SlideShare uma empresa Scribd logo
SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Superintendência Regional de Ensino de Varginha
1
Escola: __________________________________________________________
Nome: ___________________________________________________________
Turma: ________ Turno:________ Data da Aplicação: ___/___/___
Avaliação Diagnóstica de História 7º Ano - História
Questão 1 - Observe, abaixo, a imagem de uma manifestação cultural no Brasil.
Essa imagem mostra que o Carnaval é
uma manifestação da cultura
A) erudita.
B) indígena.
C) oriental.
D) popular.
Disponível em: <http://static.blogo.it/viajandaun/CarnavalemOuroPreto.jpg>. Acesso em: 22 ago. 2009.
Questão 2 - Leia, abaixo, um trecho do poema escrito, em 1868, por Castro Alves.
(...)
Ontem plena liberdade, A vontade por poder...
Hoje... cúmulo de maldade, Nem são livres pra morrer...
Prende-os a mesma corrente
— Férrea, lúgubre serpente — (...)
Disponível em: <http://www.culturabrasil.pro.br>. Acesso em: 22 ago. 2009. Adaptado.
Esse poema critica a
A) prostituição feminina.
B) exploração infantil.
C) escravidão negra.
D) colonização portuguesa.
SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Superintendência Regional de Ensino de Varginha
2
Questão 3 - Observe o quadro abaixo, para responder as questões 3 e 4.
Número de escravos importados pelo Brasil
1849 54.000
1850 23.000
1851 3.278
1852 700
CALÓGERAS, J.P. Formação histórica do Brasil. São Paulo: Nacional, 1957.
De acordo com esse quadro, o período de 1849 a 1852 retrata a
A) diminuição do emprego.
B) exploração indígena.
C) igualdade social.
D) imigração europeia.
Questão 4 - De acordo com os dados desse quadro, a diminuição do número de escravos importados
pelo Brasil foi gerada pela
A) abolição da escravidão.
B) aprovação das leis trabalhistas.
C) Lei Eusébio de Queirós.
D) Proclamação da República.
Questão 5 - Leia o texto abaixo sobre os povos que habitavam a América, antes da chegada dos
europeus.
Indígenas da América
Alguns povos eram caçadores, coletores e nômades e viviam em florestas tropicais densas e
fechadas. Outros eram agricultores, viviam em regiões de grandes altitudes e edificavam construções
imponentes. Astecas, Olmecas, Incas, Caraíbas, Tupinambás, Tamoios, Cheyennes, Siouxs,
Comanches, entre outros, eram algumas das centenas de representantes das culturas pré-
colombiana. Entretanto é comum utilizar a expressão “índios” a todas as culturas e habitantes da
América antes da chegada dos europeus. Trata-se de um nome generalizante que não consegue
traduzir a complexidade e a diversidade dessas culturas.
CABRINI, Conceição. História Temática: diversidade cultural e conflitos. São Paulo: Scipione, 2004, p. 78.
De acordo com o texto, esses povos
A) adotavam as mesmas práticas econômicas.
B) construíam os mesmos tipos de edificações.
C) eram diferentes culturalmente.
D) eram superiores aos europeus.
SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Superintendência Regional de Ensino de Varginha
3
Questão 6 - Levando em consideração a explicação sobre escravidão do texto abaixo, ela já
existia na África e os escravos eram obtidos
“[...] O continente africano abrigava inúmeras aldeias e também [reinos] organizados, com reis,
exércitos, impostos, legislação etc [...]
Embora em pequena escala, a escravidão já estava presente antes da chegada dos
europeus à África. Os escravos eram capturados nas guerras e levados à aldeia vitoriosa, onde
passavam a fazer parte das famílias, com a diferença que trabalhavam mais que os outros membros
da casa. Em algumas sociedades, os escravos trabalhavam na produção agrícola das propriedades do
rei e dos ricos e, na quarta geração, seus descendentes nasciam livres.”
César Coll e Ana Teberosky. Aprendendo História Geografia: Conteúdos essenciais para o Ensino Fundamental de 1ª a 4ª série.São Paulo: Ática, 2000.
A) por causa da organização dos reinos africanos, que tinham reis, exércitos, impostos e legislação.
B) porque trabalhavam mais que os membros das famílias dos que os capturavam.
C) através da guerra e eram levados às aldeias vitoriosas.
D) para trabalhar na produção agrícola das propriedades do rei e dos ricos.
Questão 7 - A citação de Marina de Mello e Souza nos mostra que já existia escravidão dos povos
africanos antes mesmo do contato dos europeus. A escravidão na África e a estabelecida pelos
europeus na América tinham bases e objetivos diferentes. Dessa forma,
“Sem dúvida, a existência anterior de escravos, e de sua comercialização, facilitou a
implantação e o sucesso desse novo negócio. Porém, foram as ações de mercadores e capitais
europeus (mais tarde americanos) que provocaram o aumento dos conflitos [na África] com o
objetivo de obter mais cativos.”
Op. cit. Marina de Mello e Souza, Revista Nossa História, ano I, nº 8, junho de 2004. p. 81.
A) os conflitos entre os povos africanos modificaram a forma com a qual eles mantinham seus
negócios com os europeus.
B) a intensificação dos conflitos entre os africanos trazia mais prisioneiros de guerra para
trabalharem em propriedades no continente.
C) a base escravista africana pautava-se na captura de prisioneiros de guerra e a intensificação dos
conflitos aumentava o número de escravos disponíveis para comércio com os europeus.
D) os europeus buscavam soluções para a resolução dos problemas entre os africanos para que o
comércio escravista seguisse novamente seu curso normal.
SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Superintendência Regional de Ensino de Varginha
4
Questão 8 - Levando em consideração as representações da imagem abaixo,
As figuras fazem parte
A)da Teoria da Evolução
Humana.
B)da representação da História
das Ferramentas.
C) da Teoria da migração pelo
Estreito de Bering
D)do Trabalho na Pré-História.
Disponível em http://www.ahistoria.com.br/da-evolucao-humana/ Acesso em: 16 dez. 2013.
“Queijo de Minas é patrimônio cultural
Mercado Municipal vende o produto a turistas de várias regiões brasileiras
Dolores Mendes
O modo artesanal da fabricação do queijo Minas Gerais foi registrado ontem como patrimônio cultural
