SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO
_________________________
E.E.” ______________________________________________”
AVALIAÇÃO BIMESTRAL DEARTE
Avaliação de Arte
Aluno:
A B C D
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
NOTA:
DATA:
NÚMERO:
PROFESSOR (A): Série: 8 TURMA:
ALUNO (A)
1. Identifique a arte abaixo analisando as características apresentadas nas alternativas.
a. É uma arte, surgida nos anos 1950, é um meio de expressão no qual envelopes, telegramas, selos ou
carimbos postais são alguns dos suportes. Os artistas utilizam técnicas como colagens, fotografia, escrita ou
pintura.
b. É um gênero textual de correspondência, o qual visa a estabelecer uma comunicação direta entre os
interlocutores, para transmitir diferentes tipos de mensagens.Não tem ilustração.
c. O cartaz é um gênero textual marcado especialmente pela função informativa, bem como pela função
apelativa. São afixados em lugares públicos.
d. É uma forma rápida de se enviar a mensagem escrita ou fonada ou via Internet.
2. Observe a coluna 1 e enumere a coluna 2, conceituando corretamente os termos.
COLUNA1 COLUNA2
( 1 ) Patrimônio
( 2 ) Patrimônio material
( 3 ) Patrimônio imaterial
( ) É tudo o que criamos, valorizamos e queremos preservar: são os
monumentos e obras de arte, e também as festas, músicas e danças, os folguedos
e as comidas, os saberes, fazeres e falares. Tudo enfim que produzimos com as
mãos, as ideias e a fantasia.
( ) É o conjunto de bens culturais móveis e imóveis existentes no país e cuja
conservação seja de interesse público.
( ) É definido pela UNESCO como as práticas, representações, expressões,
conhecimentos e técnicas – com os instrumentos, objetos, artefatos e lugares
culturais que lhes são associados - que as comunidades, os grupos e, em alguns
casos os indivíduos, reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural.
O Modo Artesanal de Fazer Queijo de Minas, nas regiões do
Serro, da Serra da Canastra e do Salitre, em Minas Gerais, foi
inscrito no Livro de Registro dos Saberes, em junho de 2008.
Como todo queijo artesanal feito no Brasil, as bases originais do
modo de fazer queijo nas Gerais, vêm da tradição portuguesa da
Serra da Estrela, na região central de Portugal. E, como todo
produto cultural, ao longo do tempo transformou-se dinamicamente
e buscou aderir-se à realidade local, fundamentando estruturas,
instrumentos, técnicas e fazeres que lhes são próprios.
3. O modo de fazer o Queijo de Minas é considerado
( a ) Patrimonio material ( b ) Patrimonio cultural
4. Sobre patrimônio, marque V ou F
a. ( ) O patrimônio material consiste no conjunto de bens culturais móveis e imóveis existentes no país.
b. ( ) Patrimônio imaterial é definido como as práticas, representações, expressões, conhecimentos e
técnicas.
c. ( ) A cultura imaterial é passada de geração a geração.
d. ( ) Patrimônios são os monumentos e obras de arte, e também as festas, músicas e danças, os
folguedos e as comidas, os saberes, fazeres e falares..
5 - Relacione a 1ª coluna com a 2ª coluna.
(A) Artista
(B) Artesão
( ) É o profissional responsável pela elaboração e execução e produção de programas,
eventos e atividades culturais, sociais, esportivas e comemorativas.
(C) Produtor cultural
(D) Designer
( ) É o profissional responsável pela criação de um produto. Ele compreende os conceitos
artísticos e funcionais, projeta e idealiza um objeto utilitário específico.
( ) É um profissional que fabrica produtos através de um processo manual ou
