SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Disciplina: Gestão em Negócios da Comunicação6º Período - Jornalismo Profa.: Josy Anne Mariano DallapicolaEspecialista em Gestão de Marketing Estratégico | Especialista em Comunicação Estratégica e Gestão da Imagem
Aula 6 A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Leitura do texto “Fatores que interferem no Processo de Gestão Estratégica e seu tratamento” Cap. 3 do livro TAVARES, Mauro Calixta. Gestão Estratégica. São Paulo: Atlas. 2000
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística A imprensa no período histórico • Antes, devido às limitações tecnológicas, a imprensa era destinada apenas a pequenas elites • A partir do séc. XIX os jornais assumem características de produção industrial • Tornam-se mais baratos e alargam-se à pequena burguesia urbana
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística A estrutura É similar em todos os órgãos de comunicação social: • Administração – publicidade, marketing, área 		financeira, comercial, recursos humanos... • Redação – textos, ilustrações, paginação • Impressão 	• Distribuição
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Como funciona a produção • Redação deve ter 2 reuniões diárias importantes: De manhã Entre chefia da redação e editores, para definir assuntos do dia e respectivas formas de abordagem À tarde Entre direção e chefia da redação para decidir sobre: • 1ª página • Assuntos mais delicados [Cabe, contudo, aos editores uma parte importante na decisão sobre as notícias a tratar, porque são quem melhor conhece os assuntos que podem ser notícia, dentro das áreas em que cada um é responsável]
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística As novas tecnologias na produção de notícias Programas avançados de editoração eletrônica que permitem: 	• Espaços pré-formatados 	• Texto 	• Títulos e sub-títulos 	• Caixas para fotografias 	• Quantidade de caracteres e tamanho de letras 	•Ligação em rede e possibilidade de trabalho 	cooperativo, abrangendo as várias edições do jornal 	[Exemplo: espaços pré-formatados do JN]
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística As novas tecnologias na produção de Notícias Hoje há programas que permitem a visualização dos trabalhos em todos os terminais Vantagens: • Trabalho cooperativo entre jornalistas e facilidades de integração de texto, fotografia... Inconvenientes: • Possibilidade de controle e interferência na atividade criativa do jornalista • Riscos de fugas de informação e de plágio
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Administração de recursos materiais Processo de desenvolvimento em administração de materiais: • Estágio 1: Todas as atividades de administração de materiais são conduzidas quase inconscientemente por executivos fundamentalmente preocupados com outras atividades • Estágio 2: As principais atividades de administração de materiais são formalmente reconhecidas, mas subordinam-se a um grande número de executivos e não estão centralizadas dentro da organização. O resultado é que o único gerente de materiais genuíno é o presidente ou gerente geral que, na maioria das vezes, está preocupado com problemas aparentemente mais importantes • Estágio 3: A as atividades da administração de materiais relacionadas com as compras são agrupadas sob as ordens de um único executivo que gradualmente começa a comportar-se como um gerente de linha • Estágio 4: A administração de materiais torna-se uma atividade genuinamente somadora de valor para materiais comprados. Fornece, também, maior assistência especializada quanto aos problemas de distribuição relativos à fabricação e ao marketing.
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Estrutura Uma organização de um sistema de materiais para pode ser dividida nas seguintes áreas de concentração: 	• Controle de estoques 	• Compras 	• Almoxarifado 	• Planejamento e controle da produção 	• Transportes e distribuição
