SlideShare uma empresa Scribd logo
Disciplina:Gestão em Negócios da Comunicação6º Período - Jornalismo Profa.: Josy Anne Dallapicola Especialista em Gestão de Marketing | Especialista em Comunicação Estratégica e Gestão da Imagem Ago/2011
Ementa A organização de uma empresa jornalística.  Administração de empresa jornalística.  O jornal(ismo) como produto.  Relação com o mercado: segmentação.  A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística.  Planejamento de cobertura e administração de equipes de produção, reportagem e edição.  Viabilização comercial e financeira dos processos de reportagem.  Escalas e rotinas de trabalho em redações.  Publicidade, propaganda, tiragem e circulação: estratégias.  Nos meios eletrônicos: a grade de programação para rádio e televisão:a relação estratégica entre os programas jornalísticos, os de entretenimento e a inserção comercial.  Gestão de sites jornalísticos e agência de notícias.  Jornalismo e Mercado.  O jornalista empreendedor. Profa. Josy Anne Dallapicola
Bibliografia básica BERNARDES, Cyro. Teoria geral da administração: análise integrada das organizações. São Paulo: Atlas, 1993. DORNELAS, José C. Assis. Empreendedorismo: transformando idéias em negócios. Rio de janeiro: Campos, 2001. TORQUATO, Gaudêncio. Tratado de comunicação organizacional e política. São Paulo: Thomson, 2004.  Bibliografia complementar ,[object Object]
KOTLER, Philip. Administração e marketing. São Paulo: Atlas, 1998.
MEDINA, Cremilda. Notícia, um produto à venda – jornalismo na sociedade urbana e industrial. 2 ed. São Paulo: Summus, 1988.
NEWMAN, Willian H. Ação Administrativa: as técnicas de organização e gerência. São Paulo: Atlas, 1991.
TAYLOR, Frederick. Princípios de administração científica. São Paulo: Atlas, 1990.Profa. Josy Anne Dallapicola
Aula 1 A organização  de uma empresa  jornalística Profa. Josy Anne Dallapicola
Conceito 	Podemos conceituar empresa jornalística como “um conjunto organizado de trabalhoredacional e técnico, meioseconômicose materiais e relaçõescomerciaispara a difusão de ideiaseinformaçõesatravés de edição depublicações periódicas”. Profa. Josy Anne Dallapicola
Organização Proprietários Conselho de Administração Diretorias Financeira Marketing RH ... Editorial Chefia de Redação Editoria de Cidades Editoria de Economia Editoria de Esportes Editoria dePolítica ... J O R N A L I S T A S Profa. Josy Anne Dallapicola
Dimensõescondicionantes da empresa jornalística Público Propriedade e controle Privado  Administração e Gestão Projeto Editorial História e cultura da empresa Recursos Enquadramento jurídico Consumidores Mercado e Concorrência Publicidade Profa. Josy Anne Dallapicola
Mercado midiáticoe fontes de receita Mercado dos consumidores ,[object Object]
 Produtos singulares (lógica da exclusividade) e serviços contínuos (lógica do fluxo)Mercado da publicidade - Venda do acesso à audiência aos anunciantes Profa. Josy Anne Dallapicola
Fator econômico O jornalismo como... ,[object Object]
mercadoria – vendida num mercado cada vez mais saturado de produtos concorrentes
valor de uso: comprometimento nos potenciais interessados
valor de troca: em relação ao jornalismo da concorrênciaProfa. Josy Anne Dallapicola
Riscos O jornalismo como... indústria / negócio  – riscos no pluralismo e no suporte a agendas decorrentes da concentração produto / mercadoria 	– riscos de subjugação do papel de serviço público aos critérios comerciais Profa. Josy Anne Dallapicola
Comércio X Ética Pólo Intelectual Campo Jornalístico Pólo Comercial Critério Interno  Critério Externo  Vendas / Audiência Ética / Reconhecimento Modelo baseado em BOURDIEU, Pierre. Razões Práticas: sobre a teoria da ação. Tradução de Mariza Corrêa. Campinas: Papirus, 1996 Profa. Josy Anne Dallapicola
Comércio X Ética geram “internalizações de disposições” (habitus) Bourdieu afirma que para o ator social tentar ocupar um espaço é necessário que ele conheça as regras do jogo dentro do campo social e que esteja disposto a lutar (jogar) Segundo ele, nas sociedades desenvolvidas as formas mais eficientes de distinção são as posses de capital econômico e de capital cultural: Riqueza econômica (capital econômico) x Cultura acumulada (capital cultural)  Geram “internalizações de disposições” (habitus) Diferenciam os  espaços a serem  ocupados pelas pessoas