com auxílio de ferramentas. Aprende o seu ofício com a sua família ou comunidade.
( ) Indivíduo que se dedica às artes ou faz delas meio de vida: ator, bailarino, cantor,
desenhista, escritor, escultor, fotógrafo, músico, pintor etc.
Leia o texto e responda as questões 6 e 7
O samba de roda é um estilo musical popular brasileiro, derivado do
samba africano. O samba de roda reúne diversas músicas, poesias
e danças.
O samba de roda surgiu na Bahia, no século XVII e tem inspiração
no samba dos africanos angolanos que foram trazidos para o Brasil.
Essa dança está intimamente relacionada à roda de capoeira, e aos
orixás, entidades espirituais das religiões de matriz africanas.
Presente em todo o Brasil, é no Recôncavo baiano que o samba de
roda é mais popular. Apesar de ser baseado nas tradições
africanas, o samba de roda também possui influências portuguesas,
como o uso da viola. Essa manifestação geralmente ocorria nas
festas tradicionais ou no culto aos orixás. Hoje em dia, ela é comum
em qualquer ocasião, simplesmente pela diversão que envolve e
proporciona.
6. O samba de roda é um estilo musical derivado
a. do samba africano
b. das cantigas mineiras
c. do frevo pernambucano
d. das danças baianas
7. Em qual Estado do Brasil, o samba de roda mais se destaca?
a. Bahia
b. Rio de Janeiro
c. São Paulo
d. Minas Gerais
Assim como o pintor só precisa misturar as cores primárias para criar novas cores e fazer as suas telas, com
apenas sete notas musicais o compositor cria todas as músicas que conhecemos. Quando as notas Dó, Ré,
Mi, Fá, Sol, Lá e Si são combinadas em uma Escala Musical, elas se multiplicam e dão origem a todas as
músicas. Para fazer uma música, o compositor deve pensar, além das misturas de notas, no ritmo e
compasso que ele quer para sua música, e esse ritmo gerará um estilo musical.
Escolhidas as notas que formam a melodia, o ritmo que ordenará essa melodia dentro do compasso, o
compositor harmonizará todos esses elementos e pensará nos instrumentos que tocarão essa música. Tudo
deve combinar e fazer sentido ao ouvido.
8. Identifique no texto acima os elementos da música:
a. Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si
b. Notas, ritmo e compasso
c. Escala Musical e instrumentos musicais
d. Melodia, ritmo e harmonia.
Até a década de 1960 as imagens em vídeo estavam presentes basicamente na televisão. Com a
popularização de câmeras de vídeo portáteis, alguns artistas passaram a utilizar o audiovisual para criar suas
propostas. Desse modo, surgiu a _________________, um novo termo para designar essa recém-criada
possibilidade artística. O artista sul-coreano Nam June Paik (1932-2006) é considerado um dos pioneiros
dessa arte no mundo. No Brasil, nos anos 1970, a artista baiana Letícia Parente (1930-1991), foi uma das
primeiras artistas a experimentar o vídeo para fazer suas obras.
9. O termo que completa corretamente a lacuna acima é
a. Televisão
b. Internet
c. Videoarte
d. Dança
10 - Marque V para verdadeiro e F para falso:
( ) Até a década de 1960 as imagens em vídeo estavam presentes basicamente na televisão.
( ) A popularização das câmeras de vídeo portáteis possibilitaram que os artistas criassem a videoarte.
( ) Letícia Parente (1930-1991), foi uma das primeiras brasileiras a experimentar a tela para fazer suas
obras.
( ) Atualmente, a maioria dos celulares grava vídeos, e as pessoas podem vê-los e compartilhá-los.
Gabarito
1.a
2. 1,2,3
3.b
4. vvvv
5. C,.d,b,a,
6, a
7.a
8.d
9. c
10. vvvv

