SlideShare uma empresa Scribd logo
Vírus
O que é um vírus? São estruturas macromoleculares que possuem  material genético  e são  parasitas intracelulares obrigatórios . Parasitam: animais, vegetais, fungos e bactérias. Fora da célula – vírion (forma infectiva) Dentro da célula – vírus (após a infecção)
Vírus são altamente específicos São altamente específicos, parasitando até mesmo um único órgão. (ex.: fígado) Especificidade: proteínas da superfície viral que reconhecem o tipo celular a ser parasitado.
Estrutura viral Constituídos por: Ácido nucléico DNA e/ou RNA) (em verde) Cápsula viral ou capsídeo (proteínas) (em azul) Obs: Alguns vírus podem ainda, apresentar uma membrana lipoprotéica (originada da célula hospedeira).
Vírus com envelope lipoprotéico Ácido nucléico Capsídeo Envelope lipoprotéico Proteína de mambrana
Vírus, ser vivo? Discussão entre autores: Não são seres vivos: são acelulares, não têm metabolismo próprio, utilizam maquinaria da célula hospedeira – por isso parasita obrigatório.  Porém, outros dizem: São seres vivos: Possuem material genético (código genético).
Tipos de vírus:  são classificados de acordo com o tipo de material genético que apresentam. Vírus de DNA Desoxivírus Ex.: Herpes, varicela e sarampo. Vírus de RNA Ribovírus Ex.: HIV, febre amarela, HCV (hepatite C) e poliomielite.
Reprodução Viral Fases: Adsorção ou fixação: reconhecimento da célula hospedeira pelo vírus. Há entrada do material genético do vírus, capsídeo é expelido. Multiplicação do material genético do vírus. Síntese das cápsulas protéicas. Produção das unidades virais. Lise da bactéria e liberação dos vírus.
Replicação viral: desoxivirus DNA bacteriano DNA viral DNA liga-se ao genoma da célula para ser duplicado e transcrito. Cópias de DNA viral e de capsídeos
Reprodução Viral: ribovírus ou retrovírus Retrotranscrição: nos ribovírus, o RNA viral é transformado em DNAviral, pela enzima  transcriptase reversa . Este DNA é inserido no genoma da célula hospedeira e passa a ser transcrito (cópias de RNA viral e produção de proteínas virais). RNA viral + Retrotranscrição Transcriptase reversa DNA viral DNA celular DNA celular + DNA viral (provírus)
Libração Viral – Ciclo Lítico Onde há a ruptura da célula hospedeira. Ex.: ingluenza (gripe) e poliomielite.
Liberação Viral – Ciclo Lisogênico Os vírus podem ser liberados lentamente da célula; ou Podem esperar divisões celulares. Podem ficar em estado latente, em estado de “cura” temporária até que algum fator desencadeie a doença. Ex. herpes.
Viroses  Causas das doenças: Alteração do material genético da célula hospedeira; Ruptura da célula – ciclo lítico.
Transmissão Em vegetais: Entrada através de escoriações na superfície vegetal. Disseminação no interior do organismo através dos plasmodesmos (pontes de citoplasma entre células vizinhas).
Transmissão Em animais a entrada se dá: Por lesões na pele; Por reconhecimento de células de mucosa, como as das vias respiratórias, genitais, digestórias. Por inoculação por animal transmissor (ex. dengue). Pela gestação (via placentária) e pela amamentação.
Transmissão As partículas virais podem chegar até o hospedeiro por meio: De alimentos; Contato sexual; Através de secreções; Transportados por outros animais; Contato físico; Troca de fluidos corporais; .........
Vacinas Vacina: antígenos inoculados no organismo a fim de produzir uma resposta imunológica, com a produção de anticorpos e células de memória contra este antígeno.
Vacina Antígenos: vírus “mortos” (pedaços virais) ou atenuados. Vírus atenuados: podem causar a doença em pessoas que estejam mais sensíveis imunologicamente. Vírus  podem  passar pela placenta!
Vírus e Terapia Gênica Tentativa  de “cura” de  doenças genéticas  colocando-se genes saudáveis em um indivíduo doente. Adiciona-se o gene de interesse no material genético do vírus; O vírus alterado infecta a célula de interesse e adiciona seu DNA (modificado) no DNA celular; Passa a produzir a proteína perfeita, que antes era defeituosa ou ausente.
Controle Biológico Controle de pragas em plantações. Ex. Lagartas-da-soja parasitadas pelo  Baculovirus anticarsia , que compromete seu desenvolvimento e leva as lagartas à morte.
Vírus Oncogênico Alguns tumores estão relacionados à presença de vírus, decorrentes das alterações genéticas produzidas pela interação do genoma viral com o genoma do hospedeiro alterando os genes supressores de tumor e os oncogenes. Oncogenes: controlam divisão celular, são muito importantes durante o crescimento.
Salto Parasitário Quando uma cepa viral passa, por mutação, a ter capacidade de parasitar outro tipo de célula ou outra espécie que antes não o fazia. Isso ocorre porque vírus são parasitas extremamente específicos e só realizam a acoplagem e inoculação do vírion em um determinado padrão celular (salvo mutações).  Ex.: H5N1 – vírus da gripe aviária.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos.
Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos. Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos.
Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos.
Silvana Sanches
 