Comércio X Ética “As empresas jornalísticas têm de ganhar dinheiro, senão não são independentes” “Os media são um negócio... “... mas não são um negócio como os outros”. M. Mesquita P. Balsemão Jornal de Negócios, 12.01.2005 O seu produto é também informação, serviço, cultura, política... Profa. Josy Anne Dallapicola
Grandes grupos– segundo Torquato Grupo GLOBO Informacionalista Alta ligação com o poder e empresariado Maior densidade política Grande poder concentrado na família proprietária  Diversificação de interesses negociais > capilaridade de discurso (capacidade de atingir + pessoas) Alta tecnologia do processo comunicativo Valorização dos padrões sociais tradicionais (família, igreja) Estilo: direto e objetivo - uso correto da língua - linguagem jornalística tradicional Equipe: estabilidade dos quadros internos - cúpula afinada com os proprietários - boa retaguarda em Brasília Profa. Josy Anne Dallapicola
Grandes grupos– segundo Torquato Grupo ABRIL Alto poder de informação Imensa ligação com os bastidores do Executivo Federal Certa dependência redação/comercial Baixa visibilidade do proprietário Seriedade no trato das informações X Uso “maquiavélico” da informação (astúcia, má-fé, oportunismo) Interesses negociais em expansão Visão essencialmente paulista Corpo técnico de alta qualidade Referencial para comportamento e lazer Estilo: depende do veículo - Ex: Veja: criativo, investigativo, interpretativo, aberto. Equipe: certa estabilidade nos veículos principais - Ex: Veja e  Exame: Boa retaguarda nas sucursais a partir de Brasília Profa. Josy Anne Dallapicola
Grandes grupos– segundo Torquato Grupo ESTADO Internacionalista Visão clássica/conservadora Defesa aberta da economia de mercado Condenação às práticas políticas do Norte/Nordeste Defesa rígida de São Paulo Patrocínio de causas e campanhas Forte ligação com o Poder Judiciário e econômico de SP Condenação das mazelas do Congresso Defesa de valores: moralidade/transparência/ética Estilo: busca tratamento imparcial à noticia - pauta forte na economia - área internacional bem trabalhada Equipe: quadro estável - valoriza profissional - renova quadros c/ estagiários - bons colunistas/articulistas - investe na qualidade Profa. Josy Anne Dallapicola
Grandes grupos– segundo Torquato Grupo FOLHA Lógica editorial ditada pelo lucro Sem compromisso com grupos (aparente) Jornalismo apressado Patrocínio de bandeiras sociais Suporte de pesquisa – apoio editorial Nervosismo das equipes Imprevisível/arrebatado Proprietário carismático dá o tom (não aparece nos editoriais) Alto poder de leiturabilidade/legitimidade Grande penetração dos segmentos médios/setores avançados Estilo: busca manter imparcialidade e ser críticoEquipe: grande rotatividade - baixa média de faixa etária - bons colunistas Profa. Josy Anne Dallapicola
Grandes grupos– segundo Torquato Grupo JB Jornal do Brasil em processo de renovação/mudança Boa capacidade de cobertura nacional e do Congresso Ligação com cúpula da Igreja Boa penetração em algumas regiões do País (NE) Fácil de ler e destaque para colunismo Ciclotimia editorial (alterna depressão e excitação) Fortes traços conservadores Pouca visibilidade do atual proprietário Estilo: linguagem clara/didática – boa divisão (boxes, retrancas) – facilidade de leitura Equipe: mudanças na composição acionária com repercussão na equipe redacional – equilíbrio entre veteranos e novos Profa. Josy Anne Dallapicola
Grandes grupos– segundo Torquato Grupo SBT Linha mais popular/emotiva Influência em diversas regiões Alta visibilidade do proprietário Defesa do consumidor Sem brilho criativo/tecnológico Mudança constante nas grades dos programas Comunicadores populares e programas de grande audiência Modelo de gestão é mutante Estilo: Populista, com foco nas classes médias baixas e classe C, D e E. Profa. Josy Anne Dallapicola