imaterial brasileiro pelo Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
O veredicto foi dado em reunião do conselho realizada no Museu de Artes e Ofícios, em Belo Horizonte. Luiz
Fernando de Almeida, presidente do IPHAN e do conselho, ressaltou que a técnica de fabricação artesanal do
queijo está “inserida na cultura do que é ser mineiro”.
Quem produz e quem vende o queijo mineiro se sente valorizado com o reconhecimento do IPHAN. “Agora
virou patrimônio, porque cultural já é há três séculos”, defende a vendedora Eliana Matos, que há 30 anos
atende os turistas no mercado municipal de Uberlândia. Segunda ela, o queijo de Minas é conhecido no
mundo inteiro.
A fabricação de queijo é uma tradição diária nas regiões produtoras. Apenas na sexta-feira da Semana Santa,
ele não é feito, quando o leite é distribuído na vizinhança e destinado ao doce de leite e às quitandas. O IPHAN
inventariou as regiões da cidade histórica do Serro, a Serra da Canastra e Serra do Salitre, onde predominam
fazendas que mantêm a tradição do artesanal queijo mineiro.
JORNAL CORREIO DE UBERLÂNDIA, 16/maio/2008.
Questão 9 - De acordo com a vendedora Eliana Matos, que disse “Agora virou patrimônio, porque
cultural já é há três séculos”, o Queijo Minas faz parte da cultura
A) da cidade histórica do Serro.
B) do que é ser mineiro.
C) do reconhecimento da prática na Semana Santa.
D) do mercado municipal de Uberlândia.
SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Superintendência Regional de Ensino de Varginha
5
Questão 10 - Abaixo, seguem as linhas cronológicas de três calendários distintos.
Disponível em http://goo.gl/YjebIk Acesso em: dez 2013.
Quando da criação do Estado de Israel em 5708, segundo o Calendário Judaico, no Calendário Cristão
o ano era de
a) 1367 b) 5766 c) 3760 d) 1948
Questão 11 - Seguindo os exemplos abaixo,
O período em que se estuda o
conteúdo acima é
A) a Civilização.
B) o Período Clássico.
C) o Período Antigo.
D) A Pré-História.
Disponível em http://goo.gl/0fbnER Acesso em dez 2013.
SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Superintendência Regional de Ensino de Varginha
6
Questão 12 - De acordo com as imagens abaixo, que retratam a mão-de-obra utilizada pelos
portugueses durante a colonização do Brasil,
Os escravos expostos nas
pinturas são de origem
A) indígena.
B) africana.
C) europeia.
D) asiática.
Disponível em http://goo.gl/zkfjE8 Acesso em dez 2013
Disponível em http://goo.gl/AZ9qBp Acesso em dez 2013.
Questão 13 - Leia o texto abaixo.
A letra de Lourinha Bombril, dos Paralamas do Sucesso, enfatiza
uma característica muito peculiar sobre a formação da cultura
brasileira. Sendo assim,
A) o Brasil teve como base, para a construção de sua
identidade, inúmeras características das mais diferentes
culturas com as quais sua população teve contato.
B) Os processos migratórios e o contato com outros povos
trouxeram algumas poucas mudanças numa cultura que já
havia sido estabelecida no Brasil.
C) A identidade brasileira baseia-se na eliminação de influências
externas para sua manutenção.
D) O hibridismo da cultura brasileira envolveu poucas
características vindas das culturas com as quais se relacionou.
“Essa crioula tem o olho azul
Essa lourinha tem cabelo bombril
Aquela índia tem sotaque do Sul
Essa mulata é da cor do Brasil
A cozinheira tá falando alemão
A princesinha tá falando no pé
A italiana cozinhando o feijão
A americana se encantou com Pelé
Häagen-dazs de mangaba
Chateau canela-preta
Cachaça made in Carmo dando a
volta no planeta”
SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Superintendência Regional de Ensino de Varginha
7
Questão 14 - Analise a seguinte imagem.
Disponível em http://goo.gl/b4BX9I Acesso em dez 2013.
De acordo com o quadro acima, podemos concluir que
A) existiam espécies distintas e que o homem foi uma delas.
B) as espécies evoluíram isoladamente uma das outras.
C) houve uma evolução com o passar dos anos, até chegar no homem atual.
D) mesmo com o passar de milhões de anos poucas foram as mudanças nas espécies.
Questão 15 - Leia os dois textos a seguir.
“Uma gente parda, bem-disposta, com cabelos compridos; andavam todos nus sem vergonha alguma.
Os homens têm os seus cabelos grandes e a barba pelada; as pálpebras e sobrancelhas
são pintadas de branco negro, azul ou vermelho; as mulheres andam igualmente nuas, são bem feitas de corpo e trazem
os cabelos compridos.”
OLIVERI, Antônio Carlos e VILLA, Marco Antônio (org.). Cronistas do descobrimento. São Paulo: Ática, 2002. (Adaptado)
“Eu estava na areia da praia quando chegaram cabaças gigantes, cortadas ao meio,
flutuando no mar, arrastadas por enormes asas.
Das cabaças gigantes saíram outras menores, sem asas, que vieram até à praia. Dentro delas havia homens peludos que
fediam muito.
Ajudamos os homens peludos, catando lenha, frutas, papagaios e enchendo barricas de água. Deviam ser inimigos da
água, pois nunca entravam nela.
Tinham várias camadas de pele, que iam tirando à medida que o Sol esquentava, e colocando de novo quando a Lua
aparecia.
Os pés eram de couro duro. Alguns traziam o peito e as costas cobertos por uma carapaça. Outros a traziam cobrindo a
cabeça e as orelhas. À medida que iam tirando as peles ou as carapaças, mais fediam.”
JAF, Ivan ET alli. Jovens brasileiros: uma aventura literária em 10 momentos da nossa história. São Paulo: Ática, 2002. (adaptado)
Os dois relatos, que têm pontos de vista diferentes, retratam
A) o encontro de culturas que já se conheciam e já tinham uma relação estabelecida.
B) como os portugueses e os povos das terras descobertas se descreveram quando se viram pela
primeira vez.
C) como os portugueses dominaram os povos indígenas quando de sua chegada no Novo Continente.
D) a forma como os portugueses e indígenas estabeleceram suas relações a partir do primeiro
encontro.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
Francisco Antonio Machado Araujo
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
Juliana Corvino de Araújo
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
Paula Naranjo
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio cultural
Curso Letrados
 