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Objetivos principais a) Preços baixos: é o mais importante e mais óbvio. O Departamento deve reduzir os preços dos itens, para que os custos operacionais diminuam e os lucros aumentem b) Alto giro de estoques: quando os estoques são baixos em relação as vendas, uma parcela menor de capital fica presa a eles c) Baixo custo de aquisição e posse: quando os materiais são manuseados e armazenados com eficiência, o custo real é mais baixo d) Continuidade de fornecimento: quando existem "quebras" na continuidade de fornecimento tornam-se inevitáveis custos  excessivos
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Objetivos principais e) Consistência de qualidade: ter um departamento responsável pela qualidade de materiais e serviços provenientes de fornecedores externos f) Despesas e aperfeiçoamento com pessoal: as empresas devem estimular um aperfeiçoamento contínuo de pessoal, contratando elementos especializados g) Relações favoráveis com fornecedores: as empresas dependem de fornecedores externos, sendo primordial as relações com eles. Um dos maiores problemas dos gerentes de materiais são as súbitas mudanças na demanda de materiais, o que exige um rápido cancelamento de pedido ou um fornecimento extra h) Bons registros: compradores gastam o dinheiro da empresa e ficam sujeitos à grandes tentações. Com bons registros e auditorias periódicas podem desencorajar a corrupção
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística Gerência de Materiais Centralizada X Descentralizada As administrações das empresas gigantescas resolvem os problemas decorrentes do tamanho adotando as gerências descentralizadas, dividindo a empresa em unidades de negócios. Como vantagens podemos destacar: • Aproxima os gerentes dos objetivos dos negócios e permite um maior controle dos custos • A principal desvantagem apresentada é a diluição do poder de compra, pois o volume do que é comprado gera grandes concessões de preços [Assim, empresas que usam peças ou materiais idênticos / similares em um certo número de fábricas tendem a uma organização centralizada para explorarem seu poder de compra. Por outro lado, empresas que fabricam produtos com pouca semelhança entre si, adotam um departamento de compras descentralizado]
Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística ERP (Enterprise ResourcePlanning) “Planejamento dos Recursos da Empresa” ,[object Object]
 Somando-se ainda um planejamento deficiente e, em alguns casos, a falta de competência técnica dos profissionais, tivemos como resultado a criação de ilhas de informação dentro de muitas empresas, com sistemas não integrados, inconsistentes (apresentando divergência em seus resultados), cuja manutenção era complexa e cara
 À medida que a tecnologia se tornava cada vez mais acessível, as empresas foram se automatizando, utilizando geralmente uma equipe interna de informática, procurando atender a uma demanda que muitas vezes era superior à capacidade dessa equipe,[object Object]
Internet: Uma grande tendência entre os fornecedores de ERP é a gradual incorporação de módulos que possam ser operacionalizados via Internet, permitindo a prática do e-business. Estão sendo incorporadas funcionalidades para que os sistemas permitam não apenas a interação com os cliente (vendas pela Internet), mas também a sua utilização pelos próprios funcionários
Business Intelligence (BI): É inegável a sua importância, sendo que todos os principais desenvolvedores de ERP ou já implementaram ferramentas de BI ou as estão implementando. Muito já se comentou na área de tecnologia da informação a respeito de grandes depósitos de dados (Data Warehouses) e sobre ferramentas de extração (Data Mining) destes dados, mas antes da disseminação dos ERPs, as bases para a implementação destes conceitos e ferramentas não possuíam a viabilidade hoje existente,[object Object]
CRM (CustomerRelashionship Management): Ou gerenciamento das relações com o cliente, está assumindo um papel muito importante nos departamentos de marketing, que também utilizam a expressão marketing de relacionamento para os conceitos suportados por esta nova ferramenta. Trata-se da operacionalização do DataBase Marketing, no sentido de, através da base transacional e de todas as informações disponíveis sobre os clientes, realizar análises que permitam um atendimento diferenciado, identificando necessidades e tendências de grupos de consumidores, além de facilitar a fidelização dos clientes,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Aula 6 - FASB

Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0
Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0
Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0
Djalma Santos, M.Sc.
 
Sistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEISistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEI
Brunomaglione
 
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
z133014
 
Aula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALE
Aula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALEAula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALE
Aula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALE
EduardoMildner1
 
Lean Supply Chain Management
Lean Supply Chain ManagementLean Supply Chain Management
Lean Supply Chain Management
CLT Valuebased Services
 
Tgti sig-modulo04-erp 10-05
Tgti sig-modulo04-erp 10-05Tgti sig-modulo04-erp 10-05
Tgti sig-modulo04-erp 10-05
gtiprotec
 
Tgti SIG-modulo04-ERP
Tgti SIG-modulo04-ERPTgti SIG-modulo04-ERP
Tgti SIG-modulo04-ERP
gtiprotec
 
Administração de materiais a apostila
Administração de materiais   a apostilaAdministração de materiais   a apostila
Administração de materiais a apostila
raquelnazi
 
Software para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas Criticas
Software para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas CriticasSoftware para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas Criticas
Software para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas Criticas
Jose Claudio Terra
 
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Sistemas de Gestão
Sistemas de GestãoSistemas de Gestão
Sistemas de Gestão
Vinicius Bueno
 
Fgc manuela trab2[1]
Fgc manuela trab2[1]Fgc manuela trab2[1]
Fgc manuela trab2[1]
Manuela Rodrigues
 
Trans4mar - Institucional
Trans4mar - InstitucionalTrans4mar - Institucional
Trans4mar - Institucional
Sérgio Pereira Do Valle
 
A Gestão de Conteúdo que dá certo
A Gestão de Conteúdo que dá certoA Gestão de Conteúdo que dá certo
A Gestão de Conteúdo que dá certo
Jose Claudio Terra
 
Administração de materiais a apostila - cópia
Administração de materiais   a apostila - cópiaAdministração de materiais   a apostila - cópia
Administração de materiais a apostila - cópia
Aildo de Lima
 
ERP - Enterprise Resource Planning
ERP - Enterprise Resource PlanningERP - Enterprise Resource Planning
ERP - Enterprise Resource Planning
João Fernando Moreira de Medeiros
 
Cost Management Maximizes Business Intelligence ROI
Cost Management Maximizes Business Intelligence ROICost Management Maximizes Business Intelligence ROI
Cost Management Maximizes Business Intelligence ROI
thomasdacosta
 
ERP E MRP.pptx
ERP E MRP.pptxERP E MRP.pptx
ERP E MRP.pptx
AmarildoJosMorett
 
Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)
Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)
Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Erp
ErpErp

Semelhante a Aula 6 - FASB (20)

Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0
Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0
Relat-Gerenciais_TIC_I_2013v2.0.0
 
Sistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEISistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEI
 
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
 
Aula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALE
Aula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALEAula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALE
Aula05 ERP-CRM APRESENTAÇÃO COMPLETA VALE
 
Lean Supply Chain Management
Lean Supply Chain ManagementLean Supply Chain Management
Lean Supply Chain Management
 
Tgti sig-modulo04-erp 10-05
Tgti sig-modulo04-erp 10-05Tgti sig-modulo04-erp 10-05
Tgti sig-modulo04-erp 10-05
 
Tgti SIG-modulo04-ERP
Tgti SIG-modulo04-ERPTgti SIG-modulo04-ERP
Tgti SIG-modulo04-ERP
 
Administração de materiais a apostila
Administração de materiais   a apostilaAdministração de materiais   a apostila
Administração de materiais a apostila
 
Software para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas Criticas
Software para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas CriticasSoftware para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas Criticas
Software para Gestao de Conteudo: Sete Caracteristicas Criticas
 
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
Sistemas de Informação 2 - Aula03 - cap2 parte1
 
Sistemas de Gestão
Sistemas de GestãoSistemas de Gestão
Sistemas de Gestão
 
Fgc manuela trab2[1]
Fgc manuela trab2[1]Fgc manuela trab2[1]
Fgc manuela trab2[1]
 
Trans4mar - Institucional
Trans4mar - InstitucionalTrans4mar - Institucional
Trans4mar - Institucional
 
A Gestão de Conteúdo que dá certo
A Gestão de Conteúdo que dá certoA Gestão de Conteúdo que dá certo
A Gestão de Conteúdo que dá certo
 