Apresentação bactérias
Apresentação bactériasApresentação bactérias
Apresentação bactérias
Fernanda Marinho
 
7º ano cap 5 vírus
7º ano cap 5   vírus7º ano cap 5   vírus
7º ano cap 5 vírus
ISJ
 
Aula bactérias
Aula bactériasAula bactérias
Aula bactérias
Erik Macedo
 
Aula citologia
Aula citologiaAula citologia
Aula citologia
Adrianne Mendonça
 
Fungos
FungosFungos
Aula sistema imunologico
Aula sistema imunologicoAula sistema imunologico
Aula sistema imunologico
Thiago barreiros
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
infoeducp2
 
Slides fungos
Slides  fungosSlides  fungos
Slides fungos
Jean Carlos Wittaczik
 
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Bio
 
Bacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elasBacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elas
Evandro Batista
 
Doenças virais
Doenças viraisDoenças virais
Doenças virais
Matheus Oliveira Santana
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - Introdução
Killer Max
 
Ecologia 3º ano
Ecologia 3º anoEcologia 3º ano
Ecologia 3º ano
Renata Magalhães
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Reino protista protozoarios
Reino protista protozoariosReino protista protozoarios
Reino protista protozoarios
Iuri Fretta Wiggers
 
Vírus.
Vírus.Vírus.
Vírus.
Lara Lídia
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
infoeducp2
 
Doenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoáriosDoenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoários
Marcos Santos
 

Mais procurados (20)

Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos.
Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos. Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos.
Os cinco Grandes Reinos- classificação dos seres vivos.
 
Apresentação bactérias
Apresentação bactériasApresentação bactérias
Apresentação bactérias
 
7º ano cap 5 vírus
7º ano cap 5   vírus7º ano cap 5   vírus
7º ano cap 5 vírus
 
Aula bactérias
Aula bactériasAula bactérias
Aula bactérias
 
Aula citologia
Aula citologiaAula citologia
Aula citologia
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Aula sistema imunologico
Aula sistema imunologicoAula sistema imunologico
Aula sistema imunologico
 
Protozoários
ProtozoáriosProtozoários
Protozoários
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 
Slides fungos
Slides  fungosSlides  fungos
Slides fungos
 
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
 
Bacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elasBacterias e as doenças causadas por elas
Bacterias e as doenças causadas por elas
 
Doenças virais
Doenças viraisDoenças virais
Doenças virais
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - Introdução
 
Ecologia 3º ano
Ecologia 3º anoEcologia 3º ano
Ecologia 3º ano
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
 
Reino protista protozoarios
Reino protista protozoariosReino protista protozoarios
Reino protista protozoarios
 
Vírus.
Vírus.Vírus.
Vírus.
 