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guia detalhado para análise do ambiente de marketing
Guia detalhado para análise do ambiente de marketingGuia detalhado para análise do ambiente de marketing
Guia detalhado para análise do ambiente de marketing
Felipe Correa de Mello
 
Comunicação Organizacional - Aula 02
Comunicação Organizacional - Aula 02Comunicação Organizacional - Aula 02
Comunicação Organizacional - Aula 02
Davi Rocha
 
Comunicação empresarial aula 4
Comunicação empresarial   aula 4Comunicação empresarial   aula 4
Comunicação empresarial aula 4
wesleycesar
 
8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...
8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...
8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...
Angelo Peres
 
O ambiente da comunicação empresarial
O ambiente da comunicação empresarialO ambiente da comunicação empresarial
O ambiente da comunicação empresarial
Carlos Alves
 
GP - Comunicação Empresarial
GP - Comunicação EmpresarialGP - Comunicação Empresarial
GP - Comunicação Empresarial
Vinícius Luiz
 
Análise do Macroambiente de Marketing Digital
Análise do Macroambiente de Marketing DigitalAnálise do Macroambiente de Marketing Digital
Análise do Macroambiente de Marketing Digital
Nino Carvalho - Consultor e Professor
 
Comunicação: Comunicação Empresarial
Comunicação: Comunicação EmpresarialComunicação: Comunicação Empresarial
Comunicação: Comunicação Empresarial
Adm Pub
 
Introdução à comunicação empresarial
Introdução à comunicação empresarialIntrodução à comunicação empresarial
Introdução à comunicação empresarial
Carlos Alves
 
Fundrasing
FundrasingFundrasing
Fundrasing
Maria Santos
 
Eficiência eficácia da comunicação organizacional
Eficiência eficácia da comunicação organizacionalEficiência eficácia da comunicação organizacional
Eficiência eficácia da comunicação organizacional
Joao Pedro Turibio
 
Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01
Ana Silva
 
Comunicação externa slb
Comunicação externa   slbComunicação externa   slb
Comunicação externa slb
Pedro Almeida
 
Empresa Jornalística
Empresa JornalísticaEmpresa Jornalística
Empresa Jornalística
Manuel Pinto
 
Comunicação empresarial aula 2
Comunicação empresarial   aula 2Comunicação empresarial   aula 2
Comunicação empresarial aula 2
wesleycesar
 
Interfaces entre Relações Públicas e Comunicação Organizacional
Interfaces entre Relações Públicas e Comunicação OrganizacionalInterfaces entre Relações Públicas e Comunicação Organizacional
Interfaces entre Relações Públicas e Comunicação Organizacional
Priscilla Costa
 
Comunicação organizacional
Comunicação organizacionalComunicação organizacional
Comunicação organizacional
Bruno Sampaio Garrido
 
