SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula
de
Biologia
Tema:
O Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino FungiReino Fungi
1) Introdução
“Os fungos estão, literalmente em todos os lugares da Terra. O seu impacto ecológico
não pode ser subestimado, pois, junto com as bactérias heterotróficas, são os principais
decompositores da biosfera. Os decompositores são tão necessários à continuidade da
vida quanto os produtores de alimentos.”
Peter H. Raven
1) Introdução
Características gerais dos fungos:
 Eucariontes.
 Uni ou pluricelulares.
 parede celular constituída por quitina.
 As hifas se entrelaçam formando o
micélio ou o corpo do fungo.
 Heterotróficos e Aclorofilados.
 glicogênio como carboidrato de
reserva.
 Maioria Saprófitas
 Para desenvolverem é necessário haver
umidade,
 Digestão extracorpórea
 Muitos são parasitas de plantas e de
animais
 Reprodução: Assexuada e Sexuada.
Reino FungiReino Fungi
1) Introdução
Estrutura geral de um fungo unicelular
Fungo unicelular saccharomyces serevisiae
 Formados por uma única célula.
 Não formam hifas nem micélios.
 Geralmente possuem forma ovalada ou esférica.
 São chamados genericamente de leveduras.
 Muitas realizam fermentação na ausência de
oxigênio.
 Reproduzem assexuadamente por brotamento.
 Principal representante: Saccharomyces
cerevisae
fER
 Formados por uma única célula.
 Não formam hifas nem micélios.
 Geralmente possuem forma ovalada ou esférica.
 São chamados genericamente de leveduras.
 Muitas realizam fermentação na ausência de
oxigênio.
 Reproduzem assexuadamente por brotamento.
 Principal representante: Saccharomyces
cerevisae
fER
Brotos emergindo
da célula
A reprodução dos fungos
Ocorre por alternância de gerações, tendo uma fase sexuada e uma
fase assexuada
Os fungos geram células microscópicas, os esporos, que podem ser levados
pelos ventos e originar um novo fungo.
corpo de
frutificação
esporo
Os esporos
caem no solo e
dão origem a
novos fungos.
esporos
hifas
5
INGEBORGASBACH/ARQUIVODAEDITORA
REPRODUÇÃO SEXUADA
1) Introdução
Os principais grupos de fungos:
1. Quitridiomicetos
2. Myxomicetos
3. Zygomicetos
4. Ascomicetos
5. Basidiomicetos
1 – Quitridiomicetos
São fungos aquáticos e formam zoospóros (esporos flagelados) no seu ciclo de
vida. Há espécies unicelulares e que formam hifas. Eles são encontrados em
água doce, água salgada e podem ser parasitas de plantas ou decompondo
plantas e animais.
2 - Filo Myxomicetos
-aspecto gelatinoso
-lugares úmidos e sombrios, como o chão de florestas, sobre troncos e folhas em
decomposição .
- assemelham-se, em certas fases de sua vida, com protozoários, como as
amebas, pois conseguem emitir pseudópodes.
3) Zygomycota (Os zigomicetos)
Características
 Não formam corpos de frutificação
 Pluricelulares
 Hifas cenocíticas (asseptadas)
 Terrestres
 Saprófagos (alimentam-se de matéria orgânica morta)
 Principal representante:
o Rhizopus sp. (bolor preto do pão) Desenvolve-se sobre pães, bolos, biscoitos e
frutas envelhecidos.
3) Zigomicetos)
Variedades de Zigomicetos
4) Ascomycota (Os ascomicetos)
Características
 Fungos uni ou pluriceulares.
 Os pluricelulares formam corpo de frutificação denominado ascocarpo.
 Os unicelulares são representados pelas leveduras , utilizadas na indústria de
bebidas alcoólicas
 Alguns são comestíveis (Trufas e mochella)
 Principais representantes:
o Tuber sp. – Mais conhecidos como Trufas, são utilizados na culinária.
o Peniciliium notatum – Obtenção do antibiótico penicilina.