Exercicios grecia antiga
Exercicios grecia antigaExercicios grecia antiga
Exercicios grecia antiga
Adail Silva
 
Mesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinhaMesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinha
Viviane Simões
 
Atividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Plano para direitos humanos e vozes da escola
Plano para direitos humanos e vozes da escolaPlano para direitos humanos e vozes da escola
Plano para direitos humanos e vozes da escola
Suelen Fabiano Aguiar
 
Atividades de sociologia interpretação de textos e charges
Atividades de sociologia interpretação de textos e chargesAtividades de sociologia interpretação de textos e charges
Atividades de sociologia interpretação de textos e charges
Atividades Diversas Cláudia
 
Currículo referência ensino religioso 6º ao 9º ano
Currículo referência ensino religioso 6º ao 9º anoCurrículo referência ensino religioso 6º ao 9º ano
Currículo referência ensino religioso 6º ao 9º ano
tecnicossme
 
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
Anita Rink
 
Caderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º BimestreCaderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º Bimestre
Patrícia Costa Grigório
 
Atividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia iiAtividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia ii
Doug Caesar
 
Avaliação de história 6º ano
Avaliação de história 6º anoAvaliação de história 6º ano
Avaliação de história 6º ano
Acrópole - História & Educação
 
Os movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneosOs movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneos
Edenilson Morais
 
Prova filosofia 1º ano / I bimestre
Prova filosofia 1º ano /  I bimestreProva filosofia 1º ano /  I bimestre
Prova filosofia 1º ano / I bimestre
Mary Alvarenga
 
Patrimônio histórico
Patrimônio histórico Patrimônio histórico
Patrimônio histórico
Rodolfo Santana
 