Reino Fungi
Reino FungiReino Fungi
Reino Fungi
 
Doenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoáriosDoenças causadas por protozoários
Doenças causadas por protozoários
 

Destaque

VíRus Aula
VíRus AulaVíRus Aula
VíRus Aula
guesta61019
 
Vírus Biologia
Vírus BiologiaVírus Biologia
Vírus Biologia
Andrea Barreto
 
Vírus
VírusVírus
II.1 Vírus
II.1 VírusII.1 Vírus
II.1 Vírus
Rebeca Vale
 
VíRus E Viroses 2010
VíRus E Viroses 2010VíRus E Viroses 2010
VíRus E Viroses 2010
katia queiroz
 
Virus Final
Virus FinalVirus Final
Virus Final
Sílvia Pimenta
 
Doenças causadas por virus
Doenças  causadas por virusDoenças  causadas por virus
Doenças causadas por virus
Adrianne Mendonça
 
Os virus
Os virusOs virus
Vírus 7º ano ab
Vírus 7º ano abVírus 7º ano ab
Vírus 7º ano ab
Rosana Cunha Bueno
 
virus powerpoint
virus powerpointvirus powerpoint
virus powerpoint
kmtschida
 
Vírus
VírusVírus
Virus de computador
Virus de computadorVirus de computador
Virus de computador
vitinhozika
 
Virus
VirusVirus
Virologia Geral - Replicação viral
Virologia Geral - Replicação viral Virologia Geral - Replicação viral
Virologia Geral - Replicação viral
Wilia Diederichsen
 
Virologia Geral - Estrutura dos vírus
Virologia Geral - Estrutura dos vírusVirologia Geral - Estrutura dos vírus
Virologia Geral - Estrutura dos vírus
Wilia Diederichsen
 
Gripe e Influenza A (H1N1)
Gripe e Influenza A (H1N1)Gripe e Influenza A (H1N1)
Gripe e Influenza A (H1N1)
Aluisio Junior
 
Aula vírus
Aula vírusAula vírus
Aula vírus
Plínio Gonçalves
 
Doenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por VírusDoenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por Vírus
Rafael Serafim
 
Sistema Imunitário - defesa não específica
Sistema Imunitário - defesa não específicaSistema Imunitário - defesa não específica
Sistema Imunitário - defesa não específica
Isabel Lopes
 
Virus ppt
Virus pptVirus ppt
Virus ppt
rajendra dangol
 

Destaque (20)

VíRus Aula
VíRus AulaVíRus Aula
VíRus Aula
 
Vírus Biologia
Vírus BiologiaVírus Biologia
Vírus Biologia
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
II.1 Vírus
II.1 VírusII.1 Vírus
II.1 Vírus
 
VíRus E Viroses 2010
VíRus E Viroses 2010VíRus E Viroses 2010
VíRus E Viroses 2010
 
Virus Final
Virus FinalVirus Final
Virus Final
 
Doenças causadas por virus
Doenças  causadas por virusDoenças  causadas por virus
Doenças causadas por virus
 
Os virus
Os virusOs virus
Os virus
 
Vírus 7º ano ab
Vírus 7º ano abVírus 7º ano ab
Vírus 7º ano ab
 
virus powerpoint
virus powerpointvirus powerpoint
virus powerpoint
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Virus de computador
Virus de computadorVirus de computador
Virus de computador
 
Virus
VirusVirus
Virus
 
Virologia Geral - Replicação viral
Virologia Geral - Replicação viral Virologia Geral - Replicação viral
Virologia Geral - Replicação viral
 
Virologia Geral - Estrutura dos vírus
Virologia Geral - Estrutura dos vírusVirologia Geral - Estrutura dos vírus
Virologia Geral - Estrutura dos vírus
 
Gripe e Influenza A (H1N1)
Gripe e Influenza A (H1N1)Gripe e Influenza A (H1N1)
Gripe e Influenza A (H1N1)
 
Aula vírus
Aula vírusAula vírus
Aula vírus
 
Doenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por VírusDoenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por Vírus
 
Sistema Imunitário - defesa não específica
Sistema Imunitário - defesa não específicaSistema Imunitário - defesa não específica
Sistema Imunitário - defesa não específica
 
Virus ppt
Virus pptVirus ppt
Virus ppt
 

Semelhante a Vírus

Virus
VirusVirus
Virus a.1
Virus a.1Virus a.1
Virus a.1
anhitha2
 
Virusa1 110221201614-phpapp02
Virusa1 110221201614-phpapp02Virusa1 110221201614-phpapp02
Virusa1 110221201614-phpapp02
Paula Cruz
 
Virus a1
Virus a1 Virus a1
Virus a1
anhitha2
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
URCA
 
