicas e suas prováveis formas de ocorrência, relacionando-as com a diversidade das espécies. O aluno devera:  Assistir a vídeo aula sobre os conceitos de genótipo e fenótipo no link abaixo: https://www.youtube.com/watch?v =FhgKfSSMOYI  Registrar no caderno os dois conceitos.  Acessar o site: https://www.biologianet.com/geneti ca e ler o texto introdutório de Serão avaliados os conceitos registrados no caderno no dia do retorno às aulas.
  • 2. genética. 30/03 Conceitos fundamentais de Genética:  Outros conceitos fundamentai s em genética. Reconhecer a hereditariedade das características físicas e fisiológicas e suas prováveis formas de ocorrência, relacionando-as com a diversidade das espécies. Estudar o texto Disponível em: https://www.biologianet.com/genetica/con ceitos-genetica.htm Registrar no caderno os conceitos apresentados no texto. 31/03 1ª Lei de Mendel Reconhecer a hereditariedade das características físicas e fisiológicas e suas prováveis formas de ocorrência, relacionando-as com a diversidade das espécies. Assistir a aula: 1ª Lei de Mendel no link: https://www.youtube.com/watch?v=3Smy PBbmRmQ Texto de apoio: Disponível em: https://www.todamateria.com.br/primeira- lei-de-mendel/ Resumo da 1ª Lei de Mendel no caderno. * Os alunos deverão registrar em seus cadernos a data da atividade juntamente com as respostas dos exercícios, segundo cronograma do plano de au a resposta para validar a frequência (conforme resolução 02/2020, de 17 de março de 2020 emitido pelo Conselho Estadual de Educação). * Na metodologia deverá constar a bibliografia, lista de atividades e link de videoaula como sugestão de material de apoio. ________________________________________ _____________________________________ Coordenador Pedagógico Coordenador de Área
  • 3. Aula1: Introdução à Genética A Genética é a parte da Biologia responsável por estudar a transmissão e a expressão dos genes no organismo e a diversidade genética observada nos indivíduos da mesma espécie e de espécies diferentes. Observa-se, portanto, que é uma matéria fundamental para o entendimento de todas as áreas da Biologia, uma vez que é a base de tudo. Com o entendimento de que existiam “fatores” - posteriormente chamados de genes - que determinavam as características dos organismos, a maneira de pensar a Biologia mudou. A descoberta de Gregor Mendel, em 1865, foi, sem dúvidas, o ponto inicial e a maior contribuição para essa parte da Biologia, apesar de ter sido ignorada por anos. Sem apresentar conhecimento a respeito dos cromossomos e eventos como meiose e mitose, Mendel conseguiu perceber em seus trabalhos com ervilhas que existiam fatores responsáveis pela hereditariedade. Antes do trabalho de Mendel, muitas hipóteses foram propostas para tentar explicar a hereditariedade. A mais conhecida delas é a de que existiam pequenos animais no interior dos espermatozoides, que foram chamados de animálculos. No homem, essa miniatura ficou conhecida como homúnculo. Segundo a hipótese, conhecida como teoria da pré-formação, o óvulo seria o local para o desenvolvimento do homúnculo, que apenas crescia em tamanho. Somente no século XIX os pesquisadores entenderam o mecanismo de fecundação e a ideia de gametas surgiu. Com isso, ficou mais claro o entendimento de que eram esses gametas que levavam as características hereditárias e assim foi possível avançar nos estudos genéticos, que agora estavam com os olhos voltados para essas células. Muitas pessoas consideram que a Genética só começou a existir a partir de 1900 com os trabalhos de Hugo de Vries, Carl Correns e Erich von Tschermak-Seysenegg. Os três biólogos apresentaram trabalhos diferentes, porém com resultados semelhantes. Esses resultados e conclusões eram semelhantes também àquelas propostas por Mendel, redescobrindo, assim, o trabalho desse autor e passando a considerá-lo como o “pai da Genética”. Muitos avanços surgiram a partir dessa descoberta e, apesar de essa ciência apresentar um pouco mais de 100 anos, muito já se sabe a respeito dos mecanismos hereditários. Entretanto, vale destacar que a Genética é uma área ainda rica em descobertas e em constante crescimento.