Administração de materiais a apostila - cópia
Administração de materiais   a apostila - cópiaAdministração de materiais   a apostila - cópia
Administração de materiais a apostila - cópia
 
ERP - Enterprise Resource Planning
ERP - Enterprise Resource PlanningERP - Enterprise Resource Planning
ERP - Enterprise Resource Planning
 
Cost Management Maximizes Business Intelligence ROI
Cost Management Maximizes Business Intelligence ROICost Management Maximizes Business Intelligence ROI
Cost Management Maximizes Business Intelligence ROI
 
ERP E MRP.pptx
ERP E MRP.pptxERP E MRP.pptx
ERP E MRP.pptx
 
Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)
Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)
Planejamento e execução do pensamento enxuto (Lean thinking)
 
Erp
ErpErp
Erp
 

Aula 6 - FASB

  • 1. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Disciplina: Gestão em Negócios da Comunicação6º Período - Jornalismo Profa.: Josy Anne Mariano DallapicolaEspecialista em Gestão de Marketing Estratégico | Especialista em Comunicação Estratégica e Gestão da Imagem
  • 2. Aula 6 A administração e gestão dos recursos materiais e humanos  numa organização jornalística
  • 3. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Leitura do texto “Fatores que interferem no Processo de Gestão Estratégica e seu tratamento” Cap. 3 do livro TAVARES, Mauro Calixta. Gestão Estratégica. São Paulo: Atlas. 2000
  • 4. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística A imprensa no período histórico • Antes, devido às limitações tecnológicas, a imprensa era destinada apenas a pequenas elites • A partir do séc. XIX os jornais assumem características de produção industrial • Tornam-se mais baratos e alargam-se à pequena burguesia urbana
  • 5. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística A estrutura É similar em todos os órgãos de comunicação social: • Administração – publicidade, marketing, área financeira, comercial, recursos humanos... • Redação – textos, ilustrações, paginação • Impressão • Distribuição
  • 6. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Como funciona a produção • Redação deve ter 2 reuniões diárias importantes: De manhã Entre chefia da redação e editores, para definir assuntos do dia e respectivas formas de abordagem À tarde Entre direção e chefia da redação para decidir sobre: • 1ª página • Assuntos mais delicados [Cabe, contudo, aos editores uma parte importante na decisão sobre as notícias a tratar, porque são quem melhor conhece os assuntos que podem ser notícia, dentro das áreas em que cada um é responsável]
  • 7. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística As novas tecnologias na produção de notícias Programas avançados de editoração eletrônica que permitem: • Espaços pré-formatados • Texto • Títulos e sub-títulos • Caixas para fotografias • Quantidade de caracteres e tamanho de letras •Ligação em rede e possibilidade de trabalho cooperativo, abrangendo as várias edições do jornal [Exemplo: espaços pré-formatados do JN]
  • 8. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística As novas tecnologias na produção de Notícias Hoje há programas que permitem a visualização dos trabalhos em todos os terminais Vantagens: • Trabalho cooperativo entre jornalistas e facilidades de integração de texto, fotografia... Inconvenientes: • Possibilidade de controle e interferência na atividade criativa do jornalista • Riscos de fugas de informação e de plágio
  • 9. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Administração de recursos materiais Processo de desenvolvimento em administração de materiais: • Estágio 1: Todas as atividades de administração de materiais são conduzidas quase inconscientemente por executivos fundamentalmente preocupados com outras atividades • Estágio 2: As principais atividades de administração de materiais são formalmente reconhecidas, mas subordinam-se a um grande número de executivos e não estão centralizadas dentro da organização. O resultado é que o único gerente de materiais genuíno é o presidente ou gerente geral que, na maioria das vezes, está preocupado com problemas aparentemente mais importantes • Estágio 3: A as atividades da administração de materiais relacionadas com as compras são agrupadas sob as ordens de um único executivo que gradualmente começa a comportar-se como um gerente de linha • Estágio 4: A administração de materiais torna-se uma atividade genuinamente somadora de valor para materiais comprados. Fornece, também, maior assistência especializada quanto aos problemas de distribuição relativos à fabricação e ao marketing.