Virus.ppt
Virus.pptVirus.ppt
Virus.ppt
Gustavo596335
 
Virus.ppt
Virus.pptVirus.ppt
Virus.ppt
LinoReisLino
 
Virus-aula.ppt
Virus-aula.pptVirus-aula.ppt
Virus-aula.ppt
LinoReisLino
 
Aula virus (1)
Aula virus (1)Aula virus (1)
Aula virus (1)
Sandra Oliveira Oliveira
 
Aula virus 3
Aula virus 3Aula virus 3
Aula virus 3
Marcia Moreira
 
Características dos vírus e doenças causadas por vírus
Características dos vírus e doenças causadas por vírusCaracterísticas dos vírus e doenças causadas por vírus
Características dos vírus e doenças causadas por vírus
MateusAlexandre21
 
Biologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príonBiologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príon
NAPNE
 
Virulencia amanda guimaraes
Virulencia amanda guimaraesVirulencia amanda guimaraes
Virulencia amanda guimaraes
AMANDAGUIMARAES13
 
Aula vírus viroses_exercícios
Aula vírus viroses_exercíciosAula vírus viroses_exercícios
Aula vírus viroses_exercícios
Adriano Alves de Souza
 
Vírus
VírusVírus
caracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............x
caracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............xcaracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............x
caracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............x
GracyPacheco1
 
VíRus
VíRusVíRus
VíRus
guest5484d9
 
Výýrus
VýýrusVýýrus
Výýrus
Dayane Stephany
 
Vírus.ppt
Vírus.pptVírus.ppt
Vírus.ppt
julianmurritz
 
Vírus.pptx
Vírus.pptxVírus.pptx
Vírus.pptx
SobeMaria1
 

Semelhante a Vírus (20)

Virus
VirusVirus
Virus
 
Virus a.1
Virus a.1Virus a.1
Virus a.1
 
Virusa1 110221201614-phpapp02
Virusa1 110221201614-phpapp02Virusa1 110221201614-phpapp02
Virusa1 110221201614-phpapp02
 
Virus a1
Virus a1 Virus a1
Virus a1
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
Virus.ppt
Virus.pptVirus.ppt
Virus.ppt
 
Virus.ppt
Virus.pptVirus.ppt
Virus.ppt
 
Virus-aula.ppt
Virus-aula.pptVirus-aula.ppt
Virus-aula.ppt
 
Aula virus (1)
Aula virus (1)Aula virus (1)
Aula virus (1)
 
Aula virus 3
Aula virus 3Aula virus 3
Aula virus 3
 
Características dos vírus e doenças causadas por vírus
Características dos vírus e doenças causadas por vírusCaracterísticas dos vírus e doenças causadas por vírus
Características dos vírus e doenças causadas por vírus
 
Biologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príonBiologia - vírus e príon
Biologia - vírus e príon
 
Virulencia amanda guimaraes
Virulencia amanda guimaraesVirulencia amanda guimaraes
Virulencia amanda guimaraes
 
Aula vírus viroses_exercícios
Aula vírus viroses_exercíciosAula vírus viroses_exercícios
Aula vírus viroses_exercícios
 
Vírus
VírusVírus
Vírus
 
caracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............x
caracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............xcaracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............x
caracteristicas-gerais-dos-virus.ppt...............x
 
VíRus
VíRusVíRus
VíRus
 
Výýrus
VýýrusVýýrus
Výýrus
 
Vírus.ppt
Vírus.pptVírus.ppt
Vírus.ppt
 
Vírus.pptx
Vírus.pptxVírus.pptx
Vírus.pptx
 

Mais de profatatiana

Tecido conjuntivo
Tecido conjuntivoTecido conjuntivo
Tecido conjuntivo
profatatiana
 
Tecido epitelial
Tecido epitelialTecido epitelial
Tecido epitelial
profatatiana
 
Tecidos de condução de seiva novo
Tecidos de condução de seiva novoTecidos de condução de seiva novo
Tecidos de condução de seiva novo
profatatiana
 
Introdução à biologia celular
Introdução à biologia celularIntrodução à biologia celular
Introdução à biologia celular
profatatiana
 
Reino monera
Reino moneraReino monera
Reino monera
profatatiana
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
profatatiana
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
profatatiana
 
Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
profatatiana
 
Procariotos e eucariotos
Procariotos e eucariotosProcariotos e eucariotos
Procariotos e eucariotos
profatatiana
 