o Penicillium camembert – Produção do queijo camembert.
o Penicillium roquefort – Produção do queijo roquefort.
o Saccharomyces cerevisae – Produção de bebidas alcoólicas e fermento.
Variedades de Ascomicetos
5) Basidiomycota (Os basidiomicetos)
Características
 Formam corpos de frutificação denominados
basidiocarpos: cogumelos e orelhas de pau.
 Alguns cogumelos possuem substâncias
alucinógenas e são utilizados por tribos de
indígenas em rituais religiosos. (Gênero
Psilocybe).
 Muitos são utilizados na gastronomia
(champingnon, shitake e shimeji).
 Principais representantes:
o Psilocybe mexicana – Alucinógeno
o Agaricus campestris – Comestível,
conhecido como champignon.
o Polyporus sp. – Orelha de pau
SHIMEJI
SHITAK
E
CHAMPIGNON
Importância dos Fungos
a) Decomposição da Matéria Orgânica
 Juntamente com as bactérias os fungos são os agentes decompositores da
matéria orgânica morta (cadáveres e restos de animais e plantas).
b) Gastronomia
 Cerca de 200 tipos de cogumelos são utilizados na alimentação humana.
 O champignon é um dos mais cultivados e possui grande valor econômico.
 A levedura saccharomyces cerevisae é empregada na fabricação de
bebidas alcoólicas e na produção de fermentos.
 Os fungos Penicillium roquefort e Penicillium camembertii, são utilizados
na fabricação de queijos tipo roquefort e camembert
c) Parasitismo nos seres humanos (Micoses)
 As principais micoses são:
a) Candidíase (Causada pela espécie Candida albicans)
o Sintomas:
o Infecção vaginal que causa corrimento espesso tipo nata de leite e geralmente
é acompanhado de coceira ou irritação intensa.
o Sapinho: Surgimento de pontos brancos, escamosos, semelhantes a queijo,
que cobrem toda ou parte da língua e das gengivas, a parte interna das
bochechas e, às vezes, os lábios.
b) Frieira ou Pé-de-atleta (Causada pelos fungos do gênero Tricophyton )
o Sintomas:
o Aparecimento de bolhas e rachaduras especialmente na pele entre os dedos
dos pés e muita coceira e ardor na região afetada.
Esporos do fungo conhecido
como pé de atleta.
Importância dos Fungos
c) Parasitismo em plantas
I. Ferrugem
i. Surgimento de lesões nas folhas causadas pela invasão do fungo que provocam a
morte dos tecidos foliares.
I. Esporão do centeio
i. Causada por um fungo parasita que ataca o centeio, e do qual se extraem diversas
substâncias de uso medicinal.
ii. É um fungo conhecido por ser Alucinógeno, e usado para fabricar LSD.
Importância dos Fungos
d) Antibióticos
 Os antibióticos, substâncias que matam bactérias, foram obtidos a partir de ascomicetos
do gênero Penicillium, em 1928. Desde então os fungos têm sido utilizados
constantemente na fabricação de medicamentos antimicrobianos.
e) Associações Mutualísticas
I. Micorrizas
 Associação mutualística entre fungos e raízes de plantas.
 O fungo obtém das raízes açúcares e aminoácidos e em troca, fornece sais
minerais do solo que são fundamentais para o crescimento da planta.
II - Os liquens
Os fungos retiram água e sais minerais do substrato e, com esses nutrientes, a
alga produz substâncias orgânicas (por fotossíntese).
Crescem sobre o solo, troncos e rochas.
Liquens são associações entre fungos e algas verdes ou cianobactérias.INGEBORGASBACH/ARQUIVODAEDITORA
FABIOCOLOMBINI/ACERVO
DOFOTÓGRAFO
hifas do fungo
pedaços de liquens
(levados pelo vento)
células de
alga ou de
cianobactérias
Reino FungiReino Fungi
Exercícios de fixação
0101
0202
02- UFMG 2004
0303
0404
0505
06
0707
0808
GABARITO
1 – E
2 – D
3 – A
4 – E
5 – B
6 – E
7 –D
8 - C