  • 10. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Estrutura Uma organização de um sistema de materiais para pode ser dividida nas seguintes áreas de concentração: • Controle de estoques • Compras • Almoxarifado • Planejamento e controle da produção • Transportes e distribuição
  • 11. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Objetivos principais a) Preços baixos: é o mais importante e mais óbvio. O Departamento deve reduzir os preços dos itens, para que os custos operacionais diminuam e os lucros aumentem b) Alto giro de estoques: quando os estoques são baixos em relação as vendas, uma parcela menor de capital fica presa a eles c) Baixo custo de aquisição e posse: quando os materiais são manuseados e armazenados com eficiência, o custo real é mais baixo d) Continuidade de fornecimento: quando existem "quebras" na continuidade de fornecimento tornam-se inevitáveis custos excessivos
  • 12. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Objetivos principais e) Consistência de qualidade: ter um departamento responsável pela qualidade de materiais e serviços provenientes de fornecedores externos f) Despesas e aperfeiçoamento com pessoal: as empresas devem estimular um aperfeiçoamento contínuo de pessoal, contratando elementos especializados g) Relações favoráveis com fornecedores: as empresas dependem de fornecedores externos, sendo primordial as relações com eles. Um dos maiores problemas dos gerentes de materiais são as súbitas mudanças na demanda de materiais, o que exige um rápido cancelamento de pedido ou um fornecimento extra h) Bons registros: compradores gastam o dinheiro da empresa e ficam sujeitos à grandes tentações. Com bons registros e auditorias periódicas podem desencorajar a corrupção
  • 13. Aula 6 - A administração e gestão dos recursos materiais e humanos numa organização jornalística Gerência de Materiais Centralizada X Descentralizada As administrações das empresas gigantescas resolvem os problemas decorrentes do tamanho adotando as gerências descentralizadas, dividindo a empresa em unidades de negócios. Como vantagens podemos destacar: • Aproxima os gerentes dos objetivos dos negócios e permite um maior controle dos custos • A principal desvantagem apresentada é a diluição do poder de compra, pois o volume do que é comprado gera grandes concessões de preços [Assim, empresas que usam peças ou materiais idênticos / similares em um certo número de fábricas tendem a uma organização centralizada para explorarem seu poder de compra. Por outro lado, empresas que fabricam produtos com pouca semelhança entre si, adotam um departamento de compras descentralizado]
  • 14.
  • 15. Somando-se ainda um planejamento deficiente e, em alguns casos, a falta de competência técnica dos profissionais, tivemos como resultado a criação de ilhas de informação dentro de muitas empresas, com sistemas não integrados, inconsistentes (apresentando divergência em seus resultados), cuja manutenção era complexa e cara
  • 16.
  • 17. Internet: Uma grande tendência entre os fornecedores de ERP é a gradual incorporação de módulos que possam ser operacionalizados via Internet, permitindo a prática do e-business. Estão sendo incorporadas funcionalidades para que os sistemas permitam não apenas a interação com os cliente (vendas pela Internet), mas também a sua utilização pelos próprios funcionários
  • 18.
  • 19.
  • 20. Uma vez implantada uma instalação ou instalado um equipamento, é preciso administrá-lo da melhor forma possível, pois são fatores de produção e, portanto, devem contribuir para o resultado operacional da empresa
  • 21. Dois focos a serem analisados:1) Eles estão sendo operados de forma econômica? 2) Sua manutenção está sendo realizada de acordo com as melhores recomendações?
  • 22.
  • 23. A "manutenção" das pessoas é assunto muito mais complexo do que a de equipamentos e tem recebido atenção crescente dos administradores
  • 24. Podemos afirmar que todos os programas de incentivo à criatividade, reciclagem, treinamento periódico, atividades em grupo, workshops e apoio psicológico são formas de manutenção das pessoas
  • 25.