Aula 1 A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
Aula 1  A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...Aula 1  A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
Aula 1 A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
Prof. Noe Assunção
 
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe AssunçãoAula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
HISTÓRIA DE MARANHAO.pptx
HISTÓRIA DE MARANHAO.pptxHISTÓRIA DE MARANHAO.pptx
HISTÓRIA DE MARANHAO.pptx
AdrianaReginaCostaRD
 

Mais procurados (20)

PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Cultura indígena
Cultura indígenaCultura indígena
Cultura indígena
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio cultural
 
Exercicios grecia antiga
Exercicios grecia antigaExercicios grecia antiga
Exercicios grecia antiga
 
Mesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinhaMesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinha
 
Atividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade sobre musica e filosofia - Prof. Ms. Noe Assunção
 
Plano para direitos humanos e vozes da escola
Plano para direitos humanos e vozes da escolaPlano para direitos humanos e vozes da escola
Plano para direitos humanos e vozes da escola
 
Atividades de sociologia interpretação de textos e charges
Atividades de sociologia interpretação de textos e chargesAtividades de sociologia interpretação de textos e charges
Atividades de sociologia interpretação de textos e charges
 
Currículo referência ensino religioso 6º ao 9º ano
Currículo referência ensino religioso 6º ao 9º anoCurrículo referência ensino religioso 6º ao 9º ano
Currículo referência ensino religioso 6º ao 9º ano
 
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
História da Arte (PaleoLítico, Mesolítico, Neolítico, Arte Egípsia, Arte Greg...
 
Caderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º BimestreCaderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 8º Ano/4º Bimestre
 
Atividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia iiAtividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia ii
 
Avaliação de história 6º ano
Avaliação de história 6º anoAvaliação de história 6º ano
Avaliação de história 6º ano
 
Os movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneosOs movimentos sociais contemporâneos
Os movimentos sociais contemporâneos
 
Prova filosofia 1º ano / I bimestre
Prova filosofia 1º ano /  I bimestreProva filosofia 1º ano /  I bimestre
Prova filosofia 1º ano / I bimestre
 
Patrimônio histórico
Patrimônio histórico Patrimônio histórico
Patrimônio histórico
 
Aula 1 A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
Aula 1  A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...Aula 1  A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
Aula 1 A nossa identidade brasileira- Sociologia - 1º ano EM - Prof. Noe Ass...
 
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe AssunçãoAula 3   a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
Aula 3 a felicidade é coletiva - texto e atividade - Prof. Noe Assunção
 
HISTÓRIA DE MARANHAO.pptx
HISTÓRIA DE MARANHAO.pptxHISTÓRIA DE MARANHAO.pptx
HISTÓRIA DE MARANHAO.pptx
 

Destaque

Diagnostica historia 7ano1
Diagnostica historia 7ano1Diagnostica historia 7ano1
Diagnostica historia 7ano1
Atividades Diversas Cláudia
 
Diagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7anoDiagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Revisão para prova de história 1º ano
Revisão para prova de história 1º anoRevisão para prova de história 1º ano
Revisão para prova de história 1º ano
eunamahcado
 
Ava historia 6ano
Ava historia 6anoAva historia 6ano
Ava historia 6ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Correção Simulado Interdisciplinar
Correção Simulado InterdisciplinarCorreção Simulado Interdisciplinar
Correção Simulado Interdisciplinar
CristhianeGuimaraes
 
Ava geo 7ano
Ava geo 7anoAva geo 7ano
Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)
vanilda freitas oliveira
 
Saresp port 7º ano 2011
Saresp port 7º ano 2011Saresp port 7º ano 2011
Saresp port 7º ano 2011
Alda Cavalcante
 
Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2
Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2
Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades Pré-História
Atividades Pré-HistóriaAtividades Pré-História
Atividades Pré-História
Doug Caesar
 
Diagnostica historia 6ano
Diagnostica historia 6anoDiagnostica historia 6ano
Diagnostica historia 6ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Cbc e documentos
Cbc e documentosCbc e documentos
Cbc e documentos
André Pereira Rocha
 
História pnld 2014
História pnld 2014História pnld 2014
História pnld 2014
André Pereira Rocha
 
Leitura e escrita em História
Leitura e escrita em HistóriaLeitura e escrita em História
Leitura e escrita em História
André Pereira Rocha
 
Divindades
DivindadesDivindades
Planejamento 7º ano (1 bimestre)
Planejamento 7º ano (1 bimestre)Planejamento 7º ano (1 bimestre)
Planejamento 7º ano (1 bimestre)
manoelportofilho
 
Resolução SEE MG 2197/12
Resolução SEE MG 2197/12Resolução SEE MG 2197/12
Resolução SEE MG 2197/12
André Pereira Rocha
 