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Doenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoáriosDoenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoários
Marcos Santos
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino MoneraSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Turma Olímpica
 
Protozoarios
ProtozoariosProtozoarios
Biologia- Virus
Biologia- VirusBiologia- Virus
Biologia- Virus
Slides de Tudo
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
infoeducp2
 
Bactérias e Vírus
Bactérias e VírusBactérias e Vírus
Bactérias e Vírus
Isabel Lopes
 
Fungos
FungosFungos
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Slides fungos
Slides  fungosSlides  fungos
Slides fungos
Jean Carlos Wittaczik
 
Doenças causadas por virus
Doenças  causadas por virusDoenças  causadas por virus
Doenças causadas por virus
Adrianne Mendonça
 
Vírus.
Vírus.Vírus.
Vírus.
Lara Lídia
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
Leonardo Souza
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Juliana Mendes
 
Bacterias
BacteriasBacterias
Apresentação bactérias
Apresentação bactériasApresentação bactérias
Apresentação bactérias
Fernanda Marinho
 
Aula de microbiologia ppt
Aula de microbiologia   pptAula de microbiologia   ppt
Aula de microbiologia ppt
SMS - Petrópolis
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
Nelson Costa
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
emanuel
 
Reino protista protozoarios
Reino protista protozoariosReino protista protozoarios
Reino protista protozoarios
Iuri Fretta Wiggers
 
7 ano invertebrados
7 ano invertebrados7 ano invertebrados
7 ano invertebrados
crisbassanimedeiros
 

Mais procurados (20)

Doenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoáriosDoenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoários
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino MoneraSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
 
Protozoarios
ProtozoariosProtozoarios
Protozoarios
 
Biologia- Virus
Biologia- VirusBiologia- Virus
Biologia- Virus
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Bactérias e Vírus
Bactérias e VírusBactérias e Vírus
Bactérias e Vírus
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Slides fungos
Slides  fungosSlides  fungos
Slides fungos
 
Doenças causadas por virus
Doenças  causadas por virusDoenças  causadas por virus
Doenças causadas por virus
 
Vírus.
Vírus.Vírus.
Vírus.
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 
Bacterias
BacteriasBacterias
Bacterias
 
Apresentação bactérias
Apresentação bactériasApresentação bactérias
Apresentação bactérias
 
Aula de microbiologia ppt
Aula de microbiologia   pptAula de microbiologia   ppt
Aula de microbiologia ppt
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Reino protista protozoarios
Reino protista protozoariosReino protista protozoarios
Reino protista protozoarios
 
7 ano invertebrados
7 ano invertebrados7 ano invertebrados
7 ano invertebrados
 

Semelhante a Aula fungos 2018

Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
URCA
 
Aula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino FungiAula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino Fungi
Leonardo Kaplan
 
Fungos
FungosFungos
Fungos -2.ppt
Fungos -2.pptFungos -2.ppt
Fungos -2.ppt
LinoReisLino
 
Aula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptxAula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptx
RodrigoLucas51
 
Reino Fungi_-_características_gerais.pdf
Reino Fungi_-_características_gerais.pdfReino Fungi_-_características_gerais.pdf
Reino Fungi_-_características_gerais.pdf
germanohcb
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
paula aragao
 
Aula reino-fungi
Aula reino-fungiAula reino-fungi
Aula reino-fungi
Adrianne Mendonça
 
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptxFrente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
AlissonPedrosa3
 
Fungos
FungosFungos
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Albano Novaes
 
aula fungo terceiros para ensino médio e vestibulares
aula fungo terceiros para ensino médio e vestibularesaula fungo terceiros para ensino médio e vestibulares
aula fungo terceiros para ensino médio e vestibulares
ThomazLipparelli1
 