Aula 7 Comunicação Institucional
Aula 7   Comunicação InstitucionalAula 7   Comunicação Institucional
Aula 7 Comunicação Institucional
Carlos Alves
 
Relações publicas em tempo de crise
Relações publicas em tempo de criseRelações publicas em tempo de crise
Relações publicas em tempo de crise
Ana Tomás
 
Comunicação Organizacional
Comunicação OrganizacionalComunicação Organizacional
Comunicação Organizacional
Wadiley Nascimento
 

Mais procurados (20)

Guia detalhado para análise do ambiente de marketing
Guia detalhado para análise do ambiente de marketingGuia detalhado para análise do ambiente de marketing
Guia detalhado para análise do ambiente de marketing
 
Comunicação Organizacional - Aula 02
Comunicação Organizacional - Aula 02Comunicação Organizacional - Aula 02
Comunicação Organizacional - Aula 02
 
Comunicação empresarial aula 4
Comunicação empresarial   aula 4Comunicação empresarial   aula 4
Comunicação empresarial aula 4
 
8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...
8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...
8 Os Processos de Recrutamento e Seleção Nas Empresas do Setor de Serviços, N...
 
O ambiente da comunicação empresarial
O ambiente da comunicação empresarialO ambiente da comunicação empresarial
O ambiente da comunicação empresarial
 
GP - Comunicação Empresarial
GP - Comunicação EmpresarialGP - Comunicação Empresarial
GP - Comunicação Empresarial
 
Análise do Macroambiente de Marketing Digital
Análise do Macroambiente de Marketing DigitalAnálise do Macroambiente de Marketing Digital
Análise do Macroambiente de Marketing Digital
 
Comunicação: Comunicação Empresarial
Comunicação: Comunicação EmpresarialComunicação: Comunicação Empresarial
Comunicação: Comunicação Empresarial
 
Introdução à comunicação empresarial
Introdução à comunicação empresarialIntrodução à comunicação empresarial
Introdução à comunicação empresarial
 
Fundrasing
FundrasingFundrasing
Fundrasing
 
Eficiência eficácia da comunicação organizacional
Eficiência eficácia da comunicação organizacionalEficiência eficácia da comunicação organizacional
Eficiência eficácia da comunicação organizacional
 
Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01Revista pmkt 003_01
Revista pmkt 003_01
 
Comunicação externa slb
Comunicação externa   slbComunicação externa   slb
Comunicação externa slb
 
Empresa Jornalística
Empresa JornalísticaEmpresa Jornalística
Empresa Jornalística
 
Comunicação empresarial aula 2
Comunicação empresarial   aula 2Comunicação empresarial   aula 2
Comunicação empresarial aula 2
 
Interfaces entre Relações Públicas e Comunicação Organizacional
Interfaces entre Relações Públicas e Comunicação OrganizacionalInterfaces entre Relações Públicas e Comunicação Organizacional
Interfaces entre Relações Públicas e Comunicação Organizacional
 
Comunicação organizacional
Comunicação organizacionalComunicação organizacional
Comunicação organizacional
 
Aula 7 Comunicação Institucional
Aula 7   Comunicação InstitucionalAula 7   Comunicação Institucional
Aula 7 Comunicação Institucional
 
Relações publicas em tempo de crise
Relações publicas em tempo de criseRelações publicas em tempo de crise
Relações publicas em tempo de crise
 
Comunicação Organizacional
Comunicação OrganizacionalComunicação Organizacional
Comunicação Organizacional
 

Semelhante a Aula 1 fasb 1

Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...
Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...
Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...
MicaelCardoso6
 
Introdução à Mídia
Introdução à MídiaIntrodução à Mídia
Introdução à Mídia
Doisnovemeia Publicidade
 
Comunicação empresarial parte 1
Comunicação empresarial parte 1Comunicação empresarial parte 1
Comunicação empresarial parte 1
Cursos Profissionalizantes
 
PublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do AsfaltoPublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do Asfalto
Eficacia
 
PublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do AsfaltoPublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do Asfalto
Eficacia
 
PublicitáRios Do Asfalto1
PublicitáRios Do Asfalto1PublicitáRios Do Asfalto1
PublicitáRios Do Asfalto1
Eficacia
 
comunicaoempresarial
comunicaoempresarialcomunicaoempresarial
comunicaoempresarial
MENTORAMONIZEALMEIDA
 
Santa Maria
Santa MariaSanta Maria
Santa Maria
sacilotorenata
 
Trabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atualTrabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atual
UERJ
 
Trabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atualTrabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atual
UERJ
 
Publicidade Tradicional
Publicidade TradicionalPublicidade Tradicional
Publicidade Tradicional
Publicidade 2010 - UniJorge
 
Profº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação Integrada
Profº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação IntegradaProfº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação Integrada
Profº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação Integrada
Rubens Fructuoso
 
Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4
Carlos Alves
 
Comunicação Institucional
Comunicação InstitucionalComunicação Institucional
Comunicação Institucional
Claudio Toldo
 
Planejamento de Relações Públicas
Planejamento de Relações PúblicasPlanejamento de Relações Públicas
Planejamento de Relações Públicas
DAC UFS
 
Apresentacao guilherme reuniao_sbpc_ok
Apresentacao guilherme reuniao_sbpc_okApresentacao guilherme reuniao_sbpc_ok
Apresentacao guilherme reuniao_sbpc_ok
Guilherme Ferreira Viana
 
Aula 03 planejamento de mkt digital
Aula 03   planejamento de mkt digitalAula 03   planejamento de mkt digital
Aula 03 planejamento de mkt digital
Thais Godinho
 
Unama 080615
Unama 080615Unama 080615
Unama 080615
Manoel Marcondes Neto
 
Apostila pós - cesmac - planejamento e comunicação integrada
Apostila   pós - cesmac - planejamento e comunicação integradaApostila   pós - cesmac - planejamento e comunicação integrada
Apostila pós - cesmac - planejamento e comunicação integrada
Marcella Smith
 
UCS010615
UCS010615UCS010615

Semelhante a Aula 1 fasb 1 (20)

Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...
Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...
Slide_2_MARKETING_2o_ano_A_Téc_integrado_2023-563cfd299755457ca14d32419b187e1...
 
Introdução à Mídia
Introdução à MídiaIntrodução à Mídia
Introdução à Mídia
 
Comunicação empresarial parte 1
Comunicação empresarial parte 1Comunicação empresarial parte 1
Comunicação empresarial parte 1
 
PublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do AsfaltoPublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do Asfalto
 
PublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do AsfaltoPublicitáRios Do Asfalto
PublicitáRios Do Asfalto
 
PublicitáRios Do Asfalto1
PublicitáRios Do Asfalto1PublicitáRios Do Asfalto1
PublicitáRios Do Asfalto1
 
comunicaoempresarial
comunicaoempresarialcomunicaoempresarial
comunicaoempresarial
 
Santa Maria
Santa MariaSanta Maria
Santa Maria
 
Trabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atualTrabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atual
 
Trabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atualTrabalho mercadologia atual
Trabalho mercadologia atual
 
Publicidade Tradicional
Publicidade TradicionalPublicidade Tradicional
Publicidade Tradicional
 
Profº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação Integrada
Profº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação IntegradaProfº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação Integrada
Profº Uilson - 3ª Aula - Planejamento Comunicação Integrada
 
Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4Comunicação Integrada - Aula 4
Comunicação Integrada - Aula 4
 
Comunicação Institucional
Comunicação InstitucionalComunicação Institucional
Comunicação Institucional
 
Planejamento de Relações Públicas
Planejamento de Relações PúblicasPlanejamento de Relações Públicas
Planejamento de Relações Públicas
 