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestreProva de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação Diagnóstica História 6º Ano
Avaliação Diagnóstica História 6º AnoAvaliação Diagnóstica História 6º Ano
Avaliação Diagnóstica História 6º Ano
Ju Hachmann
 
Planejamento Escolar
Planejamento EscolarPlanejamento Escolar
Planejamento Escolar
André Pereira Rocha
 

Destaque (20)

Diagnostica historia 7ano1
Diagnostica historia 7ano1Diagnostica historia 7ano1
Diagnostica historia 7ano1
 
Diagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7anoDiagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7ano
 
Revisão para prova de história 1º ano
Revisão para prova de história 1º anoRevisão para prova de história 1º ano
Revisão para prova de história 1º ano
 
Ava historia 6ano
Ava historia 6anoAva historia 6ano
Ava historia 6ano
 
Correção Simulado Interdisciplinar
Correção Simulado InterdisciplinarCorreção Simulado Interdisciplinar
Correção Simulado Interdisciplinar
 
Ava geo 7ano
Ava geo 7anoAva geo 7ano
Ava geo 7ano
 
Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)
 
Saresp port 7º ano 2011
Saresp port 7º ano 2011Saresp port 7º ano 2011
Saresp port 7º ano 2011
 
Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2
Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2
Aval hist-6c2ba-ano-com-descritores-2
 
Atividades Pré-História
Atividades Pré-HistóriaAtividades Pré-História
Atividades Pré-História
 
Diagnostica historia 6ano
Diagnostica historia 6anoDiagnostica historia 6ano
Diagnostica historia 6ano
 
Cbc e documentos
Cbc e documentosCbc e documentos
Cbc e documentos
 
História pnld 2014
História pnld 2014História pnld 2014
História pnld 2014
 
Leitura e escrita em História
Leitura e escrita em HistóriaLeitura e escrita em História
Leitura e escrita em História
 
Divindades
DivindadesDivindades
Divindades
 
Planejamento 7º ano (1 bimestre)
Planejamento 7º ano (1 bimestre)Planejamento 7º ano (1 bimestre)
Planejamento 7º ano (1 bimestre)
 
Resolução SEE MG 2197/12
Resolução SEE MG 2197/12Resolução SEE MG 2197/12
Resolução SEE MG 2197/12
 
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestreProva de historia 1 ano 1 bimestre
Prova de historia 1 ano 1 bimestre
 
Avaliação Diagnóstica História 6º Ano
Avaliação Diagnóstica História 6º AnoAvaliação Diagnóstica História 6º Ano
Avaliação Diagnóstica História 6º Ano
 
Planejamento Escolar
Planejamento EscolarPlanejamento Escolar
Planejamento Escolar
 

Semelhante a Ava historia 7ano

Ava historia 8ano
Ava historia 8anoAva historia 8ano
Ava historia 8ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Diagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7anoDiagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7ano
Atividades Diversas Cláudia
 
ESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASIL
ESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASILESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASIL
ESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASIL
deisewonka30
 
História Indigena.pdf resumo colorido mapa metntal
História Indigena.pdf resumo colorido mapa metntalHistória Indigena.pdf resumo colorido mapa metntal
História Indigena.pdf resumo colorido mapa metntal
victoriasaint928
 
66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf
66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf
66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf
LEANDROSPANHOL1
 
Gabarito 7ano historia
Gabarito 7ano historiaGabarito 7ano historia
Gabarito 7ano historia
Atividades Diversas Cláudia
 
Plano de ensino 7º ano história
Plano de ensino 7º ano históriaPlano de ensino 7º ano história
Plano de ensino 7º ano história
Atividades Diversas Cláudia
 
PPT Narrativas Quilombolas
PPT Narrativas QuilombolasPPT Narrativas Quilombolas
PPT Narrativas Quilombolas
Gelson Rocha
 
Caderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º BimestreCaderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º Bimestre
Patrícia Costa Grigório
 
23573.pptx
23573.pptx23573.pptx
Planos de ensino historia 7 ano 2014
Planos de ensino historia 7 ano 2014Planos de ensino historia 7 ano 2014
Planos de ensino historia 7 ano 2014
Atividades Diversas Cláudia
 
H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013
Icobashi
 
H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013
Icobashi
 
H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013
Icobashi
 
H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)
H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)
H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)
Albiely
 
História e geografia encceja e.f.
História e geografia encceja   e.f.História e geografia encceja   e.f.
História e geografia encceja e.f.
Atividades Diversas Cláudia
 
História arrumar iii
História arrumar iiiHistória arrumar iii
História arrumar iii
Atividades Diversas Cláudia
 
Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01
Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01
Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01
Marlene Silveira
 
Resistencias dos povos originários aula.pptx
Resistencias dos povos originários aula.pptxResistencias dos povos originários aula.pptx
Resistencias dos povos originários aula.pptx
DalianeDuarte3
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 

Semelhante a Ava historia 7ano (20)