5 fungi
5   fungi5   fungi
5 fungi
Pelo Siro
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
Markelly Marques
 
Aula reino fungi
Aula reino fungiAula reino fungi
Aula reino fungi
Plínio Gonçalves
 
5 fungi
5   fungi5   fungi
5 fungi
Pelo Siro
 
REINO FUNGI.ppt
REINO FUNGI.pptREINO FUNGI.ppt
REINO FUNGI.ppt
AdemirSantos70
 
Reino dos fungos
Reino dos fungosReino dos fungos
Reino dos fungos
Leandro De Lima
 
REINO FUNGI
REINO FUNGIREINO FUNGI

Semelhante a Aula fungos 2018 (20)

Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Aula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino FungiAula 7º ano - Reino Fungi
Aula 7º ano - Reino Fungi
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Fungos -2.ppt
Fungos -2.pptFungos -2.ppt
Fungos -2.ppt
 
Aula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptxAula 7º ano - Os Fungos.pptx
Aula 7º ano - Os Fungos.pptx
 
Reino Fungi_-_características_gerais.pdf
Reino Fungi_-_características_gerais.pdfReino Fungi_-_características_gerais.pdf
Reino Fungi_-_características_gerais.pdf
 
Reino fungi
Reino fungiReino fungi
Reino fungi
 
Aula reino-fungi
Aula reino-fungiAula reino-fungi
Aula reino-fungi
 
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptxFrente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
Frente 3 Aula 6 Reino fungi.pptx
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
Ppoint.Fungos.2009 C Nat.#
 
aula fungo terceiros para ensino médio e vestibulares
aula fungo terceiros para ensino médio e vestibularesaula fungo terceiros para ensino médio e vestibulares
aula fungo terceiros para ensino médio e vestibulares
 
5 fungi
5   fungi5   fungi
5 fungi
 
5 fungi
5   fungi5   fungi
5 fungi
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Aula reino fungi
Aula reino fungiAula reino fungi
Aula reino fungi
 
5 fungi
5   fungi5   fungi
5 fungi
 
REINO FUNGI.ppt
REINO FUNGI.pptREINO FUNGI.ppt
REINO FUNGI.ppt
 
Reino dos fungos
Reino dos fungosReino dos fungos
Reino dos fungos
 
REINO FUNGI
REINO FUNGIREINO FUNGI
REINO FUNGI
 

Mais de Andre Luiz Nascimento

Aula Sabões e reação de saponificação.pptx
Aula Sabões e reação de saponificação.pptxAula Sabões e reação de saponificação.pptx
Aula Sabões e reação de saponificação.pptx
Andre Luiz Nascimento
 
Aula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdf
Aula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdfAula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdf
Aula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdf
Andre Luiz Nascimento
 
Organismos transgenicos e geneticamente modificados
Organismos transgenicos e geneticamente modificadosOrganismos transgenicos e geneticamente modificados
Organismos transgenicos e geneticamente modificados
Andre Luiz Nascimento
 
Aula Sistema Cardiovascular.pdf
Aula Sistema Cardiovascular.pdfAula Sistema Cardiovascular.pdf
Aula Sistema Cardiovascular.pdf
Andre Luiz Nascimento
 
Sistema Nervoso.ppt
Sistema Nervoso.pptSistema Nervoso.ppt
Sistema Nervoso.ppt
Andre Luiz Nascimento
 
Citologia
CitologiaCitologia
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
Andre Luiz Nascimento
 
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteisAula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Andre Luiz Nascimento
 
Aula invertebrados
Aula invertebradosAula invertebrados
Aula invertebrados
Andre Luiz Nascimento
 
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e MamíferosVertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
Andre Luiz Nascimento
 
Biomas terrestres
Biomas terrestres Biomas terrestres
Biomas terrestres
Andre Luiz Nascimento
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
Andre Luiz Nascimento
 