Apresentacao guilherme reuniao_sbpc_ok
Apresentacao guilherme reuniao_sbpc_okApresentacao guilherme reuniao_sbpc_ok
Apresentacao guilherme reuniao_sbpc_ok
 
Aula 03 planejamento de mkt digital
Aula 03   planejamento de mkt digitalAula 03   planejamento de mkt digital
Aula 03 planejamento de mkt digital
 
Unama 080615
Unama 080615Unama 080615
Unama 080615
 
Apostila pós - cesmac - planejamento e comunicação integrada
Apostila   pós - cesmac - planejamento e comunicação integradaApostila   pós - cesmac - planejamento e comunicação integrada
Apostila pós - cesmac - planejamento e comunicação integrada
 
UCS010615
UCS010615UCS010615
UCS010615
 

Mais de josymariano

Aula 10 post
Aula 10   postAula 10   post
Aula 10 post
josymariano
 
Aula 8
Aula 8Aula 8
Aula 8
josymariano
 
Aula 6 - FASB
Aula 6   - FASBAula 6   - FASB
Aula 6 - FASB
josymariano
 
Aula 5
Aula 5Aula 5
Aula 5
josymariano
 
Aula 4
Aula 4Aula 4
Aula 4
josymariano
 

Mais de josymariano (7)

Aula 13
Aula 13 Aula 13
Aula 13
 
Aula 10 post
Aula 10   postAula 10   post
Aula 10 post
 
Aula 8
Aula 8Aula 8
Aula 8
 
Aula 7 - FASB
Aula 7 - FASBAula 7 - FASB
Aula 7 - FASB
 
Aula 6 - FASB
Aula 6   - FASBAula 6   - FASB
Aula 6 - FASB
 
Aula 5
Aula 5Aula 5
Aula 5
 
Aula 4
Aula 4Aula 4
Aula 4
 

Último

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 

Último (20)

Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 

Aula 1 fasb 1

  • 1. Disciplina:Gestão em Negócios da Comunicação6º Período - Jornalismo Profa.: Josy Anne Dallapicola Especialista em Gestão de Marketing | Especialista em Comunicação Estratégica e Gestão da Imagem Ago/2011
  • 2. Ementa A organização de uma empresa jornalística. Administração de empresa jornalística. O jornal(ismo) como produto. Relação com o mercado: segmentação. A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística. Planejamento de cobertura e administração de equipes de produção, reportagem e edição. Viabilização comercial e financeira dos processos de reportagem. Escalas e rotinas de trabalho em redações. Publicidade, propaganda, tiragem e circulação: estratégias. Nos meios eletrônicos: a grade de programação para rádio e televisão:a relação estratégica entre os programas jornalísticos, os de entretenimento e a inserção comercial. Gestão de sites jornalísticos e agência de notícias. Jornalismo e Mercado. O jornalista empreendedor. Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 3.
  • 4. KOTLER, Philip. Administração e marketing. São Paulo: Atlas, 1998.
  • 5. MEDINA, Cremilda. Notícia, um produto à venda – jornalismo na sociedade urbana e industrial. 2 ed. São Paulo: Summus, 1988.
  • 6. NEWMAN, Willian H. Ação Administrativa: as técnicas de organização e gerência. São Paulo: Atlas, 1991.
  • 7. TAYLOR, Frederick. Princípios de administração científica. São Paulo: Atlas, 1990.Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 8. Aula 1 A organização de uma empresa jornalística Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 9. Conceito Podemos conceituar empresa jornalística como “um conjunto organizado de trabalhoredacional e técnico, meioseconômicose materiais e relaçõescomerciaispara a difusão de ideiaseinformaçõesatravés de edição depublicações periódicas”. Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 10. Organização Proprietários Conselho de Administração Diretorias Financeira Marketing RH ... Editorial Chefia de Redação Editoria de Cidades Editoria de Economia Editoria de Esportes Editoria dePolítica ... J O R N A L I S T A S Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 11. Dimensõescondicionantes da empresa jornalística Público Propriedade e controle Privado Administração e Gestão Projeto Editorial História e cultura da empresa Recursos Enquadramento jurídico Consumidores Mercado e Concorrência Publicidade Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 12.
  • 13. Produtos singulares (lógica da exclusividade) e serviços contínuos (lógica do fluxo)Mercado da publicidade - Venda do acesso à audiência aos anunciantes Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 14.
  • 15. mercadoria – vendida num mercado cada vez mais saturado de produtos concorrentes
  • 16. valor de uso: comprometimento nos potenciais interessados
  • 17. valor de troca: em relação ao jornalismo da concorrênciaProfa. Josy Anne Dallapicola
  • 18. Riscos O jornalismo como... indústria / negócio – riscos no pluralismo e no suporte a agendas decorrentes da concentração produto / mercadoria – riscos de subjugação do papel de serviço público aos critérios comerciais Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 19. Comércio X Ética Pólo Intelectual Campo Jornalístico Pólo Comercial Critério Interno Critério Externo Vendas / Audiência Ética / Reconhecimento Modelo baseado em BOURDIEU, Pierre. Razões Práticas: sobre a teoria da ação. Tradução de Mariza Corrêa. Campinas: Papirus, 1996 Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 20. Comércio X Ética geram “internalizações de disposições” (habitus) Bourdieu afirma que para o ator social tentar ocupar um espaço é necessário que ele conheça as regras do jogo dentro do campo social e que esteja disposto a lutar (jogar) Segundo ele, nas sociedades desenvolvidas as formas mais eficientes de distinção são as posses de capital econômico e de capital cultural: Riqueza econômica (capital econômico) x Cultura acumulada (capital cultural) Geram “internalizações de disposições” (habitus) Diferenciam os espaços a serem ocupados pelas pessoas
  • 21. Comércio X Ética “As empresas jornalísticas têm de ganhar dinheiro, senão não são independentes” “Os media são um negócio... “... mas não são um negócio como os outros”. M. Mesquita P. Balsemão Jornal de Negócios, 12.01.2005 O seu produto é também informação, serviço, cultura, política... Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 22. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo GLOBO Informacionalista Alta ligação com o poder e empresariado Maior densidade política Grande poder concentrado na família proprietária Diversificação de interesses negociais > capilaridade de discurso (capacidade de atingir + pessoas) Alta tecnologia do processo comunicativo Valorização dos padrões sociais tradicionais (família, igreja) Estilo: direto e objetivo - uso correto da língua - linguagem jornalística tradicional Equipe: estabilidade dos quadros internos - cúpula afinada com os proprietários - boa retaguarda em Brasília Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 23. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo ABRIL Alto poder de informação Imensa ligação com os bastidores do Executivo Federal Certa dependência redação/comercial Baixa visibilidade do proprietário Seriedade no trato das informações X Uso “maquiavélico” da informação (astúcia, má-fé, oportunismo) Interesses negociais em expansão Visão essencialmente paulista Corpo técnico de alta qualidade Referencial para comportamento e lazer Estilo: depende do veículo - Ex: Veja: criativo, investigativo, interpretativo, aberto. Equipe: certa estabilidade nos veículos principais - Ex: Veja e Exame: Boa retaguarda nas sucursais a partir de Brasília Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 24. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo ESTADO Internacionalista Visão clássica/conservadora Defesa aberta da economia de mercado Condenação às práticas políticas do Norte/Nordeste Defesa rígida de São Paulo Patrocínio de causas e campanhas Forte ligação com o Poder Judiciário e econômico de SP Condenação das mazelas do Congresso Defesa de valores: moralidade/transparência/ética Estilo: busca tratamento imparcial à noticia - pauta forte na economia - área internacional bem trabalhada Equipe: quadro estável - valoriza profissional - renova quadros c/ estagiários - bons colunistas/articulistas - investe na qualidade Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 25. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo FOLHA Lógica editorial ditada pelo lucro Sem compromisso com grupos (aparente) Jornalismo apressado Patrocínio de bandeiras sociais Suporte de pesquisa – apoio editorial Nervosismo das equipes Imprevisível/arrebatado Proprietário carismático dá o tom (não aparece nos editoriais) Alto poder de leiturabilidade/legitimidade Grande penetração dos segmentos médios/setores avançados Estilo: busca manter imparcialidade e ser críticoEquipe: grande rotatividade - baixa média de faixa etária - bons colunistas Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 26. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo JB Jornal do Brasil em processo de renovação/mudança Boa capacidade de cobertura nacional e do Congresso Ligação com cúpula da Igreja Boa penetração em algumas regiões do País (NE) Fácil de ler e destaque para colunismo Ciclotimia editorial (alterna depressão e excitação) Fortes traços conservadores Pouca visibilidade do atual proprietário Estilo: linguagem clara/didática – boa divisão (boxes, retrancas) – facilidade de leitura Equipe: mudanças na composição acionária com repercussão na equipe redacional – equilíbrio entre veteranos e novos Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 27. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo SBT Linha mais popular/emotiva Influência em diversas regiões Alta visibilidade do proprietário Defesa do consumidor Sem brilho criativo/tecnológico Mudança constante nas grades dos programas Comunicadores populares e programas de grande audiência Modelo de gestão é mutante Estilo: Populista, com foco nas classes médias baixas e classe C, D e E. Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 28. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo GAZETA MERCANTIL Influência no grande empresariado e no corpo diretivo Informações de qualidade Compromissos com modernização e mercado exportador Melhor cobertura da microeconomia Estilo: Denso, pesado, alta qualidade informativa e técnica Equipe: grande estabilidade interna – corpo redacional de alto nível Obs.: Jornal GM (circulação suspensa em 25.05.2009 ) Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 29. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo TV BANDEIRANTES Influência – programas específicos Influência estadual Jornalismo de rotina Aparato tecnológico fraco Experimentalismo na programação Forte influência na emissora de rádio do Grupo (programas jornalísticos de boa audiência) Estilo: linguagem média – polêmico – cultiva grandes debates – tradição nos esportes Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 30. Grandes grupos– segundo Torquato Grupo RECORD Grande cobertura nacional Tom populista marcante – jornalismo policial Linha jornalística entre média e forte Domínio dos bispos evangélicos (Igreja Universal) Força em crescimento Extensão com poder político (bancadas evangélicas) Aparato tecnológico Estilo: em parte informativo/opinativo e em parte populista/ policialesco/emotivo/religioso Equipe: profissionalizada Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 31. O profissional Postura de um estrategista político: Articulador Juntar as partes da empresa Quebrar arestas Ter bom relacionamento com a imprensa Relacionar-se com sistema político Conhecer lideranças que influem na vida da empresa Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 32. O profissional E mais... Precisa saber gerenciar conflitos Trabalhar bem os climas interno e externo Saber fazer planejamento Dominar as áreas clássicas da comunicação Ter, sob seu comando, um grupo de operadores eficazes Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 33. O profissional É fácil encontrar este profissional? NÃO!!! Mas é por isso estamos aqui... Há poucos profissionais com visão sistêmica de comunicação e, mais do que isso, com visão política. Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 34. Para refletir... Em que medida a empresa jornalística é determinante para o exercício do jornalismo? Que condicionantes e que potencialidades ela comporta para tal exercício? Como a empresa jornalística é influenciada pelo contexto em que atua? Qual a margem de ação do jornalista no interior da empresa? Profa. Josy Anne Dallapicola
  • 35. Contatos Obrigada! josycomunicacao@hotmail.com Blog: www.gestaoemcomunicacao.wordpress.com Profa. Josy Anne Dallapicola