Ava historia 8ano
Ava historia 8anoAva historia 8ano
Ava historia 8ano
 
Diagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7anoDiagnostica historia 7ano
Diagnostica historia 7ano
 
ESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASIL
ESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASILESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASIL
ESCRAVIDÃO NO BRASIL. AFRICANOS NO BRASIL
 
História Indigena.pdf resumo colorido mapa metntal
História Indigena.pdf resumo colorido mapa metntalHistória Indigena.pdf resumo colorido mapa metntal
História Indigena.pdf resumo colorido mapa metntal
 
66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf
66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf
66hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh6649.pdf
 
Gabarito 7ano historia
Gabarito 7ano historiaGabarito 7ano historia
Gabarito 7ano historia
 
Plano de ensino 7º ano história
Plano de ensino 7º ano históriaPlano de ensino 7º ano história
Plano de ensino 7º ano história
 
PPT Narrativas Quilombolas
PPT Narrativas QuilombolasPPT Narrativas Quilombolas
PPT Narrativas Quilombolas
 
Caderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º BimestreCaderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º Bimestre
Caderno Pedagógico de História - 7º Ano/4º Bimestre
 
23573.pptx
23573.pptx23573.pptx
23573.pptx
 
Planos de ensino historia 7 ano 2014
Planos de ensino historia 7 ano 2014Planos de ensino historia 7 ano 2014
Planos de ensino historia 7 ano 2014
 
H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013
 
H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013
 
H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013H7 4 bim_aluno_2013
H7 4 bim_aluno_2013
 
H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)
H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)
H7 4 bim_aluno_2013(2bimestre)
 
História e geografia encceja e.f.
História e geografia encceja   e.f.História e geografia encceja   e.f.
História e geografia encceja e.f.
 
História arrumar iii
História arrumar iiiHistória arrumar iii
História arrumar iii
 
Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01
Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01
Histriaegeografiaencceja e-f-120804084236-phpapp01
 
Resistencias dos povos originários aula.pptx
Resistencias dos povos originários aula.pptxResistencias dos povos originários aula.pptx
Resistencias dos povos originários aula.pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
Atividades Diversas Cláudia
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
Atividades Diversas Cláudia
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
Atividades Diversas Cláudia
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
Atividades Diversas Cláudia
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
Atividades Diversas Cláudia
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
Atividades Diversas Cláudia
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 anoProva de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia (20)

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
 
Prova de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 anoProva de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 ano
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
 