Os seres vivos mais simples virus e bacterias
Os seres vivos mais simples   virus e  bacteriasOs seres vivos mais simples   virus e  bacterias
Os seres vivos mais simples virus e bacterias
Andre Luiz Nascimento
 
Nucleo celular e cromossomos
Nucleo celular e cromossomosNucleo celular e cromossomos
Nucleo celular e cromossomos
Andre Luiz Nascimento
 
Aula mitose e meiose 2os
Aula mitose e meiose   2osAula mitose e meiose   2os
Aula mitose e meiose 2os
Andre Luiz Nascimento
 
Grupos sanguineos
Grupos sanguineosGrupos sanguineos
Grupos sanguineos
Andre Luiz Nascimento
 
Botanica geral i grupos vegetais ppt
Botanica geral i  grupos vegetais pptBotanica geral i  grupos vegetais ppt
Botanica geral i grupos vegetais ppt
Andre Luiz Nascimento
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Andre Luiz Nascimento
 
Aula genética
Aula genéticaAula genética
Aula genética
Andre Luiz Nascimento
 
Aula dna 2015
Aula dna 2015Aula dna 2015
Aula dna 2015
Andre Luiz Nascimento
 

Mais de Andre Luiz Nascimento (20)

Aula Sabões e reação de saponificação.pptx
Aula Sabões e reação de saponificação.pptxAula Sabões e reação de saponificação.pptx
Aula Sabões e reação de saponificação.pptx
 
Aula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdf
Aula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdfAula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdf
Aula Radioatividade aplicacoes e riscos.pdf
 
Organismos transgenicos e geneticamente modificados
Organismos transgenicos e geneticamente modificadosOrganismos transgenicos e geneticamente modificados
Organismos transgenicos e geneticamente modificados
 
Aula Sistema Cardiovascular.pdf
Aula Sistema Cardiovascular.pdfAula Sistema Cardiovascular.pdf
Aula Sistema Cardiovascular.pdf
 
Sistema Nervoso.ppt
Sistema Nervoso.pptSistema Nervoso.ppt
Sistema Nervoso.ppt
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteisAula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
Aula vertebrados I - Peixes, anfíbios e répteis
 
Aula invertebrados
Aula invertebradosAula invertebrados
Aula invertebrados
 
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e MamíferosVertebrados II - Aves e Mamíferos
Vertebrados II - Aves e Mamíferos
 
Biomas terrestres
Biomas terrestres Biomas terrestres
Biomas terrestres
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Os seres vivos mais simples virus e bacterias
Os seres vivos mais simples   virus e  bacteriasOs seres vivos mais simples   virus e  bacterias
Os seres vivos mais simples virus e bacterias
 
Nucleo celular e cromossomos
Nucleo celular e cromossomosNucleo celular e cromossomos
Nucleo celular e cromossomos
 
Aula mitose e meiose 2os
Aula mitose e meiose   2osAula mitose e meiose   2os
Aula mitose e meiose 2os
 
Grupos sanguineos
Grupos sanguineosGrupos sanguineos
Grupos sanguineos
 
Botanica geral i grupos vegetais ppt
Botanica geral i  grupos vegetais pptBotanica geral i  grupos vegetais ppt
Botanica geral i grupos vegetais ppt
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Aula genética
Aula genéticaAula genética
Aula genética
 
Aula dna 2015
Aula dna 2015Aula dna 2015
Aula dna 2015
 

Último

2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
FlorAzaleia1
 
Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...
Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...
Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...
MelissaSouza39
 
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
jenneferbarbosa21
 
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.pptAula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
cleidianevieira7
 
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptxMÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MnicaPereira739219
 
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
jenneferbarbosa21
 
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
jenneferbarbosa21
 
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
FERNANDACAROLINEPONT
 

Último (8)

2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
 
Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...
Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...
Grupo_3-Como_o_conhecimento_cientifico_e_construido_e_divulgado.pptx ________...
 