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades de Artes 6° ao 9° Ano
Atividades de Artes 6° ao 9° AnoAtividades de Artes 6° ao 9° Ano
Atividades de Artes 6° ao 9° AnoLeoneide Carvalho
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesGeo Honório
 
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide CarvalhoP rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide CarvalhoLeoneide Carvalho
 
Grafite - Arte nas paredes e nos muros
   Grafite - Arte nas paredes e nos muros   Grafite - Arte nas paredes e nos muros
Grafite - Arte nas paredes e nos murosMary Alvarenga
 
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroAvaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroMoesio Alves
 
Prova 1.ª elementos do teatro a
Prova 1.ª elementos do teatro   aProva 1.ª elementos do teatro   a
Prova 1.ª elementos do teatro aDenise Compasso
 
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestreFabiola Oliveira
 
Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)graduartes
 

Mais procurados (20)

Avaliação de Artes
Avaliação de ArtesAvaliação de Artes
Avaliação de Artes
 
Atividades de Artes 6° ao 9° Ano
Atividades de Artes 6° ao 9° AnoAtividades de Artes 6° ao 9° Ano
Atividades de Artes 6° ao 9° Ano
 
Prova de arte1 9 ano
Prova de arte1 9 anoProva de arte1 9 ano
Prova de arte1 9 ano
 
Danças regionais
Danças regionaisDanças regionais
Danças regionais
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
 
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide CarvalhoP rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
 
Atividade de arte Historia do cinema
Atividade de arte Historia do cinemaAtividade de arte Historia do cinema
Atividade de arte Historia do cinema
 
PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
 
Simulado 6º ano arte
Simulado 6º ano arteSimulado 6º ano arte
Simulado 6º ano arte
 
Apostila ensino médio danca
Apostila ensino médio dancaApostila ensino médio danca
Apostila ensino médio danca
 
AVALIAÇÃO DE ARTES: EJA - 6° AO 9º ANO
AVALIAÇÃO DE ARTES: EJA - 6°  AO  9º ANOAVALIAÇÃO DE ARTES: EJA - 6°  AO  9º ANO
AVALIAÇÃO DE ARTES: EJA - 6° AO 9º ANO
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
 
Grafite - Arte nas paredes e nos muros
   Grafite - Arte nas paredes e nos muros   Grafite - Arte nas paredes e nos muros
Grafite - Arte nas paredes e nos muros
 
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroAvaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
 
Prova 1.ª elementos do teatro a
Prova 1.ª elementos do teatro   aProva 1.ª elementos do teatro   a
Prova 1.ª elementos do teatro a
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
 
Avaliação de artes 6° ano
Avaliação de artes 6° anoAvaliação de artes 6° ano
Avaliação de artes 6° ano
 
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
 
Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)
 

Semelhante a Avaliação de Arte

ATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docx
ATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docxATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docx
ATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docxDeniseNunesLeiteComp
 
Enem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileirasEnem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileirasma.no.el.ne.ves
 
A rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio culturalA rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio culturalAna Costa E Silva
 
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.Tissiane Gomes
 
Aula para eventual 2022
Aula para eventual 2022Aula para eventual 2022
Aula para eventual 2022ssuserb5a19b
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptFernandaBorges359180
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMariaMarques385773
 
Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012
Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012
Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012VCR Comunicação
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Fabiola Oliveira
 
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC Sergio Paulo Ribeiro
 
Manifestações artísticas 1º trimestre por simone helen drumond de carvalho
Manifestações artísticas   1º trimestre por simone helen drumond de carvalhoManifestações artísticas   1º trimestre por simone helen drumond de carvalho
Manifestações artísticas 1º trimestre por simone helen drumond de carvalhoSimoneHelenDrumond
 

Semelhante a Avaliação de Arte (20)

ATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docx
ATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docxATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docx
ATIVIDADE ARTE 6 ET MARÇO COR.docx
 
Enem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileirasEnem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileiras
 
A rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio culturalA rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio cultural
 
Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)
 
Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)
 
Ava arte 9ano
Ava arte 9anoAva arte 9ano
Ava arte 9ano
 
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA PELO SAMBA – PRODUÇÃO DE PARÓDIAS.
 
Aula para eventual 2022
Aula para eventual 2022Aula para eventual 2022
Aula para eventual 2022
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
 
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.pptMÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
MÚSICA – Gêneros e movimentos diversos da música brasileira.ppt
 
Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012
Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012
Mostra Cultura Ativa Sebrae 2012
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
 
Projeto feira de cultura
Projeto feira de culturaProjeto feira de cultura
Projeto feira de cultura
 
material 901-2.pdf
material 901-2.pdfmaterial 901-2.pdf
material 901-2.pdf
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
 
ARTE.pdf
ARTE.pdfARTE.pdf
ARTE.pdf
 
Festa Maracutaia
Festa MaracutaiaFesta Maracutaia
Festa Maracutaia
 
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
Palestra Sobre a Historia da Musica em Chapeco-SC
 