Ava historia 7ano

  • 1. SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Varginha 1 Escola: __________________________________________________________ Nome: ___________________________________________________________ Turma: ________ Turno:________ Data da Aplicação: ___/___/___ Avaliação Diagnóstica de História 7º Ano - História Questão 1 - Observe, abaixo, a imagem de uma manifestação cultural no Brasil. Essa imagem mostra que o Carnaval é uma manifestação da cultura A) erudita. B) indígena. C) oriental. D) popular. Disponível em: <http://static.blogo.it/viajandaun/CarnavalemOuroPreto.jpg>. Acesso em: 22 ago. 2009. Questão 2 - Leia, abaixo, um trecho do poema escrito, em 1868, por Castro Alves. (...) Ontem plena liberdade, A vontade por poder... Hoje... cúmulo de maldade, Nem são livres pra morrer... Prende-os a mesma corrente — Férrea, lúgubre serpente — (...) Disponível em: <http://www.culturabrasil.pro.br>. Acesso em: 22 ago. 2009. Adaptado. Esse poema critica a A) prostituição feminina. B) exploração infantil. C) escravidão negra. D) colonização portuguesa.
  • 2. SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Varginha 2 Questão 3 - Observe o quadro abaixo, para responder as questões 3 e 4. Número de escravos importados pelo Brasil 1849 54.000 1850 23.000 1851 3.278 1852 700 CALÓGERAS, J.P. Formação histórica do Brasil. São Paulo: Nacional, 1957. De acordo com esse quadro, o período de 1849 a 1852 retrata a A) diminuição do emprego. B) exploração indígena. C) igualdade social. D) imigração europeia. Questão 4 - De acordo com os dados desse quadro, a diminuição do número de escravos importados pelo Brasil foi gerada pela A) abolição da escravidão. B) aprovação das leis trabalhistas. C) Lei Eusébio de Queirós. D) Proclamação da República. Questão 5 - Leia o texto abaixo sobre os povos que habitavam a América, antes da chegada dos europeus. Indígenas da América Alguns povos eram caçadores, coletores e nômades e viviam em florestas tropicais densas e fechadas. Outros eram agricultores, viviam em regiões de grandes altitudes e edificavam construções imponentes. Astecas, Olmecas, Incas, Caraíbas, Tupinambás, Tamoios, Cheyennes, Siouxs, Comanches, entre outros, eram algumas das centenas de representantes das culturas pré- colombiana. Entretanto é comum utilizar a expressão “índios” a todas as culturas e habitantes da América antes da chegada dos europeus. Trata-se de um nome generalizante que não consegue traduzir a complexidade e a diversidade dessas culturas. CABRINI, Conceição. História Temática: diversidade cultural e conflitos. São Paulo: Scipione, 2004, p. 78. De acordo com o texto, esses povos A) adotavam as mesmas práticas econômicas. B) construíam os mesmos tipos de edificações. C) eram diferentes culturalmente. D) eram superiores aos europeus.
  • 3. SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Varginha 3 Questão 6 - Levando em consideração a explicação sobre escravidão do texto abaixo, ela já existia na África e os escravos eram obtidos “[...] O continente africano abrigava inúmeras aldeias e também [reinos] organizados, com reis, exércitos, impostos, legislação etc [...] Embora em pequena escala, a escravidão já estava presente antes da chegada dos europeus à África. Os escravos eram capturados nas guerras e levados à aldeia vitoriosa, onde passavam a fazer parte das famílias, com a diferença que trabalhavam mais que os outros membros da casa. Em algumas sociedades, os escravos trabalhavam na produção agrícola das propriedades do rei e dos ricos e, na quarta geração, seus descendentes nasciam livres.” César Coll e Ana Teberosky. Aprendendo História Geografia: Conteúdos essenciais para o Ensino Fundamental de 1ª a 4ª série.São Paulo: Ática, 2000. A) por causa da organização dos reinos africanos, que tinham reis, exércitos, impostos e legislação. B) porque trabalhavam mais que os membros das famílias dos que os capturavam. C) através da guerra e eram levados às aldeias vitoriosas. D) para trabalhar na produção agrícola das propriedades do rei e dos ricos. Questão 7 - A citação de Marina de Mello e Souza nos mostra que já existia escravidão dos povos africanos antes mesmo do contato dos europeus. A escravidão na África e a estabelecida pelos europeus na América tinham bases e objetivos diferentes. Dessa forma, “Sem dúvida, a existência anterior de escravos, e de sua comercialização, facilitou a implantação e o sucesso desse novo negócio. Porém, foram as ações de mercadores e capitais europeus (mais tarde americanos) que provocaram o aumento dos conflitos [na África] com o objetivo de obter mais cativos.” Op. cit. Marina de Mello e Souza, Revista Nossa História, ano I, nº 8, junho de 2004. p. 81. A) os conflitos entre os povos africanos modificaram a forma com a qual eles mantinham seus negócios com os europeus. B) a intensificação dos conflitos entre os africanos trazia mais prisioneiros de guerra para trabalharem em propriedades no continente. C) a base escravista africana pautava-se na captura de prisioneiros de guerra e a intensificação dos conflitos aumentava o número de escravos disponíveis para comércio com os europeus. D) os europeus buscavam soluções para a resolução dos problemas entre os africanos para que o comércio escravista seguisse novamente seu curso normal.