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
 
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.pptAula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
 
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptxMÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
 
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
 
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
 
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
 

Aula fungos 2018

  • 2. Reino FungiReino Fungi 1) Introdução “Os fungos estão, literalmente em todos os lugares da Terra. O seu impacto ecológico não pode ser subestimado, pois, junto com as bactérias heterotróficas, são os principais decompositores da biosfera. Os decompositores são tão necessários à continuidade da vida quanto os produtores de alimentos.” Peter H. Raven
  • 3. 1) Introdução Características gerais dos fungos:  Eucariontes.  Uni ou pluricelulares.  parede celular constituída por quitina.  As hifas se entrelaçam formando o micélio ou o corpo do fungo.  Heterotróficos e Aclorofilados.  glicogênio como carboidrato de reserva.  Maioria Saprófitas  Para desenvolverem é necessário haver umidade,  Digestão extracorpórea  Muitos são parasitas de plantas e de animais  Reprodução: Assexuada e Sexuada.
  • 4. Reino FungiReino Fungi 1) Introdução Estrutura geral de um fungo unicelular Fungo unicelular saccharomyces serevisiae  Formados por uma única célula.  Não formam hifas nem micélios.  Geralmente possuem forma ovalada ou esférica.  São chamados genericamente de leveduras.  Muitas realizam fermentação na ausência de oxigênio.  Reproduzem assexuadamente por brotamento.  Principal representante: Saccharomyces cerevisae fER  Formados por uma única célula.  Não formam hifas nem micélios.  Geralmente possuem forma ovalada ou esférica.  São chamados genericamente de leveduras.  Muitas realizam fermentação na ausência de oxigênio.  Reproduzem assexuadamente por brotamento.  Principal representante: Saccharomyces cerevisae fER Brotos emergindo da célula
  • 5. A reprodução dos fungos Ocorre por alternância de gerações, tendo uma fase sexuada e uma fase assexuada Os fungos geram células microscópicas, os esporos, que podem ser levados pelos ventos e originar um novo fungo. corpo de frutificação esporo Os esporos caem no solo e dão origem a novos fungos. esporos hifas 5 INGEBORGASBACH/ARQUIVODAEDITORA
  • 7. 1) Introdução Os principais grupos de fungos: 1. Quitridiomicetos 2. Myxomicetos 3. Zygomicetos 4. Ascomicetos 5. Basidiomicetos
  • 8. 1 – Quitridiomicetos São fungos aquáticos e formam zoospóros (esporos flagelados) no seu ciclo de vida. Há espécies unicelulares e que formam hifas. Eles são encontrados em água doce, água salgada e podem ser parasitas de plantas ou decompondo plantas e animais.
  • 9. 2 - Filo Myxomicetos -aspecto gelatinoso -lugares úmidos e sombrios, como o chão de florestas, sobre troncos e folhas em decomposição . - assemelham-se, em certas fases de sua vida, com protozoários, como as amebas, pois conseguem emitir pseudópodes.
  • 10. 3) Zygomycota (Os zigomicetos) Características  Não formam corpos de frutificação  Pluricelulares  Hifas cenocíticas (asseptadas)  Terrestres  Saprófagos (alimentam-se de matéria orgânica morta)  Principal representante: o Rhizopus sp. (bolor preto do pão) Desenvolve-se sobre pães, bolos, biscoitos e frutas envelhecidos.