Jornal solaris 4
Jornal solaris 4Jornal solaris 4
Jornal solaris 4
 
Manifestações artísticas 1º trimestre por simone helen drumond de carvalho
Manifestações artísticas   1º trimestre por simone helen drumond de carvalhoManifestações artísticas   1º trimestre por simone helen drumond de carvalho
Manifestações artísticas 1º trimestre por simone helen drumond de carvalho
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.docAtividades Diversas Cláudia
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...Atividades Diversas Cláudia
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia (20)

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
 
Prova de arte 4b 6 ano
Prova de arte 4b 6 anoProva de arte 4b 6 ano
Prova de arte 4b 6 ano
 
Tipos de racismo estrutural e institucional
Tipos de racismo estrutural e institucionalTipos de racismo estrutural e institucional
Tipos de racismo estrutural e institucional
 
Violencia racial no brasil e no mundo
Violencia racial no brasil e no mundoViolencia racial no brasil e no mundo
Violencia racial no brasil e no mundo
 

Último

PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 

Último (20)

PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 

Avaliação de Arte

  • 1. SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO _________________________ E.E.” ______________________________________________” AVALIAÇÃO BIMESTRAL DEARTE Avaliação de Arte Aluno: A B C D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 NOTA: DATA: NÚMERO: PROFESSOR (A): Série: 8 TURMA: ALUNO (A)
  • 2. 1. Identifique a arte abaixo analisando as características apresentadas nas alternativas. a. É uma arte, surgida nos anos 1950, é um meio de expressão no qual envelopes, telegramas, selos ou carimbos postais são alguns dos suportes. Os artistas utilizam técnicas como colagens, fotografia, escrita ou pintura. b. É um gênero textual de correspondência, o qual visa a estabelecer uma comunicação direta entre os interlocutores, para transmitir diferentes tipos de mensagens.Não tem ilustração. c. O cartaz é um gênero textual marcado especialmente pela função informativa, bem como pela função apelativa. São afixados em lugares públicos. d. É uma forma rápida de se enviar a mensagem escrita ou fonada ou via Internet. 2. Observe a coluna 1 e enumere a coluna 2, conceituando corretamente os termos. COLUNA1 COLUNA2 ( 1 ) Patrimônio ( 2 ) Patrimônio material ( 3 ) Patrimônio imaterial ( ) É tudo o que criamos, valorizamos e queremos preservar: são os monumentos e obras de arte, e também as festas, músicas e danças, os folguedos e as comidas, os saberes, fazeres e falares. Tudo enfim que produzimos com as mãos, as ideias e a fantasia. ( ) É o conjunto de bens culturais móveis e imóveis existentes no país e cuja conservação seja de interesse público. ( ) É definido pela UNESCO como as práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas – com os instrumentos, objetos, artefatos e lugares culturais que lhes são associados - que as comunidades, os grupos e, em alguns casos os indivíduos, reconhecem como parte integrante de seu patrimônio cultural. O Modo Artesanal de Fazer Queijo de Minas, nas regiões do Serro, da Serra da Canastra e do Salitre, em Minas Gerais, foi inscrito no Livro de Registro dos Saberes, em junho de 2008. Como todo queijo artesanal feito no Brasil, as bases originais do modo de fazer queijo nas Gerais, vêm da tradição portuguesa da Serra da Estrela, na região central de Portugal. E, como todo produto cultural, ao longo do tempo transformou-se dinamicamente e buscou aderir-se à realidade local, fundamentando estruturas, instrumentos, técnicas e fazeres que lhes são próprios. 3. O modo de fazer o Queijo de Minas é considerado ( a ) Patrimonio material ( b ) Patrimonio cultural 4. Sobre patrimônio, marque V ou F a. ( ) O patrimônio material consiste no conjunto de bens culturais móveis e imóveis existentes no país. b. ( ) Patrimônio imaterial é definido como as práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas. c. ( ) A cultura imaterial é passada de geração a geração. d. ( ) Patrimônios são os monumentos e obras de arte, e também as festas, músicas e danças, os folguedos e as comidas, os saberes, fazeres e falares.. 5 - Relacione a 1ª coluna com a 2ª coluna. (A) Artista (B) Artesão ( ) É o profissional responsável pela elaboração e execução e produção de programas, eventos e atividades culturais, sociais, esportivas e comemorativas.