áCidos nucléicos parcial
áCidos nucléicos parcialáCidos nucléicos parcial
áCidos nucléicos parcial
profatatiana
 
Composição química das células
Composição química das célulasComposição química das células
Composição química das células
profatatiana
 
Composição química celular continuação
Composição química celular continuaçãoComposição química celular continuação
Composição química celular continuação
profatatiana
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
profatatiana
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
profatatiana
 
Mutações
MutaçõesMutações
Mutações
profatatiana
 
Filo echinodermata
Filo echinodermataFilo echinodermata
Filo echinodermata
profatatiana
 
Lentes esféricas delgadas
Lentes esféricas delgadasLentes esféricas delgadas
Lentes esféricas delgadas
profatatiana
 
Sistema reprodutor feminino
Sistema reprodutor feminino Sistema reprodutor feminino
Sistema reprodutor feminino
profatatiana
 
Sistema reprodutor masculino ensino médio
Sistema reprodutor masculino ensino médioSistema reprodutor masculino ensino médio
Sistema reprodutor masculino ensino médio
profatatiana
 

Mais de profatatiana (20)

Tecido conjuntivo
Tecido conjuntivoTecido conjuntivo
Tecido conjuntivo
 
Tecido epitelial
Tecido epitelialTecido epitelial
Tecido epitelial
 
Tecidos de condução de seiva novo
Tecidos de condução de seiva novoTecidos de condução de seiva novo
Tecidos de condução de seiva novo
 
Introdução à biologia celular
Introdução à biologia celularIntrodução à biologia celular
Introdução à biologia celular
 
Reino monera
Reino moneraReino monera
Reino monera
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
 
Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
 
Procariotos e eucariotos
Procariotos e eucariotosProcariotos e eucariotos
Procariotos e eucariotos
 
áCidos nucléicos parcial
áCidos nucléicos parcialáCidos nucléicos parcial
áCidos nucléicos parcial
 
Composição química das células
Composição química das célulasComposição química das células
Composição química das células
 
Composição química celular continuação
Composição química celular continuaçãoComposição química celular continuação
Composição química celular continuação
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
Mutações
MutaçõesMutações
Mutações
 
Filo echinodermata
Filo echinodermataFilo echinodermata
Filo echinodermata
 
Lentes esféricas delgadas
Lentes esféricas delgadasLentes esféricas delgadas
Lentes esféricas delgadas
 
Sistema reprodutor feminino
Sistema reprodutor feminino Sistema reprodutor feminino
Sistema reprodutor feminino
 
Sistema reprodutor masculino ensino médio
Sistema reprodutor masculino ensino médioSistema reprodutor masculino ensino médio
Sistema reprodutor masculino ensino médio
 
Tecido nervoso
Tecido nervosoTecido nervoso
Tecido nervoso
 

Último

Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ismael Ash
 
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
Faga1939
 
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptxSegurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Divina Vitorino
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
ronaldos10
 
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdfEletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
barbosajucy47
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Ismael Ash
 

Último (7)

Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
 
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
 
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptxSegurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
 
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdfEletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
 