  • 12. 4) Ascomycota (Os ascomicetos) Características  Fungos uni ou pluriceulares.  Os pluricelulares formam corpo de frutificação denominado ascocarpo.  Os unicelulares são representados pelas leveduras , utilizadas na indústria de bebidas alcoólicas  Alguns são comestíveis (Trufas e mochella)  Principais representantes: o Tuber sp. – Mais conhecidos como Trufas, são utilizados na culinária. o Peniciliium notatum – Obtenção do antibiótico penicilina. o Penicillium camembert – Produção do queijo camembert. o Penicillium roquefort – Produção do queijo roquefort. o Saccharomyces cerevisae – Produção de bebidas alcoólicas e fermento.
  • 14. 5) Basidiomycota (Os basidiomicetos) Características  Formam corpos de frutificação denominados basidiocarpos: cogumelos e orelhas de pau.  Alguns cogumelos possuem substâncias alucinógenas e são utilizados por tribos de indígenas em rituais religiosos. (Gênero Psilocybe).  Muitos são utilizados na gastronomia (champingnon, shitake e shimeji).  Principais representantes: o Psilocybe mexicana – Alucinógeno o Agaricus campestris – Comestível, conhecido como champignon. o Polyporus sp. – Orelha de pau
  • 16. Importância dos Fungos a) Decomposição da Matéria Orgânica  Juntamente com as bactérias os fungos são os agentes decompositores da matéria orgânica morta (cadáveres e restos de animais e plantas). b) Gastronomia  Cerca de 200 tipos de cogumelos são utilizados na alimentação humana.  O champignon é um dos mais cultivados e possui grande valor econômico.  A levedura saccharomyces cerevisae é empregada na fabricação de bebidas alcoólicas e na produção de fermentos.  Os fungos Penicillium roquefort e Penicillium camembertii, são utilizados na fabricação de queijos tipo roquefort e camembert
  • 17. c) Parasitismo nos seres humanos (Micoses)  As principais micoses são: a) Candidíase (Causada pela espécie Candida albicans) o Sintomas: o Infecção vaginal que causa corrimento espesso tipo nata de leite e geralmente é acompanhado de coceira ou irritação intensa. o Sapinho: Surgimento de pontos brancos, escamosos, semelhantes a queijo, que cobrem toda ou parte da língua e das gengivas, a parte interna das bochechas e, às vezes, os lábios. b) Frieira ou Pé-de-atleta (Causada pelos fungos do gênero Tricophyton ) o Sintomas: o Aparecimento de bolhas e rachaduras especialmente na pele entre os dedos dos pés e muita coceira e ardor na região afetada. Esporos do fungo conhecido como pé de atleta.
  • 18. Importância dos Fungos c) Parasitismo em plantas I. Ferrugem i. Surgimento de lesões nas folhas causadas pela invasão do fungo que provocam a morte dos tecidos foliares. I. Esporão do centeio i. Causada por um fungo parasita que ataca o centeio, e do qual se extraem diversas substâncias de uso medicinal. ii. É um fungo conhecido por ser Alucinógeno, e usado para fabricar LSD.
  • 19. Importância dos Fungos d) Antibióticos  Os antibióticos, substâncias que matam bactérias, foram obtidos a partir de ascomicetos do gênero Penicillium, em 1928. Desde então os fungos têm sido utilizados constantemente na fabricação de medicamentos antimicrobianos. e) Associações Mutualísticas I. Micorrizas  Associação mutualística entre fungos e raízes de plantas.  O fungo obtém das raízes açúcares e aminoácidos e em troca, fornece sais minerais do solo que são fundamentais para o crescimento da planta.
  • 20. II - Os liquens Os fungos retiram água e sais minerais do substrato e, com esses nutrientes, a alga produz substâncias orgânicas (por fotossíntese). Crescem sobre o solo, troncos e rochas. Liquens são associações entre fungos e algas verdes ou cianobactérias.INGEBORGASBACH/ARQUIVODAEDITORA FABIOCOLOMBINI/ACERVO DOFOTÓGRAFO hifas do fungo pedaços de liquens (levados pelo vento) células de alga ou de cianobactérias
  • 22. 0101
  • 24. 0303
  • 25. 0404
  • 26. 0505
  • 27. 06
  • 28. 0707
  • 29. 0808
  • 30. GABARITO 1 – E 2 – D 3 – A 4 – E 5 – B 6 – E 7 –D 8 - C