  • 3. (C) Produtor cultural (D) Designer ( ) É o profissional responsável pela criação de um produto. Ele compreende os conceitos artísticos e funcionais, projeta e idealiza um objeto utilitário específico. ( ) É um profissional que fabrica produtos através de um processo manual ou com auxílio de ferramentas. Aprende o seu ofício com a sua família ou comunidade. ( ) Indivíduo que se dedica às artes ou faz delas meio de vida: ator, bailarino, cantor, desenhista, escritor, escultor, fotógrafo, músico, pintor etc. Leia o texto e responda as questões 6 e 7 O samba de roda é um estilo musical popular brasileiro, derivado do samba africano. O samba de roda reúne diversas músicas, poesias e danças. O samba de roda surgiu na Bahia, no século XVII e tem inspiração no samba dos africanos angolanos que foram trazidos para o Brasil. Essa dança está intimamente relacionada à roda de capoeira, e aos orixás, entidades espirituais das religiões de matriz africanas. Presente em todo o Brasil, é no Recôncavo baiano que o samba de roda é mais popular. Apesar de ser baseado nas tradições africanas, o samba de roda também possui influências portuguesas, como o uso da viola. Essa manifestação geralmente ocorria nas festas tradicionais ou no culto aos orixás. Hoje em dia, ela é comum em qualquer ocasião, simplesmente pela diversão que envolve e proporciona. 6. O samba de roda é um estilo musical derivado a. do samba africano b. das cantigas mineiras c. do frevo pernambucano d. das danças baianas 7. Em qual Estado do Brasil, o samba de roda mais se destaca? a. Bahia b. Rio de Janeiro c. São Paulo d. Minas Gerais Assim como o pintor só precisa misturar as cores primárias para criar novas cores e fazer as suas telas, com apenas sete notas musicais o compositor cria todas as músicas que conhecemos. Quando as notas Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si são combinadas em uma Escala Musical, elas se multiplicam e dão origem a todas as músicas. Para fazer uma música, o compositor deve pensar, além das misturas de notas, no ritmo e compasso que ele quer para sua música, e esse ritmo gerará um estilo musical. Escolhidas as notas que formam a melodia, o ritmo que ordenará essa melodia dentro do compasso, o compositor harmonizará todos esses elementos e pensará nos instrumentos que tocarão essa música. Tudo deve combinar e fazer sentido ao ouvido. 8. Identifique no texto acima os elementos da música: a. Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si b. Notas, ritmo e compasso c. Escala Musical e instrumentos musicais d. Melodia, ritmo e harmonia. Até a década de 1960 as imagens em vídeo estavam presentes basicamente na televisão. Com a popularização de câmeras de vídeo portáteis, alguns artistas passaram a utilizar o audiovisual para criar suas propostas. Desse modo, surgiu a _________________, um novo termo para designar essa recém-criada possibilidade artística. O artista sul-coreano Nam June Paik (1932-2006) é considerado um dos pioneiros dessa arte no mundo. No Brasil, nos anos 1970, a artista baiana Letícia Parente (1930-1991), foi uma das primeiras artistas a experimentar o vídeo para fazer suas obras. 9. O termo que completa corretamente a lacuna acima é a. Televisão b. Internet c. Videoarte d. Dança 10 - Marque V para verdadeiro e F para falso: ( ) Até a década de 1960 as imagens em vídeo estavam presentes basicamente na televisão. ( ) A popularização das câmeras de vídeo portáteis possibilitaram que os artistas criassem a videoarte. ( ) Letícia Parente (1930-1991), foi uma das primeiras brasileiras a experimentar a tela para fazer suas
  • 4. obras. ( ) Atualmente, a maioria dos celulares grava vídeos, e as pessoas podem vê-los e compartilhá-los. Gabarito 1.a 2. 1,2,3 3.b 4. vvvv 5. C,.d,b,a, 6, a 7.a 8.d 9. c 10. vvvv