Vírus

  • 2. O que é um vírus? São estruturas macromoleculares que possuem material genético e são parasitas intracelulares obrigatórios . Parasitam: animais, vegetais, fungos e bactérias. Fora da célula – vírion (forma infectiva) Dentro da célula – vírus (após a infecção)
  • 3. Vírus são altamente específicos São altamente específicos, parasitando até mesmo um único órgão. (ex.: fígado) Especificidade: proteínas da superfície viral que reconhecem o tipo celular a ser parasitado.
  • 4. Estrutura viral Constituídos por: Ácido nucléico DNA e/ou RNA) (em verde) Cápsula viral ou capsídeo (proteínas) (em azul) Obs: Alguns vírus podem ainda, apresentar uma membrana lipoprotéica (originada da célula hospedeira).
  • 5. Vírus com envelope lipoprotéico Ácido nucléico Capsídeo Envelope lipoprotéico Proteína de mambrana
  • 6. Vírus, ser vivo? Discussão entre autores: Não são seres vivos: são acelulares, não têm metabolismo próprio, utilizam maquinaria da célula hospedeira – por isso parasita obrigatório. Porém, outros dizem: São seres vivos: Possuem material genético (código genético).
  • 7. Tipos de vírus: são classificados de acordo com o tipo de material genético que apresentam. Vírus de DNA Desoxivírus Ex.: Herpes, varicela e sarampo. Vírus de RNA Ribovírus Ex.: HIV, febre amarela, HCV (hepatite C) e poliomielite.
  • 8. Reprodução Viral Fases: Adsorção ou fixação: reconhecimento da célula hospedeira pelo vírus. Há entrada do material genético do vírus, capsídeo é expelido. Multiplicação do material genético do vírus. Síntese das cápsulas protéicas. Produção das unidades virais. Lise da bactéria e liberação dos vírus.
  • 9. Replicação viral: desoxivirus DNA bacteriano DNA viral DNA liga-se ao genoma da célula para ser duplicado e transcrito. Cópias de DNA viral e de capsídeos
  • 10. Reprodução Viral: ribovírus ou retrovírus Retrotranscrição: nos ribovírus, o RNA viral é transformado em DNAviral, pela enzima transcriptase reversa . Este DNA é inserido no genoma da célula hospedeira e passa a ser transcrito (cópias de RNA viral e produção de proteínas virais). RNA viral + Retrotranscrição Transcriptase reversa DNA viral DNA celular DNA celular + DNA viral (provírus)
  • 11. Libração Viral – Ciclo Lítico Onde há a ruptura da célula hospedeira. Ex.: ingluenza (gripe) e poliomielite.
  • 12. Liberação Viral – Ciclo Lisogênico Os vírus podem ser liberados lentamente da célula; ou Podem esperar divisões celulares. Podem ficar em estado latente, em estado de “cura” temporária até que algum fator desencadeie a doença. Ex. herpes.
  • 13. Viroses Causas das doenças: Alteração do material genético da célula hospedeira; Ruptura da célula – ciclo lítico.
  • 14. Transmissão Em vegetais: Entrada através de escoriações na superfície vegetal. Disseminação no interior do organismo através dos plasmodesmos (pontes de citoplasma entre células vizinhas).
  • 15. Transmissão Em animais a entrada se dá: Por lesões na pele; Por reconhecimento de células de mucosa, como as das vias respiratórias, genitais, digestórias. Por inoculação por animal transmissor (ex. dengue). Pela gestação (via placentária) e pela amamentação.
  • 16. Transmissão As partículas virais podem chegar até o hospedeiro por meio: De alimentos; Contato sexual; Através de secreções; Transportados por outros animais; Contato físico; Troca de fluidos corporais; .........
  • 17. Vacinas Vacina: antígenos inoculados no organismo a fim de produzir uma resposta imunológica, com a produção de anticorpos e células de memória contra este antígeno.
  • 18. Vacina Antígenos: vírus “mortos” (pedaços virais) ou atenuados. Vírus atenuados: podem causar a doença em pessoas que estejam mais sensíveis imunologicamente. Vírus podem passar pela placenta!
  • 19. Vírus e Terapia Gênica Tentativa de “cura” de doenças genéticas colocando-se genes saudáveis em um indivíduo doente. Adiciona-se o gene de interesse no material genético do vírus; O vírus alterado infecta a célula de interesse e adiciona seu DNA (modificado) no DNA celular; Passa a produzir a proteína perfeita, que antes era defeituosa ou ausente.
  • 20. Controle Biológico Controle de pragas em plantações. Ex. Lagartas-da-soja parasitadas pelo Baculovirus anticarsia , que compromete seu desenvolvimento e leva as lagartas à morte.
  • 21. Vírus Oncogênico Alguns tumores estão relacionados à presença de vírus, decorrentes das alterações genéticas produzidas pela interação do genoma viral com o genoma do hospedeiro alterando os genes supressores de tumor e os oncogenes. Oncogenes: controlam divisão celular, são muito importantes durante o crescimento.
  • 22. Salto Parasitário Quando uma cepa viral passa, por mutação, a ter capacidade de parasitar outro tipo de célula ou outra espécie que antes não o fazia. Isso ocorre porque vírus são parasitas extremamente específicos e só realizam a acoplagem e inoculação do vírion em um determinado padrão celular (salvo mutações). Ex.: H5N1 – vírus da gripe aviária.