  • 4. Nesta seção estudaremos as principais descobertas científicas nos campos da Genética e a evolução dessa ciência, dando enfoque principalmente a temas atuais como terapia gênica e transgênicos. Ensinaremos também os conceitos básicos de Genética de uma maneira simples e de fácil entendimento para todos. Disponível em: https://www.biologianet.com/genetica Aula 2: Conceitos em Genética: Levando em consideração a importância do conhecimento de alguns conceitos para o estudo de Genética, este texto traz um resumo dos principais termos usados nessa área da Biologia.  Alelos = São formas diferentes de um mesmo gene e ocupam o mesmo lócus em cromossomos homólogos.  Alelos letais = São alelos que podem ocasionar a morte de seu portador.  Alelos múltiplos = São três ou mais alelos diferentes para um mesmo lócus.  Cariótipo = Conjunto de cromossomos de uma determinada espécie.  Codominância = Ocorre quando dois alelos diferentes expressam-se em um indivíduo heterozigoto. Sendo assim, apresenta as características dos dois indivíduos homozigotos.  Cromossomos = Molécula de DNA associada a proteínas.  Cromossomos homólogos = Cromossomos que possuem a mesma sequência de genes.  Cruzamento-teste = Tipo de cruzamento realizado para determinar o genótipo de um indivíduo com fenótipo dominante. Cruza-se o indivíduo com um de genótipo recessivo.  Dominância incompleta = Quando o heterozigoto apresenta um fenótipo intermediário diferente dos homozigotos. Ex.: flores rosa de Mirabilis jalapa. Disponível em: https://www.biologianet.com/genetica/conceitos-genetica.htm 4º Aula: Texto de apoio: Primeira Lei de Mendel
  • 5. A Primeira Lei de Mendel ou Lei da Segregação dos Fatores determina que cada característica é condicionada por dois fatores q ue se separam na formação dos gametas. A segregação é consequência da localização dos genes nos cromossomos e do comportamento desses durante a formação dos gametas, através do processo de meiose. O monge Gregor Mendel realizou seus estudos com objetivo de compreender como as diferentes características eram transmitidas de uma geração para outra. Experimentos com Ervilhas Gregor Mendel conduziu seus experimentos utilizando ervilhas pelos seguintes motivos:  Planta de fácil cultivo e desenvolvimento em curto período;  Produção de muitas sementes;  Rápido ciclo reprodutivo;  Facilidade de controlar a fecundação das plantas;  Capacidade de realizar autofecundação. Os seus experimentos analisaram sete características das ervilhas: cor da flor, posição da flor no caule, cor da semente, textura da semente, forma da vagem, cor da vagem e altura da planta.
  • 6. Ervilhas e as características estudadas por Gregor Mendel emseus experimentos genéticos: Ao observar a cor das sementes, Mendel percebeu que a linhagem de sementes amarelas sempre produziam 100% dos seus descendentes com sementes amarelas. E o mesmo acontecia com as sementes verdes. As linhagens não apresentavam variações, constituindo linhagens puras. Ou seja, as linhagens puras mantinham suas características ao longo das gerações. Os achados de Gregor Mendel são considerados o marco inicial para os estudos genéticos. A sua contribuição para a área foi imensa, o que levou a ser considerado o "pai da Genética". Cruzamentos Como estava interessado em saber como as características eram passadas de uma geração para outra, Mendel realizou outro tipo experimento. Dessa vez, realizou o cruzamento entre linhagens puras de sementes amarelas e sementes verdes, o que constituiu a Geração Parental. Como resultado desse cruzamento, 100% das sementes eram amarelas - Geração F1.
  • 7. Mendel concluiu que a semente amarela apresentou dominância sobre a semente verde. Surgia, assim, o conceito de genes dominantes e recessivos na genética. Como todas as sementes geradas eram amarelas (Geração F1), Mendel realizou a autofecundação entre elas. Os resultados surpreenderam Mendel, na nova linhagem (Geração F2) surgiram novamente as sementes verdes, na proporção 3:1 (amarelas:verdes). Ou seja, foi observado que a cada quatro plantas, três apresentavam a característica dominante e uma a característica recessiva. Cruzamentos da Primeira Lei de Mendel Mendel concluiu que a cor das sementes era determinada por dois fatores: um fator para gerar sementes amarelas, que é dominante, e outro fator para gerar sementes verdes, recessivo. Assim, a 1ª Lei de Mendel pode ser enunciada como a seguir: “Todas as características de um indivíduo são determinadas por genes que separam-se, durante a formação dos gametas, sendo que, assim, pai e mãe transmitem apenas um gene para seus descendentes”. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/primeira-lei-de-mendel/