  • 4. SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Varginha 4 Questão 8 - Levando em consideração as representações da imagem abaixo, As figuras fazem parte A)da Teoria da Evolução Humana. B)da representação da História das Ferramentas. C) da Teoria da migração pelo Estreito de Bering D)do Trabalho na Pré-História. Disponível em http://www.ahistoria.com.br/da-evolucao-humana/ Acesso em: 16 dez. 2013. “Queijo de Minas é patrimônio cultural Mercado Municipal vende o produto a turistas de várias regiões brasileiras Dolores Mendes O modo artesanal da fabricação do queijo Minas Gerais foi registrado ontem como patrimônio cultural imaterial brasileiro pelo Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O veredicto foi dado em reunião do conselho realizada no Museu de Artes e Ofícios, em Belo Horizonte. Luiz Fernando de Almeida, presidente do IPHAN e do conselho, ressaltou que a técnica de fabricação artesanal do queijo está “inserida na cultura do que é ser mineiro”. Quem produz e quem vende o queijo mineiro se sente valorizado com o reconhecimento do IPHAN. “Agora virou patrimônio, porque cultural já é há três séculos”, defende a vendedora Eliana Matos, que há 30 anos atende os turistas no mercado municipal de Uberlândia. Segunda ela, o queijo de Minas é conhecido no mundo inteiro. A fabricação de queijo é uma tradição diária nas regiões produtoras. Apenas na sexta-feira da Semana Santa, ele não é feito, quando o leite é distribuído na vizinhança e destinado ao doce de leite e às quitandas. O IPHAN inventariou as regiões da cidade histórica do Serro, a Serra da Canastra e Serra do Salitre, onde predominam fazendas que mantêm a tradição do artesanal queijo mineiro. JORNAL CORREIO DE UBERLÂNDIA, 16/maio/2008. Questão 9 - De acordo com a vendedora Eliana Matos, que disse “Agora virou patrimônio, porque cultural já é há três séculos”, o Queijo Minas faz parte da cultura A) da cidade histórica do Serro. B) do que é ser mineiro. C) do reconhecimento da prática na Semana Santa. D) do mercado municipal de Uberlândia.
  • 5. SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Varginha 5 Questão 10 - Abaixo, seguem as linhas cronológicas de três calendários distintos. Disponível em http://goo.gl/YjebIk Acesso em: dez 2013. Quando da criação do Estado de Israel em 5708, segundo o Calendário Judaico, no Calendário Cristão o ano era de a) 1367 b) 5766 c) 3760 d) 1948 Questão 11 - Seguindo os exemplos abaixo, O período em que se estuda o conteúdo acima é A) a Civilização. B) o Período Clássico. C) o Período Antigo. D) A Pré-História. Disponível em http://goo.gl/0fbnER Acesso em dez 2013.
  • 6. SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Varginha 6 Questão 12 - De acordo com as imagens abaixo, que retratam a mão-de-obra utilizada pelos portugueses durante a colonização do Brasil, Os escravos expostos nas pinturas são de origem A) indígena. B) africana. C) europeia. D) asiática. Disponível em http://goo.gl/zkfjE8 Acesso em dez 2013 Disponível em http://goo.gl/AZ9qBp Acesso em dez 2013. Questão 13 - Leia o texto abaixo. A letra de Lourinha Bombril, dos Paralamas do Sucesso, enfatiza uma característica muito peculiar sobre a formação da cultura brasileira. Sendo assim, A) o Brasil teve como base, para a construção de sua identidade, inúmeras características das mais diferentes culturas com as quais sua população teve contato. B) Os processos migratórios e o contato com outros povos trouxeram algumas poucas mudanças numa cultura que já havia sido estabelecida no Brasil. C) A identidade brasileira baseia-se na eliminação de influências externas para sua manutenção. D) O hibridismo da cultura brasileira envolveu poucas características vindas das culturas com as quais se relacionou. “Essa crioula tem o olho azul Essa lourinha tem cabelo bombril Aquela índia tem sotaque do Sul Essa mulata é da cor do Brasil A cozinheira tá falando alemão A princesinha tá falando no pé A italiana cozinhando o feijão A americana se encantou com Pelé Häagen-dazs de mangaba Chateau canela-preta Cachaça made in Carmo dando a volta no planeta”
  • 7. SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Superintendência Regional de Ensino de Varginha 7 Questão 14 - Analise a seguinte imagem. Disponível em http://goo.gl/b4BX9I Acesso em dez 2013. De acordo com o quadro acima, podemos concluir que A) existiam espécies distintas e que o homem foi uma delas. B) as espécies evoluíram isoladamente uma das outras. C) houve uma evolução com o passar dos anos, até chegar no homem atual. D) mesmo com o passar de milhões de anos poucas foram as mudanças nas espécies. Questão 15 - Leia os dois textos a seguir. “Uma gente parda, bem-disposta, com cabelos compridos; andavam todos nus sem vergonha alguma. Os homens têm os seus cabelos grandes e a barba pelada; as pálpebras e sobrancelhas são pintadas de branco negro, azul ou vermelho; as mulheres andam igualmente nuas, são bem feitas de corpo e trazem os cabelos compridos.” OLIVERI, Antônio Carlos e VILLA, Marco Antônio (org.). Cronistas do descobrimento. São Paulo: Ática, 2002. (Adaptado) “Eu estava na areia da praia quando chegaram cabaças gigantes, cortadas ao meio, flutuando no mar, arrastadas por enormes asas. Das cabaças gigantes saíram outras menores, sem asas, que vieram até à praia. Dentro delas havia homens peludos que fediam muito. Ajudamos os homens peludos, catando lenha, frutas, papagaios e enchendo barricas de água. Deviam ser inimigos da água, pois nunca entravam nela. Tinham várias camadas de pele, que iam tirando à medida que o Sol esquentava, e colocando de novo quando a Lua aparecia. Os pés eram de couro duro. Alguns traziam o peito e as costas cobertos por uma carapaça. Outros a traziam cobrindo a cabeça e as orelhas. À medida que iam tirando as peles ou as carapaças, mais fediam.” JAF, Ivan ET alli. Jovens brasileiros: uma aventura literária em 10 momentos da nossa história. São Paulo: Ática, 2002. (adaptado) Os dois relatos, que têm pontos de vista diferentes, retratam A) o encontro de culturas que já se conheciam e já tinham uma relação estabelecida. B) como os portugueses e os povos das terras descobertas se descreveram quando se viram pela primeira vez. C) como os portugueses dominaram os povos indígenas quando de sua chegada no Novo Continente. D) a forma como os portugueses e indígenas estabeleceram suas relações a partir do primeiro encontro.